Trabalho de saude infantil

1.080 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.080
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de saude infantil

  1. 1. Queimadu rasComo sabemos existem trêstipos de queimaduras: • As de 1º grau; • As de 2º grau; • E as de 3º grau.
  2. 2. As queimaduras de primeiro grau,atingem só a pele superficial a(Epiderme), onde, a pele se encontracom uma cor vermelhada, quente eseca. Ex: Queimadura Solar
  3. 3. As queimaduras de segundo grau formam bolhas (Flictenas) e uma cor branca.É uma queimadura profunda e muito dolorosa, pois há exposição das raízes nervosas que foram atingidas.
  4. 4. Nas queimaduras de terceiro grau realiza se a destruição profunda dos tecidos.É uma queimadura esbranquiçada, profunda que atinge os músculos e os ossos. Os tecidos tornam se negros e sem vida (Necrose), não existe dor, pois as terminações nervosas responsáveis pela sensibilidade á dor foram também queimadas. Curiosidade: • Nas bordas de uma queimadura de terceiro grau haverá queimaduras de
  5. 5. O que é a fractura?A fractura é a ruptura dos ossosquando acontece uma perda dacontinuidade óssea.Após um traumatismo, o ossose divide em dois ou maisfragmentos.
  6. 6. Quais os tipos de fractura1- Há vários tipos de fractura, as quemelhoram antes de serem2- A fractura exposta é a mais perigosa.diagnosticada e as que precisam de3- Quando a mesma não é bem tratada podeemergência médica.4- Uma fractura pode ocorrer quando háprovocar uma infecção.incapacidade, dor ou dificuldade emrealizar movimentos (total ou parcial).5- Quando nota-se um inchaço na áreaatingida, quando a posição do membroatingido não é normal ou quando hátraumatismos, pode haver uma fractura.
  7. 7. 7- As fracturas podem ser múltiplas, porencurtamento ou torção, completa ouincompleta, de impacto, oblíquas,epifisárias e penetrantes, por fadiga,fechadas ou abertas.8- As fracturas expostas acontecemquando há um rompimento da pele e dostecidos expondo o osso.9- Quando o osso não rompe a pele, asfracturas são chamadas de não exposta.
  8. 8. 10- As fracturas por fadiga são aquelasque acontecem depois de um esforçomuito grande, causando um esforçoexagerado da estrutura óssea.11- As fracturas patológicas são aquelascausadas por problemas já existentes,elas enfraquecem os ossos e causa umafractura. Fractura de Fractura
  9. 9. 12- O médico responsável pelo pacienterealiza uma avaliação médica e pederadiografias ao paciente que apresentasintomas de uma fractura, e determina omelhor tratamento.13- A cirurgia é a última opção, mas é Métodos deusada em casos de fractura exposta ou14- Para Tratamentofracturas o tratamento os médicos usam complicadas.imobilização gessada, tração, fixaçãoexterna, braces e outros. 15- Dependendo da gravidade, dalocalização ou do tipo de fractura, o
  10. 10. IntoxicA intoxicação consiste em efeitos ação ou entra emsintomáticos produzidos quando umasubstância tóxica é ingeridacontacto comde pele, olhos ou membranasOs sintomas a intoxicação dependem domucosas. quantidade ingerida e deproduto, dacertas características físicas da pessoaque o ingeriu.Algumas substâncias não são muitopotentes e exigem uma exposiçãocontínua para que ocorram problemas.
  11. 11. O tratamento mais comum para os casosde ingestão acidental de substânciastóxicas consiste em ministrar grandesdoses de carvão activado ao paciente,pois esse produto tem a capacidade deabsorver os elementos tóxicos que seencontram em suspensão em seuaparelho digestivo.
  12. 12. Substâncias tóxicas mais comuns Produtos de uso doméstico:• Acetona; • Fluor (cremes• Agua dentais); sanitária; • Gasolina;• Álcool; • Herbicidas /• Naftalina; Insecticidas;• Cloro; • Perfumes;• Colas; • Pesticidas;• Detergente • Tintas;
  13. 13. Produtos• alimentares Alimentos contaminados;• Bebidas alcoólicas;• Cogumelos (algumas espécies);• Noz moscada;• Pimentas (em grandes quantidades).
  14. 14. Envenenamen tosOs envenenamentos são causadospor ingestão, aspiração ouO individuode substancias toxicas nointrodução pode morrer ou terserias complicações se não fororganismo.socorrido a tempo.
  15. 15. Sinais de alertaEnvenenamento por ingestão:Queimaduras, lesões ou manchas aoredor da boca; odores diferentes; hálitocom odor estranho; transpiração intensa;dor ao engolir; dor abdominal, náusea,vómito, diarreia, convulsões, alterações narespiração ou na temperatura do corpo;sonolência etc.Envenenamento por contacto:
  16. 16. Envenenamento porinalação:Respiração rápida, tosse,irritação nos olhos etc.
  17. 17. O que fazer?1- Levar a pessoa para um lugar arejado;2- Abrir a roupa;3- Perguntar á vitima o que aconteceu;4- Leva-la imediatamente para asurgências (se possível levar com vocêrestos da substancia, embalagens ourecipientes que possam ser a causa doproblema).
  18. 18. Se o envenenamento for por ingestãonão provocar o vomito nem oferecernada para comer nem beber.Encaminhar a vitima para um serviçomedico das urgências.
  19. 19. Escola secundariado Bocage Trabalho realizado por: • Miriam dos santos, nº

×