SlideShare uma empresa Scribd logo
DISTRIBUIÇÃO GRATUITA
T i r a g e m 2 0 m i l - w w w . f b . c o m / ERME L I N OE P O N T ERA S A - T e l . : ( 1 1 ) 2 0 3 1 - 2 3 6 4 - r a l e st e @ g m a i l . c o m
1° Quinz. de Janeiro de 2015ANO XII / Nº
Fotos mostram
a beleza
encontrada no
caos paulistano
Com o tema “A beleza no
caos”, que volta seu olhar às
imagens da paisagem paulista-
na, será lançada uma galeria de
fotografia totalmente colabora-
tiva no próximo 23 para come-
morar os 462 da cidade de São
Paulo... PÁGINA. 04
Negócios que
crescem em
época de crise
A crise econômica de 2016,
que nós já havíamos antecipado
desde o início do segundo se-
mestre, já está ai... PÁGINA. 06
Confira dicas
paraeconomizar
na compra do
material escolar
Um dos conselhos é reuti-
lizar objetos usados nos anos
anteriores, como apontadores,
mochilas e até cadernos
Quem foi comprar materiais
escolares neste início de ano
pôde notar um aumento signifi-
cativo em produtos comuns das
listas... PÁGINA. 07
O dente do siso
serve só para
ser extraído?
O dente do juízo, como é
conhecido popularmente o siso,
ganhou esse apelido porque ele
tende a surgir quando estamos
na iminência da vida adulta, ou
seja, entre os 17 e 25 anos. Mes-
mo que muitos questionem a ra-
zão de termos o dente do siso,
ele tem... PÁGINA. 09
Para conseguir passe livre
em SP ‘é melhor eleger um
mágico’, diz Haddad
O prefeito Fernando Haddad
(PT) disse na tarde desta quinta-
-feira (21) que apenas um “má-
gico” seria capaz de resolver o
problema da isenção da tarifa
do transporte público para todo
a população de São Paulo. Essa
é a reivindicação dos manifes-
tantes do Movimento Passe Li-
vre (MPL) que vêm realizando
protestos semanalmente na ci-
dade... PÁGINA. 05
Iluminação por LED valoriza
os espaços públicos
Das 618 mil lâmpadas que
compõem o parque lumino-
técnico da cidade de São Pau-
lo, quase 20 mil são LED, das
quais quase a metade (9.074
unidades) foram instaladas nos
dois últimos anos.
Essa tecnologia, que con-
some, em média, 50% menos
energia elétrica em relação a ou-
tros tipos de lâmpadas utilizadas
e clareiam mais, daqui a cinco
anos deverá ser vista em toda a
cidade.... PÁGINA. 05
Ermelino Matarazzo
tem programação dos
462 anos da Cidade de
São Paulo
Considerada a maior cidade
do país e da América do Sul,
São Paulo vai completar 462
anos na segunda-feira, dia 25
de janeiro de 2016. Para ce-
lebrar o aniversário da “Terra
da Garoa”, alguns cantores,
bandas e orquestras se apre-
sentarão em diversos cantos da
capital.
Com apresentações dividi-
das em três dias, 23, 24 e 25 de
janeiro, a celebração contará
com shows gratuitos e pagos
de artistas como Gilberto Gil,
Daniela Mercury... PÁGINA. 03
2 ERMELINO & PONTE RASA - 15 a 31 DE JANEIRO DE 2016
Atualidades
Diretor Executivo:
Jornalistas (fl):
Assistênte de Redação:
Designer Gráfico
Representantes:
Reporter Fotográfico(fl):
Revisora:
Administrativo Financeiro:
Distrib./Logistica:
Impressão:
Divaldo Rosa
Silmara Galvão Nunes-MTb 51.096
Ariane Andrade
Bruno Barreto Rosa
Eduardo Rocha e João Victor
Eduardo Rocha
Prof. Suseli Corumba
Ademir Rodrigues
MULTI-Distrib.Jornais e Folhetos
Gráfica PANA
As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não repre-
sentam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes
comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa.
REDAÇÃO E PUBLICIDADE
Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928
Av. dos Guachos, 166 - 08030-360-Vl.Curuçá–SP
www.aconteceagora.com.br | E-mail: raleste@gmail.com
CIRCULAÇÃO: Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa e Cangaíba,
onde residem mais de 400 mil habitantes.
Um veículo do GRUPO ACONTECE de Jornais e Revistas
Associado a:
Ed. 225 - 2ª Quinz. Janeiro de 2015
Atos contra reajuste de tarifa
tiveram feridos, detidos e
depredações
Em 2016, São Paulo teve três
manifestações organizadas
pelo MPL. Movimento diz que
atos reuniram 53 mil pessoas
Os três protestos de 2016
contra o aumento das tarifas
de trens, ônibus e metrô em
São Paulo tiveram 38 pessoas
detidas, 24 feridas,12 veículos
depredados e duas estações de
Metrô vandalizadas. Após a
divulgação do reajuste nas pas-
sagens, em 30 de dezembro do
ano passado, o Movimento Pas-
se Livre (MPL) convocou três
atos na capital paulista, nos dias
8, 12 e 14 de janeiro.
A tarifa de ônibus, trens e
metrô subiu de R$ 3,50 para R$
3,80 no dia 9. Desde a semana
passada, o MPL faz atos contra
o reajuste. Segundo o movimen-
to, os protestos reuniram, ao
todo, 53 mil manifestantes. Já a
Secretaria da Segurança Pública
(SSP) contabilizou 7 mil parti-
cipantes. A atuação da PM e dos
manifestantes também variou
durante os protestos.
1º ato contra o reajuste - 8
de janeiro
A primeira manifestação
convocada pelo MPL aconteceu
na noite de 8 de janeiro. O mo-
vimento não divulgou o trajeto
previamente, como o governo
havia pedido, mas a polícia per-
mitiu que o ato fosse iniciado.
Policiais militares e masca-
rados entraram em confronto
pouco tempo depois, quando
uma motorista que estava no
Corredor Norte-Sul foi hostili-
zada por mascarados. A polícia
jogou bombas e os manifestan-
tes, pedras e garrafas. Houve
vandalismo em ruas do Centro.
Seis dicas para iniciar 2016 com ‘saúde pra dar e vender’A fim de iniciar o ano com
o pé direito, muitas pessoas –
tomadas pelo entusiasmo das
resoluções de ano novo – deci-
dem abandonar o sedentarismo
e colocar em prática atitudes
para uma vida mais saudável.
Todavia, errar na ‘dosagem’ de
algumas práticas pode minar as
forças e prejudicar todo o plane-
jamento do ano. Pensando nis-
so, seis especialistas de diversas
elencam ações duradouras que
podem fazer grande diferença
em prol da saúde.
•	 Dietas e metas para
emagrecer - uma das metas mais
prometidas é a perda de peso.
No entanto, para a nutricionista
Regina Stikan, o grande erro de
muitos é seguir por conta pró-
pria ‘fórmulas milagrosas’ que
prometem o resultado com pou-
co esforço. “Quando decidem
emagrecer, algumas pessoas
acabam fazendo isso de forma
inadequada, já que cortam da
alimentação itens indispensá-
veis para o equilíbrio do corpo
e da mente. Buscar informações
além do ‘doutor Google’ pode
atenuar as chances dessa resolu-
ção não ser cumprida”, diz.
•	 Cuidar melhor de
‘quem’ nos conduz a todos os
lugares: as nossas pernas - uma
vida saudável inclui boa ali-
mentação, exercícios físicos
regulares e não ter o hábito de
fumar. Dores e inchaço nas per-
nas, por vezes, são decorrentes
de doenças da circulação, como
as varizes, mas também podem
ser decorrentes de vida sedentá-
ria. “Lembrar também da trom-
bose e embolia pulmonar que
podem estar relacionadas ao
tabagismo, uso de pílula anti-
concepcional e cuja incidência
também aumenta com a idade e
durante viagens longas, princi-
palmente de avião”, esclarece o
vascular Reinaldo Donatelli.
•	 Férias para desligar -
muitos trabalhadores durante as
férias não conseguem ‘se desli-
gar’ por completo das ativida-
des profissionais. A psicóloga
Solange Martins Ferreira expli-
ca que “esse período é vital para
a pessoa recuperar energias e o
corpo e a mente se desligarem
das atividades do cotidiano. Ter
a consciência que ninguém é
insubstituível no ambiente de
trabalho pode ajudar a relaxar
e aproveitar melhor os dias de
descanso”.
•	 Exposição ao sol e os
riscos aos olhos: muitos se es-
quecem dos óculos escuros du-
rante os dias de sol, ou, então,
pior ainda, optam por modelos
falsificados. “A imensa maio-
ria dos óculos ‘baratinhos’ não
oferecem qualquer proteção
contras os raios ultravioletas, e
isso pode ser altamente compro-
metedor, já que o efeito do sol
é cumulativo. Se proteger, prin-
cipalmente no verão, evita que
doenças degenerativas atinjam a
retina e outras partes dos olhos.
Estudos mostram, ainda, que
pterígio e catarata, por exemplo,
também possuem relação com
essa questão”, alerta o oftalmo-
logista Jae Min Lee.
•	 Proteja sempre a pele
– muitas pessoas se esquecem
de proteger – talvez – a parte do
corpo que mais fica exposta aos
perigos do dia a dia: a pele. O
dermatologista Leonardo Abru-
cio Neto informa que “incorpo-
rar o hábito de utilizar protetor
solar pode fazer a diferença, in-
clusive, para a aparência. O fator
de proteção solar mínimo, reco-
mendado pela Sociedade Brasi-
leira de Dermatologia é de 30.
Este fator confere proteção ade-
quada contra os raios ultravioleta
B, envolvidos na ocorrência de
queimaduras solares, câncer de
pele e foto-envelhecimento. Na
dúvida, consultar o dermatolo-
gista é a melhor opção”.
•	 Vida moderna e os ris-
cos à coluna - o ser humano adota
hábitos que o obriga e o condi-
ciona a executar parte conside-
rável de suas atividades sentado.
Além disso, preso às telas (de
computador, tablets, smartpho-
nes e televisão), é comum au-
mentar o surgimento dos proble-
mas relacionados à má postura.
O ortopedista Emerson Garms
explica que a falta de atividade
física regular e as práticas profis-
sionais repetitivas fazem com que
a redução da mobilidade articular
e as compensações se instalem e
levem aos primeiros sinais dolo-
rosos na coluna. “Se atentar à pos-
tura e buscar ajuda médica logo
no início de eventuais problemas
nas costas ou coluna pode fazer a
diferença entre uma recuperação
sadia ou cirúrgica”, diz.
3ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 31 DE JANEIRO DE 2016
Destaque Local
São Paulo: 462 anos!
Somos a categoria que saúda, logo cedo, todos os outros
trabalhadores que saem para construir esta cidade.
Isso muito nos orgulha. Parabéns, São Paulo!
Você e sua população lutadora dão exemplo para o Brasil.
Somos a categoria que saúda, logo cedo, todos os outros
trabalhadores que saem para construir esta cidade.
Isso muito nos orgulha. Parabéns, São Paulo!
Você e sua população lutadora dão exemplo para o Brasil.
Chiquinho Pereira
presidente
SEDE:RUAMAJORDIOGO,126-BELAVISTA-SÃOPAULO-SP-TEL.:3242.2355-WWW.PADEIROS.ORG.BR
anuncio São Paulo 462 anos.indd 1 20/01/16 15:31
Ermelino Matarazzo tem programação dos
462 anos da Cidade de São PauloArtistas homenageiam os 462
anos da cidade nos dias 23, 24
e 25 de janeiro
Considerada a maior cidade
do país e da América do Sul,
São Paulo vai completar 462
anos na segunda-feira, dia 25
de janeiro de 2016. Para ce-
lebrar o aniversário da “Terra
da Garoa”, alguns cantores,
bandas e orquestras se apre-
sentarão em diversos cantos da
capital.
Com apresentações dividi-
das em três dias, 23, 24 e 25 de
janeiro, a celebração contará
com shows gratuitos e pagos de
artistas como Gilberto Gil, Da-
niela Mercury, Rappin Hood,
Criolo, Raimundos, Fabiana
Cozza, Maria Gadú, Tulipa
Ruiz, Marcelo Jeneci, Filipe
Catto, Vanguart, Bixiga 70,
Clube do Balanço, Funk Como
Le Gusta, entre outros.
Para te ajudar a não perder
nada, o Guia da Semana listou
os principais shows do aniver-
sário de São Paulo em 2016.
Tome nota:
No sábado, dia 23 de ja-
neiro, o cantor Mano Reú e o
rapper Rappind Hood (foto) se
apresentam no Palco Vila Ma-
ria/Vila Guilherme, localizado
na Av. Curuçá esquina com
Av. Guilherme Cotching.
Horário: 18h30 | Entrada:
gratuita
Os cantores Anderson Sos-
sêgo e Os Prettos (foto) e o
grupo Kisonzera também se
apresentam no dia 23, no Palco
Ermelino Matarazzo, localiza-
do na Praça Benedicto Ramos
Rodrigues.
Horário: 18h30 | Entrada:
gratuita
Os rappers Di Função,
Edi Rock (foto), do Racionais
MCs, e Amanda Negrasim se
apresentam no sábado, dia 23,
no Palco Glicério, localizado
na Praça Ministro Costa Man-
so.
Horário: 17h | Entrada:
gratuita
O funkeiro MC Garden
mostra sucessos como “Isso é
Brasil” e “Encostei no Baile
Funk” durante o show ‘Gera-
ção de Pensadores’, que acon-
tece no sábado, dia 23, no Par-
que Raul Seixas, localizado na
Rua Murmúrios da Tarde, 211
- Itaquera.
Horário: 20h | Entrada:
gratuita
Nos dias 23 e 24 de janeiro,
artistas como Negra Li (foto),
Banda Glória, Maria Gadú,
Carlos Lyra, Fabiana Cozza e
Tony Tornado se apresentam
nos principais Centros Culturais
da cidade.
Horário: a partir das 11h |
Entrada: gratuita
No sábado, dia 23 de janei-
ro, acontecem as apresentações
de Bicho de Pé, Ratos de Po-
rão, KL Jay, Raimundos (foto),
Gog, Rashid, Seu Chico e Supla
nas unidades dos CEUs (Cen-
tros Educacionais Unificados)
em São Paulo.
No domingo, dia 24, a can-
tora Daniela Mercury se apre-
senta em cima de um trio elé-
trico pelas ruas da cidade. A
concentração acontece na Av.
Faria Lima e o trio seguirá pela
Av. Rebouças e Rua da Conso-
lação. Durante a apresentação,
a artista vai mostrar sucessos
de sua carreira e algumas can-
ções de seu mais novo trabalho,
o álbum Vinil Virtual, além
de clássicos do samba e até do
rock’n’roll.
Horário: a partir das
15h30 | Entrada: gratuita
4 ERMELINO & PONTE RASA - 15 a 31 DE JANEIRO DE 2016
Fotos mostram a beleza encontrada no caos paulistano
Sábado, domingo e segunda:
das 13hs às 19hs. Aviso: a ex-
posição ficará por dois meses.
Com o tema “A beleza no
caos”, que volta seu olhar às
imagens da paisagem paulis-
tana, será lançada uma galeria
de fotografia totalmente cola-
borativa no próximo 23 para
comemorar os 462 da cidade de
São Paulo. O espaço escolhido
é um galpão - Armazém da Ci-
dade - localizado em uma das
referências mundiais das artes
plásticas: o Beco do Batman, na
Vila Madalena.
Batizado de “Galeria da
Cidade”, esse é um projeto da
Phooto, líder brasileira no seg-
mento de produtos customiza-
dos com fotos, com o Catraca
Livre, destinado a ajudar a de-
mocratizar a disseminação da
arte fotográfica.
A exposição foi criada para
comemorar os 462 anos da ci-
dade de São Paulo e, ao mesmo
tempo, lançar a primeira gale-
ria colaborativa de fotografia,
criada pela Phooto em parceria
com o Catraca Livre. Exposição
mostra 462 imagens enviadas
por fotógrafos amadores e pro-
fissionais a partir de uma pro-
vocação sobre a cidade de São
Paulo: “A beleza encontrada no
caos”.
Durante os três dias do final
de semana prolongado, haverá
shows ao vivo de Jazz e MPB.
As fotos podem ser enviadas
por qualquer pessoa, preferen-
cialmente em alta resolução, nes-
te link. Uma equipe de curadores
seleciona as imagens expostas (é
importante dizer que essas fotos
não serão vendidas). Se quiser
participar, pode mandar suas fo-
tos por essa página -http://beleza-
nocaos.tumblr.com/
Veja algumas fotos da expo-
sição.
5ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 31 DE JANEIRO DE 2016
Politica
VIVER
Em Segurança
Coronel Emanuel de Aquino
Suzane Richthofen
volta ao noticiário
*Emanuel de Aquino Lopes é Co-
ronel da Reserva da Policia Militar,
Mestre em Ciências Policiais de Se-
gurança e Ordem Pública, especia-
lizado em Direitos Humanos pela
FundaçãoGetúlioVargas,Professor
de Pós Graduação na Faculdade
Zumbi dos Palmares, membro do
Núcleo de Projetos Estratégicos –
ISAE Amazônia edo Luxembourg
Brasil Business Council. (email:
majaquino@yahoo.com.br)
Suzane Von Richthofen,
a menina condenada com 39
anos de reclusãopela morte
dos pais, crime que chocou
o país, volta ao noticiário
nacional. Dessa vez ela
exige na Justiça indeniza-
ção do Estado de São Paulo
alegando ter sido coagida a
exibir sua imagem enquan-
to integrante do sistema
penitenciário. Sabiamente,
a questão foi dirimida pelo
não acatamento do pedido
de indenização justificando-
-se a decisão com o fato de
que “à luz da gravidade dos
crimes praticados pela auto-
ra, com a natural e enorme
repercussão em todos os
meios de comunicação, não
é possível que sua imagem
tenha sofrido em virtude de
fotografias...”. Tentou tam-
bém sem sucesso indeniza-
ção por abalo psicológico
em razão de uma rebelião
ocorrida na cadeia e até
pensão alimentícia pelo es-
pólio dos pais. Tudo negado
e fica o exemplo para refle-
xão daqueles que cultivam
tais ideias achando que a
sociedade não está atenta.
Com certeza não temos um
sistema perfeito mas temos
que aplaudir quando deci-
sões corretas são tomadas e
acabam ecoando na mente
das pessoas.
Para conseguir passe livre em SP ‘é
melhor eleger um mágico’, diz Haddad
Atender reivindicação do MPL
custaria o IPTU da cidade, afir-
ma prefeito.‘Prefeito não vai
dar conta disso’, diz Haddad.
O prefeito Fernando Haddad
(PT) disse na tarde desta quinta-
-feira (21) que apenas um “má-
gico” seria capaz de resolver o
problema da isenção da tarifa
do transporte público para todo
a população de São Paulo. Essa
é a reivindicação dos manifes-
tantes do Movimento Passe Li-
vre (MPL) que vêm realizando
protestos semanalmente na ci-
dade.
“Agora quer passe livre para
todo mundo. Então é melhor
eleger um mágico em outubro,
porque prefeito não vai dar
conta disso”, afirmou Haddad
durante uma visita ao bairro de
Santo Amaro, na Zona Sul.
O prefeito também criticou
o posicionamento da impren-
sa que o questiona sobre essa
possibilidade. “’Você não vai
dar passe livre pra todo mun-
do? (questiona a imprensa)’.
Dá vontade de perguntar como
você tem a coragem de me fa-
zer uma pergunta dessa. Passe
livre pra todo mundo custa todo
o IPTU da cidade. Eu precisaria
pegar todo o IPTU da cidade, ti-
rar da Educação, tirar da saúde,
tirar da cultura”, argumentou.
Haddad disse ainda que
não irá gastar dinheiro público
na veiculação de propagandas.
“Vem me cobrar de comunica-
ção. Não tem comunicação que
dê conta disso, eu vou botar o
que na televisão, vou gastar
dinheiro público para falar o
quê?”, questiona ele.
De acordo com o prefeito, a
cidade já gasta R$ 2 bilhões por
ano em subsídio ao transporte
público, sendo que são R$ 700
milhões apenas com o passe li-
vre para 530 mil estudantes que
conseguiram gratuidade. “Eu
não prometi passe livre na cam-
