Sóror Mariana Alcoforado: amar clausura feminina
Mariana Alcoforado: por amar
demais
Perfil: insubmissão




*Beja: 02/04/1640
+Beja: 28/07/1723
Convento de Nossa
Senhora da
Conceição
A luz pela janela




Terraço do convento:
assistia às manobras
do exército
1667/1668: amor à
primeira vista
Marquês de Chamilly: liberdade
prisioneira
Noel Bouton de Chamilly: conde
de Saint-Léger, oficial francês
Lutou: solo port...
Espera: alento descrito


Cartas que contam
uma história sempre
igual - esperança no
início, seguida de
incerteza e, por ...
Sobrevida: para não morrer de
amor


Pelas boas obras e
pelos sacrifícios com
o tempo se reabilitou;
Mariana chegou à
pos...
Obra




cinco Lettres
Portugaises:
As Cartas Portuguesas
clássico da literatura
universal
Dúvida: belezaXinteligência


Negação da
autenticidade:
Rousseau, Alexandre
Herculano e Camilo
Castelo Branco
acham as ca...
Autenticidade: hipóteses







escritas em francês;
vestígios de sintaxe
portuguesa.
tradução literal
desconhecedor d...
Destino: amar para viver
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sóror mariana alcoforado

155 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
155
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sóror mariana alcoforado

  1. 1. Sóror Mariana Alcoforado: amar clausura feminina
  2. 2. Mariana Alcoforado: por amar demais
  3. 3. Perfil: insubmissão    *Beja: 02/04/1640 +Beja: 28/07/1723 Convento de Nossa Senhora da Conceição
  4. 4. A luz pela janela   Terraço do convento: assistia às manobras do exército 1667/1668: amor à primeira vista
  5. 5. Marquês de Chamilly: liberdade prisioneira Noel Bouton de Chamilly: conde de Saint-Léger, oficial francês Lutou: solo português Ordens: Frederico de Schomberg durante a Guerra da Restauração Alcoforados: família poderosa Escândalo: inevitável Consequências: medo - saiu de Portugal Pretexto: enfermidade do irmão Promessa: buscá-la
  6. 6. Espera: alento descrito  Cartas que contam uma história sempre igual - esperança no início, seguida de incerteza e, por fim, a convicção do abandono
  7. 7. Sobrevida: para não morrer de amor  Pelas boas obras e pelos sacrifícios com o tempo se reabilitou; Mariana chegou à posição de abadessa do Convento e morreu já idosa, aos oitenta e três anos de idade.
  8. 8. Obra   cinco Lettres Portugaises: As Cartas Portuguesas clássico da literatura universal
  9. 9. Dúvida: belezaXinteligência  Negação da autenticidade: Rousseau, Alexandre Herculano e Camilo Castelo Branco acham as cartas belas demais para serem ideadas por uma mulher
  10. 10. Autenticidade: hipóteses     escritas em francês; vestígios de sintaxe portuguesa. tradução literal desconhecedor do francês Biblioteca dos Alcoforados inúmeros livros em francês
  11. 11. Destino: amar para viver

×