SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
Nome da Instituição (só iniciais em maiúsculas, sem grifar)
Nome da Unidade de Ensino (idem)
Nome do Departamento (idem)
Nome do Curso (idem)

TÍTULO PRINCIPAL DO PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA:
subtítulo do projeto de iniciação científica (titulo todo grifado em negrito, principal em
maiúsculas, e o secundário, se houver, em minúsculas)

Nome Completo e correto do/a estudante autor do Projeto de Pesquisa

Professor(es)/(as) Orientador(es)/(as): (nome completo e correto)

Cidade onde se situa a Instituição -, ano de apresentação do Projeto de Pesquisa
Estudante Autor(a) do Projeto de iniciação científica

TÍTULO DO PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA:
subtítulo do projeto de iniciação científica (igual ao da capa)

Projeto de Pesquisa de iniciação científica
apresentado à(ao) (Nome da Unidade de
Ensino), sob orientação do(as) Prof.(as) (Nome
do/as Orientador/as) como requisito de
avaliação da Disciplina Metodologia da
Produção Acadêmica e Científica, da Matriz
Curricular do Curso de Pedagogia.

Cidade, ano de apresentação do projeto de iniciação científica
LISTA DE FIGURAS (se houver)
Figura 1 – Título da figura. ........................................................ Erro! Indicador não definido.

(na folha seguinte se houver...)

LISTA DE TABELAS (se houver)
Tabela 1 – Título da tabela: ....................................................... Erro! Indicador não definido.

(na folha seguinte se houver...)

LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS (se houver)
SUMÁRIO (em maiusculas, grifo negrito)
(copiar os itens com o formato exatamente igual ao do texto, como exemplificado)

1. INTRODUÇÃO ...........................................................................................................
2. TEMA DO PROJETO DE PESQUISA ....................................................................
2.1. Problema a ser investigado na Pesquisa ..................................................................
2.2. Hipóteses da Investigação .......................................................................................
3. OBJETIVO GERAL DO ESTUDO ..........................................................................
3.1. Objetivos específicos do estudo ........................................................
4. JUSTIFICATIVA DE REALIZAÇÃO DA PESQUISA ......................................
5. FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA PESQUISA ..................................................
5.1. Primeiro Subtítulo ..................................................................................................
5.2. Segundo Subtitulo ..................................................................................................
( constarão todos os subtítulos que houver)
6. METODOLOGIA DA INVESTIGAÇÃO ............................................................
6.1. Método da Coleta de Dados ..................................................................................
6.2. Descrição do Universo da Pesquisa e da População envolvida .........................
6.3. Procedimentos da Coleta de Dados .....................................................................
6.4. Técnica de registro, interpretação e análise dos Dados ....................................
6.5. Recursos humanos, materiais e financeiros necessários para a execução da
Pesquisa ............................................................................................................................
6.6. Cronograma ..............................................................................................................
REFERENCIAS .............................................................................................................
ANEXOS (se houver) ....................................................................................................
APENDICES (se houver) ..............................................................................................
1. INTRODUÇÃO
(no projeto é numerado como 1, mas na Monografia numera-se somente os
capítulos, introdução e considerações finais não são itens numerados na
Monografia, porque no projeto NUNNNNNNNNNNNNNCA há considerações
finais uma vez que o pesquisa ainda será feita e não houve descoberta de
conhecimento novo e novas aprendizagens)

(ATENÇÃO: texto conforme as orientações para este componente,
consultar e estudar livros de Metodologia da Pesquisa antes de escrever. Por
exemplo: uma diferença fundamental entre o texto do Projeto e da Monografia é o
tempo verbal. Então qual é o tempo verbal a ser usado no projeto? Futuro?
Presente ou Passado? E na Monografia? – A INTRODUÇÃO É SEMPRE UM
TEXTO PESSOAL - O AUTOR APRESENTA O TEMA, O OBJETO E A
DELIMITAÇÃO COM A VISÃO GERAL DO MESMO SITUADO NO
UNIVERSO

DO

MUNDO

DO

CONHECIMENTO,

ENFATIZANDO

O

RECORTE QUE O(A) AUTOR(A) ESCOLHEU PARA PESQUISAR - EVITAR
CITAÇÕES)
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.

2. TEMA DO PROJETO DE PESQUISA (com sua delimitação)
(texto conforme as orientações para este componente – Ex:
INVESTIGANDO
ACADÊMICA

O

SIGNIFICADO

DA

LEITURA

NA

FORMAÇÃO

PARA ESTUDANTES CONCLUINTES DO CURSO DE

PEDGOGIA DA UNIR – CAMPUS DE JI-PARANA)

2.1. Problema a ser investigado na Pesquisa

(questionamento feito ao tema - texto conforme as orientações para este
componente QUE APONTA EXATAMENTE O FOCO OU RECORTE DA
PESQUISA – Ex: Que representações os estudantes concluintes do Curso de
Pedagogia da UNIR Ji-Paraná tem a respeito do uso e presença da leitura na sua
formação profissional?)

