SlideShare uma empresa Scribd logo
S56009-000-FO-039
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE
RISCOS
Data: 11/12/2019
APR nº.: 001
Rev.: 3
Pág.: 01 DE 10
Descrição da Atividade: ATIVIDADES DA EQUIPE DE TOPOGRAFIA Local:AÇU SPOOL BASE.
Área Responsável:Carlos Escovedo Projeto:ProjetoAÇUSPOOL BASE 18043
Item Etapas do Serviço
Perigo / Aspecto
Ambiental
Dano/ Impacto
Ambiental
P S PR Medida de Controle Responsável
01 INICIO DAS ATIVIDADES
1.1
Mobilização da
equipe na frente de
trabalho
- Queda de
mesmo nível
- Torções
- Lesões
- Luxações
- Fraturas
B I 8
- Observar os obstáculos existentes na área;
- Manter a área organizada e livre de material desnecessário;
- Utilização de capacete com jugular, botina de segurança, luva
de segurança, óculos de segurança e Perneira.
- Antes de iniciar a atividade o colaborador deverá ter
conhecimento dos riscos da mesma descritas na APR da
atividade.
- Realizar preenchimento do seu respectivo check list.
- A iluminação geral deve ser uniformemente distribuída e difusa;
- A iluminação geral ou suplementar deve ser projetada e
instalada de forma a evitar ofuscamento, reflexos incômodos,
sombras e contrastes excessivos;
- E expressamente proibida improvisação de acesso,
- Transitar somente pelo caminho seguro;
- Emitir PT antes de iniciar atividade;
- Manter atenção no local da atividade e a possíveis obstáculos,
não improvisar acessos para a frente de trabalho.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
S56009-000-FO-039
Item Etapas do Serviço
Perigo / Aspecto
Ambiental
Dano/ Impacto
Ambiental
P S PR Medida de Controle Responsável
1.1
Mobilização da
equipe na frente de
trabalho
- Impacto contra
membros
- Lesões;
- Luxações;
- Fraturas;
Ferimentos.
B I 8
- Observar os obstáculos existente na área de trabalho;
- Manter a área organizada e limpa, livre de materiais
desnecessário;
- Utilizar todos os EPI´s exigidos durante atividade e durante o
deslocamento (capacete com a jugular, Óculos de segurança,
Perneira, Botina de segurança, Uniforme de manga e calça
comprida e luvas de proteção das mãos quando necessário),
- Antes de iniciar a atividade, o colaborador deverá ter o
conhecimento dos os riscos contidos neste documento APR;
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Animais
Peçonhentos
- Ataque e
picada de
animais;
-
Envenenamen
to;
- Intoxicação
B II 16
- Utilizar perneira em toda a área da SpoolBase, locais com
vegetação;
- Todas as ferramentas, maletas, bolsas, devem ser mantidas em
lugares adequados para evitar o avanço de animais peçonhentos
na parte de dentro;
- Ao gerar resíduos orgânico descartar-se imediatamente no
coletor marrom, para não atrair os animais
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Ergonomia
- Postura
Inadequada;
LER / DORT
B I 8
- Não exceder o limite de peso por pessoa de 20 KG
- Manter a postura adequada de acordo com a atividade a ser
executada;
-Sempre que necessário solicitar a ajuda de outro colaborador;
- Em caso de movimentação manual de materiais da frente de
trabalho para o canteiro avançado de obras, utilizar o carrinho
plataforma, devidamente fixados com cintas catracas ou cordas.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
02 ATIVIDADE DE TOPOGRAFIA
2.1
Atividades da
Equipe de
Topografia
Queda de
mesmo nível
Ferimentos;
Luxações;
Cortes;
B II 16
- Observar os obstáculos existentes na área;
- Manter a área organizada e livre de material desnecessário;
- Utilização de capacete com jugular, botina de metatarso, luva de
segurança, óculos de segurança.
- Antes de iniciar a atividade o colaborador deverá ter
conhecimento dos riscos da mesma descritas na APR da
atividade que poderá ser repassada pelo encarregado,
supervisor, técnico em segurança do trabalho e/ou lida pelo
próprio.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
S56009-000-FO-039
Item Etapas do Serviço
Perigo / Aspecto
Ambiental
Dano/ Impacto
Ambiental
P S PR Medida de Controle Responsável
2.1
Atividades da
Equipe de
Topografia
Contato com
superfície
quente
Cortes;
Queimadura B II 16
- Ter atenção ao manusear compartimentos que possam estar
aquecidos;
- Manter sempre locais aquecidos protegidos;
- Verificar a temperatura do motor antes de mover a tampa;
- Ao verificar a água do radiador, retire a tampa somente quando
estiver resfriado.
- Utilizar luva de proteção.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Impacto contra
membros
Ferimentos;
Luxações;
Cortes;
B II 16
- Ter atenção ao fechamento acidental das portas de
compartimentos.
- Travá-los antes. Não deixar membros em local que ofereça risco
de pensamento, proteção;
- Fechar a porta utilizando os devidos puxadores, ao adentrar na
cabine/carroceria para executar a atividade, afim de que a mesma
não bata contra membros;
- Ter atenção durante a execução da atividade, evitando deixar as
mãos, pés em local que ofereça risco de prensamento;
- Utilizar luva de proteção.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Contato com
superficie
cortante.
Ferimentos;
Luxações;
Cortes;
B II 16 - Utilização de proteções nas partes moveis do equipamento;
- Utilizar luvas de vaqueta e/ou raspa;
- Utilização de camisa manga longa;
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Projeção de
partículas
Danos nas
córneas
B I 8
- Utilizar óculos de proteção.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Picada de
animais
peçonhentos
Picadas de
animais e
insetos
B I 8
- Utilizar perneira em toda a área da SpoolBase, locais com
vegetação;
- Todas as ferramentas, maletas, bolsas, devem ser mantidas em
lugares adequados para evitar o avanço de animais peçonhentos
na parte de dentro;
- Ao gerar resíduos orgânico descartar-se imediatamente no
coletor marrom, para não atrair os animais
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
03 RETIRADA DOS EQUIPAMENTOS TOPOGRÁFICOS, ESTACAS E FERRAMENTAS MANUAIS DO INTERIOR DO VEÍCULO
S56009-000-FO-039
Item Etapas do Serviço
Perigo / Aspecto
Ambiental
Dano/ Impacto
Ambiental
P S PR Medida de Controle Responsável
3.1
Retirada dos
equipamentos
topográficos,
estacas e
ferramentas
manuais do interior
do veículo
Prensamento de
membros.
- Lesões;
- Luxações;
- Fraturas;
Ferimentos.
B I 8
- Manter atenção ao abrir e/ou fechar a porta e/ou compartimento
do veículo utilizando os devidos puxadores afim de que não haja
prensamento de membros;
- Deixar as mãos em local com risco de serem prensados;
O equipamento topográfico deverá ser movimentado dentro do
estojo;
- Utilizar luva de proteção.
- Não transportar ferramentas no mesmo compartimento que
pessoas;
- Todas as ferramentas perfuro cortantes deverão estar
protegidas.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Queda de
Material
- Lesões;
