Dicas - como a web pode ajudar jovens talentos a turbinarem as suas carreiras

4.194 visualizações

Publicada em

Gustavo Jreige, Diretor de Criação e Conteúdo da Polvora!, deu uma palestra no Cubo de Conteúdo da Campus Party sobre como a web pode ajudar jovens talentos a turbinarem as suas carreiras. Nesta apresentação estão as principais dicas dadas por ele sobre como você pode, com o auxílio das mídias sociais, mostrar o seu talento e alavancar suas chances profissionais.

6 comentários
16 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.194
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
268
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
77
Comentários
6
Gostaram
16
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dicas - como a web pode ajudar jovens talentos a turbinarem as suas carreiras

  1. 1. Turbinar sua carreira (usando as redes sociais) 10 dicas para... #cubocp
  2. 2. Prazer, Gustavo
  3. 3. Na internet todos somos iguais. Apenas bytes. 1
  4. 4. <ul><li>A internet é um lugar sem muita hierarquia, sem muita ordem para as coisas. </li></ul><ul><li>Para se destacar, basta ser bom e saber fazer. </li></ul><ul><li>Insipire-se nisso para se motivar - formação e idade ainda são importantes, mas talento e experiência de vida têm um valor tremendo, e a web é ótima para mostrar isso. </li></ul>1 Na internet somos todos iguais. Apenas bytes.
  5. 5. <ul><li>Essa geração não é linear. O mercado busca profissionais com atitude, criatividade e ambição, além de qualidade técnica - e você pode entrar no mercado ou crescer nele mostrando isso. </li></ul><ul><li>Esteja preparado, inclusive psicologicamente, para uma trajetória menos convencional. </li></ul><ul><li>Não recuse trabalhos freelancer. </li></ul><ul><li>Pense alto para estar preparado para o alto, mas lembre-se: o mercado de trabalho é feito de caixinhas, e cada uma delas precisa ser conquistada. </li></ul>1 Na internet somos todos iguais. Apenas bytes.
  6. 6. Você é o mesmo. Dentro e fora da rede 2
  7. 7. <ul><li>Qual a sua imagem na rede? </li></ul><ul><li>Redes sociais são a versão virtual da nossa vida: o que você faz ou fala em cada um desses canais é levado em conta. S </li></ul><ul><li>Se você parece depressivo no Twitter, você provavelmente também é depressivo fora dele. </li></ul>2 Você é o mesmo. Dentro e fora da rede.
  8. 8. <ul><li>O que você fala por lá reflete (ou parece refletir) o que você pensa - e o seu seu chefe (ou futuro chefe) pode estar te lendo. </li></ul><ul><li>A comunidade &quot;Eu vou trabalhar de ressaca&quot; tem 31 mil membros. Você contrataria alguem que está nela? </li></ul><ul><li>Pense antes de postar: então evite reclamar de coisas do seu trabalho atual e também publicar coisas extremamente pessoais. </li></ul><ul><li>Evite ser tão pessoal. Nada de foto na praia em seu perfil no LinkedIn. </li></ul>2 Você é o mesmo. Dentro e fora da rede.
  9. 9. Aproveite a segmentação 3
  10. 10. <ul><li>Sabe a long tail? </li></ul><ul><li>Segmentação e especialização são palavras-chave. </li></ul><ul><li>Busque o seu segmento e procure se tornar forte nele. </li></ul><ul><li>Seja bom no geral, mas tenha uma especialização que lhe torne único. </li></ul><ul><li>Há vagas para pessoas especializadas - busque saber mais </li></ul>3 Aproveite a segmentação
  11. 11. Busque Conhecimento 4
