SlideShare uma empresa Scribd logo
Josué 2
Versículos 1-7
Raabe recebe e esconde
a dois israelitas
Versículos 8-21
Raabe e os espias
Versículos 22-24
O retorno dos espias
Versículos 1-7
Raabe recebe e esconde
a dois israelitas
1-Do acampamento do vale das
Acácias, Josué mandou
secretamente dois espiões com a
seguinte ordem:— Examinem
bem a terra, especialmente a
cidade de Jericó. Então eles
foram, entraram na casa de uma
prostituta chamada Raabe e se
hospedaram ali.
2-E chegou aos ouvidos
do rei de Jericó a
seguinte notícia:
— Alguns israelitas
chegaram aqui de noite
para espionar a terra.
3-Então o rei mandou
para Raabe o seguinte
recado: — Os homens
que estão na sua casa
vieram para espionar
toda a terra! Traga esses
dois para fora!
4-Mas Raabe já os havia
escondido. Ela respondeu
aos mensageiros do rei:
— É verdade que alguns
homens vieram à minha
casa, mas eu não sabia
de onde eram.
5-Quando já estava
escuro, e o portão da
cidade ia ser fechado,
eles saíram. Eu não sei
para onde foram. Mas, se
vocês forem depressa
atrás deles, ainda
poderão pegá-los.
6-Acontece que
Raabe tinha levado
os espiões ao terraço
e os havia escondido
debaixo das varas de
linho amontoadas ali.
7-Os mensageiros do rei
foram e, logo que saíram
da cidade, o portão foi
fechado. Eles procuraram
os espiões até o lugar
onde a estrada atravessa
o rio Jordão.
A fé nas promessas de
Deus não deve terminar
nossa diligência para usar
os meios adequados,
senão estimulá-los. A
providência de Deus
dirigiu os espias à casa
de Raabe.
Deus sabia onde havia
alguém que seria leal com
eles, ainda que eles não.
Raabe parece ter sido uma
dona de pousada; e se
anteriormente tinha levado
uma má vida, o qual é
duvidoso, ela tinha
abandonado seus maus
caminhos.
Isso que nos parecem mais
acidental está, amiúde,
mandado pela providência
divina para servir a grandes
finalidades. Foi por fé que
Raabe recebeu em paz a
esses contra os quais
estavam e guerra o rei e sua
pátria.
Estamos seguros de que
esta foi uma boa obra;
assim é qualificada pelo
apóstolo (Tg 2.25); e ela
o fez pela fé, fé que a
colocou acima do medo
ao homem.
São crentes
verdadeiros aqueles
que, em seus corações,
arriscam-se por Deus;
eles tomam a Seu povo
por povo deles, e tem a
mesma a sorte do povo
de Deus .
Os espias foram dirigidos
pela providência especial
de Deus, e Raabe os
atendeu por consideração
a Israel e ao Deus de
Israel, e não por lucro ou
com nenhum propósito
malvado.
Embora possam
oferecer-se desculpas
para a culpa da
mentira de Raabe, é
melhor não admitir
nada que trate de
explicá-la.
Os enfoques de Raabe no
que diz respeito à lei divina
devem ter sido muito
difusos: uma mentira como
esta, cometida pelos que
desfrutam da luz da
revelação, qualquer seja o
motivo, teria merecido dura
censura.
Versículos 8-21
Raabe e os espias
8-Antes que os
espiões fossem
dormir, Raabe
subiu ao terraço
e disse a eles:
9— Eu sei que
o SENHOR deu esta
terra a vocês, os
israelitas. Para dizer a
verdade, todos nós
estamos morrendo de
medo.
10-Soubemos que
o SENHOR secou o mar
Vermelho diante de vocês
quando saíram do Egito.
Também ficamos sabendo
como, a leste do rio Jordão,
vocês mataram Seom e Ogue,
os reis dos amorreus, e
destruíram os seus exércitos.
11-Quando ouvimos essas
coisas, perdemos a
coragem e todos nós
ficamos com muito medo
por causa de vocês. O
Deus de vocês, o SENHOR,
é Deus lá em cima no céu
e aqui em baixo na terra.
12-Então agora jurem em
nome do SENHOR e
prometam que vão ser bons
para a minha família porque
eu também tratei vocês com
bondade. Para isso peço que
me deem um sinal que não
deixe dúvida.
13-Salvem o meu
pai, a minha mãe, os
meus irmãos e as