- Luxações;
- Fraturas;
Ferimentos.
B II 16
- Manter a atenção ao retirar os equipamentos e ferramentas do
interior do veículo;
- Solicitar auxílio de outro colaborador para executar a atividade;
- Utilizar botina de segurança.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Animais
Peçonhentos
- Picadas de
animais e
insetos
B I 8
- Não efetivar descanso /deitar no solo próximo a pedras ou área
de vegetação.
- Utilizar perneira em toda a área da SpoolBase, locais com
vegetação;
- Todas as ferramentas, maletas, bolsas, devem ser mantidas em
lugares adequados para evitar o avanço de animais peçonhentos
na parte de dentro;
- Ao gerar resíduos orgânico descartar-se imediatamente no
coletor marrom, para não atrair os animais
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Contato com
superficie
cortante
Escoriações
/
Cortes
B I 8
- Utilizar luva de proteção;
- Verificar a presença de farpas e/ou pregos nas estacas que
possam causar lesões;
- Fazer a retirada e o descarte adequado dos pregos.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
04
POSICIONAMENTO DOS EQUIPAMENTOS E MARCAÇÃO TOPOGRÁFICA NA ÁREA DE TRABALHO
S56009-000-FO-039
Item Etapas do Serviço
Perigo / Aspecto
Ambiental
Dano/ Impacto
Ambiental
P S PR Medida de Controle Responsável
4.1
Posicionamento dos
equipamentos e
marcação
topográfica na área
de trabalho
Queda de
Material
- Lesões;
- Luxações;
- Fraturas;
Ferimentos.
B II 16
- Ter atenção ao manusear e transportar os equipamentos e
ferramentas manualmente;
- Utilizar bota com biqueira de aço;
- Antes de iniciar a atividade em altura, aferir a pressão.
- Em trabalho em altura, manter área abaixo isolada e não
permitir que colaboradores não envolvidos na atividade
permaneçam no local;
- Os andaimes deverão ser liberados pelo setor de SSO e
sinalizados com placas de liberado e não liberado.
- Não subir na pilha de pedras para medição.
- Utilizar Equipamento para efetuar a medição do piso (solo).
- Os colaboradores deverão evitar trabalhos sobrepostos.;
- Não jogar ferramentas e/ou materiais para piso inferior;
- Utilizar cordas para içá-las;
- Manter ferramentas manuais devidamente amarradas durante a
execução em trabalho em altura.
- Manter piso de trabalho livre de material desnecessário;
- Manter ferramentas, equipamentos, materiais dentro de bolsas e
/ou em local adequado que não ofereça risco de queda dos
mesmos.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Ergonomia
- Postura
Inadequada;
LER / DORT
B I 8
- Não exceder o limite de peso por pessoa de 20 KG
- Manter a postura adequada de acordo com a atividade a ser
executada;
-Sempre que necessário solicitar a ajuda de outro colaborador;
- Em caso de movimentação manual de materiais da frente de
trabalho para o canteiro avançado de obras, utilizar o carrinho
plataforma, devidamente fixados com cintas catracas ou cordas.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
- Atropelamento
- Lesões;
-
Morte;
-
Escoriações
;
B II 16
- Manter área sinalizada e isolada
- Manter auxílio de um sinaleiro, no momento das manobras e
deslocamento
- Andar sempre pelo caminho seguro, respeitando as
sinalizações;
- Respeitar a sinalização e velocidade, limite da via.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
S56009-000-FO-039
Item Etapas do Serviço
Perigo / Aspecto
Ambiental
Dano/ Impacto
Ambiental
P S PR Medida de Controle Responsável
4.1
Posicionamento dos
equipamentos e
marcação
topográfica na área
de trabalho
Falta de
Visibilidade/
Trabalho Noturno
- Torções
- Lesões
- Luxações
B I 8
- Antes de iniciar trabalhos noturnos verificar a boa iluminação do
local de trabalho.
- Não iniciar atividade sem iluminação no local de execução da
atividade;
- A iluminação não deverá ser posicionada de modo a não
ofuscar a visão do colaborador.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Animais
Peçonhentos
- Picadas de
animais e
insetos
B I 8
- Não efetivar descanso /deitar no solo próximo a pedras ou área
de vegetação.
- Utilizar perneira em toda a área da SpoolBase, locais com
vegetação;
- Todas as ferramentas, maletas, bolsas, devem ser mantidas em
lugares adequados para evitar o avanço de animais peçonhentos
na parte de dentro;
- Ao gerar resíduos orgânico descartar-se imediatamente no
coletor marrom, para não atrair os animais
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Queda de carga
suspensa
- Torções
- Lesões
- Luxações
B II 16
- Não se posicionar sob carga suspensa; manter-se afastado
durante a movimentação de carga;
- respeitar o isolamento da área e a orientação para executar a
atividade pelo técnico de segurança e responsáveis pelo
içamento.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
- Queda de
mesmo nível
- Impacto
contra
membros
- Torções
- Lesões
- Luxações
B I 8
- Observar os obstáculos existentes na área;
- Manter a área organizada e livre de material desnecessário;
- Utilização de capacete com jugular, botina de segurança, luva
de segurança, óculos de segurança.
- Antes de iniciar a atividade o colaborador deverá ter
conhecimento dos riscos da mesma descritas na APR da
atividade.
- Realizar preenchimento do seu respectivo check list
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Projeção de
partículas
Danos nas
córneas B I 8
- Utilizar óculos de proteção.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Ferramentas
Inadequadas/
Improvisadas/
Danificadas
- Torções
- Lesões
- Luxações
B I 8
- Inspecionar as ferramentas antes do início da atividade e
solicitar a substituição e ou correção das irregularidades
encontradas;
- As ferramentas devem atender ao procedimento cor do mês;
- Não improvisar ferramentas;
- Usar luva de vaqueta.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
S56009-000-FO-039
Item Etapas do Serviço
Perigo / Aspecto
Ambiental
Dano/ Impacto
Ambiental
P S PR Medida de Controle Responsável
4.1
Posicionamento dos
equipamentos e
marcação
topográfica na área
de trabalho
Queda de nível
diferente
- Torções
- Lesões
- Luxações
B I 8
- Aferir pressão arterial antes de iniciar trabalho em altura;
É proibido fumar durante realização de trabalhos em altura;
- Usar cinto de segurança tipo paraquedista com talabarte duplo
e absorvedor de impacto em atividades com altura de 2,00 (dois
metros) ou mais ancorado em linha de vida ou estrutura fixa;
- Certifique-se que o andaime está totalmente travado em uma
estrutura fixa e se o andaime foi liberado;
- Quando for subir escada de acesso ao andaime com 2 mts ou
mais usar cinto de segurança tipo paraquedista com trava quedas
atracando em linha de vida previamente instalado na posição
vertical, inspecionado e liberado com o check list;
- Se os montadores de andaime estiverem retirando qualquer
