SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 116
RUP e Métodos Ágeis... Márcia Rodrigues  marciarodrigues.imed.edu.br marcia@imed.edu.br
Mestrado com ênfase em gestão do conhecimento através dos Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Especialista em Desenvolvimento de Software com foco em métodos ágeis e riscos de projetos de desenvolvimento de softwares. Professora, consultora e coordenadora da Universidade Corporativa da IMED. ,[object Object],Atualmente ministra aulas de engenharia, gestão de projetos e Análise UML na IMED , Unisinos e na Universidade Corporativa da Petrobrás (RJ e BH) Informações sobre a Professora
Ementa: Apresentar a evolução, a terminologia e o estado da arte da Engenharia de Software. Dar uma visão geral dos fatores críticos que afetam a Engenharia de Software. Apresentar o RationalUnifiedProcess e o eXtremeProgramming. Tendências em Engenharia de Software. Objetivos da Disciplina
Modalidade do curso Aulas expositivas porém..... Com muita interação:  ,[object Object]
 agregar experiências,
 estabelecer discussões a qualquer momento!,[object Object]
6 E  agora ?
Examine esta imagem: O que você pode achar?  Olhe de longe... Olhe de perto... 7
Situação Atual das Organizações
9 ,[object Object],[object Object]
PROCESSO DE GESTÃO DA MUDANÇA Comunicação em duas vias  Suporte técnico Celebração Treinamento envolvimento Comunicação em duas vias   Informação “Eu faço” “Eu posso” “Eu acredito” “Eu entendo” SAP “EU sei”
Relação com as demais disciplinas Engenharia de software (Trad. e Web) Requisitos de software Gerenciamento de projetos Projetos de Desenvolvimento Riscos de Projetos
13 Problemas Tradicionais ,[object Object]
Projeto cancelado: depois de vários deslizes, o projeto é cancelado sem ter chegado na fase de produção
O sistema “azeda”: depois de um tempo em produção o custo para modificar e a taxa de erros crescem tanto que é preciso substituir,[object Object]
Negócio mal compreendido: o software não resolve o problema original
Modificações nos negócios: negócios urgentes precisam ser desenvolvidos,[object Object]
Rotatividade da equipe: após alguns anos (cerca de 2 anos), todos os bons programadores do projeto começam a “odiar” o sistema e vão embora,[object Object]
Orçamentos estourados
Descontentamento dos clientes
Desenvolvedores trabalham longas horas
Uns culpam os outros
Descontentamento da equipe
Migração freqüente para outros ambientes de trabalho
Usuário/cliente não quer participar pois desconhece o trabalho de desenvolvimento de software,[object Object]
Uma experiência positiva de gestão Pense um momento em que você viveu uma experiência de gestão tão sintonizada com os desafios do seu papel na Empresa... num patamar tão sincronizado com a estratégia e com as pessoas ... que você ficou especialmente orgulhoso(a) e com um sentimento de “missão cumprida” ! •Como foi essa experiência? •Escreva resumidamente... Compartilhe a experiência. NARRADOR DA HISTÓRIA e OUVINTE •Qual foi a “entrega”... ? E que ELEMENTOS foram importantes ou impactaram as partes interessadas/envolvidas... (CONHECIMENTOS, HABILIDADES TECNICAS, HABILIDADES  INTERPESSOAIS, ATITUDES (VALORES, CRENCAS, VISAO DE MUNDO) , ASPECTOS DO CONTEXTO... ?
23 Engenharia da Web    “A engenharia da web diz respeito ao estabelecimento e uso de princípios científicos sólidos, de engenharia e de gestão, e abordagens disciplinadas e sistemáticas para o bem-sucedido desenvolvimento, disposição e manutenção de sistemas e aplicações de alta qualidade baseados na web” Murugesan (apud Pressman)
24 PodemosutilizarnaEngenharia Web  osmétodos e técnicasdaEngenharia de Software tradicional? Não, a Engenhariada Web não é um clone daEngenharia de Software tradicional, emboraenvolvaprogramação e processos de desenvolvimentos.
25 Engenharia Tradicional X Engenharia da Web PossuempropósitosDiferentes Aplicaçõesconvencionaistipicamenteoferecemserviços e soluções Web oferecemconteúdosquesãoinformações,  serviços… Um novo meio de comunicação Apresentação x Funcionalidade Aplicações: ênfasenafuncionalidade e aplicabilidade Web: possuiênfasenaapresentação, aparência, navegação e outrasqualidadesestéticas
26 Engenharia Tradicional X Engenharia da Web Tradição X experiência Evolução Tecnológica  Para softwares convencionais estão um pouco mais estáveis APIs para interfaces gráficas Banco de dados mais relacionais com sql Browser, Servidores, HTML, XML, ASP, PHP, ....
27 Engenharia Tradicional X Engenharia da Web Público alvo diferenciado (exigências e perfis diferentes) Diferentes controles navegacionais Multidisciplaridade (EW) Engenharia de software, Hipermídia e Multimídia, Interaçãousuário-computador, indexação e recuperação de informação, banco de dados, artes, comunicação visual, linguísticacomputacional, gerência de projeto, projeto e apresentaçãográfica, computaçãográfica ….
Engenharia da Web – Atributos de WebApps ,[object Object]
WebApps estão disponíveis em redes
Internet: permitindo comunicação aberta ao mundo todo
Intranet: implementando as comunicações dentro das organizações
Extranet: comunicação entre redes
necessita atender às necessidades de uma comunidade diversificada de clientes28
29 Engenharia da Web – Atributos de WebApps ,[object Object]
em muitos casos, a função primordial de um sistema baseado na Web é usar a hipermídia para apresentar conteúdo de texto, gráficos, áudio e vídeo ao usuário final,[object Object]
