SOA - Uma Breve Introdução

701 visualizações

Publicada em

Apresentação introdutória ao conceito de Arquitetura Orientada a Serviços (SOA).

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
701
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
42
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SOA - Uma Breve Introdução

  1. 1. ARQUITETURA ORIENTADA A SERVIÇOS SOA
  2. 2. O QUE SOA NÃO É  Não é uma tecnologia.  Não é um produto.  Não é um Web Service.  Não é um projeto de TI.  Não é um software.  Não é um “framework”.  Não é uma metodologia.  Não é uma solução de negócio.  Não é um middleware.  Não pode ser comprado.  Não é um serviço.  Não é uma ferramenta de produtividade.
  3. 3. O QUE É SOA? Service Oriented Architecture Arquitetura Orientada a Serviços “SOA é uma abordagem arquitetural corporativa que permite a criação de serviços de negócio interoperáveis que podem facilmente ser reutilizados e compartilhados entre aplicações e empresas” Gartner Group
  4. 4. O QUE SÃO SERVIÇOS? • Serviços são reutilizáveis; • Serviços compartilham um contrato formal; • Serviços possuem um baixo acoplamento; • Serviços abstraem a lógica; • Serviços são capazes de se comporem; • Serviços são autônomos; • Serviços evitam alocação de recursos por longos períodos; • Serviços são capazes de serem descobertos. Fonte: Thomas ERL(2009)
  5. 5. Fonte da imagem: http://www.devmedia.com.br/vantagens-e-desvantagens-de-
  6. 6. Fonte da imagem: http://www.devmedia.com.br/vantagens-e-desvantagens-de-
  7. 7. BENEFÍCIOS  Desacoplamento Integrações Inteligentes, Flexibilidade, Alinhamento com Negócio  Reutilização de Serviços Produtividade, Manutenibilidade  Infraestrutura da Plataforma (como Segurança, Autenticação, Log) Padronização, Governança, Interoperabilidade
  8. 8. DESVANTAGENS o Complexidade o Performance o Robustez o Disponibilidade o Testabilidade o Segurança Fonte: http://www.devmedia.com.br/vantagens-e-desvantagens-de-soa/27437
  9. 9. ESTILOS DE INTEGRAÇÃO 3. Chamadas Remotas (RPC) Fonte da imagem: elemarjr.net 1. Troca de Arquivos 2. Compartilhamento de BD 4. Mensageria
  10. 10. PADRÕES DE INTEGRAÇÃO Enterprise Integration Patterns with WSO2 ESB https://docs.wso2.com/dis play/IntegrationPatterns/En terprise+Integration+Patter ns+with+WSO2+ESB http://www.eaipatterns.com/toc.html
  11. 11. DIFICULDADES PARA IMPLANTAR SOA o Não sabem explicar o valor de SOA para o negócio, Barreiras politicas, Cultura organizacional. o Gerência do ciclo de vida de serviços, Estrutura de processos de governança. o Imaturidade de competências, Falta de experiência na implementação. o Identificar e desenhar serviços, Promover o reuso, Eficiência de desenvolvimento.
  12. 12. ALGUMAS BOAS PRÁTICAS PARA IMPLANTAÇÃO SOA o Siga os padrões de mercado WS-I, WS-BPEL, WSDL, UDDI, SOAP o Siga os princípios de SOA Fraco acoplamento, contrato de interfaces, serviços reutilizáveis, não manter estado entre chamadas o Use nomes de negócio para os serviços o Estabeleça padrões de nomenclatura o Nem tudo precisa ser um serviço o Otimize mensagens SOAP o Contrate uma consultoria
  13. 13. Fonte da imagem: http://www.tridens.si/expertise/soa/
  14. 14. CRÉDITOS André Zanatta Borgonovo Arquiteto de Soluções azborgonovo@gmail.com Fontes e Referências http://www.devmedia.com.br/vantagens-e-desvantagens-de-soa/27437 http://www.tridens.si/expertise/soa/ http://www.eaipatterns.com/toc.html http://elemarjr.net https://docs.wso2.com/

×