SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 67
Baixar para ler offline
Sustentabilidad
de la Rádio
“NÃO É A TECNOLOGIA QUE DETERMINA SE A COMUNICAÇÃO É AUTÊNTICA
OU NÃO, MAS O CORAÇÃO DO HOMEM E A SUA CAPACIDADE DE FAZER BOM
USO DOS MEIOS AO SEU DISPOR”
PAPA FRANCISCO
A historia da comunicação no
Brasil
u  A historia da comunicação no Brasil
u  Mais de 115 anos no Jornal/impressos
u  Mais de 70 anos no Rádio
u  Mais de 40 anos Na televisão
u  Mais de 20 anos em Rede via Satélite (RCR)
u  Presença no cinema
u  Integração de conteúdos - recente
Um modelo de comunicação
integrada
u  A comunicação Católica no Brasil
u  Signis Brasil
u  Missão
u  Animar, unir e congregar os meios de comunicação católicos e de
inspiração cristã do País e a formação de comunicadores para que
vivenciem seu carisma, em colaboração, em vista dos objetivos
comuns.
Rede Católica de Impressos
•  Mais de 10 títulos
•  Revistas, Jornais
•  Tiragem mensal - 1,5 milhões
de exemplares
Rede Católica de Televisão
u  Construção de uma Rede Católica de Televisão
u  Cobertura Nacional
u  Mais de 150 milhões de telespectador
Rede de Portais de internet
u  Construção e distribuição de conteúdos pelas plataformas das
emissoras
u  Emissoras de Rádio
u  Emissoras de TV
u  Sites de Revistas
u  Sites de Jornais
u  Portais independentes
u  É uma associação de emissoras vinculadas a organismos
da Igreja católica, como arquidioceses, dioceses,
congregações religiosas e comunidades de vida cristã.
www.rcr.org.br
VT para Televisão
Objetivo
u  Contribuir para a comunhão entre as emissoras, partilhando e
colocando em comum o ideal evangelizador, a partir da realidade
de cada uma, respeitando a diversidade e as características das
diferentes regiões do Brasil.
A Filosofia
u  Contribuir para a educação, cultura e cidadania, tendo em vista o
bem comum. Fortalecer do a ação evangelizadora da Igreja no
Brasil pelo meio rádio.
u  Fazer intercâmbio de experiências bem sucedidas.
u  Auxiliar as emissoras com cursos e treinamentos nas áreas de
Gestão e Comercialização, entre outras.
u  Discutir migração do Rádio para o FM
www.rcr.org.br
Organização
8 Geradoras de programação Regional e nacional
1.  Rádio Aparecida - SP
2.  Rádio Milícia Imaculada – SP
3.  Rádio Canção Nova SP
4.  Rádio Pai Eterno – GO
5.  Evangelizar é Preciso - PR
6.  RedeSul de Rádio- RS
7.  Rede Scalabriniana - RS
8.  Rede RCR – ES
9.  Rede de Noticias da Amazõnia AM
Www.rcr.org.br
Geradora – RCR Aparecida
Principais produtos compartilhados
u  Jornal Brasil Hoje
u  Plantão RCR
u  Panorama
u  Com Mãe Aparecida
u  Consagração N. Senhora
Jornal Brasil Hoje
Rede Milícia Sat
Principais produtos compartilhados para a RCR
u  A Igreja no Rádio
u  Palavra da CNBB
Produtos
u  Plataforma de Site para as emissoras
Serviço de Streaming
Oque fazemos
u  Pautas conjuntas Rádio
programete
Projetos Conjuntos TV
Projetos Impressos
Rádio além do rádio nas Redes
u  Presença em distribuidores de conteúdos
u  Twitter
u  Facebbok
u  G+
u  Instagram
Comunicação em
tempos de mudança?
Quem é a
nossa
audiência?
Somos o que éramos aos 20 anos
