O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Revistas no cenário da mobilidade

1.017 visualizações

Publicada em

Apresentação da minha defesa de dissertação "Revistas no cenário da mobilidade: a interface das edições digitais para tablets".

Publicada em: Design
  • Entre para ver os comentários

Revistas no cenário da mobilidade

  1. 1. REVISTAS NO CENÁRIO DA MOBILIDADE:A INTERFACE DAS EDIÇÕES DIGITAIS PARA TABLETSRodrigo do Espirito Santo da Cunha
  2. 2. REVISTAS NO CIBERESPAÇO Cover mounts e CD- ROM, década de 1990; Diversas nomenclaturas: e- zines, cyberzines, webzines, hy perzines, magazines online; Em 1995, primeiros sites de revistas na internet. No Brasil, primeiros sites de revistas: Manchete (nov. 1995), IstoÉ e Veja (abr. 1996); UOL REVISTAS, 1996-1997 UOL: principal agregador de revistas no País. Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  3. 3. REVISTAS NO CIBERESPAÇO Formatos: PDF (Woof!, Ilustre, Kino, +Soma) e JPG (Exact Editions); Flash: flip page; arquivos executáveis no computador; Serviços para publicação na web: CViewer, ContentStuff, DigitalPages, Issuu, Calaméo, Ceros. iZINE / CEROS DIGITAL Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  4. 4. PRODUÇÃO DE SENTIDO NA LEITURA “As formas têm efeitos sobre os sentidos” (McKENZIE, 2004) “O processo de publicação é sempre um processo coletivo que requer numerosos atores e não separa a materialidade do texto da textualidade do livro” (CHARTIER, 2007) "Ler é, portanto, constituir e não reconstituir o sentido" (GOULEMOT, 2001) VEJA DIGITAL / G2 GREY SP Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  5. 5. MATERIALIDADES DA COMUNICAÇÃO Hans Ulrich Gumbrecht, Univ. de Stanford, déc. 1980 Os fenômenos e condições contribuem para a produção de sentido (GUMBRECHT, 2010) Processo de acoplamento (Maturana, Varela) As condições concretas de articulação e de transmissão de uma mensagem influem no caráter de sua produção e recepção (ROCHA, 1998) VEJA DIGITAL / G2 GREY SP Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  6. 6. REVISTAS NA ERA DA MOBILIDADE Abril sem fio (2001): mensagens SMS, sites em versão WAP e Palm Smartphones e 3G: mobile sites e aplicativos (2007) Aplicativos: Trip/TPM, para iPhone e iPod Touch (2010) Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  7. 7. REVISTAS PARA TABLETS iPad: ressuscitação do mercado de tablets, em desenvolvimento desde a década de 1950. Primeiros aplicativos: Time (abr. 2010), Sports Illustrated (jun. 2010) No Brasil, Época a primeira a criar um aplicativo (abr. 2010); Veja (set. 2010); revistas da Editora Europa (Natureza, Vídeo Som). Sistemas de publicação: WoodWing e Adobe DPS. Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  8. 8. DESIGN EDITORIAL E DIGITAL "O design jornalístico vem para potencializar este discurso (informativo), organizar os conteúdos, criar identidade, atrair a atenção do leitor e construir o sentido pela relação entre as diversas matérias significantes (verbo-visuais)" (FREIRE, 2007) Fundamentos (Gestalt): equilíbrio, simplicidade, constrast e, formato e fechamento OSTROWER, 1983 (SOUSA, 2005; ARNHEIM, 2004) Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  9. 9. METODOLOGIA E CORPUS GJOL (estudo de caso + análise de conteúdo [interface]); Categorias de análise: topologia (formato, grids); tipografia (fontes); qualidades eidéticas e cromáticas (sintagmas visuais e cores); imagem e multimídia (fotos, áudio e vídeo); Corpus: doze títulos de revistas:  Veja / Época: revistas semanais de informação geral  Boa Forma / Esquire: revistas mensais segmentadas  Time / Wired: mais baixadas na loja norte-americana  Exame / Superinteressante: mais baixadas na loja brasileira  Popular Mechanics / NatGeo Magazine: migrantes do impresso  Project / Three: nativas do ciberespaço Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  10. 10. ALGUMASTENDÊNCIASTopologia:Orientaçãovertical parafacilitar a leitura Vertical: texto livre, corrido, tipografia maior Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  11. 11. ALGUMASTENDÊNCIASTopologia:Orientaçãovertical parafacilitar a leitura Horizontal: colunas, divisão com outros elementos Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  12. 12. ALGUMASTENDÊNCIASTopologia:Grid menosflexível em revistassemanais Wired (mensal): massa de texto “invade” a 2ª coluna Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  13. 13. ALGUMASTENDÊNCIASTopologia:Navegação emscroll paraaprofundamentode uma mesmanotícia. Scroll: mesma informação; card: informação diferente Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  14. 