Um pouco de história…                                           ÁVILA                                                     ...
decisivo foi aquele em que, no Oratório, contemplou Jesus                                                 Cristo atado à c...
Decifrando o enigma…                                                                     e a Ávila Aproveita bem a tua via...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Roteiro visita

347 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Roteiro visita

  1. 1. Um pouco de história… ÁVILA Rodeada de casas senhoriais e escoltada pelos leões que ocupam as pilastras da esplanada, surge-nos esta sóbria catedral. É um edifício fortificado, cujos primeiros dados SALAMANCA A origem do povoamento de Ávila é pré-romana. Os históricos são difíceis de precisar. Alguns autores defendem diversos castros localizados nas suas imediações assim o que Alvar Garcia, “homem de grande sabedoria em testemunham.Salamanca foi povoada por tribos celtiberas no século IV geometria”, começou a construi-la no ano de 1091 sobre osa.C. Posteriormente, a sua situação estratégica tornou-a restos da antiga igreja de S. Salvador que estava em muitoobjecto de conquista por Aníbal e pelos cartaginenses. Na época romana a cidade de Ávila aparece já mau estado por causa dos danos sofridos com as invasõesPouco depois ela foi romanizada e anexada à província configurada. árabes. A obra parece que foi possível graças ao interesselusitana, uma época de grande desenvolvimento por ser um mostrado pelo rei Afonso VI e os aos impostos que recolheuimportante centro de comunicações na Rota da Prata, uma Nos finais do séc. XI, Ávila reinicia a sua vida urbana com com tal objectivo.estrada que cruza de norte a sul a península ocidental. um marcado carácter defensivo. A sua altitude, mais deHistoriadores gregos referiam-se a ela como Helmantike e 1100 metros, torna-a a cidade mais alta de Espanha e Outros historiadores supõem que o início das obras semais tarde Salamantica, mas foi somente no século XIII que “atalaia” de Castela. deu no séc. XII.ela passou a ser conhecida como Salamanca.A sua cristianização deu-se antes do ano 600 d.C., pelos O conde D. Ramon de Borgoña organizou o O edifício foi projectado como templo e fortaleza.visigodos, e os mouros conquistaram a cidade 120 anos repovoamento da cidade e ordenou a construção dasdepois. O Rei Afonso VI reconquistou estas terras imponentes muralhas que imprimiram uma personalidade adefinitivamente e, em 1096, ordenou a colonização para o O estilo da catedral é gótico, com influência francesa. É esta bela cidade castelhana.seu genro, conde Raimundo de Burgundia. O repovoamento considerada como a primeira catedral gótica da Penínsulado território foi feito por colonizadores castelães, Ibérica. O apogeu que esta cidade alcançou na Alta Idade Médiaportugueses, galegos, judeus, franceses e moçárabes. Em está bem patente na sua grande riqueza de monumentos:1254, o Papa Alexandre IV chamou a Universidade de nas pequenas e belas igrejas românicas de Stº André e deSalamanca “uma das quatro luzes guiadoras do mundo” Segundo, fontes imprescindíveis para conhecer o românico;(junto com as universidades de Oxford, Paris e Bolonha). nas mais amplas e singulares igrejas de S. Vicente e de S. Santa Teresa de Ávila Pedro, já de um estilo românico de transição para o gótico A Universidade de Salamanca deu origem a diversas e, sobretudo, na Catedral, considerada como a primeira Dentro das muralhas de Ávila, a 28 de Março de 1515,personalidades famosas, como Frei Luis de Leon, um catedral gótica da Península Ibérica. nasceu Teresa, filha de D. Afonso Sanchez e de D. Beatriz.erudito progressista renascentista do final do século XVI. Os séculos XV e XVI marcam o auge da cidade. Constrói- Era uma jovem bela, de corpo admirável e de carácterA época de maior sofrimento para Salamanca ocorreu se o Mosteiro de S. Tomás e proliferam os palácios decidido.durante o século XIX, aquando da Guerra Peninsular. De abrasonados.1808 a 1811, Salamanca foi um terrível campo de batalha Na companhia do seu irmão Rodrigo, leu a vida dosentre exércitos que disputavam a hegemonia da Europa. A figura de Santa