Tipologias de rede<br />Rafael nº7 8ºH<br />16/12/2010<br />
As tipologias físicas indicam como podemos, fisicamente, dispor os computadores com cabos na rede informática.<br />Tipolo...
Tipologia em barramento (Bus)*1*<br />A tipologia física em barramento já foi a tipologia mais utilizada em redes locais (...
Problemas:<br />Mau contacto numa das fichas BNC-T com o cabo.<br /> toda a rede perderá a comunicação, o cabo ficara inte...
Trata-se da tipologia mais usada hoje em dia<br />Definição:<br />De cada computador sai um cabo de pares entrelaçados (um...
Consiste num cabo em anel que faz ligação com todos os computadores da rede<br />Desvantagens:<br />O preço do equipamento...
Numa tipologia física em malha os computadores entreligam-se entre si.<br />É criada uma malha de caminhos possíveis.<br /...
Tipologia física baseada numa estrutura hierárquica de várias redes e sub-redes.<br />Existem um ou mais concentradores (h...
Esta tipologia é composta por um barramento utilizando um cabo coaxial grosso com o auxilio de um transceiver.<br />Tipolo...
Dois anéis que podem ser de cabo coaxial e também em fibra óptica e que podem ir até aos 100km de comprimento. No caso de ...
Obrigado pela vossa atenção…<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tipologias de rede

1.806 visualizações

Publicada em

Tipologias de rede

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.806
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tipologias de rede

  1. 1. Tipologias de rede<br />Rafael nº7 8ºH<br />16/12/2010<br />
  2. 2. As tipologias físicas indicam como podemos, fisicamente, dispor os computadores com cabos na rede informática.<br />Tipologias físicas<br />
  3. 3. Tipologia em barramento (Bus)*1*<br />A tipologia física em barramento já foi a tipologia mais utilizada em redes locais (LAN).<br />Um cabo coaxial fino (10base2) que percorre todos os computadores.<br />Uma ficha bnc-t.<br />Extremos do cabo são ligados “terminadores”, resistências de 50 ohm.<br />Placa de rede com ficha BNC<br />Cabo coaxial grosso (10base5).<br />Qual a função dos terminadores?<br />A função dos “terminadores” é de adaptarem a linha, fazerem com que a impedância vista para interior e para o exterior do cabo seja a mesma <br />Cabo coaxial fino, cabo coaxial grosso<br />Placa de rede , cabo coaxial, ficha BNC-T, e dois terminadores <br />
  4. 4. Problemas:<br />Mau contacto numa das fichas BNC-T com o cabo.<br /> toda a rede perderá a comunicação, o cabo ficara interrompido<br />Uma rede com tipologia ficara em barramento com 10 computadores<br />Um problema no contacto de um dos cabos, os 10 computadores param de comunicar.<br />Esta é a razão porque se aposta mais na tipologia física em estrela para redes locais.<br />Um cabo fino 10base2 a sua velocidade máxima é de 10Mbps<br />Um cabo grosso 10base5 o seu problema de corte já não é tão grave como o cabo fino, nesta situação o cabo não é interrompido mas inteiriço, com o cabo groso nao é interrompido a probabilidade de avaria é muito menor.<br />A distancia máxima do cabo grosso é de 500 m <br />Tipologia em barramento (Bus)*2*<br />
  5. 5. Trata-se da tipologia mais usada hoje em dia<br />Definição:<br />De cada computador sai um cabo de pares entrelaçados (um UTP categoria 5e)<br />que liga a um switch.<br />Desvantagens:<br />Apesar do preso do cabo UTP ser mais barato necessita de um swittch ou um hub o numero de portas é limitado e coando for atingido o limite de portas disponíveis é necessário adquirir outro e interligá-lo com o existente.<br />A distancia é outro problema, a distancia máxima é de apenas 100 m <br />Benefícios:<br /> se um cabo se partir o coisa do género não danifica a rede toda só danifica o computador que liga esse cabo. <br />Tipologia em estrela (star)<br />
  6. 6. Consiste num cabo em anel que faz ligação com todos os computadores da rede<br />Desvantagens:<br />O preço do equipamento é mais elevado. <br />Se o cabo partir toda a rede se perde <br />Tipologia em anel (ring)<br />
  7. 7. Numa tipologia física em malha os computadores entreligam-se entre si.<br />É criada uma malha de caminhos possíveis.<br />Este tipo de tipologia é muito usado para enviar e-mails, ele pode seguir vários caminhos.Caso haja problema num dos troços, a mensagem segue por outro troço.<br />As maiores desvantagens devem-se á maior complexidade da rede e ao preço do equipamento de interligação nos nós.<br />Tipologia em malha<br />
  8. 8. Tipologia física baseada numa estrutura hierárquica de várias redes e sub-redes.<br />Existem um ou mais concentradores (hub. Switch,…)<br />Esta tipologia facilita a manutenção do sistema e permite, em caso de avaria, detectar com mais facilidade onde esta o problema.<br />Tipologia em estrela hierárquica ou árvore<br />
  9. 9. Esta tipologia é composta por um barramento utilizando um cabo coaxial grosso com o auxilio de um transceiver.<br />Tipologia em espinha dorsal.<br />
  10. 10. Dois anéis que podem ser de cabo coaxial e também em fibra óptica e que podem ir até aos 100km de comprimento. No caso de um dos anéis falhar, o outro mantém a comunicação, embora a uma velocidade mais reduzida.<br />A velocidade pode ir até aos 100 Mbps aplicasse em redes CANPUS e MAN na interligação de redes locais (LAN).<br />Tipologia em duplo anel.<br />
  11. 11. Obrigado pela vossa atenção…<br />

×