Correio de luz junho 2014

223 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
223
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
66
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Correio de luz junho 2014

  1. 1. RISOTO DIA 15 de Junho!!! Valor R$ 5,00 JÁ ENCOMENDOU O SEU? NÃO PERCA TEMPO, COMPRE LOGO!!! Editorial Não importa meu nome, mas sim o que tenho a dizer: parabéns mil vezes, parabéns pela persistência de cada um dos trabalhadores nos obstáculos pelos quais passaram: número pequeno de trabalhadores, uns por influência dos irmãos mais inferiorizados da espiritualidade, outros por enfermidades e assim foi; mas vocês não desistiram nunca, todos os trabalhos continuaram. A benção de Deus se faz presente entre vós. Continuem os trabalhos do Mestre independente da quantidade de trabalhadores, pois, o Cristo disse: “onde uma ou mais pessoas, estiverem reunidos em meu nome aí eu estarei”. Um abraço a todos. “ Um amigo” Mensagem mediúnica recebida em 27/10/2008 na Soc. Esp. Sementes de Luz.
  2. 2. EXPOSIÇÕES PÚBLICAS DOUTRINÁRIAS Terças-feiras às 20:00h Sábados às 15:00h Dia Expositior Tema 07 BARROS FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO 14 INEZ LIVRE 21 CRISTIANO LIVRE 28 CARMEM A FELICIDADE NÃO É DESTE MUNDO (E.S.E.) Apoio Espiritual - Evangelho Segundo Espiritismo Segundas-Feiras das 19:30h às 20:15h ALÔ GÁS (55) 3032.0292 (55) 9652.6967 (55) 9972.4365 Dia Expositor Tema 03 LENO (S.E. AMOR A JESUS) SÓ TROPESSA QUEM ESTÁ A CAMINHO 10 MARINO (S.E. FÉ E ESPERANÇA) CONVIVEDO COM AS DIFERÊNÇAS 17 JÚLIO (A.E.OSCAR PITHAN) DE QUE TAMANHO É A TUA FÉ? 24 TELTZ (A.E. OSCAR PITHAN) PECADO E CULPA Dia Expositior Tema 02 CRISTIANO Deixai que venham a mim as criancinhas 09 LUCIA Bem-aventurados os que têm fechados os olhos 16 INÈS Injúrias e violências 23 ANA MARIA A afabilidade e a doçura 30 BARROS A paciência SOCIEDADE ESPÍRITA SEMENTES DE LUZ Sede Própria – Fundada em 1º de maio de 1999 CNPJ nº 03739978/0001-68 – Filiada a FERGS sob. o nº 434 End.: Rua Apóstolo Lucas, 135 – Núcleo Central Nova Santa Marta Cep.97037-172 – Santa Maria/RS PROJETO PRÓ-CONSTRUÇÃO POUPANÇA BANRISUL Nº. 4185311002 - AG.0369
  3. 3. Atendimento Fraterno Há momentos em nossas vidas, em que tudo parece perdido, sem controle. Temos a sensação de estar passando por situação difícil de resolver, ao menos de imediato. Na maioria das vezes, nos sentimos impotentes perante tantas dificuldades a serem vencidas. Quem já não passou por isto? Quem, em algum momento, não precisou ser ouvido e ajudado? O Atendimento Fraterno, especialmente, presta-se a receber todos que buscam na Doutrina Espírita o abrigo para as suas aflições. Este atendimento apresenta as características de trabalho solidário e fraterno, dirigido principalmente para esclarecer, orientar, ajudar ou consolar, com base na Doutrina Espírita e no Evangelho de Jesus, trata-se de uma conversa privada, individualizada e amiga. Não pretende resolver os problemas, nem fazer desaparecer os sofrimentos oriundos dos males físicos e da alma, mas contribuir para despertar as potencialidades do indivíduo, que podem ser utilizadas na superação de si mesmo e dos obstáculos externos. Desejamos que possa encontrar no atendimento fraterno a luz que faltava para iluminar o seu progresso espiritual nesta caminhada evolutiva.
  4. 4. Infância e Juventude Aconteceu no dia 10 de maio, uma confraternização em homenagem ao dia das mães, muitas mães estiveram presentes prestigiando o evento. Após, houve distribuição de alimentos às famílias cadastradas. Agradecemos a todos que contribuíram para o êxito dessa confraternização.