14. ALGUMASTENDÊNCIASTipografia:Diferenciação deestilos tipográficosentre a versãodigital e a doimpresso Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  15. 15. ALGUMASTENDÊNCIASTipografia:Problema mal-resolvido daacessibilidade Bloomberg Businessweek+: permite ampliar fonte sem bagunçar a diagramação Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  16. 16. ALGUMASTENDÊNCIASQualidadeseidéticas ecromáticas:Redução dautilização delinhas paraorganização doconteúdoAplicação dobranco, incômodona leitura porconta da emissãode luz (RGB) Valorização do branco na diagramação e a pouca presença de conteúdos distintos numa mesma tela Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  17. 17. ALGUMASTENDÊNCIASQualidadeseidéticas ecromáticas:Predominância desetas para indicarcontinuidade Wired incorporou os mesmos elementos da diagramação do impresso e transformou em setas direcionais Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  18. 18. ALGUMASTENDÊNCIASQualidadeseidéticas ecromáticas:Presença tímidados ícones decompartilhamentoOpções escassasde interatividade Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  19. 19. ALGUMAS Revista Total/Páginas Páginas c/ áudio PorcentagemTENDÊNCIAS Three (mensal) 45 2 4,44% Super (mensal) 68 3 4,41%Imagem e Esquire (mensal) 69 3 4,34%multimídia: Wired (mensal) 142 6 4,22%Áudio, elemento Project (mensal) 62 2 3,22%pouco explorado Boa Forma (mensal) 76 1 1,31% NatGeo (mensal) 170 2 1,17% Veja (semanal) 1.105 9 0,81% Exame (quinzenal) 399 1 0,25% PopMec (mensal) 230 0 0% Época (semanal) 412 0 0% Time (semanal) 758 0 0% Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  20. 20. ALGUMAS Revista Total/Páginas Páginas c/ vídeo PorcentagemTENDÊNCIAS Project (mensal) 62 13 20,96% Esquire (mensal) 69 9 13,04%Imagem e Wired (mensal) 142 18 12,67%multimídia: Super (mensal) 68 7 10,29%Multimidialidade é Boa Forma (mensal) 76 5 6,57%mais utilizada por Time (semanal) 758 27 3,56%revistas mensais Época (semanal) 412 20 4,85% PopMec (mensal) 230 10 4,34% Exame (quinzenal) 399 13 3.25% NatGeo (mensal) 170 4 2,35% Three (mensal) 45 1 2,22% Veja (semanal) 1.105 13 1,17% Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  21. 21. ALGUMAS Revista Total/Páginas Páginas c/ anim. PorcentagemTENDÊNCIAS PopMec (mensal) 230 72 31,30% Esquire (mensal) 69 16 23,18%Imagem e Super (mensal) 68 14 20,58%multimídia: Project (mensal) 62 12 19,35%Multimidialidade é Wired (mensal) 142 16 11,26%mais utilizada por Exame (quinzenal) 399 14 3,50%revistas mensais Three (mensal) 45 1 2,22% Veja (semanal) 1.105 15 1,35% Time (semanal) 758 8 1,05% Boa Forma (mensal) 76 0 0% Época (semanal) 412 0 0% NatGeo (mensal) 170 0 0% Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  22. 22. ALGUMAS Revista Clicar Deslizar Não-interativosTENDÊNCIAS Época (semanal) 45 20 65 Exame (quinzenal) 28 26 42Imagem e Super (mensal) 30 2 4multimídia: PopMec (mensal) 18 4 21Infográficos ainda Time (semanal) 11 17 30feitos para ser Esquire (mensal) 10 1 6contemplados Wired (mensal) 9 5 7 Veja (semanal) 8 22 35 Boa Forma (mensal) 5 3 2 NatGeo (mensal) 3 10 17 Project (mensal) 1 2 0 Three (mensal) 0 0 0 TOTAL 168 112 229 Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  23. 23. ALGUMASTENDÊNCIASImagem emultimídia:Infográficos aindafeitos para sercontemplados Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  24. 24. ALGUMASTENDÊNCIASImagem emultimídia:Uso potencial dafotografia nasedições digitais(visualização emtela inteira,galerias de fotos,slideshows) Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  25. 25. CONSIDERAÇÕES FINAIS Ascensão do HTML5 como formato de distribuição de jornais e revistas para tablets: simulação da interface dos aplicativos, mas em formato online; Diagramação ainda atrelada ao design do impresso, limitada geralmente pelos recursos oferecidos pelas ferramentas de publicação: ex. Adobe Digital Publishing Suite e WoodWing; Dificuldade em trazer a acessibilidade e a interatividade já conhecida na atual fase do jornalismo online para as edições digitais de revistas para tablet; Necessidade do desenvolvimento de ferramentas de aferição da qualidade do produto jornalístico também para as revistas em tablet. Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011
  26. 26. CONTATO Rodrigo do Espírito Santo da Cunha Mestrando em Comunicação e Cultura Contemporâneas, Faculdade de Comunicação, UFBA  rodrigoescunha@gmail.com [e-mail]  www.rodrigocunha.jor.br [site]  @cunha85 [twitter] Póscom/UFBA | Salvador, 22 de novembro de 2011

×