Sexta, 13 de Novembro de 2015 Edição Semanal - Ano III - Nº 65 www.jornalcidademg.com.br Distribuição Gratuita - Venda Pro...
Sexta-Feira,
13/NOV/2015
2 Leia também no site:
www.jornalcidademg.com.brOPINIÃO
Carta do Editor Juliano Rossi
juliano@jor...
Sexta-Feira,
13/NOV/2015
4 Leia também no site:
www.jornalcidademg.com.brECONOMIA
DA REDAÇÃO contato@jornalcidademg.com.br...
Sexta-Feira,
13/NOV/2015
5
Nova diretoria do Consep está empenhada em desenvolver projetos para apoiar as polícias
e o Mun...
Sexta-Feira,
13/NOV/2015
8 Leia também no site:
www.jornalcidademg.com.brCOTIDIANO
DA REDAÇÃO contato@jornalcidademg.com.b...
Sexta-Feira,
13/NOV/2015
9Acesse no Facebook
fb.com/jornalcidademgCOTIDIANO
DA REDAÇÃO contato@jornalcidademg.com.br
 O ...
Sexta-Feira,
13/NOV/2015
10
Escritor do livro “Tornando sua empresa um sucesso” com mais de 2.000 livros vendidos.
Pontos ...
Sexta-Feira,
13/NOV/2015
11Acesse no Facebook
fb.com/jornalcidademgSOCIAL
Michele
Pacheco
•michele@jornalcidademg.com.br
•...
Sexta-Feira,
13/NOV/2015
12 Leia também no site:
www.jornalcidademg.com.brCOOPERATIVISMO
SICOOB CREDIPRATA realiza o
II Se...
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 65 - 20/11/2015
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 65 - 20/11/2015
Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 65 - 20/11/2015
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 65 - 20/11/2015

236 visualizações

Publicada em

Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 65 - 20/11/2015

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
236
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Cidade - Lagoa da Prata - Nº 65 - 20/11/2015

  1. 1. Sexta, 13 de Novembro de 2015 Edição Semanal - Ano III - Nº 65 www.jornalcidademg.com.br Distribuição Gratuita - Venda Proibida Elesforampremiadosporapresen- tarem bons resultados em uma prova realizada em nível nacional. A premia- ção aconteceu na sede da Secretaria Municipal de Educação. Cada um dos estudantes recebeu de presente uma bicicleta. Além dos três, mais sete alu- nos receberam uma lembrança por te- rem acertado entre 70 e 99% da pro- va. Pág. 08 É comum, passado o período chuvoso, as pessoas se esquecerem deadotarcuidadospreventivoscomrelaçãoàproliferaçãodosmosqui- tos transmissores da dengue. E os casos da doença notificados e con- firmados têm apresentado evolução desde o início do ano. Pág. 09 POLICIAL Fábrica de fogos explode, mas não deixa vítimas Pág. 10 COTIDIANO Conselho Municipal de Segurança Pública apresenta nova diretoria Pág. 05 EDUCAÇÃO Três alunos da rede municipal de ensino são finalistas na Prova Brasil Índice de infestação de dengue preocupa Lagoa da Prata João “Gominha” recebe homenagem da Federaminas Novembro Azul: Casos de câncer de próstata avançam em Lagoa da Prata COTIDIANO Pág. 05 Pág. 08 CONFIRMADOS O levantamento registrou onze casos confirmados em um período que é incomum ter registros. Segue em investigação o caso da morte de um morador do bairro Sol Nascente. É comum, passado o período chuvoso, as pessoas se esquecerem deadotarcuidadospreventivoscomrelaçãoàproliferaçãodosmosqui- tos transmissores da dengue. E os casos da doença notificados e con- firmados têm apresentado evolução desde o início do ano. Índice de infestação de dengue preocupa Lagoa da Prata Casos de câncer de próstata avançam em Lagoa da Prata Pág. 08 homenagem da Federaminas Pág. 05
  2. 2. Sexta-Feira, 13/NOV/2015 2 Leia também no site: www.jornalcidademg.com.brOPINIÃO Carta do Editor Juliano Rossi juliano@jornalcidademg.com.br A Lei nº 12.527/2011, conhecida como Lei de Acesso à Informação, que entrou em vigor em 16 de maio de 2012, regulamenta que os três Poderes da União (Executivo, Legislativo e Judi- ciário) são obrigados a pres- tarem informações solicitadas por qualquer cidadão referen- tesaorecebimentoeàdestina- ção dos recursos públicos por eles recebidos. A lei defende que todas as informações pro- duzidas ou sob guarda do po- derpúblicosãopúblicase,por- tanto, acessíveis a todos os ci- dadãos, ressalvadas as infor- mações pessoais e as hipóte- ses de sigilo legalmente esta- belecidas. Com o objetivo de trazer ao leitor o desempenho e os resultados apresentados pe- los vereadores da atual legis- latura, o Jornal Cidade proto- colou na secretaria da Câma- ra, em 21 de agosto, um pe- dido de informações para que eles apresentassem as ações em prol da população que ob- tiveram por meio direto de sua atuaçãoparlamentar,sejaatra- vés de projetos, anteprojetos ou recursos que tenham con- seguido por meio de articula- ções políticas. Apenas o ve- reador Iraci Antônio (Nego da Saúde)respondeuaoquestio- nário. Um novo pedido de infor- mações foi protocolado na se- cretariadaCâmaranodia1de outubro.Dessavez,atenderam as solicitações da reportagem os parlamentares Adriano Mo- reira, Paulo Pereira e Di-Gian- ne Nunes. Quelli Couto, Cida Marcelino,Natinho,EdmarNu- nes e Adriano Moraes não res- ponderam aos questionamen- tos. Os resultados dos traba- lhos dos vereadores serão pu- blicados pelo Jornal Cidade no mês de dezembro, em ma- térias individuais, cujas entre- vistas serão gravadas em áu- dio e vídeo. Um novo pedido de informações será protoco- lizado na secretaria da Câma- ra nos próximos dias. PRESIDÊNCIA NÃO RESPONDE O Jornal Cidade também questionou à presidente da Câmara,vereadoraQuelliCou- to, sobre a previsão de gastos do orçamento do Legislativo para o exercício de 2016, es- timado em 2,8 milhões de re- ais, conforme a Resolução de nº 714/2015. Só com obras e melhorias na infraestrutura do prédiodaCâmaraapresidente pretendeinvestir640milreais. Aparlamentartambémfoiinda- gadasobrequandoaMesaDi- retora irá colocar o projeto de reduçãodossaláriosdosvere- adores em votação – uma vez que o pedido foi aprovado em plenário pela maioria dos par- lamentares. Ojornalenviouofíciospara a presidente nos dias 15 e 29 deoutubroe6denovembro,e atéofechamentodestaedição ela não se pronunciou. REDUÇÃO DOS SALÁ- RIOS AINDA SEM DEFI- NIÇÃO Os vereadores de Lagoa da Prata aprovaram na reunião ordinária do dia 24 de agos- to um requerimento de autoria de Adriano Moraes solicitan- do à Mesa Diretora da Câma- ra que reduza os salários dos parlamentaresdeR$3.785,84 para R$ 970 a partir de janeiro de 2017. O pedido foi aprova- do por 6 votos a 2. Cida Mar- celino e Nego da Saúde foram contrários à proposta. Quase três meses após a aprovação, o requerimento do vereador ainda está engaveta- do. Por lei, um projeto de rea- juste dos subsídios dos verea- dores só pode ser apresenta- do pela Mesa Diretora, que é formadapelapresidenteQuelli Couto e os colegas Paulo Ro- berto Pereira, Cida Marcelino e Natinho. Câmara Municipal e vereadores descumprem a Lei de Acesso à Informação Questionados pelo Jornal Cidade sobre o balanço de seus trabalhos em prol da população, cinco parlamentares e o Poder Legislativo sonegaram informações Nego da Saúde, Adriano Moreira, Paulo Pereira e Di-Gianne foram os únicos que apresentaram as informações Câmara pretende investir 640 mil reais na infraestrutura da sede em 2016 FOTOS: ARQUIVO