panha, prometi Bilhete Único
Mensal, faixa e corredor de ôni-
bus. Fiz mais do que prometi,
inclusive.”
Sobre a divulgação do traje-
to do protesto com antecedên-
cia, ele diz que é um pedido da
Secretaria da Segurança Pública
e da Companhia de Engenharia
de Tráfego (CET) para organi-
zar a cidade para ter o menor
impacto possível no trânsito.
“Para nós o direito de manifes-
tação é sagrado desde que res-
peitado alguns protocolos im-
portantes”, disse Haddad.
Questionado sobre a possi-
bilidade da suspensão do reajus-
te da tarifa de ônibus, Haddad
disse que o único caminho de
diálogo futuro é com a aprova-
ção de uma PEC que municipa-
liza a CIDE (Contribuições de
Intervenção no Domínio Eco-
nômico).
“Tem uma PEC no Congres-
so Nacional que propõe a mu-
nicipalização dos tributos que
incidem sobre a gasolina. E a
proposta dos prefeitos do Brasil
inteiro, não é proposta de São
Paulo, que essa PEC seja apro-
vada, porque nós teríamos uma
fonte de financiamento para a
tarifa de transporte público”,
afirmou.
Iluminação por LED valoriza os
espaços públicosVista em 20 mil pontos, obje-
tivo é contar com a tecnologia
em toda a cidade em cinco
anos
Das 618 mil lâmpadas que
compõem o parque lumino-
técnico da cidade de São Pau-
lo, quase 20 mil são LED, das
quais quase a metade (9.074
unidades) foram instaladas nos
dois últimos anos.
Essa tecnologia, que con-
some, em média, 50% menos
energia elétrica em relação a
outros tipos de lâmpadas utili-
zadas e clareiam mais, daqui a
cinco anos deverá ser vista em
toda a cidade. Isso porque, por
meio de uma parceria público-
-privada, esse será o prazo para
que o vencedor coloque em prá-
tica a prestação de serviços de
modernização, otimização, ex-
pansão, operação, manutenção
e controle remoto e em tempo
real da infraestrutura da rede de
iluminação pública do municí-
pio de São Paulo.
Em resumo, essa parceria
funcionará assim: no primei-
ro ano, deverá trocar 10% das
luminárias por LED e ampliar
o parque em 70 mil pontos de
iluminação; nos quatro anos
seguintes, substituir 22% das
luminárias anualmente até com-
pletar o parque, além de ampliá-
-lo em 5% por período para
fazer frente ao crescimento da
demanda, que é constante.
Enquanto isso, a Secretaria
de Serviços, por meio do Depar-
tamento de Iluminação Pública
(Ilume), continua colocando em
ação o seu programa de remo-
delação. Iniciado em 2013, o
programa que prevê a substi-
tuição de lâmpadas com baixo
potencial luminotécnico por ou-
tras mais eficientes já substituiu
mais de 255 mil lâmpadas, ou
cerca de 40% de todo o parque.
O objetivo é contribuir com a
segurança urbana, qualificar os
espaços públicos e levar mais
qualidade de vida aos muníci-
pes.
Parte importante dessa ação,
que já levou iluminação por
meio de LED a pontos como
Avenida 23 de Maio, Marginal
Pinheiros, baixos do Elevado
Costa e Silva (Minhocão) e
Viaduto do Chá, é o programa
“LED nos bairros”. Por meio
dele, já foram beneficiadas
duas comunidades: Heliópolis,
com 1.277 luminárias (primei-
ro bairro da América Latina a
contar com essa tecnologia), e
Jardim Monte Azul, com 546
luminárias.
Até o final do semestre,
a meta é instalar outras 55
mil unidades em bairros de
sete distritos - Brasilândia
(9.400 unidades), Jardim Ân-
gela (10.100), Jardim Helena
(5.900), Lajeado (6.800), Pe-
dreira (6.300),Raposo Tavares
(5.300) e Sapopemba (11.300)-
também serão contemplados
com iluminação por meio de
LEDs, num total aproximado
de R$ 200 milhões de investi-
mentos. A escolha desses locais
leva em conta os índices de vul-
nerabilidade social.
Para o secretário de Serviços,
Simão Pedro, a modernização da
iluminação pública da cidade,
além de melhorar a sensação de
segurança, contribui para a reo-
cupação dos espaços públicos
durante a noite, garantindo mais
conforto aos moradores.
6 ERMELINO & PONTE RASA - 15 a 31 DE JANEIRO DE 2016
Emprego
Negócios que crescem em época de criseA crise econômica de 2016,
que nós já havíamos anteci-
pado desde o início do segun-
do semestre, já está ai. Basta
acompanhar os jornais, revistas
e noticiários na TV. Mas isso
não significa que você não deve
pensar em abrir seu negócio
próprio.
Existem muitos tipos de ne-
gócios que crescem em tempos
de crise, e se você estiver prepa-
rado, um ambiente econômico
que pode parecer desfavorável,
pode acabar lhe proporcionando
ótimas opções de investimento.
Se a crise econômica de
2016 é inevitável, vamos en-
tão nos preparar para descobrir
quais são os segmentos que irão
apresentar as melhores oportu-
nidades de crescimento, apesar
do ambiente econômico desfa-
vorável.
Com a crise as pessoas estão
a voltar a usufruir de serviços
mais básicos e a retornar a há-
bitos antigos que nos últimos
tempos foram perdendo utiliza-
dores e negócios. Esta é a altu-
ra certa para criar um negócio
numa destas áreas.
Consertos e reparos em
roupas
Em tempos de crise, muita
gente prefere fazer pequenos
reparos em roupas a comprar
uma nova e comprometer o or-
Erros que empreendedores de sucesso
nunca cometemMuitos empreendedores
bem-sucedidos são mais do que
excelentes pessoas de negócios.
Eles são, também, mestres em
autoconhecimento e transfor-
mam seus comportamentos
autolimitadores, obstáculos in-
conscientes, em avanços cons-
cientes, tanto na vida pessoal
quanto na profissional. Seu su-
cesso é construído com base em
perspicácia para os negócios e
crescimento pessoal. Compor-
tamentos autolimitadores são
muito comuns e, sem entender
que é possível mudar estas cren-
ças e comportamentos, muitos
empreendedores com potencial
para o sucesso afundam. Aque-
les que são satisfeitos em rela-
ção a sua escolha de carreira e
atingem sucesso real na tenta-
tiva de evitar comportamentos
negativos são os que alcançam
o sucesso.
Duvidar de sua intuição
Sentimentos intuitivos são
muito frequentemente descon-
siderados na hora da tomada de
decisões. Os empreendedores
mais bem-sucedidos utilizam
sua percepção para ter grande
vantagem, equilibrando lógica
e intuição para tomar decisões
substanciais que os propulsio-
nam para longe. Eles acreditam
em sua própria consciência e
lideram com profundo autoco-
nhecimento e clareza.
Esperar sucesso fácil atra-
vés de favores
Dizem que não há nada
çamento. É cada vez maior o
número de empresas de peque-
nos reparos em roupas que são
abertas em todo o país.
Revenda de carros usados
Com o dinheiro ficando cur-
to e o crédito escasseando, mui-
ta gente, ao invés de comprar
um carro novo, vai recorrer ao
bom e velho carro de segunda
mão e ai surge mais uma ideia
de negócio que deve crescer
muito em uma situação de crise
econômica.
Food Trucks
A moda dos Food Trucks
começou em Nova York e em
função da crise de 2008 e che-
gou em São Paulo, de onde está
se espalhando para todo o Bra-
sil. Embora seja relativamen-
te novo esse é uma das nossas
apostas sobre negócios que
crescem em tempos de crise.
como um almoço de graça, e é
verdade. Sucesso empresarial é
alcançado quase exclusivamen-
te através de trabalho duro e de-
sejo de conquistar as coisas. Os
melhores empreendedores não
sonhariam com favores ou não
esperariam ser recompensados
por nada. Obviamente, procurar
por maneiras de chegar à fren-
te pode ser bom, especialmente
nos estágios iniciais de come-
çar um negócio. Profissionais
bem-sucedidos sabem que seu
sucesso é diretamente propor-
cional a quanto eles trabalham,
e respeitam quem faz a mesma
coisa.
Acreditar que não é possí-
vel mudar
Aqueles que se autolimi-
tam têm em comum colocarem
a culpa de suas frustrações em
outras pessoas ou dizerem que a
situação está fora de seu contro-
le. Mudar seu próprio compor-
tamento não é uma opção: estas
pessoas pensam coisas como “eu
sou apenas quem eu sou” e “não
é minha culpa”. No entanto, na
maioria das vezes, reações e
comportamentos são hábitos que
podem ser mudados facilmen-
te com um autoquestionamento
consistente. Empreendedores
bem-sucedidos assumem total
responsabilidade por criar e mu-
dar suas reações habituais a in-
fluências externas, e sabem que
a única coisa que eles podem
mudar é sua própria perspectiva.
Pensar que não há tempo
suficiente
Todo mundo tem a mes-
ma quantidade de tempo por
dia – você tem as mesmas 24
horas que todos. Acreditar con-
tinuamente que não há tempo o
suficiente no dia para fazer tudo
pode, na verdade, demonstrar
uma falta de habilidade para de-
legar, falta de planejamento ou
perda de tempo com distrações e
tarefas desnecessárias. Empreen-
dedores bem-sucedidos são guar-
diões de seu tempo e sabem como
terminar tudo prestando atenção
no que priorizar e procurando
constantemente por maneiras de
melhorar sua administração.
7ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 31 DE JANEIRO DE 2016
Variedade
Confira dicas para economizar na
compra do material escolarUm dos conselhos é reuti-
lizar objetos usados nos anos
anteriores, como apontadores,
mochilas e até cadernos
Quem foi comprar materiais
escolares neste início de ano
pôde notar um aumento signifi-
cativo em produtos comuns das
listas deste período, como ca-
dernos, mochilas e canetas.
Uma pesquisa realizada pelo
Núcleo de Pesquisas Econô-
mico-Sociais da Unitau (Nu-
pes), revelou um aumento
de quase 25% nos materiais
escolares nas cidades de São
José dos Campos e Taubaté.
Proprietária de uma loja
no bairro de São Miguel, De-
nise Lima conta que espera
por melhora nas vendas até
o início das aulas. “É o nos-
so primeiro ano de volta às
aulas, então a expectativa é
boa. Mas ainda está num mo-
mento de espera, a gente tá
esperando pra ver o mercado
e como ele vai reagir, como
a empresa vai estar atenden-
do ao mercado. É uma espera
mesmo”.
De acordo com alguns lo-
jistas da região, muitos clien-
tes têm optado por produtos
de marcas menos conhecidas.
“Muitos estão procurando
materiais de segunda linha,
que também são de qualida-
de, porém não são daquelas
marcas mais conhecidas”,
alertou um deles.
Segundo especialistas, a
melhor forma de economizar
na lista de material escolar é
reutilizando produtos do ano
anterior.
A primeira dica de mate-
rial escolar é fazer um levan-
tamento do que eu pode ser
utilizado do ano anterior. É
claro que as crianças sempre
querem material novo. Ano
novo, com tudo novinho.
Mas os pais têm que fazer
essa avaliação financeira. Será
que a mochila não posso usar
do ano anterior? Eu não tenho
régua, apontador e até cadernos
que eu posso utilizar do ano an-
terior? Fazendo essa balanço,
vai reduzir as despesas de com-
pras de novos materiais nesse
ano.
Outra dica dada pelo é a
pesquisa de preços de produ-
to para produto nas lojas.
Na compra do material,
a opção é sempre a compra
a vista, você consegue des-
conto. E fazer a pesquisa em
mais de um estabelecimento.
Não fazer a pesquisa com lis-
ta fechada das escolas, e sim
por item. Porque em um de-
terminado estabelecimento o
caderno pode estar mais ba-
rato, no outro um apontador
mais barato. Ao fazer uma
pesquisa em três estabeleci-
mentos você consegue gastar
menos na compra desse ma-
terial.
Segundo a pesquisa feita
pelo Nupes, os produtos que
encontram maior variação de
preços no mercado são apon-
tadores, canetas hidrocor,
réguas 30 centímetros, borra-
chas e mochilas.
Ainda de acordo com o
levantamento, a diferença da
qualidade de cada material
foi o principal fator para a
variação de quase 70% entre
preços máximos e mínimos.
Nova regra de taxistas em São Paulo exige roupa social
A partir de segunda-feira
(18), taxistas de São Paulo terão
que seguir regras de vestuário,
comportamento e higiene deter-
minadas pela Prefeitura. Entre
as determinações está o traje so-
cial ou esporte fino para todos
os motoristas e uso de terno e
gravata ou smoking para táxis
da categoria táxi luxo.
O Sinditaxistasp (Sindica-
to dos Taxistas Autônomos de
São Paulo) aprovou o código de
conduta da categoria que obriga
os profissionais a trabalharem
vestidos com roupa social. A
esperança da entidade, que hoje
representa 33,7 mil profissio-
nais autônomos, é fazer frente
a aplicativos de carona pagos,
como o Uber.
A determinação foi publica-
da pelo Departamento de Trans-
portes Públicos (DTP) no fim
de dezembro do ano passado e
os motoristas tiveram 30 dias
para se adaptar.
Além de seguir as regras dos
trajes, será obrigatório manter a
camisa abotoada, exceto o bo-
tão do colarinho, estar com o
sapato limpo e engraxado, e o
cinto afivelado. Também foram
proibidas camisa esportiva ou
com estampas, bermudas e ja-
quetas de times de futebol.
Quem comemorou a nova
medida da Secretaria Municipal
dos Transportes foi o comércio
local, principalmente os volta-
dos para a moda masculina. A
norma vai estimular as vendas
de janeiro, mês considerado fra-
co para o ramo de confecções.
A portaria municipal pas-
sou a valer na última a partir
do dia18 e vale também para as
mulheres, que deverão vestir o
tradicional terninho.
A determinação estabelece
ainda outras normas, tais como
a de higiene do veículo e do ta-
xista, proíbe discriminação de
passageiros e recusa de corrida
e até aconselha a evitar conver-
sas sobre política ou futebol.
A multa pelo descumpri-
mento das regras é de R$ 35,52
por infração. Porém, os agen-
tes do DTP (Departamento de
Transportes Públicos), por en-
quanto, estão apenas orientan-
do os condutores.
8ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 31 DE JANEIRO DE 2016
Fitniss
Cuidados básicos na hora de malhar
Suor no aparelho de muscula-
ção, palavrões, desodorante ven-
cido, celular tocando durante a
aula de alongamento... nas acade-
mias, sobra vontade de ficar em
forma, mas, muitas vezes, falta
educação.
Tatiana Nunes, 38 anos, sofre
com a falta de etiqueta de alguns
colegas de malhação.
“Não tem coisa pior do que
sentar em um aparelho e subir
aquele cheiro de suor alheio”, re-
lata ela. E essa reclamação não é
incomum.
“Isso acontece bastante. Mes-
mo deixando álcool e pano dispo-
níveis, muitos alunos não fazem
a higiene depois de terminar o
exercício”, diz Roberto Eduardo,
gerente de academia.
Atitudes como essa costu-
mam ser unanimemente aponta-
das como falta de etiqueta. Assim
como monopolizar o equipa-
mento de ginástica. Não sair da
esteira, bicicleta ou elíptico ao
término de seu tempo é muito de-
sagradável. E na hora de utilizar
um aparelho de musculação, não
se zangue se alguém pedir para
revezar com você. É de bom tom
e estimula a cordialidade.
O figurino utilizado também
levanta discussões. Apesar de ser
um ambiente propício a roupas
mais justas, e até mais curtas, é
preciso cuidado para não exage-
rar. Segundo os especialistas, não
é proibido usar decote, mas é im-
portante não abusar, pois outros
alunos podem se sentir incomo-
dado.
Confira as dicas para manter
a linha dentro da academia:
Suou, limpou!
Não custa nada passar um
pano com álcool no aparelho
de musculação depois de usá-
-lo. Assim, o ambiente fica
mais higiênico, livre de cheiros
desagradáveis e sempre limpo,
é essencial que ao término do
exercício higienize e seque o
equipamento.
Sem reservas
Ocupar o aparelho e não dei-
xar que outra pessoa o utilize en-
quanto termina suas séries é dese-
legante. Ainda mais se a academia
estiver lotada. É de bom tom reve-
zar. Enquanto você descansa da
série, outra pessoa pode usar.
Nas aulas como spininning
e jump, que utilizam bicicleta e
cama elástica, não reserve espaço
para um amigo. Não é educado.
Há pessoas que reservam equi-
pamentos, saem no meio da aula,
tirando a vaga de alguém que gos-
taria de ter feito a aula inteira.
Roupa suja se lava em casa
O vestiário, como o próprio
nome já sugere, é o local para se
trocar, guardar pertences e tomar
banho. Mas lavar a roupa utilizada
na ginástica já é um pouco demais
Nu com a mão no bolso
Por mais que o vestiário seja
propício à pouca roupa, o ideal é
não abusar da nudez. É um am-
biente com várias pessoas dife-
rentes, elas podem se incomodar
com alguém andando pelado de
um lado para o outro, secando o
cabelo sem roupa.
9 ERMELINO & PONTE RASA - 15 a 31 DE JANEIRO DE 2016
Saúde
O dente do siso serve só para ser extraído?
Todo mundo tem os dentes do
siso? Quando é a época certa
deles nascerem? Eles podem
ter cáries? Entenda o que é
verdade e o que é mito sobre
os dentes do siso
O dente do juízo, como é
conhecido popularmente o siso,
ganhou esse apelido porque ele
tende a surgir quando estamos
na iminência da vida adulta, ou
seja, entre os 17 e 25 anos. Mes-
mo que muitos questionem a ra-
zão de termos o dente do siso,
ele tem sim utilidade. Ele ajuda
nosso sistema mastigatório, em-
bora já não seja indispensável
uma vez que outros dentes po-
dem assumir essa função sem
prejuízo algum. Veja as dúvidas
mais comuns sobre os dentes do
siso abaixo:
Quando é a época certa
dos sisos começarem a nascer?
Os dentes do siso costumam a
erupcionar, ou nascer, entre 17
e 25 anos.
Todo mundo tem os dentes
do siso? Não. Uma pessoa pode
nascer sem os dentes do siso.
Por meio de exames, o dentista
poderá checar essa condição.
O dente do siso pode ter cá-
rie? Sim, desde quando começa
a erupcionar. Portanto, a higie-
nização é muito importante nes-
sa região.
Sempre precisamos retirar
os dentes do siso? Não. A re-
moção é comumente indicada
quando ele nasce mal posicio-
nado e atrapalha o dente vizi-
nho ou quando fica voltado para
a bochecha ou língua. Outros
casos também devem ser anali-
sados por profissionais.
Se o dente do siso ainda não
nasceu o dentista nunca poderá
extraí-lo? Isso é um mito. Den-
tes do siso que ainda não erup-
cionaram também podem ser
removidos. Isso dependerá da
avaliação do dentista.
Quantos dentes do siso te-
