O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 619 an 09 maio 2017.

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 6 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (13)

Semelhante a AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 619 an 09 maio 2017. (20)

Anúncio

Mais de Roberto Rabat Chame (20)

Mais recentes (20)

Anúncio

AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Nº 619 an 09 maio 2017.

  1. 1. AGRISSÊNIOR NOTICIAS Pasquim informativo e virtual. Opiniões, humor e mensagens EDITORES: Luiz Ferreira da Silva (luizferreira1937@gmail.com) e Jefferson Dias (jffercarlos@gmail.com) Edição 619– ANO XIII Nº 36 – 09 de maio de 2017 O ESTADO DA NOSSA ALMA Mensagem de Aix Pereira Meu querido Luiz, para mim o que importa é o estado da nossa alma. Partindo da crença que tenho de que continuaremos vivos, bem vivos, me pergunto como estaremos ao daqui nos retirarmos? O que teremos realizado nos dando paz de espirito? Qual será a nossa tranquilidade ao facearmos a grande transição? Quais terão sido as nossas aquisições em termos de virtudes, não aquelas virtudes que possam, segundo a convenção humana, santificar o homem, mas aquelas mais comuns que nos darão segurança e bem estar? Quais os "defeitos" banidos de nossa alma ao longo de uma inteira vida? O que estaremos levando em nossa alma para a eternidade? Com que nível de "desprendimento" daqui partiremos sem levarmos preocupações ou ligações quase que atávicas com os "bens" que aqui deixaremos? A meu ver, meu caro Luiz, não se trata de "nosso estado orgânico", mas, sim, o da "nossa alma" refletindo em nosso "estado mental"; conheço e convivi com pessoas que daqui partiram, em sofrido estado orgânico, mas demonstrando leveza de alma, de espirito, perfeitamente consciente dos seus últimos momentos. Foram pessoas simples, que ao longo da vida não se preocuparam com os artificialismos, com os superficialismos, com as convenções sociais, mas viveram de forma simples conscientes das suas precariedades humanas e tentando ser melhores em suas mínimas relações; foram discretas e tinham noção de que um dia partiriam daqui, teriam suas forças esgotadas pois assim aprenderam na sua convivência com a Natureza, a mesma Natureza que nos acolhe, nos sustenta e, depois, "naturalmente" nos conduz à vida eterna. Foram pessoas especiais, viveram serenamente sem os atabalhoamentos tão comuns em nossa vida dita moderna. Exerceram a mansidão e com a mesma mansidão souberam acolher e suportar as suas dores não fazendo delas elementos de comiseração e de piedade humana. Alguns foram de rara "genialidade espiritual", reconhecendo-se insignificantes diante da grandeza e da complexidade dos fenômenos que estudavam e observavam; souberam retirar deles os elementos de progresso técnico, identificando alavancas de progresso moral para todos nós. Tenho certeza que, no final dos meus dias, terei dores, e apenas peço a Deus que as suporte, com dignidade, e que com elas me alanque para um mundo melhor, ou para o mundo que o Pai me destinar. Desculpe-me estas considerações estimuladas pela sua observação: "o problema não é a morte, mas o morrer; como se ir e que estado orgânico". Abraços.
  2. 2. A DEMOCRACIA VAI VENCER Ewerton Almeida Ex-Presidente do CNPC A grande maioria da população que quer ver o Brasil preparado para criar a condição mais justa e mais igual para todos fica a se perguntar: Qual é mesmo a alternativa que tem sido apresentada ao Plano Econômico, a Reforma da Previdência e a Reforma Trabalhista apresentada pelo governo atual? Qual são as propostas desses incentivadores, aproveitadores e promotores da Greve Geral para a nação brasileira? Eis a questão! Na verdade. O “choro” é muito mais pela perda dos privilégios imorais que essa gente dita de esquerda tinha e usufruía