  3. 3. Sexta-Feira, 13/NOV/2015 4 Leia também no site: www.jornalcidademg.com.brECONOMIA DA REDAÇÃO contato@jornalcidademg.com.br  A ACE/CDL de Lagoa da Prata, em parceria com a Federação das As- sociações Comerciais e Empresariais do Estado de Minas Gerais (Federa- minas),estárealizandoacampanhade natal,quecomeçounodia20deoutu- bro.Nesteano,aassociaçãocomercial conta com 110 empresas participan- tes, que terão como benefícios a vei- culação de propagandas e sorteio da campanha, além das divulgações que serão feitas nas mídias locais. Outro benefício é que cada empresa partici- pantereceberáobancodedadosdos clientes que cadastrarem suas seladi- nhasnonomedoestabelecimento,fer- ramentaquepoderáserusadaparaco- municação e pós-venda. Deacordocomaassessoriadeco- municaçãodaACE/CDL,acampanha tem como objetivo ser uma ferramen- ta entre o comerciante e consumidor. “Todoclientegostadeganharprêmios e todos já conhecem a prática das se- ladinhasedesejamsercontemplados. O benefício que essa ação leva para a lojanessaquestãodefidelizaçãoesa- tisfação ao cliente é o que fará a dife- rençanomomentodavenda”,afirmou. A população também terá benefí- cios diretos e indiretos com a campa- nha. “Quanto mais a população valo- riza o comércio local, mais benefícios são agregados à economia do muni- cípiopormeiodeimpostos.Issoresul- ta em repasses, que são incluídos no orçamento municipal para realização de obras e melhorias urbanas, como aberturadenovasruas,construçãode escolas, unidades de saúde, entre ou- tras melhorias para a população lago- pratense. Outro benefício da valoriza- çãodocomérciolocalétambémaofer- tadepostosdetrabalho.Temoscomo intuito conscientizar e atrair a popula- çãoparacomprarnocomérciolocal,e mostrarqueissosónostrazbenefícios, poisestamosinvestindonavalorização de nossos bens”, frisou. A campanha também tem o obje- tivo de alavancar o comércio. Em uma parceriacomaFederaminas,serãosor- teados em âmbito estadual 1 casa e 3 caminhonetes Amarok em um total de maisde600milreaisemprêmios,além dosprêmiosexclusivoscomo3Motos Yamaha Factor, 20 Bicicletas Athor e 20 mil reais em prêmios instantâne- os.“Acampanhaesteanotambémes- tá mais moderna, as seladinhas serão personalizadas com orientações para oconsumidorcadastrarocódigonosi- tewww.umsonhodenatal.com/lago- adaprata econcorreraosprêmioses- taduaiselocais.AACE/CDLdisponibi- lizaráduranteacampanha,umaequipe para fazer o cadastramento na sede, e empontosestratégicosdacidade,pa- ra quem não disponibilizar de internet ounãoconseguirefetuarocadastro.As lojasecomérciosparticipantesdapro- moção estão todas identificadas com cartazes e móbiles. A campanha pro- metemarcarahistóriadocomérciode Lagoa da Prata nessa data especial. Nãoesqueça,quantomaisseladinhas cadastrar, mais chances de ganhar! Não fique de fora da maior campanha do estado de Minas Gerais, compre nasempresasparticipanteseboasor- te! “, enfatizou a assessoria. ACE/CDL realiza campanha “Comprar em Lagoa é uma boa” e “Um Sonho de Natal” PRÊMIOS Consumidor de Lagoa da Prata poderá ganhar uma casa no valor de 250 mil reais e até 3 camionetes 0 km José Raimundo e Paulo Roberto Pereira, presidentes da ACE/CDL-LP Para concorrer, é preciso cadastrar o código da seladinha no site www.umsonhodenatal.com.br PREMIAÇÃO •01casanovalordeR$250.000,00* •3 camionetes Amarok* •3 Motos Yamaha Factor k1** •20BicicletasAthorJetcom18Mar- chas** •R$ 20.000,00 em prêmios Instan- tâneos** (*) O sorteio será realizado no dia 25 de janei- ro, às 13 horas, pela TV Alterosa. (**)Osorteiolocalseránodia22dejaneiro,às 16 horas, na sede da ACE/CDL-LP. DA REDAÇÃO contato@jornalcidademg.com.br O responsável pelo RH do SicoobLagoacred,NelsonHo- tonLeal,especializadoemges- tão de pessoas, encerrou a sé- rie de palestras inicialmente previstas para o Encontro Co- operativista2015.Oeventofoi realizado na terça-feira 10, no auditório da cooperativa. Leal mostrou que a cada anoquepassaavidaestámais frenética e muitas pessoas es- tão se perdendo na tentativa deabraçaromundodeumasó vez.Sãomuitoscompromissos a serem cumpridos em prazos determinados para manter-se ativonoatualmercadocompe- titivo, e em meio a esse emara- nhado de tarefas, as pessoas têm que aprender a lidar com osladrõesdotempo.“Otempo é um bem precioso, e ele não secompraenemsevende.En- tãoénecessáriosaberaprovei- tá-lo ao máximo”, disse Leal. O palestrante mostrou que aspessoasdesucessoconse- guem identificar as tarefas que são mais importantes e con- centram nelas os seus esfor- ços. “Não é possível adminis- trarotempo.Oquevamoscon- seguir administrar são as tare- fas do nosso dia a dia. Todas aspessoaspossuem24horas por dia. O que importa é o que você faz nessas 24 horas. Um exemplo é o Bill Gates (funda- dor da Microsoft). Ele tem mui- tosucessoporqueeleaprovei- ta bem o tempo que ele tem”, explicou. De acordo com o pales- trante, muitas distrações con- tribuem para a baixa produtivi- dadedemuitaspessoas.“Com certezaosprincipaisladrõesdo tempo são o uso da internet e telefonedeformaindiscrimina- da e reuniões improdutivas. As empresasdevemconscientizar osfuncionáriosparaquefaçam o melhor uso das ferramentas que têm”. ComocomplementodoEn- controCooperativistade2015 uma nova palestra do jornalis- ta Ricardo Gandra foi realiza- da na noite de quinta-feira 12. Elejáhaviaseapresentadoem outras cinco ocasiões. Tam- bém participaram do encontro os contadores Márcio Duarte Bento e Reinaldo César Felis- bino de Castro. SOCORRODOSBANCOS FICA MAIS CARO Antesdapalestra,oPresiden- te do Conselho de Adminstra- ção e Diretor Comercial do Si- coob Lagoacred, Nilson Anto- nioBessas,fezusodapalavrae citou uma reportagem veicula- dapelarevistaExamequemos- tra que, até o final de outubro de 2015, já fecharam as por- tascincovezesmaisempresas do que no ano inteiro de 2014. O principal motivo do encerra- mento das atividades foi a fal- ta de apoio dos bancos tradi- cionais.“Aspequenasemédias empresas fecharam as portas porqueosbancosfecharamas portasparaelas.Quandoaem- presa está bem, os bancos fi- cam assediando as empresas e não deixam o empresário em paz. Mas no momento em que esses empresários precisam dos bancos, eles somem”, la- mentou Bessas. De acordo com a matéria da revista Exame, muitos em- presários pediram socorro aos bancos, por meio de emprés- timo para capital de giro que, ou foi negado, ou foi condicio- nado a juros elevados e garan- tias bem diferentes do que exi- giamantes.“ALagoacredfezo inverso do que os bancos fize- ram.Atéomêsdesetembro,as nossas operações de crédito evoluíram27,3%,saindodeR$ 46 milhões em 2014 para R$ 59 milhões em 2015. Só esse ano investimos a mais R$ 13 milhõesnasmãosdosassocia- dosparaquepudesseminves- tiremseusnegócios.Essafoia respostaqueacooperativadeu emrelaçãoaessacriseeconô- mica. Não fechamos nenhuma das carteiras de crédito e não aumentamososjuros”,finalizou. Palestra mostra como administrar as tarefas do dia a dia e ser mais produtivo SUCESSO Sicoob Lagoacred finaliza ciclo de palestras do Encontro Cooperativista 2015 O diretor Nilson Bessas falou ao público sobre o crescimento das operações de crédito que a Lagoacred ofereceu aos associados em 2015 FOTOS: JULIANO ROSSI Nelson Hoton Leal, respon- sável pelo RH da Lagoacred