mos? São quatro no total. Dois
superiores e dois inferiores, em
ambos os lados da boca, direi-
to e esquerdo.
Por nascer no fundo da
boca, é de difícil higienização
assim, atenção extra quando o
siso está nascendo, pois o acú-
mulo de restos de alimentos na
região pode provocar o surgi-
mento de cáries já nessa fase.
Pode entrar restos de comida
sob a gengiva e daí causar a cá-
rie. Apesar de vir por último, o
dente do siso não chega só para
bagunçar uma dentição perfeita.
Depende de cada situação. Em
alguns casos, se o dente do siso
estiver apoiado em outro dente,
ou se estiver mal posicionado,
ele interfere e atrapalha no po-
sicionamento dos dentes. Tem
ocasiões em que ele tem espaço
para nascer e não ocasiona pro-
blema nenhum. Para nascer, o
dente precisa rasgar a gengiva
e isso causa um pouco de dor,
mas nem pense em suspender a
escovação da área. A higieniza-
ção adequada, inclusive com fio
ou fita dental, evitará a inflama-
ção da gengiva. É normal sentir
dor, mas se houver sangramen-
to, o conselho é procurar ajuda
especializada.
Remoção
A necessidade de remoção
do dente do siso é avaliada pelo
cirurgião-dentista ou pelo ci-
rurgião buco-maxilo-facial.
Mas será que é comum tirar
um dente que ainda nem nas-
ceu? Esses casos ocorrem
quando ele já está impactan-
do o dente vizinho. E é pre-
ciso lembrar que remover um
dos sisos não significa que os
demais também terão que ser
retirados. Cada caso deve ser
analisado individualmente. Se
o dentista optou pela remoção,
é importante seguir as orien-
tações para o pré-operatório e
relatar também todos os medi-
camentos que a pessoa faz uso.
Quem usa ácido acetilsalicílico
(aspirina), por exemplo, precisa
comunicar o dentista porque a
substância dificulta a coagula-
ção, habilidade importante na
fase da cicatrização pós-cirúr-
gica. No pós-operatório, evite
alimentos e procedimentos que
alterem a temperatura do cor-
po. “É como qualquer outra
cirurgia. Não faça exercícios
físicos, não fique em lugares
quentes, evite comida muito
quente. A cicatrização exige
a formação de um coágulo e,
com o calor, ele se desmancha.
Use uma bolsa de gelo para
evitar o inchaço também.
1 0 ERMELINO & PONTE RASA - 15 a 31 DE JANEIRO DE 2016
Cotidiano
Todo início de ano enu-
meramos desejos e objetivos a
seguir ao longo dos próximos
meses. Para papais e mamães
acrescenta-se à lista, diversos
comportamentos relacionados à
educação dos pequenos, e é aí
que algumas promessas podem
não ser cumpridas.
As psicólogas do Grupo
Terapêutico Núcleo Corujas,
Luciana Romano e Raquel Be-
nazzi, analisam a importância
de avaliar o que é dito aos filhos
e a melhor maneira de educar,
a palavra chave é “paciência”.
Confira algumas dicas:
“Gritar ou brigar com a
criança”
Os pais precisam compreen-
der que para educar é lidar com
as próprias frustrações e raiva,
antes de gritar ou bater nos fi-
lhos. Cabe aos pais trabalha-
rem sua própria agressividade,
nos momentos difíceis, você
pode dizer: “Mamãe está brava
e muito chateada, preciso sair
para tomar um arzinho e depois
a gente conversar”, ou “Assim
não dá para conversar, quando
você se acalmar a gente procu-
ra entender melhor o que está
acontecendo e buscar soluções
em conjunto, ok?”.
Promessas, o que devemos dizer aos pequenos!
“Deixar o pequeno de cas-
tigo”
O castigo é muito mais
uma forma de punição do que
de educação. Por isso prioriza-
mos outra forma de abordagem:
aquela que trabalha com as con-
sequências. Em vez de colocá-
-lo de castigo, procure aplicar
e mostrar a ele a consequência
de sua ação, isto é, fazê-lo vi-
venciar o resultado que aquela
atitude provocou e das escolhas
dele. Exemplo: A criança jogou
bola na casa, sabendo que não
podia e quebrou um vaso da
mãe - No lugar de colocá-lo no
famoso “cantinho do castigo” e
deixá-lo lá, faça o seguinte: 1-
Mostre que ficou chateada por
ele ter descumprido uma regra
que já era conhecida; 2- faça-
-o, com sua supervisão, limpar
a sujeira que causou. 3- você
pode dizer que ele precisará pa-
gar parte do vaso com a mesada
dele, comprar outro e negociar o
valor com a criança.
“Hora da refeição”
Antes de tudo é necessá-
rio que a família dê o exemplo
daquilo que prega e seja coe-
rente com as regras para não
estimular comunicações ambí-
guas, como por exemplo: um
dia exige comer na cozinha e
outro, sem explicação, cede e
permite que esta regra seja que-
brada; isso confunde a criança
e gera muitos conflitos familia-
res. A ideia de que a criança só
come se for do jeito dela, com
certeza, é porque houve espaço
e permissão dos pais para esse
comportamento. Se necessário,
peça ajuda e orientação de um
profissional e lembre-se que
isso faz parte do processo de
aprendizagem.
“Programação em família”
As crianças estão em fase de
aprendizagem, desenvolvimen-
to e construção de identidade,
por isso é importante estimular
diferentes experiências e conhe-
cimentos. Hoje há diversos pro-
gramas culturais próprios para a
infância, aproveite e programe-
-se. Se desde o início a família
mostrar que isso pode ser diver-
tido, a criança dará continuida-
de a tal experiência. A família
pode criar uma regrinha, esco-
lher e decidir juntos por esse
tipo de programa ao longo do
mês, assim todos aprendem
com essas atividades, além
disso, muitas vezes as crianças
gostam quando coleguinhas ou
outros familiares são incluídos e
convidados.
“Hora de Dormir”
Caso a criança vá para quarto
dos pais, é necessário acolher e
leva-la novamente ao quarto dele,
permaneça lá até ele adormecer
(se necessário), mostre que está
presente. Tente entender e explo-
rar os motivos dele buscar dormir
com os pais com uma conversa
franca. É muito importante criar
as rotinas de sono: banho, pijama,
escovar dentes, deixar casa com
menos luminosidade e barulho,
ler histórias infantil, entre outras
ações que você poderá construir
com seu próprio filho. Ensine que
é importante cada um ter seu can-
tinho de dormir e que ele precisa
ter o espaço dele, assim como os
pais.
A educação requer muita pa-
ciência, firmeza, amor e força de
vontade dos pais, não desistam!
11ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 31 DE JANEIRO DE 2016
Feminissima
Brigas que todo casal têm (e
como resolvê-las)
Você pode ter um relaciona-
mento de longa data com qual-
quer pessoa, mas realmente só
vai conhecê-la quando morar
com ela sob o mesmo teto. E
convívio proporciona além de
momentos felizes, inevitáveis
discussões. Uma coisa que você
precisa ter em mente é que dis-
cutir é normal. Mas do que isso
é uma valiosa forma de comu-
nicação para manter uma vida
a dois saudável. O mais impor-
tante, então, não é evitar que os
problemas aconteçam. Confira
abaixo com as sugestões de
especialistas de como resolvê-
-los.
EXCESSO DE ATENÇÃO
NO CELULAR
Vivemos em uma época de
redes sociais e em que estamos
conectados o tempo todo. A
grande dificuldade é conseguir
se desconectar quando temos
um tempo para ficar com nos-
sas companheiras. O que fazer:
pense em como você se sentiria
se você fosse a pessoa sentada
do outro lado da mesa de jan-
tar, enquanto sua companheira
passasse o tempo mandando
mensagens pelo celular e rindo
das piadas dos grupos. Sempre
que possível, deixe o telefone
de lado ou desligue durante as
refeições, conversas importan-
tes ou alguma atividade que es-
tejam fazendo juntos.
AFAZERES DOMÉSTICOS
Nunca antes na história dos
relacionamentos havia uma
frequência tão grande de ca-
sais que moram juntos antes
do casamento. Mas, coabitar o
mesmo espaço apresenta desa-
fios únicos; quando se trata de
pequenas questões como limpe-
za, divisão das tarefas, manias,
etc. O que fazer: você não pode
deixar que uma toalha na cama
ou sapatos fora do armário des-
trua seu relacionamento. Tem
algo que te incomoda? Fale a
companheira. Divida as tarefas
domésticas e, caso um tenha
mais tempo livre, ele pode se
encarregar de mais atividades.
Respeite o outro e tente manter
a ordem do ambiente.
FREQUÊNCIA SEXUAL
Você não quer ter relações
sexuais todos os dias e ela quer,
ou ela preferiria deixar o sexo só
para os fins de semana. Nosso
desejo sexual está sempre mu-
dando, nossos interesses estão
sempre mudando e nossos cor-
pos estão sempre mudando. Isso
não significa que você precisa
para separar por incompatibili-
dade. O que aprender: aprender
a comunicar essas necessidades
sobre sexo, sem julgamentos, é
fundamental para evitar ressen-
timentos e mágoas posteriores.
Falando sobre sua vida sexual
pode ser o primeiro passo para
melhorá-lo.
DINHEIRO
O casamento tem a ver com
amor; o divórcio, com dinheiro,
diz o velho ditado. O caminho
mais curto para o divórcio
começa, muitas vezes, com
brigas feias sobre questões
financeiras. Casais casados
brigam mais sobre dinheiro
do que sobre qualquer outra
coisa. O que fazer: não quer
que as finanças levem à falên-
cia do seu casamento? Siga o
conselho da O dinheiro mexe
com o emocional das pessoas e
as brigas podem começar por-
que as pessoas que estão em um
relacionamento têm visões di-
ferentes sobre o dinheiro. Você
precisa ter um diálogo com seu
parceiro sobre como a família
de cada um tratava o dinheiro
durante a sua criação, falando
desde como o dinheiro era gas-
to, qual dos pais tomava as de-
cisões financeiras, até perguntas
sobre ser forçado a economizar
para conseguir as coisas que
precisavam ou queriam”. Co-
nhecer bem a relação emo-
cional do seu cônjuge com o
dinheiro ajuda a entender a
perspectiva dele quando sur-
girem as discussões.
De olho nas garras: leve
seu esmalte ao salão,
guarde na geladeira e
mais dicas
Por que o esmalte venceu
antes da data de validade? O
que acontece ao aplicar esmal-
te vencido nas unhas? Dá para
prolongar a durabilidade do
produto?
Você estava se preparando
para pintar as unhas quando
pegou o esmalte escolhido e
reparou que o estado do pro-
duto não estava lá nas melho-
res condições. Procurou a data
de vencimento, mas ainda não
havia expirado. Curiosa para
saber por que isso acontece?
Pela ANVISA, os esmaltes têm
durabilidade de até três anos.
No entanto, fatores como ex-
posição a altas temperaturas ou
abertura do frasco por muito
tempo - colocando-o em contato
com micro-organismos - podem
comprometer a conservação.
Então, fique de olho nas condi-
ções gerais do esmalte antes de
aplicá-lo: consistência espessa,
textura heterogênea e cheiro
desagradável são indicações de
que está na hora de jogar o vi-
drinho fora.
Leve seu esmalte com você
Natalie afirma que nes-
ses espaços é raro um esmalte
chegar a vencer devido à alta
rotatividade existente, mas a
dermatologista Angélica acon-
selha que você leve seu próprio
produto em salões de beleza ou
esmaltarias.
Fungos
Os fungos estão entre os
micro-organismos que podem
entrar em contato com a com-
posição do esmalte pelo ar. Os
fungos podem virar esporos e
ficarem vivos por até oito horas,
havendo contaminação. Isso já
foi comprovado cientificamen-
te.
Guardar na geladeira?
Diluentes podem até dar
uma mãozinha, mas o método
mais eficaz para prolongar o
uso do produto é mantê-lo lon-
ge do calor: Algumas pessoas
optam por armazená-lo na ge-
ladeira para que o mesmo não
perca a textura fluída. Com o
frio, há uma demora maior na
evaporação dos solventes. Já
para manter a pigmentação por
mais tempo na unha, após a
aplicação do esmalte, o exces-
so das pontas seja retirado com
algodão e removedor, evitando
que o produto descasque antes
da hora. Para finalizar, aposte
no extra brilho de secagem rá-
pida: É incrível. Faz secar mais
rápido e ainda protege o esmalte
por mais tempo.
1 2 ERMELINO & PONTE RASA - 15 a 31 DE JANEIRO DE 2016
Entretenimento
Áries
O Sol deixa o signo de Ca-
pricórnio e começa sua cami-
nhada anual através de Aquário
marcando o início de uma fase
em que você estará mais volta-
do para os trabalhos em equipe,
a vida social e os amigos.
Peixes
O Sol começa a caminhar
através de Aquário e sua energia
vital pode ser derrubada. O mo-
mento envolve maior fragilida-
de e dificuldade de concretiza-
ção de projetos. Procure cuidar
de sua saúde física e emocional.
Touro
O Sol começa sua caminha-
da anual através de Aquário
marcando o início de uma fase
de sucesso e reconhecimento
profissional. Um projeto pode
começar a mostrar ótimos resul-
tados. Novas oportunidades.
Gêmeos
O Sol começa a caminhar
através de Aquário indicando o
início de uma fase em que você
estará mais voltado para os pro-
jetos de médio prazo, especial-
mente os que envolvem pessoas
e empresas estrangeiras.
Câncer
O Sol começa a caminhar
através de Aquário indicando
o início de uma fase deixando
você mais voltado para suas
emoções, que passam por um
momento de aprofundamento.
Respeite seu estado de espírito.
Leão
O Sol começa a caminhar
através de Aquário indicando
o início de uma fase de maior
movimento em seus relaciona-
mentos pessoais e profissionais.
Ótimo momento para firmar so-
ciedades e parcerias.
Virgem
O Sol começa a caminhar
através de Aquário marcando
o início de uma fase de maior
intensidade no trabalho. O mo-
mento é ótimo para apresentar
ou participar de novos projetos
ou novo emprego.
Libra
O Sol começa a caminhar
através de Aquário marcando
o início de uma fase de movi-
mento em sua vida social. Seu
coração estará mais aberto e um
novo romance pode acontecer.
Aproveite as boas energias.
Escorpião
O Sol começa a caminhar
através de Aquário marcando
o início de uma fase em que
você estará mais fechado, vol-
tado para sua vida doméstica e
os seus. Um de seus pais pode
estar mais sensível e carente.
Sagitário
O Sol começa a caminhar
através de Aquário marcando o
início de uma fase de maior mo-
vimento e melhoria na comuni-
cação. Um novo contato impor-
tante pode ser firmado e resultar
em um novo contrato.
Capricórnio
O Sol começa a caminhar
através de Aquário marcando o
início de uma fase em que você
estará mais voltado para ques-
tões que envolvem suas finan-
ças. O momento é ótimo para
novos investimentos.
Aquário
O Sol começa a caminhar
através de seu signo marcando
o início de um novo ano astral.
Sua energia vital retorna e você
sente uma melhora significativa
em sua saúde. O momento en-
volve criação de novos projetos.
Horóscopo
GirodosFamososTv em ação
Brad Pitt e Angelina Jolie estão morando sepa-
rados há um ano, diz revista.
Briga teria começado após
o Natal de 2014. Segundo uma
fonte da revista “In Touch”, o
ator “desistiu” do casamento.
Brad Pitt e Angelina Jolie já
não moram mais juntos há um
ano, enquanto tentam resolver
questões do casamento, infor-
mou na quinta-feira (21) a revis-
ta americana “In Touch”. Ange-
lina Jolie e Brad Pitt não moram
mais juntos há um ano, informa
a revista “In Touch”. Segundo a
publicação, o casal mais podero-
so de Hollywood tomou a deci-
são após “uma série de términos
e brigas” durante as férias de
Natal da família de 2014. Uma
fonte da revista afirma que Brad
“sente que ela não ouve” o que
ele diz, então o ator “desistiu” do
casamento. Brad e Angelina se
casaram oficialmente em agosto
de 2014 mas, de acordo com a
revista, entre o trabalho no ci-
nema, projetos sociais e cuidar
dos filhos, não sobra tempo para o
casal. Em 2015, o casal estrelou o
filme “À Beira Mar”, dirigido por
Angelina, em que eles interpretam
justamente um casal com crise no
relacionamento.
BBB 16: Internet vai à loucura com anúncio
de novos participantes na casa
Pedro Bial revela cômodo
secreto com lugar para mais
quatro participantes e deixa
público inquieto
Pedro Bial pegou todo
mundo de surpresa na noite
de quarta-feira (20). Antes
de encerrar o “Big Brother
Brasil”, o apresentador apre-
sentou ao público uma novi-
dade na casa: a existência de
um cômodo secreto com qua-
tro camas que abrigarão no-
vos participantes do reality.
“Você se lembra que a casa ti-
nha um segundo andar? Con-
tinua tendo. Vamos dar uma
espiadinha no segundo andar
do BBB.”, diz Bial. “Sala de
estar, mesa, cadeiras, sofá,
monitor de TV. Ao lado da
sala, banheiro, boxe, chuvei-
ro. Quatro camas, tudo vazio,
como se estivesse à espera de
alguém”. Depois do anúncio
de Pedro Bial, as redes so-
ciais ficaram inquietas com a
novidade e todos se pergun-
taram qual será a identidade
dos novos moradores da casa.
Seriam ex-BBBs ou pessoas
desconhecidas?
Fernanda Souza, Grazi
Massafera e mais famosos
vão a show de Thiaguinho.
Na noite do dia 20, Thia-
guinho reuniu amigos e fãs
na Barra da Tijuca para gra-
var seu novo DVD, “Vamo
Q Vamo”. Além de Fernan-
da Souza, mulher do pago-
deiro, que escolheu um look
cheio de charme, com blusa
rendada e shortinho curto
preto, quem também roubou
a cena foi Grazi Massafera,
usando um vestido justo e
branco.
Bruna Marquezine usa vestido longo e deco-
tado para show de Tiago Iorc.
Estrela do clipe “Amei Te Ver” de
Tiago Iorc, Bruna Marquezine marcou
presença no show do música, que faz
parte da turnê “Troco Likes”, na noite
do dia 20, na Barra da Tijuca. A atriz,
que à época chegou a ser apontada
como pivô do fim do relacionamento de
Tiago e sua então namorada, a atriz Isa-
belle Drummond, escolheu um figurino
cheio de personalidade para o evento.
Bruna usou um vestido longo branco e
decotada, sandálias de salto marrom e
maquiagem natural. Em sua companhia,
estava a também atriz Letícia Colin,
com quem Bruna protagonizará cenas
quentes em “Nada Será Como Antes”.
Desde que começaram a gravar a nova
série da Globo, Bruna, que adotou fios
mais escuros recentemente para uma
campanha publicitária, e Letícia Colin
estão cada vez mais próximas e já fo-
ram clicadas juntas em outras ocasiões,
como um almoço no shopping.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

