O Mundo dos Insectos Trabalho Realizado Por: - Anita Andrade, 6ºC, Nº2; - Mariana Alexandre, 6ºC, Nº16. Docentes: - Rosali...
<ul><li>O nosso tema é  O Mundo dos Insectos  que nos explica a diversidade e as características dos animais que nós vamos...
<ul><li>Os insectos são invertebrados com exoesqueleto quitinoso e tem o corpo dividido em três partes. Tem seis patas art...
<ul><li>Os pirilampos são da espécie dos elaterídeos e tem corpo castanho escuro. Na parte anterior do tórax, têm duas man...
<ul><li>Existem mais de 1.500 espécies conhecidas deste tipo de insecto. São conhecidos devido ao som que os machos emitem...
<ul><li>A joaninha possui um corpo  meio esférico, tem uma cabeça pequena, 3 pares de patas curtas e também têm asas muito...
<ul><li>O grupo mais popular no mundo dos insectos são as formigas, pois formam níveis avançados na sociedade. Existem for...
<ul><li>Os caracóis são uns moluscos terrestres de concha espiral. </li></ul><ul><li>As diversas espécies de caracóis dist...
<ul><li>As minhocas só se podem encontrar em solos húmidos de todo o mundo. Algumas minhocas chegam a ter apenas alguns ce...
<ul><li>A abelha é um insecto que é “família” das vespas e das formigas. Este insecto foi criado em grandes quantidades pa...
<ul><li>Existem mais de 370mil espécies de escaravelhos espalhados por todo o mundo, e devem existir mais espécies por enc...
Centopeia <ul><li>A centopeia é o único insecto que tem mais de três pares de patas! Este insecto tem, normalmente, quinze...
<ul><li>Este trabalho foi muito fácil de procurar, pois existem muitos insectos e também existia muita informação na Inter...
<ul><li>www.wikipedia.org/ </li></ul>Bibliografia
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O Mundo dos Insectos

1.406 visualizações

Publicada em

Uma pequena e curta apresentação em PowerPoint.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.406
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
246
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Mundo dos Insectos

