SlideShare uma empresa Scribd logo

Mão

Descrição da constituição das mãos de acordo com os 05 elementos. Requena utiliza estes dados como forma de definir a constiutição e selecionar pontos específicos para o tratamento

1 de 29
Baixar para ler offline
Mão
Mão
   Sinais: estrias e nós
   Cor e textura: normal
   Unhas: oblonga; convexidade normal
    ◦ In: frágil, friável, leuconíquia, roída
    ◦ Iang: dura, sólida, lua grande.
Mão
   Sinais: : dedos longos
    e flexíveis,
    concavidade na palma;
    garra do dedo mínimo
   Cor e textura: :
    vermelha
Anúncio

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Cursodeacupunturaauricularcomnfaseempediatria 101026113810-phpapp02
Cursodeacupunturaauricularcomnfaseempediatria 101026113810-phpapp02Cursodeacupunturaauricularcomnfaseempediatria 101026113810-phpapp02
Cursodeacupunturaauricularcomnfaseempediatria 101026113810-phpapp02Roseli Italo fonseca lazarini
 
Artrose max
Artrose maxArtrose max
Artrose maxlcinfo
 
EFT em 5 passos
EFT em 5 passosEFT em 5 passos
EFT em 5 passosEFT SP
 
Aula Científica Sobre Posicionamento para Série de Rizartrose
Aula Científica Sobre Posicionamento para Série de RizartroseAula Científica Sobre Posicionamento para Série de Rizartrose
Aula Científica Sobre Posicionamento para Série de RizartroseRobson Rocha
 
Fascículo anatomia da mão
Fascículo anatomia da mãoFascículo anatomia da mão
Fascículo anatomia da mãoGeane Sarges
 
Meridianos Tendinos Musculares
Meridianos Tendinos MuscularesMeridianos Tendinos Musculares
Meridianos Tendinos MuscularesFlavia Parente
 
5 elementos - Shu Antigos
5 elementos - Shu Antigos5 elementos - Shu Antigos
5 elementos - Shu AntigosFlavia Parente
 
Ação energética dos pontos de acupuntura
Ação energética dos pontos de acupunturaAção energética dos pontos de acupuntura
Ação energética dos pontos de acupunturaFlavia Parente
 
Vasos maravilhosos
Vasos maravilhososVasos maravilhosos
Vasos maravilhososRenata Pudo
 
22 intervencao ortopedica jose manuel teixeira
22 intervencao ortopedica   jose manuel teixeira22 intervencao ortopedica   jose manuel teixeira
22 intervencao ortopedica jose manuel teixeiraJoao Silveira
 
Diagnóstico da dor segundo a medicina tradicional chinesa
Diagnóstico da dor segundo a medicina tradicional chinesaDiagnóstico da dor segundo a medicina tradicional chinesa
Diagnóstico da dor segundo a medicina tradicional chinesaRoseli Italo fonseca lazarini
 

Destaque (13)

Cursodeacupunturaauricularcomnfaseempediatria 101026113810-phpapp02
Cursodeacupunturaauricularcomnfaseempediatria 101026113810-phpapp02Cursodeacupunturaauricularcomnfaseempediatria 101026113810-phpapp02
Cursodeacupunturaauricularcomnfaseempediatria 101026113810-phpapp02
 
Koryo
KoryoKoryo
Koryo
 
Artrose max
Artrose maxArtrose max
Artrose max
 
EFT em 5 passos
EFT em 5 passosEFT em 5 passos
EFT em 5 passos
 
Aula Científica Sobre Posicionamento para Série de Rizartrose
Aula Científica Sobre Posicionamento para Série de RizartroseAula Científica Sobre Posicionamento para Série de Rizartrose
Aula Científica Sobre Posicionamento para Série de Rizartrose
 
Vaso governador
Vaso governadorVaso governador
Vaso governador
 
Fascículo anatomia da mão
Fascículo anatomia da mãoFascículo anatomia da mão
Fascículo anatomia da mão
 
Meridianos Tendinos Musculares
Meridianos Tendinos MuscularesMeridianos Tendinos Musculares
Meridianos Tendinos Musculares
 
5 elementos - Shu Antigos
5 elementos - Shu Antigos5 elementos - Shu Antigos
5 elementos - Shu Antigos
 
Ação energética dos pontos de acupuntura
Ação energética dos pontos de acupunturaAção energética dos pontos de acupuntura
Ação energética dos pontos de acupuntura
 
Vasos maravilhosos
Vasos maravilhososVasos maravilhosos
Vasos maravilhosos
 
22 intervencao ortopedica jose manuel teixeira
22 intervencao ortopedica   jose manuel teixeira22 intervencao ortopedica   jose manuel teixeira
22 intervencao ortopedica jose manuel teixeira
 
Diagnóstico da dor segundo a medicina tradicional chinesa
Diagnóstico da dor segundo a medicina tradicional chinesaDiagnóstico da dor segundo a medicina tradicional chinesa
Diagnóstico da dor segundo a medicina tradicional chinesa
 

Mais de Renata Pudo

A relação da dor com a Medicina Chinesa e a Psicossomática
A relação da dor com a Medicina Chinesa e a PsicossomáticaA relação da dor com a Medicina Chinesa e a Psicossomática
A relação da dor com a Medicina Chinesa e a PsicossomáticaRenata Pudo
 