African superman and reduce 15mg
African superman and reduce 15mgAfrican superman and reduce 15mg
African superman and reduce 15mg
PillsforneedVigour
 
Current CV
Current CVCurrent CV
Б.Энхбаяр
Б.ЭнхбаярБ.Энхбаяр
Б.Энхбаяр
Unuruu Dear
 
Roger-Marc-Eloi
Roger-Marc-EloiRoger-Marc-Eloi
Roger-Marc-Eloi
mvalle59
 
Mas aula02
Mas aula02Mas aula02
Mas aula02
Plínio Okamoto
 
Cles114 - L'Australie à la conquête de l'Asie-Pacifique ? Une illustration du...
Cles114 - L'Australie à la conquête de l'Asie-Pacifique ? Une illustration du...Cles114 - L'Australie à la conquête de l'Asie-Pacifique ? Une illustration du...
Cles114 - L'Australie à la conquête de l'Asie-Pacifique ? Une illustration du...
Jean-François Fiorina
 
Espectroscopia de Infravermelho - FTIR Conceitos básicos e como a ferramenta ...
Espectroscopia de Infravermelho - FTIR Conceitos básicos e como a ferramenta ...Espectroscopia de Infravermelho - FTIR Conceitos básicos e como a ferramenta ...
Espectroscopia de Infravermelho - FTIR Conceitos básicos e como a ferramenta ...
Fernando Jose Novaes
 
Assignment 3
Assignment 3Assignment 3
Assignment 3
James Dunne
 

Destaque (8)

African superman and reduce 15mg
African superman and reduce 15mgAfrican superman and reduce 15mg
African superman and reduce 15mg
 
Current CV
Current CVCurrent CV
Current CV
 
Б.Энхбаяр
Б.ЭнхбаярБ.Энхбаяр
Б.Энхбаяр
 
Roger-Marc-Eloi
Roger-Marc-EloiRoger-Marc-Eloi
Roger-Marc-Eloi
 
Mas aula02
Mas aula02Mas aula02
Mas aula02
 
Cles114 - L'Australie à la conquête de l'Asie-Pacifique ? Une illustration du...
Cles114 - L'Australie à la conquête de l'Asie-Pacifique ? Une illustration du...Cles114 - L'Australie à la conquête de l'Asie-Pacifique ? Une illustration du...
Cles114 - L'Australie à la conquête de l'Asie-Pacifique ? Une illustration du...
 
Espectroscopia de Infravermelho - FTIR Conceitos básicos e como a ferramenta ...
Espectroscopia de Infravermelho - FTIR Conceitos básicos e como a ferramenta ...Espectroscopia de Infravermelho - FTIR Conceitos básicos e como a ferramenta ...
Espectroscopia de Infravermelho - FTIR Conceitos básicos e como a ferramenta ...
 
