SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Concurso de Leitura - Tábua a ler+




                                                      1




Rede de Bibliotecas de Tábua


Concurso de Leitura - Tábua
a ler+
Regulamento




            Rede de Bibliotecas de Tábua
Concurso de Leitura - Tábua a ler+



    Rede de Bibliotecas de Tábua
Concurso de Leitura - Tábua a ler+
                                                                                 2




                          REGULAMENTO

                                 Artº 1º
                          Âmbito e Objectivos
1. Inspirado no Concurso Nacional de Leitura e levando em conta a
   necessidade de promover no concelho o gosto pela leitura e o contacto com
   os livros, a Rede de Bibliotecas de Tábua (RBTb) promove, anualmente, o
   Concurso de Leitura Tábua a ler + (CL).
2. Tendo como objectivo estimular a prática da leitura entre os alunos do 1º e
   2º Ciclos do Ensino Básico, o concurso pretende avaliar a leitura de obras
   literárias pelos estudantes desses graus de ensino do concelho de Tábua.
3. O Concurso decorrerá em três fases diferentes:
   a. 1.ª Fase, a realizar nas escolas/Turmas;
   b. 2.ª Fase a realizar numa das Bibliotecas Escolares;
   c. 3.ª Fase, correspondente à Final Concelhia a realizar na Biblioteca
       Municipal João Brandão.


                                 Artº 2º
                   Condições gerais de participação
1. A participação no concurso está aberta aos alunos do 1º e 2º ciclos do
   Ensino Básico que a ele aderirem, através de inscrição, apadrinhados por
   um professor.
2. A participação implica a inscrição em formulário próprio a fornecer pela
   Biblioteca Escolar. Não serão admitidos alunos que não estejam inscritos.
3. Para efeito da participação no Concurso, os concorrentes comprometem-se
   a submeter-se ao presente Regulamento e às decisões dos diversos Júris.
4. Os candidatos não poderão participar sem a autorização expressa dos
   encarregados de educação.


                                 Artº 3º
                    Categorização dos concorrentes
Concurso de Leitura - Tábua a ler+

Os concorrentes serão repartidos em duas categorias:
       Escalão 1: alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico (3º e 4º anos de
escolaridade)
       Escalão 2: alunos do 2º Ciclo de Ensino Básico (5º e 6º anos de
escolaridade).                                                                      3



                                        Artº 4
                         Competências da organização
1. Cabe à Rede de Bibliotecas de Tábua (RBTb) a organização geral do Concurso
   de Leitura e o controlo do seu desenvolvimento.
2. A organização reserva-se o direito de intervir – em casos excepcionais – em
   quaisquer questões relativas ao número, conteúdo, forma e correcção das
   provas, bem como o de tomar qualquer decisão de supressão, modificação ou
   manutenção de tais provas.


                                        Artº 5
                                     Júri Escolar
O Júri Escolar integrará quatro membros (um professor bibliotecário, um professor
de 1º ciclo, um professor do 2º ciclo, um representante da RBTb), sendo presidido
pelos bibliotecários responsáveis pela Biblioteca Escolar da escola onde
decorrerem as provas.
As decisões do júri são soberanas.


                                       Artº 6º
                                      Júri Final
O Júri Final é presidido pela Vereadora da Cultura e integra ainda uma
personalidade nacional de reconhecido mérito, um professor bibliotecário, um
professor do 1º ciclo, um professor do 2º ciclo e um representante da RBTb
O Júri Final é soberano, não sendo possível, em qualquer circunstância, recorrer
das suas decisões.


                                       Artº 7º
                         Fases do Concurso de Leitura
Após o anúncio público do Concurso de Leitura, as respectivas provas serão
organizadas em três fases:
1.ª fase – Eliminatórias a realizar na escola/turmas:
Concurso de Leitura - Tábua a ler+

   1. A 1ª Fase do Concurso de Leitura decorrerá ao longo do 1.º período escolar,
sendo organizada de modo descentralizado, em cada uma das turmas, cujos alunos
aderirem a esta iniciativa.
   2. A coordenação desta fase será assegurada preferencialmente pelo professor
titular de turma no 1º CEB, e pelo docente da área da Língua Portuguesa para o 2º   4
CEB, mas não se exclui a possibilidade para o 2º CEB de qualquer professor da
escola poder aderir com alunos das suas turmas ao CL.
   3.   Cada turma selecionará um máximo de dois vencedores, em cada uma das
duas categorias – 1º ciclo de Ensino Básico e 2.º ciclo do Ensino Básico – que
estarão presentes na respetiva Final Escolar.
  4.    A 1ª Fase terminará impreterivelmente no último dia de aulas do primeiro
período.