Teresa de Jesus, mística e doutora da Santos e também romances de Cavalaria, leituras essas quePor fim, em 1811, na batalha de Arapiles, próximo à cidade, Igreja, impregna toda a cidade. foram moldando a sua maneira de ser. Durante toda a vidaWellington derrotou o exército napoleónico numa luta estará no centro das simpatias onde quer que se encontre.decisiva. Mas as consequências foram irreversíveis, pois A Unesco, em 1986, declarou a cidade de Ávilamuitas obras de arte foram saqueadas e destruídas. A património da Humanidade. Antes de tomar a decisão definitiva de abraçar a vidanotoriedade de Salamanca no século XX esteve centrada na religiosa teve vários meses de incerteza. Por fim, resolveu-vida cultural e literária da sua Universidade Já no início do se a entrar no Convento da Encarnação de Ávila. A 3 deséculo XXI, a cidade foi considerada Capital Cultural da Novembro de 1536 fazia Teresa a sua profissão religiosa.Europa, o que proporcionou, em 2002, um novo impulso aesta cidade dinâmica e cosmopolita. A Catedral Teresa foi fazendo um percurso espiritual e sente que Deus a chama para uma entrega absoluta. Momento
  2. 2. decisivo foi aquele em que, no Oratório, contemplou Jesus Cristo atado à coluna da flagelação. Num primeiro Horário/Roteiro momento ficou perturbada, mas depois nasceu nela um grande desejo de ser santa. Nesta altura opta por uma vida de forte união com Deus. Aos 40 anos tinha feito a entrega 1ºDia - 11 de Março definitiva; aos 45 teve as primeiras visões; e um ano mais tarde sai para fundar, sobre bases revolucionárias para esse tempo, o seu primeiro convento reformado: S. José de Ávila. “Quem quiser comer tem de trabalhar”- era o7.00-Partida de Febres para Salamanca princípio de S. Teresa que restituiu a austeridade primitiva Salamanca é uma das cidades espanholas mais ricas em aos conventos carmelitas. monumentos da Idade Média, do Renascimento e das épocas clássica e barroca. Destacam-se as Catedrais, o12.30 – Almoço em Ciudad Rodrigo Palácio de La Salina, o Palácio de Anaya, o Palácio de Percorre quase toda a Espanha com aqueles pés miúdos Monterrey, a Casa das Conchas, o Convento das Dueñas numas simples alpercatas. Onde tivermos palha temos e a Torre do Clavero. O Museu Diocesano, o Museu15.30-Chegada a Salamanca e início das visitas camas”- dizia. Foi uma grande reformadora do Carmelo, Catedralício, o Museu Universitário e o Museu das uma mulher enérgica, cheia de vitalidade espiritual. Assim, Dueñas são outras referências culturais da cidade. fundou vários conventos para carmelitas: Toledo, A actual vida quotidiana de Salamanca centra-se na sua (Catedrais, Universidade, Casa das Salamanca, Alba de Tormes, Sevilha, Burgos, Segóvia… famosa e prestigiada universidade, na alegria Juntamente com S. João da Cruz, lança-se também à cosmopolita e poliglota dos seus visitantes e na Plaza reforma entre os homens. Mayor. Esta praça, edificada entre 1729 e 1755, é o Conchas, “Plaza Mayor”) centro e o símbolo universal da cidade. Recomendava muitas vezes às suas irmãs: “Nada te19.00- Chegada ao hotel perturbe, nada te espante, a quem Deus tem nada lhe falta Ávila é uma cidade muralhada e apresenta-se – só Deus basta”. fortemente marcada pela história, sobretudo dos séculos XII e XV. A muralha, com 2,5 quilómetros de20.00-Jantar Escreveu várias obras de grande valor espiritual. extensão, possui várias portas e 88 torres redondas, dispostas de 20 em 20 metros. As portas de Alcazar e de Foi canonizada em 1622 e, em 1970, foi proclamada, S. Vicente localizam-se na parte mais antiga, voltada a21.30 - Serão. oriente, sendo a mais monumental; na sua face norte pelo Papa Paulo VI “ Doutora da Igreja”, pelos méritos dos apresenta reminiscências mouriscas. A cidade foi escritos doutrinários que deixou à Igreja universal. ocupada pelos Árabes no século VIII e conquistada por0.00– Silêncio e recolher obrigatório D. Afonso VI em 1088. 2º Dia – 12 de Março8.00 – Pequeno-almoço.8.30 – Partida para Ávila.10.00–Passeio de reconhecimento ao Centro
  3. 3. Decifrando o enigma… e a Ávila Aproveita bem a tua viagem... Dias 11 e 12 de Março de 2011 a SalamancaAgrupamento de Escolas Finisterra – Febres Visita de Estudo do 9º ano

×