  1. 1. O Mundo dos Insectos Trabalho Realizado Por: - Anita Andrade, 6ºC, Nº2; - Mariana Alexandre, 6ºC, Nº16. Docentes: - Rosalina Vasconcelos; - Georgina Ramos.
  2. 2. <ul><li>O nosso tema é O Mundo dos Insectos que nos explica a diversidade e as características dos animais que nós vamos mencionar. </li></ul><ul><li>Este tema tem como objectivo de nós ficarmos a saber quantos insectos e quantas espécies de insectos é que exite no planeta. Também tem como objectivo ficarmos a aprender a importância dos insectos e como os devemos respeitar. </li></ul><ul><li>O Mundo dos Insectos foi um tema que surgiu quando nós estávamos na biblioteca a ler alguns livros sobre animais e encontrámos um livro cujo nome era O Mundo dos Insectos . </li></ul>Introdução
  3. 3. <ul><li>Os insectos são invertebrados com exoesqueleto quitinoso e tem o corpo dividido em três partes. Tem seis patas articuladas, olhos compostos e duas antenas. </li></ul><ul><li>Estes animais fazem parte da maior classe de animais, a Classe Insecta. </li></ul><ul><li>Os insectos são a classe mais diversa que existe no planeta, possuindo mais de 800 mil espécies descobertas. Os insectos encontram-se espalhados por todo o planeta, até nos oceanos se podem encontrar um pequeno número de espécies. </li></ul><ul><li>A ciência que estuda os insectos é a entomologia. </li></ul>A Classe dos Insectos
  4. 4. <ul><li>Os pirilampos são da espécie dos elaterídeos e tem corpo castanho escuro. Na parte anterior do tórax, têm duas manchas que, quando apagadas, tornam-se alaranjado, estas duas manchas são as “lanternas”do pirilampo. A “lâmpada” mais conhecida que o pirilampo tem é a que este tem no abdómen e que só começa a iluminar quando este insecto está a a voar. A terceira “lanterna” é mais desenvolvida que as outras, pois chega a emitir um raio de luz de quase um metro de diâmetro. Nas lanternas torácicas, a luz é esverdeada, enquanto na lanterna abdominal é amarelo-alaranjada. </li></ul><ul><li>Os pirilampos vivem até um ou dois anos. Os adultos vivem no Verão e é neste período que se acasalam. Os ovos são colocados em madeiras quase apodrecidas nas matas e, após cerca de quinze dias, aparacem as primeiras larvas, que irão passar dois anos alimentando-se de outros insectos. </li></ul>Pirilampo
  5. 5. <ul><li>Existem mais de 1.500 espécies conhecidas deste tipo de insecto. São conhecidos devido ao som que os machos emitem, podendo ser chamada de melodia. A cigarra-macho, só emite este som no período mais quente do ano (Verão). Para que os machos consigam “cantar”, este têm um aparelho estridulatório, que se situa nos lados do primeiro segmento abdominal, mas o som característico deste insecto varia, consoante a espécie. </li></ul><ul><li>Já foram encontradas cigarras com comprimento de 20mm a 130mm. Este insecto pode ser encontrado nas florestas tropicais, mas podem ser encontrados noutras vegetações. </li></ul><ul><li>Macho: </li></ul><ul><li>É na barriga que se desenvolvem os músculos e também os elementos que permitem que o macho solte o seu som, que serve para atrair a fêmea. Mas também, quando é atacado ou capturado, ele solta o seu som. </li></ul><ul><li>Fêmea: </li></ul><ul><li>É na barriga da fêmea que ficam armazenados os ovos. A parte traseira é o ovulador. </li></ul>Cigarra
  6. 6. <ul><li>A joaninha possui um corpo meio esférico, tem uma cabeça pequena, 3 pares de patas curtas e também têm asas muito desenvolvidas protegidas por uma carapaça. </li></ul><ul><li>Chegam a medir de 1 a 10 mm e conseguem viver até 180 e dias. Como a maioria dos insectos, a joaninha passa por uma metamorfose completa: </li></ul><ul><li>Os ovos surgem em uma semana e o estágio larval é de 3 semanas; </li></ul><ul><li>Durante o estágio larval o insecto apresenta a mesma alimentação de um adulto; </li></ul><ul><li>No mundo dos insectos, a joaninha é um predador, alimentando-se de ofídios, moscas da fruta, pulgões, piolhos da folha, entre outros insectos. As joaninhas são boas para os agricultores, pois as suas presas são maléficas para as colheitas. </li></ul>Joaninha
  7. 7. <ul><li>O grupo mais popular no mundo dos insectos são as formigas, pois formam níveis avançados na sociedade. Existem formigas por toda as partes do planeta, excepto nas zonas polares. As formigas são o maior sucesso na evolução da história terrestre. </li></ul><ul><li>Têm uma casca sem asas (dependendo se for macho); </li></ul><ul><li>As fêmeas têm uma peça bucal no acro; </li></ul><ul><li>Têm antenas articuladas; </li></ul><ul><li>Têm um “saco infrabucal” entre o lábio e o hipofaringe; </li></ul><ul><li>As asas não têm nervuras ramificadas. </li></ul>Formiga