2ª Fase – Finais Escolares
   1. A 2ª Fase do Concurso de Leitura consiste nas Finais Escolares que se
        realizará numa das Bibliotecas Escolares.
   2. Constará de uma prova escrita sob a forma de questionário de resposta
        fechada, por escalão e uma segunda prova, de leitura expressiva.
   3. O Júri Escolar seleccionará por cada escalão 8 vencedores tendo em conta
        a classificação obtida na prova escrita e na prova de leitura.
   4. Na Final Concelhia estarão presentes 8 alunos de cada escalão.
   5. As Finais Escolares deverão ter lugar durante o 2º período.

3ª Fase – Final Concelhia
   1. A 3ª e última fase do Concurso de Leitura corresponde à Final Concelhia,
        onde participarão os concorrentes apurados nas Finais Escolares.
   2. Todos os alunos realizarão uma prova de questionário de resposta fechada,
        uma leitura expressiva e um reconto.
   3. A Final Concelhia terá lugar durante o 3º período na Biblioteca Municipal
        João Brandão.


                                        Artº 8º
                                      Inscrições
   1. As inscrições no Concurso de Leitura são efectuadas através de uma ficha
        que será disponibilizada pelos professores.
   2. A inscrição dos alunos no Concurso de Leitura termina a 25 de Novembro.
Concurso de Leitura - Tábua a ler+

                                      Artº 9º
                               Provas de selecção
   1. A elaboração das provas das Finais Escolares fica ao critério da RBTb.
       Tendo em conta que deverão avaliar os conhecimentos dos concorrentes
       sobre as obras seleccionadas, serão escritas e orais e assumirão a forma de   5
       questionários de resposta fechada e leituras expressivas.
   2. A elaboração das provas da Final Concelhia fica ao critério da RBTb. As
       provas constarão de um questionário de resposta fechada, uma leitura
       expressiva e um reconto.


                                     Artº 10º
                      Obras seleccionadas para as provas
As obras tomadas como referência para as provas do Concurso de Leitura serão
seleccionadas do seguinte modo:

   1. Na 1ª Fase, e respeitando a autonomia das turmas, a seleção caberá aos
       professores.
   2. Na 2ª Fase, as obras para leitura serão escolhidas pela RBTb e será 1 título
       em cada escalão. Para essa selecção usar-se-ão as listas disponibilizadas
       no sítio do Plano Nacional de Leitura (www.planonacionaldeleitura.gov.pt).
   3. Na 3ª Fase, a lista das obras para leitura será elaborada pela RBTb e serão
       2 títulos em cada escalão.


                                     Artº 11º
                Não imputabilidade da Organização e dos Júris
Em caso de modificação, suspensão ou interrupção do Concurso de Leitura, por
qualquer motivo imprevisto, não serão imputadas responsabilidades à Organização
nem aos membros dos Júris Escolares ou do Júri Final.


                                     Artº 12º
                                     Prémios


          a) Na 1ª Fase
Cada concorrente que participe na 1.ª Fase (eliminatória – turma) receberá um
diploma de participação.
Concurso de Leitura - Tábua a ler+

          b) Nas Finais Escolares:
Cada concorrente que participe na Final Escolar receberá um diploma de
participação. Os alunos apurados para a Final Concelhia receberão ainda um livro.
          c) Na Final Concelhia:
Cada concorrente que participe na Final Concelhia receberá um diploma de            6
participação, uma medalha alusiva ao concurso e um prémio cheque brinde. Os
três primeiros classificados de cada uma dos dois escalões – 1º Ciclo do Ensino
Básico e 2º Ciclo do Ensino Básico – serão os grandes vencedores e receberão
prémios entretanto anunciados pela Rede de Bibliotecas de Tábua.


