SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Baixar para ler offline
O Evangelho dominical animado em slides. Meditado por: Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS MEU DOMINGO Com a Palavra de Deus LIGUE O SOM... Obrigado Senhor A Meditação da Palavra de Deus nos ajuda a viver o Mistério de Deus na EUCARISTIA. CLIQUE NO MOUSE PARA PROSEGUIR
Vivemos num mundo  em que a vida humana  ficou transformada  num grande comércio, onde tudo se compra  e tudo se paga  ... Diante dessa realidade,  muitos perderam o valor da  GRATUIDADE   e da   GRATIDÃO . A Liturgia de hoje  nos apresenta  o pensamento de Deus:
Na  1ª Leitura :  O Profeta Eliseu cura  o leproso Naaman.   (2Rs 5,14-17) O general sírio apresenta-se  ao Profeta para ser curado...  Eliseu, sem acolhê-lo,  manda-o lavar-se sete  vezes no Rio Jordão.   O General humilhado  está decidido a desistir e  voltar para a sua terra... Mas a comitiva insiste e  ele obedece... e fica curado. Reconhecido, proclama  sua fé no Deus de Israel e, como sinal de sua gratidão, leva consigo de Israel  um pouco de terra,  a fim de cultuar na própria  terra o Deus verdadeiro.
* Mesmo nos acontecimentos desagradáveis da vida, encontra motivos de alegria,  de esperança e de gratidão. Na  2ª Leitura ,  São Paulo em meio aos sofrimentos e privações da prisão, agradece a Deus pelos favores recebidos, chegando a afirmar: "Estou algemado  como um prisioneiro,  mas a Palavra de Deus  não pode ser algemada".   ( 2Tm 2,8-13)
No   Evangelho ,   Jesus cura os 10 leprosos.   (Lc 17,11-19) Os leprosos deviam morar fora do povoado, longe do convívio humano  para não contaminarem os outros com a sua impureza física e religiosa. -   Eles gritam de longe:  “ Senhor, tem piedade de nós...”  -  Jesus se "compadece" e os manda se apresentarem aos sacerdotes, os responsáveis para comprovar a cura e permitir a reintegração.
Obedecem  à Palavra do Senhor.  No caminho ficam curados.  Só um volta para agradecer  e era um samaritano...  (Marginalizado pelos judeus) -  Cristo questiona:  "Não foram 10 os curados?  Onde estão os outros nove?"   E acrescenta:   "Levanta-te e vai. TUA FÉ te salvou".   -  O episódio é um verdadeiro  CAMINHO DA FÉ : Ela NASCE da esperança em Jesus que cura,  se CONCRETIZA "a caminho" acolhendo a Palavra de Jesus  e se MANIFESTA plenamente na gratidão.
Pormenores da narrativa: -  "A LEPRA"  representa  o infortúnio que atinge  toda a humanidade  e  que gera exclusão,  opressão e injustiça (10 significa "totalidade"). Deus tem um projeto  de salvação para TODOS  os que se sentem "leprosos"  e os faz encontrar  a Vida plena,  a reintegração total na família de Deus e  na Comunidade dos homens.
-  Judeus e Samaritanos   juntos e solidários Dois povos adversários unidos pela desgraça.  A luta pela vida supera  as diferenças religiosas,  políticas e raciais. Em conjunto vão à procura de Jesus:  "Tem compaixão de  NÓS ". -  A Lepra desaparece  "no caminho" A Ação libertadora de Jesus  é um processo progressivo,  no qual o crente vai descobrindo  e interiorizando os valores de Jesus,  até à adesão plena às suas propostas e à efetiva transformação do coração.
-  Só um volta para agradecer O Leproso curado volta  "glorificando a Deus  em alta voz".  Reconhece Jesus como Libertador  e está disposto a segui-lo. Agradece e acredita,  por isso recebe mais:  "Vai a tua fé de salvou". A fé dos demais chega  até a Cura; a sua fé  chega até a Salvação.
+  A gratidão :   É uma das virtudes que enobrecem a pessoa humana.  Desde criança, fomos educados a agradecer os favores.  A gratidão é a atitude que brota do coração  de quem se sente amado e querido pelo amor de Deus...  “ É um Samaritano”   Os  "de casa"   não sentem  necessidade  de agradecer.   O estrangeiro  volta para  agradecer.  * A graça de Deus é mais valorizada  por quem não pertence à Comunidade...  - O que nos diz esse fato?
Nem todos sabem agradecer -  Não basta na necessidade  gritar por Jesus: "Senhor, tem piedade de mim."   É preciso também manifestar  a gratidão pela libertação que faz acontecer em nós,  comprometendo-nos com ele. -  Saber agradecer a tantas  pessoas, que tornaram  nossa vida mais feliz: nossos pais, os professores,  o padre, o médico,  o catequista, os colegas  de estudo, de trabalho,  de esporte e tantos outros.
-  Não basta sentir...  É importante também  manifestar ... -  " Obrigado"   é uma palavra simples,  mas tão esquecida  por muitos. Ela valoriza  o dom recebido  e dispõe ainda  mais o doador.
+  A Eucaristia,   que nos reúne todos os domingos, deve ser um momento forte  dentro da semana para agradecer... EUCARISTIA quer dizer:  “ Ação de graças”. Aproveitemos esse momento privilegiado para agradecer  a Deus de todos os favores  recebidos em nossa vida,  e partamos daqui dispostos  a reconhecer agradecidos  também os inúmeros favores recebidos de nossos irmãos...   Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS   14.10.2007
OUTUBRO MES DO ROSARIO Tem uma linda mensagem em nosso site sobre esta singela oração SITE: http://www.buscandonovasaguas.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

