SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar
essa MAPA? Iremos te ajudar!
Entre em contato
(63) 99129-5554
MAPA – AGRO - EMPREENDEDORISMO E
ORGANIZAÇÕES ASSOCIATIVAS - 53/2023
Atividade MAPA
Empreendedorismo e agronegócio
O agronegócio é um dos segmentos mais importantes da economia brasileira e movimenta
milhões de reais todos os anos. Mesmo sendo um mercado considerado tradicional e
conservador, cada vez mais os empresários envolvidos com a agricultura e a pecuária
percebem a necessidade de modernização. Isto permite que se mantenham competitivos e
atendam às exigências dos consumidores. Esse cenário faz com que surjam diversas
oportunidades para quem deseja empreender no setor. De modo geral, empreender exige
muito estudo e dedicação, independentemente da área na qual você deseja entrar. No
agronegócio não é diferente. No entanto, com alguns cuidados iniciais, você aumenta as
chances de ser bem-sucedido.
Pesquise o mercado
Escolher o foco ou o propósito do seu empreendimento, frente a tantas opções, pode ser
extremamente desafiador. Por isso, você deve realizar uma pesquisa de mercado para
coletar dados e informações que embasem sua decisão. Os órgãos oficiais do governo —
como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); o Ministério da
Agricultura, Pecuária e Abastecimento; e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
(IBGE) — podem ser de grande ajuda neste sentido, pois têm muitas informações
relevantes que permitirão entender os números do setor que você escolheu e as tendências
para os próximos anos.
Converse com quem entende
Outra ação importante que você pode tomar, antes de empreender no agronegócio, é
conversar com quem já atua nesse setor. Procure por profissionais que trabalham em
empresas do ramo. E também por empreendedores que já tenham experiência prática no
mesmo segmento no qual você deseja empreender. Tente extrair deles tudo o que fizeram
para enfrentar as incertezas e vencer as maiores dificuldades. Veja também como é a rotina
do negócio. Assim, você conseguirá coletar informações essenciais, que mostrarão se é o
tipo de empreendimento que realmente deseja e se as atividades desenvolvidas serão
prazerosas.
Fique de olho na tecnologia
A tecnologia chegou ao campo e contribui para aumentar os resultados do agronegócio no
Brasil. Segundo levantamento da Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão (CBAP),
67% das propriedades agrícolas do Brasil usam algum tipo de inovação tecnológica em
seus processos produtivos. O maior reflexo disso é o surgimento de várias startups
dedicadas a produzir inovações para esse segmento — as chamadas agritechs. Elas
utilizam a tecnologia em diversos setores. Por exemplo, na mecanização da lavoura, na
aplicação de agricultura de precisão, em dispositivos móveis, drones, GPS, sensores e
aplicativos. Tudo para embasar as decisões dos empresários do agronegócio; assim, eles
podem pensar estrategicamente, analisando informações, reduzindo de custos e
aumentando a produtividade.
Fonte: adaptado de: https://sebraemg.com.br/dicas-empreender-agronegocio/. Acesso em:
15 ago. 2023.
O cenário do empreendedorismo no Agronegócio está evoluindo de forma muito rápida e
novas formas de criar negócios neste setor também estão surgindo. Crowdfunding,
investidores anjo, incubadoras, aceleradoras e startups, são termos recentes mas estão
cada vez mais frequentes. Sobre este tema, para desenvolver a atividade Mapa desta
disciplina, realize os itens a seguir:
1- Explique o que é “Financiamento Coletivo” e apresente 2 exemplos reais de projetos
realizados utilizando esta forma de financiamento.
2- Explique o que é uma “Aceleradora de Negócios” e apresente 2 exemplos de
Aceleradoras ou de Negócios que foram acelerados.
3- Explique o que é “Empresa Júnior” e apresente 2 exemplos reais desse tipo de
empresas.
4- Explique o que é “Startup” e apresente 2 exemplos reais desse tipo de empresa.
Orientações gerais:
- Para esta atividade, você deverá utilizar o formulário padrão que está disponível no ícone
“Material da Disciplina”.
- Considere as orientações para a atividade MAPA, acessando o link do vídeo explicativo.
- Não se esqueça de que este é um trabalho acadêmico, assim sendo, observe as Normas
ABNT.
- Atenção: se identificado plágio (cópia indevida de textos pesquisados, ou cópia textual
entre colegas) a atividade poderá ser zerada.
- Anexe o arquivo no campo de resposta da atividade MAPA, clicando sobre o botão
Selecionar arquivo.
- Após anexar o arquivo, certificar-se que se trata do arquivo correto, clique no botão
Responder e, posteriormente, em Finalizar Questionário (após "Finalizar o Questionário",
não será possível reenviar a atividade ou realizar qualquer modificação no arquivo enviado).
- Tendo dúvidas, não deixe de encaminhá-las por meio do "fale com o mediador".

Mais conteúdo relacionado

Mais de AzulAssessoriaAcadmi7

2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;AzulAssessoriaAcadmi7
 
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;AzulAssessoriaAcadmi7
 

Mais de AzulAssessoriaAcadmi7 (20)

2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
2.d) Para a situação descrita em 2.c), calcule a corrente média na carga.
 
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
 
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
1.2.d) Calcule a potência média dissipada na chave em relação ao ciclo de cha...
 
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
 
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
1.2.c) Calcule a potência máxima dissipada durante a ligação da chave;
 
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
 
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
1.1.d) Calcule a eficiência da transferência de potência.
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
 
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
1.1.c) A partir dos itens anteriores, qual o valor médio da potência na chave...
 
