Koryo

762 visualizações

Publicada em

acupuntura coreana

Publicada em: Educação
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
762
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
71
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Koryo

  1. 1. KKoorryyo Vantagens:o Vantagens:KKoorryyo .Vantagens:o .Vantagens:  Fácil aplicação manual ou c/ aplicador( simplesFácil aplicação manual ou c/ aplicador( simples Fácil aplicação, manual ou c/ aplicador( simplesFácil aplicação, manual ou c/ aplicador( simples ou automático).ou automático).  Não apresenta riscos Físicos.Não apresenta riscos Físicos.  Acupuntura somente nas mãos.Acupuntura somente nas mãos.  O Diagnóstico e Tratamento é muito mais simplesO Diagnóstico e Tratamento é muito mais simples que na Sistêmica ainda que seja essencial umaque na Sistêmica ainda que seja essencial umaque na Sistêmica, ainda que seja essencial umaque na Sistêmica, ainda que seja essencial uma base nos Fundamentos dosbase nos Fundamentos dos Princípios da MTCPrincípios da MTC ee em suaem sua FilosofiaFilosofia..  P i d t lh d t d t t d MiP i d t lh d t d t t d Mi Possui detalhado toda a estrutura dos MicroPossui detalhado toda a estrutura dos Micro-- meridianos.meridianos.  Usar conjuntamente com craniopuntura,Usar conjuntamente com craniopuntura,j p ,j p , auriculopuntura, sistêmica , fitoterapia , moxa ,auriculopuntura, sistêmica , fitoterapia , moxa , ventosa , massagens etc.ventosa , massagens etc.  A pulsologia usada é mais simples e fácil de seA pulsologia usada é mais simples e fácil de se A pulsologia usada é mais simples e fácil de seA pulsologia usada é mais simples e fácil de se fazer.fazer.
  2. 2. KKoorryyoo Desvantagens:Desvantagens:KKoorryyoo .. Desvantagens:Desvantagens:  Apesar das agulhas serem pequenas, sãoApesar das agulhas serem pequenas, são doloridasdoloridasdoloridas.doloridas.  Aplicação de um maior número de agulhas.Aplicação de um maior número de agulhas.  A localização dos pontos deve ser feita deA localização dos pontos deve ser feita de forma acurada em função da proximidadeforma acurada em função da proximidade geográfica dos pontos.geográfica dos pontos.  A frequência do tratamento normalmente éA frequência do tratamento normalmente éqq maior. Podendo ser até diária.maior. Podendo ser até diária.
  3. 3. KKoorryyoo CONTRACONTRA INDICAÇÕESINDICAÇÕESKKoorryyoo .. CONTRACONTRA––INDICAÇÕES.INDICAÇÕES.  Pacientes muito debilitadosPacientes muito debilitados –– Moxa (ideal).Moxa (ideal).  Pacientes após grande perda de líquidos:Pacientes após grande perda de líquidos:--  diarréias, vômitos, desidratação etc.diarréias, vômitos, desidratação etc.  Pacientes embriagados, exaustos, P.A. altaPacientes embriagados, exaustos, P.A. alta ou baixa.ou baixa.  Quando há infecções ou necessidade deQuando há infecções ou necessidade de intervenção cirúrgica, câncer ( ? ) etc.intervenção cirúrgica, câncer ( ? ) etc.
