SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Era uma vez, há muitos e muitos anos, na Alemanha
um burro, que de burro não tinha nada. Quer dizer, ele
tinha quatro patas, um rabo e duas orelhas compridas.
Mas esse burro, além de inteligente, tinha muito talento
musical.
Depois de trabalhar desde pequeno para um pastor
muito mau, o pastor decidiu vende-lo, pois achava
que ele estava muito velho e já não servia para
nada.
O burro, desconfiado que o novo dono lhe podia
fazer mal, decidiu fugir…
e ir para uma cidade chamada Bremen, pois lá havia
muitos músicos e ele queria tornar-se um deles.
No caminho, o burro ao passar por uma quinta que
por ali havia, o burro encontrou um cão que fugia a
correr de um homem que lhe queria fazer mal.
O cão conseguiu escapar e como o burro queria formar
uma banda, convidou o cão.
A ideia agradou ao cão e os dois seguiram caminho
para Bremen.
Pouco tempo depois, encontraram um gato com os
olhos cheios de lágrimas em cima de um muro.
Disseram-lhe que iam para Bremen, que era a terra
dos músicos e que estavam a formar uma banda.
Como o gato já era velho, e já não consiga apanhar
ratos, achou a ideia ótima e juntou-se ao cão e ao
burro.
No caminho ouviram um galo a cantar. Ao ouvir a sua
voz, acharam que ele era um excelente cantor, mas o
galo estava a cantar muito triste.
O burro, o cão e o gato convidaram o galo para entrar
na banda deles.
O galo como já era velho e tinha medo de o assarem
no forno, achou a ideia ótima e juntou-se a eles.
Mas a cidade ainda era distante e já era noite.
Os quatro amigos, cansados e esfomeados, resolveram
procurar um lugar para descansar. Junto à estrada, havia
uma casa que parecia abandonada, mas tinha uma janela
iluminada.
Os amigos aproximaram-se da janela e viram um grupo
de ladrões sentados à volta de uma mesa cheia de
comida.
Os quatro amigos resolveram, então, inventar um plano.
O cão subiu para as costas do cavalo, o gato para o
pescoço do cão e o galo voou para cima do gato.
Com o burro a comandar, puseram-se todos a cantar e,
com um salto, entraram na casa, partindo a janela.
Ouvindo aquele terrível estrondo, os ladrões julgavam que
lhes tinha aparecido um monstro de quatro cabeças.
Fugiram apavorados, deixando para trás a mesa com
todas aquelas iguarias!
Os quatro amigos pregaram-lhes uma boa partida. O
seu plano resultou na perfeição!
Comeram tanto que não voltaram a pensar na
viagem para Bremen e permaneceram felizes e
contentes naquela casa abandonada à beira da
estrada o resto das suas vidas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Natal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempreNatal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempreMarisol Santos
 
O carnaval-na-floresta
O carnaval-na-florestaO carnaval-na-floresta
O carnaval-na-florestaGuiomar Silva
 
O senhor ano e as quatro estações
O senhor ano e as quatro estaçõesO senhor ano e as quatro estações
O senhor ano e as quatro estaçõesDaniela Simoes
 
O sapato que miava (1)
O sapato que miava (1)O sapato que miava (1)
O sapato que miava (1)tlfleite
 
Conto torrado nuvem.caracol_Clara
Conto torrado nuvem.caracol_ClaraConto torrado nuvem.caracol_Clara
Conto torrado nuvem.caracol_ClaraClara Sousa
 
Carlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosa Carlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosa Lara Gonçalves
 
NinguéM Dá Prendas Ao Pai Natal
NinguéM Dá Prendas Ao Pai NatalNinguéM Dá Prendas Ao Pai Natal
NinguéM Dá Prendas Ao Pai Nataldaliatrigo
 
Historia orelha de limao
Historia orelha de limaoHistoria orelha de limao
Historia orelha de limaoCélia Reis
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"bibdjosei
 
Parábola do Amor. A Árvore e o Menino
Parábola do Amor. A Árvore e o MeninoParábola do Amor. A Árvore e o Menino
Parábola do Amor. A Árvore e o MeninoAdilson P Motta Motta
 
Bruxa mimi
Bruxa mimiBruxa mimi
Bruxa mimiAna Alho
 

Mais procurados (20)

Natal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempreNatal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempre
 
Um bocadinho de inverno
Um bocadinho de invernoUm bocadinho de inverno
Um bocadinho de inverno
 
O carnaval-na-floresta
O carnaval-na-florestaO carnaval-na-floresta
O carnaval-na-floresta
 
O senhor ano e as quatro estações
O senhor ano e as quatro estaçõesO senhor ano e as quatro estações
O senhor ano e as quatro estações
 
O sapato que miava (1)
O sapato que miava (1)O sapato que miava (1)
O sapato que miava (1)
 
Conto torrado nuvem.caracol_Clara
Conto torrado nuvem.caracol_ClaraConto torrado nuvem.caracol_Clara
Conto torrado nuvem.caracol_Clara
 
Pe de pai
Pe de paiPe de pai
Pe de pai
 
Uma história de carnaval
Uma história de carnavalUma história de carnaval
Uma história de carnaval
 
Carlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosa Carlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosa
 
