SlideShare uma empresa Scribd logo
Diretrizes para a Organização do trabalho
pedagógico na Semestralidade:
Ensino Médio
Governo do Distrito Federal
Secretaria de Estado de Educação
Subsecretaria de Educação Básica
Coordenação Regional de Ensino de Taguatinga
Semestralidade
“A semestralidade objetiva a reorganização dos
tempos e espaços escolares, favorecendo as
aprendizagens dos estudantes no Ensino Médio
e consolidando novos conhecimentos que visam
ao desenvolvimento do senso crítico e da
autonomia intelectual.” (p.07)
Contextualização da Discussão da Semestralidade na
SEEDF
• 2011 – início da discussão do currículo
• 2012 – Pesquisa e estudo da Semestralidade;
Projeto da Semestralidade em outras unidades da Federação:
no Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Mato Grosso;
Ceará: Tenente Mário Lima (2000) e Liceu de Maracanaú
(2005)
Formação de um Grupo de Trabalho (GT da Semestralidade
Noturno) – Curso
• 2013 – implantação da Semestralidade em 43 unidades
escolares de Ensino Médio
Aprovação da Semestralidade no Conselho de Educação do
Distrito Federal.
Aplicação de questionários de avaliação e acompanhamento.
Fórum Permanente da Semestralidade: elaboração das
Diretrizes da Semestralidade.
Unidades Escolares que aderiram à Semestralidade em 2014 – Atas
de Adesão
Coordenação Regional de Ensino Unidade Escolar Turnos de adesão
Brazlândia 1.Centro Educacional 03 Diurno
Ceilândia
2.Centro Educacional 14 Diurno
3.Centro Educacional 11 Diurno
4.Centro de Ensino Médio 03 Diurno
5.Centro de Ensino Médio 04 Diurno/Noturno
6.Centro de Ensino Médio 09 Diurno
7.Centro de Ensino Médio 10 Noturno
8.Centro de Ensino Médio 12 Diurno
Gama 9.Centro Educacional 06 Diurno
Guará 10. Centro Educacional 02 Noturno
11. Centro Educacional 03 Diurno
12. Centro Educacional 04 Diurno
Núcleo Bandeirante
13. Centro de Ensino Médio 1 do Riacho
Fundo
Diurno
14. Centro de Ensino Médio 1 do Núcleo
Bandeirante
Diurno
15. Centro de Ensino Médio Júlia
Kubitschek
Diurno
Paranoá
16. Centro de Ensino Médio 1 Diurno-Noturno
17. Centro Educacional Darcy Ribeiro Diurno/Noturno
Planaltina
18. Centro Educacional Dona América
Guimarães
Diurno
19. Centro Educacional 01 Diurno
20. Centro de Ensino Médio 02 Noturno
Plano Piloto/Cruzeiro
21. Centro Educacional 01 Diurno
22. Centro Educacional 02 Diurno
Recanto das Emas
23. Centro Educacional 104 Diurno
24. Centro de Ensino Médio 111 Diurno/Noturno
25. Centro de Ensino Médio 804 Diurno/Noturno
São Sebastião 26. Centro de Ensino Médio 01 Diurno-Noturno
Samambaia 27. Centro Educacional 123 Diurno
28. Centro Educacional 619 Diurno
29. Centro de Ensino Médio 414 Diurno/Noturno
Centro de Ensino Médio 304 Diurno
Santa Maria
30. Centro de Ensino Médio 404 Diurno-Noturno
31. Centro de Ensino Médio 417 Diurno-Noturno
32. Centro Educacional 310 Diurno
33. Centro Educacional 416 Diurno
Sobradinho
34. Centro Educacional 04 Vespertino
35. Centro Educacional Fercal Noturno
Taguatinga
36. Centro Educacional 07 Diurno
38. Escola Bilíngüe Diurno
SEMESTRALIDADE
•“A educação básica poderá organizar-se em séries
anuais, períodos semestrais, ciclos, alternância regular