  4. 4. Sexta-Feira, 13/NOV/2015 5 Nova diretoria do Consep está empenhada em desenvolver projetos para apoiar as polícias e o Município no combate à criminalidade O advogado Francisco Cabral é o novo presidente do Consep FOTO: ASCOM PMLPFOTO: JÉSSICA FERNANDA Acesse no Facebook fb.com/jornalcidademgCOTIDIANO PUBLIEDITORIAL  Os Presidentes Paulo Pereira e José Raimundo Rezende, juntamen- te com toda equipe da ACE/CDL - LP, parabenizam o empresário João AlfredoRibeiroNeto,daempresaGo- minhaPneus,quefoiagraciadocoma medalhadoMéritoEmpresarial2015. O Mérito Empresarial é um reconhe- cimento e justa homenagem, conce- didapelaFederaminas,aosempresá- DA REDAÇÃO contato@jornalcidademg.com.br  O Conselho Municipal de Segurança Pública (Consep) realizou no dia 5 de novembro umareuniãoparaapresentação da nova diretoria. Após o pre- sidente eleito, Carlos Donizetti Borges,terrenunciadoaocargo pormotivospessoais,oadvoga- do Francisco Cabral assumiu a diretoria. A apresentação acon- teceunasaladojúridoFórumde Lagoa da Prata e contou com a presençadecercade50pesso- as,dentreelas,autoridadesliga- dasàsinstituiçõesdesegurança públicadacidade,prefeitura,Po- derJudiciário,MinistérioPúblico eempresários. Durante a reunião, o presi- dente destacou que o Consep temporfinalidadecolaborarcom questões de defesa social, em especial aquelas ligadas à pre- venção da criminalidade. “Essa nova diretoria pretende trazer cadavezmaisasociedadepara próximodasautoridades,ouse- ja,fazercomqueapolíciapossa agirdiretamentecomeles, afas- com a administração municipal pretendemoscriararededepro- teçãoaocomércio.Emparceria com o Judiciário e o Município, temosoobjetivodetentarresol- ver o problema do trânsito local. Queremostambémcriarprogra- maseducativosjuntoàsocieda- de.Alémdisso,queremostrazer umpontoderegistrodeocorrên- te. A população poderá acom- panhar o trabalho do Consep por uma página no Facebook. “A nossa ideia é visar cada vez mais benefícios para a popula- ção. Hoje, temos onze pessoas queatuamdiretamentenoCon- sep, mas deixo em aberto para pessoas que queiram contribuir tando cada vez mais a criminali- dade. Temos a função de mos- traraocidadãoqueeleéumpar- ceiro para a segurança de onde vive”,afirmou. Franciscotambémfrisouque oconselhotemprojetosdecom- bateàcriminalidade.“Queremos criar junto aos bairros a rede de vizinhosprotegidos.Juntamente ciasparacadabairro”,afirmou. OConsepatuarácomtodos osórgãosquesejamlegaiseque possamcontribuircomostraba- lhos. “Inicialmente, temos uma parceriacomoPoderJudiciário, Ministério Público, Polícia Civil, PolíciaMilitar,GuardaMunicipal, Apac,presídiolocaleAdministra- çãoMunicipal”,disseopresiden- comonossotrabalho”,destacou. Franciscotambémfrisouque a população é muito importante no processo de combate à cri- minalidade.“Ocidadãoquetem algum projeto que possa contri- buircomasegurançadacomuni- dade,nós,doConsep,estamos de portas abertas para recebê- -lo”,enfatizou. rios que se destacam pela sua capa- cidadeempreendedoraesocialnaci- dade que atua, e que com seu esfor- ço e trabalho contribui para o cresci- mento e desenvolvimento local, bem como, para construção de nosso es- tado e do nosso país. A solenidade do Mérito Empresa- rial2015aconteceunacidadedePo- ços de Caldas/MG, na noite de 31 de outubro de 2015, e foi prestigiada por cerca de mil pessoas, entre au- toridades, dirigentes de associações comerciais de Minas Gerais, empre- sários do ano, seus familiares e con- vidados. Parabéns, João Alfredo Ribeiro Neto, pela homenagem concedida pela Federaminas, Associação Co- mercial e Empresarial de Lagoa da Prata e população Lagopratense. Desejamos que esta honraria sirva de motivação e combustível para no- vas conquistas. Empresário do ano 2015 em Lagoa da Prata, João “Gominha” recebe homenagem da Federaminas Conselho Municipal de Segurança Pública apresenta nova diretoria João Alfredo Ribeiro Neto, da empresa Gominha PneusEmilio Parolini (Presidente da Federaminas), João “Gominha”e José Raimundo (Presidente da ACE LP) Confiraanovadiretoria:: FranciscoCabral Presidente CristianodeCastroMaciel Vice-presidente FlávioTavares-1ºSecretário AvelinaMaria-1ºTesoureira HelenaKeller-2ºTesoureira CONSELHODELIBERATIVO: EduardodeBessas CarlosCastilho GilsondaSilva CONSELHOFISCAL: ViníciusRezende RobertoAntônioAmaral JoséOtavianodeMouraJúnior
  5. 5. Sexta-Feira, 13/NOV/2015 8 Leia também no site: www.jornalcidademg.com.brCOTIDIANO DA REDAÇÃO contato@jornalcidademg.com.br Trêsalunosdaredemunicipaldeen- sino de Lagoa da Prata foram premia- dosporapresentarembonsresultados emumaprovarealizadaemnívelnacio- nal.Apremiaçãoaconteceunasededa SecretariaMunicipaldeEducação.Ca- daumdosestudantesrecebeudepre- senteumabicicleta,queforamdoadas pelo NAME, que é um sistema de en- sino que iguala as escolas públicas às particulares.Osistemafoiadotadope- laPrefeituradeLagoadaPrata,quein- vestiucercade500milreais. DeacordocomasecretáriadeEdu- cação,PauleneAndrade,oNAMEcriou umconcursonacionalparaverificaroní- veldeaprendizagemdosalunosquefa- zem parte das redes parceiras. Lagoa da Prata participou deste concurso e conquistoutrêsdoscincoprimeiroslu- gares. “Ficamos muito felizes, são alu- nos que demonstraram um grande de- sempenhoeconcorreramcomoBrasil inteiro.Trêsalunos,sendoumdaEsco- laMunicipalMonteiroLobatoedoisda Escola Municipal Jacinto Campos, fo- ramfinalistas.Elesacertaram100%das questões. O desempate ocorreu pela idade.Estamosorgulhososemvernos- sos alunos brilhando”, disse a secretá- ria. Na cerimônia de premiação, esti- veram presentes o prefeito Paulo Teo- doro,secretários,familiaresdosalunos premiados, professores e funcionários DA REDAÇÃO contato@jornalcidademg.com.br  Depois de o mês de outubro ser marcado pela campanha de mobiliza- ção para prevenção do câncer de ma- ma, conhecida como Outubro Rosa, agora é a vez dos homens. O mês de novembro é internacionalmente dedi- cado às ações relacionadas ao cân- cer de próstata e à saúde do homem. O mês foi escolhido em alusão ao dia 17denovembro,quandosecomemo- ra o Dia Mundial de Combate ao Cân- cer de Próstata. Conforme dados da Organização MundialdeSaúde,ocâncerdeprósta- taéosextotipomaiscomumnomundo eodemaiorincidência.Astaxasdama- nifestaçãodadoençasãocercadeseis vezes maiores nos países desenvolvi- dos. Cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem em homens com mais de 65 anos. Quando diagnosti- cado e tratado no início, tem os riscos de mortalidade reduzidos. No Brasil, é a quarta causa de morte por câncer e corresponde a 6% do total de óbitos por este grupo. De acordo com informações da Fundação Chiquita Perillo, o núme- ro de casos de câncer de próstata re- gistradosdeabrilaoutubrode2015é maior que o de câncer de mama femi- nino. EmentrevistaaorepórterLuizFran- ciscodaRádioVeredas,omédicoDio- go Oliveira, falou sobre a importância de prevenção da doença: Qual o objetivo da campanha dasecretariadeEducação.