2.2. Hipóteses da Investigação
(texto conforme as orientações para este componente – OPCIONAL
EM CIENCIAS HUMANAS E SOCIAIS)
3. OBJETIVOS

3.1. Objetivo geral do estudo a ser realizado:
(texto

conforme

as

orientações

para

este

componente

–

RECOMENDADO NO MAXIMO DOIS OBJETIVOS, usar verbos no infinitivo
de sentido mais amplo como ANALISAR, COMPREENDER, INVESTIGAR,
ENTENDER, ESTUDAR, etc, no máximo dois objetivos, é melhor estabelecer
apenas um que reflita exatamente o que se pretende atingir com a pesquisa )

3.2.Objetivos específicos do estudo (usar verbos de sentido mais imediato e
específico como: LISTAR, ENUMERAR, CLASSIFICAR, ORGANIZAR,
DEFINIR, SEPARAR, etc. recomenda-se definir até três objetivos...)

4. JUSTIFICATIVA DE REALIZAÇÃO DA PESQUISA
(texto conforme as orientações para este componente – ESTE TEXTO
É PESSOAL E DEVE RESPONDER A QUESTÃO: PORQUE FOI ESCOLHIDO
ESTA TEMÁTICA? QUAIS SÃO OS MOTIVOS E RAZÕES DE ORDEM
PRATICA E CIENTIFICA DO(A) AUTOR(A) POR ESCOLHER ESTE TEMA
PARA PESQUISAR? A JUSTIFICATIVA NÃO DEVE TRAZER CITAÇÕES,
POIS É UM TEXTO ELABORADO PELO(s) AUTOR(es) DA PESQUISA)
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto.
5. FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA PESQUISA
(texto conforme as orientações para este componente – APRESENTAR
AS IDEIAS PRINCIPAIS DO PENSAMENTO DO/S ESTUDIOSO/S OU
TEÓRICO/S QUE NORTEARÃO AS REFLEXÕES SOBRE O TEMA – POR
ISTO AQUI SIM IRÃO APARECER MUITAS CITAÇÕES... )
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto. (AUTOR, ano, p.)

texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Explica Fulano (2009, p.
52) “Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.”
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.

5.1. Primeiro Subtítulo
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto.

Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto. (AUTORA, 2007,
p.17)

texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto. (AUTOR, 1998, p.76)

texto
texto
texto
texto

Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.

5.2. Segundo Subtitulo

Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.

6. METODOLOGIA DA INVESTIGAÇÃO

(texto conforme as orientações para este componente – ALÉM DA
PESQUISA BIBLIOGRÁFICA OBRIGATÓRIA E BÁSICA EM TODA
PESQUISA, RECOMENDA-SE ESCOLHER UM UNICO MODELO TEÓRICO
E SEGUI-LO EXATAMENTE CONFORME O/A AUTOR/A DESTE MODELO
ORIENTA. Ex: pesquisa bibliográfica é obrigatória em todas e esta deve ser
combinada com pesquisa de história oral ou pesquisa descritiva ou pesquisa
participante ou pesquisa ação, ou estudo de caso, etc e respectivos instrumentos:
transcrição e transcriação das entrevistas, caderno de campo, entrevista,
questionário estruturado ou semi-estruturado, etc – ESTUDAR BEM O MODELO
ESCOLHIDO POIS, NÃO SE PODE APLICAR O MODELO ESCOLHIDO E
SUA METODOLOGIA DE QUALQUER JEITO – É PRECISO RESPEITAR OS
DIREITOS AUTORAIS DO CRIADOR DO MODELO)
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto.
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto.
6.1. Método da Coleta de Dados ou Tipologia da Pesquisa
(texto conforme as orientações para este componente – SEGUINDO O
MODELO TEÓRICO DA TIPOLOGIA DA PESQUISA ESCOLHIDA NO ITEM
ANTERIOR: qualitativa, quantitativa, bibliográfica, descritiva, etnográfica, história
oral, etc...)
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto.
6.2. Descrição do Universo da Pesquisa e da População envolvida

