Supercomputador ibm sequoia

945 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
945
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Supercomputador ibm sequoia

  1. 1. Supercomputador IBM Sequoia Mateus Pieschtz e Erli Jacob Balbinot
  2. 2. Supercomputadores São máquinas muito poderosas, com altíssima velocidade e grande capacidade de memória. São aplicadas em áreas onde requer-se grande quantidade de processamento, como por exemplo: medicina, química, pesquisas científicas. Também são usados em cálculos muito complexos, como meteorologia, física quântica, modelagem molecular, etc.
  3. 3. Supercomputadores O primeiro supercomputador foi lançado em 1976 denominado Cray 1
  4. 4. Supercomputadores O Cray 1 (1976) operava em 80 MHz, realizava 160 milhões de operações aritméticas por segundo e tinha 8 MB de memória RAM e nele foi usado pela primeira vez o conceito de processamento vetorial.
  5. 5. Supercomputadores
  6. 6. IBM Sequoia
  7. 7. IBM Sequoia Capaz de fazer 16,32 quadrilhões de cálculos por segundo (16,32 Petaflops); O IBM sequoia é utilizado pela Administração de Segurança Nuclear Nacional (NNSA, na sigla em inglês) e usa para simular a segurança e a confiabilidade dos estoques nucleares dos Estados Unidos, eliminando a necessidade de fazer testes abaixo do solo.
  8. 8. IBM Sequoia Está instalado no Laboratório Nacional de Lawrence Livermore (LLNL sigla em inglês) na Califórnia, EUA, ocupando uma área de aproximadamente 280 m². O nome Sequoia é um tributo a uma espécie de árvores que são as mais largas do mundo.
  9. 9. Especificações Possui processadores PowerPC de 18 núcleos, com velocidade de 1 GHz. Destes núcleos, 16 são utilizados para a computação, um para operações de assistência ao sistema operacional e outro para reserva, em caso de danos em algum núcleo; Os núcleos estão interligados por um barramento para um cache L2 de 32 Mb eDRAM, que opera na metade da velocidade do chip; O Sequoia conta com 96 racks que consistem em 98.304 computadores;
  10. 10. Especificações Ainda integrado ao processador temos uma configuração 5D Torus, que realiza toda lógica de comunicação chip para chip com links de 2 Gb/s (98% de eficiência);
  11. 11. Especificações Possui 1.572.864 núcleos de processamento, capazes de realizar 16,32 Petaflops de cálculos por segundo; Possui 1.572.864 GB de memória RAM (1 GB para cada núcleo do processador); Para manter tudo isso resfriado, a IBM utilizou água para a maior parte do seu resfriamento (91%) e (9%) ar arrefecido.
  12. 12. Especificações Seu consumo de energia chega a 7.890.00 KW; Utilizando o sistema operacional Linux, o Sequoia utiliza a Custom Interconnection (Interconexão personalizada); Ele é operado pelo Blue Gene/Q;
  13. 13. Especificações Não utiliza placa de vídeo; Utiliza arquitetura MPP (Massively Parallel Processor);
  14. 14. Participações no TOP500 O TOP500 foi criado em 1993, e a cada 6 meses é publicado uma lista atualizada dos supercomputadores mais poderosos do mundo. A primeira atualização é realizada em Junho, junto à International Supercomputer Conference (Conferência Internacional de Supercomputação), e a segunda atualização é realizada em Novembro, junto à IEEE Supercomputer Conference (Conferência Internacional da IEEE).
  15. 15. Participações no TOP500 O primeiro computador a ocupar o topo do ranking foi o CM-5/1024, da Thinking Machines, em 1993.
  16. 16. Participações no TOP500 Desde que o TOP500 foi criado, o Sequoia figurou em 5 oportunidades: a primeira foi em Novembro de 2011 (17º lugar) e atualmente ocupa o 3º lugar.
  17. 17. Participações no TOP500 Atualmente o líder do ranking é o chinês Tianhe-2 também conhecido como Milky Way-2.
  18. 18. Participações no TOP500 Atualmente:
  19. 19. Curiosidades Até 2020, a IBM pretende criar o primeiro supercomputador hexaflop (1 quintilhão de operações por segundo); Até 2030, a IBM pretende criar o primeiro supercomputador zettaflop (1 sextilhão de operações por segundo); Com o Sequoia, as chances de prever terremotos aumenta em 50 vezes e a previsão do tempo se torna 40 vezes mais precisas

×