                                     Artº 13º
                                Entrada em Vigor
O presente Regulamento entrará em vigor a partir do dia 11 de novembro de 2011
Para mais informações aconselha-se a consulta do sítio da Rede de Bibliotecas de
Tábua:

                              http://rbtb.cm-tabua.pt

Para esclarecimentos/informações escrever para:
                             tabuaaler+@cm-tabua.pt




                         Tábua, 9 de novembro de 2011

                          Rede de Bibliotecas de Tábua

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)Zaara Miranda
 
Regulamento multiplas leituras
Regulamento multiplas leiturasRegulamento multiplas leituras
Regulamento multiplas leiturasbelafalcao
 
Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10bibliomag
 
Cnl 2012 valenca
Cnl 2012 valencaCnl 2012 valenca
Cnl 2012 valencaCarlos Lima
 
Concurso nacional de leitura fase escola
Concurso nacional de leitura fase escolaConcurso nacional de leitura fase escola
Concurso nacional de leitura fase escolaCesé Bragança
 
Regulamento Concurso Nacional de Leitura _prova concelhia 2020_2021
Regulamento Concurso Nacional de Leitura _prova concelhia 2020_2021Regulamento Concurso Nacional de Leitura _prova concelhia 2020_2021
Regulamento Concurso Nacional de Leitura _prova concelhia 2020_2021bibliotecasmp
 
Regulamen concurso de ortografia
Regulamen concurso de ortografiaRegulamen concurso de ortografia
Regulamen concurso de ortografiaBiblioteca Escolar
 
Regulamento concurso
Regulamento concursoRegulamento concurso
Regulamento concursoAnaigreja
 
Regulamento concursopoesia
Regulamento concursopoesiaRegulamento concursopoesia
Regulamento concursopoesiaBESttau
 
Desdobrável "Poemas Soltos 2011"
Desdobrável "Poemas Soltos 2011"Desdobrável "Poemas Soltos 2011"
Desdobrável "Poemas Soltos 2011"Manuela Baptista
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamentommppr3
 
Regulamen concurso de ortografia
Regulamen concurso de ortografiaRegulamen concurso de ortografia
Regulamen concurso de ortografiaBiblioteca Escolar
 
Cartaz regulamento cnl2011 2012
Cartaz regulamento cnl2011  2012Cartaz regulamento cnl2011  2012
Cartaz regulamento cnl2011 2012bibdjosei2006
 

Mais procurados (17)

Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
Regulamento concurso interno de leitura 2014 (2)
 
Regulamento multiplas leituras
Regulamento multiplas leiturasRegulamento multiplas leituras
Regulamento multiplas leituras
 
Normas participacao
Normas participacaoNormas participacao
Normas participacao
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10
 
Cnl 2012 valenca
Cnl 2012 valencaCnl 2012 valenca
Cnl 2012 valenca
 
Concurso nacional de leitura fase escola
Concurso nacional de leitura fase escolaConcurso nacional de leitura fase escola
Concurso nacional de leitura fase escola
 
Regulamento Concurso Nacional de Leitura _prova concelhia 2020_2021
Regulamento Concurso Nacional de Leitura _prova concelhia 2020_2021Regulamento Concurso Nacional de Leitura _prova concelhia 2020_2021
Regulamento Concurso Nacional de Leitura _prova concelhia 2020_2021
 
Regulamento CNL
Regulamento CNLRegulamento CNL
Regulamento CNL
 
Regulamen concurso de ortografia
Regulamen concurso de ortografiaRegulamen concurso de ortografia
Regulamen concurso de ortografia
 
Regulamento concurso
Regulamento concursoRegulamento concurso
Regulamento concurso
 
Regulamento concursopoesia
Regulamento concursopoesiaRegulamento concursopoesia
Regulamento concursopoesia
 
Desdobrável "Poemas Soltos 2011"
Desdobrável "Poemas Soltos 2011"Desdobrável "Poemas Soltos 2011"
Desdobrável "Poemas Soltos 2011"
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
Regulamento.pdf
Regulamento.pdfRegulamento.pdf
Regulamento.pdf
 
Regulamen concurso de ortografia
Regulamen concurso de ortografiaRegulamen concurso de ortografia
Regulamen concurso de ortografia
 