Estética na mândala da prosperidade ararêtama
Estética na mândala da prosperidade ararêtamaEstética na mândala da prosperidade ararêtama
Estética na mândala da prosperidade ararêtamaRenata Pudo
 
Florais araretama e_acupuntura_estetica
Florais araretama e_acupuntura_esteticaFlorais araretama e_acupuntura_estetica
Florais araretama e_acupuntura_esteticaRenata Pudo
 
Introdução as terapias florais
Introdução as terapias floraisIntrodução as terapias florais
Introdução as terapias floraisRenata Pudo
 
Pontos Fonte E Lo
Pontos  Fonte E  LoPontos  Fonte E  Lo
Pontos Fonte E LoRenata Pudo
 
05 elementos 2 e 3
05 elementos 2 e 305 elementos 2 e 3
05 elementos 2 e 3Renata Pudo
 
M Distintos Adapt
M Distintos AdaptM Distintos Adapt
M Distintos AdaptRenata Pudo
 
Rinite E Sinusite
Rinite E SinusiteRinite E Sinusite
Rinite E SinusiteRenata Pudo
 
CefaléIa HipertensãO
CefaléIa HipertensãOCefaléIa HipertensãO
CefaléIa HipertensãORenata Pudo
 
IntroduçãO à EstéTica Com Acupuntura E Oligoelementos
IntroduçãO  à EstéTica Com Acupuntura E OligoelementosIntroduçãO  à EstéTica Com Acupuntura E Oligoelementos
IntroduçãO à EstéTica Com Acupuntura E OligoelementosRenata Pudo
 

Mais de Renata Pudo (12)

A relação da dor com a Medicina Chinesa e a Psicossomática
A relação da dor com a Medicina Chinesa e a PsicossomáticaA relação da dor com a Medicina Chinesa e a Psicossomática
A relação da dor com a Medicina Chinesa e a Psicossomática
 
Estética na mândala da prosperidade ararêtama
Estética na mândala da prosperidade ararêtamaEstética na mândala da prosperidade ararêtama
Estética na mândala da prosperidade ararêtama
 
Florais araretama e_acupuntura_estetica
Florais araretama e_acupuntura_esteticaFlorais araretama e_acupuntura_estetica
Florais araretama e_acupuntura_estetica
 
Introdução as terapias florais
Introdução as terapias floraisIntrodução as terapias florais
Introdução as terapias florais
 
Congresso afa
Congresso afaCongresso afa
Congresso afa
 
Pontos Fonte E Lo
Pontos  Fonte E  LoPontos  Fonte E  Lo
Pontos Fonte E Lo
 
05 elementos 2 e 3
05 elementos 2 e 305 elementos 2 e 3
05 elementos 2 e 3
 
Mtm
MtmMtm
Mtm
 
M Distintos Adapt
M Distintos AdaptM Distintos Adapt
M Distintos Adapt
 
Rinite E Sinusite
Rinite E SinusiteRinite E Sinusite
Rinite E Sinusite
 
CefaléIa HipertensãO
CefaléIa HipertensãOCefaléIa HipertensãO
CefaléIa HipertensãO
 
IntroduçãO à EstéTica Com Acupuntura E Oligoelementos
IntroduçãO  à EstéTica Com Acupuntura E OligoelementosIntroduçãO  à EstéTica Com Acupuntura E Oligoelementos
IntroduçãO à EstéTica Com Acupuntura E Oligoelementos
 

Mão

  • 3. Sinais: estrias e nós  Cor e textura: normal
  • 4. Unhas: oblonga; convexidade normal ◦ In: frágil, friável, leuconíquia, roída ◦ Iang: dura, sólida, lua grande.
  • 6. Sinais: : dedos longos e flexíveis, concavidade na palma; garra do dedo mínimo  Cor e textura: : vermelha
  • 7. Unhas: oval, convexa
  • 8. Característica importante: ◦ mão muito flexível, forma uma garra
  • 9. Terra: dedos curtos e gordos, parecem salsichas;  1 só prega inter- falangeana; mão em forma de pera
  • 10. Terra: triangular, pele espessa demarcando bem a unha, pele descamativa;  Cor e textura: normal ou amarelada
  • 13. Metal: dedos em zigue-zague, falange distal entorta lateralmente; 3 ou mais pregas inter- falangeanas  normal ou amarelada
  • 14. Unhas: retangular, convexidade normal, 03 pregas entre as falanges, cor rosa (frequentes estrias longitudinais, a unha pode ser curta em forma de concha e a falange em baqueta de tambor);
  • 15. Sinais: pele edemaciada e fofa (o excesso de pele dá impressão de haver concavidade entre falange proximal e média, a pele ao ser levantada permanece como uma prega); falange distal principalmente do dedo mínimo está escurecida, com pele achatada e enrugada, parece até cortina nos dois lados da base da unha  Cor e textura: escura, marrom
  • 16. 01 trapezoidal, 02 esbranquiçada, mole e frágil, a extremidade da unha parece lua crescente 03 tende a curvar parecendo proteger a falange, 04 a pele da falange também está achatada de modo que não há limite nítido entre a pele e a unha