minhas irmãs e as
famílias deles. Não
deixem que nos
matem.
14-Os homens responderam:
— Nós prometemos. E, se não
cumprirmos a nossa palavra, nós é
que deveremos morrer, e não você!
Se você não contar a ninguém o que
estamos fazendo, fique certa de que
cumpriremos a nossa promessa.
Quando o SENHOR nos der esta terra,
seremos bons para você e
mostraremos que somos homens de
palavra.
15-Raabe morava
numa casa construída
na muralha da cidade.
Por isso ela pôde fazer
os espiões descerem
pela janela, usando
uma corda.
16-Ela disse:— Vão para
as montanhas. Se não,
os homens que estão
procurando vocês vão
achá-los. Escondam-se lá
três dias, até que eles
voltem. Depois vocês
podem ir embora.
17-Os espiões
disseram:
— Cumpriremos o
juramento que você nos
pediu que fizéssemos,
mas com as seguintes
condições:
18-quando invadirmos a sua
terra, amarre este cordão
vermelho na janela de onde
você nos fez descer. Junte,
dentro da sua casa, o seu
pai, a sua mãe, os seus
irmãos e todos os parentes
do seu pai.
19-Se alguém sair da
casa, será culpado da sua
própria morte, e nós não
seremos responsáveis.
Mas, se alguém que
estiver com você for
ferido dentro de casa, a
culpa será nossa.
20-E, se você contar
o que estamos
fazendo, não
seremos obrigados a
cumprir o nosso
juramento.
21-Raabe respondeu:
— Eu concordo. Então
ela deixou que eles
fossem embora. E
Raabe amarrou o
cordão vermelho na
janela.
Raabe tinha ouvido dos
milagres que o Senhor
operava por Israel. Ela
acreditava que Suas
promessas certamente
se cumpririam e que
Suas ameaças se
efetuariam;
e que não havia forma
de fugir, senão submeter-
se a Ele e unir-se a Seu
povo. A conduta de
Raabe demonstrou que
ela tinha o princípio real
da fé divina.
Observe as promessas que os
espias fizeram a ela. A
bondade de Deus se expressa
amiúde por sua bondade e
verdade (Sl 117.2); em ambos
casos devemos ser seguidores
d’Ele. Aqueles que estão
cientes para cumprir as
promessas, são cautos para
formulá-las.
Os espias estipulam condições
necessárias. O cordão de fio de
escarlata, como o sangue sobre
o umbral da porta na Páscoa,
volta a lembrar de que a
segurança do pecador está no
sangue expiatório de Cristo; e
que temos que refugiarmo-nos
nele para sermos livres da ira
do Deus justo ofendido.
A mesma corda que Raabe
usou para a salvação
desses israelitas seria
usada para a segurança
dela. Podemos esperar que
aquilo com que servimos e
honramos a Deus, seja
abençoado por Ele e usado
em nosso favor.
Versículos 22-24
O retorno dos espias
22-Os espiões foram para as
montanhas e se esconderam
lá três dias enquanto os
soldados do rei os
procuravam por toda aquela
região. Os soldados não
acharam ninguém e
voltaram para Jericó.
23-Aí os dois espiões
desceram da montanha,
atravessaram o rio
Jordão e foram se
encontrar com Josué.
Contaram tudo o que
havia acontecido
24-e terminaram
assim:— Estamos
certos de que
o SENHOR nos deu toda
esta terra. Todo mundo
aqui está morrendo de
medo de nós.
O informe que levaram os
espias foi alentador. Toda
a gente do país desfalecia
por causa do Deus de
Israel; não tinham
sabedoria para render-se
nem valor para pelejar.
Aqueles terrores de
consciência e essa
sensação da ira divina
que fazem desmaiar o
ímpio mas não o levam
ao arrependimento, são
antecipações temíveis
da destruição que se
aproxima.
Mas a graça abunda,
contudo, para o
principal dos
pecadores. Que eles
refugiem em a Cristo
sem demora e tudo
dará certo.
CRÉDITOS.
Versão :NTLH.
COMENTÁRIO BÍBLICO DO
ANTIGO TESTAMENTO
VOL 1 Gênesis a Neemias
Matthew Henry
Compilação : Pr. Adonias Ferreira Leite.
Teresina de Goias-GO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