(Descrever detalhamente os sujeitos da pesquisa: as pessoas, o grupo, povo
ou população envolvida, o espaço onde convivem e suas características sócio-históricas
– por exemplo: lembrando o título dado como exemplo falar sobre as representações de
leitura entre os concluintes da turma de Pedagogia – é preciso descrever como se
caracteriza a vida deste grupo de estudantes na universidade...) Texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
6.3. Procedimentos da Coleta de Dados
(texto conforme modelo teórico do tipo de pesquisa escolhido)
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
6.4. Técnicas de registro, interpretação e análise dos Dados
(texto conforme modelo teórico do tipo de pesquisa escolhido)
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto.
6.5. Recursos humanos, materiais e financeiros necessários para a execução da
Pesquisa
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
6.6. Cronograma
(texto conforme as orientações para este componente – ver modelo no
livro da Gressler.)
REFERÊNCIAS (exemplificadas)
(o termo usado agora é este, não se usa mais Bibliografia, devem ser de acordo com
as normas da ABNT VIGENTE OU AS ESTABELECIDAS PELA
INSTITUIÇÃO, como na lista exemplificada a seguir que são títulos reais de livros
que podem ser estudados justamente porque tratam de Produção Científica –
consultar sempre as normas atualizadas pois, há muitos detalhes difíceis de
memorizar e além disso podem mudar, ver apostila digital das normas atualizadas
que está sendo disponibilizado...)
BACHELARD, Gaston. La formation de l’esprit scientifique. Paris: J. Vrin, 1967.
BIASOTTI, Míriam Mara Dantur de La Rocha. Pesquisa da informação e elaboração do
trabalho intelectual. Porto Alegre: Mecanografia Sudesul, 1969.
BOAVENTURA, Edivaldo. Ordenamento de idéias. Salvador: Estuário, 1969.
BOCHENSKI, J. M. Diretrizes do pensamento filosófico. São Paulo: Herder, 1961.
BRECHT, Arnold. Teoria política. Rio de Janeiro: Zahar, 1965.
CANNABRAVA, Eurialo. Introdução à filosofia científica. São Paulo: Ed. Nacional, 1956.
CASTRO, Cláudio de Moura. Estrutura e apresentação de publicações científicas. São
Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1976.
______. A prática da pesquisa. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1977.
DESCARTES, René. Discurso do método. Lisboa: Sá da Costa, 1956.
FERNANDES, Maria Nilza de Oliveira. Técnicas de estudo: como estudar sozinho. São
Paulo: EPU, 1979.
FERRARI, Alfonso Trujillo. Metodologia da ciência. 2. ed. Rio de Janeiro: Kennedy, 1974.
FIGUEIREDO, Laura Maia de; CUNHA, Lélia Galvão Caldas da. Curso de bibliografia
geral. Rio de Janeiro: Record, 1967.
GOODE, Willian J.; HATT, Paul K. Métodos em pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Ed.
Nacional, 1977.
GRANGER, Gilles Gaston. Lógica e filosofia das ciências. São Paulo: Melhoramentos, 1955.
HEIMANN, Eduard. História das doutrinas econômicas. Rio de Janeiro: Zahar, 1965.
HYMAN, Herbert. Planejamento e análise de pesquisa. Rio de Janeiro: Lidador, 1967.
JAPIASSU, Hilton. As paixões da ciência. 2. ed. São Paulo: Letras & Letras, 1991.
______. O mito da neutralidade científica. 2. ed. Rio de Janeiro: Imago, 1981.
JOLIVET, Régis. Curso de filosofia. Rio de Janeiro: Agir, 1957.
KAPLAN, Abraham. A conduta na pesquisa. São Paulo: Herder, 1969.
KNELLER, George E. Introdução à filosofia da educação. Rio de Janeiro: Zahar, 1966.
KÖCHE, José Carlos. Fundamentos de metodologia científica. Caxias do Sul: UCS, 1978.
LAHR, C. Manual de filosofia. 7. ed. Porto: Apostolado da Imprensa, 1958.
LEITE, José Alfredo A. Metodologia de elaboração de teses. São Paulo: McGraw-Hill do
Brasil, 1978.
LUFT, Celso Pedro. Trabalho científico: sua estrutura e apresentação. Porto Alegre: Lima,
1967.
MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa. São Paulo:
Atlas, 1982.
MARINHO, Pedro. A pesquisa em ciências humanas. Petrópolis: Vozes, 1980.
MIRA Y LOPES, Emílio. Como estudar e como aprender. 2. ed. Rio de Janeiro: Mestre Jou,
1968.
MOLES, Abraham A. A criação científica. São Paulo: Perspectiva, 1971.
MORGAN, Clifford T.; DEESE, James. Como estudar. 4. ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos,
1970.
NAGEL, E. Filosofia da ciência. São Paulo: Cultrix, 1969.
PINTO, Álvaro Vieira. Ciência e existência. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969.
POPPER, Karl. La lógica de la investigación científica. Madrid: Tecnos, 1971.
REHFELDT, Gládis Knak. Monografia e tese. Porto Alegre: Sulina, 1980.
RUDIO, Franz Victor. Introdução ao projeto de pesquisa científica. Petrópolis: Vozes, 1978.
RUIZ, João Álvaro. Metodologia científica. São Paulo: Atlas, 1980.
SALMON, Wesley C. Lógica. Rio de Janeiro: Zahar, 1969.
SALVADOR, Ângelo Domingos. Métodos e técnicas de pesquisa bibliográfica. 2. ed. Porto
Alegre: Sulina, 1970.
SELLTIZ, C.; JAHODA, M.; DEUTSCH, M.; COOK, S. Métodos de pesquisa nas relações
sociais. São Paulo: Herder, 1976.

(ver ANEXO E APENDICE NA pagina seguinte)
ANEXO A OU APENDICE A

EX: TÍTULO DO ANEXO A

Texto do Anexo ou Apêndice – CONSTULTAR NAS NORMAS SOBRE A
DIFERENÇA ENTRE OS DOIS: o que é um Anexo? O que é um apêndice? – havendo
anexos ou apêndices, colocar um em cada folha.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pesquisa Bibliografica
Pesquisa BibliograficaPesquisa Bibliografica
Pesquisa BibliograficaLeticia Strehl
 
Análise de Artigos de Revisão e Elaboração de Artigos Científicos
Análise de Artigos de Revisão e Elaboração de Artigos CientíficosAnálise de Artigos de Revisão e Elaboração de Artigos Científicos
Análise de Artigos de Revisão e Elaboração de Artigos CientíficosCarlos Fernando Jung
 
Aula 04 - O Projeto de Pesquisa
Aula 04 - O Projeto de PesquisaAula 04 - O Projeto de Pesquisa
Aula 04 - O Projeto de PesquisaGhiordanno Bruno
 
Aula como elaborar um artigo científico
Aula   como elaborar um artigo científicoAula   como elaborar um artigo científico
Aula como elaborar um artigo científicoLudmila Moura
 
Elaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva Muñoz
Elaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva MuñozElaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva Muñoz
Elaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva MuñozRilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativosMetodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativosLeticia Strehl
 
Construindo um projeto de pesquisa
Construindo um projeto de pesquisaConstruindo um projeto de pesquisa
Construindo um projeto de pesquisaAliny Lima
 
Estrutura do artigo científico
Estrutura do artigo científicoEstrutura do artigo científico
Estrutura do artigo científicomorgannaprata
 
Métodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisaMétodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisaIsabella Marra
 
Estrutura de Projeto de Pesquisa
Estrutura de Projeto de PesquisaEstrutura de Projeto de Pesquisa
Estrutura de Projeto de PesquisaHumberto Serra
 
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptxMETODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptxCarla Dimarães
 

Mais procurados (20)

Revisão bibliográfica
Revisão bibliográficaRevisão bibliográfica
Revisão bibliográfica
 
Modelo projeto-pesquisa
Modelo projeto-pesquisaModelo projeto-pesquisa
Modelo projeto-pesquisa
 
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
Aula - Guia de Citações (ABNT-UFC)
 
Pesquisa Bibliografica
Pesquisa BibliograficaPesquisa Bibliografica
Pesquisa Bibliografica
 
Pesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativaPesquisa qualitativa
Pesquisa qualitativa
 
Análise de Artigos de Revisão e Elaboração de Artigos Científicos
Análise de Artigos de Revisão e Elaboração de Artigos CientíficosAnálise de Artigos de Revisão e Elaboração de Artigos Científicos
Análise de Artigos de Revisão e Elaboração de Artigos Científicos
 
Aula 04 - O Projeto de Pesquisa
Aula 04 - O Projeto de PesquisaAula 04 - O Projeto de Pesquisa
Aula 04 - O Projeto de Pesquisa
 
Aula como elaborar um artigo científico
Aula   como elaborar um artigo científicoAula   como elaborar um artigo científico
Aula como elaborar um artigo científico
 
Resenha de artigo para estudantes
Resenha de artigo para estudantesResenha de artigo para estudantes
Resenha de artigo para estudantes
 
Apresentação TCC
Apresentação TCCApresentação TCC
Apresentação TCC
 
Elaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva Muñoz
Elaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva MuñozElaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva Muñoz
Elaboração de Pôsteres Científicos para Congressos - Profa. Rilva Muñoz
 
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativosMetodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
Metodos Pesquisa 1 Introdução aos métodos de pesquisa. 1, Métodos quaLitativos
 
Construindo um projeto de pesquisa
Construindo um projeto de pesquisaConstruindo um projeto de pesquisa
Construindo um projeto de pesquisa
 
Slide sobre artigo cientifico
Slide sobre artigo cientificoSlide sobre artigo cientifico
Slide sobre artigo cientifico
 
Estrutura do artigo científico
Estrutura do artigo científicoEstrutura do artigo científico
Estrutura do artigo científico
 
Métodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisaMétodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisa
 
Estrutura de Projeto de Pesquisa
Estrutura de Projeto de PesquisaEstrutura de Projeto de Pesquisa
Estrutura de Projeto de Pesquisa
 
Análises Discurso e Conteúdo (Zezé)
Análises Discurso e Conteúdo (Zezé)Análises Discurso e Conteúdo (Zezé)
Análises Discurso e Conteúdo (Zezé)
 
Resumo e resenha
Resumo e resenhaResumo e resenha
Resumo e resenha
 
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptxMETODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
 

Semelhante a Projeto de pesquisa exemplo 2013 2

Projeto de pesquisa exemplo 2013-1
Projeto de pesquisa   exemplo 2013-1Projeto de pesquisa   exemplo 2013-1
Projeto de pesquisa exemplo 2013-1Unir-Metodologia
 
Template artigo científico pós
Template artigo científico pósTemplate artigo científico pós
Template artigo científico pósCarmen Brunelli
 
uece cTEMPLATE MESTRADO PROFISSIONAL.doc
uece cTEMPLATE MESTRADO PROFISSIONAL.docuece cTEMPLATE MESTRADO PROFISSIONAL.doc
uece cTEMPLATE MESTRADO PROFISSIONAL.docSocorroLeonacio1
 
Modelo de monografia ou tcc
Modelo de monografia ou tccModelo de monografia ou tcc
Modelo de monografia ou tccJares Petros
 
projeto pesq.doc
projeto pesq.docprojeto pesq.doc
projeto pesq.docVilson Dias
 
modelo_dissertacao_Latex.pdf
modelo_dissertacao_Latex.pdfmodelo_dissertacao_Latex.pdf
modelo_dissertacao_Latex.pdfViverLibras
 
Manual para trabalhos acadêmicos
Manual para trabalhos acadêmicosManual para trabalhos acadêmicos
Manual para trabalhos acadêmicosdomleandro93
 
Estrutura do projeto de pesquisa
Estrutura do projeto de pesquisaEstrutura do projeto de pesquisa
Estrutura do projeto de pesquisaAndre Lucas
 
Curso de Direito Constitucional para Defensoria Pública Estadual 2019
Curso de Direito Constitucional para Defensoria Pública Estadual 2019Curso de Direito Constitucional para Defensoria Pública Estadual 2019
Curso de Direito Constitucional para Defensoria Pública Estadual 2019Estratégia Carreira Jurídica
 