  4. 4. KKoorryyoo SoojiSooji ChimChim –– TÉCNICAS DE TRATAMENTO.TÉCNICAS DE TRATAMENTO.  O primeiro nível :O primeiro nível :  11-- Terapia pela Correspondência.Terapia pela Correspondência. 22 Terapia BásicaTerapia Básica22-- Terapia Básica.Terapia Básica. 33-- Terapia dos Órgãos.Terapia dos Órgãos. 44-- Terapia através do Cinco Elementos.Terapia através do Cinco Elementos.  Diagnóstico associado à TEORIA 3.1 CONSTITUIÇÕES:Diagnóstico associado à TEORIA 3.1 CONSTITUIÇÕES:  SÍNDROME DE EXCESSO YANGSÍNDROME DE EXCESSO YANG SÍNDROME DE EXCESSO YANGSÍNDROME DE EXCESSO YANG  ( YANG PLENITUDE ).( YANG PLENITUDE ).  SÍNDROME DE EXCESSO DO RIMSÍNDROME DE EXCESSO DO RIM  ( RIM / RENAL PLENITUDE ).( RIM / RENAL PLENITUDE ).( )( )  SÍNDROME DE EXCESSO DE YINSÍNDROME DE EXCESSO DE YIN  ( YIN PLENITUDE ).( YIN PLENITUDE ).  O segundo nível :O segundo nível :  11 –– Diagnóstico pelo Pulso.Diagnóstico pelo Pulso.  22 –– Tratamento dos 8 Vasos Maravilhosos.Tratamento dos 8 Vasos Maravilhosos.  33 –– Tratamento pela Terapia Biorrítmica.Tratamento pela Terapia Biorrítmica.p pp p
  5. 5. KKoorryyoo–– 339191 ptos daptos da palmapalma ee dorsodorso dasdasyy pp pp mãos dosmãos dos 1414 micromeridianos.micromeridianos.
  6. 6. KKoorryyoo PROCEDIMENTOS PARA RESTABELECIMENTOPROCEDIMENTOS PARA RESTABELECIMENTOPROCEDIMENTOS PARA RESTABELECIMENTO.PROCEDIMENTOS PARA RESTABELECIMENTO.  11 RetirarRetirar TODAS as AgulhasTODAS as Agulhas ou qq instrumentoou qq instrumento 11 –– RetirarRetirar TODAS as AgulhasTODAS as Agulhas ou qq instrumentoou qq instrumento  de Tratamento.de Tratamento.  22 –– Deitar o paciente e deixáDeitar o paciente e deixá--lo recuperar.lo recuperar.  33 -- Aplicar KAplicar K--A8 A12 A16A8 A12 A16 33 -- Aplicar KAplicar K--A8 , A12 , A16.A8 , A12 , A16.  ************************************ 5 MINUTOS PARA RECUPERAÇÃO**********************5 MINUTOS PARA RECUPERAÇÃO**********************  11 –– Sangria nos pontos KSangria nos pontos K--J1( bi )J1( bi )  2 mãos2 mãos –– polegar e minimo.polegar e minimo. 2 mãos2 mãos polegar e minimo.polegar e minimo.  22 –– Inserir Sooji Chim em KInserir Sooji Chim em K-- B24, I 2, A33, E2B24, I 2, A33, E2  ****************************************** SE NÃO HOUVER MELHORASE NÃO HOUVER MELHORA ******************************************************  11 –– SANGRIASANGRIA ––PONTAS DOS DEZ DEDOS.PONTAS DOS DEZ DEDOS.  22 –– TONIFICAÇÃOTONIFICAÇÃO CORAÇÃOCORAÇÃO MÃO DIREITAMÃO DIREITA  N1 E G15 (TONIF)N1 E G15 (TONIF)  J 7 E G 7 (SEDA)J 7 E G 7 (SEDA)( )( ) TONIFICAÇÃOTONIFICAÇÃO RIMRIM MÃO ESQUERDAMÃO ESQUERDA C 7 E J 5 (TONIF)C 7 E J 5 (TONIF) F 5 E J 3 (SEDA).F 5 E J 3 (SEDA).