03.06 o sonho do rei
03.06   o sonho do rei03.06   o sonho do rei
03.06 o sonho do rei
neolookcitnes
 
O solo da glória de Deus
O solo da glória de DeusO solo da glória de Deus
O solo da glória de Deus
Tiago Silveira
 
Os juizos de deus atraves dos tempos
Os juizos de deus atraves dos temposOs juizos de deus atraves dos tempos
Os juizos de deus atraves dos tempos
Eduardo Sousa Gomes
 
056 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 25-02-2015
056 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 25-02-2015056 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 25-02-2015
056 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 25-02-2015
Rachel V.
 
Evangelho de Mateus 3
Evangelho de Mateus 3Evangelho de Mateus 3
Evangelho de Mateus 3
Mensagens Virtuais
 
Pecado Imperdoável
Pecado ImperdoávelPecado Imperdoável
Pecado Imperdoável
Silvio Dutra
 
055 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 24-02-2015
055 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 24-02-2015055 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 24-02-2015
055 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 24-02-2015
Rachel V.
 
Israel antiga e moderna
Israel antiga e modernaIsrael antiga e moderna
Israel antiga e moderna
roberto5costa
 
O deserto 11
O deserto 11O deserto 11
O deserto 11
Rômulo Martins
 
Aqui tem um servico de inteligencia
Aqui tem um servico de inteligenciaAqui tem um servico de inteligencia
Aqui tem um servico de inteligencia
Vilma Longuini
 
Evangelhos apócrifos apocalipse de elias
Evangelhos apócrifos   apocalipse de eliasEvangelhos apócrifos   apocalipse de elias
Evangelhos apócrifos apocalipse de elias
Alan Cruz
 
❉ A saga de Jonas_Resp_Liç_432015_GGR
❉ A saga de Jonas_Resp_Liç_432015_GGR❉ A saga de Jonas_Resp_Liç_432015_GGR
❉ A saga de Jonas_Resp_Liç_432015_GGR
Gerson G. Ramos
 
❉ Respostas 9 - O jugo de Jeremias_GGR
❉ Respostas 9 - O jugo de Jeremias_GGR❉ Respostas 9 - O jugo de Jeremias_GGR
❉ Respostas 9 - O jugo de Jeremias_GGR
Gerson G. Ramos
 
Nefilins
NefilinsNefilins

Mais procurados (14)

03.06 o sonho do rei
03.06   o sonho do rei03.06   o sonho do rei
03.06 o sonho do rei
 
O solo da glória de Deus
O solo da glória de DeusO solo da glória de Deus
O solo da glória de Deus
 
Os juizos de deus atraves dos tempos
Os juizos de deus atraves dos temposOs juizos de deus atraves dos tempos
Os juizos de deus atraves dos tempos
 
056 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 25-02-2015
056 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 25-02-2015056 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 25-02-2015
056 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 25-02-2015
 
Evangelho de Mateus 3
Evangelho de Mateus 3Evangelho de Mateus 3
Evangelho de Mateus 3
 
Pecado Imperdoável
Pecado ImperdoávelPecado Imperdoável
Pecado Imperdoável
 
055 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 24-02-2015
055 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 24-02-2015055 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 24-02-2015
055 2015 - lendo biblia sagrada em 1 ano - 24-02-2015
 
Israel antiga e moderna
Israel antiga e modernaIsrael antiga e moderna
Israel antiga e moderna
 
O deserto 11
O deserto 11O deserto 11
O deserto 11
 
Aqui tem um servico de inteligencia
Aqui tem um servico de inteligenciaAqui tem um servico de inteligencia
Aqui tem um servico de inteligencia
 
Evangelhos apócrifos apocalipse de elias
Evangelhos apócrifos   apocalipse de eliasEvangelhos apócrifos   apocalipse de elias
Evangelhos apócrifos apocalipse de elias
 
❉ A saga de Jonas_Resp_Liç_432015_GGR
❉ A saga de Jonas_Resp_Liç_432015_GGR❉ A saga de Jonas_Resp_Liç_432015_GGR
❉ A saga de Jonas_Resp_Liç_432015_GGR
 
❉ Respostas 9 - O jugo de Jeremias_GGR
❉ Respostas 9 - O jugo de Jeremias_GGR❉ Respostas 9 - O jugo de Jeremias_GGR
❉ Respostas 9 - O jugo de Jeremias_GGR
 
Nefilins
NefilinsNefilins
Nefilins
 

Destaque

Escrito de vermelho
Escrito de vermelhoEscrito de vermelho
Escrito de vermelho
IEADFI - TV
 
Everything awesome about qr codes (In Libraries)
Everything  awesome about qr codes (In Libraries)Everything  awesome about qr codes (In Libraries)
Everything awesome about qr codes (In Libraries)
Patrick "PC" Sweeney
 
Recommendation Systems with R
Recommendation Systems with RRecommendation Systems with R
Recommendation Systems with R
ARCHIT GUPTA
 
Herança jozyanne
Herança   jozyanneHerança   jozyanne
Slides olympics
Slides olympicsSlides olympics
Slides olympics
isolaris
 
CV Rosemarie Jonk juni 2015 met logos
CV Rosemarie Jonk juni 2015 met logosCV Rosemarie Jonk juni 2015 met logos
CV Rosemarie Jonk juni 2015 met logosRosemarie Jonk
 
