Resumo de Acidente Analisado 
Inspeção nº: 112026885 
Morte por asfixia após desabamento de talude em obra de construção c...
Resumo de Acidente Analisado 
Inspeção nº: 112026885 
Tempo na Função: 02 meses 
Horas após início da jornada de trabalho:...
Resumo de Acidente Analisado 
Inspeção nº: 112026885 
capacitado e/ou autorizado para este fim. 
Embargo/Interdição: Lavra...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Morte por asfixia após desabamento de talude em obra de construção civil residencial

266 visualizações

Publicada em

Morte por asfixia após desabamento de talude em obra de construção civil residencial

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
266
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Morte por asfixia após desabamento de talude em obra de construção civil residencial

  1. 1. Resumo de Acidente Analisado Inspeção nº: 112026885 Morte por asfixia após desabamento de talude em obra de construção civil residencial Palavras-chave: Morte Desabamento Construção civil 1. Dados do empregador Razão Social: Nilson Carlos Ferreira Sten Número de empregados: 14 CPF: 761.653.967 - 04 CNAE: 41.20-4-00 Grau de Risco: 03 End.: Rua Dom Pedro II N.º 210 Bairro: Centro Município: Governador Valadares UF: MG 2. Informações sobre o Acidente do Trabalho N.º de trabalhadores acidentados: 03 Data do Acidente: 09/10/2013 Hora aproximada: 09horas Local do Acidente: Obra de construção civil residencial localizada na Rua das Acácias – nº. 1 - Bairro Retiro dos Lagos - Governador Valadares/MG 3. Informações sobre o Acidentado 01 Sexo: Masculino Idade: 48 anos Escolaridade: Ensino Fundamental Completo Ocupação: Carpinteiro CBO: 715505 Tempo na Função: 02 meses Horas após início da jornada de trabalho: 02 horas Tipo de jornada do acidentado: 07:00 às 11:00 horas – 12:00 às 17:00 horas 4. Informações sobre o Acidentado 02 Sexo: Masculino Idade: 21 anos Escolaridade: Ensino Médio Incompleto Ocupação: Servente de Obras CBO: 717020 Tempo na Função: 02 meses Horas após início da jornada de trabalho: 02 horas Tipo de jornada do acidentado: 07:00 às 11:00 horas – 12:00 às 17:00 horas 5. Informações sobre o Acidentado 03 Sexo: Masculino Idade: 27 anos Escolaridade: Ensino fundamental incompleto Ocupação: Servente de Obras CBO: 717020
  2. 2. Resumo de Acidente Analisado Inspeção nº: 112026885 Tempo na Função: 02 meses Horas após início da jornada de trabalho: 02 horas Tipo de jornada do acidentado: 07:00 às 11:00 horas – 12:00 às 17:00 horas 6. Resumo da Análise O acidente ocorreu nos fundos do terreno onde estava sendo construída a edificação residencial do empregador. Neste local existia um talude afastado aproximadamente 01 (um) metro da rua residencial que passa na parte superior do terreno. Os trabalhadores realizavam escavações manuais de vala de aproximadamente 50 cm (cinquenta centímetros) por 70 cm (setenta centímetros), situada na parte inferior do talude, com altura aproximada de 3,50 m (três metros e cinquenta centímetros), e que seria utilizada para construção da base (alicerce) do muro de arrimo que seria construído para sustentação deste talude. No dia 09 de outubro de 2013, na parte da manhã, por volta das 09:00 horas, os trabalhadores estavam executando a escavação da referida vala. O Trabalhador 1(vítima fatal) inicialmente trabalhava em outro local, realizando escavações na parte superior de outro talude que constituía numa continuação do talude que desmoronou. Quando em determinado o momento o administrador da obra solicitou ao Trabalhador 1 (vítima fatal) que descesse do local onde se encontrava e fosse ajudar os Trabalhadores 2 e 3 nas atividades de escavação da vala.Decorridos aproximadamente 20 (vinte) minutos que o Trabalhador 1 (vítima fatal) estava trabalhando dentro da vala, executando as atividades de escavação, o talude subitamente desmoronou. Vindo então a soterrar completamente os Trabalhadores 1 e de forma parcial o Trabalhador 3. Imediatamente foram tomadas as providências para retirada dos trabalhadores que estavam soterrados com o comparecimento do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, constatou-se a morte do trabalhador 1 por asfixia mecânica e os outros dois trabalhadores foram encaminhados para o hospital com escoriações pelo corpo. 7. Fatores que Contribuíram para Ocorrência do Acidente Ausência ou inadequação de escoramento (construções, minas, etc). Ausência de projeto. 8. Autos de Infração Nº AI NR Item Descrição da Ementa 20203350-3 18 18.6.9 Deixar de garantir a estabilidade dos taludes com altura superior a 1,75 m. 20203352-0 18 18.1.3 Permitir o ingresso e/ou a permanência de trabalhadores no canteiro de obras, sem que estejam assegurados pelas medidas previstas na NR-18. 20203354-6 18 18.31.1 alínea a Deixar de comunicar de imediato ao órgão regional do Ministério do Trabalho e Emprego a ocorrência de acidente fatal. 20209917-2 18 18.28.1 Deixar de submeter os trabalhadores a treinamento admissional, visando a garantir a execução de suas atividades com segurança. 20206741-6 06 6.6.1 alínea d Deixar de orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservação dos equipamentos de proteção individual. 20206743-2 12 12.135 Permitir a operação e/ou manutenção e/ou inspeção e/ou demais intervenções em máquina e/ou equipamento por trabalhador não habilitado e/ou qualificado e/ou
  3. 3. Resumo de Acidente Analisado Inspeção nº: 112026885 capacitado e/ou autorizado para este fim. Embargo/Interdição: Lavrado Termo de Embargo nº 30066-7/22102013, proibindo as Atividades de Trabalho sob os Taludes de Terra localizados nos fundos da obra de construção civil, até que sejam adotadas as medidas técnicas para garantia de suas estabilidades.

×