ao contrário dos softwares tradicionais que evoluem ao longo de uma série de versões planejadas e cronologicamente espaçadas, aplicações baseadas na Web evoluem continuamente 30
31 Engenharia da Web - Características ,[object Object]
prazo de colocação no mercado é curto
Estética
para vender idéia ou produto a apresentação é aspecto que  influencia no sucesso da aplicação,[object Object]
disponível em redes
limitar a população de usuário que podem ter acesso a WebApp
proteger conteúdo reservado
fornecer modos seguros de transmissão de dados32
33 Engenharia da Web Categorias de WebApps ,[object Object]
Download -  Download de informações dos servidores apropriados.
 Personalizável -  Personaliza o conteúdo para suas necessidades específicas.
 Interação - Salas de bate-papo, fóruns ou mensagens instantâneas.
 Entrada de Usuário - Entradas baseadas em formulários.
 Orientado a transações - O usuário faz um pedido que é atendido pelo aplicativo.,[object Object]
35 Engenharia da Web  “O desenvolvimento Web está na adolescência... Como a maioria dos adolescentes, quer ser aceito como adulto quando tenta se afastar de seus pais.  Se estiver caminhando para atingir todo o seu potencial, precisa aprender algumas lições do mundo mais maduro de desenvolvimento de software.” Doug Wallace
36 Engenharia da Web WebApps entregues incrementalmente Modificações ocorrem freqüentemente Cronogramas são curtos
37 Engenharia da Web – Piores práticas Temos uma grande idéia, vamos começar a construir a WebApp agora. As coisas vão mudar constantemente, assim não tem sentido tentar entender os requisitos da WebApp.
38 Engenharia da Web – Piores práticas Desenvolvedores cuja experiência dominante tenha sido em desenvolvimento de software tradicional podem desenvolver WebApp imediatamente Nenhum treinamento novo é necessário Afinal de contas software é software, não é?
39 Engenharia da Web – Piores práticas Seja burocrático Testar?  Por que se incomodar? Siga o mesmo processo para qualquer WebApp
40 Engenharia da Web ,[object Object]
Há necessidade premente de abordagens disciplinadas para desenvolvimento
Novos métodos e ferramentas
Deve levar em conta características especiais do ambiente e a multiplicidade de perfis de usuários,[object Object]
Hoje WebApps evoluíram para ferramentas computacionais sofisticadas que além de apresentar conteúdo são integradas a bancos de dados ,[object Object]
publicação impressa e desenvolvimento de software
comercialização e computação
comunicações internas e relações externas
arte e tecnologia,[object Object]
WebApps estão disponíveis em redes
Internet: permitindo comunicação aberta ao mundo todo
Intranet: implementando as comunicações dentro das organizações
necessita atender às necessidades de uma comunidade diversificada de clientes,[object Object]
em muitos casos, a função primordial de um sistema baseado na Web é usar a hipermídia para apresentar conteúdo de texto, gráficos, áudio e vídeo ao usuário final.,[object Object]
Um grande número de usuários pode ter acesso à WebApp ao mesmo tempo
Carga imprevisível
Vários usuários acessando ao mesmo tempo.  Cem usuários podem “aparecer” na segunda-feira; dez mil podem usar o sistema na terça-feira,[object Object]
Se um usuário da WebApp tem de esperar muito (acesso, processamento, exibição) ele vai para outro lugar
Disponibilidade
Os usuários querem acesso na base de “24/7/365”,[object Object]
ao contrário dos softwares tradicionais que evoluem ao longo de uma série de versões planejadas e cronologicamente espaçadas, aplicações baseadas na Web evoluem continuamente ,[object Object]
Camadas da Engenharia de Software ,[object Object]
É necessário coordenar o que e quando fazer
Programação é somente parte do trabalho49
50 Camadas da Engenharia da Web ,[object Object]
Abordagem de desenvolvimento simples que incorpora ciclos rápidos de desenvolvimento
Modificação da prioridade do o quê? Para quando?
o problema deve ser analisado, o projeto deve ser desenvolvido, implementação deve ser procedida de modo incremental e uma abordagem organizada de testes deve ser realizada,[object Object]
52 Camadas da Engenharia da Web ,[object Object]
Acolher modificações
Encorajar a criatividade e independência da equipe de desenvolvimento
Forte interação com os interessados nas WebApps
Pequenas equipes
Enfatizar o desenvolvimento evolutivo ou incremental usando ciclos de desenvolvimento curtos,[object Object]
Métodos de comunicação: facilitar a comunicação entre equipe e interessados; usados em cada incremento.
Métodos de análise de requisitos: fornecer base para o entendimento do conteúdo a ser entregue.,[object Object]
Métodos de projeto: projetar conteúdo, arquitetura, interface e estrutura de navegação
Métodos de teste: incorporar revisões técnicas formais do conteúdo e projeto, teste de navegação, teste de segurança, teste de usabilidade, teste de configuração,[object Object]
Linguagens de modelagem (HTML, XML)
Linguagens de programação (Java, php)
Componentes (.NET, COM, CORBA)
Navegadores
Ferramentas multimídia
Ferramentas de autoria de sites
Ferramentas de conectividade com BD
Ferramentas de segurança
Gestão e análise de sites,[object Object]
Web Developer´s Virtual Encyclopedia (www.wdlv.com)
WebDeveloper (www.webdeveloper.com)
DeveloperShed (www.devshed.com)
Webnowhow.net (www.webnowhow.com)
WebReference (www.webreference.com),[object Object]
Modelo de processo da WebE 58 ,[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A disciplina Teste no RUP
A disciplina Teste no RUPA disciplina Teste no RUP
A disciplina Teste no RUPtecprog2010
 