dispositivo de segurança dos andaimes ou anulando sua ação,
comunique ao encarregado e ao técnico em segurança do
trabalho.
- Pois é terminantemente proibido retirar ou anular qualquer
dispositivo de segurança do andaime sem um estudo prévio que
encontre outra forma para garantir a estabilidade do mesmo;
- Seguir procedimento de trabalho em altura. Não acessar sobre
pilhas de material depositado (pedra).
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Queda de nível
diferente
- Lesões;
- Luxações;
- Fraturas
B II 16
- Inspecionar a área de trabalho e manter atenção possíveis
aberturas no piso que possam estar desprotegidas;
- Não se posicionar próximo e/ou sobre as coberturas das
aberturas;
- Manter as aberturas nos pisos sinalizados.
- Não acessar sobre pilha de material depositado.
- Não acessar sobre pilhas de material depositado.
- Não ultrapassar a barreira física do guarda corpo para pegar
pontos em local de difícil acesso;
- Ao subir acima de 2 Mts, e obrigatório utilizar o cinto de
segurança com 2 talabartes, inspecionado com o check list.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
Ruído
- Perda
Auditiva
A II 16 Utilização de protetor auricular sempre que necessário.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
S56009-000-FO-039
Item Etapas do Serviço
Perigo / Aspecto
Ambiental
Dano/ Impacto
Ambiental
P S PR Medida de Controle Responsável
- Impacto contra
-
Prensament
o de
membros
superiores e
inferiores;
- Lesões,
cortes E
amputação
de membros
-
Esmagamen
tos
B II 16
- Manter atenção ao abrir e/ou fechar a porta e/ou compartimento
do veículo utilizando os devidos puxadores afim de que não haja
prensamento de membros;
- Não deixar as mãos em local com risco de serem prensados;
- O equipamento topográfico deverá ser movimentado dentro do
estojo;
- Utilizar luva de proteção.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
4.1
Posicionamento dos
equipamentos e
marcação
topográfica na área
de trabalho
Queda de
Material
- Lesões;
- Luxações;
- Fraturas
B II 16
- Manter a atenção ao recolher os equipamentos e ferramentas
do interior do veículo;
- Solicitar auxílio de outro colaborador para executar a atividade;
- Utilizar botina de segurança com biqueira.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
4.1
Posicionamento dos
equipamentos e
marcação
topográfica na área
de trabalho
Contato com
objetos
pontiagudos
-Cortes;
- Lesões;
-Perfurações;
B II 16
- Retirar pregos e objetos estranhos presentes na madeira;
- Uso obrigatório de luva de vaqueta;
- Ter atenção durante a execução da atividade;
- Descartar as sobras de madeira em local adequado (latão, baia)
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
05 DESMOBILIZAÇÃO DA FRENTE DE TRABALHO
5.1
Recolher
equipamentos
topográficos,
Estacas e
ferramentas
manuais e guardá-
los no veículo
Contato com
objetos
pontiagudos
-Cortes;
- Lesões;
-Perfurações;
B II 16
- Utilizar luva de proteção;
- Verificar a presença de farpas e/ou pregos nas estacas que
possam causar lesões;
- Fazer a retirada e o descarte adequado dos pregos.
- Manter postura correta,
- Ao levantar peso agacha manter a coluna reta e usar a força
das pernas para levantar o material;
OBS.: Só levantar peça com peso até 23kg, acima desse peso
solicitar ajuda de outro colaborador;
Fazer rodízio de colaboradores ao levantar peso.
Carlos
Escovedo /
Rudineli
Silva
S56009-000-FO-039
Recomendações Complementares:
Reunião Especifica para Início da Atividade
SIM NÃO SIM NÃO
1- A equipe tem pleno conhecimento dos riscos contidos neste documento? 4- Foram verificadas condiçõesfísicase estado de espírito da equipe?
2- Comentários sobre acidentes já ocorridos na execução desta tarefa? 5- Verificou-se o porte e as condições dos EPI’s por parte da equipe?
3- Foram observadas as condições ambientais no local de trabalho?
Data da Reunião: ___/___/___
Nome Função Assinatura Nome Função Assinatura
__________________________________ _____________________________ ___________________________________ ____________________________
ResponsávelPelo Serviço Responsável HSE Responsável pela execução doserviço Outros
S56009-000-FO-039
INSTRUÇÕES PARA ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO
Classificação de Probabilidade (P)
 Probabilidade (P)
 Improvável - Uma rara combinação de falhas é necessária para que o dano/impacto ocorra ou,
- Segundo conhecimento da equipe de avaliação de risco o dano/impacto ocorreu dentro da indústria ao menos uma vez.
 Possível - Possível ocorrência do dano/impacto. O dano/impacto pode ocorrer caso falhas adicionais estejampresentes o que não é esperado de ocorrer ou,
- Segundo conhecimento da equipe de avaliação de risco o dano/impacto ocorre anualmente dentro da indústria e/ou unidade Technip Brasil.
 Provável - É provávelque o dano/impacto ocorra em decorrência de falhas existentes na execução da atividade ou,
- Segundo conhecimento da equipe de avaliação de risco o dano/impacto ocorre regularmente mais de uma vez ao ano nas unidades Technip Brasil.
Classificação de Severidade (S)
Segurança Saúde Meio ambiente
Moderado
(I)
Primeiros socorros / Tratamento
médico
Efeitos reversíveis menores a
saúde
Impacto de pequena magnitude,
restrito ao site, reversívelcom
ações mitigadoras.
Significante
(II)
Caso de restrição de trabalho /
Afastamento do trabalho
Incapacidade temporária ou
parcialpermanente
Impacto de magnitude moderada,
restrito ou não ao site, reversível
com ações mitigadoras ou ações
corretivas.
Severo
(III)
Fatalidade única
Incapacidade permanente e
severa.
Impacto de magnitude
considerável, restrito ou não ao
site, reversívelcomações
corretivas.
Classificação do Risco - PR
 Baixo Além das medidas de controles existentes, não são requeridos controlesadicionais. Devem ser feitas considerações sobre uma solução de custo mais eficaz ou melhorias que não
imponham uma carga de custos adicionais. É requerido monitoramento para assegurar que os controles são mantidos.
 Médio Controles adicionais devem ser implementados, mas os custos da prevenção devem ser cuidadosamente medidos.
Quando o risco médio é associado a consequências extremamente prejudiciais, a avaliação da implementação da medida de controle poderá ser mais detalhada.
 Alto O trabalho não pode ser conduzido ou iniciado sem que o risco tenha sido reduzido.
Recursos devem ser alocados para implementação de medidas.
Medir o risco residual. Caso o risco não puder ser reduzido nem com recursos ilimitados, o trabalho tem que permanecer proibido
PROBABILIDADE
SEVERIDADE
Improvável
(A)
Possível
(B)
Provável
(C)
Moderado
(I)
Risco Baixo
4
Risco Baixo
8
Risco Médio
16
Significante
(II)
Risco Baixo
8
Risco Médio
16
Risco Médio
32
Severo
(III)
Risco Médio
16
Risco Médio
32
Risco Alto
64

