Se está em suas
mãos, está em
boas mãos.
mãos, está em
Outubro Rosa
Todo mundo junto para
combater e vencer
o câncer de ma...
Edição Semanal
09 a 15 de Outubro 20152 Política
Carta do Editor
Juliano Rossi
• juliano@jornalcidademg.com.br • Fone/What...
Edição Semanal
09 a 15 de Outubro 20154 Política
Vereadores baixam
o nível ao discutir
projeto sobre
transparência na
Câma...
Edição Semanal
09 a 15 de Outubro 20156 Cotidiano
Anuncio Jornal Cidade 09_10 FINAL .indd 1 07/10/15 10:14
Fundação Chiqui...
Edição Semanal
09 a 15 de Outubro 2015 7
Untitled-1 1 26/05/15 09:52
Economia
APatrimoniumestálocalizadanaPraçaCoronelCarl...
Edição Semanal
09 a 15 de Outubro 20158 Cotidiano/Cultura
Manifestações artísticas na
pista de skate
Banda Volta Elétrica ...
Edição Semanal
09 a 15 de Outubro 201510 Social
Colunista
Michele Pacheco
•michele@jornalcidademg.com.br • Fone/Whatsapp: ...
Edição Semanal
09 a 15 de Outubro 2015 11Policial
Conselho Comunitário de Segurança
Pública tem nova diretoria
151 veículo...
Edição Semanal
09 a 15 de Outubro 201512 Cooperativismo
SICOOB CREDIPRATA realiza o
II Seminário dos Empresários e
Empreen...
Jornal Cidade - Ano III Nº 60
Jornal Cidade - Ano III Nº 60
Jornal Cidade - Ano III Nº 60
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal Cidade - Ano III Nº 60

195 visualizações

Publicada em

Jornal Cidade - Ano III Nº 60

Publicada em: Notícias e política
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Jornal Cidade - Ano III Nº 60