u  A comunicação do Rádio, e dos impresso esta mudando porque
as pessoas estão mudando
u  Analógicas – Escutam e leem no papel e no radio
u  Conectadas – já escutam rádio e leem também na internet
u  Hiper-conectadas – só buscam conteúdos na internet
Que mudou
Vivemos um
tempo de
disponibilidades
Perfis
u Analógicos
u Conectados
u Hiperconectados
Analógico/ audiência local
u Leem Jornal Local
u Ouvem a Rádio Local
u  Acessam sites dos veículos
locais
u Sua relação é com o
veículo conhecido
Conectados
u  Leem jornais locais e regionais em aplicativos
u  Ouvem rádios via Apps, e usam ferramentas
Hiper conectados
u  O mundo é a sua casa
u  Não acessam veículos locais
u  Usa somente smatphones
u  Lê só o que interessa
Oque mudou?
u Tempo
u Disponibilidade
u Conexão
u Opinião
Consumo de Mídia
CADA UM BUSCANDO SEU ESPAÇO
Hábitos de uso de mídias sociais
Base: 1.277 questionários
Quem está na rede
• todos
• Passa mais de 40h
semanais online.
• Grande acesso à
internet por celular
Viemos um mundo longevo
u  Nunca vivemos tanto tempo
u  Nunca tivemos tanta disponibilidade de Bens
40
Tendência
Tempo
Meios
TEMPO
PASSADO PRESENTE FUTURO
COM O QUE MAIS TRABALHAMOS
NA COMUNICAÇÃO?
TEMPO
QUANTO REPRESENTA O VOLUME (%)
DE PASSADO, PRESENTE E FUTURO:
-  de CONTEÚDO PRODUZIDO mensalmente?
-  DE INVESTIMENTO EM TECNOLOGIA?
-  NA FORMAÇAO DE PESSOAL?
TEMPO
PASSADO PRESENTE FUTURO
CONTEÚDO
80% 19% 1%
TEMPO
PASSADO PRESENTE FUTURO
E EM INVESIMENTO EM TECNOLOGIA?
TEMPO
PASSADO PRESENTE FUTURO
E EM FORMAÇÃO DE PESSOAL?
SEM BANCAR A GURU,VAMOS
FAZER UM EXERCÍCIO DE
AVALIAÇÃO DE DADOS PARA
DIAGNOSTICAR UMA
TENDÊNCA.
POSSE DE EQUIPAMENTOS
TECNOLÓGICOS)
VAMOS CONSIDERAR 3 MOMENTOS?
2010 2013 2014
1%
8%
31%
18%
98%
86%
12%
26%
38%
84%
6%
28%
31%
19%
98%
78%
26%
32%
35%
90%
17%
17%
28%
19%
98%
75%
31%
37%
34%
92%
0% 20% 40% 60% 80% 100% 120%
TABLET
COMPUTADOR PORTÁTIL
COMPUTADOR MESA
VIDEOGAME
TELEVISÃO
RÁDIO
TV ASSINATURA
ANTENA PARABOLICA
TELEFONE FIXO
CELULAR
TABLET
COMPUT
ADOR
PORTÁTIL
COMPUT
ADOR
MESA
VIDEOG
AME
TELEVISÃ
O
RÁDIO
TV
ASSINATU
RA
ANTENA
PARABOL
ICA
TELEFON
E FIXO
CELULAR
2014 17% 17% 28% 19% 98% 75% 31% 37% 34% 92%
2013 6% 28% 31% 19% 98% 78% 26% 32% 35% 90%
2010 1% 8% 31% 18% 98% 86% 12% 26% 38% 84%
2014
2013
2010
PROPORÇÃO DE
DOMICILIOS
COM ACESSO A INTERNET
2010
27%
2013
43%
2014
50%
2016
68%
Estimativa para 2016
Tráfego de vídeo pela internet, no Brasil, será o equivalente a
76% de todo o tráfego da internet em 2016. Em 2011, a média
era de 56%.
1%
8%
31%
18%
98%
86%
12%
26%
38%
84%
6%
28%
31%
19%
98%
78%
26%
32%
35%
90%
17%
17%
28%
19%
98%
75%
31%
37%
34%
92%
TABLET
COMPUTADOR PORTÁTIL
COMPUTADOR MESA
VIDEOGAME
TELEVISÃO
RÁDIO
TV ASSINATURA
ANTENA PARABOLICA
TELEFONE FIXO
CELULAR
Axis Title
AxisTitle
TABLET
COMPU
TADOR
PORTÁTI
L
COMPU
TADOR
MESA
VIDEOG
AME
TELEVISÃ
O
RÁDIO
TV
ASSINAT
URA
ANTENA
PARABO
LICA
TELEFON
E FIXO
CELULA
R
2014 17% 17% 28% 19% 98% 75% 31% 37% 34% 92%
2013 6% 28% 31% 19% 98% 78% 26% 32% 35% 90%
2010 1% 8% 31% 18% 98% 86% 12% 26% 38% 84%
Chart Title
2014 2013
2010
POR QUE ALGUNS
NUMEROS SOBEM E
OUTROS
CAEM?
 Mark	
  