  8. 8. <ul><li>Os caracóis são uns moluscos terrestres de concha espiral. </li></ul><ul><li>As diversas espécies de caracóis distinguem-se, sobretudo, pelo esqueleto externo, que nós identificamos como a concha do caracol. Essa tal concha é feita, especialmente, de cálcio. </li></ul><ul><li>Este insecto caminha apenas cinco metros por hora e, para facilitar a deslocação, o caracol produz um líquido viscoso. </li></ul><ul><li>Como os caracóis não têm audição, eles usam o tacto e o olfacto que se podem encontrar espalhados por todo o corpo. </li></ul><ul><li>Os caracóis são insectos que possuem ambos os sexos, mas, para se reproduzirem, precisam de um parceiro. Os caracóis acasalam quatro vezes por ano, e cada acasalamento dura cerca de dez horas. Na gestação, eles procuram um local húmido, limpam e cavam cerca de 5 a 10 cm com a cabeça, e depois colocam os ovos. Dependendo da espécie, cada caracol põe cerca de cem a trezentos ovos. </li></ul>Caracol
  9. 9. <ul><li>As minhocas só se podem encontrar em solos húmidos de todo o mundo. Algumas minhocas chegam a ter apenas alguns centímetros, embora outras chegam a ter um ou dois metros de comprimento. As minhocas também são um bom isco para a pesca e, nesses casos, são conhecidas como bichoca ou isca. </li></ul><ul><li>A minhoca alimenta-se, especialmente, de restos de vegetais, que encontra quando escava galerias (enterradas no solo) à procura de abrigo. Ao ingerir os restos de vegetais, a minhoca ingere também grandes quantidades de terra. </li></ul><ul><li>Este insecto tem a boca e o ânus nas duas extremidades opostas do seu corpo cilíndrico. </li></ul><ul><li>Para a minhoca se poder deslocar, ela fixa as pontas das cerdas na terra e contrai o forte músculo que constituí a parede do seu corpo. </li></ul>Minhoca
  10. 10. <ul><li>A abelha é um insecto que é “família” das vespas e das formigas. Este insecto foi criado em grandes quantidades para produzirem mel, cera e outros produtos. </li></ul><ul><li>As pernas da abelha são muito importantes para a fecundação desta mesma espécie. Como este insecto pousa de flor em flor, a abelha pode, sem querer, pisar um espermatozóide do macho, que mantêm-se na perna do insecto, e, noutra flor, pisar num óvulo e realiza-se a fecundação. </li></ul><ul><li>A língua consegue mover-se devido a um canal formado por maxilas e palpos labiais, que termina num tufo de pêlos, absorvendo o néctar das flores. </li></ul><ul><li>As antenas são os órgãos do olfacto e do tacto mais sensíveis de todo o corpo. As abelhas são capazes de construir favos perfeitos, apenas farejando com as antenas na ESCURIDÃO. </li></ul><ul><li>O ferrão serve para injectar o caule no inimigo. A abelha morre um ou dois dias após injectar o ferrão no corpo do inimigo, depois de fugir deste. </li></ul><ul><li>Este insecto tem dois grandes olhos compostos situados na parte lateral da cabeça. A função deste órgão é perceptir a luz, as cores e os movimentos. Estes grandes olhos aumentam sessenta vezes os objectos. </li></ul>Abelha
  11. 11. <ul><li>Existem mais de 370mil espécies de escaravelhos espalhados por todo o mundo, e devem existir mais espécies por encontrar. </li></ul><ul><li>De todas as espécies, as coisas que os escaravelhos têm em comum são as asas “duras”, que protegem as asas frágeis, e as suas antenas, que também podem ser chifres ou pontas que saem da cabeça ou do peito. </li></ul><ul><li>O escaravelho mais pequeno alguma vez encontrado, mede cerca de 0,5mm e o maior, que se encontra nas florestas húmidas da América do Sul, mede 15cm de comprimento. </li></ul><ul><li>Os escaravelhos dividem-se em dois tipos. Os que só comem plantas novas e os que se alimentam se plantas em decomposição. </li></ul>Escaravelho
  12. 12. Centopeia <ul><li>A centopeia é o único insecto que tem mais de três pares de patas! Este insecto tem, normalmente, quinze pares de patas, mas em outros casos, a centopeia chega a ter mais de 150 pares de patas. </li></ul><ul><li>As centopeias espalham-se por todo o mundo, mas a maioria delas existem na Europa. </li></ul><ul><li>Na Europa, as centopeias que estamos habituados a ver medem cerca de 5cm, mas nas zonas tropicais, podemos encontrar centopeias com mais de 30cm! </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Este trabalho foi muito fácil de procurar, pois existem muitos insectos e também existia muita informação na Internet. </li></ul><ul><li>Nós gostamos mais de procurar imagens, porque era muito fácil e também porque havia muitas imagens para optar. </li></ul><ul><li>A parte que menos gostamos foi de resumir toda a informação, porque era difícil e porque não tínhamos muito tempo. </li></ul><ul><li>Valeu a pena nós termos realizado este trabalho, pois conseguimos antingir o nosso objectivo, e porque nós aprendemos muito sobre a história dos insectos. </li></ul>Conclusão
  14. 14. <ul><li>www.wikipedia.org/ </li></ul>Bibliografia

×