Economics
EconomicsEconomics
Economics
John Orly Orque
 
What we are seeing is a repeat of December
What we are seeing is a repeat of DecemberWhat we are seeing is a repeat of December
What we are seeing is a repeat of December
Steven P. Davis, MBA, FHFMA
 
Using Archivemedia to preserve research data
Using Archivemedia to preserve research dataUsing Archivemedia to preserve research data
Using Archivemedia to preserve research data
ARDC
 
Casa do pai
Casa do paiCasa do pai
Lodebar
LodebarLodebar
Lodebar
Rogerio Cesar
 
Leva me alem
Leva me alemLeva me alem
Leva me alem
IEADFI - TV
 
Presentación del Parlamento Universal de la Juventud
Presentación del Parlamento Universal de la JuventudPresentación del Parlamento Universal de la Juventud
Presentación del Parlamento Universal de la Juventud
Organizacion Universitaria Interamericana
 
Vitoria no deserto - Aline Barros
Vitoria no deserto - Aline BarrosVitoria no deserto - Aline Barros
Vitoria no deserto - Aline Barros
Ae Leandro Lima
 
Vitoria no deserto aline barros
Vitoria no deserto aline barrosVitoria no deserto aline barros
Vitoria no deserto aline barros
Leonardo Batista dos Santos
 
Recommendation Henrik
Recommendation HenrikRecommendation Henrik
Recommendation HenrikLine Aagaard
 
Ética cristã no relacionamento - lição 10
Ética cristã no relacionamento - lição 10Ética cristã no relacionamento - lição 10
Ética cristã no relacionamento - lição 10
Leonardo Batista dos Santos
 
Introducción a CMMi
Introducción a CMMiIntroducción a CMMi
Introducción a CMMi
Santiago Colomo
 
Heath-Resume
Heath-Resume Heath-Resume
Heath-Resume
Kellie Heath
 
Visual Merchandising Portfolio
Visual Merchandising PortfolioVisual Merchandising Portfolio
Visual Merchandising Portfolio
Amanda Snyder
 

Destaque (20)

Escrito de vermelho
Escrito de vermelhoEscrito de vermelho
Escrito de vermelho
 
Everything awesome about qr codes (In Libraries)
Everything  awesome about qr codes (In Libraries)Everything  awesome about qr codes (In Libraries)
Everything awesome about qr codes (In Libraries)
 
Recommendation Systems with R
Recommendation Systems with RRecommendation Systems with R
Recommendation Systems with R
 
Herança jozyanne
Herança   jozyanneHerança   jozyanne
Herança jozyanne
 
Slides olympics
Slides olympicsSlides olympics
Slides olympics
 
CV Rosemarie Jonk juni 2015 met logos
CV Rosemarie Jonk juni 2015 met logosCV Rosemarie Jonk juni 2015 met logos
CV Rosemarie Jonk juni 2015 met logos
 
Economics
EconomicsEconomics
Economics
 
What we are seeing is a repeat of December
What we are seeing is a repeat of DecemberWhat we are seeing is a repeat of December
What we are seeing is a repeat of December
 
Using Archivemedia to preserve research data
Using Archivemedia to preserve research dataUsing Archivemedia to preserve research data
Using Archivemedia to preserve research data
 
Casa do pai
Casa do paiCasa do pai
Casa do pai
 
Lodebar
LodebarLodebar
Lodebar
 
Leva me alem
Leva me alemLeva me alem
Leva me alem
 
Presentación del Parlamento Universal de la Juventud
Presentación del Parlamento Universal de la JuventudPresentación del Parlamento Universal de la Juventud
Presentación del Parlamento Universal de la Juventud
 
Vitoria no deserto - Aline Barros
Vitoria no deserto - Aline BarrosVitoria no deserto - Aline Barros
Vitoria no deserto - Aline Barros
 
Vitoria no deserto aline barros
Vitoria no deserto aline barrosVitoria no deserto aline barros
Vitoria no deserto aline barros
 
Recommendation Henrik
Recommendation HenrikRecommendation Henrik
Recommendation Henrik
 
Ética cristã no relacionamento - lição 10
Ética cristã no relacionamento - lição 10Ética cristã no relacionamento - lição 10
Ética cristã no relacionamento - lição 10
 
Introducción a CMMi
Introducción a CMMiIntroducción a CMMi
Introducción a CMMi
 
Heath-Resume
Heath-Resume Heath-Resume
Heath-Resume
 
Visual Merchandising Portfolio
Visual Merchandising PortfolioVisual Merchandising Portfolio
Visual Merchandising Portfolio
 

Semelhante a Josué 2

Livro de daniel cap 2 - Os impérios que surgiriam no mundo
Livro de daniel cap 2 - Os impérios que surgiriam no mundoLivro de daniel cap 2 - Os impérios que surgiriam no mundo
Livro de daniel cap 2 - Os impérios que surgiriam no mundo
Francisco Sousa
 