3.º domingo do advento ano c - alegrai-vos
3.º domingo do advento   ano c - alegrai-vos3.º domingo do advento   ano c - alegrai-vos
3.º domingo do advento ano c - alegrai-vosJosé Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 1.º domingo do advento – ano a – 01.12.2013
Roteiro homilético do 1.º domingo do advento – ano a – 01.12.2013Roteiro homilético do 1.º domingo do advento – ano a – 01.12.2013
Roteiro homilético do 1.º domingo do advento – ano a – 01.12.2013José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 5.º domingo da quaresma ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo da quaresma   ano cRoteiro homilético do 5.º domingo da quaresma   ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo da quaresma ano cJosé Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano c
Roteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano cRoteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano c
Roteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano cJosé Luiz Silva Pinto
 
LBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇA
LBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇALBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇA
LBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇANatalino das Neves Neves
 
SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1
SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1
SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1Elva Judy Nieri
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celulajonasecj
 
Roteiro homilético do batismo do senhor ano c
Roteiro homilético do batismo do senhor   ano cRoteiro homilético do batismo do senhor   ano c
Roteiro homilético do batismo do senhor ano cJosé Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético da solenidade da mãe de deus ano c
Roteiro homilético da solenidade da mãe de deus ano cRoteiro homilético da solenidade da mãe de deus ano c
Roteiro homilético da solenidade da mãe de deus ano cJosé Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 10.º domingo dotempo comum ano c
Roteiro homilético do 10.º domingo dotempo comum   ano cRoteiro homilético do 10.º domingo dotempo comum   ano c
Roteiro homilético do 10.º domingo dotempo comum ano cJosé Luiz Silva Pinto
 
Jornal Aliança V ECJ
Jornal Aliança V ECJJornal Aliança V ECJ
Jornal Aliança V ECJCIP2014
 
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano cJosé Luiz Silva Pinto
 
LBJ LIÇÃO 7 - NOSSA ESPERANÇA NA VINDA DO SENHOR
LBJ LIÇÃO 7 - NOSSA ESPERANÇA NA VINDA DO SENHORLBJ LIÇÃO 7 - NOSSA ESPERANÇA NA VINDA DO SENHOR
LBJ LIÇÃO 7 - NOSSA ESPERANÇA NA VINDA DO SENHORNatalino das Neves Neves
 
Jornal Aliança 04/2014
Jornal Aliança 04/2014Jornal Aliança 04/2014
Jornal Aliança 04/2014CIP2014
 

Mais procurados (20)