de períodos de estudos, grupos não-seriados, com base
na idade, na competência e em outros critérios, ou por
forma diversa de organização, sempre que o interesse
do processo de aprendizagem assim o recomendar”.
Artigo 23 da LDB 9394/96
SEMESTRALIDADE
Estratégia que impacta a organização do trabalho
pedagógico do Ensino Médio, especialmente, as
condições de trabalho dos professores dessa etapa
e as condições de ensino dos estudantes.
Organização Escolar na Semestralidade
“Na semestralidade, o regime de oferta do
Ensino Médio permanece anual, com apenas
um momento de matrícula do estudante no
início do ano letivo, e a organização do trabalho
pedagógico em dois semestres.” (P.14)
Organização Escolar na Semestralidade
“É importante ressaltar que a unidade escolar
deverá explicitar, em seu Projeto Político-
Pedagógico, que adota a organização escolar
em semestres (Semestralidade), apontando
suas características pedagógicas e estruturais e
a proposta de organização do trabalho
pedagógico e curricular.” (P.15)
Organização Semestral – Blocos Concomitantes
Bloco 1 Carga Horária Bloco 2 Carga Horária
Língua Portuguesa 04 Língua Portuguesa 04
Matemática 03 Matemática 03
Educação Física 02 Educação Física 02
História 04 Geografia 04
Filosofia 04 Sociologia 04
Biologia 04 Física 04
Química 04 Arte 04
Inglês 04 Espanhol 02
*Ensino Religioso 01 *Ensino Religioso 01
Parte Diversificada 02
Total semanal 30 Total semanal 30
Organização dos Blocos na Semestralidade
• Blocos concomitantes.
• Número de turmas pares.
• Contato com as áreas de conhecimento.
• Permite uma reorganização do tempo escolar
A avaliação da aprendizagem na semestralidade
“As atividades de recuperação contínua
serão realizadas durante todo ano letivo,
inclusive para os componentes curriculares
do bloco cursado no primeiro semestre
(...)
Essas atividades devem ocorrer desde o
primeiro dia de aula, de forma sistemática:
‘não se deve esperar pelo término de uma
semana, de um bimestre, semestre ou ano
letivo para as intervenções necessárias’.”
Recuperação
contínua
A avaliação da aprendizagem na semestralidade
• Avaliação diagnóstica.
• Autoavaliação.
• Recuperação contínua.
• Conselho de classe.
• Recuperação final.
Registro da avaliação na semestralidade
Semestralidade
“A Semestralidade não é um fim, mas um
meio para atingir os objetivos da função
social da escola.”
(Prof. Plácido – Diretor do Liceu de Maracanaú)
Organização do Trabalho Pedagógico
Pontos Operacionais
• Diários específicos
• Sistema I-Educar adaptado
• Avaliação: permanece legislação vigente (aprovação,
reprovação e dependência)
• Transferência de alunos – segue norma vigente
(adequação curricular)
• Matrícula do aluno anual (sistema)
 Obrigada!
Equipe gestora
Ana Célia de Sousa – Diretora
Genovaldo Ximenes – Vice-Diretor
Viviane Calasans – Supervisora Pedagógica
Marlene Palmeira – Secretária
ced07.coordenacao@gmail.com
admced07tag@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Acta
Acta Acta
Projeto Político Pedagógico - EEPAM
Projeto Político Pedagógico - EEPAM Projeto Político Pedagógico - EEPAM
Projeto Político Pedagógico - EEPAM
orientadoresemeepam
 