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

APR industrial
APR industrialAPR industrial
Apr pinturade piso 160316
Apr   pinturade piso 160316Apr   pinturade piso 160316
Apr pinturade piso 160316
Mirlley de Mendonça
 
14671479-APR-ANALISE-PRELIMINAR-DE-RISCO.doc
14671479-APR-ANALISE-PRELIMINAR-DE-RISCO.doc14671479-APR-ANALISE-PRELIMINAR-DE-RISCO.doc
14671479-APR-ANALISE-PRELIMINAR-DE-RISCO.doc
Fernando Andrade
 
Apr hr
Apr hrApr hr
Apr hr
Andre Cruz
 
APR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docx
APR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docxAPR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docx
APR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docx
ARTHURDeoliveiraNeto
 
Modelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratrizModelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratriz
RosaneLopes14
 
Apr modelo
Apr modeloApr modelo
Apr modelo
Antonio Ricardo
 
APR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).docAPR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).doc
Eliane Damião Alves
 
Apr pintura
Apr   pinturaApr   pintura
Apr pintura
JonathanPessotti
 
APR
APRAPR
Apr trabalho em altura
 Apr trabalho em altura Apr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
claudinei Nascimento
 
APR - Instalações Elétricas..docx
APR - Instalações Elétricas..docxAPR - Instalações Elétricas..docx
APR - Instalações Elétricas..docx
ARTHURDeoliveiraNeto
 
Apr acabamento obra
Apr   acabamento obraApr   acabamento obra
Apr acabamento obra
Leicy Rosa
 
Apr 23 - pintura predial
Apr   23 - pintura predialApr   23 - pintura predial
Apr 23 - pintura predial
André Alves
 
Analise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasAnalise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldas
Jose Fernandes
 
Apr trabalho em altura
Apr trabalho em alturaApr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
Célio Silva Oliveira Oliveira
 
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circularProcedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Adams David
 
Ordem de-servico
Ordem de-servicoOrdem de-servico
Ordem de-servico
Wíndila Santana
 
Apr espaço confinado
Apr   espaço confinadoApr   espaço confinado
Apr espaço confinado
Jose Adilson
 
Apr carpintaria
Apr carpintariaApr carpintaria

Mais procurados (20)

APR industrial
APR industrialAPR industrial
APR industrial
 
Apr pinturade piso 160316
Apr   pinturade piso 160316Apr   pinturade piso 160316
Apr pinturade piso 160316
 
14671479-APR-ANALISE-PRELIMINAR-DE-RISCO.doc
14671479-APR-ANALISE-PRELIMINAR-DE-RISCO.doc14671479-APR-ANALISE-PRELIMINAR-DE-RISCO.doc
14671479-APR-ANALISE-PRELIMINAR-DE-RISCO.doc
 
Apr hr
Apr hrApr hr
Apr hr
 
APR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docx
APR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docxAPR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docx
APR - Montagem e desmontagem de andaimes - 03558 - E 1 - (1).docx
 
Modelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratrizModelo apr perfuratriz
Modelo apr perfuratriz
 
Apr modelo
Apr modeloApr modelo
Apr modelo
 
APR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).docAPR Solda e Corte (1).doc
APR Solda e Corte (1).doc
 
Apr pintura
Apr   pinturaApr   pintura
Apr pintura
 
APR
APRAPR
APR
 
Apr trabalho em altura
 Apr trabalho em altura Apr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
 
APR - Instalações Elétricas..docx
APR - Instalações Elétricas..docxAPR - Instalações Elétricas..docx
APR - Instalações Elétricas..docx
 
Apr acabamento obra
Apr   acabamento obraApr   acabamento obra
Apr acabamento obra
 
Apr 23 - pintura predial
Apr   23 - pintura predialApr   23 - pintura predial
Apr 23 - pintura predial
 
Analise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldasAnalise preliminar-de-risco-soldas
Analise preliminar-de-risco-soldas
 
Apr trabalho em altura
Apr trabalho em alturaApr trabalho em altura
Apr trabalho em altura
 
Procedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circularProcedimento de segurança na operação de serra circular
Procedimento de segurança na operação de serra circular
 
Ordem de-servico
Ordem de-servicoOrdem de-servico
Ordem de-servico
 
Apr espaço confinado
Apr   espaço confinadoApr   espaço confinado
Apr espaço confinado
 
Apr carpintaria
Apr carpintariaApr carpintaria
Apr carpintaria
 

Semelhante a Apr 1 atividade de topografia

MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.docMONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
GeninhoFarias
 
APR-GERAL-RISCOS-INERENTES-rev2.pdf
APR-GERAL-RISCOS-INERENTES-rev2.pdfAPR-GERAL-RISCOS-INERENTES-rev2.pdf
APR-GERAL-RISCOS-INERENTES-rev2.pdf
BrunoPrado56
 
PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03
PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03
PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03
Jussiê Pereira da Silva
 
Npg man-305 apr
Npg man-305 aprNpg man-305 apr
Npg man-305 apr
Ucélio Melo
 
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Revisão_ 00 29_08_2014 Atividade Perigo Ca...
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Revisão_ 00 29_08_2014 Atividade Perigo Ca...APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Revisão_ 00 29_08_2014 Atividade Perigo Ca...
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Revisão_ 00 29_08_2014 Atividade Perigo Ca...
AndrSantos687125
 
APR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docx
APR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docxAPR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docx
APR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docx
ManutenoMANUTENO
 
POPS 06 - DESOSSA ok.docx trabalho em frigorifico
POPS 06 - DESOSSA  ok.docx trabalho em frigorificoPOPS 06 - DESOSSA  ok.docx trabalho em frigorifico
POPS 06 - DESOSSA ok.docx trabalho em frigorifico
sidneygurgel
 
SSO - APR Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
SSO - APR  Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.docSSO - APR  Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
SSO - APR Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
Gegiane Melo
 
Mala
MalaMala
Mala
Cascuda
 
Cfs apt 010 - almoxarifado
Cfs apt 010 - almoxarifadoCfs apt 010 - almoxarifado
Cfs apt 010 - almoxarifado
Franklin Pinto
 
Materia Prima 2024 .doc analise de risco
Materia Prima 2024 .doc analise de riscoMateria Prima 2024 .doc analise de risco
Materia Prima 2024 .doc analise de risco
LucasMujo
 