Cartaz regulamento cnl2011 2012
Cartaz regulamento cnl2011  2012Cartaz regulamento cnl2011  2012
Cartaz regulamento cnl2011 2012
 

Semelhante a Regulamento Concurso "Tábua a ler +"

CNL- Normas participação fase intermunicipal - Conservatório de Música do P...
CNL-   Normas participação fase intermunicipal - Conservatório de Música do P...CNL-   Normas participação fase intermunicipal - Conservatório de Música do P...
CNL- Normas participação fase intermunicipal - Conservatório de Música do P...bibliotecaCMP
 
Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10bibliomag
 
Regulamento cnl 9.ed.2015
Regulamento cnl 9.ed.2015Regulamento cnl 9.ed.2015
Regulamento cnl 9.ed.2015Risoleta Montez
 
Regulamento CNL fase municipal Porto
Regulamento CNL fase municipal PortoRegulamento CNL fase municipal Porto
Regulamento CNL fase municipal PortoIsabelPereira2010
 
Regulamento concursoleituraconcelho ourem_aeco
Regulamento concursoleituraconcelho ourem_aecoRegulamento concursoleituraconcelho ourem_aeco
Regulamento concursoleituraconcelho ourem_aecobibliotecaoureana
 
Regulamento cnl 2015_2016
Regulamento cnl 2015_2016Regulamento cnl 2015_2016
Regulamento cnl 2015_2016Risoleta Montez
 
Regulamento cnl 2015_2016
Regulamento cnl 2015_2016Regulamento cnl 2015_2016
Regulamento cnl 2015_2016bibliotecaprado
 
Cnl regulamento 2014 2015
Cnl regulamento 2014 2015Cnl regulamento 2014 2015
Cnl regulamento 2014 2015marta.medeiro
 
Iv concurso regulamento 1º
Iv concurso  regulamento 1ºIv concurso  regulamento 1º
Iv concurso regulamento 1ºmmppr3
 
Regulamento concursopoesia
Regulamento concursopoesiaRegulamento concursopoesia
Regulamento concursopoesiaEbji Fonte Santa
 
Folheto regulamento concurso_leitura_voz_alta
Folheto regulamento concurso_leitura_voz_altaFolheto regulamento concurso_leitura_voz_alta
Folheto regulamento concurso_leitura_voz_altaAngelina Cristino
 

Semelhante a Regulamento Concurso "Tábua a ler +" (19)

CNL- Normas participação fase intermunicipal - Conservatório de Música do P...
CNL-   Normas participação fase intermunicipal - Conservatório de Música do P...CNL-   Normas participação fase intermunicipal - Conservatório de Música do P...
CNL- Normas participação fase intermunicipal - Conservatório de Música do P...
 
Regulamento Fase II CNL
Regulamento Fase II CNLRegulamento Fase II CNL
Regulamento Fase II CNL
 
Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10
 
Regulamento clva
Regulamento clvaRegulamento clva
Regulamento clva
 
Regras gerais cnl 2016_-1
Regras gerais cnl 2016_-1Regras gerais cnl 2016_-1
Regras gerais cnl 2016_-1
 
Regulamento cnl 9.ed.2015
Regulamento cnl 9.ed.2015Regulamento cnl 9.ed.2015
Regulamento cnl 9.ed.2015
 
Regulamento CNL fase municipal Porto
Regulamento CNL fase municipal PortoRegulamento CNL fase municipal Porto
Regulamento CNL fase municipal Porto
 
Regulamento concursoleituraconcelho ourem_aeco
Regulamento concursoleituraconcelho ourem_aecoRegulamento concursoleituraconcelho ourem_aeco
Regulamento concursoleituraconcelho ourem_aeco
 
Concurso concelhio de leitura - Regulamento
Concurso concelhio de leitura - RegulamentoConcurso concelhio de leitura - Regulamento
Concurso concelhio de leitura - Regulamento
 
Regras gerais cnl 2015
Regras gerais cnl 2015Regras gerais cnl 2015
Regras gerais cnl 2015
 
Regulamento cnl 2015_2016
Regulamento cnl 2015_2016Regulamento cnl 2015_2016
Regulamento cnl 2015_2016
 
