M Distintos Adapt

5.452 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina, Espiritual
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.452
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
785
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
382
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

M Distintos Adapt

  1. 1. MERIDIANOS DISTINTOS Denise Harari Adaptação Renata Ribeiro
  2. 2. Meridianos Distintos <ul><li>12 canais; “6 confluências” (MDs acoplados) </li></ul><ul><li>Origem nas grandes articulações ; </li></ul><ul><li>Ramos dos Canais Principais; </li></ul><ul><li>Mesmos nomes dos MPs </li></ul>
  3. 3. Funções <ul><li>Transportar Yong e Wei Qi e Xue para a cavidade toracoabdominal, para a cabeça e para as regiões onde o Yin não é conduzido pelos MPs Yin; </li></ul><ul><li>Promovem ligações internas entre os acoplados (Os MPs fazem a ligação externa entre os acoplados); </li></ul><ul><li>Unem os Zang Fu ao Xin </li></ul>
  4. 4. Trajetos <ul><li>Partindo das extremidades superiores e inferiores do corpo, eles penetram nas partes internas do corpo, cavidade abdominal e torácica , onde se conectam com seus Zang Fu correspondentes levando Yong e Wei Qi e Xue para eles e para as estruturas por onde passam; </li></ul>
  5. 5. Trajetos MDs Yang <ul><li>Início nas grandes articulações – provêm, dos MPs Yang correspondentes – penetram na cavidade tóraco-abdominal , conectando-se com os Zang Fu correspondentes, convergem para o Xin , emergem na região de pescoço e face , onde se unem novamente ao MP Yang de origem – no ponto de confluência “ Grande Janela do Céu” </li></ul>
  6. 6. Trajetos MDs Yin <ul><li>Iniciam nas grandes articulações . Provêm do MPs Yin : </li></ul><ul><li>Penetram o tórax e/ou abdome , seguem paralelos ao trajeto do MD Yang , mantendo as mesmas conexões destes, com o Zang Fu relacionados e com o Xin ; </li></ul><ul><li>Emergem na face ou pescoço e conectam-se com os MPs Yang correspondentes. </li></ul>
  7. 7. Funções do trajeto Yin <ul><li>Através desta ligação que a Energia Yin circula em regiões em que não há trajeto próprio de MP Yin ( só F e C tem trajetos internos até a cabeça); </li></ul><ul><li>Os MD também transferem Energia Yin de um hemicorpo ao outro – ligação D e E ( Os Yang fazem a conexão D e E através do VG14 e VG20) </li></ul><ul><li>Isto fortalece a relação de YIN YANG e proporciona integração interno - externo e as funções Zang –Fu (ligações entre si) </li></ul>
  8. 8. Fator causal mais freqüente de afecção nos MD <ul><li>Presença constante de distúrbios emocionais recentes e/ou antigos , precedendo os sintomas clínicos </li></ul><ul><li>Explicação: o Shen é armazenado no Coração e portanto distúrbios como sobrecarga emocional, emoções reprimidas turvam o Shen e causam estagnação de Qi , que não flui para os Zang Fu através dos MD – provocam manifestações clínicas nos Zang Fu, dor nos pontos de confluência . A partir desses pontos a estagnação pode evoluir para os MP, provocando algias e posteriormente afecções funcionais e orgânicas . </li></ul>
  9. 9. Na Anamnese é importante <ul><li>História de problemas emocionais relacionados ao início dos sintomas ; </li></ul><ul><li>Manifestações energéticas, funcionais ou orgânicas do Xin (pontos shu e Mo dolorosos, epigastralgia, dorsalgia, palpitações, opressão torácica, precordialgias, arrtimis, anginas. Etc); </li></ul><ul><li>Manifestações clínicas dos Zang Fu ; </li></ul><ul><li>Pontos de confluência dos MDs dolorosos e dor nos trajetos dos MP envolvidos. </li></ul>
  10. 10. Dores que afetam os MDs <ul><li>Dores superficiais e unilaterais, de distribuição anárquica, evolução INTERMITENTE, </li></ul><ul><li>Com precordialgia e alguns outros sinais viscerais  </li></ul><ul><li>Tratamento por Meridianos Distintos </li></ul>