Introdução à Engenharia de Requisitos e RUP
Introdução à Engenharia de Requisitos e RUPIntrodução à Engenharia de Requisitos e RUP
Introdução à Engenharia de Requisitos e RUPVagner Santana
 
RUP (Rational Unified Process)
RUP (Rational Unified Process)RUP (Rational Unified Process)
RUP (Rational Unified Process)TUPP3T3
 
Uml processo unificado
Uml   processo unificado Uml   processo unificado
Uml processo unificado Julia
 
Análise e Design - RUP
Análise e Design - RUPAnálise e Design - RUP
Análise e Design - RUPEmmanuel Neri
 
Desenvolvimento Iterativo-Incremental
Desenvolvimento Iterativo-IncrementalDesenvolvimento Iterativo-Incremental
Desenvolvimento Iterativo-IncrementalRuan Carvalho
 
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane FidelixModelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane FidelixCris Fidelix
 
Modelos de ciclo de vida de software
Modelos de ciclo de vida de softwareModelos de ciclo de vida de software
Modelos de ciclo de vida de softwareYuri Garcia
 
Ciclo de Vida Clássico da Engenharia de Software
Ciclo de Vida Clássico da Engenharia de SoftwareCiclo de Vida Clássico da Engenharia de Software
Ciclo de Vida Clássico da Engenharia de SoftwareEduardo Santos
 
A Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de Software
A Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de SoftwareA Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de Software
A Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de SoftwareRobson Silva Espig
 
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane FidelixIntrodução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane FidelixCris Fidelix
 
Modelo cascata apresentação
Modelo cascata apresentaçãoModelo cascata apresentação
Modelo cascata apresentaçãoerysonsi
 
Apresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane Fidelix
Apresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane FidelixApresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane Fidelix
Apresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane FidelixCris Fidelix
 
Introdução a engenharia de software aula 02
Introdução a engenharia de software   aula 02Introdução a engenharia de software   aula 02
Introdução a engenharia de software aula 02Franklin Matos Correia
 

Mais procurados (20)

A disciplina Teste no RUP
A disciplina Teste no RUPA disciplina Teste no RUP
A disciplina Teste no RUP
 
Introdução à Engenharia de Requisitos e RUP
Introdução à Engenharia de Requisitos e RUPIntrodução à Engenharia de Requisitos e RUP
Introdução à Engenharia de Requisitos e RUP
 