428734319-APR-59-PRE-MONTAGEM-E-MONTAGEM-DE-ESTRUTURAS-METALICAS-E-TRANSPORTE...
428734319-APR-59-PRE-MONTAGEM-E-MONTAGEM-DE-ESTRUTURAS-METALICAS-E-TRANSPORTE...428734319-APR-59-PRE-MONTAGEM-E-MONTAGEM-DE-ESTRUTURAS-METALICAS-E-TRANSPORTE...
428734319-APR-59-PRE-MONTAGEM-E-MONTAGEM-DE-ESTRUTURAS-METALICAS-E-TRANSPORTE...
LucianaFernandes219481
 
Ar 02 carga e descarga de materiais
Ar 02 carga e descarga de materiaisAr 02 carga e descarga de materiais
Ar 02 carga e descarga de materiais
Mauro Sergio Vales de Souza
 
Fns sst-apt- 24-desmatamento e limpeza de faixa
Fns sst-apt- 24-desmatamento e limpeza de faixaFns sst-apt- 24-desmatamento e limpeza de faixa
Fns sst-apt- 24-desmatamento e limpeza de faixa
NRFACIL www.nrfacil.com.br
 
O.S Ordem de Serviço - NR1
O.S   Ordem de Serviço - NR1O.S   Ordem de Serviço - NR1
O.S Ordem de Serviço - NR1
Sergio Roberto Silva
 
Beckma - assessori análise de risco
Beckma - assessori análise de risco Beckma - assessori análise de risco
Beckma - assessori análise de risco
R.A. DA SILVA BECKMA-ME
 
Apr 15 trabalho em altura
Apr 15   trabalho em alturaApr 15   trabalho em altura
Apr 15 trabalho em altura
Jose Adilson
 
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
RaynaraGoes1
 
O.S PERISVALDO SOUZA PIRES.doc
O.S PERISVALDO SOUZA PIRES.docO.S PERISVALDO SOUZA PIRES.doc
O.S PERISVALDO SOUZA PIRES.doc
IgoCruz2
 
APR rocha serviço de manutenção e encanameto
APR rocha serviço de manutenção e encanametoAPR rocha serviço de manutenção e encanameto
APR rocha serviço de manutenção e encanameto
TiagoBarbosa798007
 

Semelhante a Apr 1 atividade de topografia (20)

MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.docMONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME NA TORRE DE REFRIGERAÇÃO.doc
 
APR-GERAL-RISCOS-INERENTES-rev2.pdf
APR-GERAL-RISCOS-INERENTES-rev2.pdfAPR-GERAL-RISCOS-INERENTES-rev2.pdf
APR-GERAL-RISCOS-INERENTES-rev2.pdf
 
PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03
PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03
PRO 015_PROCEDIMENTO DE OPERAÇÃO DE MOTOPODA Rev.03
 
Npg man-305 apr
Npg man-305 aprNpg man-305 apr
Npg man-305 apr
 
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Revisão_ 00 29_08_2014 Atividade Perigo Ca...
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Revisão_ 00 29_08_2014 Atividade Perigo Ca...APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Revisão_ 00 29_08_2014 Atividade Perigo Ca...
APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Revisão_ 00 29_08_2014 Atividade Perigo Ca...
 
APR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docx
APR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docxAPR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docx
APR-Pintura-de-Paredes EDIFICAR.docx
 
POPS 06 - DESOSSA ok.docx trabalho em frigorifico
POPS 06 - DESOSSA  ok.docx trabalho em frigorificoPOPS 06 - DESOSSA  ok.docx trabalho em frigorifico
POPS 06 - DESOSSA ok.docx trabalho em frigorifico
 
SSO - APR Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
SSO - APR  Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.docSSO - APR  Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
SSO - APR Movimentação de cargas e materiais- DAMEDA.doc
 
Mala
MalaMala
Mala
 
Cfs apt 010 - almoxarifado
Cfs apt 010 - almoxarifadoCfs apt 010 - almoxarifado
Cfs apt 010 - almoxarifado
 
Materia Prima 2024 .doc analise de risco
Materia Prima 2024 .doc analise de riscoMateria Prima 2024 .doc analise de risco
Materia Prima 2024 .doc analise de risco
 
428734319-APR-59-PRE-MONTAGEM-E-MONTAGEM-DE-ESTRUTURAS-METALICAS-E-TRANSPORTE...
428734319-APR-59-PRE-MONTAGEM-E-MONTAGEM-DE-ESTRUTURAS-METALICAS-E-TRANSPORTE...428734319-APR-59-PRE-MONTAGEM-E-MONTAGEM-DE-ESTRUTURAS-METALICAS-E-TRANSPORTE...
428734319-APR-59-PRE-MONTAGEM-E-MONTAGEM-DE-ESTRUTURAS-METALICAS-E-TRANSPORTE...
 
Ar 02 carga e descarga de materiais
Ar 02 carga e descarga de materiaisAr 02 carga e descarga de materiais
Ar 02 carga e descarga de materiais
 
Fns sst-apt- 24-desmatamento e limpeza de faixa
Fns sst-apt- 24-desmatamento e limpeza de faixaFns sst-apt- 24-desmatamento e limpeza de faixa
Fns sst-apt- 24-desmatamento e limpeza de faixa
 
O.S Ordem de Serviço - NR1
O.S   Ordem de Serviço - NR1O.S   Ordem de Serviço - NR1
O.S Ordem de Serviço - NR1
 
Beckma - assessori análise de risco
Beckma - assessori análise de risco Beckma - assessori análise de risco
Beckma - assessori análise de risco
 
Apr 15 trabalho em altura
Apr 15   trabalho em alturaApr 15   trabalho em altura
Apr 15 trabalho em altura
 
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdfAPRIA -  Atividade instalação linha de vida1.pdf
APRIA - Atividade instalação linha de vida1.pdf
 
O.S PERISVALDO SOUZA PIRES.doc
O.S PERISVALDO SOUZA PIRES.docO.S PERISVALDO SOUZA PIRES.doc
O.S PERISVALDO SOUZA PIRES.doc
 
APR rocha serviço de manutenção e encanameto
APR rocha serviço de manutenção e encanametoAPR rocha serviço de manutenção e encanameto
APR rocha serviço de manutenção e encanameto
 