3.º domingo do advento ano c - alegrai-vos
3.º domingo do advento   ano c - alegrai-vos3.º domingo do advento   ano c - alegrai-vos
3.º domingo do advento ano c - alegrai-vos
 
C1228 algo mais
C1228 algo maisC1228 algo mais
C1228 algo mais
 
Roteiro homilético do 1.º domingo do advento – ano a – 01.12.2013
Roteiro homilético do 1.º domingo do advento – ano a – 01.12.2013Roteiro homilético do 1.º domingo do advento – ano a – 01.12.2013
Roteiro homilético do 1.º domingo do advento – ano a – 01.12.2013
 
Roteiro homilético do 5.º domingo da quaresma ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo da quaresma   ano cRoteiro homilético do 5.º domingo da quaresma   ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo da quaresma ano c
 
Roteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano c
Roteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano cRoteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano c
Roteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano c
 
LBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇA
LBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇALBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇA
LBJ LIÇÃO 8 - A VIDA CRISTÃ E A ESTIMA PELA LIDERANÇA
 
SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1
SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1
SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1
 
LBJ LIÇÃO 13 - CONSELHOS PARA A VIDA
LBJ LIÇÃO 13 - CONSELHOS PARA A VIDALBJ LIÇÃO 13 - CONSELHOS PARA A VIDA
LBJ LIÇÃO 13 - CONSELHOS PARA A VIDA
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celula
 
Roteiro homilético do batismo do senhor ano c
Roteiro homilético do batismo do senhor   ano cRoteiro homilético do batismo do senhor   ano c
Roteiro homilético do batismo do senhor ano c
 
Roteiro homilético da solenidade da mãe de deus ano c
Roteiro homilético da solenidade da mãe de deus ano cRoteiro homilético da solenidade da mãe de deus ano c
Roteiro homilético da solenidade da mãe de deus ano c
 
C1212 joao e_seu_nome
C1212 joao e_seu_nomeC1212 joao e_seu_nome
C1212 joao e_seu_nome
 
C1223 sinais do_reino
C1223 sinais do_reinoC1223 sinais do_reino
C1223 sinais do_reino
 
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
Roteiro homilético do 30.º domingo do tempo comum – ano c – 27.10.2013 (1)
 
Roteiro homilético do 10.º domingo dotempo comum ano c
Roteiro homilético do 10.º domingo dotempo comum   ano cRoteiro homilético do 10.º domingo dotempo comum   ano c
Roteiro homilético do 10.º domingo dotempo comum ano c
 
Jornal Aliança V ECJ
Jornal Aliança V ECJJornal Aliança V ECJ
Jornal Aliança V ECJ
 
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
 
LBJ LIÇÃO 7 - NOSSA ESPERANÇA NA VINDA DO SENHOR
LBJ LIÇÃO 7 - NOSSA ESPERANÇA NA VINDA DO SENHORLBJ LIÇÃO 7 - NOSSA ESPERANÇA NA VINDA DO SENHOR
LBJ LIÇÃO 7 - NOSSA ESPERANÇA NA VINDA DO SENHOR
 
Jornal Aliança 04/2014
Jornal Aliança 04/2014Jornal Aliança 04/2014
Jornal Aliança 04/2014
 
Pai nosso
Pai nossoPai nosso
Pai nosso
 

Semelhante a Obrigado senhor

Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celulajonasecj
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celulajonasecj
 
Jornal Novos horizontes ed. fevereiro 2016
Jornal Novos horizontes ed. fevereiro 2016Jornal Novos horizontes ed. fevereiro 2016
Jornal Novos horizontes ed. fevereiro 2016Pascom Paroquia Nssc
 
Missões Setor 13. Paróquia Coração de Jesus - diocese de SJCampos - SP
Missões Setor 13. Paróquia Coração de Jesus - diocese de SJCampos - SPMissões Setor 13. Paróquia Coração de Jesus - diocese de SJCampos - SP
Missões Setor 13. Paróquia Coração de Jesus - diocese de SJCampos - SPBernadetecebs .
 