Modelo projeto pesquisa
Modelo projeto pesquisaModelo projeto pesquisa
Modelo projeto pesquisaPaula Naranjo
 
Modelo projeto pesquisa_3 carol
Modelo projeto pesquisa_3 carolModelo projeto pesquisa_3 carol
Modelo projeto pesquisa_3 carolTerra Bahia
 
Formulario padrao-submissao-de-trabalhos-enlacando-sexualidades-2013
Formulario padrao-submissao-de-trabalhos-enlacando-sexualidades-2013Formulario padrao-submissao-de-trabalhos-enlacando-sexualidades-2013
Formulario padrao-submissao-de-trabalhos-enlacando-sexualidades-2013Suely Messeder
 

Semelhante a Projeto de pesquisa exemplo 2013 2 (20)

Projeto de pesquisa exemplo 2013-1
Projeto de pesquisa   exemplo 2013-1Projeto de pesquisa   exemplo 2013-1
Projeto de pesquisa exemplo 2013-1
 
Template artigo científico pós
Template artigo científico pósTemplate artigo científico pós
Template artigo científico pós
 
Template tese doutorado
Template  tese doutoradoTemplate  tese doutorado
Template tese doutorado
 
uece cTEMPLATE MESTRADO PROFISSIONAL.doc
uece cTEMPLATE MESTRADO PROFISSIONAL.docuece cTEMPLATE MESTRADO PROFISSIONAL.doc
uece cTEMPLATE MESTRADO PROFISSIONAL.doc
 
Tese exemplo-alpha-ime
Tese exemplo-alpha-imeTese exemplo-alpha-ime
Tese exemplo-alpha-ime
 
Modelo de monografia ou tcc
Modelo de monografia ou tccModelo de monografia ou tcc
Modelo de monografia ou tcc
 
projeto pesq.doc
projeto pesq.docprojeto pesq.doc
projeto pesq.doc
 
Manual de TCC Unopar
Manual  de TCC UnoparManual  de TCC Unopar
Manual de TCC Unopar
 
Anexo unopar
Anexo unoparAnexo unopar
Anexo unopar
 
modelo_dissertacao_Latex.pdf
modelo_dissertacao_Latex.pdfmodelo_dissertacao_Latex.pdf
modelo_dissertacao_Latex.pdf
 
Manual para trabalhos acadêmicos
Manual para trabalhos acadêmicosManual para trabalhos acadêmicos
Manual para trabalhos acadêmicos
 
Modelo projeto
Modelo projetoModelo projeto
Modelo projeto
 
Modelo de projeto
Modelo de projetoModelo de projeto
Modelo de projeto
 
Estrutura do projeto de pesquisa
Estrutura do projeto de pesquisaEstrutura do projeto de pesquisa
Estrutura do projeto de pesquisa
 
Curso de Direito Constitucional para Defensoria Pública Estadual 2019
Curso de Direito Constitucional para Defensoria Pública Estadual 2019Curso de Direito Constitucional para Defensoria Pública Estadual 2019
Curso de Direito Constitucional para Defensoria Pública Estadual 2019
 
Normas para tcc
Normas para tccNormas para tcc
Normas para tcc
 
Modelo projeto pesquisa
Modelo projeto pesquisaModelo projeto pesquisa
Modelo projeto pesquisa
 
Modelo projeto pesquisa
Modelo projeto pesquisaModelo projeto pesquisa
Modelo projeto pesquisa
 
Modelo projeto pesquisa_3 carol
Modelo projeto pesquisa_3 carolModelo projeto pesquisa_3 carol
Modelo projeto pesquisa_3 carol
 
Formulario padrao-submissao-de-trabalhos-enlacando-sexualidades-2013
Formulario padrao-submissao-de-trabalhos-enlacando-sexualidades-2013Formulario padrao-submissao-de-trabalhos-enlacando-sexualidades-2013
Formulario padrao-submissao-de-trabalhos-enlacando-sexualidades-2013
 

Mais de Unir-Metodologia (20)

Como elaborar artigo alves e arruda
Como elaborar artigo alves e arrudaComo elaborar artigo alves e arruda
Como elaborar artigo alves e arruda
 
Artigo Cientifico
Artigo CientificoArtigo Cientifico
Artigo Cientifico
 
Artigo Cientifico
Artigo CientificoArtigo Cientifico
Artigo Cientifico
 
Referencias NBR 6023 2002
Referencias NBR 6023 2002Referencias NBR 6023 2002
Referencias NBR 6023 2002
 
NBR 14724-2011 Trabalhos Acadêmicos
NBR 14724-2011 Trabalhos AcadêmicosNBR 14724-2011 Trabalhos Acadêmicos
NBR 14724-2011 Trabalhos Acadêmicos
 
Citações no Texto Conforme ABNT
Citações no Texto Conforme ABNTCitações no Texto Conforme ABNT
Citações no Texto Conforme ABNT
 
Concisão
ConcisãoConcisão
Concisão
 
Sinopse
SinopseSinopse
Sinopse
 
Rony
RonyRony
Rony
 
Metodologia
MetodologiaMetodologia
Metodologia
 
Theobald sinopse
Theobald   sinopseTheobald   sinopse
Theobald sinopse
 
O conhecimento científico
O conhecimento científicoO conhecimento científico
O conhecimento científico
 