Peixinho arco íris
Peixinho arco írisPeixinho arco íris
Peixinho arco íris
 
NinguéM Dá Prendas Ao Pai Natal
NinguéM Dá Prendas Ao Pai NatalNinguéM Dá Prendas Ao Pai Natal
NinguéM Dá Prendas Ao Pai Natal
 
Eu e o meu pai
Eu e o meu paiEu e o meu pai
Eu e o meu pai
 
Historia orelha de limao
Historia orelha de limaoHistoria orelha de limao
Historia orelha de limao
 
O polvo coceguinhas
O polvo coceguinhasO polvo coceguinhas
O polvo coceguinhas
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
 
Parábola do Amor. A Árvore e o Menino
Parábola do Amor. A Árvore e o MeninoParábola do Amor. A Árvore e o Menino
Parábola do Amor. A Árvore e o Menino
 
A bruxa castanha de antónio mota
A bruxa castanha de antónio motaA bruxa castanha de antónio mota
A bruxa castanha de antónio mota
 
Bruxa mimi
Bruxa mimiBruxa mimi
Bruxa mimi
 
Livro completo Dinossauro Rabugento
Livro completo Dinossauro RabugentoLivro completo Dinossauro Rabugento
Livro completo Dinossauro Rabugento
 
O senhor mago e a folha
O senhor mago e a folhaO senhor mago e a folha
O senhor mago e a folha
 

Semelhante a A história "Os músicos de Bremen"

Semelhante a A história "Os músicos de Bremen" (7)

Contos Tradicionais
Contos TradicionaisContos Tradicionais
Contos Tradicionais
 
Confabulando com Fábulas
Confabulando com FábulasConfabulando com Fábulas
Confabulando com Fábulas
 
Confabulando com fabulas
Confabulando com fabulasConfabulando com fabulas
Confabulando com fabulas
 
O Cachorroecoelho
O CachorroecoelhoO Cachorroecoelho
O Cachorroecoelho
 
Pedro E O Lobo Novo
Pedro E O Lobo NovoPedro E O Lobo Novo
Pedro E O Lobo Novo
 
O CãO E O Coelho
O CãO E O CoelhoO CãO E O Coelho
O CãO E O Coelho
 
O Cachorro e o Coelho (Uma lição à vida)
O Cachorro e o Coelho (Uma lição à vida)O Cachorro e o Coelho (Uma lição à vida)
O Cachorro e o Coelho (Uma lição à vida)
 

Último

Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamentalgeone480617
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfdottoor
 

Último (20)

Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino FundamentalCartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
Cartilha 1º Ano Alfabetização _ 1º Ano Ensino Fundamental
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
 

A história "Os músicos de Bremen"

  • 1.
  • 2. Era uma vez, há muitos e muitos anos, na Alemanha um burro, que de burro não tinha nada. Quer dizer, ele tinha quatro patas, um rabo e duas orelhas compridas. Mas esse burro, além de inteligente, tinha muito talento musical.
  • 3. Depois de trabalhar desde pequeno para um pastor muito mau, o pastor decidiu vende-lo, pois achava que ele estava muito velho e já não servia para nada.
  • 4. O burro, desconfiado que o novo dono lhe podia fazer mal, decidiu fugir…
  • 5. e ir para uma cidade chamada Bremen, pois lá havia muitos músicos e ele queria tornar-se um deles.
  • 6. No caminho, o burro ao passar por uma quinta que por ali havia, o burro encontrou um cão que fugia a correr de um homem que lhe queria fazer mal.
  • 7. O cão conseguiu escapar e como o burro queria formar uma banda, convidou o cão. A ideia agradou ao cão e os dois seguiram caminho para Bremen.
  • 8. Pouco tempo depois, encontraram um gato com os olhos cheios de lágrimas em cima de um muro. Disseram-lhe que iam para Bremen, que era a terra dos músicos e que estavam a formar uma banda.
  • 9. Como o gato já era velho, e já não consiga apanhar ratos, achou a ideia ótima e juntou-se ao cão e ao burro.
  • 10. No caminho ouviram um galo a cantar. Ao ouvir a sua voz, acharam que ele era um excelente cantor, mas o galo estava a cantar muito triste. O burro, o cão e o gato convidaram o galo para entrar na banda deles.
  • 11. O galo como já era velho e tinha medo de o assarem no forno, achou a ideia ótima e juntou-se a eles.
  • 12. Mas a cidade ainda era distante e já era noite. Os quatro amigos, cansados e esfomeados, resolveram procurar um lugar para descansar. Junto à estrada, havia uma casa que parecia abandonada, mas tinha uma janela iluminada.
  • 13. Os amigos aproximaram-se da janela e viram um grupo de ladrões sentados à volta de uma mesa cheia de comida.
  • 14. Os quatro amigos resolveram, então, inventar um plano. O cão subiu para as costas do cavalo, o gato para o pescoço do cão e o galo voou para cima do gato.
  • 15. Com o burro a comandar, puseram-se todos a cantar e, com um salto, entraram na casa, partindo a janela. Ouvindo aquele terrível estrondo, os ladrões julgavam que lhes tinha aparecido um monstro de quatro cabeças. Fugiram apavorados, deixando para trás a mesa com todas aquelas iguarias!
  • 16. Os quatro amigos pregaram-lhes uma boa partida. O seu plano resultou na perfeição! Comeram tanto que não voltaram a pensar na viagem para Bremen e permaneceram felizes e contentes naquela casa abandonada à beira da estrada o resto das suas vidas.