Apr 1 atividade de topografia

  • 1. S56009-000-FO-039 APR - ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCOS Data: 11/12/2019 APR nº.: 001 Rev.: 3 Pág.: 01 DE 10 Descrição da Atividade: ATIVIDADES DA EQUIPE DE TOPOGRAFIA Local:AÇU SPOOL BASE. Área Responsável:Carlos Escovedo Projeto:ProjetoAÇUSPOOL BASE 18043 Item Etapas do Serviço Perigo / Aspecto Ambiental Dano/ Impacto Ambiental P S PR Medida de Controle Responsável 01 INICIO DAS ATIVIDADES 1.1 Mobilização da equipe na frente de trabalho - Queda de mesmo nível - Torções - Lesões - Luxações - Fraturas B I 8 - Observar os obstáculos existentes na área; - Manter a área organizada e livre de material desnecessário; - Utilização de capacete com jugular, botina de segurança, luva de segurança, óculos de segurança e Perneira. - Antes de iniciar a atividade o colaborador deverá ter conhecimento dos riscos da mesma descritas na APR da atividade. - Realizar preenchimento do seu respectivo check list. - A iluminação geral deve ser uniformemente distribuída e difusa; - A iluminação geral ou suplementar deve ser projetada e instalada de forma a evitar ofuscamento, reflexos incômodos, sombras e contrastes excessivos; - E expressamente proibida improvisação de acesso, - Transitar somente pelo caminho seguro; - Emitir PT antes de iniciar atividade; - Manter atenção no local da atividade e a possíveis obstáculos, não improvisar acessos para a frente de trabalho. Carlos Escovedo / Rudineli Silva
  • 2. S56009-000-FO-039 Item Etapas do Serviço Perigo / Aspecto Ambiental Dano/ Impacto Ambiental P S PR Medida de Controle Responsável 1.1 Mobilização da equipe na frente de trabalho - Impacto contra membros - Lesões; - Luxações; - Fraturas; Ferimentos. B I 8 - Observar os obstáculos existente na área de trabalho; - Manter a área organizada e limpa, livre de materiais desnecessário; - Utilizar todos os EPI´s exigidos durante atividade e durante o deslocamento (capacete com a jugular, Óculos de segurança, Perneira, Botina de segurança, Uniforme de manga e calça comprida e luvas de proteção das mãos quando necessário), - Antes de iniciar a atividade, o colaborador deverá ter o conhecimento dos os riscos contidos neste documento APR; Carlos Escovedo / Rudineli Silva Animais Peçonhentos - Ataque e picada de animais; - Envenenamen to; - Intoxicação B II 16 - Utilizar perneira em toda a área da SpoolBase, locais com vegetação; - Todas as ferramentas, maletas, bolsas, devem ser mantidas em lugares adequados para evitar o avanço de animais peçonhentos na parte de dentro; - Ao gerar resíduos orgânico descartar-se imediatamente no coletor marrom, para não atrair os animais Carlos Escovedo / Rudineli Silva Ergonomia - Postura Inadequada; LER / DORT B I 8 - Não exceder o limite de peso por pessoa de 20 KG - Manter a postura adequada de acordo com a atividade a ser executada; -Sempre que necessário solicitar a ajuda de outro colaborador; - Em caso de movimentação manual de materiais da frente de trabalho para o canteiro avançado de obras, utilizar o carrinho plataforma, devidamente fixados com cintas catracas ou cordas. Carlos Escovedo / Rudineli Silva 02 ATIVIDADE DE TOPOGRAFIA 2.1 Atividades da Equipe de Topografia Queda de mesmo nível Ferimentos; Luxações; Cortes; B II 16 - Observar os obstáculos existentes na área; - Manter a área organizada e livre de material desnecessário; - Utilização de capacete com jugular, botina de metatarso, luva de segurança, óculos de segurança. - Antes de iniciar a atividade o colaborador deverá ter conhecimento dos riscos da mesma descritas na APR da atividade que poderá ser repassada pelo encarregado, supervisor, técnico em segurança do trabalho e/ou lida pelo próprio. Carlos Escovedo / Rudineli Silva
  • 3. S56009-000-FO-039 Item Etapas do Serviço Perigo / Aspecto Ambiental Dano/ Impacto Ambiental P S PR Medida de Controle Responsável 2.1 Atividades da Equipe de Topografia Contato com superfície quente Cortes; Queimadura B II 16 - Ter atenção ao manusear compartimentos que possam estar aquecidos; - Manter sempre locais aquecidos protegidos; - Verificar a temperatura do motor antes de mover a tampa; - Ao verificar a água do radiador, retire a tampa somente quando estiver resfriado. - Utilizar luva de proteção. Carlos Escovedo / Rudineli Silva Impacto contra membros Ferimentos; Luxações; Cortes; B II 16 - Ter atenção ao fechamento acidental das portas de compartimentos. - Travá-los antes. Não deixar membros em local que ofereça risco de pensamento, proteção; - Fechar a porta utilizando os devidos puxadores, ao adentrar na cabine/carroceria para executar a atividade, afim de que a mesma não bata contra membros; - Ter atenção durante a execução da atividade, evitando deixar as mãos, pés em local que ofereça risco de prensamento; - Utilizar luva de proteção. Carlos Escovedo / Rudineli Silva Contato com superficie cortante. Ferimentos; Luxações; Cortes; B II 16 - Utilização de proteções nas partes moveis do equipamento; - Utilizar luvas de vaqueta e/ou raspa; - Utilização de camisa manga longa; Carlos Escovedo / Rudineli Silva Projeção de partículas Danos nas córneas B I 8 - Utilizar óculos de proteção. Carlos Escovedo / Rudineli Silva Picada de animais peçonhentos Picadas de animais e insetos B I 8 - Utilizar perneira em toda a área da SpoolBase, locais com vegetação; - Todas as ferramentas, maletas, bolsas, devem ser mantidas em lugares adequados para evitar o avanço de animais peçonhentos na parte de dentro; - Ao gerar resíduos orgânico descartar-se imediatamente no coletor marrom, para não atrair os animais Carlos Escovedo / Rudineli Silva 03 RETIRADA DOS EQUIPAMENTOS TOPOGRÁFICOS, ESTACAS E FERRAMENTAS MANUAIS DO INTERIOR DO VEÍCULO