Verdade pragmatica
Verdade pragmaticaVerdade pragmatica
Verdade pragmatica
 
Principais topicos (1)
Principais topicos (1)Principais topicos (1)
Principais topicos (1)
 
Conhecimento cientifico 1 (1)
Conhecimento cientifico 1 (1)Conhecimento cientifico 1 (1)
Conhecimento cientifico 1 (1)
 
Ciência e linguagem
Ciência e linguagemCiência e linguagem
Ciência e linguagem
 
Uso de primeira ou terceira pessoa
Uso de primeira ou terceira pessoaUso de primeira ou terceira pessoa
Uso de primeira ou terceira pessoa
 
Slide redação
Slide redaçãoSlide redação
Slide redação
 
Sinopse
SinopseSinopse
Sinopse
 
Apresentação slide metodologia sínopse ( theobald)
 Apresentação slide metodologia sínopse ( theobald) Apresentação slide metodologia sínopse ( theobald)
Apresentação slide metodologia sínopse ( theobald)
 

Projeto de pesquisa exemplo 2013 2

  • 1. Nome da Instituição (só iniciais em maiúsculas, sem grifar) Nome da Unidade de Ensino (idem) Nome do Departamento (idem) Nome do Curso (idem) TÍTULO PRINCIPAL DO PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: subtítulo do projeto de iniciação científica (titulo todo grifado em negrito, principal em maiúsculas, e o secundário, se houver, em minúsculas) Nome Completo e correto do/a estudante autor do Projeto de Pesquisa Professor(es)/(as) Orientador(es)/(as): (nome completo e correto) Cidade onde se situa a Instituição -, ano de apresentação do Projeto de Pesquisa
  • 2. Estudante Autor(a) do Projeto de iniciação científica TÍTULO DO PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: subtítulo do projeto de iniciação científica (igual ao da capa) Projeto de Pesquisa de iniciação científica apresentado à(ao) (Nome da Unidade de Ensino), sob orientação do(as) Prof.(as) (Nome do/as Orientador/as) como requisito de avaliação da Disciplina Metodologia da Produção Acadêmica e Científica, da Matriz Curricular do Curso de Pedagogia. Cidade, ano de apresentação do projeto de iniciação científica
  • 3. LISTA DE FIGURAS (se houver) Figura 1 – Título da figura. ........................................................ Erro! Indicador não definido. (na folha seguinte se houver...) LISTA DE TABELAS (se houver) Tabela 1 – Título da tabela: ....................................................... Erro! Indicador não definido. (na folha seguinte se houver...) LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS (se houver)
  • 4. SUMÁRIO (em maiusculas, grifo negrito) (copiar os itens com o formato exatamente igual ao do texto, como exemplificado) 1. INTRODUÇÃO ........................................................................................................... 2. TEMA DO PROJETO DE PESQUISA .................................................................... 2.1. Problema a ser investigado na Pesquisa .................................................................. 2.2. Hipóteses da Investigação ....................................................................................... 3. OBJETIVO GERAL DO ESTUDO .......................................................................... 3.1. Objetivos específicos do estudo ........................................................ 4. JUSTIFICATIVA DE REALIZAÇÃO DA PESQUISA ...................................... 5. FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA PESQUISA .................................................. 5.1. Primeiro Subtítulo .................................................................................................. 5.2. Segundo Subtitulo .................................................................................................. ( constarão todos os subtítulos que houver) 6. METODOLOGIA DA INVESTIGAÇÃO ............................................................ 6.1. Método da Coleta de Dados .................................................................................. 6.2. Descrição do Universo da Pesquisa e da População envolvida ......................... 6.3. Procedimentos da Coleta de Dados ..................................................................... 6.4. Técnica de registro, interpretação e análise dos Dados .................................... 6.5. Recursos humanos, materiais e financeiros necessários para a execução da Pesquisa ............................................................................................................................ 6.6. Cronograma .............................................................................................................. REFERENCIAS ............................................................................................................. ANEXOS (se houver) .................................................................................................... APENDICES (se houver) ..............................................................................................