dos governos do mensalão e do petrolão. As famosas “boquinhas” acabaram! O tal dito e “aclamado” filósofo Boulos um ícone das ditas esquerdas apresentou que solução? Que se saiba e se conheça, solucionar problemas nunca foi a sua meta nem dos anarquistas como ele, a dele é fazer instalar o caos, dele não se conhece no tempo atual algo útil que pudesse ser aproveitado. Na verdade a “fonte” que alimentava a sua inspiração secou! E a Diretoria da CUT o que apresentou em contra ponto às propostas do Governo? Cadê o trabalho apresentado pela aquela gente dita inteligente e de esquerda das Universidades? Cadê as propostas dos “artistas”! Toda essa gente tirou vantagem o quanto puderam dos governos petistas. Viviam num mar de rosas! O sonho dessa gente de ver o Brasil transformado numa republiqueta de meia tigela virou pesadelo! Daí o rebuliço que eles promovem e contando com a ajuda de setores importantes do sistema de comunicação sempre sensíveis a gritaria das esquerdas! No fundo os interesses nada recomendáveis foram contrariados, pois os repasses de infindáveis recursos para os líderes sindicais e movimentos ditos sociais sempre atrelados e a serviço de outras ideologias que nunca deram certo acabaram! A torneira oficial sempre aberta para essa gente que usufruía sem trabalhar foi fechada! Eis o motivo principal da Greve Geral! Quem conhece esses eternos líderes a que nos referimos, sabe por demais que os fatos apontados são reais. Talvez isso explique a gritaria e a mobilização que se programou para essa sexta feira que vai proporcionar um feriado prolongado que por certo vai causar prejuízos a todos os setores indistintamente. Além do mais, perguntar não ofende: Em tendo a greve por que a violência e as depredações? Os líderes dessa greve (greve é um instrumento legal de reivindicações), a desvirtua aos seus interesses mesquinhos e inconfessáveis. O Brasil não é uma republiqueta qualquer como era do desejo dos ditos esquerdistas encastelados num poder que apodreceu. Precisamos acreditar naqueles que têm a coragem de fazer e promover mudanças, mesmo que elas inicialmente se apresentem amargas. Como estar é que não pode ficar! Queiram ou não os anarquistas a Democracia vai vencer e o Brasil vai deslanchar! ESCLARECIMENTOS SOBRE A CERVEJA Postado por Aloísio Guimarães (www.terradosxucurus.blogspot.com.br) O texto abaixo, recebido por e-mail, demonstra claramente o espírito brincalhão do brasileiro. É lamentável que, na grande maioria das vezes, a sua criatividade não seja direcionada para o bem. 1. A CERVEJA MATA? - Sim. Sobretudo se a pessoa for atingida por uma caixa de cerveja com garrafas cheias. Além disso, casos de infarto do miocárdio em idosos teriam sido associados às propagandas de cervejas com modelos boazudas. 2. O USO CONTÍNUO DO ÁLCOOL LEVA AO USO DE DROGAS MAIS PESADAS?
  3. 3. - Não. O álcool é a mais pesada das drogas: uma garrafa de cerveja pesa cerca de 900 gramas. 3. CERVEJA CAUSA DEPENDÊNCIA PSICOLÓGICA? - Não. 89,7% dos psicólogos e psicanalistas entrevistados preferem uísque. 4. MULHERES GRÁVIDAS PODEM BEBER SEM RISCO? - Sim. Está provado que nas blitzen a polícia nunca pede o teste do bafômetro para as gestantes. E se elas tiverem que fazer o teste de andar em linha reta, sempre podem atribuir o desequilíbrio ao peso da barriga. 5. CERVEJA PODE DIMINUIR OS REFLEXOS DOS MOTORISTAS? - Não! Uma experiência feita com mais de 500 motoristas: foi dada uma caixa de cerveja para cada um beber e, em seguida, foram colocados um por um diante do espelho. Em nenhum dos casos, os reflexos foram alterados. 6. A BEBIDA ENVELHECE? - Sim. A bebida envelhece muito rápido. Para se ter uma ideia, se você deixar uma garrafa ou lata de cerveja aberta ela perderá o seu sabor em aproximadamente quinze minutos. 