  • 4. S56009-000-FO-039 Item Etapas do Serviço Perigo / Aspecto Ambiental Dano/ Impacto Ambiental P S PR Medida de Controle Responsável 3.1 Retirada dos equipamentos topográficos, estacas e ferramentas manuais do interior do veículo Prensamento de membros. - Lesões; - Luxações; - Fraturas; Ferimentos. B I 8 - Manter atenção ao abrir e/ou fechar a porta e/ou compartimento do veículo utilizando os devidos puxadores afim de que não haja prensamento de membros; - Deixar as mãos em local com risco de serem prensados; O equipamento topográfico deverá ser movimentado dentro do estojo; - Utilizar luva de proteção. - Não transportar ferramentas no mesmo compartimento que pessoas; - Todas as ferramentas perfuro cortantes deverão estar protegidas. Carlos Escovedo / Rudineli Silva Queda de Material - Lesões; - Luxações; - Fraturas; Ferimentos. B II 16 - Manter a atenção ao retirar os equipamentos e ferramentas do interior do veículo; - Solicitar auxílio de outro colaborador para executar a atividade; - Utilizar botina de segurança. Carlos Escovedo / Rudineli Silva Animais Peçonhentos - Picadas de animais e insetos B I 8 - Não efetivar descanso /deitar no solo próximo a pedras ou área de vegetação. - Utilizar perneira em toda a área da SpoolBase, locais com vegetação; - Todas as ferramentas, maletas, bolsas, devem ser mantidas em lugares adequados para evitar o avanço de animais peçonhentos na parte de dentro; - Ao gerar resíduos orgânico descartar-se imediatamente no coletor marrom, para não atrair os animais Carlos Escovedo / Rudineli Silva Contato com superficie cortante Escoriações / Cortes B I 8 - Utilizar luva de proteção; - Verificar a presença de farpas e/ou pregos nas estacas que possam causar lesões; - Fazer a retirada e o descarte adequado dos pregos. Carlos Escovedo / Rudineli Silva 04 POSICIONAMENTO DOS EQUIPAMENTOS E MARCAÇÃO TOPOGRÁFICA NA ÁREA DE TRABALHO
  • 5. S56009-000-FO-039 Item Etapas do Serviço Perigo / Aspecto Ambiental Dano/ Impacto Ambiental P S PR Medida de Controle Responsável 4.1 Posicionamento dos equipamentos e marcação topográfica na área de trabalho Queda de Material - Lesões; - Luxações; - Fraturas; Ferimentos. B II 16 - Ter atenção ao manusear e transportar os equipamentos e ferramentas manualmente; - Utilizar bota com biqueira de aço; - Antes de iniciar a atividade em altura, aferir a pressão. - Em trabalho em altura, manter área abaixo isolada e não permitir que colaboradores não envolvidos na atividade permaneçam no local; - Os andaimes deverão ser liberados pelo setor de SSO e sinalizados com placas de liberado e não liberado. - Não subir na pilha de pedras para medição. - Utilizar Equipamento para efetuar a medição do piso (solo). - Os colaboradores deverão evitar trabalhos sobrepostos.; - Não jogar ferramentas e/ou materiais para piso inferior; - Utilizar cordas para içá-las; - Manter ferramentas manuais devidamente amarradas durante a execução em trabalho em altura. - Manter piso de trabalho livre de material desnecessário; - Manter ferramentas, equipamentos, materiais dentro de bolsas e /ou em local adequado que não ofereça risco de queda dos mesmos. Carlos Escovedo / Rudineli Silva Ergonomia - Postura Inadequada; LER / DORT B I 8 - Não exceder o limite de peso por pessoa de 20 KG - Manter a postura adequada de acordo com a atividade a ser executada; -Sempre que necessário solicitar a ajuda de outro colaborador; - Em caso de movimentação manual de materiais da frente de trabalho para o canteiro avançado de obras, utilizar o carrinho plataforma, devidamente fixados com cintas catracas ou cordas. Carlos Escovedo / Rudineli Silva - Atropelamento - Lesões; - Morte; - Escoriações ; B II 16 - Manter área sinalizada e isolada - Manter auxílio de um sinaleiro, no momento das manobras e deslocamento - Andar sempre pelo caminho seguro, respeitando as sinalizações; - Respeitar a sinalização e velocidade, limite da via. Carlos Escovedo / Rudineli Silva
  • 6. S56009-000-FO-039 Item Etapas do Serviço Perigo / Aspecto Ambiental Dano/ Impacto Ambiental P S PR Medida de Controle Responsável 4.1 Posicionamento dos equipamentos e marcação topográfica na área de trabalho Falta de Visibilidade/ Trabalho Noturno - Torções - Lesões - Luxações B I 8 - Antes de iniciar trabalhos noturnos verificar a boa iluminação do local de trabalho. - Não iniciar atividade sem iluminação no local de execução da atividade; - A iluminação não deverá ser posicionada de modo a não ofuscar a visão do colaborador. Carlos Escovedo / Rudineli Silva Animais Peçonhentos - Picadas de animais e insetos B I 8 - Não efetivar descanso /deitar no solo próximo a pedras ou área de vegetação. - Utilizar perneira em toda a área da SpoolBase, locais com vegetação; - Todas as ferramentas, maletas, bolsas, devem ser mantidas em lugares adequados para evitar o avanço de animais peçonhentos na parte de dentro; - Ao gerar resíduos orgânico descartar-se imediatamente no coletor marrom, para não atrair os animais Carlos Escovedo / Rudineli Silva Queda de carga suspensa - Torções - Lesões - Luxações B II 16 - Não se posicionar sob carga suspensa; manter-se afastado durante a movimentação de carga; - respeitar o isolamento da área e a orientação para executar a atividade pelo técnico de segurança e responsáveis pelo içamento. Carlos Escovedo / Rudineli Silva - Queda de mesmo nível - Impacto contra membros - Torções - Lesões - Luxações B I 8 - Observar os obstáculos existentes na área; - Manter a área organizada e livre de material desnecessário; - Utilização de capacete com jugular, botina de segurança, luva de segurança, óculos de segurança. - Antes de iniciar a atividade o colaborador deverá ter conhecimento dos riscos da mesma descritas na APR da atividade. - Realizar preenchimento do seu respectivo check list Carlos Escovedo / Rudineli Silva Projeção de partículas Danos nas córneas B I 8 - Utilizar óculos de proteção. Carlos Escovedo / Rudineli Silva Ferramentas Inadequadas/ Improvisadas/ Danificadas - Torções - Lesões - Luxações B I 8 - Inspecionar as ferramentas antes do início da atividade e solicitar a substituição e ou correção das irregularidades encontradas; - As ferramentas devem atender ao procedimento cor do mês; - Não improvisar ferramentas; - Usar luva de vaqueta. Carlos Escovedo / Rudineli Silva
  • 7. S56009-000-FO-039 Item Etapas do Serviço Perigo / Aspecto Ambiental Dano/ Impacto Ambiental P S PR Medida de Controle Responsável 4.1 Posicionamento dos equipamentos e marcação topográfica na área de trabalho Queda de nível diferente - Torções - Lesões - Luxações B I 8 - Aferir pressão arterial antes de iniciar trabalho em altura; É proibido fumar durante realização de trabalhos em altura; - Usar cinto de segurança tipo paraquedista com talabarte duplo e absorvedor de impacto em atividades com altura de 2,00 (dois metros) ou mais ancorado em linha de vida ou estrutura fixa; - Certifique-se que o andaime está totalmente travado em uma estrutura fixa e se o andaime foi liberado; - Quando for subir escada de acesso ao andaime com 2 mts ou mais usar cinto de segurança tipo paraquedista com trava quedas atracando em linha de vida previamente instalado na posição vertical, inspecionado e liberado com o check list; - Se os montadores de andaime estiverem retirando qualquer dispositivo de segurança dos andaimes ou anulando sua ação, comunique ao encarregado e ao