  5. 5. Vivo como quero, ou vivo como querem? ( Adeilson Salles) Embora o homem venha conquistando ao longo dos séculos, um avanço tecnológico excepcional, nada parece ser suficiente para acalmar seu coração, e ele segue sua jornada vivenciando conflitos íntimos terríveis. O homem é capaz de bombardear o núcleo do átomo. Mas não logra implodir o próprio orgulho. O homem com a ajuda de equipamentos modernos é capaz de mergulhar a grandes profundidades no oceano. Não obstante, não implementa o grande mergulho em si mesmo, e não passa de ilustre desconhecido de si próprio. O homem lança sondas espaciais de encontro a cometas, com o desejo de estudar a constituição íntima da matéria, visando descobrir a origem do universo. Todavia, tem enormes dificuldades em abraçar seu semelhante. Somos criaturas paradoxais, desejamos conquistar o mundo, mas somos incapazes de realizar as grandes conquistas afetivas, que certamente nos levariam a experimentar a paz. No campo afetivo, temos mais facilidade em aceitarmos a opinião dos outros, do que a dos nossos familiares. Com os outros a paciência, com a família a contenda. Com estranhos a educação, com a família a irritabilidade. A vida está difícil, ninguém duvida das grandes transformações pelas quais a humanidade passa. Precisamos reavaliar as nossas atitudes, é fundamental que iniciemos o mergulho intransferível e inadiável em nosso ser. Não podemos continuar vivendo a vida, como reféns dos fatos que acontecem à nossa volta. Viver a vida através dos fatos gerados pelos outros, é viver de forma alienada com relação a si mesmo. Nossa vida deve ser determinada pelos acontecimentos gerados a partir de nossas escolhas e decisões. Somos os construtores de nosso destino, estamos construindo a nossa vida? Ou os outros é que determinam nossa forma de viver? Urge que nos autoconheçamos. Como estou reagindo diante desse ou daquele acontecimento? Minhas opiniões são minhas mesmo, baseadas em minha capacidade de pensar? Ou eu sempre opino de acordo com os critérios alheios? Minhas respostas aos fatos que acontecem, são determinadas pela emoção, ou pela razão? Sou mais instintivo ou racional? Buscar o equilíbrio entre esses aspectos comportamentais nos facultará, uma melhor qualidade de vida. Não adianta conquistar o espaço, sem antes se autoconhecer. Pessoas há que passam pela vida sem viver, pois transitam pelo mundo, como reféns das escolhas alheias. Afinal, eu escolho a vida que quero ter, ou os outros escolhem como devo viver?
  6. 6. Família - Converse com os membros de sua família e escolham um dia para se reunir, se preferir coloque uma jarra com água sobre a mesa, para ser magnetizada. - Fazer a prece de abertura, pode ser uma prece pronta ou uma prece espontânea, após, fazer uma breve leitura que pode ser uma passagem evangélica ou uma mensagem edificante, comentar a leitura e solicitar aos membros que estão presentes, aqueles que quiserem, também fazer comentários - Para incentivar a participação dos presentes, é conveniente pedir que leiam mensagens, para reflexão do grupo. Incentivar também, com carinho, o comentário após a leitura. - Proferir a prece de encerramento e rogar, como exemplo, pela paz, harmonia e saúde dos membros da reunião e de todos com os quais convivem. Desejando, rogar também pelos doentes, desamparados e infelizes da Terra. Servir, após a prece de encerramento, a água magnetizada. Tempo: o necessário para a família. Sugerimos uma reunião de 15 a 30 minutos. RESTAURANTE LA CAVE VIANDAS E MARMITEX Almoço das 11:00H às 13:30H Fone: 3212-9291