Projeto Político Pedagógico da Escola Municipal Joaquim Teixeira Camargos
Projeto Político Pedagógico da Escola Municipal Joaquim Teixeira CamargosProjeto Político Pedagógico da Escola Municipal Joaquim Teixeira Camargos
Projeto Político Pedagógico da Escola Municipal Joaquim Teixeira Camargos
Paula Tannus
 
Livro educação do campo e da cidade.
Livro educação do campo e da cidade. Livro educação do campo e da cidade.
Livro educação do campo e da cidade.
Gerson Jonas Schirmer
 
Paa 2013 2014
Paa 2013 2014Paa 2013 2014
Paa 2013 2014
isabel2907
 
Relatorio de Estagio Supervisionado em Química
Relatorio de Estagio Supervisionado em QuímicaRelatorio de Estagio Supervisionado em Química
Relatorio de Estagio Supervisionado em Química
Lauryenne Oliveira
 
Diretrizes
DiretrizesDiretrizes
P.p.p.4 josé batista de oliveira 2014
P.p.p.4   josé batista de oliveira 2014P.p.p.4   josé batista de oliveira 2014
P.p.p.4 josé batista de oliveira 2014
Professora Silvia
 
Delegados Turma Guimaraes
Delegados  Turma GuimaraesDelegados  Turma Guimaraes
Delegados Turma Guimaraes
carlos pinheiro
 
Cbc anos iniciais
Cbc   anos iniciaisCbc   anos iniciais
Cbc anos iniciais
Antônio Fernandes
 
Luciane
LucianeLuciane
Articulação curricular
Articulação curricularArticulação curricular
Articulação curricular
filomena cabral
 
Introdução aos parâmetros curriculares nacionais
Introdução aos parâmetros curriculares nacionaisIntrodução aos parâmetros curriculares nacionais
Introdução aos parâmetros curriculares nacionais
FAETEC - ETESC
 
(Livro) parametros curriculares nacionais
(Livro) parametros curriculares nacionais(Livro) parametros curriculares nacionais
(Livro) parametros curriculares nacionais
Marcos Dieison
 
5 lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012
5  lei complementar nº 1 164 de 04 01-20125  lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012
5 lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012
nigo1791
 
6 lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012 - com as alterações
6  lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012 - com as alterações6  lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012 - com as alterações
6 lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012 - com as alterações
nigo1791
 
Slide reunião de agosto
Slide reunião de  agostoSlide reunião de  agosto
Slide reunião de agosto
Deusirene Magalhaes
 

Mais procurados (17)

Acta
Acta Acta
Acta
 
Projeto Político Pedagógico - EEPAM
Projeto Político Pedagógico - EEPAM Projeto Político Pedagógico - EEPAM
Projeto Político Pedagógico - EEPAM
 
Projeto Político Pedagógico da Escola Municipal Joaquim Teixeira Camargos
Projeto Político Pedagógico da Escola Municipal Joaquim Teixeira CamargosProjeto Político Pedagógico da Escola Municipal Joaquim Teixeira Camargos
Projeto Político Pedagógico da Escola Municipal Joaquim Teixeira Camargos
 
Livro educação do campo e da cidade.
Livro educação do campo e da cidade. Livro educação do campo e da cidade.
Livro educação do campo e da cidade.
 
Paa 2013 2014
Paa 2013 2014Paa 2013 2014
Paa 2013 2014
 
Relatorio de Estagio Supervisionado em Química
Relatorio de Estagio Supervisionado em QuímicaRelatorio de Estagio Supervisionado em Química
Relatorio de Estagio Supervisionado em Química
 
Diretrizes
DiretrizesDiretrizes
Diretrizes
 
P.p.p.4 josé batista de oliveira 2014
P.p.p.4   josé batista de oliveira 2014P.p.p.4   josé batista de oliveira 2014
P.p.p.4 josé batista de oliveira 2014
 
Delegados Turma Guimaraes
Delegados  Turma GuimaraesDelegados  Turma Guimaraes
Delegados Turma Guimaraes
 
Cbc anos iniciais
Cbc   anos iniciaisCbc   anos iniciais
Cbc anos iniciais
 
Luciane
LucianeLuciane
Luciane
 
Articulação curricular
Articulação curricularArticulação curricular
Articulação curricular
 
Introdução aos parâmetros curriculares nacionais
Introdução aos parâmetros curriculares nacionaisIntrodução aos parâmetros curriculares nacionais
Introdução aos parâmetros curriculares nacionais
 
(Livro) parametros curriculares nacionais
(Livro) parametros curriculares nacionais(Livro) parametros curriculares nacionais
(Livro) parametros curriculares nacionais
 
5 lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012
5  lei complementar nº 1 164 de 04 01-20125  lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012
5 lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012
 
6 lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012 - com as alterações
6  lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012 - com as alterações6  lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012 - com as alterações
6 lei complementar nº 1 164 de 04 01-2012 - com as alterações
 
Slide reunião de agosto
Slide reunião de  agostoSlide reunião de  agosto
Slide reunião de agosto
 

Semelhante a @Apresentacao semestralidade ced 07 2015

Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa-
Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa- Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa-
Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa-
iolanda2013
 
