SlideShare uma empresa Scribd logo

4ano catequese1

C
cesar2006
1 de 4
Baixar para ler offline
É bom    N
   Que bom é
estarmos juntos.
                  N                           seguir Jesus.




  B en di t o   se ja   d eu s   q ue no s r eu ni u
                                                     no am o r de   C r is t o .



1. Re-Unidos no Amor de Cristo



                                                                                   9
Então Jesus disse-lhes:
     «Homens sem inteligência e lentos
     de espírito, para acreditar em
     tudo o que os profetas
     anunciaram! Não tinha o Messias de
     sofrer tudo isso para entrar na sua
     glória?»
     Depois, começando por Moisés e
     passando pelos Profetas, explicou-
     lhes em todas as Escrituras
     o que lhe dizia respeito.
     Ao chegarem perto da povoação
     para onde iam, Jesus fez menção
     de ir para diante.
     Mas eles convenceram-no a ficar,
     dizendo:
     «Fica connosco,
     porque o dia está a terminar
     e vem caindo a noite.»
     Jesus entrou e ficou com eles.
     E, quando se pôs à mesa,
     tomou o pão, recitou a bênção,
     partiu-o e entregou-lho.
     Nesse momento abriram-se-lhes os
     olhos e reconheceram-n’O.
     Mas Ele desapareceu da sua
     presença.
     Disseram então um para o outro:
     «Não ardia cá dentro o nosso
     coração,
     quando Ele nos falava a caminho
     e nos explicava as Escrituras?»
     Partiram imediatamente de
     regresso a Jerusalém
     e encontraram reunidos os Onze
     e os que estavam com eles, que
     diziam:
     «Na verdade, o Senhor ressuscitou e
     apareceu a Simão».
     E eles contaram o que tinha
     acontecido pelo caminho
     e como O tinham reconhecido
     ao partir do pão.

     Lc 24, 25-35




10
tu tens palavras de vida eterna




                      que o Senhor, pela sua
                      Palavra, te conceda a
                           vida eterna!
                           A          !




                                               11
inha Vida
              A Palavra de Deus na m
                  1. Como é que o meu nome surgiu em volta do nome de Cristo?
                  2. Desenho o que senti.
                  3. Escolho outra pessoa para ficar junto de Jesus. Porque é que eu a escolhi?
                          “A Ceia de Emaús” Quadro de Jacopo da Pontorno (Itália, 1493-1558)




                      «Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.»


                                         Caríssimos pais/educadores
           Em Familia
                 ´                       “Palavras de vida eterna” – eis o que queremos oferecer ao
                                         vosso filho, neste ano de catequese. Ou melhor: é Deus quem
     oferece. Ele é que lhe vai falar, primariamente através da sua Palavra, transmitida na Bíblia e
     concentrada em seu Filho Jesus Cristo. Vindas dele, são palavras que podem conduzir àquela
     vida que, no dizer do Papa Bento XVI, consiste “no oceano do amor infinito, no qual o tempo – o
     antes e o depois – não existe”.
     Esperamos que o vosso filho possa saborear já um pouco desse amor, nomeadamente em cada
     encontro de catequese. E vós com ele. Para isso, tem de ser assíduo e pontual, e dispor, para cada
     encontro, de pelo menos 90 minutos. E sempre que fordes convidados a acompanhá-lo, procurai
     estar presente.
     De encontro para encontro, receberá uma folha ou mais, em que está escrito “A Palavra de Deus
     na minha vida”. São folhas para registar os modos como a Palavra da Bíblia se vai tornando viva
     na sua vida. Ajudai-o a preencher e a conservar cada folha, de tal modo que, no final do ano,
     possa formar com todas elas um “livro” – o livro da Palavra de Deus na sua vida… e na vossa!