técnico em segurança do trabalho. - Pois é terminantemente proibido retirar ou anular qualquer dispositivo de segurança do andaime sem um estudo prévio que encontre outra forma para garantir a estabilidade do mesmo; - Seguir procedimento de trabalho em altura. Não acessar sobre pilhas de material depositado (pedra). Carlos Escovedo / Rudineli Silva Queda de nível diferente - Lesões; - Luxações; - Fraturas B II 16 - Inspecionar a área de trabalho e manter atenção possíveis aberturas no piso que possam estar desprotegidas; - Não se posicionar próximo e/ou sobre as coberturas das aberturas; - Manter as aberturas nos pisos sinalizados. - Não acessar sobre pilha de material depositado. - Não acessar sobre pilhas de material depositado. - Não ultrapassar a barreira física do guarda corpo para pegar pontos em local de difícil acesso; - Ao subir acima de 2 Mts, e obrigatório utilizar o cinto de segurança com 2 talabartes, inspecionado com o check list. Carlos Escovedo / Rudineli Silva Ruído - Perda Auditiva A II 16 Utilização de protetor auricular sempre que necessário. Carlos Escovedo / Rudineli Silva
  • 8. S56009-000-FO-039 Item Etapas do Serviço Perigo / Aspecto Ambiental Dano/ Impacto Ambiental P S PR Medida de Controle Responsável - Impacto contra - Prensament o de membros superiores e inferiores; - Lesões, cortes E amputação de membros - Esmagamen tos B II 16 - Manter atenção ao abrir e/ou fechar a porta e/ou compartimento do veículo utilizando os devidos puxadores afim de que não haja prensamento de membros; - Não deixar as mãos em local com risco de serem prensados; - O equipamento topográfico deverá ser movimentado dentro do estojo; - Utilizar luva de proteção. Carlos Escovedo / Rudineli Silva 4.1 Posicionamento dos equipamentos e marcação topográfica na área de trabalho Queda de Material - Lesões; - Luxações; - Fraturas B II 16 - Manter a atenção ao recolher os equipamentos e ferramentas do interior do veículo; - Solicitar auxílio de outro colaborador para executar a atividade; - Utilizar botina de segurança com biqueira. Carlos Escovedo / Rudineli Silva 4.1 Posicionamento dos equipamentos e marcação topográfica na área de trabalho Contato com objetos pontiagudos -Cortes; - Lesões; -Perfurações; B II 16 - Retirar pregos e objetos estranhos presentes na madeira; - Uso obrigatório de luva de vaqueta; - Ter atenção durante a execução da atividade; - Descartar as sobras de madeira em local adequado (latão, baia) Carlos Escovedo / Rudineli Silva 05 DESMOBILIZAÇÃO DA FRENTE DE TRABALHO 5.1 Recolher equipamentos topográficos, Estacas e ferramentas manuais e guardá- los no veículo Contato com objetos pontiagudos -Cortes; - Lesões; -Perfurações; B II 16 - Utilizar luva de proteção; - Verificar a presença de farpas e/ou pregos nas estacas que possam causar lesões; - Fazer a retirada e o descarte adequado dos pregos. - Manter postura correta, - Ao levantar peso agacha manter a coluna reta e usar a força das pernas para levantar o material; OBS.: Só levantar peça com peso até 23kg, acima desse peso solicitar ajuda de outro colaborador; Fazer rodízio de colaboradores ao levantar peso. Carlos Escovedo / Rudineli Silva
  • 9. S56009-000-FO-039 Recomendações Complementares: Reunião Especifica para Início da Atividade SIM NÃO SIM NÃO 1- A equipe tem pleno conhecimento dos riscos contidos neste documento? 4- Foram verificadas condiçõesfísicase estado de espírito da equipe? 2- Comentários sobre acidentes já ocorridos na execução desta tarefa? 5- Verificou-se o porte e as condições dos EPI’s por parte da equipe? 3- Foram observadas as condições ambientais no local de trabalho? Data da Reunião: ___/___/___ Nome Função Assinatura Nome Função Assinatura __________________________________ _____________________________ ___________________________________ ____________________________ ResponsávelPelo Serviço Responsável HSE Responsável pela execução doserviço Outros
  • 10. S56009-000-FO-039 INSTRUÇÕES PARA ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO Classificação de Probabilidade (P)  Probabilidade (P)  Improvável - Uma rara combinação de falhas é necessária para que o dano/impacto ocorra ou, - Segundo conhecimento da equipe de avaliação de risco o dano/impacto ocorreu dentro da indústria ao menos uma vez.  Possível - Possível ocorrência do dano/impacto. O dano/impacto pode ocorrer caso falhas adicionais estejampresentes o que não é esperado de ocorrer ou, - Segundo conhecimento da equipe de avaliação de risco o dano/impacto ocorre anualmente dentro da indústria e/ou unidade Technip Brasil.  Provável - É provávelque o dano/impacto ocorra em decorrência de falhas existentes na execução da atividade ou, - Segundo conhecimento da equipe de avaliação de risco o dano/impacto ocorre regularmente mais de uma vez ao ano nas unidades Technip Brasil. Classificação de Severidade (S) Segurança Saúde Meio ambiente Moderado (I) Primeiros socorros / Tratamento médico Efeitos reversíveis menores a saúde Impacto de pequena magnitude, restrito ao site, reversívelcom ações mitigadoras. Significante (II) Caso de restrição de trabalho / Afastamento do trabalho Incapacidade temporária ou parcialpermanente Impacto de magnitude moderada, restrito ou não ao site, reversível com ações mitigadoras ou ações corretivas. Severo (III) Fatalidade única Incapacidade permanente e severa. Impacto de magnitude considerável, restrito ou não ao site, reversívelcomações corretivas. Classificação do Risco - PR  Baixo Além das medidas de controles existentes, não são requeridos controlesadicionais. Devem ser feitas considerações sobre uma solução de custo mais eficaz ou melhorias que não imponham uma carga de custos adicionais. É requerido monitoramento para assegurar que os controles são mantidos.  Médio Controles adicionais devem ser implementados, mas os custos da prevenção devem ser cuidadosamente medidos. Quando o risco médio é associado a consequências extremamente prejudiciais, a avaliação da implementação da medida de controle poderá ser mais detalhada.  Alto O trabalho não pode ser conduzido ou iniciado sem que o risco tenha sido reduzido. Recursos devem ser alocados para implementação de medidas. Medir o risco residual. Caso o risco não puder ser reduzido nem com recursos ilimitados, o trabalho tem que permanecer proibido PROBABILIDADE SEVERIDADE Improvável (A) Possível (B) Provável (C) Moderado (I) Risco Baixo 4 Risco Baixo 8 Risco Médio 16 Significante (II) Risco Baixo 8 Risco Médio 16 Risco Médio 32 Severo (III) Risco Médio 16 Risco Médio 32 Risco Alto 64