A Minha Apresentação    Disciplina: CiberculturaDocente: Profª Patrícia Fidalgo Discente: MªLaura Machado
Sou do tempo em que a cegonha  fazia parte do imaginário de          qualquer um.
Por isso, antecipando a data prevista para a minhachegada, eis que aterrei naquele local,nada preparado  para me receber e...
• Desde então, recordo aqueles longos períodos que  lá passava, as chamadas “férias grandes”. Talvez por  isso mantenha, a...
Na Instrução Primária, fazia parte do grupo das “alunas                     brilhantes”
À medida que os anos passavam,o brilho foi-sedesvanecendo e deu lugar a uma certa cabulice: aresponsabilidade aumentava e ...
A determinada altura do meu percurso escolar, fez-seum clic: que tal esquecer os livros por um tempo e ir àluta? Independê...
Tudo parecia demasiado fácil: poder fazer, poder ir,   poder adquirir, sempre…ao sabor da onda!
E, assim estive nesta “letargia académica” durante…                         anos.
Um belo dia, repensei este cenário e vi que deveria   tentar agarrar a luzinha ao fundo do túnel.                 E, porqu...
Avancei…e em boa hora aterrei, mas desta vez:a mais de 400Kms de distância, sinto-me renascer!
E, quanto aos meus objectivos…• Esta disciplina irá concerteza, no seu  âmbito,contribuir para aumentar os meus  conhecime...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Portfolio

281 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
281
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
149
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Portfolio

  1. 1. A Minha Apresentação Disciplina: CiberculturaDocente: Profª Patrícia Fidalgo Discente: MªLaura Machado
  2. 2. Sou do tempo em que a cegonha fazia parte do imaginário de qualquer um.
  3. 3. Por isso, antecipando a data prevista para a minhachegada, eis que aterrei naquele local,nada preparado para me receber e mostrar a luz do dia, mas foi aí mesmo, na aldeia (agora minha aldeia de pleno direito), que eu decidi nascer.
  4. 4. • Desde então, recordo aqueles longos períodos que lá passava, as chamadas “férias grandes”. Talvez por isso mantenha, até hoje, aquele apelo constante de regresso às origens, com alguma nostalgia, porque trazem-me à memória a alegria, a liberdade, a segurança e a naturalidade com que tudo isto acontecia.
  5. 5. Na Instrução Primária, fazia parte do grupo das “alunas brilhantes”
  6. 6. À medida que os anos passavam,o brilho foi-sedesvanecendo e deu lugar a uma certa cabulice: aresponsabilidade aumentava e curiosamente, oempenho diminuia. E porquê?Menina bem comportada mas, sonhadora q.b.
  7. 7. A determinada altura do meu percurso escolar, fez-seum clic: que tal esquecer os livros por um tempo e ir àluta? Independência é uma palavra forte, sonante eque vinha preencher a cabecinha pouco pensadora,ingénua de qualquer adolescente (à época).
  8. 8. Tudo parecia demasiado fácil: poder fazer, poder ir, poder adquirir, sempre…ao sabor da onda!
  9. 9. E, assim estive nesta “letargia académica” durante… anos.
  10. 10. Um belo dia, repensei este cenário e vi que deveria tentar agarrar a luzinha ao fundo do túnel. E, porque não?
  11. 11. Avancei…e em boa hora aterrei, mas desta vez:a mais de 400Kms de distância, sinto-me renascer!
  12. 12. E, quanto aos meus objectivos…• Esta disciplina irá concerteza, no seu âmbito,contribuir para aumentar os meus conhecimentos no campo das tecnologias, desenvolvendo o meu potencial criativo, algo que há pouco tempo atrás, era impensável.

×