“Omunicí- pio investiu e agora estamos colhendo osfrutos.Nossosalunosforamequipa- rados aos alunos de escolas particula- res.EssaprovadoNAMEéumsimula- do da Prova Brasil, que acontecerá na próxima semana, e ela mede índice do IDEB(ÍndicedeDesenvolvimentoEdu- caçãoBásica)”,informouAndrade. DeacordocomoprefeitoPauloTe- odoro,acreditareinvestirnaeducação sempre foi prioridade do município. “A educação é o retrato da sociedade. Nesta administração já investimos 37 milhõesdereais.Estoumuitofelizdever aentregadessesalunosparaoestudo. Issonãoéumasurpresaparanós,pois acreditamosnacapacidadedosnossos alunos. O que devemos fazer é investir paraquepossamos,cadavezmais,ver exemploscomoesses”,afirmou. Para o aluno vencedor, Welbert Ví- tor Matos dos Santos, a felicidade de terganhoéimensa.“Eufizaprova,mas não imaginava ganhar. Fiquei muito fe- lizehonrado.Deverdade,eunãoespe- ravaisso”,afirmou. Vencedores: WelbertVitorMatosdosSantos LuizFernandoAlvesSilva BiancaRibeiroLima Além deles mais dez alunos tiveram classificação satisfatória acertando de 70a99%daprova. Novembro Azul? Diogo Oliveira: Essa campanha é para alertar toda a população mas- culina sobre a importância da preven- ção.Sevocêfazseuexameanualmen- te, o toque retal e o PSA total, tem co- moidentificaralteraçõesnapróstata.A grandemaioriadasalteraçõesnaprós- tata não é câncer, são alterações be- nignas,eprecisamosestaratentosais- so.Ocâncerdepróstatatemumainci- dênciaaltíssima,dadosdoINCAapon- tam60milcaosem2014.Infelizmente, quandoagentefazodiagnóstico,ado- ençaestánumafasemaisavançada.Is- sofazqueapossibilidadedecuradimi- nua.Otratamentoéagressivo,temque partirparaumacirurgiaradical,quimio- terapia e radioterapia. Quais são os sintomas? Diogo Oliveira: Os sintomas que indicam alguma alteração na próstata são: o homem que tem que fazer cada vezmaisforçaparaurinar,precisaestar cada vez mais próximo ao vaso sanitá- rio,temasensaçãoderetençãourinária mesmoapósiraobanheiro.Outrosin- toma importante é o sangue na urina. Fazendoosexamesanualmente é possível evitar o câncer? Diogo Oliveira: O câncer não evo- luidemêsparaooutro,porissoqueos examessãofeitosanualmente.Osho- mens que têm mais de 40 anos e ho- mens que tenham histórico da doen- ça na família devem fazer os exames preventivos. A prefeitura está dispo- nibilizando PSA total, que é o rastreio nosangue,paratodososhomensque quiserem.Bastaprocurarasunidades de saúde, os dez PSF’s e a Policlíni- ca, marcar uma consulta ou procurar enfermeira. Só com o exame de sangue é possívelidentificarseháocâncer? DiogoOliveira:Oexamedesangue é importante, mas é preciso fazer o to- que retal. Os homens são resistentes nessesentido,têmmuitopudorcoma partegenital.Quandofalamossobreo examedetoqueparecequeéamorte. A questão de virilidade e masculinida- devaimuitoalémdisso.Temosqueagir preventivamente, porque um diagnós- ticoprecoceaumenta,emuito,achan- ce de cura. Três alunos da rede municipal de ensino são finalistas na Prova Brasil PREMIAÇÃO Eles foram premiados pelo NAME através de um simulado para a Prova Brasil. Além dos três, mais sete alunos receberam uma lembrança por terem acertado entre 70 e 99% da prova ALERTA Os números de casos de câncer de próstata acompanhados pela Fundação Chiquita Perillo são maiores do que os de mama feminino. Welbert, Luiz e Bianca ficaram entre os 5 primeiros colocados da prova, realizada em nível nacional O médico Diogo Oliveira fala sobre a importância do exame de prevenção FOTO: RHAIANE CARVALHO FOTO: ASCOM PMLP Casos de câncer de próstata avançam em Lagoa da Prata CASOS ASSISTIDOS PELA FUNDAÇÃO CHIQUITA PERILO DE ABRIL A OUTUBRO DE 2015 Fonte: Fundação Chiquita Perillo PALESTRA: A Unidade Básica do bairro Gomes realizará uma palestra com o mé- dico Diogo Oliveira no dia 20 de novembro, às 19h, na própria unidade. Também serão realizados durante o mês atendimentos especiais para os homens. Na Unidade Básica do bairro Santa Eugênia as agentes comunitárias de saúde estão fazendo orientações exclusivas sobre o câncer de próstata. Já nas demais unidades alguns responsáveis não foram encontrados para falar sobre o assunto ou não realizarão nenhum tipo de campanha. A Fundação Chiquita Perillo também não fará uma campanha, mas continua com seus trabalhos voltados para a prevenção e tratamento. •Próstata: 75 pacientes •Mama: 69 pacientes •Colo do útero: 20 pacientes •Ovários: 7 pacientes •Útero: 6 pacientes •Pênis: 5 pacientes •Vulva e vagina: 2 pacientes
  6. 6. Sexta-Feira, 13/NOV/2015 9Acesse no Facebook fb.com/jornalcidademgCOTIDIANO DA REDAÇÃO contato@jornalcidademg.com.br  O município de Lagoa da Prata realizou entre os dias 19 e 23 de ou- tubro o Levantamento Rápido de Ín- dices para Aedes aegypti (LIRAa). O resultado assustou a coordenação da Vigilância Epidemiológica, pois a pesquisa foi feita em um momento de estiagem. Mas, nos últimos dias Lagoa da Prata registrou uma chuva fina, o que pode ter piorado o resul- tado do levantamento. Na mesma época do ano passa- do, o LIRAa registrou uma infestação de 1,7%. Já este ano, em um período que não houve chuva, foi registrado 1,8%, que é médio risco. É comum, passado o período chuvoso, as pessoas se esquecerem de adotar cuidados preventivos com relação à proliferação dos mosqui- tos transmissores da dengue. E os casos da doença notificados e con- firmados têm apresentado evolução desde o início do ano. Apesardemedidasdeprevenção realizadas pela Vigilância Epidemio- lógica, Secretaria de Saúde, Secre- taria de Meio Ambiente, Polícia Mili- tar, escolas, empresas e até do Co- mitê Municipal de Combate à Den- gue, os números ainda preocupam a coordenadora da Vigilância Epide- miológica, Janeany de Castro Almei- da, que fala sobre os resultados e a importância da prevenção. Jornal Cidade: Como está a si- tuação do município de Lagoa da Prata quando se fala em den- gue? Janeany Almeida: Agora, come- çando este período de chuva a nos- sa preocupação fica maior. A socie- dade precisa ficar ciente dos riscos que Lagoa da Prata está correndo. Estive em Divinópolis em uma reu- nião com representantes da macror- região paradiscutirmos sobreplanos de estratégia de combate à dengue. O que nos preocupa é que mesmo com o período de estiagem, que não era para ter notificações, em Lagoa da Prata nós tivemos. De agosto a outubro tivemos oito notificações de dengue, e uma morte por suspeita. Nesse período não era para ter no- tificação. Jornal Cidade: Quando foi re- alizado o último Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa)? Janeany: Realizamos de 19 a 23 de outubro. Colhemos larvar em to- dos os bairros da cidade. E é através desse levantamento que obtemos o índice de infestação. Em Lagoa da Prata é índice é de 1,8%, que é con- siderado um médio risco de epide- mia. Jornal Cidade: Que risco esse índice oferece para a comunida- de lagopratense? Janeany: Esse valor é muito preo- cupante, pois a pesquisa foi realiza- da em um período de estiagem. Se o LIRAa tivesse sido feito após essa chuvinha dos últimos dias com certe- za o índice seria muito maior. Ou se- ja, agora corremos o risco de estar- mos com um alto índice de epidemia. Jornal Cidade: A maioria