Seminário para a disciplina deEducação e Movimentos Sociais         Alunos: Camila Queli da Silva                 Edidelso...
Sobre Miguel Arroyo   • Possui graduação em Ciências Sociais pela     Universidade Federal de Minas Gerais (1970),     mes...
Introdução• Relação entre:• Trabalho e Educação• Movimentos Sociais e Educação
Trabalho e Educação• ->Trabalho como:• *princípio educativo• *formação e deformação humana• *trabalho onde o homem domina ...
Trabalho MENOS capitalista e MAIS             formador• Formador de sujeito, de cidadão, de aprendizagem,  experiência.   ...
O Movimento Social luta pelo         aprendizado dos direitos•   Direitos como:•   Educação Básica•   Saúde•   Moradia•   ...
6)Movimentos Sociais como formador: oferecimentos       de cursos, escola, profissionalização.• O Movimento Social sempre ...
Humanizar as possibilidades de viver• A formaçao humana é inseparável da  produçao mais básica da existência ......• A amp...
Sujeitos Sociais em Formação•   - Os movimentos sociais nos lembram do sujeito em movimento,    na ação coletiva     - As ...
Vivências Totalizantes• Essas vivências totalizantes dos movimentos  sociais são mostradas a partir do momento  em que tod...
Vivências Totalizantes• A vivência que totaliza o necessitado é aquela  que contempla o ser humano como sujeito  social qu...
De volta aos começos• Os sujeitos coletivos se identificam com a  condição e formação humana - a vida, o  sobreviver, as c...
De volta aos começos• A pedagogia se torna futurista, apenas fazendo promessas  para o futuro . E os movimentos sociais mo...
Considerações Finais• - No Brasil, a história da educação e dos movimentos sociais é  marcada por muitas lutas.• - Essas l...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminário para a disciplina de educação e movimentos

1.239 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.239
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário para a disciplina de educação e movimentos

  1. 1. Seminário para a disciplina deEducação e Movimentos Sociais Alunos: Camila Queli da Silva Edidelson Oliveira Gabrielle Archer Marcelly Valentim Paula Kaziarz Vanessa Barone Professor:Helder Molina
  2. 2. Sobre Miguel Arroyo • Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais (1970), mestrado em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (1974) e doutorado (PhD em Educação) - Stanford University (1976). É Professor Titular Emérito da Faculdade de Educação da UFMG. Foi Secretário Adjunto de Educação da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, coordenando e elaborando a implantação da proposta político-pedagógica Escola Plural. Acompanha propostas educativas em várias redes estaduais e municipais do país. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Política Educacional e Administração de Sistemas Educacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, cultura escolar, gestão escolar, educação básica
  3. 3. Introdução• Relação entre:• Trabalho e Educação• Movimentos Sociais e Educação
  4. 4. Trabalho e Educação• ->Trabalho como:• *princípio educativo• *formação e deformação humana• *trabalho onde o homem domina o processo de produção e NÃO o processo de produção que domina o homem
  5. 5. Trabalho MENOS capitalista e MAIS formador• Formador de sujeito, de cidadão, de aprendizagem, experiência. 4)-Movimentos Sociais e Educação-• Movimentos Sociais =>consciência popular de seus direitos• Povo->Escola->Educação>Conscientização- >Questionamento->Movimentos Sociais->Luta por direitos
  6. 6. O Movimento Social luta pelo aprendizado dos direitos• Direitos como:• Educação Básica• Saúde• Moradia• Terra, Teto• Proteção• Serviços Públicos• Entre outros
  7. 7. 6)Movimentos Sociais como formador: oferecimentos de cursos, escola, profissionalização.• O Movimento Social sempre lutou pelo direito à Educação Básica• Escola é um direito e não é MERCADORIA
  8. 8. Humanizar as possibilidades de viver• A formaçao humana é inseparável da produçao mais básica da existência ......• A ampliação da consciência do direito a escola x melhorias• Todo processo educativo, formal ou informal tanto pode ignorar como incorporar as formas concretas de socialização, de aprendizado, de formação e deformação a que estao submetidos aos educandos..
  9. 9. Sujeitos Sociais em Formação• - Os movimentos sociais nos lembram do sujeito em movimento, na ação coletiva - As dinâmicas populares e não formais de educação tem uma grande sensibilidade para captar a presença dos sujeitos. Paulo freire não inventa métodos para se educar mas nos reeduca para que possamos ver camponeses e trabalhadores como sujeitos de educação. - A teoria pedagógica se transforma quando se vê atenta aos processos da formação humana. Quando nos fechamos em conteúdos,calendários e avaliações nos esquecemos um pouco da pratica educativa. - Os movimentos sociais centralizam os sujeitos de modo que esses consigam descobrir um pouco mais sobre si mesmos.
  10. 10. Vivências Totalizantes• Essas vivências totalizantes dos movimentos sociais são mostradas a partir do momento em que todos os membros de um movimento social se envolvem a tala ponto de arriscar suas próprias vidas em favor da luta e do bem estar do desprotegido socialmente.
  11. 11. Vivências Totalizantes• A vivência que totaliza o necessitado é aquela que contempla o ser humano como sujeito social que necessidade de aparatos sociais para que entend.am suas reinvidicações. Revelar todas as suas dores e seus problemas pode ser uma saída viável, desde que seja com sabedoria.
  12. 12. De volta aos começos• Os sujeitos coletivos se identificam com a condição e formação humana - a vida, o sobreviver, as condições materiais, o lugar, o espaço, a raça .• . Os movimentos sociais se alimentam das velhas e tradicionais questões humanas não respondidas.
  13. 13. De volta aos começos• A pedagogia se torna futurista, apenas fazendo promessas para o futuro . E os movimentos sociais mostra que para muitos o presente é a questão.• . Na perspectiva educativa não há reprodução de representações. Há uma abertura para fora a partir das necessidades de valores. É a volta aos começos .
  14. 14. Considerações Finais• - No Brasil, a história da educação e dos movimentos sociais é marcada por muitas lutas.• - Essas lutas têm grande importância sobre o desenvolvimento dos envolvidos.• - A educação tem sido alvo dos movimentos sociais, que lutam para que esta seja pública, de qualidade e atenda as camadas populares.• - Uma das grandes bandeiras dos movimentos sociais: Uma educação que construa cidadãos ativos, que participem de ações políticas que os afetam.

×