FM	
  vai	
  resolver	
  
problemas	
  com	
  audiência	
  
e	
  faturamento?	
  
 Mark	
  
Rede	
  ou	
  Local?	
  
	
  
??????????	
  
TENDÊNCIAS
(EXEMPLOS DE SOLUÇÕES)
 Mark	
  INDIVIDUO	
  
PERTENCIMENTO	
  
SOLUÇÃO:
TRATAMENTO PESSOAL
57
 Mark	
  SOLUÇÃO	
  PARA	
  A	
  COMUNCAÇÃO	
  
ADAPTANDO A PORTABILIDADE
PROGRAMAÇÃO/CONTEUDOS
59
•  GEOLOCALIZAÇÃO
•  CUSTOMIZAÇÃO DE CONTEUDO
•  FERRAMENTAS DE DISTRIBUIÇÃO
•  INVESTIMENTOS EM TECNOLOGIA
•  INVESTIMENTO EM PROFISSIONAIS MULTIMIDIA
POR	
  QUE	
  FIZERAM	
  ISTO?	
  
•  Manter o preço mais ajustado para o anunciante local
•  Aumentar a cobertura
•  Buscar parte da audiência, que conhecendo os produtos também
tornarão estes futuros consumidores dos produtos da GloboPlay
•  Concorrência como NetFlix
•  Gerar receita (não necessariamente através de venda casada, mas
de faturar valor referente a produção na venda da Globo.com)
 Mark	
  
Rádio	
  
 Mark	
  
de 2 exemplos:
Radio Oui
FM
França
Rádio
Comercial
Portugal
 Mark	
  
•  Tem 5 canais com variações
de programação
•  Tem estudio de tv para
transmissão de entrevistas e
programas ao vivo e on
demand, via web
•  Entrega o sinal na web para
bandas larga e estreita
•  É uma referência em Rock
•  Os locutores conhecem muito
os assuntos abordados
Radio
Oui FM
França
 Mark	
  
•  Coloca a equipe de
trabalho dentro do
estúdio, interagindo
•  Disponibliza on demand
os produtos de maior
audiência, com
patrocinio no video
•  Nem a, TV nem a
internet, intimidou a
emissora
Rádio
Comerci
al
Portugal
O que nos sustenta?
u A fé
u Projeto de uma Cultura de Paz
possível.
u Inovar sempre para entregar
conteúdos
u Reinvenção dos profissionais de
Comunicação.
u  “A comunicação tem o poder de criar pontes,
favorecer o encontro e a inclusão, enriquecendo assim
a sociedade. Como é bom ver pessoas esforçando-se
por escolher cuidadosamente palavras e gestos para
superar as incompreensões, curar a memória ferida e
construir paz e harmonia”
u  Papa Francisco
 Mark	
  
rcr.org.br
signis.org.br
romanini@rcr.org.br
angela@rcr.org.br

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Destaque (8)

Extreme Lower Back Pain
Extreme Lower Back PainExtreme Lower Back Pain
Extreme Lower Back Pain
 
Knee replacement- Lyfboat
Knee replacement- LyfboatKnee replacement- Lyfboat
Knee replacement- Lyfboat
 
Catalog
CatalogCatalog
Catalog
 
Cornea transplant ppt -Lyfboat
Cornea transplant ppt -LyfboatCornea transplant ppt -Lyfboat
Cornea transplant ppt -Lyfboat
 
INTEROPERABILIDAD
INTEROPERABILIDADINTEROPERABILIDAD
INTEROPERABILIDAD
 
INTEROPERABILIDAD
INTEROPERABILIDADINTEROPERABILIDAD
INTEROPERABILIDAD
 
Decision Sciences Management
Decision Sciences ManagementDecision Sciences Management
Decision Sciences Management
 