dos focos foi encontrada onde? Janeany: Ao contrário do que mui- tos pensam, a maioria dos focos não foram encontrados em terrenos bal- dios, e sim, em residências. Os focos se alojam em caixas d’água, vasos sanitários, ralinhos, calhas, piscinas, pratos e vasos de plantas. É lamen- tável quando registramos morte por dengue, pois ela poderia ser evitada. Jornal Cidade: Qual bairro tem gerado mais preocupação? Janeany: Os focos foram encon- trados em todos os bairros, mas o bairro que está nos preocupando mais é o Sol Nascente. De oito noti- ficações, três foram deste bairro, in- clusive a morte por suspeita de den- gue aconteceu lá. O bairro Sol Nas- cente recebeu entre os dias 5 e 14 de novembro o mutirão de limpeza. Jornal Cidade: Se acontecer uma epidemia neste final de ano, a Vigilância Epidemiológi- ca já tem alguma estratégia? Janeany: Faremos uma reunião para traçarmos um plano de estraté- gia juntamente com a administração municipal e os secretários de saúde e meio ambiente. Precisamos estar preparados caso ocorra uma epide- mia de dengue no município. Até o dia 1 de dezembro nós temos que mandar esse plano para Divinópo- lis. Essa doença pode ser extinta se a população cooperar 100%. Jornal Cidade: A pessoa que pegou dengue uma vez pode pe- gar de novo? Janeany: Com certeza. Quem pe- gou dengue uma vez pegou apenas um vírus, e a dengue é composta por cinco tipos de vírus. Então, ainda fal- tam quatro. Não dá para sossegar. Jornal Cidade: É verdade que se a pessoa jogar água sanitá- ria em um local com larvas elas podem morrer? Janeany: Não aconselhamos a fa- zer isto, pois se não jogar a quanti- dade correta não adiantará em nada. Limpe o local e seque bem. E sem- pre que tiver algum local suspeito o melhor é chamar a Vigilância Epide- miológica pelo telefone 3261-7591.  Jornal Cidade: O que pode acontecer quando o responsá- velpelaresidêncianãopermitea vistoria dos agentes da dengue? Janeany: Em alguns casos onde sabemos o grau de periculosidade que a residência apresenta e os res- ponsáveis pelo local não aceitam a nossa presença estamos tomando atitudesmaisdrásticas.Tivemosuma reunião com o juiz e a promotoria. Os casos mais perigosos estamos en- caminhando para o Ministério Públi- co. É uma questão de saúde pública. Índice de infestação de dengue preocupa Lagoa da Prata CONFIRMADOS O levantamento registrou onze casos confirmados em um período que é incomum ter registros. Segue em investigação o caso da morte de um morador do bairro Sol Nascente. Durante visita domiciliar, agente da dengue recolhe lixo que pode abrigar focos do mosquito. Obrigação de manter o quintal limpo é do proprietário do imóvel Janeany de Castro Almeida, coor- denadora da Vigilância Epidemio- lógica Mesmo na época da estiagem, o trabalho dos agentes da dengue teve sequência com visitas domiciliares e campanhas educativas. FOTOS: ASCOM/PMLP
  7. 7. Sexta-Feira, 13/NOV/2015 10 Escritor do livro “Tornando sua empresa um sucesso” com mais de 2.000 livros vendidos. Pontos de vendas: Livraria Saraiva, Livraria Cultura, Amazon, Martins Fontes Paulista, Livraria da Folha e outros. Nilson Antonio Bessasnilsonbessas@nilsonbessas.com.br COLUNAS A competitividadedaqualdepa- ramosnomercadonosconvo- ca a sermos excelentes naqui- lo que propusermos a fazer em nos- sas vidas. E isto está claro e eviden- te para todos que se encontram nes- te universo. Não há como sermos in- diferente a esta realidade e exercer- mos mais ou menos as nossas fun- çõesnodiaadia,sejavocêumprofis- sional liberal, um empreendedor do- no do negócio ou contratado de uma pequenaougrandeempresa.Nãoim- porta qual seja a sua posição, o mer- cado exige que você esteja pronta- mente disposto e alinhado para lidar com as adversidades corporativas, e jamais se permitir aventurar-se pelas veredasdodesconhecido.Ocenário requermaisqueconhecimento,visão e comprometimento, requer que te- nhamos atitude com uma postura de dono e que passemos uma imagem pessoal positiva que abra caminhos e envolva as pessoas a nossa volta. Segundo o Jornalista Ricardo Gandra, para vendermos um produ- to, um serviço, uma ideia e até mes- mo um projeto, precisamos primeira- mente vender a nossa imagem. Pois, ninguém está disposto a comprar al- godealguémondeasuaimagemde- põe contra. Passar uma boa imagem é requisito indispensável em qual- quer ambiente. Vale para o candidato a uma vaga de emprego, para o pro- fissional que almeja ser promovido, para o gerente de banco que nego- cia uma captação de recursos, para oempresárioquedemandaumalinha de crédito personalizada, para o mé- dico que atende seu paciente, para o empreendedor à frente do seu ne- gócio e da sua missão. Enfim, todos precisam passar uma imagem positi- va de confiança e credibilidade para obter o êxito desejado. Passar uma boa imagem faz par- te do marketing pessoal que somos convocados a desenvolver e prati- car. Do contrário, podemos ser es- quecidos por quem mais queremos ser lembrados. Podemos ter nossos projetos não aprovados e ainda po- demosternossasideiasnãoassimila- das da forma ideal. O marketing pes- soal para ser efetivo requer uma boa comunicação verbal e corporal. É im- portante que a fala tenha bom tom e boa dicção, e que o corpo tenha uma boa postura e esteja em conso- nância com a fala. Não adianta a co- municaçãoverbaltransmitirumamen- tentar vender alguma coisa, precisa- mos primeiramente vender nós mes- mos. E para isso, precisamos nos olhar com os olhos das pessoas das quais mantemos relacionamentos e enxergarnossospontosfracosepon- tos fortes, de forma que possamos trabalhar e melhorar a nossa postu- ra. Normalmente encontramos defei- tos em todo mundo, menos em nós mesmos. Achamos que todos po- dem estar errados, menos a gente. Estes comportamentos distanciam quemprocuraconstruirumaboaima- gem pessoal. Lembre-se que não po- demos ficar criticando as pessoas à nossavoltaepensarquetodasagem inadequadamenteouquesãoexigen- tesdemais.Olhenoespelho,sejaho- nesto com você e enfrente suas difi- culdades.Sevocêfortímido,procure uma forma para superar a timidez. Se suaposturafísicanãoestiveradequa- da, encontre uma maneira para ade- quá-la. Se você estiver sendo egoís- ta, passe a ser altruísta. Se as pesso- as à sua volta estão sempre criando conflitoscomvocê,nãorevide,façao contrário, ofereça apoio e ajuda, e di- ga que podem contar com você. Lo- go estas pessoas não terão mais dis- posição e forças para baterem con- tra você e serão seus maiores apoia- dores e seguidores. Construir uma imagem pessoal admirável exige sabedoria por parte de quem o faz. Mas, não se esqueça de que o maior sábio é aquele que reconhece que quase nada sabe e que muito precisa aprender. Portan- to, lembre-se disso e não tente ser esperto, agir diferente e criar uma imagem que não tenha uma estrutu- ra e que não seja verdadeira, somen- te com o objetivo de se passar por uma pessoa fora de série em um de- terminado lugar ou situação. A ver- dade sempre vem à tona e revela os fatos. Não pense também que uma boa imagem pode ser construída a partir da posse de um carro impor- tado do