O Rouxinol

649 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
649
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
86
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Rouxinol

  1. 1. Escola Secundária Do Bocage Curso Técnico de Apoio á Infância O RouxinolHá muito tempo atrás, vivia no Japão um imperador surdo.Como não podia escutar o belo canto dos pássaros,mandava matar todos os que não possuíssem umabela plumagem.Um dia Ayumi, a filha do imperador, ouviu o cantode um rouxinol pousado num dos galhos de seujardim e sentiu-se obrigada a dizer:- Meu pobre amigo, não deve ficar aqui ou será morto.- De qualquer forma eu morrerei durante uma destasfrias noites – respondeu o pássaro.Com pena, Ayumi levou-o para seus aposentos e durante muitotempo desfrutou seu canto e sua companhia.Mas uma manhã, inesperadamente, o imperador entrou no quartode sua filha e descobriu o rouxinol.- Fuja para não ser morto! – Gritou ela.O passarinho obedeceu e Ayumi começou a enfraquecer desaudade e tristeza, até ficar gravemente doente.O imperador chamou os melhores médicos do Japão e o maisidoso disse:- Não podemos fazer nada por sua filha, mas curaremos sua surdezse aplicarmos em seus ouvidos o coração quente de um rouxinol.- Então procurem um rouxinol!- ordenou o monarca. Trouxeramlhe justamente o passarinho amigo de Ayumi, que disse aosoberano: Miriam dos Santos, 10º H, nº 13.
  2. 2. Escola Secundária Do Bocage Curso Técnico de Apoio á Infância- Pode usar-me, senhor. Sei que sua filha ficará feliz e curadaquando Sua Majestade conseguir escutar.Diante de tanta bondade, os olhos do imperador encheram-se delágrimas. Em seguida ele anunciou: Prefiro que minha surdez seja eterna a tirar sua vida. O rouxinol continuou a alegrar os dias de Ayumi e o imperador compreendeu que a abnegação é a mais bela das virtudes.LengalengaLagarto pintadoQuem te pintou?Foi uma velhaQue por aqui passouNo tempo da eiraFazia poeiraPuxa lagarto por essa orelha. Miriam dos Santos, 10º H, nº 13.
  3. 3. Escola Secundária Do Bocage Curso Técnico de Apoio á Infância Música Papagaio loiro De bico doirado,Leva-me esta cartaAo meu namorado. Para outro lado, Para outra margem, Papagaio loiro, De linda plumagem. De linda plumagem, Linda como o oiro, Leva-me esta carta papagaio loiro. Miriam dos Santos, 10º H, nº 13.

×