Boletim Fevereiro 2012
Boletim Fevereiro 2012Boletim Fevereiro 2012
Boletim Fevereiro 2012willams
 
Livreto CEBs - Comunidade: Igreja de todos e para todos
Livreto CEBs  - Comunidade:  Igreja de todos e para todosLivreto CEBs  - Comunidade:  Igreja de todos e para todos
Livreto CEBs - Comunidade: Igreja de todos e para todosBernadetecebs .
 
JORMI - Jornal Missionário n° 91
JORMI - Jornal Missionário n° 91JORMI - Jornal Missionário n° 91
JORMI - Jornal Missionário n° 91Almir Rodrigues
 
Revista reavivados-oracao
Revista reavivados-oracaoRevista reavivados-oracao
Revista reavivados-oracaoiasdca
 
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus CristoLição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus CristoÉder Tomé
 
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...Instituto Teológico Gamaliel
 
A necessidade de um urgente avivamento
A necessidade de um urgente avivamentoA necessidade de um urgente avivamento
A necessidade de um urgente avivamentoAlexandre Gouvea
 

Semelhante a Obrigado senhor (20)

Obrigado Senhor
Obrigado SenhorObrigado Senhor
Obrigado Senhor
 
Obrigado senhor
Obrigado senhorObrigado senhor
Obrigado senhor
 
C1328 obrigado senhor
C1328 obrigado senhorC1328 obrigado senhor
C1328 obrigado senhor
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celula
 
Estudo de celula
Estudo de celulaEstudo de celula
Estudo de celula
 
Jornal Novos horizontes ed. fevereiro 2016
Jornal Novos horizontes ed. fevereiro 2016Jornal Novos horizontes ed. fevereiro 2016
Jornal Novos horizontes ed. fevereiro 2016
 
13 11 11
13 11 1113 11 11
13 11 11
 
Missões Setor 13. Paróquia Coração de Jesus - diocese de SJCampos - SP
Missões Setor 13. Paróquia Coração de Jesus - diocese de SJCampos - SPMissões Setor 13. Paróquia Coração de Jesus - diocese de SJCampos - SP
Missões Setor 13. Paróquia Coração de Jesus - diocese de SJCampos - SP
 
11 03 12
11 03 1211 03 12
11 03 12
 
22 02 12
22 02 1222 02 12
22 02 12
 
Boletim Fevereiro 2012
Boletim Fevereiro 2012Boletim Fevereiro 2012
Boletim Fevereiro 2012
 
Livreto CEBs - Comunidade: Igreja de todos e para todos
Livreto CEBs  - Comunidade:  Igreja de todos e para todosLivreto CEBs  - Comunidade:  Igreja de todos e para todos
Livreto CEBs - Comunidade: Igreja de todos e para todos
 
JORMI - Jornal Missionário n° 91
JORMI - Jornal Missionário n° 91JORMI - Jornal Missionário n° 91
JORMI - Jornal Missionário n° 91
 
Revista reavivados-oracao
Revista reavivados-oracaoRevista reavivados-oracao
Revista reavivados-oracao
 
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus CristoLição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
Lição 13 - A perseverança do discípulo de Jesus Cristo
 
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
Alimento bíblico semanal 32“o segredo para a vitória” parte 2 persistência na...
 
Boletim itaberaba 06.03.2016
Boletim itaberaba 06.03.2016Boletim itaberaba 06.03.2016
Boletim itaberaba 06.03.2016
 
A necessidade de um urgente avivamento
A necessidade de um urgente avivamentoA necessidade de um urgente avivamento
A necessidade de um urgente avivamento
 
Boletim itaberaba 27.03.2016
Boletim itaberaba 27.03.2016Boletim itaberaba 27.03.2016
Boletim itaberaba 27.03.2016
 
390
390390
390
 

Mais de cesar2006

4ano catequese1
4ano catequese14ano catequese1
4ano catequese1cesar2006
 
4ano catequese4
4ano catequese44ano catequese4
4ano catequese4cesar2006
 
Cristologia07
Cristologia07Cristologia07
Cristologia07cesar2006
 
Colo de jesus
Colo de jesusColo de jesus
Colo de jesuscesar2006
 
Minha oracao
Minha oracaoMinha oracao
Minha oracaocesar2006
 
Falarcom deus
Falarcom deusFalarcom deus
Falarcom deuscesar2006
 
Parabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanoParabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanocesar2006
 
Parabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-toloParabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-tolocesar2006
 
Parabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigoParabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigocesar2006
 
Parabola dos-talentos
Parabola dos-talentosParabola dos-talentos
Parabola dos-talentoscesar2006
 
Parabola do-semeador
Parabola do-semeadorParabola do-semeador
Parabola do-semeadorcesar2006
 
Parabola dos2construtores
Parabola dos2construtoresParabola dos2construtores
Parabola dos2construtorescesar2006
 
Parabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-toloParabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-tolocesar2006
 
Parabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigoParabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigocesar2006
 
Parabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanoParabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanocesar2006
 
Parabola dos-talentos (1)
Parabola dos-talentos (1)Parabola dos-talentos (1)
Parabola dos-talentos (1)cesar2006
 
Parabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanoParabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanocesar2006
 
Parabola da-ovelha-perdida
Parabola da-ovelha-perdidaParabola da-ovelha-perdida
Parabola da-ovelha-perdidacesar2006
 

Mais de cesar2006 (20)

4ano catequese1
4ano catequese14ano catequese1
4ano catequese1
 
4ano catequese4
4ano catequese44ano catequese4
4ano catequese4
 
Cristologia07
Cristologia07Cristologia07
Cristologia07
 
Colo de jesus
Colo de jesusColo de jesus
Colo de jesus
 
Minha oracao
Minha oracaoMinha oracao
Minha oracao
 
Falarcom deus
Falarcom deusFalarcom deus
Falarcom deus
 
Parabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanoParabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritano
 
Parabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-toloParabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-tolo
 
Parabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigoParabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigo
 
Parabola dos-talentos
Parabola dos-talentosParabola dos-talentos
Parabola dos-talentos
 
Parabola do-semeador
Parabola do-semeadorParabola do-semeador
Parabola do-semeador
 
Parabola dos2construtores
Parabola dos2construtoresParabola dos2construtores
Parabola dos2construtores
 
Parabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-toloParabola do-rico-tolo
Parabola do-rico-tolo
 
Parabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigoParabola do-filho-prodigo
Parabola do-filho-prodigo
 
Parabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanoParabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritano
 
Parabola dos-talentos (1)
Parabola dos-talentos (1)Parabola dos-talentos (1)
Parabola dos-talentos (1)
 
Parabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritanoParabola do-bom-samaritano
Parabola do-bom-samaritano
 
Parabola da-ovelha-perdida
Parabola da-ovelha-perdidaParabola da-ovelha-perdida
Parabola da-ovelha-perdida
 