PNAIC/LP-2013-CADERNOS
PNAIC/LP-2013-CADERNOSPNAIC/LP-2013-CADERNOS
PNAIC/LP-2013-CADERNOS
Graça Sousa
 
Ano 2 unidade_2_miolo
Ano 2 unidade_2_mioloAno 2 unidade_2_miolo
Ano 2 unidade_2_miolo
Fabiana Barbom Mendes
 
Programas 2º ciclo
Programas 2º cicloProgramas 2º ciclo
Programas 2º ciclo
Alberto Nhatirre
 
Projeto Educativo - Pólo Educativo Nº VIII A de Castelão - Escola Quintino do...
Projeto Educativo - Pólo Educativo Nº VIII A de Castelão - Escola Quintino do...Projeto Educativo - Pólo Educativo Nº VIII A de Castelão - Escola Quintino do...
Projeto Educativo - Pólo Educativo Nº VIII A de Castelão - Escola Quintino do...
DMEDPraia
 
Projeto Político Pedagógico 2021 versão final
Projeto Político Pedagógico 2021 versão finalProjeto Político Pedagógico 2021 versão final
Projeto Político Pedagógico 2021 versão final
QUEDMA SILVA
 
PLANO DE GESTÃO ESCOLA MUNICIPAL SANTA LUZIA.pptx
PLANO DE GESTÃO ESCOLA MUNICIPAL SANTA LUZIA.pptxPLANO DE GESTÃO ESCOLA MUNICIPAL SANTA LUZIA.pptx
PLANO DE GESTÃO ESCOLA MUNICIPAL SANTA LUZIA.pptx
carinasantana12
 
Met. do ens. de história
Met. do ens. de históriaMet. do ens. de história
Met. do ens. de história
Fabio dos Santos Oliveira
 
Caderno 1 2ª etapa pacto
Caderno 1   2ª etapa pactoCaderno 1   2ª etapa pacto
Caderno 1 2ª etapa pacto
Adri Ruas
 
Caderno plano e diário de classe arte
Caderno plano e diário de classe   arteCaderno plano e diário de classe   arte
Caderno plano e diário de classe arte
Sme Otacílio Costa
 
Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias volume 2
Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias volume 2Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias volume 2
Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias volume 2
familiaestagio
 
EDUCAÇÃO ESPECIAL.pdf
EDUCAÇÃO ESPECIAL.pdfEDUCAÇÃO ESPECIAL.pdf
EDUCAÇÃO ESPECIAL.pdf
ArleteModesto2
 
Relatório de estagio
Relatório de estagioRelatório de estagio
Relatório de estagio
João Marcelo
 
Análise do PPP.pdf
Análise do PPP.pdfAnálise do PPP.pdf
Análise do PPP.pdf
MARCELACARNEIROGOMES
 
Educacao no campo_unidade_8_miolo
Educacao no campo_unidade_8_mioloEducacao no campo_unidade_8_miolo
Educacao no campo_unidade_8_miolo
Fabiana Barbom Mendes
 
PPPEC10Tag 2023 VF.pdf
PPPEC10Tag 2023 VF.pdfPPPEC10Tag 2023 VF.pdf
PPPEC10Tag 2023 VF.pdf
QUEDMA SILVA
 
PPP 2015 EEB Saad Antônio Sarquis
PPP 2015 EEB Saad Antônio SarquisPPP 2015 EEB Saad Antônio Sarquis
PPP 2015 EEB Saad Antônio Sarquis
EEB. Saad Antônio Sarquis
 
Ppp 2015 eeb saad sarquis
Ppp 2015 eeb saad sarquisPpp 2015 eeb saad sarquis
Ppp 2015 eeb saad sarquis
Ronaldo dos Santos
 
Replanejamento julho 2016
Replanejamento julho 2016Replanejamento julho 2016
Replanejamento julho 2016
Jeca Tatu
 
Plano gestão 2011
Plano gestão 2011Plano gestão 2011
Plano gestão 2011
patriciachagaspc
 

Semelhante a @Apresentacao semestralidade ced 07 2015 (20)

Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa-
Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa- Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa-
Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa-
 
PNAIC/LP-2013-CADERNOS
PNAIC/LP-2013-CADERNOSPNAIC/LP-2013-CADERNOS
PNAIC/LP-2013-CADERNOS
 
Ano 2 unidade_2_miolo
Ano 2 unidade_2_mioloAno 2 unidade_2_miolo
Ano 2 unidade_2_miolo
 
Programas 2º ciclo
Programas 2º cicloProgramas 2º ciclo
Programas 2º ciclo
 
Projeto Educativo - Pólo Educativo Nº VIII A de Castelão - Escola Quintino do...
Projeto Educativo - Pólo Educativo Nº VIII A de Castelão - Escola Quintino do...Projeto Educativo - Pólo Educativo Nº VIII A de Castelão - Escola Quintino do...
Projeto Educativo - Pólo Educativo Nº VIII A de Castelão - Escola Quintino do...
 