Assignment 3
Assignment 3Assignment 3
Assignment 3
 

Semelhante a Ermelino 225

Guaianas 092 b
Guaianas 092 bGuaianas 092 b
Guaianas 092 b
cocopequeno007
 
Folha 229
Folha 229Folha 229
Folha 229
cocopequeno007
 
Diz Jornal - Edição 247
Diz Jornal - Edição 247Diz Jornal - Edição 247
Diz Jornal - Edição 247
dizjornal jornal
 
Guaianas 131
Guaianas 131 Guaianas 131
Guaianas 131
Bruno Barreto Rosa
 
Guaianas 095
Guaianas 095 Guaianas 095
Guaianas 095
cocopequeno007
 
ITS
ITSITS
Guaianas 096
Guaianas 096Guaianas 096
Guaianas 096
cocopequeno007
 
CULTURARTEEN 159 - abril 2016
CULTURARTEEN 159 - abril 2016CULTURARTEEN 159 - abril 2016
CULTURARTEEN 159 - abril 2016
Pery Salgado
 
Folha Verde Maio 2016
Folha Verde Maio 2016Folha Verde Maio 2016
Folha Verde Maio 2016
TransportesFlores
 
Folha 243
Folha 243Folha 243
Folha 221
Folha 221Folha 221
Folha 221
cocopequeno007
 
Jornal dos Comerciários - Nº 176
Jornal dos Comerciários - Nº 176Jornal dos Comerciários - Nº 176
Jornal dos Comerciários - Nº 176
Sindicato dos Comerciários de Nova Iguaçu e Região
 
Ermelino 196
Ermelino 196Ermelino 196
Ermelino 196
cocopequeno007
 
1673 Attain to cpf 051 812 955 17 Google Inc act in General Strick SUZART
1673 Attain to cpf 051 812 955 17 Google Inc act in General Strick SUZART1673 Attain to cpf 051 812 955 17 Google Inc act in General Strick SUZART
1673 Attain to cpf 051 812 955 17 Google Inc act in General Strick SUZART
Sandro Santana
 
Raleste#33
Raleste#33Raleste#33
Raleste#33
Bruno Barreto Rosa
 
Jornal digital 4764_ter_29092015
Jornal digital 4764_ter_29092015Jornal digital 4764_ter_29092015
Jornal digital 4764_ter_29092015
Jornal Correio do Sul
 
Acontece 382
Acontece 382Acontece 382
Acontece 382
Bruno Barreto Rosa
 
Acontece agora ed329
Acontece agora ed329Acontece agora ed329
Acontece agora ed329
Divaldo Rosa
 
Acontece agora ed329
Acontece agora ed329Acontece agora ed329
Acontece agora ed329
grupoacontece
 
Ermelino 163
Ermelino 163Ermelino 163
Ermelino 163
grupoacontece
 

Semelhante a Ermelino 225 (20)

Guaianas 092 b
Guaianas 092 bGuaianas 092 b
Guaianas 092 b
 
Folha 229
Folha 229Folha 229
Folha 229
 
Diz Jornal - Edição 247
Diz Jornal - Edição 247Diz Jornal - Edição 247
Diz Jornal - Edição 247
 
Guaianas 131
Guaianas 131 Guaianas 131
Guaianas 131
 
Guaianas 095
Guaianas 095 Guaianas 095
Guaianas 095
 
ITS
ITSITS
ITS
 
Guaianas 096
Guaianas 096Guaianas 096
Guaianas 096
 
CULTURARTEEN 159 - abril 2016
CULTURARTEEN 159 - abril 2016CULTURARTEEN 159 - abril 2016
CULTURARTEEN 159 - abril 2016
 
Folha Verde Maio 2016
Folha Verde Maio 2016Folha Verde Maio 2016
Folha Verde Maio 2016
 
Folha 243
Folha 243Folha 243
Folha 243
 
Folha 221
Folha 221Folha 221
Folha 221
 
Jornal dos Comerciários - Nº 176
Jornal dos Comerciários - Nº 176Jornal dos Comerciários - Nº 176
Jornal dos Comerciários - Nº 176
 
Ermelino 196
Ermelino 196Ermelino 196
Ermelino 196
 
1673 Attain to cpf 051 812 955 17 Google Inc act in General Strick SUZART
1673 Attain to cpf 051 812 955 17 Google Inc act in General Strick SUZART1673 Attain to cpf 051 812 955 17 Google Inc act in General Strick SUZART
1673 Attain to cpf 051 812 955 17 Google Inc act in General Strick SUZART
 
Raleste#33
Raleste#33Raleste#33
Raleste#33
 
Jornal digital 4764_ter_29092015
Jornal digital 4764_ter_29092015Jornal digital 4764_ter_29092015
Jornal digital 4764_ter_29092015
 
Acontece 382
Acontece 382Acontece 382
Acontece 382
 
Acontece agora ed329
Acontece agora ed329Acontece agora ed329
Acontece agora ed329
 
Acontece agora ed329
Acontece agora ed329Acontece agora ed329
Acontece agora ed329
 
Ermelino 163
Ermelino 163Ermelino 163
Ermelino 163
 

Mais de cocopequeno007

Acontece Agora edição 397
Acontece Agora edição 397Acontece Agora edição 397
Acontece Agora edição 397
cocopequeno007
 
Jornal Folha do Itaim & Curuçá - Edição 253
Jornal Folha do Itaim & Curuçá - Edição 253Jornal Folha do Itaim & Curuçá - Edição 253
Jornal Folha do Itaim & Curuçá - Edição 253
cocopequeno007
 
Jornal Acontece Agora - Edição 396
Jornal Acontece Agora - Edição 396Jornal Acontece Agora - Edição 396
Jornal Acontece Agora - Edição 396
cocopequeno007
 
Jornal de Ermelino & Ponte Rasa - Edição 222
Jornal de Ermelino & Ponte Rasa - Edição 222Jornal de Ermelino & Ponte Rasa - Edição 222
Jornal de Ermelino & Ponte Rasa - Edição 222
cocopequeno007
 
Jornal Acontece Agora - Edição 395
Jornal Acontece Agora - Edição 395Jornal Acontece Agora - Edição 395
Jornal Acontece Agora - Edição 395
cocopequeno007
 
Ermelino 222
Ermelino 222Ermelino 222
Ermelino 222
cocopequeno007
 
Acontece 395
Acontece 395Acontece 395
Acontece 395
cocopequeno007
 
Folha 237
Folha 237Folha 237
Folha 237
cocopequeno007
 
Guaianás 120
Guaianás 120Guaianás 120
Guaianás 120
cocopequeno007
 
Ermelino 209
Ermelino 209Ermelino 209
Ermelino 209
cocopequeno007
 
Guaianas 117
Guaianas 117Guaianas 117
Guaianas 117
cocopequeno007
 
Folha 234
Folha 234Folha 234
Folha 234
cocopequeno007
 
Folha 233
Folha 233Folha 233
Folha 233
cocopequeno007
 
Ermelino 205
Ermelino 205Ermelino 205
Ermelino 205
cocopequeno007
 
Acontece 379
Acontece 379Acontece 379
Acontece 379
cocopequeno007
 
Guaianas 115
Guaianas 115Guaianas 115
Guaianas 115
cocopequeno007
 
Folha 332
Folha 332Folha 332
Folha 332
cocopequeno007
 
Ermelino 204
Ermelino 204Ermelino 204
Ermelino 204
cocopequeno007
 
Acontece 378
Acontece 378Acontece 378
Acontece 378
cocopequeno007
 
Acontece 377
Acontece 377Acontece 377
Acontece 377
cocopequeno007
 

Mais de cocopequeno007 (20)

Acontece Agora edição 397
Acontece Agora edição 397Acontece Agora edição 397
Acontece Agora edição 397
 
Jornal Folha do Itaim & Curuçá - Edição 253
Jornal Folha do Itaim & Curuçá - Edição 253Jornal Folha do Itaim & Curuçá - Edição 253
Jornal Folha do Itaim & Curuçá - Edição 253
 
Jornal Acontece Agora - Edição 396
Jornal Acontece Agora - Edição 396Jornal Acontece Agora - Edição 396
Jornal Acontece Agora - Edição 396
 
Jornal de Ermelino & Ponte Rasa - Edição 222
Jornal de Ermelino & Ponte Rasa - Edição 222Jornal de Ermelino & Ponte Rasa - Edição 222
Jornal de Ermelino & Ponte Rasa - Edição 222
 
Jornal Acontece Agora - Edição 395
Jornal Acontece Agora - Edição 395Jornal Acontece Agora - Edição 395
Jornal Acontece Agora - Edição 395
 