12

Recomendados

Campanha da Quaresma 2017_São José
Campanha da Quaresma 2017_São JoséCampanha da Quaresma 2017_São José
Campanha da Quaresma 2017_São JoséInfanciaSaoJose
 
Dica de evangelismo nº 1 pelo método de evangelização de rua casa por casa
Dica de evangelismo nº 1 pelo método de evangelização de rua casa por casaDica de evangelismo nº 1 pelo método de evangelização de rua casa por casa
Dica de evangelismo nº 1 pelo método de evangelização de rua casa por casafelipe_higa
 
Da mensagem evangelística
Da mensagem evangelísticaDa mensagem evangelística
Da mensagem evangelísticafelipe_higa
 
Não sei se ele me aceitara.
Não sei se ele me aceitara.Não sei se ele me aceitara.
Não sei se ele me aceitara.felipe_higa
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Logotipo - Descrição
Logotipo - DescriçãoLogotipo - Descrição
Logotipo - Descriçãofelipe_higa
 
Seja uns dos colaboradores na obra de deus
Seja uns dos colaboradores na obra de deusSeja uns dos colaboradores na obra de deus
Seja uns dos colaboradores na obra de deusfelipe_higa
 
Como ensinar as crianças a evangelizar
Como ensinar as crianças a evangelizarComo ensinar as crianças a evangelizar
Como ensinar as crianças a evangelizarfelipe_higa
 
Veja como Deus faz
Veja como Deus fazVeja como Deus faz
Veja como Deus fazfelipe_higa
 
Dois pesos e duas medidas ao inves de um peso e uma medida para com cristo
Dois pesos e duas medidas ao inves de um peso e uma medida para com cristoDois pesos e duas medidas ao inves de um peso e uma medida para com cristo
Dois pesos e duas medidas ao inves de um peso e uma medida para com cristofelipe_higa
 
Quase toda as igrejas a noiva de cristo, estão no cti.
Quase toda as igrejas a noiva de cristo, estão no cti.Quase toda as igrejas a noiva de cristo, estão no cti.
Quase toda as igrejas a noiva de cristo, estão no cti.felipe_higa
 
Discipulado lição 3 - jesus cristo
Discipulado   lição 3 - jesus cristoDiscipulado   lição 3 - jesus cristo
Discipulado lição 3 - jesus cristoAlexandro Oliveira
 
20130129 catequese6igreja joaobaptista
20130129 catequese6igreja joaobaptista20130129 catequese6igreja joaobaptista
20130129 catequese6igreja joaobaptistasvicentebranca
 
20130129 catequese6igreja joaobaptista
20130129 catequese6igreja joaobaptista20130129 catequese6igreja joaobaptista
20130129 catequese6igreja joaobaptistasvicentebranca
 
Projeto de evangelismo a trombeta de deus, o evangelho de jesus cristo
Projeto de evangelismo a trombeta de deus, o evangelho de jesus cristoProjeto de evangelismo a trombeta de deus, o evangelho de jesus cristo
Projeto de evangelismo a trombeta de deus, o evangelho de jesus cristofelipe_higa
 
Lucas Capítulo 5-33-39 - Jesus e o Jejum
Lucas Capítulo 5-33-39 - Jesus e o JejumLucas Capítulo 5-33-39 - Jesus e o Jejum
Lucas Capítulo 5-33-39 - Jesus e o JejumAdolesBetel
 
Boletim 531 - 16/04/17
Boletim 531 - 16/04/17Boletim 531 - 16/04/17
Boletim 531 - 16/04/17stanaami
 
1 joão 1.ppt;5 7, estudo
1 joão 1.ppt;5 7, estudo1 joão 1.ppt;5 7, estudo
1 joão 1.ppt;5 7, estudoRobson Oliveira
 
Compromisso com deus iv
Compromisso com deus ivCompromisso com deus iv
Compromisso com deus ivIvo Nogueira
 
Espírito santo querigma das cores
Espírito santo   querigma das coresEspírito santo   querigma das cores
Espírito santo querigma das coresRogerio Souza
 
52 Jesus e Lázaro / 52 jesus and lazarus portuguese
52 Jesus e Lázaro / 52 jesus and lazarus portuguese52 Jesus e Lázaro / 52 jesus and lazarus portuguese
52 Jesus e Lázaro / 52 jesus and lazarus portuguesePing Ponga
 

Mais procurados (20)

Logotipo - Descrição
Logotipo - DescriçãoLogotipo - Descrição
Logotipo - Descrição
 
Seja uns dos colaboradores na obra de deus
Seja uns dos colaboradores na obra de deusSeja uns dos colaboradores na obra de deus
Seja uns dos colaboradores na obra de deus
 