7. A CERVEJA DIMINUI O RENDIMENTO ESCOLAR? - Não, pelo contrário. Alguns donos de faculdade estão aumentando suas rendas com a venda de cervejas nas cantinas e bares da esquina. 8. O QUE FAZ COM QUE A BEBIDA CHEGUE AOS ADOLESCENTES? - Inúmeras pesquisas foram feitas por laboratórios de renome e todas indicam, em primeiríssimo lugar, o garçom. 9. CERVEJA ENGORDA? - Não. Em 100% dos casos, quem engorda é você. 10. A CERVEJA CAUSA DIMINUIÇÃO DA MEMÓRIA? - Que eu me lembre, não. OLHA O BUCHEIROOOOO! Alcir Chiari “Passava um pouco das quatro horas da manhã e além do galo do vizinho cantando e anunciando que continuava mandando no galinheiro, também se ouvia a chegada do padeiro com sua charrete. O barulho das rodas, com raios de madeira e um arco de ferro à sua volta, somado às batidas das ferraduras, fixadas nas quatro patas do cavalo, contra o calçamento de pedra rompiam o silêncio da madrugada. O pão era deixado no parapeito da janela ou na soleira da porta das casas que faziam parte da freguesia. O mesmo cenário era repetido uma hora depois pelo leiteiro que deixava sua encomenda em garrafas de vidro transparente de boca larga ou comuns de cerveja ou refrigerante. Ninguém tocava ou furtava nada, e no amanhecer, o cliente sonolento e sorrindo pegava suas encomendas agradecidas pela prestação de serviços de ambos, que só receberiam pelos mesmos no final do mês. Mais um dia de trabalho estava começando, e as fábricas anunciavam mais um início de jornada através de seu apito. As mulheres, normalmente do lar, ficavam a cuidar da casa e dos filhos com a missão de preparar as refeições com tão pouco dinheiro. Gente simples e pobre ficava a espreita da salvação, que chegava próximo das quatro horas da tarde, o bucheiro! Além do barulho de sua charrete, que lembrava a do padeiro e do leiteiro, ainda tocava sua tradicional e inconfundível corneta e, aos gritos chamava a freguesia: Olha o bucheirooooo! Acompanhando a charrete com o bagageiro de zinco, um cortejo de cães e gatos, atraídos pelo odor e na expectativa que lhes fossem atirados algumas sobras. O bucheiro vendia miúdos de bovinos e suínos: - fígados, línguas, corações, buchos, rabados e rins. A freguesa por sua vez, com poucos centavos e muita exigência, adquiria os miúdos e transformava com criatividade tudo em um verdadeiro banquete. A vida seguia calma, lenta e feliz. O tempo passou!
  4. 4. O padeiro e o leiteiro não rompem mais o silêncio da madrugada com suas charretes barulhentas, tampouco passa o bucheiro no período da tarde vendendo miúdos baratos. Desse tempo, sobraram apenas lembranças na memória de quem vivenciou. A única recordação material está pregada atrás da porta da cozinha para espantar o mau olhado e trazer a boa sorte: - A ferradura de uma das patas do cavalo do bucheiro!” POR QUE ALGO LÍQUIDO PEGA FOGO? Juliana Miranda Os incêndios são incidentes graves e que, quase sempre, geram impactos extremamente negativos ao patrimônio e à vida das pessoas. Esse tipo de ocorrência pode e deve ser evitado a partir de dispositivos e equipamentos de prevenção, bem como com o treinamento adequado de uma brigada de incêndio em empresas e locais públicos. Existem vários tipos de incêndios, e um deles é causado por líquidos inflamáveis. Você já parou para pensar por que os líquidos inflamáveis pegam fogo? Se a água é usada para apagar incêndios, como será possível que outros líquidos, como o álcool, a gasolina e o querosene, possam ser fontes combustíveis para a propagação das chamas? Confira a explicação neste artigo! Entenda como alguns líquidos podem gerar fogo? A chave para entender por que alguns líquidos pegam fogo e outros não está na composição presente nas misturas, ou seja, nos elementos químicos que compõem determinados líquidos. Os combustíveis, em geral, se misturam com o oxigênio rapidamente