  7. 7. KKoorryyoo Tratamento :Tratamento :KKoorryyoo .. Tratamento :Tratamento :  O PONTO sensível á pressãoO PONTO sensível á pressão ( Ashi )( Ashi ) é o principalé o principal meio parameio para selecionar os pontos para Terapia pela Correspondência.selecionar os pontos para Terapia pela Correspondência.  Tratar sempre que possível o lado correspondente ao SintomaTratar sempre que possível o lado correspondente ao Sintoma Tratar sempre que possível o lado correspondente ao Sintoma.Tratar sempre que possível o lado correspondente ao Sintoma.  Estimulação dos pontos com agulhas especiais Sooji ChimEstimulação dos pontos com agulhas especiais Sooji Chim com aplicador manual ou automática.com aplicador manual ou automática.  Moxas magnetos cristais pedras medicinais sementesMoxas magnetos cristais pedras medicinais sementes Moxas, magnetos, cristais, pedras medicinais, sementes,Moxas, magnetos, cristais, pedras medicinais, sementes, pressões, massagens, estímulos elétricos etc.pressões, massagens, estímulos elétricos etc.  Tempo que ficam inseridas as agulhas: 20/30 min.Tempo que ficam inseridas as agulhas: 20/30 min.  Sangramentos limpar com algodão e álcoolSangramentos limpar com algodão e álcool Sangramentos, limpar com algodão e álcool.Sangramentos, limpar com algodão e álcool.  Não lavar as mãos por 2 horas.Não lavar as mãos por 2 horas.  Massagear e movimentar os dedos após Koryo.Massagear e movimentar os dedos após Koryo.  As aplicações podem ser diárias dependendo de cada casoAs aplicações podem ser diárias dependendo de cada caso As aplicações podem ser diárias, dependendo de cada caso.As aplicações podem ser diárias, dependendo de cada caso.
  8. 8. KKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIAKKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIA.CIA.
  9. 9. KKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIAKKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIA..
  10. 10. KKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIAKKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIA..
  11. 11. KKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIA..yy
  12. 12. KKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIA..yy
  13. 13. KKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIA..yy
  14. 14. KKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIA..yy
  15. 15. KKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIAKKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIA..
  16. 16. KKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIAKKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIA..
  17. 17. KKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIAKKoorryyoo CORCORRESPRESPONDÊONDÊNNCIACIA..
  18. 18. KKoorryyoo .. TERAPIA BÁSICA.TERAPIA BÁSICA.  RefereRefere--se a um conjunto de pontos que regulase a um conjunto de pontos que regula ( harmoniza ) os orgãos internos que são utilizados( harmoniza ) os orgãos internos que são utilizados antes de qualquer aplicação a fim de evitar efeitosantes de qualquer aplicação a fim de evitar efeitosantes de qualquer aplicação a fim de evitar efeitosantes de qualquer aplicação a fim de evitar efeitos colaterais.colaterais.  AQUECEDOR SUPERIOR:AQUECEDOR SUPERIOR:  LocalizaçãoLocalização: Tronco acima do Diafrágma.: Tronco acima do Diafrágma.  FunçãoFunção: Regular o processo de circulação do: Regular o processo de circulação do sangue e da energia no corpo Coração e Pulmãosangue e da energia no corpo Coração e Pulmãosangue e da energia no corpo. Coração e Pulmão.sangue e da energia no corpo. Coração e Pulmão.  Sintomas:Sintomas: Dor no peitoDor no peito,, respiração curta erespiração curta e rápidarápida,, asma,asma, expectoraçãoexpectoração, dispnéia e, dispnéia e dificuldade dedificuldade de liliengolirengolir..  TratamentoTratamento: K: K--A16 , A18 , A20.A16 , A18 , A20.
  19. 19. KKoorryyoo .. TERAPIA BÁSICA.TERAPIA BÁSICA.  AQUECEDOR MÉDIO:AQUECEDOR MÉDIO:  Localização:Localização: Abdômen , entre diafragma eAbdômen , entre diafragma e umbigo.umbigo.  FunçãoFunção:: Responsável pela DigestãoResponsável pela Digestão (base da(base da FunçãoFunção:: Responsável pela DigestãoResponsável pela Digestão (base da(base da Saúde ).Saúde ).  EstômagoEstômago,, BaçoBaço--PâncreasPâncreas,, FígadoFígado ee VesículaVesícula EstômagoEstômago,, BaçoBaço PâncreasPâncreas,, FígadoFígado ee VesículaVesícula BiliarBiliar..  SintomasSintomas: Perda de apetite,: Perda de apetite, indigestãoindigestão, náuseas,, náuseas, ôô áávômitosvômitos e problemas gástroe problemas gástro--intestinais.intestinais.  TratamentoTratamento: K: K-- A8 , A12 , A16.A8 , A12 , A16.