Projeto Político Pedagógico 2021 versão final
Projeto Político Pedagógico 2021 versão finalProjeto Político Pedagógico 2021 versão final
Projeto Político Pedagógico 2021 versão final
 
PLANO DE GESTÃO ESCOLA MUNICIPAL SANTA LUZIA.pptx
PLANO DE GESTÃO ESCOLA MUNICIPAL SANTA LUZIA.pptxPLANO DE GESTÃO ESCOLA MUNICIPAL SANTA LUZIA.pptx
PLANO DE GESTÃO ESCOLA MUNICIPAL SANTA LUZIA.pptx
 
Met. do ens. de história
Met. do ens. de históriaMet. do ens. de história
Met. do ens. de história
 
Caderno 1 2ª etapa pacto
Caderno 1   2ª etapa pactoCaderno 1   2ª etapa pacto
Caderno 1 2ª etapa pacto
 
Caderno plano e diário de classe arte
Caderno plano e diário de classe   arteCaderno plano e diário de classe   arte
Caderno plano e diário de classe arte
 
Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias volume 2
Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias volume 2Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias volume 2
Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias volume 2
 
EDUCAÇÃO ESPECIAL.pdf
EDUCAÇÃO ESPECIAL.pdfEDUCAÇÃO ESPECIAL.pdf
EDUCAÇÃO ESPECIAL.pdf
 
Relatório de estagio
Relatório de estagioRelatório de estagio
Relatório de estagio
 
Análise do PPP.pdf
Análise do PPP.pdfAnálise do PPP.pdf
Análise do PPP.pdf
 
Educacao no campo_unidade_8_miolo
Educacao no campo_unidade_8_mioloEducacao no campo_unidade_8_miolo
Educacao no campo_unidade_8_miolo
 
PPPEC10Tag 2023 VF.pdf
PPPEC10Tag 2023 VF.pdfPPPEC10Tag 2023 VF.pdf
PPPEC10Tag 2023 VF.pdf
 
PPP 2015 EEB Saad Antônio Sarquis
PPP 2015 EEB Saad Antônio SarquisPPP 2015 EEB Saad Antônio Sarquis
PPP 2015 EEB Saad Antônio Sarquis
 
Ppp 2015 eeb saad sarquis
Ppp 2015 eeb saad sarquisPpp 2015 eeb saad sarquis
Ppp 2015 eeb saad sarquis
 
Replanejamento julho 2016
Replanejamento julho 2016Replanejamento julho 2016
Replanejamento julho 2016
 
Plano gestão 2011
Plano gestão 2011Plano gestão 2011
Plano gestão 2011
 

Mais de Viviane Calasans

DIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR
DIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULARDIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR
DIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR
Viviane Calasans
 
"ENCONTRO COM MILTON SANTOS: O MUNDO VISTO DO LADO DE CÁ"
"ENCONTRO COM MILTON SANTOS: O MUNDO VISTO DO LADO DE CÁ""ENCONTRO COM MILTON SANTOS: O MUNDO VISTO DO LADO DE CÁ"
"ENCONTRO COM MILTON SANTOS: O MUNDO VISTO DO LADO DE CÁ"
Viviane Calasans
 
Relação dos professores atualizada 2015
Relação dos professores atualizada  2015Relação dos professores atualizada  2015
Relação dos professores atualizada 2015
Viviane Calasans
 
Relação dos professores - 2015
Relação dos professores - 2015Relação dos professores - 2015
Relação dos professores - 2015
Viviane Calasans
 