Introdução ao RUP
Introdução ao RUPIntrodução ao RUP
Introdução ao RUP
 
RUP (Rational Unified Process)
RUP (Rational Unified Process)RUP (Rational Unified Process)
RUP (Rational Unified Process)
 
IBM Rational Unified Process
IBM Rational Unified ProcessIBM Rational Unified Process
IBM Rational Unified Process
 
Uml processo unificado
Uml   processo unificado Uml   processo unificado
Uml processo unificado
 
Outras Metodologias Ágeis Parte 2
Outras Metodologias Ágeis Parte 2Outras Metodologias Ágeis Parte 2
Outras Metodologias Ágeis Parte 2
 
Análise e Design - RUP
Análise e Design - RUPAnálise e Design - RUP
Análise e Design - RUP
 
Desenvolvimento Iterativo-Incremental
Desenvolvimento Iterativo-IncrementalDesenvolvimento Iterativo-Incremental
Desenvolvimento Iterativo-Incremental
 
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane FidelixModelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane Fidelix
 
Modelos de ciclo de vida de software
Modelos de ciclo de vida de softwareModelos de ciclo de vida de software
Modelos de ciclo de vida de software
 
Ciclo de Vida Clássico da Engenharia de Software
Ciclo de Vida Clássico da Engenharia de SoftwareCiclo de Vida Clássico da Engenharia de Software
Ciclo de Vida Clássico da Engenharia de Software
 
Aula 2 - Processos de Software
Aula 2 - Processos de SoftwareAula 2 - Processos de Software
Aula 2 - Processos de Software
 
A Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de Software
A Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de SoftwareA Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de Software
A Evolucao dos Processos de Desenvolvimento de Software
 
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane FidelixIntrodução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
 
ISO/IEC 9241-11
ISO/IEC 9241-11ISO/IEC 9241-11
ISO/IEC 9241-11
 
Modelo cascata apresentação
Modelo cascata apresentaçãoModelo cascata apresentação
Modelo cascata apresentação
 
Apresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane Fidelix
Apresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane FidelixApresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane Fidelix
Apresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane Fidelix
 
Eng.ª do Software - 4. Processos de software
Eng.ª do Software - 4. Processos de softwareEng.ª do Software - 4. Processos de software
Eng.ª do Software - 4. Processos de software
 
Introdução a engenharia de software aula 02
Introdução a engenharia de software   aula 02Introdução a engenharia de software   aula 02
Introdução a engenharia de software aula 02
 

Semelhante a Rup e metodos ágies

Engenharia web seminário
Engenharia web   seminárioEngenharia web   seminário
Engenharia web seminárioBenedilosn
 
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentaisWaldemar Roberti
 
Fundamentos Engenharia de Software.pptx
Fundamentos Engenharia de Software.pptxFundamentos Engenharia de Software.pptx
Fundamentos Engenharia de Software.pptxRoberto Nunes
 
Introdução a Engenharia de Software.pdf
Introdução a Engenharia de Software.pdfIntrodução a Engenharia de Software.pdf
Introdução a Engenharia de Software.pdfIvanFontainha
 
Especialização em desenvolvimento web e aplicativos móveis - Univem
Especialização em desenvolvimento web e aplicativos móveis - UnivemEspecialização em desenvolvimento web e aplicativos móveis - Univem
Especialização em desenvolvimento web e aplicativos móveis - UnivemRicardo Sabatine
 
Disciplina Gerencia de Projetos - Prof. Rogerio P C do Nascimento, PhD
Disciplina Gerencia de Projetos - Prof. Rogerio P C do Nascimento, PhDDisciplina Gerencia de Projetos - Prof. Rogerio P C do Nascimento, PhD
Disciplina Gerencia de Projetos - Prof. Rogerio P C do Nascimento, PhDRogerio P C do Nascimento
 
TechNet - e-Book- Artigos sobre Test Manager
TechNet - e-Book- Artigos sobre Test ManagerTechNet - e-Book- Artigos sobre Test Manager
TechNet - e-Book- Artigos sobre Test ManagerAlan Carlos
 
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWAREAula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWAREErnesto Bedrikow
 
Engenharia de Software - Wikipedia
Engenharia de Software - WikipediaEngenharia de Software - Wikipedia
Engenharia de Software - WikipediaRobson Silva Espig
 
Seminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO II
Seminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO IISeminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO II
Seminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO IIDheimyson Carlos Sousa Silva
 
LIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
LIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMASLIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
LIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMASOs Fantasmas !
 