Como ensinar as crianças a evangelizar
Como ensinar as crianças a evangelizarComo ensinar as crianças a evangelizar
Como ensinar as crianças a evangelizar
 
Pvbs novembro 2010
Pvbs novembro 2010Pvbs novembro 2010
Pvbs novembro 2010
 
Veja como Deus faz
Veja como Deus fazVeja como Deus faz
Veja como Deus faz
 
Dois pesos e duas medidas ao inves de um peso e uma medida para com cristo
Dois pesos e duas medidas ao inves de um peso e uma medida para com cristoDois pesos e duas medidas ao inves de um peso e uma medida para com cristo
Dois pesos e duas medidas ao inves de um peso e uma medida para com cristo
 
Salvação
SalvaçãoSalvação
Salvação
 
Quase toda as igrejas a noiva de cristo, estão no cti.
Quase toda as igrejas a noiva de cristo, estão no cti.Quase toda as igrejas a noiva de cristo, estão no cti.
Quase toda as igrejas a noiva de cristo, estão no cti.
 
Discipulado lição 3 - jesus cristo
Discipulado   lição 3 - jesus cristoDiscipulado   lição 3 - jesus cristo
Discipulado lição 3 - jesus cristo
 
20130129 catequese6igreja joaobaptista
20130129 catequese6igreja joaobaptista20130129 catequese6igreja joaobaptista
20130129 catequese6igreja joaobaptista
 
Batismo
BatismoBatismo
Batismo
 
Relatórios
RelatóriosRelatórios
Relatórios
 
20130129 catequese6igreja joaobaptista
20130129 catequese6igreja joaobaptista20130129 catequese6igreja joaobaptista
20130129 catequese6igreja joaobaptista
 
Projeto de evangelismo a trombeta de deus, o evangelho de jesus cristo
Projeto de evangelismo a trombeta de deus, o evangelho de jesus cristoProjeto de evangelismo a trombeta de deus, o evangelho de jesus cristo
Projeto de evangelismo a trombeta de deus, o evangelho de jesus cristo
 
Lucas Capítulo 5-33-39 - Jesus e o Jejum
Lucas Capítulo 5-33-39 - Jesus e o JejumLucas Capítulo 5-33-39 - Jesus e o Jejum
Lucas Capítulo 5-33-39 - Jesus e o Jejum
 
Boletim 531 - 16/04/17
Boletim 531 - 16/04/17Boletim 531 - 16/04/17
Boletim 531 - 16/04/17
 
1 joão 1.ppt;5 7, estudo
1 joão 1.ppt;5 7, estudo1 joão 1.ppt;5 7, estudo
1 joão 1.ppt;5 7, estudo
 
Compromisso com deus iv
Compromisso com deus ivCompromisso com deus iv
Compromisso com deus iv
 
Espírito santo querigma das cores
Espírito santo   querigma das coresEspírito santo   querigma das cores
Espírito santo querigma das cores
 
52 Jesus e Lázaro / 52 jesus and lazarus portuguese
52 Jesus e Lázaro / 52 jesus and lazarus portuguese52 Jesus e Lázaro / 52 jesus and lazarus portuguese
52 Jesus e Lázaro / 52 jesus and lazarus portuguese
 

Semelhante a 4ano catequese1

Semelhante a 4ano catequese1 (20)

Cat02
Cat02Cat02
Cat02
 
2017 4ºano festa da palavra
2017 4ºano festa da palavra2017 4ºano festa da palavra
2017 4ºano festa da palavra
 
Por54 0329 redemption by power vgr
Por54 0329 redemption by power vgrPor54 0329 redemption by power vgr
Por54 0329 redemption by power vgr
 
Por54 0329 redemption by power vgr
Por54 0329 redemption by power vgrPor54 0329 redemption by power vgr
Por54 0329 redemption by power vgr
 
Roteiro homilético do natal missa do dia 251212
Roteiro homilético do natal missa do dia 251212Roteiro homilético do natal missa do dia 251212
Roteiro homilético do natal missa do dia 251212
 
Festa do Acolhimento 2023.docx
Festa do Acolhimento 2023.docxFesta do Acolhimento 2023.docx
Festa do Acolhimento 2023.docx
 