ano. Possuir um belo veícu- lo pode chamar a atenção para você, mas, essa atenção somente produzi- rá frutos se a sua imagem pessoal for positiva perante a sociedade. O segredo da boa imagem não depende necessariamente de se ter umfísicoeaparênciadegalãcinema- tográfico. Nada disso! Uma boa ima- gem, com uma postura profissional adequada e ideal, pode ser constru- ída por todos que desejarem atingir sagem que a postura do corpo fala o contrário.Amensagemnãoserápas- sada como deveria e colocará tudo a perder. A aparência física precisa ser saudável onde as roupas e aces- sórios condizem com a função exer- cida. Evitar exageros é fundamental para que o contato não se torne de- sastroso e o objetivo principal seja desvirtuado. Bom senso é indispen- sável para uma postura ideal. Quan- to à mensagem a ser passada, essa precisa ter conteúdo e ser verdadei- ra, de forma que possa ser bem com- preendida. Nunca tente vender algo que você não aprove, pois, seus ar- gumentos não serão autênticos e efi- cazes, levando-o a um resultado de- sastroso. Acredite! Muitos fracassos ocorrem por causa disso. A sua marca pessoal é tão impor- tante quanto a marca da sua empre- sa.Pois,umaéextensãodaoutra.En- tão, as atitudes que você tem no dia a dia perante a sociedade podem aju- dar ou podem atrapalhar os seus ne- gócios.Tudovaidependerdamaneira comovocêévisto.Interagircomaco- munidade com ações positivas, por exemplo, valoriza a sua marca pes- soal e eleva seu valor de mercado. O especialista nesta área, Jussier Ramalho, se tornou famoso em todo país falando justamente sobre este assunto. Suas palestras são requisi- tadas pela elite empresarial e seu li- vro intitulado por: “Você é sua melhor marca” publicado por uma das maio- res editoras da área virou sucesso de vendas. Com jeito simples, mas não simplório, Jussier transformou uma pequena banca de revista e jornal sediada em Natal, no Rio Grande do Norte, numa referência de negócios em todo Brasil. Seu principal trun- fo foi saber trabalhar a sua imagem e vendê-la de forma contundente ao seu público alvo. Saiu do zero, pas- sou fome e hoje é considerado - se- gundo o livro “How to Hire & Deve- lop Your Next Top Performer”, lança- do mundialmente pela Caliper Ame- ricana - um dos 20 melhores vende- doresdomundo.Jussierpercebeu,lá no início, que para ser bem-sucedido ele não poderia fazer da mesma for- maquetodomundofazia,eleprecisa- va inicialmente trabalhar sua própria imagemepostura,paradepoisentão, vender suas ideias, produtos e servi- ços. Se tivesse tentado fazer o con- trário, certamente teria fracassado. Tudo isso confirma que antes de este objetivo. Na verdade, a aparên- cia é que precisa estar bem cuida- daeasroupasadequadasaocontex- to e sem exageros. Cortes de cabe- los exóticos, tatuagens, brincos e ou- trosacessórios,emboranãosejamde usos proibidos, trazem um perfil bem particular do indivíduo e devem ter a sua adoção cuidadosamente avalia- da, conforme a função exercida pelo profissional. O mercado é muito sele- tivo e não poupa ninguém. Se a ima- gem da pessoa não condizer com o ambiente que estiver atuando, bem provável que ela não seja escolhida. Além da imagem física, da postu- radocorpoedafalacomboadicção, outro ponto se faz necessário para a efetividadedomarketingpessoal.Tra- ta-se de como a pessoa se compor- ta em seu ambiente de trabalho e so- cial, bem como perante a sociedade. Pois, não adianta nada você ter uma aparência invejável e falar muito bem, se a sua atitude no dia a dia para se relacionar não for adequada. Se faz necessário juntar a esses atributos, um comportamento respeitável que esteja envolvido por otimismo, bom humor, gentileza e boa educação. As portas sempre se abrem para quem reúne tais atributos. Já do contrário, ninguém suporta se relacionar com gentemal-humorada,pessimista,pre- conceituosaedeatitudesgrosseiras. Pessoasqueagemassimvãoficando de fora do processo seletivo natural do mercado e quando se dão conta se veem sozinhas e fracassadas. Saiba que o mundo a sua volta está lhe avaliando. Você pode se sair bemousesairmal.Tudovaidepender de como estiver fazendo o seu mar- keting pessoal. Mas nunca se esque- ça que este marketing deve ser feito a partir de uma postura sincera e ver- dadeira. Não tente passar uma ima- gem que não seja real, pois logo vem abaixo. E ainda, não tente promover a sua imagem de forma agressiva e for- çadasendoarrogantecomaspesso- as a sua volta. Não funciona! Por fim, lembre-se que a fala e o corpo devem estar em sintonia, am- bos transmitindo a mensagem com disposição,simpatiaeclareza.Osor- riso e o brilho nos olhos agregam va- lor na comunicação que aliados ao bom tom da voz e ao conteúdo da mensagemasseguraumamelhorper- formance ao contato e a relação. Is- so faz toda diferença. Além do mais, nunca esqueça de ser você mesmo. O valor da sua imagemPassar uma boa imagem faz parte do marketing pessoal que somos convocados a desenvolver e praticar. Quem não dá importância a questão corre grandes riscos de não ser bem compreendido, lembrado e aprovado nos assuntos voltados ao ambiente profissional. OCORRÊNCIAS POLICIAIS Idoso cai em golpe e perde mais de8milreais No dia 10 de novembro a Polícia Mili- tarfoisolicitadaparacomparecernarua 27dedezembro,ondeavítimaB.L.(72 anos)relatouquenodiaanteriorrecebeu aligaçãodeumhomemquediziaqueha- viasidoliberadaaquantiade145milre- ais na forma de títulos de ações da em- presaValeparaoidoso.Porém,eleteria quedepositar25milreais. Avítimaalegouquenãopossuíaodi- nheiro.Posteriormente,oidoso recebeu uma nova ligação dizendo que poderia dividiraquantia.Assim,eledepositou8 mil375reais.Apósalgunsminutosrece- beuumaligaçãoinformandoquenãose- riapossíveldepositarodinheiroemsua contaenquantonãofosseconfirmadoo pagamento dos 25 mil. Foi nesse mo- mento que a vítima percebeu se tratar deumgolpe.Diantedosfatos,asinves- tigaçõesseguirão. Assaltoseveículosrecuperados Nodia7denovembroumamulherde 53anosestavaestacionandoseuveícu- lo,umVolksvagem Santana de cor pra- ta,placaHAD9464deBeloHorizonte, quandofoiabordadaporumhomemque armado com um revólver. O indivíduo roubouoveículoefugiu.Oveículofoire- cuperadonodia9,emBomDespacho. Nodia8denovembroaPolíciaMili- tar foi acionada no bairro Maria Fernan- daI.Ondeumhomemde42relatouque estacionou seu veículo Fiat Uno de cor azul,placaGLI6883,emfrenteasuare- sidênciananoitedesábado.Aoamanhe- cerpercebeuqueoveículohaviasidofur- tado. Ocarrofoirecuperadonodia9. Motocicletaprodutodecrimeéloca- lizadaemLagoadaPrata.Umhomemfoi presoporreceptação.Ofatoaconteceu naAvenidaBrasil,nobairroMarília. Fábrica de fogos explode, mas nãodeixavítimas Na manhã do dia 10 de novembro aconteceuumaexplosãoemumafábri- ca de fogos localizada na fazenda São Simão,emJaparaíba.Deacordocomin- formaçõesdaPolíciaMilitar,durantepa- trulhafoiouvidotrêsestrondosvindoda direçãodafábricadefogosPiroarteao chegarem no local constataram o aci- dente. Nomomentodaexplosãonãohavia pessoasnolocal.Paracombaterascha- masfoiacionadoumcaminhãopipada empresaBiosev.AperíciadaPolíciaCi- vilfoiacionadaeapresençadoperitofoi confirmadaparaodiaseguinte.