  7. 7. DOAÇÕES Agasalhos, Alimentos e Latinhas de Alumínio. O que não lhe faz falta, aqui é muito útil. Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita A necessidade de sistematização do estudo do Espiritismo foi antevista por Allan Kardec, conforme se lê no Projeto 1868, inserido em "Obras Póstumas": "Um curso regular de Espiritismo seria professado com o fim de desenvolver os princípios da ciência e difundir o gosto pelos estudos sérios (...) Considero esse curso como de natureza a exercer capital influência sobre o futuro do Espiritismo e suas conseqüências." Nas palavras de Kardec, a divulgação do Espiritismo reclamava a formação de adeptos esclarecidos, que fossem capazes de manter a Doutrina isenta dos erros e dos desvios causados pela ignorância. Com o passar do tempo, a urgência de se organizar um estudo metódico do Espiritismo foi-se impondo, notadamente no Brasil, à medida que se ia intensificando a procura do público pelas Casas Espíritas. Esse afluxo crescente de pessoas em busca da informação doutrinária, causado, em grande parte, pela ampla divulgação do Espiritismo, passou a preocupar os líderes do Movimento Espírita. Tornava-se necessário proporcionar aos freqüentadores a oportunidade de estudar o Espiritismo de forma sistematizada, quando os conteúdos doutrinários lhes seriam apresentados ordenadamente, obedecendo a uma seqüência lógica de assuntos necessariamente inter-relacionados. Não faltou o apelo do plano espiritual no mesmo sentido, tanto que o espírito Angel Aguarod, em mensagem recebida, no ano de 1977, na Federação Espírita do Rio Grande do Sul, enfatiza: "Cabe, pois, aos espíritas, responsáveis pelo Movimento Espírita, uma ampla tarefa de divulgação das obras básicas da Doutrina Espírita, promovendo um estudo sistemático das mesmas. (...)" Extraído do Site www.correioespirita.org.br
  8. 8. Jaqueline Dia:12 Carmem Dia:16 INFLUÊNCIAS “De sorte que transportavam os enfermos para as ruas e os punham em leitos e em camilhas para que ao menos a sombra de Pedro, quando este passasse, cobrisse alguns deles”. Atos, 5;15. “A Felicidade Não Se Compra”, este é o título em português de um filme “hollyoodiano” lançado no Brasil no ano de 1946. Conta a história de um homem que, a certa altura de sua vida, passando por uma séria dificuldade financeira, resolve acabar com a própria existência, planejando suicidar-se. Como sempre acontece, a Espiritualidade procura entrar em ação, a fim de evitar que se consuma o gesto tresloucado daquele homem. É quando aparece um “anjo” transvestido de um velhinho simpático, procurando dissuadi-lo de sua intenção. - Eu preferia não ter nascido! Exclama o homem, na sua dor. E, a partir desse momento, o “anjo” passa a mostrar-lhe as conseqüências do fato de não ter nascido: - Se não tivesses nascido, não terias salvado teu irmão da morte, quando ia se afogar num lago gelado em que caiu, quando criança. Se não tivesses nascido, não poderias alertar o farmacêutico da cidade, e ele estaria amargando vinte anos de prisão, por ter administrado, por engano, uma substancia venenosa em lugar da droga correta, no remédio receitado para uma criança. Se não tivesses nascido, a jovem doidivanas que andava em más companhias, e para a qual arranjastes um emprego, provavelmente estaria hoje se prostituindo nas ruas desta cidade. Enfim, pense no que representou tua vida até agora, na vida de outras pessoas... Este é o mote (tema) do filme. Comentando a passagem registrada em Atos dos Apóstolos, 5:15., o Espírito Emmanuel alerta quanto às influências que estamos exercendo sobre nossos companheiros de jornada terrena: o conquistador de glórias sanguinolentas espalha terror e ruínas por onde passa; o político astucioso semeia a desconfiança e a dúvida; o juiz parcial acorda o medo destrutivo; o revoltado espalha nuvens de veneno sutil; o maledicente injeta disposições malignas nos ouvintes, provocando o verbo desvairado; o caluniador estende fios de treva na senda que trilha; o preguiçoso adormece as energias daqueles que encontra, inoculando-lhes fluidos entorpecentes; o mentiroso deixa perturbação e insegurança, ao redor dos próprios passos; o galhofeiro, com a simples presença, inspira e encoraja histórias hilariantes. A sombra de Simão Pedro, que aceitara o Cristo e a Ele se consagrara, era disputada pelos sofredores e doentes que encontravam nela esperança e alívio, reconforto e alegria. E nós? Qual a nossa influência perante nossos irmãos de caminhada? “Não somos conhecidos pelas teorias que esposamos e sim pelos bens ou pelos males de que somos portadores, na estrada em que seguimos, na companhia de quantos nos forem confiados pelo Senhor”. Fonte (http://www.omensageiro.com.br)

×