Prostatectomy- Lyfboat
Prostatectomy- LyfboatProstatectomy- Lyfboat
Prostatectomy- Lyfboat
 

Semelhante a Desafios da comunicação paraguai

Colunistas inovacao tvminuto_13.08 (1)
Colunistas inovacao tvminuto_13.08 (1)Colunistas inovacao tvminuto_13.08 (1)
Colunistas inovacao tvminuto_13.08 (1)
ViniciusRaya
 
Campanhas Integradas Aula 01
Campanhas Integradas Aula 01Campanhas Integradas Aula 01
Campanhas Integradas Aula 01
Plínio Okamoto
 

Semelhante a Desafios da comunicação paraguai (20)

Aula II
Aula IIAula II
Aula II
 
Plano de negócios audiencia tve-parana
Plano de negócios   audiencia tve-parana Plano de negócios   audiencia tve-parana
Plano de negócios audiencia tve-parana
 
Financeiros em Agências de Comunicação
Financeiros em Agências de ComunicaçãoFinanceiros em Agências de Comunicação
Financeiros em Agências de Comunicação
 
PODCAST COMO ESTRATÉGIA PUBLICITÁRIA PARA ATINGIR PÚBLICOS SEGMENTADOS: Análi...
PODCAST COMO ESTRATÉGIA PUBLICITÁRIA PARA ATINGIR PÚBLICOS SEGMENTADOS: Análi...PODCAST COMO ESTRATÉGIA PUBLICITÁRIA PARA ATINGIR PÚBLICOS SEGMENTADOS: Análi...
PODCAST COMO ESTRATÉGIA PUBLICITÁRIA PARA ATINGIR PÚBLICOS SEGMENTADOS: Análi...
 
Palestra do Seminário Perspectivas na Uerj em 05/08/2014
Palestra do Seminário Perspectivas na Uerj  em 05/08/2014Palestra do Seminário Perspectivas na Uerj  em 05/08/2014
Palestra do Seminário Perspectivas na Uerj em 05/08/2014
 
Case Carbono Agência Experimental - FUMEC/2011
Case Carbono Agência Experimental - FUMEC/2011Case Carbono Agência Experimental - FUMEC/2011
Case Carbono Agência Experimental - FUMEC/2011
 
Kit Mídia Programa da IconeTV
Kit Mídia Programa da IconeTVKit Mídia Programa da IconeTV
Kit Mídia Programa da IconeTV
 
Aula 2 2011
Aula 2 2011Aula 2 2011
Aula 2 2011
 
Projeto Integrado - Agência Bee Young (Apresentação)
Projeto Integrado - Agência Bee Young (Apresentação)Projeto Integrado - Agência Bee Young (Apresentação)
Projeto Integrado - Agência Bee Young (Apresentação)
 
O mercado de pod cast no brasil
O mercado de pod cast no brasilO mercado de pod cast no brasil
O mercado de pod cast no brasil
 
Televisao fechada
Televisao fechadaTelevisao fechada
Televisao fechada
 
Slide rádio novos rumos
Slide rádio novos rumosSlide rádio novos rumos
Slide rádio novos rumos
 
Plano de Implantação da Pascom
 Plano de Implantação da Pascom Plano de Implantação da Pascom
Plano de Implantação da Pascom
 
Apoio institucional
Apoio institucionalApoio institucional
Apoio institucional
 
Colunistas inovacao tvminuto_13.08 (1)
Colunistas inovacao tvminuto_13.08 (1)Colunistas inovacao tvminuto_13.08 (1)
Colunistas inovacao tvminuto_13.08 (1)
 
Cap Para Calouros
Cap Para CalourosCap Para Calouros
Cap Para Calouros
 
Apresentação1.pptx
Apresentação1.pptxApresentação1.pptx
Apresentação1.pptx
 
WI Equipe 1 - TVA
WI Equipe 1 - TVAWI Equipe 1 - TVA
WI Equipe 1 - TVA
 
Apresentacao sti
Apresentacao stiApresentacao sti
Apresentacao sti
 
Campanhas Integradas Aula 01
Campanhas Integradas Aula 01Campanhas Integradas Aula 01
Campanhas Integradas Aula 01
 

Último

Último (8)

Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 

Desafios da comunicação paraguai