  20. 20. KKoorryyoo TERAPIA BÁSICA.TERAPIA BÁSICA.  AQUECEDOR INFERIOR :AQUECEDOR INFERIOR :  LocalizaçãoLocalização: Baixo ventre, tronco abaixo do umbigo.: Baixo ventre, tronco abaixo do umbigo.  FunçãoFunção: Processo de excreção e reprodução.: Processo de excreção e reprodução.  Rim e Bexiga.Rim e Bexiga.gg  SintomasSintomas: Falta de energia,: Falta de energia, fadiga frequentefadiga frequente,,  Fraqueza,Fraqueza, doenças constantesdoenças constantes, perda de apetite sexual,, perda de apetite sexual, impotênciaimpotência,, ejaculação precoceejaculação precoce, desordens genitais,, desordens genitais,pp ,, j ç pj ç p , g ,, g , sangramento do úterosangramento do útero, frigidez, frigidez, frequencia, frequencia urinária,urinária,desúriadesúria ee todas enfermidades abdominaistodas enfermidades abdominais inferioresinferiores e dor lombar,e dor lombar,  TratamentoTratamento: Moxa K: Moxa K--A1 , A3, A12 Homem.A1 , A3, A12 Homem.  Moxa KMoxa K--A1 , A4 , A5, A8, A12 Mulher.A1 , A4 , A5, A8, A12 Mulher.
  21. 21. KKoorryyoo Terapia do orgãoTerapia do orgãoyy gg através dos Meridianosatravés dos Meridianos (kimek)(kimek)
  22. 22. KKoorryyoo::Terapia do OrgãoTerapia do OrgãoKKoorryyoo::Terapia do OrgãoTerapia do Orgão
  23. 23. KKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do OrgãoKKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do Orgão
  24. 24. KKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do OrgãoKKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do Orgão
  25. 25. KKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do OrgãoKKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do Orgão
  26. 26. KKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do OrgãoKKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do Orgão
  27. 27. KKoorryoyo:: Terapia do OrgãoTerapia do OrgãoKKoorryoyo:: Terapia do OrgãoTerapia do Orgão
  28. 28. KKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do OrgãoKKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do Orgão
  29. 29. KKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do OrgãoKKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do Orgão
  30. 30. KKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do OrgãoKKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do Orgão
  31. 31. KKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do OrgãoKKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do Orgão
  32. 32. KKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do OrgãoKKoorryyoo:: Terapia do OrgãoTerapia do Orgão
  33. 33. 33 11 CONSTITUIÇÃOCONSTITUIÇÃO33.1.1 CONSTITUIÇÃOCONSTITUIÇÃO YANGYANG PLENITUDEPLENITUDE YINYIN PLENITUDEPLENITUDEYINYIN PLENITUDEPLENITUDE RIMRIM PLENITUDE OU PLENITUDEPLENITUDE OU PLENITUDE RENALRENALRENALRENAL
  34. 34. 33 11 CONSTITUIÇÃOCONSTITUIÇÃO33.1.1 CONSTITUIÇÃOCONSTITUIÇÃO Yang Plenitude: Nesta categoria os órgão que apresentam tendência aoapresentam tendência ao estado de plenitude e ao estado de vazio são os seguintes:segu tes Plenitude: Fígado, coração, pericárdio, estomago, intestino grosso, bexiga. Vazio: Vesícula biliar, intestino delgado, triplo aquecedor, pulmão, rim.
  35. 35. 33 11 CONSTITUIÇÃOCONSTITUIÇÃO33.1.1 CONSTITUIÇÃOCONSTITUIÇÃO Yi Pl it dYin Plenitude Plenitude: vesículaPlenitude: vesícula biliar, coração, pericárdio, baçop pâncreas, pulmão, bexiga. Vazio: fígadoVazio: fígado, intestino delgado, triplo aquecedor,p q estomago, intestino grosso, rim.
  36. 36. 33 11 CONSTITUIÇÃOCONSTITUIÇÃO33.1.1 CONSTITUIÇÃOCONSTITUIÇÃO Ri Pl it dRim Plenitude Plenitude: fígadoPlenitude: fígado, intestino delgado, triplo aquecedor,p q estomago, pulmão, rim. Vazio: vesícula biliarVazio: vesícula biliar, coração, pericárdio, baçop ç pâncreas, intestino grosso, bexiga.