Uma Casa Aliançada com Deus
Uma Casa Aliançada com DeusUma Casa Aliançada com Deus
Uma Casa Aliançada com Deus
Igreja Batista Memorial em Jardim Catarina
 
Lição 2: Liderança em tempos de crise
Lição 2: Liderança em tempos de criseLição 2: Liderança em tempos de crise
Lição 2: Liderança em tempos de crise
Amor pela EBD
 
Licao02
Licao02Licao02
Daniel e o sonho do Rei.pptx
Daniel e o sonho do Rei.pptxDaniel e o sonho do Rei.pptx
Daniel e o sonho do Rei.pptx
GilRosa7
 
"Boas Novas que anunciam a paz"
"Boas Novas que anunciam a paz""Boas Novas que anunciam a paz"
"Boas Novas que anunciam a paz"
JUERP
 
Capítulo 2 de daniel
Capítulo 2 de danielCapítulo 2 de daniel
Capítulo 2 de daniel
Diego Fortunatto
 
Portuguese - Book of Baruch.pdf
Portuguese - Book of Baruch.pdfPortuguese - Book of Baruch.pdf
Portuguese - Book of Baruch.pdf
Filipino Tracts and Literature Society Inc.
 
O anúncio da vocação dos gentios
O anúncio da vocação dos gentiosO anúncio da vocação dos gentios
O anúncio da vocação dos gentios
Rodrigo Mendonça
 
O dia seguinte
O dia seguinteO dia seguinte
O dia seguinte
wanessa-costa
 
Jesus está no antigo testamento
Jesus está no antigo testamentoJesus está no antigo testamento
Jesus está no antigo testamento
Dilton Rodrigues
 
Exilados que se tornaram missionários_Liç_Orig_532015 + textos
Exilados que se tornaram missionários_Liç_Orig_532015 + textosExilados que se tornaram missionários_Liç_Orig_532015 + textos
Exilados que se tornaram missionários_Liç_Orig_532015 + textos
Gerson G. Ramos
 
Daniel 2
Daniel 2Daniel 2
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Welem C Lourenço
 
Uma poderosa reconstrução
Uma poderosa reconstruçãoUma poderosa reconstrução
Uma poderosa reconstrução
Marcelo Joaquim Joa
 
Leituras: 4º Dsomingo do Advento - Ano B
Leituras: 4º Dsomingo do Advento - Ano BLeituras: 4º Dsomingo do Advento - Ano B
Leituras: 4º Dsomingo do Advento - Ano B
José Lima
 
13 - panorama do AT - Obadias^J Jonas e Miqueias.pptx
13 - panorama do AT - Obadias^J Jonas e Miqueias.pptx13 - panorama do AT - Obadias^J Jonas e Miqueias.pptx
13 - panorama do AT - Obadias^J Jonas e Miqueias.pptx
PIB Penha
 
Deus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptx
Deus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptxDeus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptx
Deus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptx
JorgeVieira668836
 
06 a imagem do sonho de nabucodonosor
06 a imagem do sonho de nabucodonosor06 a imagem do sonho de nabucodonosor
06 a imagem do sonho de nabucodonosor
Diego Fortunatto
 
Lição 412016 - Conflito e crise: os juízes + textos_GGR
Lição 412016 - Conflito e crise: os juízes + textos_GGRLição 412016 - Conflito e crise: os juízes + textos_GGR
Lição 412016 - Conflito e crise: os juízes + textos_GGR
Gerson G. Ramos
 

Semelhante a Josué 2 (20)

Livro de daniel cap 2 - Os impérios que surgiriam no mundo
Livro de daniel cap 2 - Os impérios que surgiriam no mundoLivro de daniel cap 2 - Os impérios que surgiriam no mundo
Livro de daniel cap 2 - Os impérios que surgiriam no mundo
 
Uma Casa Aliançada com Deus
Uma Casa Aliançada com DeusUma Casa Aliançada com Deus
Uma Casa Aliançada com Deus
 
Lição 2: Liderança em tempos de crise
Lição 2: Liderança em tempos de criseLição 2: Liderança em tempos de crise
Lição 2: Liderança em tempos de crise
 
Licao02
Licao02Licao02
Licao02
 
Daniel e o sonho do Rei.pptx
Daniel e o sonho do Rei.pptxDaniel e o sonho do Rei.pptx
Daniel e o sonho do Rei.pptx
 
"Boas Novas que anunciam a paz"
"Boas Novas que anunciam a paz""Boas Novas que anunciam a paz"
"Boas Novas que anunciam a paz"
 
Capítulo 2 de daniel
Capítulo 2 de danielCapítulo 2 de daniel
Capítulo 2 de daniel
 
