SEMINÁRIO PARA A DISCIPLINAECONOMIA E FINANCIAMENTO DAEDUCAÇÃO      Críticas de Claudio Salm
CLÁUDIO SALM-BIOGRAFIA Claudio Leopoldo Salm, é graduado pela  Faculdade de Economia da UFRJ. Em 1963 fez  mestrado:Progr...
CLÁUDIO SALM-BIOGRAFIA   Um dado curioso dito por ele    mesmo:Parece ser contra o ex-    presidente Lula, porque em    c...
CRÍTICAS ATRIBUIDAS A CLÁUDIO SALM   O capital, afirma ele, não precisa recorrer à escola    para a qualificação da força...
CRITÍCAS À POSTURA DE SALM   Para Salm, a raiz do problema da educação está    na crescente desvinculação entre educação ...
CRÍTICAS ATRIBUIDAS A SALM    - Escola como uma esfera improdutiva, do ponto    de vista do capitalismo    - Desvinculaçã...
CONCLUI SALM   A escola - conquista popular - transformou-se,    num prolongado purgatório que, quanto mais    cresce, ma...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminário para a disciplina economia e financiamento da

313 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
313
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário para a disciplina economia e financiamento da

  1. 1. SEMINÁRIO PARA A DISCIPLINAECONOMIA E FINANCIAMENTO DAEDUCAÇÃO Críticas de Claudio Salm
  2. 2. CLÁUDIO SALM-BIOGRAFIA Claudio Leopoldo Salm, é graduado pela Faculdade de Economia da UFRJ. Em 1963 fez mestrado:Programa de Estudos Econômicos Latino-Americanos para Graduados(escolatina) pela Universidade do Chile 1965/67; Teve sua dissertação aprovada em 1969.Fez doutorado em Economia pelo Instituto de Economia da Universidade de Campinas(UNICAMP) entre 1978/79 e obteve aprovação de tese em 1980. Atualmente é consultor da FUNDAP(Fundação de Desenvolvimento e Administrativo de São Paulo) e também Pesquisador-bolsista do Instituto de Economia da UFRJ.
  3. 3. CLÁUDIO SALM-BIOGRAFIA Um dado curioso dito por ele mesmo:Parece ser contra o ex- presidente Lula, porque em certa ocasião em que iria discursar sobre produtividade foi interrompido por um dos sindicalistas presentes que se curvando sobre como se tivesse muitos sacos pesados nas costas, afirmava que a produtividade seria aquilo e ele não tendo mais clima para continuar foi saindo discretamemnte e então ouviu um certo Lula dar um HE, HE , HE!
  4. 4. CRÍTICAS ATRIBUIDAS A CLÁUDIO SALM O capital, afirma ele, não precisa recorrer à escola para a qualificação da força de trabalho; ele é auto- suficiente; dispõe de meios próprios. Argumenta Salm que o capital fornece, ele próprio, a solução para o problema da qualificação de seus quadros. O instrumento utilizado pelas formas capitalistas de produção para adequar a mão-de-obra ao processo de trabalho consiste no empobrecimento do conteúdo da maioria dos cargos e funções:o parcelamento das atividades de trabalho tende a eliminar o trabalhador qualificado.
  5. 5. CRITÍCAS À POSTURA DE SALM Para Salm, a raiz do problema da educação está na crescente desvinculação entre educação e trabalho, e não como querem alguns críticos da teoria do Capital Humano, na subordinação da escola ao capital. Eis ai uma contradição aparentemente insolúvel:o objetivo da democratização das oportunidades educacionais requer o máximo de educação para a maioria, enquanto o mercado de trabalho requer um mínimo de educação para a maioria, e um máximo apenas de uma minoria.
  6. 6. CRÍTICAS ATRIBUIDAS A SALM - Escola como uma esfera improdutiva, do ponto de vista do capitalismo - Desvinculação entre educação e trabalho - Escassez de mão-de-obra qualificada é uma falácia
  7. 7. CONCLUI SALM A escola - conquista popular - transformou-se, num prolongado purgatório que, quanto mais cresce, mais tem de crescer, pois os melhores lugares no céu do trabalho estão reservados aos que padeceram por mais tempo” (Salm, 1980, p.48)

×