O estado preocupante do
saneamento no Rio de Janeiro
Um resumo da matéria do site RIO ON WATCH
30% da população do
Rio de Janeiro, não está
ligada a um sistema de
saneamento formal,
nem com conexão
formal e apenas cer...
• A população tem se preocupado cada vez mais com a importância do
saneamento, em protestos ocorrido nesta mesma favela a ...
• Porém, é característico de governos que se invista em projetos mais
visíveis e que as vezes traz menos benefícios.
• Uma...
• Com base no site RIOONWATCH, um levantamento recente feito com
1008 brasileiros de 26 grandes cidades do país pelo insti...
• Porém a falta de saneamento está ligada diretamente aos problemas
de saúde, ambientais e sociais.
Moradores do complexo ...
• Todos os anos, 217 mil trabalhadores no Brasil faltam ao trabalho
devido problemas gastrointestinais ligados a falta de ...
• O saneamento básico está diretamente ligado a qualidade de vida,
com garantias de vida segura e saudável para a populaçã...
• Segundo dados do site RIOONWATCH, dos 750.000 lares sem sistema
de esgoto, 630.000 pertencem a esta área. Sendo 84% do e...
• Segundo o site RIOONWATCH, para universalizar o saneamento no
Brasil, o governo precisa investir 0,63% do seu PIB. Atual...
O estado preocupante do saneamento no Rio de Janeiro
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O estado preocupante do saneamento no Rio de Janeiro

346 visualizações

Publicada em

O presente slide trata sobre o resumo feito do site RIO ON WATCH sobre o saneamento básico no rio de janeiro

Publicada em: Engenharia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
346
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
60
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O estado preocupante do saneamento no Rio de Janeiro

  1. 1. O estado preocupante do saneamento no Rio de Janeiro Um resumo da matéria do site RIO ON WATCH
  2. 2. 30% da população do Rio de Janeiro, não está ligada a um sistema de saneamento formal, nem com conexão formal e apenas cerca de metade dos resíduos de esgoto é tratado antes de entrar nos cursos de águas e desaguar no oceano.
  3. 3. • A população tem se preocupado cada vez mais com a importância do saneamento, em protestos ocorrido nesta mesma favela a população criticava a construção de um teleférico e detrimento ao investimento no saneamento básico no mesmo local.
  4. 4. • Porém, é característico de governos que se invista em projetos mais visíveis e que as vezes traz menos benefícios. • Uma das principais barreiras na questão do saneamento é a falta de educação e conhecimento da população.
  5. 5. • Com base no site RIOONWATCH, um levantamento recente feito com 1008 brasileiros de 26 grandes cidades do país pelo instituto Trata Brasil, quando perguntados sobre quais fatores são mais problemáticos em sua cidade, o esgoto só aparecia como o sexto problema mais grave, depois da saúde, segurança, drogas, educação e transporte.
  6. 6. • Porém a falta de saneamento está ligada diretamente aos problemas de saúde, ambientais e sociais. Moradores do complexo da maré
  7. 7. • Todos os anos, 217 mil trabalhadores no Brasil faltam ao trabalho devido problemas gastrointestinais ligados a falta de saneamento segundo o site RIOONWATCH, estudos mostram que crianças com acesso a saneamento têm níveis de escolaridade 18% maior do que aqueles sem acesso. Rocinha
  8. 8. • O saneamento básico está diretamente ligado a qualidade de vida, com garantias de vida segura e saudável para a população. Estudo da USP mostra que o investimento em saneamento básico ainda é mais importante do que em educação, do ponto de vista de combate à pobreza.
  9. 9. • Segundo dados do site RIOONWATCH, dos 750.000 lares sem sistema de esgoto, 630.000 pertencem a esta área. Sendo 84% do esgoto não recolhido, e sem tratamento na região metropolitana do Rio, é lançado diretamente na Baía de Guanabara, o que ultimamente tem gerado uma serie de discursões pois essa mesma baía vai sediar eventos olímpicos de 2016.
  10. 10. • Segundo o site RIOONWATCH, para universalizar o saneamento no Brasil, o governo precisa investir 0,63% do seu PIB. Atualmente se investe 0,22%.

×