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
 
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
1.1.b) Ainda considerando a chave Q1 ideal, calcule o valor médio da potência...
 
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
 
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
 
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
1.1.a) Considerando a chave Q1 como ideal calcule o valor médio da corrente n...
 
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
 
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
 
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
1.2.b) Calcule a potência média dissipada na chave durante o estado bloqueado;
 
a) Entre 10 e 12 slides.
a) Entre 10 e 12 slides. a) Entre 10 e 12 slides.
a) Entre 10 e 12 slides.
 
a) Entre 10 e 12 slides.
a) Entre 10 e 12 slides. a) Entre 10 e 12 slides.
a) Entre 10 e 12 slides.
 

Último

Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasCasa Ciências
 

Último (20)

Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
 

2- Explique o que é uma “Aceleradora de Negócios” e apresente 2 exemplos de Aceleradoras ou de Negócios que foram acelerados.

  • 1. Olá, aluno(a)! Está com dificuldade ou sem tempo para elaborar essa MAPA? Iremos te ajudar! Entre em contato (63) 99129-5554 MAPA – AGRO - EMPREENDEDORISMO E ORGANIZAÇÕES ASSOCIATIVAS - 53/2023 Atividade MAPA Empreendedorismo e agronegócio O agronegócio é um dos segmentos mais importantes da economia brasileira e movimenta milhões de reais todos os anos. Mesmo sendo um mercado considerado tradicional e conservador, cada vez mais os empresários envolvidos com a agricultura e a pecuária percebem a necessidade de modernização. Isto permite que se mantenham competitivos e atendam às exigências dos consumidores. Esse cenário faz com que surjam diversas oportunidades para quem deseja empreender no setor. De modo geral, empreender exige muito estudo e dedicação, independentemente da área na qual você deseja entrar. No agronegócio não é diferente. No entanto, com alguns cuidados iniciais, você aumenta as chances de ser bem-sucedido. Pesquise o mercado Escolher o foco ou o propósito do seu empreendimento, frente a tantas opções, pode ser extremamente desafiador. Por isso, você deve realizar uma pesquisa de mercado para
  • 2. coletar dados e informações que embasem sua decisão. Os órgãos oficiais do governo — como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) — podem ser de grande ajuda neste sentido, pois têm muitas informações relevantes que permitirão entender os números do setor que você escolheu e as tendências para os próximos anos. Converse com quem entende Outra ação importante que você pode tomar, antes de empreender no agronegócio, é conversar com quem já atua nesse setor. Procure por profissionais que trabalham em empresas do ramo. E também por empreendedores que já tenham experiência prática no mesmo segmento no qual você deseja empreender. Tente extrair deles tudo o que fizeram para enfrentar as incertezas e vencer as maiores dificuldades. Veja também como é a rotina do negócio. Assim, você conseguirá coletar informações essenciais, que mostrarão se é o tipo de empreendimento que realmente deseja e se as atividades desenvolvidas serão prazerosas. Fique de olho na tecnologia A tecnologia chegou ao campo e contribui para aumentar os resultados do agronegócio no Brasil. Segundo levantamento da Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão (CBAP), 67% das propriedades agrícolas do Brasil usam algum tipo de inovação tecnológica em seus processos produtivos. O maior reflexo disso é o surgimento de várias startups dedicadas a produzir inovações para esse segmento — as chamadas agritechs. Elas utilizam a tecnologia em diversos setores. Por exemplo, na mecanização da lavoura, na aplicação de agricultura de precisão, em dispositivos móveis, drones, GPS, sensores e aplicativos. Tudo para embasar as decisões dos empresários do agronegócio; assim, eles podem pensar estrategicamente, analisando informações, reduzindo de custos e aumentando a produtividade. Fonte: adaptado de: https://sebraemg.com.br/dicas-empreender-agronegocio/. Acesso em: 15 ago. 2023. O cenário do empreendedorismo no Agronegócio está evoluindo de forma muito rápida e novas formas de criar negócios neste setor também estão surgindo. Crowdfunding, investidores anjo, incubadoras, aceleradoras e startups, são termos recentes mas estão cada vez mais frequentes. Sobre este tema, para desenvolver a atividade Mapa desta disciplina, realize os itens a seguir: 1- Explique o que é “Financiamento Coletivo” e apresente 2 exemplos reais de projetos realizados utilizando esta forma de financiamento. 2- Explique o que é uma “Aceleradora de Negócios” e apresente 2 exemplos de Aceleradoras ou de Negócios que foram acelerados. 3- Explique o que é “Empresa Júnior” e apresente 2 exemplos reais desse tipo de empresas. 4- Explique o que é “Startup” e apresente 2 exemplos reais desse tipo de empresa. Orientações gerais: - Para esta atividade, você deverá utilizar o formulário padrão que está disponível no ícone “Material da Disciplina”. - Considere as orientações para a atividade MAPA, acessando o link do vídeo explicativo.
  • 3. - Não se esqueça de que este é um trabalho acadêmico, assim sendo, observe as Normas ABNT. - Atenção: se identificado plágio (cópia indevida de textos pesquisados, ou cópia textual entre colegas) a atividade poderá ser zerada. - Anexe o arquivo no campo de resposta da atividade MAPA, clicando sobre o botão Selecionar arquivo. - Após anexar o arquivo, certificar-se que se trata do arquivo correto, clique no botão Responder e, posteriormente, em Finalizar Questionário (após "Finalizar o Questionário", não será possível reenviar a atividade ou realizar qualquer modificação no arquivo enviado). - Tendo dúvidas, não deixe de encaminhá-las por meio do "fale com o mediador".