Centro Educacional 07 de Taguatinga - horário 2015
Centro Educacional 07 de Taguatinga - horário 2015Centro Educacional 07 de Taguatinga - horário 2015
Centro Educacional 07 de Taguatinga - horário 2015
Viviane Calasans
 
artno7 - REVISTA CULTURAL DE TAGUATINGA
artno7 - REVISTA CULTURAL DE TAGUATINGAartno7 - REVISTA CULTURAL DE TAGUATINGA
artno7 - REVISTA CULTURAL DE TAGUATINGA
Viviane Calasans
 
Diretrizes de Avaliação Educacional 2014 2016
Diretrizes de Avaliação Educacional 2014 2016Diretrizes de Avaliação Educacional 2014 2016
Diretrizes de Avaliação Educacional 2014 2016
Viviane Calasans
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
Viviane Calasans
 
Gêneros literários
Gêneros literários   Gêneros literários
Gêneros literários
Viviane Calasans
 
Versos,sons e ritmos modernos
Versos,sons e ritmos modernosVersos,sons e ritmos modernos
Versos,sons e ritmos modernos
Viviane Calasans
 
Colocação pronominal
Colocação pronominalColocação pronominal
Colocação pronominal
Viviane Calasans
 
Modos e tipos textuais
Modos e tipos textuaisModos e tipos textuais
Modos e tipos textuais
Viviane Calasans
 
Acentuação gráfica
Acentuação gráficaAcentuação gráfica
Acentuação gráfica
Viviane Calasans
 
Apresentação erros comuns
Apresentação erros comunsApresentação erros comuns
Apresentação erros comuns
Viviane Calasans
 
Livreto cdgongue a cor da cultura
Livreto cdgongue   a cor da culturaLivreto cdgongue   a cor da cultura
Livreto cdgongue a cor da cultura
Viviane Calasans
 
Caderno1 modos dever - a cor da cultura
Caderno1 modos dever - a cor da culturaCaderno1 modos dever - a cor da cultura
Caderno1 modos dever - a cor da cultura
Viviane Calasans
 
Cinema
Cinema  Cinema
Oficina de roteiro
Oficina de roteiroOficina de roteiro
Oficina de roteiro
Viviane Calasans
 
Linguagem cinematografica
Linguagem cinematograficaLinguagem cinematografica
Linguagem cinematografica
Viviane Calasans
 
Mostra cultural de produção afrodescendente no Brasil
Mostra cultural de produção afrodescendente no BrasilMostra cultural de produção afrodescendente no Brasil
Mostra cultural de produção afrodescendente no Brasil
Viviane Calasans
 

Mais de Viviane Calasans (20)

DIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR
DIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULARDIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR
DIA LETIVO TEMÁTICO - BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR
 
"ENCONTRO COM MILTON SANTOS: O MUNDO VISTO DO LADO DE CÁ"
"ENCONTRO COM MILTON SANTOS: O MUNDO VISTO DO LADO DE CÁ""ENCONTRO COM MILTON SANTOS: O MUNDO VISTO DO LADO DE CÁ"
"ENCONTRO COM MILTON SANTOS: O MUNDO VISTO DO LADO DE CÁ"
 
Relação dos professores atualizada 2015
Relação dos professores atualizada  2015Relação dos professores atualizada  2015
Relação dos professores atualizada 2015
 
Relação dos professores - 2015
Relação dos professores - 2015Relação dos professores - 2015
Relação dos professores - 2015
 
Centro Educacional 07 de Taguatinga - horário 2015
Centro Educacional 07 de Taguatinga - horário 2015Centro Educacional 07 de Taguatinga - horário 2015
Centro Educacional 07 de Taguatinga - horário 2015
 
artno7 - REVISTA CULTURAL DE TAGUATINGA
artno7 - REVISTA CULTURAL DE TAGUATINGAartno7 - REVISTA CULTURAL DE TAGUATINGA
artno7 - REVISTA CULTURAL DE TAGUATINGA
 
Diretrizes de Avaliação Educacional 2014 2016
Diretrizes de Avaliação Educacional 2014 2016Diretrizes de Avaliação Educacional 2014 2016
Diretrizes de Avaliação Educacional 2014 2016
 
Dissertação
DissertaçãoDissertação
Dissertação
 
Gêneros literários
Gêneros literários   Gêneros literários
Gêneros literários
 
Versos,sons e ritmos modernos
Versos,sons e ritmos modernosVersos,sons e ritmos modernos
Versos,sons e ritmos modernos
 