Portuguese - Book of Baruch.pdf
Portuguese - Book of Baruch.pdfPortuguese - Book of Baruch.pdf
Portuguese - Book of Baruch.pdf
 
O anúncio da vocação dos gentios
O anúncio da vocação dos gentiosO anúncio da vocação dos gentios
O anúncio da vocação dos gentios
 
O dia seguinte
O dia seguinteO dia seguinte
O dia seguinte
 
Jesus está no antigo testamento
Jesus está no antigo testamentoJesus está no antigo testamento
Jesus está no antigo testamento
 
Exilados que se tornaram missionários_Liç_Orig_532015 + textos
Exilados que se tornaram missionários_Liç_Orig_532015 + textosExilados que se tornaram missionários_Liç_Orig_532015 + textos
Exilados que se tornaram missionários_Liç_Orig_532015 + textos
 
Daniel 2
Daniel 2Daniel 2
Daniel 2
 
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
Apocalipse intro e cap 01 10 02 2015
 
Uma poderosa reconstrução
Uma poderosa reconstruçãoUma poderosa reconstrução
Uma poderosa reconstrução
 
Leituras: 4º Dsomingo do Advento - Ano B
Leituras: 4º Dsomingo do Advento - Ano BLeituras: 4º Dsomingo do Advento - Ano B
Leituras: 4º Dsomingo do Advento - Ano B
 
13 - panorama do AT - Obadias^J Jonas e Miqueias.pptx
13 - panorama do AT - Obadias^J Jonas e Miqueias.pptx13 - panorama do AT - Obadias^J Jonas e Miqueias.pptx
13 - panorama do AT - Obadias^J Jonas e Miqueias.pptx
 
Deus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptx
Deus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptxDeus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptx
Deus faz o improvável, o impossível e o inimaginável.pptx
 
06 a imagem do sonho de nabucodonosor
06 a imagem do sonho de nabucodonosor06 a imagem do sonho de nabucodonosor
06 a imagem do sonho de nabucodonosor
 
Lição 412016 - Conflito e crise: os juízes + textos_GGR
Lição 412016 - Conflito e crise: os juízes + textos_GGRLição 412016 - Conflito e crise: os juízes + textos_GGR
Lição 412016 - Conflito e crise: os juízes + textos_GGR
 

Mais de Associação Kalunga Nordeste Goiano

2 samuel 17
2 samuel 172 samuel 17
Josué 3
Josué 3Josué 3
Josué 1
Josué 1Josué 1
Todas as coisas
Todas as coisasTodas as coisas
Te agradeço
Te agradeçoTe agradeço
Não ha deus maior
Não ha deus maiorNão ha deus maior
344 deus cuidará de ti
344   deus cuidará de ti344   deus cuidará de ti
344 deus cuidará de ti
Associação Kalunga Nordeste Goiano
 
337 nada de desânimo
337   nada de desânimo337   nada de desânimo
236 atribulado coração
236   atribulado coração236   atribulado coração
236 atribulado coração
Associação Kalunga Nordeste Goiano
 
Todas as coisas
Todas as coisasTodas as coisas
Quero louvar te
Quero louvar teQuero louvar te
Diante da cruz
Diante da cruzDiante da cruz
A ele a gloria
A ele a gloriaA ele a gloria
289 ao pé da cruz
289   ao pé da cruz289   ao pé da cruz
135 louvor
135   louvor135   louvor
015 exultação
015   exultação015   exultação
123 seja bendito o cordeiro
123   seja bendito o cordeiro123   seja bendito o cordeiro
123 seja bendito o cordeiro
Associação Kalunga Nordeste Goiano
 
Vem esta e a hora
Vem esta e a horaVem esta e a hora
Somos o povo de deus
Somos o povo de deusSomos o povo de deus
Salmo 96
Salmo 96Salmo 96

Mais de Associação Kalunga Nordeste Goiano (20)

2 samuel 17
2 samuel 172 samuel 17
2 samuel 17
 
Josué 3
Josué 3Josué 3
Josué 3
 
Josué 1
Josué 1Josué 1
Josué 1
 
Todas as coisas
Todas as coisasTodas as coisas
Todas as coisas
 
Te agradeço
Te agradeçoTe agradeço
Te agradeço
 
Não ha deus maior
Não ha deus maiorNão ha deus maior
Não ha deus maior
 
344 deus cuidará de ti
344   deus cuidará de ti344   deus cuidará de ti
344 deus cuidará de ti
 
337 nada de desânimo
337   nada de desânimo337   nada de desânimo
337 nada de desânimo
 
236 atribulado coração
236   atribulado coração236   atribulado coração
236 atribulado coração
 