Ermelino 222
Ermelino 222Ermelino 222
Ermelino 222
 
Acontece 395
Acontece 395Acontece 395
Acontece 395
 
Folha 237
Folha 237Folha 237
Folha 237
 
Guaianás 120
Guaianás 120Guaianás 120
Guaianás 120
 
Ermelino 209
Ermelino 209Ermelino 209
Ermelino 209
 
Guaianas 117
Guaianas 117Guaianas 117
Guaianas 117
 
Folha 234
Folha 234Folha 234
Folha 234
 
Folha 233
Folha 233Folha 233
Folha 233
 
Ermelino 205
Ermelino 205Ermelino 205
Ermelino 205
 
Acontece 379
Acontece 379Acontece 379
Acontece 379
 
Guaianas 115
Guaianas 115Guaianas 115
Guaianas 115
 
Folha 332
Folha 332Folha 332
Folha 332
 
Ermelino 204
Ermelino 204Ermelino 204
Ermelino 204
 
Acontece 378
Acontece 378Acontece 378
Acontece 378
 
Acontece 377
Acontece 377Acontece 377
Acontece 377
 

Ermelino 225

  • 1. DISTRIBUIÇÃO GRATUITA T i r a g e m 2 0 m i l - w w w . f b . c o m / ERME L I N OE P O N T ERA S A - T e l . : ( 1 1 ) 2 0 3 1 - 2 3 6 4 - r a l e st e @ g m a i l . c o m 1° Quinz. de Janeiro de 2015ANO XII / Nº Fotos mostram a beleza encontrada no caos paulistano Com o tema “A beleza no caos”, que volta seu olhar às imagens da paisagem paulista- na, será lançada uma galeria de fotografia totalmente colabora- tiva no próximo 23 para come- morar os 462 da cidade de São Paulo... PÁGINA. 04 Negócios que crescem em época de crise A crise econômica de 2016, que nós já havíamos antecipado desde o início do segundo se- mestre, já está ai... PÁGINA. 06 Confira dicas paraeconomizar na compra do material escolar Um dos conselhos é reuti- lizar objetos usados nos anos anteriores, como apontadores, mochilas e até cadernos Quem foi comprar materiais escolares neste início de ano pôde notar um aumento signifi- cativo em produtos comuns das listas... PÁGINA. 07 O dente do siso serve só para ser extraído? O dente do juízo, como é conhecido popularmente o siso, ganhou esse apelido porque ele tende a surgir quando estamos na iminência da vida adulta, ou seja, entre os 17 e 25 anos. Mes- mo que muitos questionem a ra- zão de termos o dente do siso, ele tem... PÁGINA. 09 Para conseguir passe livre em SP ‘é melhor eleger um mágico’, diz Haddad O prefeito Fernando Haddad (PT) disse na tarde desta quinta- -feira (21) que apenas um “má- gico” seria capaz de resolver o problema da isenção da tarifa do transporte público para todo a população de São Paulo. Essa é a reivindicação dos manifes- tantes do Movimento Passe Li- vre (MPL) que vêm realizando protestos semanalmente na ci- dade... PÁGINA. 05 Iluminação por LED valoriza os espaços públicos Das 618 mil lâmpadas que compõem o parque lumino- técnico da cidade de São Pau- lo, quase 20 mil são LED, das quais quase a metade (9.074 unidades) foram instaladas nos dois últimos anos. Essa tecnologia, que con- some, em média, 50% menos energia elétrica em relação a ou- tros tipos de lâmpadas utilizadas e clareiam mais, daqui a cinco anos deverá ser vista em toda a cidade.... PÁGINA. 05 Ermelino Matarazzo tem programação dos 462 anos da Cidade de São Paulo Considerada a maior cidade do país e da América do Sul, São Paulo vai completar 462 anos na segunda-feira, dia 25 de janeiro de 2016. Para ce- lebrar o aniversário da “Terra da Garoa”, alguns cantores, bandas e orquestras se apre- sentarão em diversos cantos da capital. Com apresentações dividi- das em três dias, 23, 24 e 25 de janeiro, a celebração contará com shows gratuitos e pagos de artistas como Gilberto Gil, Daniela Mercury... PÁGINA. 03
  • 2. 2 ERMELINO & PONTE RASA - 15 a 31 DE JANEIRO DE 2016 Atualidades Diretor Executivo: Jornalistas (fl): Assistênte de Redação: Designer Gráfico Representantes: Reporter Fotográfico(fl): Revisora: Administrativo Financeiro: Distrib./Logistica: Impressão: Divaldo Rosa Silmara Galvão Nunes-MTb 51.096 Ariane Andrade Bruno Barreto Rosa Eduardo Rocha e João Victor Eduardo Rocha Prof. Suseli Corumba Ademir Rodrigues MULTI-Distrib.Jornais e Folhetos Gráfica PANA As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não repre- sentam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. REDAÇÃO E PUBLICIDADE Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928 Av. dos Guachos, 166 - 08030-360-Vl.Curuçá–SP www.aconteceagora.com.br | E-mail: raleste@gmail.com CIRCULAÇÃO: Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa e Cangaíba, onde residem mais de 400 mil habitantes. Um veículo do GRUPO ACONTECE de Jornais e Revistas Associado a: Ed. 225 - 2ª Quinz. Janeiro de 2015 Atos contra reajuste de tarifa tiveram feridos, detidos e depredações Em 2016, São Paulo teve três manifestações organizadas pelo MPL. Movimento diz que atos reuniram 53 mil pessoas Os três protestos de 2016 contra o aumento das tarifas de trens, ônibus e metrô em São Paulo tiveram 38 pessoas detidas, 24 feridas,12 veículos depredados e duas estações de Metrô vandalizadas. Após a divulgação do reajuste nas pas- sagens, em 30 de dezembro do ano passado, o Movimento Pas- se Livre (MPL) convocou três atos na capital paulista, nos dias 8, 12 e 14 de janeiro. A tarifa de ônibus, trens e metrô subiu de R$ 3,50 para R$ 3,80 no dia 9. Desde a semana passada, o MPL faz atos contra o reajuste. Segundo o movimen- to, os protestos reuniram, ao todo, 53 mil manifestantes. Já a Secretaria da Segurança Pública (SSP) contabilizou 7 mil parti- cipantes. A atuação da PM e dos manifestantes também variou durante os protestos. 1º ato contra o reajuste - 8 de janeiro A primeira manifestação convocada pelo MPL aconteceu na noite de 8 de janeiro. O mo- vimento não divulgou o trajeto previamente, como o governo havia pedido, mas a polícia per- mitiu que o ato fosse iniciado. Policiais militares e masca- rados entraram em confronto pouco tempo depois, quando uma motorista que estava no Corredor Norte-Sul foi hostili- zada por mascarados. A polícia jogou bombas e os manifestan- tes, pedras e garrafas. Houve vandalismo em ruas do Centro. Seis dicas para iniciar 2016 com ‘saúde pra dar e vender’A fim de iniciar o ano com o pé direito, muitas pessoas – tomadas pelo entusiasmo das resoluções de ano novo – deci- dem abandonar o sedentarismo e colocar em prática atitudes para uma vida mais saudável. Todavia, errar na ‘dosagem’ de algumas práticas pode minar as forças e prejudicar todo o plane- jamento do ano. Pensando nis- so, seis especialistas de diversas elencam ações duradouras que podem fazer grande diferença em prol da saúde. • Dietas e metas para emagrecer - uma das metas mais prometidas é a perda de peso. No entanto, para a nutricionista Regina Stikan, o grande erro de muitos é seguir por conta pró- pria ‘fórmulas milagrosas’ que prometem o resultado com pou- co esforço. “Quando decidem emagrecer, algumas pessoas acabam fazendo isso de forma inadequada, já que cortam da alimentação itens indispensá- veis para o equilíbrio do corpo e da mente. Buscar informações além do ‘doutor Google’ pode atenuar as chances dessa resolu- ção não ser cumprida”, diz. • Cuidar melhor de ‘quem’ nos conduz a todos os lugares: as nossas pernas - uma vida saudável inclui boa ali- mentação, exercícios físicos regulares e não ter o hábito de fumar. Dores e inchaço nas per- nas, por vezes, são decorrentes de doenças da circulação, como as varizes, mas também podem ser decorrentes de vida sedentá- ria. “Lembrar também da trom- bose e embolia pulmonar que podem estar relacionadas ao tabagismo, uso de pílula anti- concepcional e cuja incidência também aumenta com a idade e durante viagens longas, princi- palmente de avião”, esclarece o vascular Reinaldo Donatelli. • Férias para desligar - muitos trabalhadores durante as férias não conseguem ‘se desli- gar’ por completo das ativida- des profissionais. A psicóloga Solange Martins Ferreira expli- ca que “esse período é vital para a pessoa recuperar energias e o corpo e a mente se desligarem das atividades do cotidiano. Ter a consciência que ninguém é insubstituível no ambiente de trabalho pode ajudar a relaxar e aproveitar melhor os dias de descanso”. • Exposição ao sol e os riscos aos olhos: muitos se es- quecem dos óculos escuros du- rante os dias de sol, ou, então, pior ainda, optam por modelos falsificados. “A imensa maio- ria dos óculos ‘baratinhos’ não oferecem qualquer proteção contras os raios ultravioletas, e isso pode ser altamente compro- metedor, já que o efeito do sol é cumulativo. Se proteger, prin- cipalmente no verão, evita que doenças degenerativas atinjam a retina e outras partes dos olhos. Estudos mostram, ainda, que pterígio e catarata, por exemplo, também possuem relação com essa questão”, alerta o oftalmo- logista Jae Min Lee. • Proteja sempre a pele – muitas pessoas se esquecem de proteger – talvez – a parte do corpo que mais fica exposta aos perigos do dia a dia: a pele. O dermatologista Leonardo Abru- cio Neto informa que “incorpo- rar o hábito de utilizar protetor solar pode fazer a diferença, in- clusive, para a aparência. O fator de proteção solar mínimo, reco- mendado pela Sociedade Brasi- leira de Dermatologia é de 30. Este fator confere proteção ade- quada contra os raios ultravioleta B, envolvidos na ocorrência de queimaduras solares, câncer de pele e foto-envelhecimento. Na dúvida, consultar o dermatolo- gista é a melhor opção”. • Vida moderna e os ris- cos à coluna - o ser humano adota hábitos que o obriga e o condi- ciona a executar parte conside- rável de suas atividades sentado. Além disso, preso às telas (de computador, tablets, smartpho- nes e televisão), é comum au- mentar o surgimento dos proble- mas relacionados à má postura. O ortopedista Emerson Garms explica que a falta de atividade física regular e as práticas profis- sionais repetitivas fazem com que a redução da mobilidade articular e as compensações se instalem e levem aos primeiros sinais dolo- rosos na coluna. “Se atentar à pos- tura e buscar ajuda médica logo no início de eventuais problemas nas costas ou coluna pode fazer a diferença entre uma recuperação sadia ou cirúrgica”, diz.
  • 3. 3ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 31 DE JANEIRO DE 2016 Destaque Local São Paulo: 462 anos! Somos a categoria que saúda, logo cedo, todos os outros trabalhadores que saem para construir esta cidade. Isso muito nos orgulha. Parabéns, São Paulo! Você e sua população lutadora dão exemplo para o Brasil. Somos a categoria que saúda, logo cedo, todos os outros trabalhadores que saem para construir esta cidade. Isso muito nos orgulha. Parabéns, São Paulo! Você e sua população lutadora dão exemplo para o Brasil. Chiquinho Pereira presidente SEDE:RUAMAJORDIOGO,126-BELAVISTA-SÃOPAULO-SP-TEL.:3242.2355-WWW.PADEIROS.ORG.BR anuncio São Paulo 462 anos.indd 1 20/01/16 15:31 Ermelino Matarazzo tem programação dos 462 anos da Cidade de São PauloArtistas homenageiam os 462 anos da cidade nos dias 23, 24 e 25 de janeiro Considerada a maior cidade do país e da América do Sul, São Paulo vai completar 462 anos na segunda-feira, dia 25 de janeiro de 2016. Para ce- lebrar o aniversário da “Terra da Garoa”, alguns cantores, bandas e orquestras se apre- sentarão em diversos cantos da capital. Com apresentações dividi- das em três dias, 23, 24 e 25 de janeiro, a celebração contará com shows gratuitos e pagos de artistas como Gilberto Gil, Da- niela Mercury, Rappin Hood, Criolo, Raimundos, Fabiana Cozza, Maria Gadú, Tulipa Ruiz, Marcelo Jeneci, Filipe Catto, Vanguart, Bixiga 70, Clube do Balanço, Funk Como Le Gusta, entre outros. Para te ajudar a não perder nada, o Guia da Semana listou os principais shows do aniver- sário de São Paulo em 2016. Tome nota: No sábado, dia 23 de ja- neiro, o cantor Mano Reú e o rapper Rappind Hood (foto) se apresentam no Palco Vila Ma- ria/Vila Guilherme, localizado na Av. Curuçá esquina com Av. Guilherme Cotching. Horário: 18h30 | Entrada: gratuita Os cantores Anderson Sos- sêgo e Os Prettos (foto) e o grupo Kisonzera também se apresentam no dia 23, no Palco Ermelino Matarazzo, localiza- do na Praça Benedicto Ramos Rodrigues. Horário: 18h30 | Entrada: gratuita Os rappers Di Função, Edi Rock (foto), do Racionais MCs, e Amanda Negrasim se apresentam no sábado, dia 23, no Palco Glicério, localizado na Praça Ministro Costa Man- so. Horário: 17h | Entrada: gratuita O funkeiro MC Garden mostra sucessos como “Isso é Brasil” e “Encostei no Baile Funk” durante o show ‘Gera- ção de Pensadores’, que acon- tece no sábado, dia 23, no Par- que Raul Seixas, localizado na Rua Murmúrios da Tarde, 211 - Itaquera. Horário: 20h | Entrada: gratuita Nos dias 23 e 24 de janeiro, artistas como Negra Li (foto), Banda Glória, Maria Gadú, Carlos Lyra, Fabiana Cozza e Tony Tornado se apresentam nos principais Centros Culturais da cidade. Horário: a partir das 11h | Entrada: gratuita No sábado, dia 23 de janei- ro, acontecem as apresentações de Bicho de Pé, Ratos de Po- rão, KL Jay, Raimundos (foto), Gog, Rashid, Seu Chico e Supla nas unidades dos CEUs (Cen- tros Educacionais Unificados) em São Paulo. No domingo, dia 24, a can- tora Daniela Mercury se apre- senta em cima de um trio elé- trico pelas ruas da cidade. A concentração acontece na Av. Faria Lima e o trio seguirá pela Av. Rebouças e Rua da Conso- lação. Durante a apresentação, a artista vai mostrar sucessos de sua carreira e algumas can- ções de seu mais novo trabalho, o álbum Vinil Virtual, além de clássicos do samba e até do rock’n’roll. Horário: a partir das 15h30 | Entrada: gratuita
  • 4. 4 ERMELINO & PONTE RASA - 15 a 31 DE JANEIRO DE 2016 Fotos mostram a beleza encontrada no caos paulistano Sábado, domingo e segunda: das 13hs às 19hs. Aviso: a ex- posição ficará por dois meses. Com o tema “A beleza no caos”, que volta seu olhar às imagens da paisagem paulis- tana, será lançada uma galeria de fotografia totalmente cola- borativa no próximo 23 para comemorar os 462 da cidade de São Paulo. O espaço escolhido é um galpão - Armazém da Ci- dade - localizado em uma das referências mundiais das artes plásticas: o Beco do Batman, na Vila Madalena. Batizado de “Galeria da Cidade”, esse é um projeto da Phooto, líder brasileira no seg- mento de produtos customiza- dos com fotos, com o Catraca Livre, destinado a ajudar a de- mocratizar a disseminação da arte fotográfica. A exposição foi criada para comemorar os 462 anos da ci- dade de São Paulo e, ao mesmo tempo, lançar a primeira gale- ria colaborativa de fotografia, criada pela Phooto em parceria com o Catraca Livre. Exposição mostra 462 imagens enviadas por fotógrafos amadores e pro- fissionais a partir de uma pro- vocação sobre a cidade de São Paulo: “A beleza encontrada no caos”. Durante os três dias do final de semana prolongado, haverá shows ao vivo de Jazz e MPB. As fotos podem ser enviadas por qualquer pessoa, preferen- cialmente em alta resolução, nes- te link. Uma equipe de curadores seleciona as imagens expostas (é importante dizer que essas fotos não serão vendidas). Se quiser participar, pode mandar suas fo- tos por essa página -http://beleza- nocaos.tumblr.com/ Veja algumas fotos da expo- sição.
  • 5. 5ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 31 DE JANEIRO DE 2016 Politica VIVER Em Segurança Coronel Emanuel de Aquino Suzane Richthofen volta ao noticiário *Emanuel de Aquino Lopes é Co- ronel da Reserva da Policia Militar, Mestre em Ciências Policiais de Se- gurança e Ordem Pública, especia- lizado em Direitos Humanos pela FundaçãoGetúlioVargas,Professor de Pós Graduação na Faculdade Zumbi dos Palmares, membro do Núcleo de Projetos Estratégicos – ISAE Amazônia edo Luxembourg Brasil Business Council. (email: majaquino@yahoo.com.br) Suzane Von Richthofen, a menina condenada com 39 anos de reclusãopela morte dos pais, crime que chocou o país, volta ao noticiário nacional. Dessa vez ela exige na Justiça indeniza- ção do Estado de São Paulo alegando ter sido coagida a exibir sua imagem enquan- to integrante do sistema penitenciário. Sabiamente, a questão foi dirimida pelo não acatamento do pedido de indenização justificando- -se a decisão com o fato de que “à luz da gravidade dos crimes praticados pela auto- ra, com a natural e enorme repercussão em todos os meios de comunicação, não é possível que sua imagem tenha sofrido em virtude de fotografias...”. Tentou tam- bém sem sucesso indeniza- ção por abalo psicológico em razão de uma rebelião ocorrida na cadeia e até pensão alimentícia pelo es- pólio dos pais. Tudo negado e fica o exemplo para refle- xão daqueles que cultivam tais ideias achando que a sociedade não está atenta. Com certeza não temos um sistema perfeito mas temos que aplaudir quando deci- sões corretas são tomadas e acabam ecoando na mente das pessoas. Para conseguir passe livre em SP ‘é melhor eleger um mágico’, diz Haddad Atender reivindicação do MPL custaria o IPTU da cidade, afir- ma prefeito.