  • 5. 1. INTRODUÇÃO (no projeto é numerado como 1, mas na Monografia numera-se somente os capítulos, introdução e considerações finais não são itens numerados na Monografia, porque no projeto NUNNNNNNNNNNNNNCA há considerações finais uma vez que o pesquisa ainda será feita e não houve descoberta de conhecimento novo e novas aprendizagens) (ATENÇÃO: texto conforme as orientações para este componente, consultar e estudar livros de Metodologia da Pesquisa antes de escrever. Por exemplo: uma diferença fundamental entre o texto do Projeto e da Monografia é o tempo verbal. Então qual é o tempo verbal a ser usado no projeto? Futuro? Presente ou Passado? E na Monografia? – A INTRODUÇÃO É SEMPRE UM TEXTO PESSOAL - O AUTOR APRESENTA O TEMA, O OBJETO E A DELIMITAÇÃO COM A VISÃO GERAL DO MESMO SITUADO NO UNIVERSO DO MUNDO DO CONHECIMENTO, ENFATIZANDO O RECORTE QUE O(A) AUTOR(A) ESCOLHEU PARA PESQUISAR - EVITAR CITAÇÕES) Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
  • 6. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. 2. TEMA DO PROJETO DE PESQUISA (com sua delimitação) (texto conforme as orientações para este componente – Ex: INVESTIGANDO ACADÊMICA O SIGNIFICADO DA LEITURA NA FORMAÇÃO PARA ESTUDANTES CONCLUINTES DO CURSO DE PEDGOGIA DA UNIR – CAMPUS DE JI-PARANA) 2.1. Problema a ser investigado na Pesquisa (questionamento feito ao tema - texto conforme as orientações para este componente QUE APONTA EXATAMENTE O FOCO OU RECORTE DA PESQUISA – Ex: Que representações os estudantes concluintes do Curso de Pedagogia da UNIR Ji-Paraná tem a respeito do uso e presença da leitura na sua formação profissional?) 2.2. Hipóteses da Investigação (texto conforme as orientações para este componente – OPCIONAL EM CIENCIAS HUMANAS E SOCIAIS)
  • 7. 3. OBJETIVOS 3.1. Objetivo geral do estudo a ser realizado: (texto conforme as orientações para este componente – RECOMENDADO NO MAXIMO DOIS OBJETIVOS, usar verbos no infinitivo de sentido mais amplo como ANALISAR, COMPREENDER, INVESTIGAR, ENTENDER, ESTUDAR, etc, no máximo dois objetivos, é melhor estabelecer apenas um que reflita exatamente o que se pretende atingir com a pesquisa ) 3.2.Objetivos específicos do estudo (usar verbos de sentido mais imediato e específico como: LISTAR, ENUMERAR, CLASSIFICAR, ORGANIZAR, DEFINIR, SEPARAR, etc. recomenda-se definir até três objetivos...) 4. JUSTIFICATIVA DE REALIZAÇÃO DA PESQUISA (texto conforme as orientações para este componente – ESTE TEXTO É PESSOAL E DEVE RESPONDER A QUESTÃO: PORQUE FOI ESCOLHIDO ESTA TEMÁTICA? QUAIS SÃO OS MOTIVOS E RAZÕES DE ORDEM PRATICA E CIENTIFICA DO(A) AUTOR(A) POR ESCOLHER ESTE TEMA PARA PESQUISAR? A JUSTIFICATIVA NÃO DEVE TRAZER CITAÇÕES, POIS É UM TEXTO ELABORADO PELO(s) AUTOR(es) DA PESQUISA) Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto
  • 8. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
  • 9. 5. FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA PESQUISA (texto conforme as orientações para este componente – APRESENTAR AS IDEIAS PRINCIPAIS DO PENSAMENTO DO/S ESTUDIOSO/S OU TEÓRICO/S QUE NORTEARÃO AS REFLEXÕES SOBRE O TEMA – POR ISTO AQUI SIM IRÃO APARECER MUITAS CITAÇÕES... ) Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. (AUTOR, ano, p.) texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Explica Fulano (2009, p. 52) “Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.” Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. 5.1. Primeiro Subtítulo
  • 10. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. (AUTORA, 2007, p.17) texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. (AUTOR, 1998, p.76) texto texto texto texto Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
  • 11. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. 5.2. Segundo Subtitulo Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. 6. METODOLOGIA DA INVESTIGAÇÃO (texto conforme as orientações para este componente – ALÉM DA PESQUISA BIBLIOGRÁFICA OBRIGATÓRIA E BÁSICA EM TODA
  • 12. PESQUISA, RECOMENDA-SE ESCOLHER UM UNICO MODELO TEÓRICO E SEGUI-LO EXATAMENTE CONFORME O/A AUTOR/A DESTE MODELO ORIENTA. Ex: pesquisa bibliográfica é obrigatória em todas e esta deve ser combinada com pesquisa de história oral ou pesquisa descritiva ou pesquisa participante ou pesquisa ação, ou estudo de caso, etc e respectivos instrumentos: transcrição e transcriação das entrevistas, caderno de campo, entrevista, questionário estruturado ou semi-estruturado, etc – ESTUDAR BEM O MODELO ESCOLHIDO POIS, NÃO SE PODE APLICAR O MODELO ESCOLHIDO E SUA METODOLOGIA DE QUALQUER JEITO – É PRECISO RESPEITAR OS DIREITOS AUTORAIS DO CRIADOR DO MODELO) Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. 6.1. Método da Coleta de Dados ou Tipologia da Pesquisa (texto conforme as orientações para este componente – SEGUINDO O MODELO TEÓRICO DA TIPOLOGIA DA PESQUISA ESCOLHIDA NO ITEM ANTERIOR: qualitativa, quantitativa, bibliográfica, descritiva, etnográfica, história oral, etc...) Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto.
