FACULDADES JORGE AMADO
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE
COMPUTADORES




               SEMESTRE 2007.2




      ...
Infra-estrutura de Redes Locais de Computadores

              CABOS COAXIAIS E CABOS UTP
               Histórico, tipos,...
Tipos:

  Existem dois tipos básicos de cabo coaxial: fino e grosso. Na hora de comprar
  cabo coaxial, devemos observar a...
Conectores:




 Figura 2: Conectores quot;Oquot; Crimp e Hex
 Crimp, respectivamente




    Coaxial Grosso (10base5):

 ...
Conectores:




Cabo UTP


Histórico:
O cabo UTP sem blindagem (Unshielded Twisted Par), ou seja, o par torcido
sem blinda...
Funcionamento:

A teoria é que, um par de fios torcidos cria uma espira virtual com capacitância
e indutância, suficientes...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cabos Coaxiais e UTP

28.460 visualizações

Publicada em

Trabalho para a matéria infra-estrutura de Redes de Computadores, Faculdades Jorge Amado - 29 de Outubro de 2007

Publicada em: Negócios
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
28.460
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
119
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
409
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cabos Coaxiais e UTP

  1. 1. FACULDADES JORGE AMADO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES SEMESTRE 2007.2 TRABALHO DE INFRA-ESTRUTURA Raul Libório SALVADOR 2007
  2. 2. Infra-estrutura de Redes Locais de Computadores CABOS COAXIAIS E CABOS UTP Histórico, tipos, características e categorias Cabo Coaxial Histórico: O primeiro tipo de cabeamento que surgiu no mercado foi o cabo coaxial. Há alguns anos, esse cabo era o que havia de mais avançado, sendo que a troca de dados entre dois computadores era coisa do futuro. Até hoje existem vários tipos de cabos coaxiais, cada um com suas características específicas. Alguns são melhores para transmissão em alta freqüência, outro tem atenuação mais baixa, e outros são imunes a ruídos e interferências. Funcionamento: Ao contrário do cabo de par trançado, o coaxial mantém uma capacidade constante e baixa, independente do seu comprimento, evitando assim vários problemas técnicos. A maioria dos sistemas de transmissão utiliza cabos de impedância com características de 50 Ohms, geralmente utilizados nas TVs a cabo. No passado esse era o tipo de cabo mais utilizado. Atualmente, por causa de suas desvantagens, está cada vez mais caindo em desuso, sendo, portanto, só recomendado para redes pequenas.
  3. 3. Tipos: Existem dois tipos básicos de cabo coaxial: fino e grosso. Na hora de comprar cabo coaxial, devemos observar a sua impedância. Por exemplo, se o cabo coaxial utilizado em sistemas de antena de TV possui impedância de 75 ohms. O cabo coaxial utilizado em redes possui impedância de 50 ohms. Coaxial Fino (10base2): Esse é o tipo de cabo coaxial mais utilizado. É chamado quot;finoquot; porque sua bitola (diâmetro do cabo) é menor que o cabo coaxial grosso. É Figura 1: Cabo Coaxial 10base2 também chamado quot;Thin Ethernetquot; ou 10base2. Nesta nomenclatura, quot;10quot; significa taxa de transferência de 10 Mbps e quot;2quot; a extensão máxima de cada segmento da rede, neste caso 200 m (na verdade o tamanho real é menor, sendo recomendados 185 metros). Características do cabo coaxial fino: • Utilizam a especificação RG-58 A/U; • Cada segmento da r ede pode ter, no máximo, 185 metros; • Cada segmento pode ter, no máximo, 30 nós; • Distância mínima de 0,5 m entre cada nó da rede; • Utilizado com conector BNC.
  4. 4. Conectores: Figura 2: Conectores quot;Oquot; Crimp e Hex Crimp, respectivamente Coaxial Grosso (10base5): Esse tipo de cabo coaxial é pouco utilizado. É também chamado quot;Thick Ethernetquot; ou 10base5. Analogamente ao 10base2, 10base5 significa 10 Mbps de taxa de Figura 3: Cabo coaxial 10base5 transferência e que cada segmento da rede pode ter até 500 metros de comprimento. É conectado à placa de rede através de um transceiver. Características do cabo coaxial grosso: • Especificação RG-213 A/U; • Cada segmento de rede pode ter, no máximo, 500 metros; • Cada segmento de rede pode ter, no máximo, 100 nós; • Distância mínima de 2,5 m entre todos os nós da rede; • Utilizado com transceiver .
  5. 5. Conectores: Cabo UTP Histórico: O cabo UTP sem blindagem (Unshielded Twisted Par), ou seja, o par torcido sem blindagem surgiu na Bell Laboratories em resposta às limitações do cabo coaxial baseado no standar 10BASE T em 1988. d Este é sem duvida o cabo mais utilizado em redes. O cabo UTP é de fácil manuseio, instalação e permite taxas de transmissão em até 100 Mbps com a utilização do cabo CAT 5, que são usados normalmente tanto nas redes domésticas como nas grandes redes industriais. Descrição: Cabo não blindado de categoria 5e consiste em 2 pares trançados junto enrolados, protegidos com cobertura dupla de polivinilclorido compaund. O cabo serve para aplicação em redes industriais Industrial Ethernet. O cabo corresponde aos requisitos do padrão ANSI/TIA/EIA-568-B.2 e ISO/IEC 11801; UL 1581 VW-1 e IEC 60332.1. Cabo não blindado de categoria 5e 1 - Cobertura externa 2 - Cobertura interna 3 - Par trançado solid
  6. 6. Funcionamento: A teoria é que, um par de fios torcidos cria uma espira virtual com capacitância e indutância, suficientes para ir cancelando o ruído externo através de suas múltiplas espiras, ou seja, o campo magnético formado pela espira X, é reverso da espira Y, e assim por diante. Se num dado momento o cabo sofrer uma interferência, esta será anulada na inversão dos pólos das espiras. Categorias: Tipo Uso CAT-1 Voz (Cabo telefônico) São utilizados por equipamentos de Telecomunicação e não devem ser usados CAT-2 Dados a 4 Mbps para uma rede local. CAT-3 Transmissão até 16 MHz. Dados a 10 Mbps (Ethernet) CAT-4 Transmissão até 20 MHz. Dados a 20 Mbps (16 Mbps Token Ring) CAT-5 Transmissão até 100 MHz. Dados a 100 Mbps (Fast Ethernet) CAT-5e É uma melhoria da categoria 5. Pode ser usado para frequências até 125MHz em redes 1000BASE-T gigabit ethernet. CAT-6 Possui bitola 24 AWG e banda passante com limite de 250 Mhz. Pode ser usado em redes gigabit ethernet a velocidade de 1.000Mbps. CAT-7 Em fase de testes

×