‘Prefeito não vai dar conta disso’, diz Haddad. O prefeito Fernando Haddad (PT) disse na tarde desta quinta- -feira (21) que apenas um “má- gico” seria capaz de resolver o problema da isenção da tarifa do transporte público para todo a população de São Paulo. Essa é a reivindicação dos manifes- tantes do Movimento Passe Li- vre (MPL) que vêm realizando protestos semanalmente na ci- dade. “Agora quer passe livre para todo mundo. Então é melhor eleger um mágico em outubro, porque prefeito não vai dar conta disso”, afirmou Haddad durante uma visita ao bairro de Santo Amaro, na Zona Sul. O prefeito também criticou o posicionamento da impren- sa que o questiona sobre essa possibilidade. “’Você não vai dar passe livre pra todo mun- do? (questiona a imprensa)’. Dá vontade de perguntar como você tem a coragem de me fa- zer uma pergunta dessa. Passe livre pra todo mundo custa todo o IPTU da cidade. Eu precisaria pegar todo o IPTU da cidade, ti- rar da Educação, tirar da saúde, tirar da cultura”, argumentou. Haddad disse ainda que não irá gastar dinheiro público na veiculação de propagandas. “Vem me cobrar de comunica- ção. Não tem comunicação que dê conta disso, eu vou botar o que na televisão, vou gastar dinheiro público para falar o quê?”, questiona ele. De acordo com o prefeito, a cidade já gasta R$ 2 bilhões por ano em subsídio ao transporte público, sendo que são R$ 700 milhões apenas com o passe li- vre para 530 mil estudantes que conseguiram gratuidade. “Eu não prometi passe livre na cam- panha, prometi Bilhete Único Mensal, faixa e corredor de ôni- bus. Fiz mais do que prometi, inclusive.” Sobre a divulgação do traje- to do protesto com antecedên- cia, ele diz que é um pedido da Secretaria da Segurança Pública e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) para organi- zar a cidade para ter o menor impacto possível no trânsito. “Para nós o direito de manifes- tação é sagrado desde que res- peitado alguns protocolos im- portantes”, disse Haddad. Questionado sobre a possi- bilidade da suspensão do reajus- te da tarifa de ônibus, Haddad disse que o único caminho de diálogo futuro é com a aprova- ção de uma PEC que municipa- liza a CIDE (Contribuições de Intervenção no Domínio Eco- nômico). “Tem uma PEC no Congres- so Nacional que propõe a mu- nicipalização dos tributos que incidem sobre a gasolina. E a proposta dos prefeitos do Brasil inteiro, não é proposta de São Paulo, que essa PEC seja apro- vada, porque nós teríamos uma fonte de financiamento para a tarifa de transporte público”, afirmou. Iluminação por LED valoriza os espaços públicosVista em 20 mil pontos, obje- tivo é contar com a tecnologia em toda a cidade em cinco anos Das 618 mil lâmpadas que compõem o parque lumino- técnico da cidade de São Pau- lo, quase 20 mil são LED, das quais quase a metade (9.074 unidades) foram instaladas nos dois últimos anos. Essa tecnologia, que con- some, em média, 50% menos energia elétrica em relação a outros tipos de lâmpadas utili- zadas e clareiam mais, daqui a cinco anos deverá ser vista em toda a cidade. Isso porque, por meio de uma parceria público- -privada, esse será o prazo para que o vencedor coloque em prá- tica a prestação de serviços de modernização, otimização, ex- pansão, operação, manutenção e controle remoto e em tempo real da infraestrutura da rede de iluminação pública do municí- pio de São Paulo. Em resumo, essa parceria funcionará assim: no primei- ro ano, deverá trocar 10% das luminárias por LED e ampliar o parque em 70 mil pontos de iluminação; nos quatro anos seguintes, substituir 22% das luminárias anualmente até com- pletar o parque, além de ampliá- -lo em 5% por período para fazer frente ao crescimento da demanda, que é constante. Enquanto isso, a Secretaria de Serviços, por meio do Depar- tamento de Iluminação Pública (Ilume), continua colocando em ação o seu programa de remo- delação. Iniciado em 2013, o programa que prevê a substi- tuição de lâmpadas com baixo potencial luminotécnico por ou- tras mais eficientes já substituiu mais de 255 mil lâmpadas, ou cerca de 40% de todo o parque. O objetivo é contribuir com a segurança urbana, qualificar os espaços públicos e levar mais qualidade de vida aos muníci- pes. Parte importante dessa ação, que já levou iluminação por meio de LED a pontos como Avenida 23 de Maio, Marginal Pinheiros, baixos do Elevado Costa e Silva (Minhocão) e Viaduto do Chá, é o programa “LED nos bairros”. Por meio dele, já foram beneficiadas duas comunidades: Heliópolis, com 1.277 luminárias (primei- ro bairro da América Latina a contar com essa tecnologia), e Jardim Monte Azul, com 546 luminárias. Até o final do semestre, a meta é instalar outras 55 mil unidades em bairros de sete distritos - Brasilândia (9.400 unidades), Jardim Ân- gela (10.100), Jardim Helena (5.900), Lajeado (6.800), Pe- dreira (6.300),Raposo Tavares (5.300) e Sapopemba (11.300)- também serão contemplados com iluminação por meio de LEDs, num total aproximado de R$ 200 milhões de investi- mentos. A escolha desses locais leva em conta os índices de vul- nerabilidade social. Para o secretário de Serviços, Simão Pedro, a modernização da iluminação pública da cidade, além de melhorar a sensação de segurança, contribui para a reo- cupação dos espaços públicos durante a noite, garantindo mais conforto aos moradores.
  • 6. 6 ERMELINO & PONTE RASA - 15 a 31 DE JANEIRO DE 2016 Emprego Negócios que crescem em época de criseA crise econômica de 2016, que nós já havíamos anteci- pado desde o início do segun- do semestre, já está ai. Basta acompanhar os jornais, revistas e noticiários na TV. Mas isso não significa que você não deve pensar em abrir seu negócio próprio. Existem muitos tipos de ne- gócios que crescem em tempos de crise, e se você estiver prepa- rado, um ambiente econômico que pode parecer desfavorável, pode acabar lhe proporcionando ótimas opções de investimento. Se a crise econômica de 2016 é inevitável, vamos en- tão nos preparar para descobrir quais são os segmentos que irão apresentar as melhores oportu- nidades de crescimento, apesar do ambiente econômico desfa- vorável. Com a crise as pessoas estão a voltar a usufruir de serviços mais básicos e a retornar a há- bitos antigos que nos últimos tempos foram perdendo utiliza- dores e negócios. Esta é a altu- ra certa para criar um negócio numa destas áreas. Consertos e reparos em roupas Em tempos de crise, muita gente prefere fazer pequenos reparos em roupas a comprar uma nova e comprometer o or- Erros que empreendedores de sucesso nunca cometemMuitos empreendedores bem-sucedidos são mais do que excelentes pessoas de negócios. Eles são, também, mestres em autoconhecimento e transfor- mam seus comportamentos autolimitadores, obstáculos in- conscientes, em avanços cons- cientes, tanto na vida pessoal quanto na profissional. Seu su- cesso é construído com base em perspicácia para os negócios e crescimento pessoal. Compor- tamentos autolimitadores são muito comuns e, sem entender que é possível mudar estas cren- ças e comportamentos, muitos empreendedores com potencial para o sucesso afundam. Aque- les que são satisfeitos em rela- ção a sua escolha de carreira e atingem sucesso real na tenta- tiva de evitar comportamentos negativos são os que alcançam o sucesso. Duvidar de sua intuição Sentimentos intuitivos são muito frequentemente descon- siderados na hora da tomada de decisões. Os empreendedores mais bem-sucedidos utilizam sua percepção para ter grande vantagem, equilibrando lógica e intuição para tomar decisões substanciais que os propulsio- nam para longe. Eles acreditam em sua própria consciência e lideram com profundo autoco- nhecimento e clareza. Esperar sucesso fácil atra- vés de favores Dizem que não há nada çamento. É cada vez maior o número de empresas de peque- nos reparos em roupas que são abertas em todo o país. Revenda de carros usados Com o dinheiro ficando cur- to e o crédito escasseando, mui- ta gente, ao invés de comprar um carro novo, vai recorrer ao bom e velho carro de segunda mão e ai surge mais uma ideia de negócio que deve crescer muito em uma situação de crise econômica. Food Trucks A moda dos Food Trucks começou em Nova York e em função da crise de 2008 e che- gou em São Paulo, de onde está se espalhando para todo o Bra- sil. Embora seja relativamen- te novo esse é uma das nossas apostas sobre negócios que crescem em tempos de crise. como um almoço de graça, e é verdade. Sucesso empresarial é alcançado quase exclusivamen- te através de trabalho duro e de- sejo de conquistar as coisas. Os melhores empreendedores não sonhariam com favores ou não esperariam ser recompensados por nada. Obviamente, procurar por maneiras de chegar à fren- te pode ser bom, especialmente nos estágios iniciais de come- çar um negócio. Profissionais bem-sucedidos sabem que seu sucesso é diretamente propor- cional a quanto eles trabalham, e respeitam quem faz a mesma coisa. Acreditar que não é possí- vel mudar Aqueles que se autolimi- tam têm em comum colocarem a culpa de suas frustrações em outras pessoas ou dizerem que a situação está fora de seu contro- le. Mudar seu próprio compor- tamento não é uma opção: estas pessoas pensam coisas como “eu sou apenas quem eu sou” e “não é minha culpa”. No entanto, na maioria das vezes, reações e comportamentos são hábitos que podem ser mudados facilmen- te com um autoquestionamento consistente. Empreendedores bem-sucedidos assumem total responsabilidade por criar e mu- dar suas reações habituais a in- fluências externas, e sabem que a única coisa que eles podem mudar é sua própria perspectiva. Pensar que não há tempo suficiente Todo mundo tem a mes- ma quantidade de tempo por dia – você tem as mesmas 24 horas que todos. Acreditar con- tinuamente que não há tempo o suficiente no dia para fazer tudo pode, na verdade, demonstrar uma falta de habilidade para de- legar, falta de planejamento ou perda de tempo com distrações e tarefas desnecessárias. Empreen- dedores bem-sucedidos são guar- diões de seu tempo e sabem como terminar tudo prestando atenção no que priorizar e procurando constantemente por maneiras de melhorar sua administração.
  • 7. 7ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 31 DE JANEIRO DE 2016 Variedade Confira dicas para economizar na compra do material escolarUm dos conselhos é reuti- lizar objetos usados nos anos anteriores, como apontadores, mochilas e até cadernos Quem foi comprar materiais escolares neste início de ano pôde notar um aumento signifi- cativo em produtos comuns das listas deste período, como ca- dernos, mochilas e canetas. Uma pesquisa realizada pelo Núcleo de Pesquisas Econô- mico-Sociais da Unitau (Nu- pes), revelou um aumento de quase 25% nos materiais escolares nas cidades de São José dos Campos e Taubaté. Proprietária de uma loja no bairro de São Miguel, De- nise Lima conta que espera por melhora nas vendas até o início das aulas. “É o nos- so primeiro ano de volta às aulas, então a expectativa é boa. Mas ainda está num mo- mento de espera, a gente tá esperando pra ver o mercado e como ele vai reagir, como a empresa vai estar atenden- do ao mercado. É uma espera mesmo”. De acordo com alguns lo- jistas da região, muitos clien- tes têm optado por produtos de marcas menos conhecidas. “Muitos estão procurando materiais de segunda linha, que também são de qualida- de, porém não são daquelas marcas mais conhecidas”, alertou um deles. Segundo especialistas, a melhor forma de economizar na lista de material escolar é reutilizando produtos do ano anterior. A primeira dica de mate- rial escolar é fazer um levan- tamento do que eu pode ser utilizado do ano anterior. É claro que as crianças sempre querem material novo. Ano novo, com tudo novinho. Mas os pais têm que fazer essa avaliação financeira. Será que a mochila não posso usar do ano anterior? Eu não tenho régua, apontador e até cadernos que eu posso utilizar do ano an- terior? Fazendo essa balanço, vai reduzir as despesas de com- pras de novos materiais nesse ano. Outra dica dada pelo é a pesquisa de preços de produ- to para produto nas lojas. Na compra do material, a opção é sempre a compra a vista, você consegue des- conto. E fazer a pesquisa em mais de um estabelecimento. Não fazer a pesquisa com lis- ta fechada das escolas, e sim por item. Porque em um de- terminado estabelecimento o caderno pode estar mais ba- rato, no outro um apontador mais barato. Ao fazer uma pesquisa em três estabeleci- mentos você consegue gastar menos na compra desse ma- terial. Segundo a pesquisa feita pelo Nupes, os produtos que encontram maior variação de preços no mercado são apon- tadores, canetas hidrocor, réguas 30 centímetros, borra- chas e mochilas. Ainda de acordo com o levantamento, a diferença da qualidade de cada material foi o principal fator para a variação de quase 70% entre preços máximos e mínimos. Nova regra de taxistas em São Paulo exige roupa social A partir de segunda-feira (18), taxistas de São Paulo terão que seguir regras de vestuário, comportamento e higiene deter- minadas pela Prefeitura. Entre as determinações está o traje so- cial ou esporte fino para todos os motoristas e uso de terno e gravata ou smoking para táxis da categoria táxi luxo. O Sinditaxistasp (Sindica- to dos Taxistas Autônomos de São Paulo) aprovou o código de conduta da categoria que obriga os profissionais a trabalharem vestidos com roupa social. A esperança da entidade, que hoje representa 33,7 mil profissio- nais autônomos, é fazer frente a aplicativos de carona pagos, como o Uber. A determinação foi publica- da pelo Departamento de Trans- portes Públicos (DTP) no fim de dezembro do ano passado e os motoristas tiveram 30 dias para se adaptar. Além de seguir as regras dos trajes, será obrigatório manter a camisa abotoada, exceto o bo- tão do colarinho, estar com o sapato limpo e engraxado, e o cinto afivelado. Também foram proibidas camisa esportiva ou com estampas, bermudas e ja- quetas de times de futebol. Quem comemorou a nova medida da Secretaria Municipal dos Transportes foi o comércio local, principalmente os volta- dos para a moda masculina. A norma vai estimular as vendas de janeiro, mês considerado fra- co para o ramo de confecções. A portaria municipal pas- sou a valer na última a partir do dia18 e vale também para as mulheres, que deverão vestir o tradicional terninho. A determinação estabelece ainda outras normas, tais como a de higiene do veículo e do ta- xista, proíbe discriminação de passageiros e recusa de corrida e até aconselha a evitar conver- sas sobre política ou futebol. A multa pelo descumpri- mento das regras é de R$ 35,52 por infração. Porém, os agen- tes do DTP (Departamento de Transportes Públicos), por en- quanto, estão apenas orientan- do os condutores.
  • 8. 8ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 31 DE JANEIRO DE 2016 Fitniss Cuidados básicos na hora de malhar Suor no aparelho de muscula- ção, palavrões, desodorante ven- cido, celular tocando durante a aula de alongamento... nas acade- mias, sobra vontade de ficar em forma, mas, muitas vezes, falta educação. Tatiana Nunes, 38 anos, sofre com a falta de etiqueta de alguns colegas de malhação. “Não tem coisa pior do que sentar em um aparelho e subir aquele cheiro de suor alheio”, re- lata ela. E essa reclamação não é incomum. “Isso acontece bastante. Mes- mo deixando álcool e pano dispo- níveis, muitos alunos não fazem a higiene depois de terminar o exercício”, diz Roberto Eduardo, gerente de academia. Atitudes como essa costu- mam ser unanimemente aponta- das como falta de etiqueta. Assim como monopolizar o equipa- mento de ginástica. Não sair da esteira, bicicleta ou elíptico ao término de seu tempo é muito de- sagradável. E na hora de utilizar um aparelho de musculação, não se zangue se alguém pedir para revezar com você. É de bom tom e estimula a cordialidade. O figurino utilizado também levanta discussões. Apesar de ser um ambiente propício a roupas mais justas, e até mais curtas, é preciso cuidado para não exage- rar. Segundo os especialistas, não é proibido usar decote, mas é im- portante não abusar, pois outros alunos podem se sentir incomo- dado. Confira as dicas para manter a linha dentro da academia: Suou, limpou! Não custa nada passar um pano com álcool no aparelho de musculação depois de usá- -lo. Assim, o ambiente fica mais higiênico, livre de cheiros desagradáveis e sempre limpo, é essencial que ao término do exercício higienize e seque o equipamento. Sem reservas Ocupar o aparelho e não dei- xar que outra pessoa o utilize en- quanto termina suas séries é dese- legante. Ainda mais se a academia estiver lotada. É de bom tom reve- zar. Enquanto você descansa da série, outra pessoa pode usar. Nas aulas como spininning e jump, que utilizam bicicleta e cama elástica, não reserve espaço para um amigo. Não é educado. Há pessoas que reservam equi- pamentos, saem no meio da aula, tirando a vaga de alguém que gos- taria de ter feito a aula inteira. Roupa suja se lava em casa O vestiário, como o próprio nome já sugere, é o local para se trocar, guardar pertences e tomar banho. Mas lavar a roupa utilizada na ginástica já é um pouco demais Nu com a mão no bolso Por mais que o vestiário seja propício à pouca roupa, o ideal é não abusar da nudez. É um am- biente com várias pessoas dife- rentes, elas podem se incomodar com alguém andando pelado de um lado para o outro, secando o cabelo sem roupa.