cms_files_81187_1648754282Material_Doutorado_Profissional_em_Engenharia_de_So...
cms_files_81187_1648754282Material_Doutorado_Profissional_em_Engenharia_de_So...cms_files_81187_1648754282Material_Doutorado_Profissional_em_Engenharia_de_So...
cms_files_81187_1648754282Material_Doutorado_Profissional_em_Engenharia_de_So...Ricardo Roberto MSc, MBA
 
Intranets - Portal corporativo CCEE - estudo de caso
Intranets - Portal corporativo CCEE - estudo de casoIntranets - Portal corporativo CCEE - estudo de caso
Intranets - Portal corporativo CCEE - estudo de casoSuzana Ribeiro
 
Arquitetura de Software - Uma visão gerencial
Arquitetura de Software - Uma visão gerencialArquitetura de Software - Uma visão gerencial
Arquitetura de Software - Uma visão gerencialAlexandre Leão
 

Semelhante a Rup e metodos ágies (20)

Engenharia web seminário
Engenharia web   seminárioEngenharia web   seminário
Engenharia web seminário
 
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
02 Introdução à engenharia de software - conceitos fundamentais
 
Fundamentos Engenharia de Software.pptx
Fundamentos Engenharia de Software.pptxFundamentos Engenharia de Software.pptx
Fundamentos Engenharia de Software.pptx
 
Introdução a Engenharia de Software.pdf
Introdução a Engenharia de Software.pdfIntrodução a Engenharia de Software.pdf
Introdução a Engenharia de Software.pdf
 
Especialização em desenvolvimento web e aplicativos móveis - Univem
Especialização em desenvolvimento web e aplicativos móveis - UnivemEspecialização em desenvolvimento web e aplicativos móveis - Univem
Especialização em desenvolvimento web e aplicativos móveis - Univem
 
Disciplina Gerencia de Projetos - Prof. Rogerio P C do Nascimento, PhD
Disciplina Gerencia de Projetos - Prof. Rogerio P C do Nascimento, PhDDisciplina Gerencia de Projetos - Prof. Rogerio P C do Nascimento, PhD
Disciplina Gerencia de Projetos - Prof. Rogerio P C do Nascimento, PhD
 
Aula01 introducao
Aula01 introducaoAula01 introducao
Aula01 introducao
 
TechNet - e-Book- Artigos sobre Test Manager
TechNet - e-Book- Artigos sobre Test ManagerTechNet - e-Book- Artigos sobre Test Manager
TechNet - e-Book- Artigos sobre Test Manager
 
Crise de software2
Crise de software2Crise de software2
Crise de software2
 
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWAREAula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
Aula 1- ENGENHARIA DE SOFTWARE
 
Engenharia de Software - Wikipedia
Engenharia de Software - WikipediaEngenharia de Software - Wikipedia
Engenharia de Software - Wikipedia
 
DevOps e App Insights
DevOps e App InsightsDevOps e App Insights
DevOps e App Insights
 
Seminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO II
Seminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO IISeminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO II
Seminários V - Ads -UNOPAR ARAGUAINA,TO - POLO II
 
LIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
LIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMASLIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
LIVRO PROPRIETÁRIO - METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS
 
cms_files_81187_1648754282Material_Doutorado_Profissional_em_Engenharia_de_So...
cms_files_81187_1648754282Material_Doutorado_Profissional_em_Engenharia_de_So...cms_files_81187_1648754282Material_Doutorado_Profissional_em_Engenharia_de_So...
cms_files_81187_1648754282Material_Doutorado_Profissional_em_Engenharia_de_So...
 
Analise de Requisitos Software
Analise de Requisitos SoftwareAnalise de Requisitos Software
Analise de Requisitos Software
 
Engenharia de software
Engenharia de software Engenharia de software
Engenharia de software
 
Intranets - Portal corporativo CCEE - estudo de caso
Intranets - Portal corporativo CCEE - estudo de casoIntranets - Portal corporativo CCEE - estudo de caso
Intranets - Portal corporativo CCEE - estudo de caso
 
Agilidade em projetos de software
Agilidade em projetos de softwareAgilidade em projetos de software
Agilidade em projetos de software
 
Arquitetura de Software - Uma visão gerencial
Arquitetura de Software - Uma visão gerencialArquitetura de Software - Uma visão gerencial
Arquitetura de Software - Uma visão gerencial
 

Último

ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfRodolpho Concurde
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Dirceu Resende
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORDRONDINELLYRAMOS1
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)Alessandro Almeida
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAMarcio Venturelli
 

Último (11)

ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORD
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 

Rup e metodos ágies