  11. 11. Como atuam <ul><li>Os MD atuam em duplas com pontos de junção específicos , um inferior e outro superior; </li></ul>
  12. 12. TA16 VG20 CS1 TA CS IG18 IG1 / IG15 P1 IG P B1 ou ID16 ID10 C1 ID C VB1 ou ID17 VB30 F5 VB F E9 ou E1 E30 BP12 E BP B10 B40 R10 B R Pontos de confluência “Grandes Janelas-do-Céu” Origem Confluências ou Reunião
  13. 13. Pontos Janelas do Céu <ul><li>10 pontos – </li></ul><ul><li>8 no pescoço, um no tórax e um no braço (P3, CS1) </li></ul><ul><li>São pontos do pescoço: B10, IG18, ID17, TA16, E9, ID16, VC22, VG16 (pescoço é uma área suscetível a bloqueios de fluxo Energético) </li></ul>
  14. 14. Tratamento de dores <ul><li>O tratamento das afecções do MD consiste em: </li></ul><ul><li>1) Dispersar pontos locais para esvaziar energia perversa do MD; </li></ul><ul><li>2) Tonificar o MP correspondente ipsilateral, pois está fraco; </li></ul><ul><li>3) Estimular ponto Ting contralateral para bloquear a passagem de Xie Qi para o lado são; </li></ul><ul><li>4) Estimular ponto Iu ipsilateral a fim de embarcar a energia perversa para fora; </li></ul><ul><li>5) Estimular os pontos de junção da dupla de MD e por fim, o VG20 . </li></ul>
  15. 15. 1) Fisiologia  da Energia Wei nos MDs <ul><li>Um dos ciclos secundários da energia Wei está formado pelos Meridianos Distintos . Este ciclo é idêntico aos Tendinomusculares até chegar no ponto de nascimento do Meridiano Distinto. </li></ul><ul><li>O trajeto da energia Wei nos Meridianos Distintos não se efetua da mesma forma que o trajeto da Energia Nutritiva nos Meridianos Principais. Esta última começa nos pulmões e termina no fígado. </li></ul><ul><li>A energia nutritiva passa, alternadamente, de dois meridianos Yang para dois meridianos Yin, e assim sucessivamente. </li></ul>
  16. 16. 1) Fisiologia  da Energia Wei nos MDs <ul><li>Nos Meridianos Distintos a energia Wei circula começando pelo meridiano principal da Bexiga e passa primeiro aos meridianos do membro inferior e em seguida, aos meridianos do membro superior . </li></ul><ul><li>A energia Wei circulando nos Meridianos Distintos, quando passa no Yang, segue o mesmo trajeto de circulação nos Meridianos Tendinomusculares, ou seja, passa sucessivamente por Tai Yang, Shao Yang e Yang Ming . A energia Wei, nos Meridianos Distintos, segue efetivamente o ritmo de evolução cíclico diário da energia: começa no B1 , que comanda a abertura das pálpebras no momento do despertar . </li></ul>
  17. 17. 2)  Fisiologia da Energia Nutritiva nos MDs <ul><li>Os MDs imprimem à Energia Nutritiva um circuito particular: </li></ul><ul><li>Do Meridiano Principal a Energia Nutritiva passa pelo ponto de partida de Meridiano Distinto a Meridiano Distinto, atravessando, sucessivamente, as vísceras , passando pelo pericárdio e desembocando na cabeça , igualmente num ponto Janela do Céu e no VG20 </li></ul>
  18. 34. <ul><li>Yamamura </li></ul><ul><li>Yamamura </li></ul><ul><li>Verificar trajetos mudaram do livro mais antigo para o mais novo </li></ul><ul><li>Ver parte final do capitulo de MD do Yamamura branco – emoções relacionadas com cada confluência </li></ul>
  19. 35. Trajeto/ função <ul><li>São meridianos secundários que conduzem Energia defensiva ( Wei ), localizados num plano intermediário entre os MTM e os MP, penetram pelas grandes articulações, apresentam pontos de junção (divergência), circulam na profundidade , nos órgãos e vísceras correspondentes, atravessam o Coração e terminam todos no VG20 . </li></ul>
  20. 36. Comentários de Yamamura – <ul><li>Acredita que assim como os Vasos Maravilhosos circulam Jing e formam um sistema do Rim; </li></ul><ul><li>Os Distintos circulam Shen e formam um sistema do Coração. </li></ul>

×