Todas as coisas
Todas as coisasTodas as coisas
Todas as coisas
 
Quero louvar te
Quero louvar teQuero louvar te
Quero louvar te
 
Diante da cruz
Diante da cruzDiante da cruz
Diante da cruz
 
A ele a gloria
A ele a gloriaA ele a gloria
A ele a gloria
 
289 ao pé da cruz
289   ao pé da cruz289   ao pé da cruz
289 ao pé da cruz
 
135 louvor
135   louvor135   louvor
135 louvor
 
015 exultação
015   exultação015   exultação
015 exultação
 
123 seja bendito o cordeiro
123   seja bendito o cordeiro123   seja bendito o cordeiro
123 seja bendito o cordeiro
 
Vem esta e a hora
Vem esta e a horaVem esta e a hora
Vem esta e a hora
 
Somos o povo de deus
Somos o povo de deusSomos o povo de deus
Somos o povo de deus
 
Salmo 96
Salmo 96Salmo 96
Salmo 96
 

Último

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 

Último (10)

Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 

Josué 2

  • 2. Versículos 1-7 Raabe recebe e esconde a dois israelitas Versículos 8-21 Raabe e os espias Versículos 22-24 O retorno dos espias
  • 3. Versículos 1-7 Raabe recebe e esconde a dois israelitas
  • 4. 1-Do acampamento do vale das Acácias, Josué mandou secretamente dois espiões com a seguinte ordem:— Examinem bem a terra, especialmente a cidade de Jericó. Então eles foram, entraram na casa de uma prostituta chamada Raabe e se hospedaram ali.
  • 5. 2-E chegou aos ouvidos do rei de Jericó a seguinte notícia: — Alguns israelitas chegaram aqui de noite para espionar a terra.
  • 6. 3-Então o rei mandou para Raabe o seguinte recado: — Os homens que estão na sua casa vieram para espionar toda a terra! Traga esses dois para fora!
  • 7. 4-Mas Raabe já os havia escondido. Ela respondeu aos mensageiros do rei: — É verdade que alguns homens vieram à minha casa, mas eu não sabia de onde eram.
  • 8. 5-Quando já estava escuro, e o portão da cidade ia ser fechado, eles saíram. Eu não sei para onde foram. Mas, se vocês forem depressa atrás deles, ainda poderão pegá-los.
  • 9. 6-Acontece que Raabe tinha levado os espiões ao terraço e os havia escondido debaixo das varas de linho amontoadas ali.
  • 10. 7-Os mensageiros do rei foram e, logo que saíram da cidade, o portão foi fechado. Eles procuraram os espiões até o lugar onde a estrada atravessa o rio Jordão.
  • 11. A fé nas promessas de Deus não deve terminar nossa diligência para usar os meios adequados, senão estimulá-los. A providência de Deus dirigiu os espias à casa de Raabe.
  • 12. Deus sabia onde havia alguém que seria leal com eles, ainda que eles não. Raabe parece ter sido uma dona de pousada; e se anteriormente tinha levado uma má vida, o qual é duvidoso, ela tinha abandonado seus maus caminhos.
  • 13. Isso que nos parecem mais acidental está, amiúde, mandado pela providência divina para servir a grandes finalidades. Foi por fé que Raabe recebeu em paz a esses contra os quais estavam e guerra o rei e sua pátria.
  • 14. Estamos seguros de que esta foi uma boa obra; assim é qualificada pelo apóstolo (Tg 2.25); e ela o fez pela fé, fé que a colocou acima do medo ao homem.
  • 15. São crentes verdadeiros aqueles que, em seus corações, arriscam-se por Deus; eles tomam a Seu povo por povo deles, e tem a mesma a sorte do povo de Deus .
  • 16. Os espias foram dirigidos pela providência especial de Deus, e Raabe os atendeu por consideração a Israel e ao Deus de Israel, e não por lucro ou com nenhum propósito malvado.
  • 17. Embora possam oferecer-se desculpas para a culpa da mentira de Raabe, é melhor não admitir nada que trate de explicá-la.
  • 18. Os enfoques de Raabe no que diz respeito à lei divina devem ter sido muito difusos: uma mentira como esta, cometida pelos que desfrutam da luz da revelação, qualquer seja o motivo, teria merecido dura censura.
  • 20. 8-Antes que os espiões fossem dormir, Raabe subiu ao terraço e disse a eles:
  • 21. 9— Eu sei que o SENHOR deu esta terra a vocês, os israelitas. Para dizer a verdade, todos nós estamos morrendo de medo.
  • 22. 10-Soubemos que o SENHOR secou o mar Vermelho diante de vocês quando saíram do Egito. Também ficamos sabendo como, a leste do rio Jordão, vocês mataram Seom e Ogue, os reis dos amorreus, e destruíram os seus exércitos.