Colocação pronominal
Colocação pronominalColocação pronominal
Colocação pronominal
 
Modos e tipos textuais
Modos e tipos textuaisModos e tipos textuais
Modos e tipos textuais
 
Acentuação gráfica
Acentuação gráficaAcentuação gráfica
Acentuação gráfica
 
Apresentação erros comuns
Apresentação erros comunsApresentação erros comuns
Apresentação erros comuns
 
Livreto cdgongue a cor da cultura
Livreto cdgongue   a cor da culturaLivreto cdgongue   a cor da cultura
Livreto cdgongue a cor da cultura
 
Caderno1 modos dever - a cor da cultura
Caderno1 modos dever - a cor da culturaCaderno1 modos dever - a cor da cultura
Caderno1 modos dever - a cor da cultura
 
Cinema
Cinema  Cinema
Cinema
 
Oficina de roteiro
Oficina de roteiroOficina de roteiro
Oficina de roteiro
 
Linguagem cinematografica
Linguagem cinematograficaLinguagem cinematografica
Linguagem cinematografica
 
Mostra cultural de produção afrodescendente no Brasil
Mostra cultural de produção afrodescendente no BrasilMostra cultural de produção afrodescendente no Brasil
Mostra cultural de produção afrodescendente no Brasil
 

Último

cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
JohnnyLima16
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 

Último (20)

cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 

@Apresentacao semestralidade ced 07 2015

  • 1. Diretrizes para a Organização do trabalho pedagógico na Semestralidade: Ensino Médio Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Educação Subsecretaria de Educação Básica Coordenação Regional de Ensino de Taguatinga
  • 2. Semestralidade “A semestralidade objetiva a reorganização dos tempos e espaços escolares, favorecendo as aprendizagens dos estudantes no Ensino Médio e consolidando novos conhecimentos que visam ao desenvolvimento do senso crítico e da autonomia intelectual.” (p.07)
  • 3. Contextualização da Discussão da Semestralidade na SEEDF • 2011 – início da discussão do currículo • 2012 – Pesquisa e estudo da Semestralidade; Projeto da Semestralidade em outras unidades da Federação: no Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Mato Grosso; Ceará: Tenente Mário Lima (2000) e Liceu de Maracanaú (2005) Formação de um Grupo de Trabalho (GT da Semestralidade Noturno) – Curso
  • 4. • 2013 – implantação da Semestralidade em 43 unidades escolares de Ensino Médio Aprovação da Semestralidade no Conselho de Educação do Distrito Federal. Aplicação de questionários de avaliação e acompanhamento. Fórum Permanente da Semestralidade: elaboração das Diretrizes da Semestralidade.
  • 5. Unidades Escolares que aderiram à Semestralidade em 2014 – Atas de Adesão Coordenação Regional de Ensino Unidade Escolar Turnos de adesão Brazlândia 1.Centro Educacional 03 Diurno Ceilândia 2.Centro Educacional 14 Diurno 3.Centro Educacional 11 Diurno 4.Centro de Ensino Médio 03 Diurno 5.Centro de Ensino Médio 04 Diurno/Noturno 6.Centro de Ensino Médio 09 Diurno 7.Centro de Ensino Médio 10 Noturno 8.Centro de Ensino Médio 12 Diurno Gama 9.Centro Educacional 06 Diurno Guará 10. Centro Educacional 02 Noturno 11. Centro Educacional 03 Diurno 12. Centro Educacional 04 Diurno
  • 6. Núcleo Bandeirante 13. Centro de Ensino Médio 1 do Riacho Fundo Diurno 14. Centro de Ensino Médio 1 do Núcleo Bandeirante Diurno 15. Centro de Ensino Médio Júlia Kubitschek Diurno Paranoá 16. Centro de Ensino Médio 1 Diurno-Noturno 17. Centro Educacional Darcy Ribeiro Diurno/Noturno Planaltina 18. Centro Educacional Dona América Guimarães Diurno 19. Centro Educacional 01 Diurno 20. Centro de Ensino Médio 02 Noturno Plano Piloto/Cruzeiro 21. Centro Educacional 01 Diurno 22. Centro Educacional 02 Diurno Recanto das Emas 23. Centro Educacional 104 Diurno 24. Centro de Ensino Médio 111 Diurno/Noturno 25. Centro de Ensino Médio 804 Diurno/Noturno São Sebastião 26. Centro de Ensino Médio 01 Diurno-Noturno
  • 7. Samambaia 27. Centro Educacional 123 Diurno 28. Centro Educacional 619 Diurno 29. Centro de Ensino Médio 414 Diurno/Noturno Centro de Ensino Médio 304 Diurno Santa Maria 30. Centro de Ensino Médio 404 Diurno-Noturno 31. Centro de Ensino Médio 417 Diurno-Noturno 32. Centro Educacional 310 Diurno 33. Centro Educacional 416 Diurno Sobradinho 34. Centro Educacional 04 Vespertino 35. Centro Educacional Fercal Noturno Taguatinga 36. Centro Educacional 07 Diurno 38. Escola Bilíngüe Diurno
  • 8. SEMESTRALIDADE •“A educação básica poderá organizar-se em séries anuais, períodos semestrais, ciclos, alternância regular de períodos de estudos, grupos não-seriados, com base na idade, na competência e em outros critérios, ou por forma diversa de organização, sempre que o interesse do processo de aprendizagem assim o recomendar”. Artigo 23 da LDB 9394/96
  • 9. SEMESTRALIDADE Estratégia que impacta a organização do trabalho pedagógico do Ensino Médio, especialmente, as condições de trabalho dos professores dessa etapa e as condições de ensino dos estudantes.
  • 10. Organização Escolar na Semestralidade “Na semestralidade, o regime de oferta do Ensino Médio permanece anual, com apenas um momento de matrícula do estudante no início do ano letivo, e a organização do trabalho pedagógico em dois semestres.” (P.14)
  • 11. Organização Escolar na Semestralidade “É importante ressaltar que a unidade escolar deverá explicitar, em seu Projeto Político- Pedagógico, que adota a organização escolar em semestres (Semestralidade), apontando suas características pedagógicas e estruturais e a proposta de organização do trabalho pedagógico e curricular.” (P.15)
  • 12. Organização Semestral – Blocos Concomitantes Bloco 1 Carga Horária Bloco 2 Carga Horária Língua Portuguesa 04 Língua Portuguesa 04 Matemática 03 Matemática 03 Educação Física 02 Educação Física 02 História 04 Geografia 04 Filosofia 04 Sociologia 04 Biologia 04 Física 04 Química 04 Arte 04 Inglês 04 Espanhol 02 *Ensino Religioso 01 *Ensino Religioso 01 Parte Diversificada 02 Total semanal 30 Total semanal 30
  • 13. Organização dos Blocos na Semestralidade • Blocos concomitantes. • Número de turmas pares. • Contato com as áreas de conhecimento. • Permite uma reorganização do tempo escolar
  • 14. A avaliação da aprendizagem na semestralidade “As atividades de recuperação contínua serão realizadas durante todo ano letivo, inclusive para os componentes curriculares do bloco cursado no primeiro semestre (...) Essas atividades devem ocorrer desde o primeiro dia de aula, de forma sistemática: ‘não se deve esperar pelo término de uma semana, de um bimestre, semestre ou ano letivo para as intervenções necessárias’.” Recuperação contínua
  • 15. A avaliação da aprendizagem na semestralidade • Avaliação diagnóstica. • Autoavaliação. • Recuperação contínua. • Conselho de classe. • Recuperação final.
  • 16. Registro da avaliação na semestralidade
  • 17. Semestralidade “A Semestralidade não é um fim, mas um meio para atingir os objetivos da função social da escola.” (Prof. Plácido – Diretor do Liceu de Maracanaú)
  • 19. Pontos Operacionais • Diários específicos • Sistema I-Educar adaptado • Avaliação: permanece legislação vigente (aprovação, reprovação e dependência) • Transferência de alunos – segue norma vigente (adequação curricular) • Matrícula do aluno anual (sistema)
  • 20.  Obrigada! Equipe gestora Ana Célia de Sousa – Diretora Genovaldo Ximenes – Vice-Diretor Viviane Calasans – Supervisora Pedagógica Marlene Palmeira – Secretária ced07.coordenacao@gmail.com admced07tag@gmail.com