8ºencontro
8ºencontro8ºencontro
8ºencontro
 
Quando foi que jesus cristo nasceu
Quando foi que jesus cristo nasceuQuando foi que jesus cristo nasceu
Quando foi que jesus cristo nasceu
 
Catequese, lição 4 + Páscoa
Catequese, lição 4 + PáscoaCatequese, lição 4 + Páscoa
Catequese, lição 4 + Páscoa
 
itinerario espiritual para o tempo da cuaresma 2020
 itinerario espiritual para o tempo da cuaresma 2020 itinerario espiritual para o tempo da cuaresma 2020
itinerario espiritual para o tempo da cuaresma 2020
 
Festa-da-Palavra
Festa-da-PalavraFesta-da-Palavra
Festa-da-Palavra
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
 
Junho 2011
Junho 2011Junho 2011
Junho 2011
 
Voz da Paróquia - Junho 2011
Voz da Paróquia - Junho 2011Voz da Paróquia - Junho 2011
Voz da Paróquia - Junho 2011
 
Exaltai O (EX) - MM
Exaltai O (EX) - MMExaltai O (EX) - MM
Exaltai O (EX) - MM
 
1º ANO DE EUCARISTIA
1º ANO DE EUCARISTIA1º ANO DE EUCARISTIA
1º ANO DE EUCARISTIA
 
Novena ao Padroeiro Santo André 2009
Novena ao Padroeiro Santo André 2009Novena ao Padroeiro Santo André 2009
Novena ao Padroeiro Santo André 2009
 
Discipulado "Conhecendo o amor de Deus" - Mestre
Discipulado "Conhecendo o amor de Deus" - MestreDiscipulado "Conhecendo o amor de Deus" - Mestre
Discipulado "Conhecendo o amor de Deus" - Mestre
 
Novena a São João Eudes
Novena a São João EudesNovena a São João Eudes
Novena a São João Eudes
 
5 Domigo de Pascoa
5 Domigo de Pascoa5 Domigo de Pascoa
5 Domigo de Pascoa
 

Mais de cesar2006

4ano catequese4
4ano catequese44ano catequese4
4ano catequese4cesar2006
 
Cristologia07
Cristologia07Cristologia07
Cristologia07cesar2006
 
Colo de jesus
Colo de jesusColo de jesus
Colo de jesuscesar2006
 
Minha oracao
Minha oracaoMinha oracao
Minha oracaocesar2006
 
Obrigado senhor
Obrigado senhorObrigado senhor
Obrigado senhorcesar2006
 
Falarcom deus
Falarcom deusFalarcom deus
Falarcom deuscesar2006
 
Parabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanoParabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanocesar2006
 
Parabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-toloParabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-tolocesar2006
 
Parabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigoParabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigocesar2006
 
Parabola dos-talentos
Parabola dos-talentosParabola dos-talentos
Parabola dos-talentoscesar2006
 
Parabola do-semeador
Parabola do-semeadorParabola do-semeador
Parabola do-semeadorcesar2006
 
Parabola dos2construtores
Parabola dos2construtoresParabola dos2construtores
Parabola dos2construtorescesar2006
 
Parabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-toloParabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-tolocesar2006
 
Parabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigoParabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigocesar2006
 
Parabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanoParabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanocesar2006
 
Parabola dos-talentos (1)
Parabola dos-talentos (1)Parabola dos-talentos (1)
Parabola dos-talentos (1)cesar2006
 
Parabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanoParabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanocesar2006
 
Parabola da-ovelha-perdida
Parabola da-ovelha-perdidaParabola da-ovelha-perdida
Parabola da-ovelha-perdidacesar2006
 

Mais de cesar2006 (20)

4ano catequese4
4ano catequese44ano catequese4
4ano catequese4
 
Cristologia07
Cristologia07Cristologia07
Cristologia07
 
Colo de jesus
Colo de jesusColo de jesus
Colo de jesus
 
Minha oracao
Minha oracaoMinha oracao
Minha oracao
 
Obrigado senhor
Obrigado senhorObrigado senhor
Obrigado senhor
 
Falarcom deus
Falarcom deusFalarcom deus
Falarcom deus
 
Parabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanoParabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritano
 
Parabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-toloParabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-tolo
 
Parabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigoParabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigo
 
Parabola dos-talentos
Parabola dos-talentosParabola dos-talentos
Parabola dos-talentos
 
Parabola do-semeador
Parabola do-semeadorParabola do-semeador
Parabola do-semeador
 
Parabola dos2construtores
Parabola dos2construtoresParabola dos2construtores
Parabola dos2construtores
 
Parabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-toloParabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-tolo
 
Parabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigoParabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigo
 
Parabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanoParabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritano
 
Parabola dos-talentos (1)
Parabola dos-talentos (1)Parabola dos-talentos (1)
Parabola dos-talentos (1)
 
Parabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanoParabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritano
 
Parabola da-ovelha-perdida
Parabola da-ovelha-perdidaParabola da-ovelha-perdida
Parabola da-ovelha-perdida
 
Catequese 6
Catequese 6Catequese 6
Catequese 6
 
Catequese 1
Catequese 1Catequese 1
Catequese 1
 

4ano catequese1

  • 1. É bom N Que bom é estarmos juntos. N seguir Jesus. B en di t o se ja d eu s q ue no s r eu ni u no am o r de C r is t o . 1. Re-Unidos no Amor de Cristo 9
  • 2. Então Jesus disse-lhes: «Homens sem inteligência e lentos de espírito, para acreditar em tudo o que os profetas anunciaram! Não tinha o Messias de sofrer tudo isso para entrar na sua glória?» Depois, começando por Moisés e passando pelos Profetas, explicou- lhes em todas as Escrituras o que lhe dizia respeito. Ao chegarem perto da povoação para onde iam, Jesus fez menção de ir para diante. Mas eles convenceram-no a ficar, dizendo: «Fica connosco, porque o dia está a terminar e vem caindo a noite.» Jesus entrou e ficou com eles. E, quando se pôs à mesa, tomou o pão, recitou a bênção, partiu-o e entregou-lho. Nesse momento abriram-se-lhes os olhos e reconheceram-n’O. Mas Ele desapareceu da sua presença. Disseram então um para o outro: «Não ardia cá dentro o nosso coração, quando Ele nos falava a caminho e nos explicava as Escrituras?» Partiram imediatamente de regresso a Jerusalém e encontraram reunidos os Onze e os que estavam com eles, que diziam: «Na verdade, o Senhor ressuscitou e apareceu a Simão». E eles contaram o que tinha acontecido pelo caminho e como O tinham reconhecido ao partir do pão. Lc 24, 25-35 10
  • 3. tu tens palavras de vida eterna que o Senhor, pela sua Palavra, te conceda a vida eterna! A ! 11
  • 4. inha Vida A Palavra de Deus na m 1. Como é que o meu nome surgiu em volta do nome de Cristo? 2. Desenho o que senti. 3. Escolho outra pessoa para ficar junto de Jesus. Porque é que eu a escolhi? “A Ceia de Emaús” Quadro de Jacopo da Pontorno (Itália, 1493-1558) «Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.» Caríssimos pais/educadores Em Familia ´ “Palavras de vida eterna” – eis o que queremos oferecer ao vosso filho, neste ano de catequese. Ou melhor: é Deus quem oferece. Ele é que lhe vai falar, primariamente através da sua Palavra, transmitida na Bíblia e concentrada em seu Filho Jesus Cristo. Vindas dele, são palavras que podem conduzir àquela vida que, no dizer do Papa Bento XVI, consiste “no oceano do amor infinito, no qual o tempo – o antes e o depois – não existe”. Esperamos que o vosso filho possa saborear já um pouco desse amor, nomeadamente em cada encontro de catequese. E vós com ele. Para isso, tem de ser assíduo e pontual, e dispor, para cada encontro, de pelo menos 90 minutos. E sempre que fordes convidados a acompanhá-lo, procurai estar presente. De encontro para encontro, receberá uma folha ou mais, em que está escrito “A Palavra de Deus na minha vida”. São folhas para registar os modos como a Palavra da Bíblia se vai tornando viva na sua vida. Ajudai-o a preencher e a conservar cada folha, de tal modo que, no final do ano, possa formar com todas elas um “livro” – o livro da Palavra de Deus na sua vida… e na vossa! 12