  12. 12. <ul><li>Leia tudo que você puder e esteja muito atualizado sobre a sua área. </li></ul><ul><li>Conhecimento de mercado é estratégico, até para guiar os rumos da sua carreira. </li></ul><ul><li>Estar ligado às tendências pode te ajudar a se diferenciar. </li></ul><ul><li>Configure seu feed, siga twitters de pessoas, empresas e publicações da área, esteja atento a conteúdos produzidos por veículos profissionais e amadores </li></ul>4 Busque conhecimento
  13. 13. Deixe um comentário 5
  14. 14. <ul><li>Não fuja de discussões úteis, que agreguem, sobre os assuntos que você entende. Mas só se você realmente entender. </li></ul><ul><li>Mostrar seu ponto de vista pode chamar a atenção. </li></ul><ul><li>Deixe comentários em blogs, participe de listas e fóruns da área, veja grupos no LinkedIn e Facebook, interaja com pessoas da área no Twitter. </li></ul><ul><li>Só não seja o cara chato que fica tentando falar com tudo mundo e discutir cada vírgula. Mantenha a ética e busque embasamento. </li></ul>5 Deixe um comentário
  15. 15. Produza Conteúdo 6
  16. 16. <ul><li>O dono de um perfil com conteúdo de qualidade sobre um tema em específico pode tornar-se referência na área. </li></ul><ul><li>Publicar novidades, mostrar suas capacidades e principalmente suas visões pode ajudar a conquistar um emprego - você nunca sabe quem te lê, assiste, ouve ou segue, nem quem visita pelo Google. </li></ul><ul><li>Não esqueça do bom português e de buscar abordagens diferentes dos demais veículos. </li></ul>6 Produza conteúdo
  17. 17. CHAME ATENÇÃO 7
  18. 18. <ul><li>Use a sua criatividade para chamar a atenção do seu potencial contratante. </li></ul><ul><li>Se você for bem e mostrar suas qualidades, é provavel que ele fique curioso a seu respeito. É importante se mostrar e criar laços. </li></ul><ul><li>Fazer uma entrevista para o seu blog com um cara da área pode ser um caminho para ele notar que você é bom naquilo. Crie oportunidades - e dá para ir além. </li></ul>7 Chame atenção
  19. 19. <ul><li>Nos EUA, Alec Browstein criou 5 anúncios para 05 nomes diferentes de grandes diretores de marketing e criação no Google Adwords. Quando eles se procuravam no Google, viam o pedido de emprego. </li></ul><ul><li>Ele fez 4 entrevistas, recebeu 2 propostas de trabalho e conseguiu emprego na Young&Rubicam. </li></ul><ul><li>E fez um v ídeo pra contar. </li></ul>7 Chame atenção
  20. 20. Faça contatos 8
  21. 21. <ul><li>Ter um bom LinkedIn é fundamental, bem como cuidar de todas as suas redes sociais. Peça recomendações, escreva em bom português. </li></ul><ul><li>Outras redes, como o Plaxo, também são importantes - em alguns caso, como o DevianArt para designers, fundamentais. </li></ul><ul><li>As empresas olham isso na hora de contratar e os profissionais - inclusive seu futuro chefe - podem estar por na rede. Interaja - mesmo que no twitter - quando tiver algo a dizer. </li></ul>8 Faça contatos
  22. 22. <ul><li>No twitter, siga outros profissionais da área, mesmo que não sejam referências, e estabeleça relações com eles. Aumenta consideravelmente a sua chance de ser lembrado, recomendado e contratado. </li></ul>8 Faça contatos
  23. 23. Procure as vagas 9
  24. 24. <ul><li>São vários os blogs e perfis de Twitter que disponibilizam vagas, além de listas de discussão , do LinkedIn e dos sites das próprias empresas. </li></ul><ul><li>Procure as da sua área - por vezes, elas não estão num site de emprego. </li></ul><ul><li>Use o RSS para centralizar tudo e fique muito atento. </li></ul>9 Procure as vagas
  25. 25. A internet tem Memória 10
  26. 26. <ul><li>O que o Google diz sobre você? </li></ul>10 Internet tem memória.
  27. 27. Obrigado! www.outrosolhos.com.br

×