Marina Macambyra 
maca@usp.br 
Sarah Lorenzon Ferreira 
sarahloren@usp.br 
Escola de Comunicações e 
Artes da USP (ECA/USP...
 20.000 peças musicais. 
 Coleções de manuscritos (música 
sacra mineira, Henrique Oswald, 
Fructuoso Vianna, Gilberto M...
Base Acorde 
catálogo de partituras da 
Biblioteca da ECA 
Dédalus 
Banco de Dados Bibliográficos 
da USP 
1978 1996 
CDS/...
Migração da base 
Acorde para o 
Dédalus: 
 demanda 
pendente desde 
1996 
 processo 
iniciado em 2014 
Problemas 
 Ine...
As inovações só agora propostas no 
cenário da catalogação internacional 
fazem parte da metodologia da 
Biblioteca da ECA...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Catalogação de partituras na biblioteca da ECA

5.302 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado ao XVIII SNBU e no do I Encontro Nacional de Bibliotecários Catalogadores de Acervos de Música do Brasil. Apresenta as particularidades da metodologia de catalogação desenvolvida pela Biblioteca da ECA/USP, compara a estrutura da base de dados local com o formato MARC tendo em vista a futura migração de dados, aponta algumas deficiências das regras internacionais de catalogação quando usadas para tratar documentos musicais. Escrito com Sarah Lorenzon Ferreira.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.302
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.408
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Catalogação de partituras na biblioteca da ECA

  1. 1. Marina Macambyra maca@usp.br Sarah Lorenzon Ferreira sarahloren@usp.br Escola de Comunicações e Artes da USP (ECA/USP) São Paulo (SP) - Brasil Catalogação de partituras na Biblioteca da ECA: relato de experiência
  2. 2.  20.000 peças musicais.  Coleções de manuscritos (música sacra mineira, Henrique Oswald, Fructuoso Vianna, Gilberto Mendes e outros).  Edições raras.  Obras completas de compositores brasileiros. http://www.eca.usp.br/biblioteca
  3. 3. Base Acorde catálogo de partituras da Biblioteca da ECA Dédalus Banco de Dados Bibliográficos da USP 1978 1996 CDS/ISIS e www-ISIS Aleph Acesso pela web Acesso pela web Regras de catalogação locais AACR2 Formato local MARC21 Campos criados de acordo com as necessidades dos usuários músicos Não houve estudo das necessidades dos usuários Sem empréstimo pelo sistema, renovações ou reservas Empréstimo automatizado unificado, renovações e reservas online Campo Meio de Expressão Sem campo Meio de Expressão Gênero e forma Assunto tópico
  4. 4. Migração da base Acorde para o Dédalus:  demanda pendente desde 1996  processo iniciado em 2014 Problemas  Inexistência do campo Meio de Expressão no formato MARC. Confusões conceituais (assunto x meio de expressão).  Assunto tópico (650) é campo obrigatório no Dédalus. Na base Acorde usamos somente termos de Gênero e forma.  Falta de campo para Data de composição no MARC.  Prioridades do SIBiUSP.  Carga de trabalho dos analistas do DT-SIBi. Meio de expressão não é assunto  Formato MARC incorpora o campo Medium of Performance, em 2012.  LC implementa a Library of Congress Medium of Performance Thesaurus for Music e a Library of Congress Genre/Form for Library and Archival Material.  Campo 650 e Library of Congress Subject Headings serão descontinuados para obras musicais.
  5. 5. As inovações só agora propostas no cenário da catalogação internacional fazem parte da metodologia da Biblioteca da ECA há muito tempo. O foco nas necessidades do usuário, mesmo princípio que orientou a criação do modelo FRBR, é uma prática adotada na Biblioteca da ECA desde os primórdios da organização de seu acervo de partituras. Resolvidos os principais problemas do mapeamento Acorde  MARC Falta: executar a migração propriamente dita. acrescentar Meio de Expressão na lista de campos para busca. configurar a busca pelo campo Gênero / Forma separadamente do campo Assunto Tópico.

×