  • 9. 9 ERMELINO & PONTE RASA - 15 a 31 DE JANEIRO DE 2016 Saúde O dente do siso serve só para ser extraído? Todo mundo tem os dentes do siso? Quando é a época certa deles nascerem? Eles podem ter cáries? Entenda o que é verdade e o que é mito sobre os dentes do siso O dente do juízo, como é conhecido popularmente o siso, ganhou esse apelido porque ele tende a surgir quando estamos na iminência da vida adulta, ou seja, entre os 17 e 25 anos. Mes- mo que muitos questionem a ra- zão de termos o dente do siso, ele tem sim utilidade. Ele ajuda nosso sistema mastigatório, em- bora já não seja indispensável uma vez que outros dentes po- dem assumir essa função sem prejuízo algum. Veja as dúvidas mais comuns sobre os dentes do siso abaixo: Quando é a época certa dos sisos começarem a nascer? Os dentes do siso costumam a erupcionar, ou nascer, entre 17 e 25 anos. Todo mundo tem os dentes do siso? Não. Uma pessoa pode nascer sem os dentes do siso. Por meio de exames, o dentista poderá checar essa condição. O dente do siso pode ter cá- rie? Sim, desde quando começa a erupcionar. Portanto, a higie- nização é muito importante nes- sa região. Sempre precisamos retirar os dentes do siso? Não. A re- moção é comumente indicada quando ele nasce mal posicio- nado e atrapalha o dente vizi- nho ou quando fica voltado para a bochecha ou língua. Outros casos também devem ser anali- sados por profissionais. Se o dente do siso ainda não nasceu o dentista nunca poderá extraí-lo? Isso é um mito. Den- tes do siso que ainda não erup- cionaram também podem ser removidos. Isso dependerá da avaliação do dentista. Quantos dentes do siso te- mos? São quatro no total. Dois superiores e dois inferiores, em ambos os lados da boca, direi- to e esquerdo. Por nascer no fundo da boca, é de difícil higienização assim, atenção extra quando o siso está nascendo, pois o acú- mulo de restos de alimentos na região pode provocar o surgi- mento de cáries já nessa fase. Pode entrar restos de comida sob a gengiva e daí causar a cá- rie. Apesar de vir por último, o dente do siso não chega só para bagunçar uma dentição perfeita. Depende de cada situação. Em alguns casos, se o dente do siso estiver apoiado em outro dente, ou se estiver mal posicionado, ele interfere e atrapalha no po- sicionamento dos dentes. Tem ocasiões em que ele tem espaço para nascer e não ocasiona pro- blema nenhum. Para nascer, o dente precisa rasgar a gengiva e isso causa um pouco de dor, mas nem pense em suspender a escovação da área. A higieniza- ção adequada, inclusive com fio ou fita dental, evitará a inflama- ção da gengiva. É normal sentir dor, mas se houver sangramen- to, o conselho é procurar ajuda especializada. Remoção A necessidade de remoção do dente do siso é avaliada pelo cirurgião-dentista ou pelo ci- rurgião buco-maxilo-facial. Mas será que é comum tirar um dente que ainda nem nas- ceu? Esses casos ocorrem quando ele já está impactan- do o dente vizinho. E é pre- ciso lembrar que remover um dos sisos não significa que os demais também terão que ser retirados. Cada caso deve ser analisado individualmente. Se o dentista optou pela remoção, é importante seguir as orien- tações para o pré-operatório e relatar também todos os medi- camentos que a pessoa faz uso. Quem usa ácido acetilsalicílico (aspirina), por exemplo, precisa comunicar o dentista porque a substância dificulta a coagula- ção, habilidade importante na fase da cicatrização pós-cirúr- gica. No pós-operatório, evite alimentos e procedimentos que alterem a temperatura do cor- po. “É como qualquer outra cirurgia. Não faça exercícios físicos, não fique em lugares quentes, evite comida muito quente. A cicatrização exige a formação de um coágulo e, com o calor, ele se desmancha. Use uma bolsa de gelo para evitar o inchaço também.
  • 10. 1 0 ERMELINO & PONTE RASA - 15 a 31 DE JANEIRO DE 2016 Cotidiano Todo início de ano enu- meramos desejos e objetivos a seguir ao longo dos próximos meses. Para papais e mamães acrescenta-se à lista, diversos comportamentos relacionados à educação dos pequenos, e é aí que algumas promessas podem não ser cumpridas. As psicólogas do Grupo Terapêutico Núcleo Corujas, Luciana Romano e Raquel Be- nazzi, analisam a importância de avaliar o que é dito aos filhos e a melhor maneira de educar, a palavra chave é “paciência”. Confira algumas dicas: “Gritar ou brigar com a criança” Os pais precisam compreen- der que para educar é lidar com as próprias frustrações e raiva, antes de gritar ou bater nos fi- lhos. Cabe aos pais trabalha- rem sua própria agressividade, nos momentos difíceis, você pode dizer: “Mamãe está brava e muito chateada, preciso sair para tomar um arzinho e depois a gente conversar”, ou “Assim não dá para conversar, quando você se acalmar a gente procu- ra entender melhor o que está acontecendo e buscar soluções em conjunto, ok?”. Promessas, o que devemos dizer aos pequenos! “Deixar o pequeno de cas- tigo” O castigo é muito mais uma forma de punição do que de educação. Por isso prioriza- mos outra forma de abordagem: aquela que trabalha com as con- sequências. Em vez de colocá- -lo de castigo, procure aplicar e mostrar a ele a consequência de sua ação, isto é, fazê-lo vi- venciar o resultado que aquela atitude provocou e das escolhas dele. Exemplo: A criança jogou bola na casa, sabendo que não podia e quebrou um vaso da mãe - No lugar de colocá-lo no famoso “cantinho do castigo” e deixá-lo lá, faça o seguinte: 1- Mostre que ficou chateada por ele ter descumprido uma regra que já era conhecida; 2- faça- -o, com sua supervisão, limpar a sujeira que causou. 3- você pode dizer que ele precisará pa- gar parte do vaso com a mesada dele, comprar outro e negociar o valor com a criança. “Hora da refeição” Antes de tudo é necessá- rio que a família dê o exemplo daquilo que prega e seja coe- rente com as regras para não estimular comunicações ambí- guas, como por exemplo: um dia exige comer na cozinha e outro, sem explicação, cede e permite que esta regra seja que- brada; isso confunde a criança e gera muitos conflitos familia- res. A ideia de que a criança só come se for do jeito dela, com certeza, é porque houve espaço e permissão dos pais para esse comportamento. Se necessário, peça ajuda e orientação de um profissional e lembre-se que isso faz parte do processo de aprendizagem. “Programação em família” As crianças estão em fase de aprendizagem, desenvolvimen- to e construção de identidade, por isso é importante estimular diferentes experiências e conhe- cimentos. Hoje há diversos pro- gramas culturais próprios para a infância, aproveite e programe- -se. Se desde o início a família mostrar que isso pode ser diver- tido, a criança dará continuida- de a tal experiência. A família pode criar uma regrinha, esco- lher e decidir juntos por esse tipo de programa ao longo do mês, assim todos aprendem com essas atividades, além disso, muitas vezes as crianças gostam quando coleguinhas ou outros familiares são incluídos e convidados. “Hora de Dormir” Caso a criança vá para quarto dos pais, é necessário acolher e leva-la novamente ao quarto dele, permaneça lá até ele adormecer (se necessário), mostre que está presente. Tente entender e explo- rar os motivos dele buscar dormir com os pais com uma conversa franca. É muito importante criar as rotinas de sono: banho, pijama, escovar dentes, deixar casa com menos luminosidade e barulho, ler histórias infantil, entre outras ações que você poderá construir com seu próprio filho. Ensine que é importante cada um ter seu can- tinho de dormir e que ele precisa ter o espaço dele, assim como os pais. A educação requer muita pa- ciência, firmeza, amor e força de vontade dos pais, não desistam!
  • 11. 11ERMELINO & PONTE E RASA - 15 A 31 DE JANEIRO DE 2016 Feminissima Brigas que todo casal têm (e como resolvê-las) Você pode ter um relaciona- mento de longa data com qual- quer pessoa, mas realmente só vai conhecê-la quando morar com ela sob o mesmo teto. E convívio proporciona além de momentos felizes, inevitáveis discussões. Uma coisa que você precisa ter em mente é que dis- cutir é normal. Mas do que isso é uma valiosa forma de comu- nicação para manter uma vida a dois saudável. O mais impor- tante, então, não é evitar que os problemas aconteçam. Confira abaixo com as sugestões de especialistas de como resolvê- -los. EXCESSO DE ATENÇÃO NO CELULAR Vivemos em uma época de redes sociais e em que estamos conectados o tempo todo. A grande dificuldade é conseguir se desconectar quando temos um tempo para ficar com nos- sas companheiras. O que fazer: pense em como você se sentiria se você fosse a pessoa sentada do outro lado da mesa de jan- tar, enquanto sua companheira passasse o tempo mandando mensagens pelo celular e rindo das piadas dos grupos. Sempre que possível, deixe o telefone de lado ou desligue durante as refeições, conversas importan- tes ou alguma atividade que es- tejam fazendo juntos. AFAZERES DOMÉSTICOS Nunca antes na história dos relacionamentos havia uma frequência tão grande de ca- sais que moram juntos antes do casamento. Mas, coabitar o mesmo espaço apresenta desa- fios únicos; quando se trata de pequenas questões como limpe- za, divisão das tarefas, manias, etc. O que fazer: você não pode deixar que uma toalha na cama ou sapatos fora do armário des- trua seu relacionamento. Tem algo que te incomoda? Fale a companheira. Divida as tarefas domésticas e, caso um tenha mais tempo livre, ele pode se encarregar de mais atividades. Respeite o outro e tente manter a ordem do ambiente. FREQUÊNCIA SEXUAL Você não quer ter relações sexuais todos os dias e ela quer, ou ela preferiria deixar o sexo só para os fins de semana. Nosso desejo sexual está sempre mu- dando, nossos interesses estão sempre mudando e nossos cor- pos estão sempre mudando. Isso não significa que você precisa para separar por incompatibili- dade. O que aprender: aprender a comunicar essas necessidades sobre sexo, sem julgamentos, é fundamental para evitar ressen- timentos e mágoas posteriores. Falando sobre sua vida sexual pode ser o primeiro passo para melhorá-lo. DINHEIRO O casamento tem a ver com amor; o divórcio, com dinheiro, diz o velho ditado. O caminho mais curto para o divórcio começa, muitas vezes, com brigas feias sobre questões financeiras. Casais casados brigam mais sobre dinheiro do que sobre qualquer outra coisa. O que fazer: não quer que as finanças levem à falên- cia do seu casamento? Siga o conselho da O dinheiro mexe com o emocional das pessoas e as brigas podem começar por- que as pessoas que estão em um relacionamento têm visões di- ferentes sobre o dinheiro. Você precisa ter um diálogo com seu parceiro sobre como a família de cada um tratava o dinheiro durante a sua criação, falando desde como o dinheiro era gas- to, qual dos pais tomava as de- cisões financeiras, até perguntas sobre ser forçado a economizar para conseguir as coisas que precisavam ou queriam”. Co- nhecer bem a relação emo- cional do seu cônjuge com o dinheiro ajuda a entender a perspectiva dele quando sur- girem as discussões. De olho nas garras: leve seu esmalte ao salão, guarde na geladeira e mais dicas Por que o esmalte venceu antes da data de validade? O que acontece ao aplicar esmal- te vencido nas unhas? Dá para prolongar a durabilidade do produto? Você estava se preparando para pintar as unhas quando pegou o esmalte escolhido e reparou que o estado do pro- duto não estava lá nas melho- res condições. Procurou a data de vencimento, mas ainda não havia expirado. Curiosa para saber por que isso acontece? Pela ANVISA, os esmaltes têm durabilidade de até três anos. No entanto, fatores como ex- posição a altas temperaturas ou abertura do frasco por muito tempo - colocando-o em contato com micro-organismos - podem comprometer a conservação. Então, fique de olho nas condi- ções gerais do esmalte antes de aplicá-lo: consistência espessa, textura heterogênea e cheiro desagradável são indicações de que está na hora de jogar o vi- drinho fora. Leve seu esmalte com você Natalie afirma que nes- ses espaços é raro um esmalte chegar a vencer devido à alta rotatividade existente, mas a dermatologista Angélica acon- selha que você leve seu próprio produto em salões de beleza ou esmaltarias. Fungos Os fungos estão entre os micro-organismos que podem entrar em contato com a com- posição do esmalte pelo ar. Os fungos podem virar esporos e ficarem vivos por até oito horas, havendo contaminação. Isso já foi comprovado cientificamen- te. Guardar na geladeira? Diluentes podem até dar uma mãozinha, mas o método mais eficaz para prolongar o uso do produto é mantê-lo lon- ge do calor: Algumas pessoas optam por armazená-lo na ge- ladeira para que o mesmo não perca a textura fluída. Com o frio, há uma demora maior na evaporação dos solventes. Já para manter a pigmentação por mais tempo na unha, após a aplicação do esmalte, o exces- so das pontas seja retirado com algodão e removedor, evitando que o produto descasque antes da hora. Para finalizar, aposte no extra brilho de secagem rá- pida: É incrível. Faz secar mais rápido e ainda protege o esmalte por mais tempo.
  • 12. 1 2 ERMELINO & PONTE RASA - 15 a 31 DE JANEIRO DE 2016 Entretenimento Áries O Sol deixa o signo de Ca- pricórnio e começa sua cami- nhada anual através de Aquário marcando o início de uma fase em que você estará mais volta- do para os trabalhos em equipe, a vida social e os amigos. Peixes O Sol começa a caminhar através de Aquário e sua energia vital pode ser derrubada. O mo- mento envolve maior fragilida- de e dificuldade de concretiza- ção de projetos. Procure cuidar de sua saúde física e emocional. Touro O Sol começa sua caminha- da anual através de Aquário marcando o início de uma fase de sucesso e reconhecimento profissional. Um projeto pode começar a mostrar ótimos resul- tados. Novas oportunidades. Gêmeos O Sol começa a caminhar através de Aquário indicando o início de uma fase em que você estará mais voltado para os pro- jetos de médio prazo, especial- mente os que envolvem pessoas e empresas estrangeiras. Câncer O Sol começa a caminhar através de Aquário indicando o início de uma fase deixando você mais voltado para suas emoções, que passam por um momento de aprofundamento. Respeite seu estado de espírito. Leão O Sol começa a caminhar através de Aquário indicando o início de uma fase de maior movimento em seus relaciona- mentos pessoais e profissionais. Ótimo momento para firmar so- ciedades e parcerias. Virgem O Sol começa a caminhar através de Aquário marcando o início de uma fase de maior intensidade no trabalho. O mo- mento é ótimo para apresentar ou participar de novos projetos ou novo emprego. Libra O Sol começa a caminhar através de Aquário marcando o início de uma fase de movi- mento em sua vida social. Seu coração estará mais aberto e um novo romance pode acontecer. Aproveite as boas energias. Escorpião O Sol começa a caminhar através de Aquário marcando o início de uma fase em que você estará mais fechado, vol- tado para sua vida doméstica e os seus. Um de seus pais pode estar mais sensível e carente. Sagitário O Sol começa a caminhar através de Aquário marcando o início de uma fase de maior mo- vimento e melhoria na comuni- cação. Um novo contato impor- tante pode ser firmado e resultar em um novo contrato. Capricórnio O Sol começa a caminhar através de Aquário marcando o início de uma fase em que você estará mais voltado para ques- tões que envolvem suas finan- ças. O momento é ótimo para novos investimentos. Aquário O Sol começa a caminhar através de seu signo marcando o início de um novo ano astral. Sua energia vital retorna e você sente uma melhora significativa em sua saúde. O momento en- volve criação de novos projetos. Horóscopo GirodosFamososTv em ação Brad Pitt e Angelina Jolie estão morando sepa- rados há um ano, diz revista. Briga teria começado após o Natal de 2014. Segundo uma fonte da revista “In Touch”, o ator “desistiu” do casamento. Brad Pitt e Angelina Jolie já não moram mais juntos há um ano, enquanto tentam resolver questões do casamento, infor- mou na quinta-feira (21) a revis- ta americana “In Touch”. Ange- lina Jolie e Brad Pitt não moram mais juntos há um ano, informa a revista “In Touch”. Segundo a publicação, o casal mais podero- so de Hollywood tomou a deci- são após “uma série de términos e brigas” durante as férias de Natal da família de 2014. Uma fonte da revista afirma que Brad “sente que ela não ouve” o que ele diz, então o ator “desistiu” do casamento. Brad e Angelina se casaram oficialmente em agosto de 2014 mas, de acordo com a revista, entre o trabalho no ci- nema, projetos sociais e cuidar dos filhos, não sobra tempo para o casal. Em 2015, o casal estrelou o filme “À Beira Mar”, dirigido por Angelina, em que eles interpretam justamente um casal com crise no relacionamento. BBB 16: Internet vai à loucura com anúncio de novos participantes na casa Pedro Bial revela cômodo secreto com lugar para mais quatro participantes e deixa público inquieto Pedro Bial pegou todo mundo de surpresa na noite de quarta-feira (20). Antes de encerrar o “Big Brother Brasil”, o apresentador apre- sentou ao público uma novi- dade na casa: a existência de um cômodo secreto com qua- tro camas que abrigarão no- vos participantes do reality. “Você se lembra que a casa ti- nha um segundo andar? Con- tinua tendo. Vamos dar uma espiadinha no segundo andar do BBB.”, diz Bial. “Sala de estar, mesa, cadeiras, sofá, monitor de TV. Ao lado da sala, banheiro, boxe, chuvei- ro. Quatro camas, tudo vazio, como se estivesse à espera de alguém”. Depois do anúncio de Pedro Bial, as redes so- ciais ficaram inquietas com a novidade e todos se pergun- taram qual será a identidade dos novos moradores da casa. Seriam ex-BBBs ou pessoas desconhecidas? Fernanda Souza, Grazi Massafera e mais famosos vão a show de Thiaguinho. Na noite do dia 20, Thia- guinho reuniu amigos e fãs na Barra da Tijuca para gra- var seu novo DVD, “Vamo Q Vamo”. Além de Fernan- da Souza, mulher do pago- deiro, que escolheu um look cheio de charme, com blusa rendada e shortinho curto preto, quem também roubou a cena foi Grazi Massafera, usando um vestido justo e branco. Bruna Marquezine usa vestido longo e deco- tado para show de Tiago Iorc. Estrela do clipe “Amei Te Ver” de Tiago Iorc, Bruna Marquezine marcou presença no show do música, que faz parte da turnê “Troco Likes”, na noite do dia 20, na Barra da Tijuca. A atriz, que à época chegou a ser apontada como pivô do fim do relacionamento de Tiago e sua então namorada, a atriz Isa- belle Drummond, escolheu um figurino cheio de personalidade para o evento. Bruna usou um vestido longo branco e decotada, sandálias de salto marrom e maquiagem natural. Em sua companhia, estava a também atriz Letícia Colin, com quem Bruna protagonizará cenas quentes em “Nada Será Como Antes”. Desde que começaram a gravar a nova série da Globo, Bruna, que adotou fios mais escuros recentemente para uma campanha publicitária, e Letícia Colin estão cada vez mais próximas e já fo- ram clicadas juntas em outras ocasiões, como um almoço no shopping.