  • 13. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. 6.2. Descrição do Universo da Pesquisa e da População envolvida (Descrever detalhamente os sujeitos da pesquisa: as pessoas, o grupo, povo ou população envolvida, o espaço onde convivem e suas características sócio-históricas – por exemplo: lembrando o título dado como exemplo falar sobre as representações de leitura entre os concluintes da turma de Pedagogia – é preciso descrever como se caracteriza a vida deste grupo de estudantes na universidade...) Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. 6.3. Procedimentos da Coleta de Dados (texto conforme modelo teórico do tipo de pesquisa escolhido) Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto
  • 14. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. 6.4. Técnicas de registro, interpretação e análise dos Dados (texto conforme modelo teórico do tipo de pesquisa escolhido) Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. 6.5. Recursos humanos, materiais e financeiros necessários para a execução da Pesquisa Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. Texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto texto. 6.6. Cronograma (texto conforme as orientações para este componente – ver modelo no livro da Gressler.)
  • 15. REFERÊNCIAS (exemplificadas) (o termo usado agora é este, não se usa mais Bibliografia, devem ser de acordo com as normas da ABNT VIGENTE OU AS ESTABELECIDAS PELA INSTITUIÇÃO, como na lista exemplificada a seguir que são títulos reais de livros que podem ser estudados justamente porque tratam de Produção Científica – consultar sempre as normas atualizadas pois, há muitos detalhes difíceis de memorizar e além disso podem mudar, ver apostila digital das normas atualizadas que está sendo disponibilizado...) BACHELARD, Gaston. La formation de l’esprit scientifique. Paris: J. Vrin, 1967. BIASOTTI, Míriam Mara Dantur de La Rocha. Pesquisa da informação e elaboração do trabalho intelectual. Porto Alegre: Mecanografia Sudesul, 1969. BOAVENTURA, Edivaldo. Ordenamento de idéias. Salvador: Estuário, 1969. BOCHENSKI, J. M. Diretrizes do pensamento filosófico. São Paulo: Herder, 1961. BRECHT, Arnold. Teoria política. Rio de Janeiro: Zahar, 1965. CANNABRAVA, Eurialo. Introdução à filosofia científica. São Paulo: Ed. Nacional, 1956. CASTRO, Cláudio de Moura. Estrutura e apresentação de publicações científicas. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1976. ______. A prática da pesquisa. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1977. DESCARTES, René. Discurso do método. Lisboa: Sá da Costa, 1956. FERNANDES, Maria Nilza de Oliveira. Técnicas de estudo: como estudar sozinho. São Paulo: EPU, 1979. FERRARI, Alfonso Trujillo. Metodologia da ciência. 2. ed. Rio de Janeiro: Kennedy, 1974. FIGUEIREDO, Laura Maia de; CUNHA, Lélia Galvão Caldas da. Curso de bibliografia geral. Rio de Janeiro: Record, 1967. GOODE, Willian J.; HATT, Paul K. Métodos em pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Ed. Nacional, 1977. GRANGER, Gilles Gaston. Lógica e filosofia das ciências. São Paulo: Melhoramentos, 1955. HEIMANN, Eduard. História das doutrinas econômicas. Rio de Janeiro: Zahar, 1965. HYMAN, Herbert. Planejamento e análise de pesquisa. Rio de Janeiro: Lidador, 1967. JAPIASSU, Hilton. As paixões da ciência. 2. ed. São Paulo: Letras & Letras, 1991. ______. O mito da neutralidade científica. 2. ed. Rio de Janeiro: Imago, 1981. JOLIVET, Régis. Curso de filosofia. Rio de Janeiro: Agir, 1957. KAPLAN, Abraham. A conduta na pesquisa. São Paulo: Herder, 1969. KNELLER, George E. Introdução à filosofia da educação. Rio de Janeiro: Zahar, 1966.
  • 16. KÖCHE, José Carlos. Fundamentos de metodologia científica. Caxias do Sul: UCS, 1978. LAHR, C. Manual de filosofia. 7. ed. Porto: Apostolado da Imprensa, 1958. LEITE, José Alfredo A. Metodologia de elaboração de teses. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1978. LUFT, Celso Pedro. Trabalho científico: sua estrutura e apresentação. Porto Alegre: Lima, 1967. MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1982. MARINHO, Pedro. A pesquisa em ciências humanas. Petrópolis: Vozes, 1980. MIRA Y LOPES, Emílio. Como estudar e como aprender. 2. ed. Rio de Janeiro: Mestre Jou, 1968. MOLES, Abraham A. A criação científica. São Paulo: Perspectiva, 1971. MORGAN, Clifford T.; DEESE, James. Como estudar. 4. ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1970. NAGEL, E. Filosofia da ciência. São Paulo: Cultrix, 1969. PINTO, Álvaro Vieira. Ciência e existência. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969. POPPER, Karl. La lógica de la investigación científica. Madrid: Tecnos, 1971. REHFELDT, Gládis Knak. Monografia e tese. Porto Alegre: Sulina, 1980. RUDIO, Franz Victor. Introdução ao projeto de pesquisa científica. Petrópolis: Vozes, 1978. RUIZ, João Álvaro. Metodologia científica. São Paulo: Atlas, 1980. SALMON, Wesley C. Lógica. Rio de Janeiro: Zahar, 1969. SALVADOR, Ângelo Domingos. Métodos e técnicas de pesquisa bibliográfica. 2. ed. Porto Alegre: Sulina, 1970. SELLTIZ, C.; JAHODA, M.; DEUTSCH, M.; COOK, S. Métodos de pesquisa nas relações sociais. São Paulo: Herder, 1976. (ver ANEXO E APENDICE NA pagina seguinte)
  • 17. ANEXO A OU APENDICE A EX: TÍTULO DO ANEXO A Texto do Anexo ou Apêndice – CONSTULTAR NAS NORMAS SOBRE A DIFERENÇA ENTRE OS DOIS: o que é um Anexo? O que é um apêndice? – havendo anexos ou apêndices, colocar um em cada folha.