  8. 8. Sexta-Feira, 13/NOV/2015 11Acesse no Facebook fb.com/jornalcidademgSOCIAL Michele Pacheco •michele@jornalcidademg.com.br •Whatsapp: 37 9 9125-0920 •Facebook: Michele Pacheco II •Instagram: colunista_michelepacheco Rapidinhas Gosto de verdade, de gente que faz a diferença. Que fala e assume o que disse. Falar o que vem na cabeça é muito fácil. Fazer um perfil falso nas redes sociais para falar mal das pessoas também é muito fácil. Difícil é assumir quem você é, mostrar a cara, ter nome e sobrenome, endereço e telefone. Fica a dica! Chuvas - Até que enfim choveu e mudou um pouco o clima. Já estava ficando insuportável aquele calor. Que venha mais chuva! Abre as torneiras, São Pedro! Convite - Está chegando a temporada de apresentações de danças da cidade. Já estou ansiosa para ver as apresentações, pois a cada ano é uma surpresa. Tem gente que paga até R$ 200 para beber e se divertir, mas quando é para pagar R$ 20 para assistir um espetáculo de dança reclama e fala que acha um absurdo esse valor. Aqui tem cultura e pessoas boas que fazem de tudo para isso acontecer. O que falta é público para valorizar e respeitar a arte. Mamãe de primeira viagem - A Marines está a espera do primeiro baby, toda feliz doida para a barriguinha crescer ... Te desejo toda felicidade do mundo, com certeza com essa doçura toda vai ser uma excelente mamãe. Que essa criança abençoada nasça com muita saúde! Comemoração - Gente, vai fazer um ano que estou escrevendo a coluna social no Jornal Cidade e gostaria de comemorar de uma forma diferente. Preciso de sugestões! Ajudem-me com ideias boas. Mande para mim, por favor! Obrigada! EDITORIAL O igente,Apromoçãodeensaiosfotográficosespeciaisparaadultosétantomasculinaquantofeminina.Osensaiossensuais,mais picantesnãoserãodivulgadosnasredessociais,eserãototalmentesigilosos.Portanto,jáfizváriosensaiosdemulheresmaissen- suaisenãotemnenhumafotodessestrabalhosdivulgadosnaminharedesocial.Aproveiteapromoçãoefaçaseuensaiofotográ- ficonormalousensualearrase. JAENE GANDRA Nãoimportaoqueaspessoasdizem.Nãoim- porta quanto tempo isso leva. Acredite em vo- cê mesmo. E você vai voar alto. Só importa o quão verdadeiro você. Confie em você mesmo evoaráalto.Sigaseucoração! EnsaioFotográ- fico Adulto. Foto: Michele Pacheco | Make: Ma- riana Ribeiro Fotos: Michele Pacheco NOITE ITALIANA Anoitede6denovembronoUmuaramaClubefoi marcadacommuitadançacomoshowdeRicke Zezé,eclaromuitamassa.Estavalotado,tinhaco- midadesobraemuitasvariedadesdemassas.Tu- dofeitocommuitocaprichopelaaequipeSaraApa- recida. AZéliadistribuiupalhaitalianaparafechar anoite.Quemnãofoiperdeu!Foiumanoitemuito agradável.VejaasfotosnositedoJornalCidade. REINAUGURAÇÃO DO STUDIO DE BELEZA MARIANA RIBEIRO Bruna, vou tirar o chapéu para você, pois con- seguiu fazer uma revolução no studio da Maria- naRibeiro.Bom,sobreonovolocaldetrabalho, ficoumuitoluxuoso,umchiquêdanado...tudode muito bom gosto. Parabéns Mariana pela a sua forçadevontadedecrescereacadadiabuscar seuespaçonomercadodetrabalho,oferecendo mais conforto para suas clientes. Enfim, desejo quevenhamnovasclientesequesuaagendafi- que sempre lotada. Sucesso amiga! DÚVIDAS Onde passar o ‘revê’? NOIVADO Sábado, 7 de novembro, foi a trocadealiançasdenoivadoen- treMarianaeJoãoPaulo.Napre- sença de familiares e amigos o casalcelebrouoromance.Oca- samento está marcado para ja- neiroeseráumabenção!!!Felici- dadesaocasalnestanovaetapa. PARCERIA Issosimsechamaparceriade verdade. Uma vez ouvi que par- ceria é uma via de mão dupla. Agoracompreendiosignificado dessa frase. Tudo pronto, a pro- moção foi um sucesso, as fotos ficaramprontasejáforamentre- gues. Zélia, muito obrigada por confiar no meu trabalho. Parcei- racomovocêésucessonacerta.
