S.M. Arq Com

336 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
336
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

S.M. Arq Com

  1. 1. «Segurança de Hardware» «Gerações de memórias RAM» 2010 / 2011 «António Queirós» - «a26806» «Cátia Carvalho» - «número(s)» CET - Informática Arquitectura de Computadores
  2. 2. Resumo Como garantir a segurança no manuseamento do material informático é um ponto crucial. Para se assegurar que não acontecem danos no equipamento e as pessoas deve-se:  Ter um espaço de trabalho limpo, iluminado e organizado; Compreender e seguir os procedimentos de segurança; Limpar devidamente os equipamentos; Etc… Ao longo da história da Informática a memória RAM tem vindo a evoluir. Passou por várias fases, entre os quais FPM RAM, DRAM, ETC…
  3. 3. Índice Segurança de Hardware Directrizes Gerais de Segurança Limpando os componentes Memória RAM
  4. 4. Para se assegurar que não acontecem danos no equipamento e as pessoas deve-se:  Ter um espaço de trabalho limpo, iluminado e organizado; Compreender e seguir os procedimentos de segurança; Limpar os componentes correctamente.
  5. 5.  Retire o seu relógio, ou qualquer tipo de joalharia, e prenda as roupas folgadas.  Desligue o equipamento e retire a ficha da tomada, antes de realizar o trabalho.  Flicta os seus joelhos, quando levantar objectos pesados, para não prejudicar as costas.  Mantenha um kit de primeiros socorros e extintor de incêndio em caso de emergência.  Entre outras.
  6. 6.  Comece retirando o pó do gabinete e da placa-mãe com o pincel e com o ventilador. O ventilador serve para auxiliar a retirada do pó de dentro.  Limpe cada componente apenas com o pincel, para retirar o pó. Para aqueles que possuem circuitos de conexão com os slots do computador, limpe os contactos das placas e da memória com a borracha branca, de forma suave e depois retire os resíduos com o pincel.  Caso consiga abrir facilmente a fonte de alimentação, desparafusando a sua tampa, retire o pó do seu interior com o pincel e o ventilador, inclusive do cooler . Caso possua o pó de grafite ou o óleo de máquina de costura, use-o para lubrificar o cooler.
  7. 7. A memória RAM é uma memória usada para armazenar programas e dados de forma volátil. Ao longo dos tempos foram criados diversos tipos de memória. Entre as quais: FPM DRAM; DRAM; EDO DRAM; SDRAM; Etc.
  8. 8. Memória RAM dinâmica tem as células de memória com um transistor e um capacitor associado, que exige um refrescamento constante.
  9. 9. Memória RAM de modo de paginação rápida (Fast Page Mode) foi a forma original da DRAM. Ela espera o processo inteiro de localização do bit de dado por coluna e linha e então lê o bit antes de começar a ler o próximo. A taxa de transferência máxima para o cache L2 é de aproximadamente 176 MB/s.
  10. 10. Memória DRAM de saída estendida (Extended Data-Out) não espera todo o processo do primeiro bit para seguir para o próximo. Tão logo o endereço do primeiro bit é encontrado, a EDO DRAM começa a procurar o próximo bit. Ela é aproximadamente 5% mais rápida que a FPM. A taxa de transferência máxima para o cache L2 é de aproximadamente 264 MB/s.
  11. 11. Memória DRAM síncrona leva vantagem no conceito de modo burst para melhorar muito o desempenho. A memória SDRAM é aproximadamente 5% mais rápida que a EDO RAM. A taxa de transferência máxima para o cache L2 é de aproximadamente 528 MB/s.
  12. 12. Memória SDRAM com taxa de transferência de dados dupla (Double Data Rate) é igual à SDRAM, exceto que esta tem uma largura de banda maior, o que significa mais velocidade. A taxa de transferência máxima para o cache L2 é de aproximadamente 1.064 MB/s (para DDR SDRAM 133 MHZ).
  13. 13. Memória Rambus DRAM é um desvio radical da arquitetura prévia da memória DRAM. A RDRAM usa um módulo de memória RIMM. Os chips de memória RDRAM funcionam em paralelo para atingir uma taxa de dados de 800 MHz, ou 1.600 MB/s. Para prevenir o excesso de calor, os chips Rambus vêm com um dissipador de calor, que parece uma lâmina longa e fina.
  14. 14. Vídeo RAM é um tipo de memória RAM usada especificamente por adaptadores de vídeo ou aceleradores 3-D. O termo "multiporta" é usado porque a VRAM normalmente tem duas portas de acesso independentes em vez de uma. A VRAM é encontrada em placas de vídeo e vem em uma variedade de formatos. A quantidade de VRAM é um fator determinante na resolução e profundidade de cor do monitor.
  15. 15. CMOS RAM é um termo para a pequena quantidade de memória usada por seu computador e alguns dispositivos para lembrar coisas como configurações do disco rígido. Esta memória usa uma pequena bateria para fornecer a energia necessária para manter o conteúdo da memória.
  16. 16. A DDR foi criada para ter o dobro de desempenho em relação às memória existentes sem aumentar o clock da memória. A memória DDR alcança uma largura de banda maior que a da SDR SDRAM por usar tanto a borda de subida quanto a de descida do clock para transferir dados. Isto quase dobra a taxa de transferência sem aumentar a frequência do barramento externo. Um sistema com SDRAM tipo DDR a 100 MHz tem uma taxa de clock efectiva de 200 MHz.
  17. 17. DDR2 SDRAM ou DDR2 é uma evolução ao antigo padrão DDR SDRAM, conforme homologação da JEDEC. A nova tecnologia veio com a promessa de aumentar o desempenho, diminuir o consumo eléctrico e o aquecimento, aumentar a densidade e minimizar a interferência electromagnética (ruído). São esperados módulos de até 4GB de memória.
  18. 18. DDR3 SDRAM é uma melhoria sobre a tecnologia precedente DDR2 SDRAM. O primeiro benefício da DDR3 é a taxa de transferência duas vezes maior que a taxa da DDR2, de modo que permite taxas de barramento maiores, como também picos de transferência mais altos do que as memórias anteriores. Não há redução significativa de latência, já que isso não é uma característica da interface.
  19. 19. Bibliografia Webgrafia http://informatica.hsw.uol.com.br/memoria-ram3.htm http://pt.wikipedia.org/

×