  37. 37. OO –– CHICHI –– BANGBANG CICLOCICLO DODO 55 ELEMENTOSELEMENTOSOO –– CHICHI –– BANGBANG.. CICLOCICLO DODO 55 ELEMENTOSELEMENTOS –– GERAÇÃOGERAÇÃO EE DOMINÂNCIA.DOMINÂNCIA.
  38. 38. KKoorryyoo:: Pontos MoPontos Mo VentraisVentraisKKoorryyoo:: Pontos MoPontos Mo-- VentraisVentrais
  39. 39. KKoorryyoo:: Pontos YhuPontos Yhu DorsaisDorsaisKKoorryyoo:: Pontos YhuPontos Yhu-- Dorsais.Dorsais.
  40. 40. KORYOKORYO SOOJISOOJI CHIMCHIMKORYOKORYO SOOJISOOJI CHIM.CHIM.  MUITO OBRIGADO .MUITO OBRIGADO . ÕÕ MAIS INFORMAÇÕES E ESCLARECIMENTOS:MAIS INFORMAÇÕES E ESCLARECIMENTOS:  MARIO.REGINA.IDE@HOTMAIL.COMMARIO.REGINA.IDE@HOTMAIL.COM  TEL: (13) 3821TEL: (13) 3821--2121 (COM),2121 (COM), (13) 3821(13) 3821--2387 (RES).2387 (RES).  WALTER@KORYOSOOJICHIM NET BRWALTER@KORYOSOOJICHIM NET BR WALTER@KORYOSOOJICHIM.NET.BRWALTER@KORYOSOOJICHIM.NET.BR  TEL: (11) 3442TEL: (11) 3442--2406 (COM), (11) 77602406 (COM), (11) 7760--6814 (CEL).6814 (CEL).  SÃO PAULO, 10 DE MAIO DE 2010.SÃO PAULO, 10 DE MAIO DE 2010.  MARIO IDE / WALTER PIZARROMARIO IDE / WALTER PIZARRO MARIO IDE / WALTER PIZARRO.MARIO IDE / WALTER PIZARRO.
  41. 41. R f ê i Bibli áfiR f ê i Bibli áfiReferências BibliográficasReferências Bibliográficas  Acupuntura Coreana da MãoAcupuntura Coreana da Mão –– Tae WooTae Woopp Yoo (Roca,2003).Yoo (Roca,2003).  Manual de Quiro AcupunturaManual de Quiro Acupuntura RicardoRicardo Manual de Quiro AcupunturaManual de Quiro Acupuntura –– RicardoRicardo Hyun Su Sim.Hyun Su Sim.  Guia Prático de Terapia PreventivaGuia Prático de Terapia Preventiva –– Prof.Prof. Won Gab Seo (Ícone, 2000).Won Gab Seo (Ícone, 2000).( , )( , )
  42. 42.  K.H.T.K.H.T. –– Terapia Koryo Sooji Filial no Brasil.Terapia Koryo Sooji Filial no Brasil.  IBRAKIBRAK –– Instituto Brasileiro de Terapia Koryo Sooji eInstituto Brasileiro de Terapia Koryo Sooji e Acupuntura nas Mãos.Acupuntura nas Mãos.  APKAAPKA –– Associação de Terapia Koryo Sooji AcupunturaAssociação de Terapia Koryo Sooji Acupuntura da America do Sulda America do Sulda America do Sul.da America do Sul. Presidente Chang Sik ShinPresidente Chang Sik ShinPresidente Chang Sik ShinPresidente Chang Sik Shin R. Silva Pinto, 270 SL. 02R. Silva Pinto, 270 SL. 02 –– Bom Retiro.Bom Retiro.S a to, 0 S 0S a to, 0 S 0 o et oo et o Tel: (11) 3361Tel: (11) 3361--2984 /2984 / chang@koryosoojichim.com.brchang@koryosoojichim.com.br // www.koryosoojichim.com.brwww.koryosoojichim.com.bry jy j * Falar com Justina.* Falar com Justina.

×