Catequese 6
Catequese 6Catequese 6
Catequese 6
 
Catequese 1
Catequese 1Catequese 1
Catequese 1
 

Obrigado senhor

  • 1. O Evangelho dominical animado em slides. Meditado por: Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS MEU DOMINGO Com a Palavra de Deus LIGUE O SOM... Obrigado Senhor A Meditação da Palavra de Deus nos ajuda a viver o Mistério de Deus na EUCARISTIA. CLIQUE NO MOUSE PARA PROSEGUIR
  • 2. Vivemos num mundo em que a vida humana ficou transformada num grande comércio, onde tudo se compra e tudo se paga ... Diante dessa realidade, muitos perderam o valor da GRATUIDADE e da GRATIDÃO . A Liturgia de hoje nos apresenta o pensamento de Deus:
  • 3. Na 1ª Leitura : O Profeta Eliseu cura o leproso Naaman. (2Rs 5,14-17) O general sírio apresenta-se ao Profeta para ser curado... Eliseu, sem acolhê-lo, manda-o lavar-se sete vezes no Rio Jordão. O General humilhado está decidido a desistir e voltar para a sua terra... Mas a comitiva insiste e ele obedece... e fica curado. Reconhecido, proclama sua fé no Deus de Israel e, como sinal de sua gratidão, leva consigo de Israel um pouco de terra, a fim de cultuar na própria terra o Deus verdadeiro.
  • 4. * Mesmo nos acontecimentos desagradáveis da vida, encontra motivos de alegria, de esperança e de gratidão. Na 2ª Leitura , São Paulo em meio aos sofrimentos e privações da prisão, agradece a Deus pelos favores recebidos, chegando a afirmar: "Estou algemado como um prisioneiro, mas a Palavra de Deus não pode ser algemada". ( 2Tm 2,8-13)
  • 5. No Evangelho , Jesus cura os 10 leprosos. (Lc 17,11-19) Os leprosos deviam morar fora do povoado, longe do convívio humano para não contaminarem os outros com a sua impureza física e religiosa. - Eles gritam de longe: “ Senhor, tem piedade de nós...” - Jesus se "compadece" e os manda se apresentarem aos sacerdotes, os responsáveis para comprovar a cura e permitir a reintegração.
  • 6. Obedecem à Palavra do Senhor. No caminho ficam curados. Só um volta para agradecer e era um samaritano... (Marginalizado pelos judeus) - Cristo questiona: "Não foram 10 os curados? Onde estão os outros nove?" E acrescenta: "Levanta-te e vai. TUA FÉ te salvou". - O episódio é um verdadeiro CAMINHO DA FÉ : Ela NASCE da esperança em Jesus que cura, se CONCRETIZA "a caminho" acolhendo a Palavra de Jesus e se MANIFESTA plenamente na gratidão.
  • 7. Pormenores da narrativa: - "A LEPRA" representa o infortúnio que atinge toda a humanidade e que gera exclusão, opressão e injustiça (10 significa "totalidade"). Deus tem um projeto de salvação para TODOS os que se sentem "leprosos" e os faz encontrar a Vida plena, a reintegração total na família de Deus e na Comunidade dos homens.
  • 8. - Judeus e Samaritanos juntos e solidários Dois povos adversários unidos pela desgraça. A luta pela vida supera as diferenças religiosas, políticas e raciais. Em conjunto vão à procura de Jesus: "Tem compaixão de NÓS ". - A Lepra desaparece "no caminho" A Ação libertadora de Jesus é um processo progressivo, no qual o crente vai descobrindo e interiorizando os valores de Jesus, até à adesão plena às suas propostas e à efetiva transformação do coração.
  • 9. - Só um volta para agradecer O Leproso curado volta "glorificando a Deus em alta voz". Reconhece Jesus como Libertador e está disposto a segui-lo. Agradece e acredita, por isso recebe mais: "Vai a tua fé de salvou". A fé dos demais chega até a Cura; a sua fé chega até a Salvação.
  • 10. + A gratidão : É uma das virtudes que enobrecem a pessoa humana. Desde criança, fomos educados a agradecer os favores. A gratidão é a atitude que brota do coração de quem se sente amado e querido pelo amor de Deus... “ É um Samaritano” Os "de casa" não sentem necessidade de agradecer. O estrangeiro volta para agradecer. * A graça de Deus é mais valorizada por quem não pertence à Comunidade... - O que nos diz esse fato?
  • 11. Nem todos sabem agradecer - Não basta na necessidade gritar por Jesus: "Senhor, tem piedade de mim." É preciso também manifestar a gratidão pela libertação que faz acontecer em nós, comprometendo-nos com ele. - Saber agradecer a tantas pessoas, que tornaram nossa vida mais feliz: nossos pais, os professores, o padre, o médico, o catequista, os colegas de estudo, de trabalho, de esporte e tantos outros.
  • 12. - Não basta sentir... É importante também manifestar ... - " Obrigado" é uma palavra simples, mas tão esquecida por muitos. Ela valoriza o dom recebido e dispõe ainda mais o doador.
  • 13. + A Eucaristia, que nos reúne todos os domingos, deve ser um momento forte dentro da semana para agradecer... EUCARISTIA quer dizer: “ Ação de graças”. Aproveitemos esse momento privilegiado para agradecer a Deus de todos os favores recebidos em nossa vida, e partamos daqui dispostos a reconhecer agradecidos também os inúmeros favores recebidos de nossos irmãos... Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS 14.10.2007
  • 14. OUTUBRO MES DO ROSARIO Tem uma linda mensagem em nosso site sobre esta singela oração SITE: http://www.buscandonovasaguas.com