Regulamento cnl 2015_2016
Regulamento cnl 2015_2016Regulamento cnl 2015_2016
Regulamento cnl 2015_2016
 
Regras gerais cnl porto
Regras gerais cnl portoRegras gerais cnl porto
Regras gerais cnl porto
 
Cnl regulamento 2014 2015
Cnl regulamento 2014 2015Cnl regulamento 2014 2015
Cnl regulamento 2014 2015
 
Regulamento Concurso Concelhio de Leitura 2017
Regulamento Concurso Concelhio de Leitura 2017Regulamento Concurso Concelhio de Leitura 2017
Regulamento Concurso Concelhio de Leitura 2017
 
Regulamento cnl fase2
Regulamento cnl fase2Regulamento cnl fase2
Regulamento cnl fase2
 
Iv concurso regulamento 1º
Iv concurso  regulamento 1ºIv concurso  regulamento 1º
Iv concurso regulamento 1º
 
Regulamento concursopoesia
Regulamento concursopoesiaRegulamento concursopoesia
Regulamento concursopoesia
 
Folheto regulamento concurso_leitura_voz_alta
Folheto regulamento concurso_leitura_voz_altaFolheto regulamento concurso_leitura_voz_alta
Folheto regulamento concurso_leitura_voz_alta
 

Mais de cristinapedrogao

Guia de Utilizador da BE - CE
Guia de Utilizador da BE - CEGuia de Utilizador da BE - CE
Guia de Utilizador da BE - CEcristinapedrogao
 
Página de escrita j. prévert
Página de escrita   j. prévertPágina de escrita   j. prévert
Página de escrita j. prévertcristinapedrogao
 
Todos os homens são maricas quando estão com gripe
Todos os homens são maricas quando estão com gripeTodos os homens são maricas quando estão com gripe
Todos os homens são maricas quando estão com gripecristinapedrogao
 
Romance ingénuo de duas linhas paralelas - José Fanha
Romance ingénuo de duas linhas paralelas - José FanhaRomance ingénuo de duas linhas paralelas - José Fanha
Romance ingénuo de duas linhas paralelas - José Fanhacristinapedrogao
 
As gajas são lixadas - José Fanha
As gajas são lixadas - José FanhaAs gajas são lixadas - José Fanha
As gajas são lixadas - José Fanhacristinapedrogao
 
Estrutura de seq didáctica
Estrutura de seq didácticaEstrutura de seq didáctica
Estrutura de seq didácticacristinapedrogao
 
Terra, um Planeta de Água
Terra, um Planeta de ÁguaTerra, um Planeta de Água
Terra, um Planeta de Águacristinapedrogao
 

Mais de cristinapedrogao (10)

Guia de Utilizador da BE - CE
Guia de Utilizador da BE - CEGuia de Utilizador da BE - CE
Guia de Utilizador da BE - CE
 
Os contos do 5.º E
Os contos  do 5.º EOs contos  do 5.º E
Os contos do 5.º E
 
Os contos
Os  contosOs  contos
Os contos
 
Página de escrita j. prévert
Página de escrita   j. prévertPágina de escrita   j. prévert
Página de escrita j. prévert
 
Todos os homens são maricas quando estão com gripe
Todos os homens são maricas quando estão com gripeTodos os homens são maricas quando estão com gripe
Todos os homens são maricas quando estão com gripe
 
Romance ingénuo de duas linhas paralelas - José Fanha
Romance ingénuo de duas linhas paralelas - José FanhaRomance ingénuo de duas linhas paralelas - José Fanha
Romance ingénuo de duas linhas paralelas - José Fanha
 
As gajas são lixadas - José Fanha
As gajas são lixadas - José FanhaAs gajas são lixadas - José Fanha
As gajas são lixadas - José Fanha
 
Terra, Planeta de Água
Terra, Planeta de ÁguaTerra, Planeta de Água
Terra, Planeta de Água
 
Estrutura de seq didáctica
Estrutura de seq didácticaEstrutura de seq didáctica
Estrutura de seq didáctica
 
Terra, um Planeta de Água
Terra, um Planeta de ÁguaTerra, um Planeta de Água
Terra, um Planeta de Água
 