  9. 9. Sexta-Feira, 13/NOV/2015 12 Leia também no site: www.jornalcidademg.com.brCOOPERATIVISMO SICOOB CREDIPRATA realiza o II Seminário de Empresários e Empreendedores em Lagoa da Prata Cerca de mil pessoas participaram do evento realizado no centro de eventos da paróquia São Carlos Borromeu PUBLIEDITORIAL O O SICOOB CREDIPRATA rea- lizou na noite do dia 10 de novembro a palestraGestão,CenárioeOportunida- de,comoconsultorempresarialCristia- noLopesparaempresárioseempreen- dedoresdeLagoadaPrata.Oencontro, quefoirealizadoemparceriacomoSE- BRAEecomoSistemaOCEMG,con- tou com a presença de cerca de 1000 pessoas e teve por objetivo dar oportu- nidade aos empresários de se motiva- rem na busca por novos conhecimen- tos e gerar mudanças que resultem no crescimento de suas empresas e, con- sequentemente,nofortalecimento sus- tentáveldacomunidade. Segundo o Diretor do SICOOB CREDIPRATA,AntônioClaret,oprinci- pal objetivo da cooperativa é fazer uma interaçãocomoscooperados.“Fizemos aexposiçãodecomoacooperativatra- balha. Logo após tivemos uma palestra queretrataassuntosatuais,abordandoo cenárioeconômicofinanceiroqueopaís vive,ecomopodemosaproveitaromo- mento para criar oportunidades e evo- luir”,afirmou. Antônio Claret também destacou queacooperativatemoobjetivodege- rar soluções financeiras adequadas e sustentáveis aos seus associados. “O SICOOBCREDIPRATAvisaserreco- nhecido como a principal instituição fi- nanceirapropulsoradodesenvolvimen- to econômico e social dos associados, utilizando-sedetransparência,compro- metimento,respeito,ética,solidariedade eresponsabilidade”,frisou. Ivo Gontijo, Diretor do SICOOB CREDIPRATA, registrou que a coope- rativa busca em definitivo se unir cada vezmaisaosseusassociados.“Émuito bomveressenúmerodepessoasreuni- dasemummomentocomoesse.Acoo- perativahojeestácumprindooseupapel social, construindo uma ponte com es- sesencontrosatravésdaspessoasque fazem a diferença. O país está vivendo uma época em que a gestão faz toda a diferença,ondeprecisamosinovarpara alcançarosucesso.Oobjetodacoope- rativaésensibilizaraspessoasparaane- cessidadedeseassociar,sedesenvol- vereestudaroseuconcorrente.Anossa expectativa é que em um momento em quesósefalaemcrisepossamosajudar adesenvolverpessoasatravésdenosso apoio.Acooperativatemcomofococui- dardeseusassociados”,enfatizou. Para o Presidente do Conselho de Administração do SICOOB CREDI- PRATA,JoséAparecidodaSilva,osas- sociados são a base da cooperativa. E elaestáesempreestarádispostaaaju- darosseuscooperadosasuperareste períododeturbulênciaeconômicaqueo paísestápassando.“OSICOOBCRE- DIPRATAirásemanterfirmenoseuobje- tivoprincipal,fazendonegóciossemdei- xarasuaresponsabilidadesocialeoseu compromissocomosassociadosecom ascomunidadesondeatua,cumprindo commaestriaosvaloreseprincípiosco- operativistaseenriquecendoavidadas pessoasemtodosossentidos”,afirmou. Para o presidente da ACE/CDL, Paulo Roberto Pereira, o SICOOB CREDIPRATA é uma instituição que temvisão.“Acooperativaimpulsionaati- vidadesqualificandomilharesdepesso- asnomunicípioefazendocomqueodi- nheiro de Lagoa da Prata fique no mu- nicípio. Para tudo que a ACE/CDL faz contamoscomaCrediprata”,afirmou. O palestrante Cristiano Lopes des- tacou a sua satisfação em ter palestra- donoevento.“Éumprazermuitogrande ter feito essa parceria com o SICOOB CREDIPRATAerealizaroseventosem Japaraíba,MoemaeagoraemLagoada Prata. Agradeço a todos pela oportuni- dade”,afirmou. O Gerente do SICOOB CREDI- PRATA,LedimirLedo,fezoencerramen- todoeventodestacandoaimportância da presença dos cooperados, empre- sários e empreendedores. “É com um imenso prazer que agradeço a presen- çadetodosquecontribuíramparaare- alização deste evento. Esse evento só aconteceu devido o interesse das pes- soas em participar e agregar conheci- mento”,afirmou. Os Diretores também frisaram que a palestra do Cristiano Lopes mostrou aoscooperadoscomoinovarnagestão de seus negócios e de como a pessoa podetrabalhareevoluirnestemercado. “Queremosafastaromedoqueaspes- soasestãotendodacrise,poiselasem- pre irá acontecer. O impacto da crise atingedeacordocomaformacomque apessoaseporta.EoSICOOBCRE- DIPRATA é um suporte muito forte, em setratandodeapoio”,afirmaram. RESPONSABILIDADESOCIAL OSICOOBCREDIPRATAéumaco- operativa financeira que, além de pos- suirexcelentessoluçõesfinanceirasede serviçosparaseusassociadosparticipa daconstruçãodaqualidadedevidadas comunidades em que está inserida. As açõesdacooperativaacontecememdi- versas frentes, possibilitando a realiza- çãodeprojetoseeventosembenefício dasociedadeeavalorizaçãodacidada- nia. Seja realizando iniciativas próprias ounoapoioaprogramassociaisdesen- volvidosemparceriacomoutrasentida- des,OSICOOBCREDIPRATAsempre buscadifundiraculturadacooperação, acreditandoque,maisdoquedoar,ées- sencialcriarcondiçõesparaqueoscida- dãospossamcapacitar-seecrescer.Foi comestepensamentoqueoSICOOB CREDIPRATArealizouesteseminário. Além de prezar pelo bem-estar de seus associados, realizando palestras sobre saúde e aulas de zumba, a coo- perativa apoia projetos e iniciativas rea- lizadaspordiversasentidades,associa- ções beneficentes, incentiva a prática deesporte,realizandoemparceriacom oProfessordeEducaçãoFísicaCarlos Abraão, uma Copa de Futsal – catego- ria de base, para crianças da cidade e região. Possui parceria com o Sebrae eSistemaOcemg paraoferecer treina- mentosaosseusassociados. DEPOIMENTOS “Sou cooperado há 21 anos e achei sensacional o evento da Crediprata. A palestra me ajudará e muito nos meus negócios. A Crediprata é uma cooperativa que só nos traz benefícios e nos auxilia em tudo que preciso.” LÚCIO OLIVEIRA PRODUTOR RURAL “Sou cooperado há muitos anos e achei o evento muito bom e de excelente qualidade. A palestra foi sensacional e irá acrescentar em meus negócios. Como empreendedor digo que a palestra merece ser colocada em prática, pois foi de grande valia.” SÉRGIO VELOSO DE MELO EMPRESÁRIO “Particularmente, foi muito interessante e acho importantíssimo este tipo de evento que fala sobre empreendedorismo voltado para o comércio, escola e em casa também. Espero que no próximo possamos falar sobre gestão de pessoas, que é o grande problema que temos em casa, escolas e empresas.” ROBERTO MIRANDA DIRETOR ESCOLAR “Esta é a primeira que participo de um evento como este que é sensacional. Creio que a palestra me auxiliará nos negócios. Tudo que é positivo vem para acrescentar. A crise é apenas uma oportunidade de vencermos os obstáculos.” ÍTALO LACERDA EMPRESÁRIO “Gosto muito de me atualizar e palestras assim me incentiva. A Crediprata é um banco que temos como família e quando o convite parte deles só podemos esperar tudo de bom. Estamos passando por um momento de crise e é bom ouvirmos e colocarmos em prática novas maneiras de agir.” MARIA DA CONCEIÇÃO APOSENTADA “Estamos tendo a oportunidade de acesso a informações para usarmos em nosso dia a dia. E acho muito importante orientações como essa. O assunto é de extrema importância para o cenário que estamos vivendo.” PAULO ODAIR APOSENTADO “Considero importantíssimo o investimento da Crediprata em eventos como este, que incentivam e oportunizam gratuitamente o crescimento dos participantes. Acredito que todas as pessoas se sentiram bastante motivadas com os ensinamentos do palestrante.” SUELEN MORAIS PEREIRA ADVOGADA

×