  • 23. 11-Quando ouvimos essas coisas, perdemos a coragem e todos nós ficamos com muito medo por causa de vocês. O Deus de vocês, o SENHOR, é Deus lá em cima no céu e aqui em baixo na terra.
  • 24. 12-Então agora jurem em nome do SENHOR e prometam que vão ser bons para a minha família porque eu também tratei vocês com bondade. Para isso peço que me deem um sinal que não deixe dúvida.
  • 25. 13-Salvem o meu pai, a minha mãe, os meus irmãos e as minhas irmãs e as famílias deles. Não deixem que nos matem.
  • 26. 14-Os homens responderam: — Nós prometemos. E, se não cumprirmos a nossa palavra, nós é que deveremos morrer, e não você! Se você não contar a ninguém o que estamos fazendo, fique certa de que cumpriremos a nossa promessa. Quando o SENHOR nos der esta terra, seremos bons para você e mostraremos que somos homens de palavra.
  • 27. 15-Raabe morava numa casa construída na muralha da cidade. Por isso ela pôde fazer os espiões descerem pela janela, usando uma corda.
  • 28. 16-Ela disse:— Vão para as montanhas. Se não, os homens que estão procurando vocês vão achá-los. Escondam-se lá três dias, até que eles voltem. Depois vocês podem ir embora.
  • 29. 17-Os espiões disseram: — Cumpriremos o juramento que você nos pediu que fizéssemos, mas com as seguintes condições:
  • 30. 18-quando invadirmos a sua terra, amarre este cordão vermelho na janela de onde você nos fez descer. Junte, dentro da sua casa, o seu pai, a sua mãe, os seus irmãos e todos os parentes do seu pai.
  • 31. 19-Se alguém sair da casa, será culpado da sua própria morte, e nós não seremos responsáveis. Mas, se alguém que estiver com você for ferido dentro de casa, a culpa será nossa.
  • 32. 20-E, se você contar o que estamos fazendo, não seremos obrigados a cumprir o nosso juramento.
  • 33. 21-Raabe respondeu: — Eu concordo. Então ela deixou que eles fossem embora. E Raabe amarrou o cordão vermelho na janela.
  • 34. Raabe tinha ouvido dos milagres que o Senhor operava por Israel. Ela acreditava que Suas promessas certamente se cumpririam e que Suas ameaças se efetuariam;
  • 35. e que não havia forma de fugir, senão submeter- se a Ele e unir-se a Seu povo. A conduta de Raabe demonstrou que ela tinha o princípio real da fé divina.
  • 36. Observe as promessas que os espias fizeram a ela. A bondade de Deus se expressa amiúde por sua bondade e verdade (Sl 117.2); em ambos casos devemos ser seguidores d’Ele. Aqueles que estão cientes para cumprir as promessas, são cautos para formulá-las.
  • 37. Os espias estipulam condições necessárias. O cordão de fio de escarlata, como o sangue sobre o umbral da porta na Páscoa, volta a lembrar de que a segurança do pecador está no sangue expiatório de Cristo; e que temos que refugiarmo-nos nele para sermos livres da ira do Deus justo ofendido.
  • 38. A mesma corda que Raabe usou para a salvação desses israelitas seria usada para a segurança dela. Podemos esperar que aquilo com que servimos e honramos a Deus, seja abençoado por Ele e usado em nosso favor.
  • 40. 22-Os espiões foram para as montanhas e se esconderam lá três dias enquanto os soldados do rei os procuravam por toda aquela região. Os soldados não acharam ninguém e voltaram para Jericó.
  • 41. 23-Aí os dois espiões desceram da montanha, atravessaram o rio Jordão e foram se encontrar com Josué. Contaram tudo o que havia acontecido
  • 42. 24-e terminaram assim:— Estamos certos de que o SENHOR nos deu toda esta terra. Todo mundo aqui está morrendo de medo de nós.
  • 43. O informe que levaram os espias foi alentador. Toda a gente do país desfalecia por causa do Deus de Israel; não tinham sabedoria para render-se nem valor para pelejar.
  • 44. Aqueles terrores de consciência e essa sensação da ira divina que fazem desmaiar o ímpio mas não o levam ao arrependimento, são antecipações temíveis da destruição que se aproxima.
  • 45. Mas a graça abunda, contudo, para o principal dos pecadores. Que eles refugiem em a Cristo sem demora e tudo dará certo.
  • 46. CRÉDITOS. Versão :NTLH. COMENTÁRIO BÍBLICO DO ANTIGO TESTAMENTO VOL 1 Gênesis a Neemias Matthew Henry Compilação : Pr. Adonias Ferreira Leite. Teresina de Goias-GO