Último

o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdflbgsouza
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docCarolineWaitman
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 

Último (20)

o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 

Regulamento Concurso "Tábua a ler +"

  • 1. Concurso de Leitura - Tábua a ler+ 1 Rede de Bibliotecas de Tábua Concurso de Leitura - Tábua a ler+ Regulamento Rede de Bibliotecas de Tábua
  • 2. Concurso de Leitura - Tábua a ler+ Rede de Bibliotecas de Tábua Concurso de Leitura - Tábua a ler+ 2 REGULAMENTO Artº 1º Âmbito e Objectivos 1. Inspirado no Concurso Nacional de Leitura e levando em conta a necessidade de promover no concelho o gosto pela leitura e o contacto com os livros, a Rede de Bibliotecas de Tábua (RBTb) promove, anualmente, o Concurso de Leitura Tábua a ler + (CL). 2. Tendo como objectivo estimular a prática da leitura entre os alunos do 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico, o concurso pretende avaliar a leitura de obras literárias pelos estudantes desses graus de ensino do concelho de Tábua. 3. O Concurso decorrerá em três fases diferentes: a. 1.ª Fase, a realizar nas escolas/Turmas; b. 2.ª Fase a realizar numa das Bibliotecas Escolares; c. 3.ª Fase, correspondente à Final Concelhia a realizar na Biblioteca Municipal João Brandão. Artº 2º Condições gerais de participação 1. A participação no concurso está aberta aos alunos do 1º e 2º ciclos do Ensino Básico que a ele aderirem, através de inscrição, apadrinhados por um professor. 2. A participação implica a inscrição em formulário próprio a fornecer pela Biblioteca Escolar. Não serão admitidos alunos que não estejam inscritos. 3. Para efeito da participação no Concurso, os concorrentes comprometem-se a submeter-se ao presente Regulamento e às decisões dos diversos Júris. 4. Os candidatos não poderão participar sem a autorização expressa dos encarregados de educação. Artº 3º Categorização dos concorrentes
  • 3. Concurso de Leitura - Tábua a ler+ Os concorrentes serão repartidos em duas categorias: Escalão 1: alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico (3º e 4º anos de escolaridade) Escalão 2: alunos do 2º Ciclo de Ensino Básico (5º e 6º anos de escolaridade). 3 Artº 4 Competências da organização 1. Cabe à Rede de Bibliotecas de Tábua (RBTb) a organização geral do Concurso de Leitura e o controlo do seu desenvolvimento. 2. A organização reserva-se o direito de intervir – em casos excepcionais – em quaisquer questões relativas ao número, conteúdo, forma e correcção das provas, bem como o de tomar qualquer decisão de supressão, modificação ou manutenção de tais provas. Artº 5 Júri Escolar O Júri Escolar integrará quatro membros (um professor bibliotecário, um professor de 1º ciclo, um professor do 2º ciclo, um representante da RBTb), sendo presidido pelos bibliotecários responsáveis pela Biblioteca Escolar da escola onde decorrerem as provas. As decisões do júri são soberanas. Artº 6º Júri Final O Júri Final é presidido pela Vereadora da Cultura e integra ainda uma personalidade nacional de reconhecido mérito, um professor bibliotecário, um professor do 1º ciclo, um professor do 2º ciclo e um representante da RBTb O Júri Final é soberano, não sendo possível, em qualquer circunstância, recorrer das suas decisões. Artº 7º Fases do Concurso de Leitura Após o anúncio público do Concurso de Leitura, as respectivas provas serão organizadas em três fases: 1.ª fase – Eliminatórias a realizar na escola/turmas:
  • 4. Concurso de Leitura - Tábua a ler+ 1. A 1ª Fase do Concurso de Leitura decorrerá ao longo do 1.º período escolar, sendo organizada de modo descentralizado, em cada uma das turmas, cujos alunos aderirem a esta iniciativa. 2. A coordenação desta fase será assegurada preferencialmente pelo professor titular de turma no 1º CEB, e pelo docente da área da Língua Portuguesa para o 2º 4 CEB, mas não se exclui a possibilidade para o 2º CEB de qualquer professor da escola poder aderir com alunos das suas turmas ao CL. 3. Cada turma selecionará um máximo de dois vencedores, em cada uma das duas categorias – 1º ciclo de Ensino Básico e 2.º ciclo do Ensino Básico – que estarão presentes na respetiva Final Escolar. 4. A 1ª Fase terminará impreterivelmente no último dia de aulas do primeiro período. 2ª Fase – Finais Escolares 1. A 2ª Fase do Concurso de Leitura consiste nas Finais Escolares que se realizará numa das Bibliotecas Escolares. 2. Constará de uma prova escrita sob a forma de questionário de resposta fechada, por escalão e uma segunda prova, de leitura expressiva. 3. O Júri Escolar seleccionará por cada escalão 8 vencedores tendo em conta a classificação obtida na prova escrita e na prova de leitura. 4. Na Final Concelhia estarão presentes 8 alunos de cada escalão. 5. As Finais Escolares deverão ter lugar durante o 2º período. 3ª Fase – Final Concelhia 1. A 3ª e última fase do Concurso de Leitura corresponde à Final Concelhia, onde participarão os concorrentes apurados nas Finais Escolares. 2. Todos os alunos realizarão uma prova de questionário de resposta fechada, uma leitura expressiva e um reconto. 3. A Final Concelhia terá lugar durante o 3º período na Biblioteca Municipal João Brandão. Artº 8º Inscrições 1. As inscrições no Concurso de Leitura são efectuadas através de uma ficha que será disponibilizada pelos professores. 2. A inscrição dos alunos no Concurso de Leitura termina a 25 de Novembro.
  • 5. Concurso de Leitura - Tábua a ler+ Artº 9º Provas de selecção 1. A elaboração das provas das Finais Escolares fica ao critério da RBTb. Tendo em conta que deverão avaliar os conhecimentos dos concorrentes sobre as obras seleccionadas, serão escritas e orais e assumirão a forma de 5 questionários de resposta fechada e leituras expressivas. 2. A elaboração das provas da Final Concelhia fica ao critério da RBTb. As provas constarão de um questionário de resposta fechada, uma leitura expressiva e um reconto. Artº 10º Obras seleccionadas para as provas As obras tomadas como referência para as provas do Concurso de Leitura serão seleccionadas do seguinte modo: 1. Na 1ª Fase, e respeitando a autonomia das turmas, a seleção caberá aos professores. 2. Na 2ª Fase, as obras para leitura serão escolhidas pela RBTb e será 1 título em cada escalão. Para essa selecção usar-se-ão as listas disponibilizadas no sítio do Plano Nacional de Leitura (www.planonacionaldeleitura.gov.pt). 3. Na 3ª Fase, a lista das obras para leitura será elaborada pela RBTb e serão 2 títulos em cada escalão. Artº 11º Não imputabilidade da Organização e dos Júris Em caso de modificação, suspensão ou interrupção do Concurso de Leitura, por qualquer motivo imprevisto, não serão imputadas responsabilidades à Organização nem aos membros dos Júris Escolares ou do Júri Final. Artº 12º Prémios a) Na 1ª Fase Cada concorrente que participe na 1.ª Fase (eliminatória – turma) receberá um diploma de participação.
  • 6. Concurso de Leitura - Tábua a ler+ b) Nas Finais Escolares: Cada concorrente que participe na Final Escolar receberá um diploma de participação. Os alunos apurados para a Final Concelhia receberão ainda um livro. c) Na Final Concelhia: Cada concorrente que participe na Final Concelhia receberá um diploma de 6 participação, uma medalha alusiva ao concurso e um prémio cheque brinde. Os três primeiros classificados de cada uma dos dois escalões – 1º Ciclo do Ensino Básico e 2º Ciclo do Ensino Básico – serão os grandes vencedores e receberão prémios entretanto anunciados pela Rede de Bibliotecas de Tábua. Artº 13º Entrada em Vigor O presente Regulamento entrará em vigor a partir do dia 11 de novembro de 2011 Para mais informações aconselha-se a consulta do sítio da Rede de Bibliotecas de Tábua: http://rbtb.cm-tabua.pt Para esclarecimentos/informações escrever para: tabuaaler+@cm-tabua.pt Tábua, 9 de novembro de 2011 Rede de Bibliotecas de Tábua