e de maneira mais eficiente, provocando a combustão. Isso acontece por causa da presença do hidrogênio, um elemento químico que contribui para a manutenção das chamas nos incêndios. É importante entender que, para que uma substância possa pegar fogo, ela precisa liberar energia durante sua reação com o oxigênio. Isso acontece quando o hidrogênio e o oxigênio se misturam. No caso do álcool, o fogo se forma rapidamente porque sua evaporação é muito rápida. Quando o combustível se apresenta na forma de vapor, ele se mistura com o oxigênio do ar e gera a combustão. O processo é extremamente rápido. Esse potencial de combustão do álcool levou a Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a proibir a venda do produto em supermercados, visto que o número de acidentes e queimaduras com álcool no Brasil é muito grande. O fogo é sempre gerado pelo vapor dos líquidos. Sendo assim, quanto mais rápida for a evaporação de um líquido inflamável, mais imediato será o fogo. A combustão acontece, então, por causa dos gases emanados pelos líquidos. Além disso, para que o fogo aconteça, é preciso
  5. 5. que exista uma proporção ideal de vapor e oxigênio. As condições para a ocorrência de um incêndio com líquidos inflamáveis são mais difíceis do que podemos imaginar, pois estão diretamente relacionadas a uma série de exigências químicas. Por isso, quando um incêndio acontece em um tanque de combustível, é possível afirmar que houve falha nos sistemas de prevenção ou falha da equipe. Fonte: http://www.sitedecuriosidades.com/curiosidad e/por-que-algo-liquido-pega-fogo.html A POESIA DA SEMANA Asa branca Luiz Gonzaga Quando olhei a terra ardendo Igual fogueira de São João Eu perguntei a Deus do céu, ai Por que tamanha judiaçã Eu perguntei a Deus do céu, ai Por que tamanha judiação Que braseiro, que fornalha Nem um pé de plantação Por falta d'água perdi meu gado Morreu de sede meu alazão Por farta d'água perdi meu gado Morreu de sede meu alazão Até mesmo a asa branca Bateu asas do sertão Depois eu disse, adeus Rosinha Guarda contigo meu coração Depois eu disse, adeus Rosinha Guarda contigo meu coração Hoje longe, muitas léguas Numa triste solidão Espero a chuva cair de novo Pra mim voltar pro meu sertão Espero a chuva cair de novo Pra mim voltar pro meu sertão Quando o verde dos teus olhos Se espalhar na plantação Eu te asseguro não chore não, viu Que eu voltarei, viu Meu coração Eu te asseguro não chore não, viu Que eu voltarei, viu Meu coração A PIADA DA SEMANA Uma idosa foi ao médico, e não porque estava doente, mas porque queria „reativar‟ a paixão do marido. Afinal, depois de tantos anos e com o aumento da idade, o desinteresse pela vida íntima só aumentou. “Por que a senhora não dá Viagra para ele?”, disse o médico. “Ah, muito difícil, doutor”. “Por quê?”, ele pergunta. “Ele não toma nenhum remédio! Nem mesmo uma aspirina para dor de cabeça!” “Ora, mas isso não é problema nenhum”, diz o médico. “Faça o seguinte: compre a pílula, triture até virar pó e, sem que ele veja, basta colocar no café. Ele nem vai sentir a diferença, pois não tem gosto. E o resultado vai vir.” Semanas depois, ela volta ao consultório e ele pergunta se a sugestão dele funcionou. “Ai, doutor!”, ela exclama. “Foi horrível! Eu fiz exatamente o que o senhor sugeriu: eu triturei o Viagra e, quando ele saiu para ir ao banheiro, coloquei na xícara de café dele. Assim que ele tomou, pulou em cima da mesa, me agarrou, tirou as minhas roupas e fizemos amor ali em cima da mesa por uma hora!!” “Não entendo”, diz o médico. “Não era isso que a senhora queria?” "Sim. Na verdade foi ótimo.” “Então por que a senhora falou que foi horrível?!” “Porque eu nunca mais vou poder entrar naquela cafeteria na minha vida!” (contribuição de Marcelo Câmara)
  6. 6. oOo Acessar: www.r2cpress.com.br

×