  1. 1. Se está em suas mãos, está em boas mãos. mãos, está em Outubro Rosa Todo mundo junto para combater e vencer o câncer de mama. Crediprata www.jornalcidademg.com.br • 09a15deOutubro2015 • Ediçãonº60 • Ano3 • JornaldeDistribuiçãoGratuita • VendaProibida “Deputados de Lagoa” aprovaram o aumento de imposto em MG SICOOB CREDIPRATA realiza o II Seminário dos Empresários e Empreendedores de Japaraíba Vereadores baixam o nível ao discutir projeto sobre transparência na Câmara Municipal Cooperativismo •12 Política •04 Política •02 Policial •11 151 veículos foram furtados ou roubados em LP em 2015 Atéodia23desetembro,aPolíciaMilitarregistrou61motocicletas furtadasouroubadas.Setembrofoiomêscommaioríndicedeveí- culoslocalizados. Dos5deputadosquemaisreceberamvotosnomunicípio,TiagoUlisses(PV),InácioFranco(PV)ePas- torVanderleiMiranda(PMDB)votarampeloaumentodoICMS
  2. 2. Edição Semanal 09 a 15 de Outubro 20152 Política Carta do Editor Juliano Rossi • juliano@jornalcidademg.com.br • Fone/Whatsapp: 37 9938-6310 Cinco conselheiros tutelares são eleitos em Lagoa da Prata População de Cajuri/MG quer reduzir salários de políticos para contratar médicos “Deputados de Lagoa” aprovaram o aumento de imposto em MG •Cinco conselheiros tutela- res foram eleitos em Lagoa da Pratanodia4deoutubro.Aotodo, 11 pessoas concorreram ao cargo. Emboraavotaçãonãofosseobriga- tóriaparaapopulação,foramregis- trados1287votosválidose51nulos. Aposse,queaconteceráemja- neiro, ainda não tem uma data de- finida.Confiraarelaçãodoscon- selheiroseleitos: •Apropostaparareduzirossa- lários dos vereadores de La- goa da Prata de R$ 3.785,84 para R$970,apartirdejaneirode2017, aguarda a boa vontade dos verea- dores que compõem a Mesa Dire- tora da Câmara (Quelli Couto, Ci- daMarcelino,NatinhoePauloPe- reira)paracolocá-laemdiscussão e votação. O requerimento, de au- toriadeAdrianoMoraes,quesoli- citaaredução,foiaprovadonodia 24 de agosto por 6 votos a 2. Cida MarcelinoeNegovotaramcontrá- rios.EapresidenteQuellitambém semanifestoucontráriaàredução. VáriosmunicípiosdoBrasiles- tão dando o exemplo e reduzindo os salários dos agentes políticos. A bola da vez é a cidade de Caju- ri,naZonadaMatamineira.Apo- pulação deve protocolar até o fim domês,naCâmaraMunicipal,um projetodeleideiniciativapopular que propõe a redução dos salários dosvereadores,doprefeitoedovi- ce-prefeito.Aintençãoéque,com odinheiroeconomizado,ummédi- coplantonistasejapagoparaaten- deraúnicaUnidadebásicadeSaú- de do município com pouco mais de4.000habitantes. De acordo com a proposta, a prefeitaMariadoCarmo(PP)dei- xaria de receber R$ 9.680,56 para embolsarquatrosaláriosmínimos, oquecorrespondeaR$3.152;ovi- ce-prefeitoLuizinhoCampos(PP) passaria do salário de R$ 2.904,16 para dois salários mínimos, o que equivale a R$ 1.576; e os nove ve- readores receberiam a remunera- ção de R$ 788 no lugar dos atuais R$2.400. Em um e-mail enviado ao Jor- nalCidade,omovimentonacional pela redução dos salários dos po- líticos pede a mobilização da po- pulação. “Estamos vivendo uma crise econômica, além de moral e ética. Os microempresários estão semcondiçõesdepagaremsuasdí- vidas,comisto,osfuncionárioses- tãoperdendoospostosdetrabalho. Ainflaçãocomeçaaengolirnossos salários. Chegamos a isto, porque ospolíticosgastammaisdoquear- recadam,eaindagastammal,ear- recadam mais do que a população consegue suportar. Estamos mui- to perto do fundo do poço. É che- gada a hora de nos UNIRMOS e nosMOBILIZARMOSparalutar- mospelamoralizaçãodapolíticae dogastopúblico.Precisamosmos- trar aos políticos que eles preci- samaprenderaeconomizaregas- tar apenas no que de fato é neces- sário e abaixo do que de fato é ar- recado, desta forma, reduziremos a dívida pública e os juros. Não é apenasapopulaçãoquetemque apertarocinto,elestambémpre- cisam, e não querem reduzir suas despesas, nem os cargos que ocu- pam. Mas nós faremos com que eles o façam, se nos unirmos. Co- mecemosestalutaevitandoqueos políticoscontinuemrecebendo,do nosso dinheiro, os ALTÍSSIMOS subsídidos(salários)querecebem para a prestação de pouco ou ne- nhum trabalho em prol da popu- lação”. DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br •Empresários e consumido- res mineiros podem preparar o bolso para mais uma facada. Os deputados estaduais aprovaram o aumentodaalíquotadoImpostode CirculaçãodeMercadoriaseServi- ços(ICMS)sobrediversosprodu- tos,queconstamnoProjetodeLei 2.817/15,deautoriadogovernoes- tadual. A votação apertada, por 35 votosafavore27contra,aconteceu nodia30desetembro. Trêsdoscincodeputadosmais votados em Lagoa da Prata apro- varam o aumento do imposto: Tiago Ulisses (PV), Inácio Franco (PV) e Pastor Vanderlei Miranda (PMDB). Votaram contra Fabiano Tolentino (PPS) e Alencar da Sil- veiraJúnior(PDT). Tomar um refrigerante é um hábito que vai exigir um desem- penho extra. A alíquota saltou de 18% para 20%. A proposta prevê o aumento de diversos produtos considerados supérfluos pelo go- vernador,queaindaincluiraçãoti- popet,perfumesecosméticos,ali- mentosparaatletas,telefonescelu- lares,câmerasfotográficasedeví- deo, equipamentos para pesca es- portivaeaparelhosdesomevídeo para uso automotivo. (confira no box). Os aumentos estarão em vi- gorde1ºdejaneirode2016aaté31 dedezembrode2019. O PL 2.817/15, por outro lado, garante isenção do ICMS sobre as contas de energia elétrica para consumidoresdebaixarenda,que sãobeneficiáriosdatarifasocial,e permite ainda o parcelamento do IPVA vencido há mais de 30 dias ematé12prestações. A reportagem do Jornal Cida- deentrouemcontatocomaasses- soriados“deputadosdeLagoa”pa- raqueelesexplicassemosmotivos pelosquaisvotaramafavordoau- mentodoimposto. Inácio Franco disse que ne- nhumdeputadogostadevotarpe- lo aumento de impostos, mas afir- ma estar preocupado com a situ- ação financeira do Estado. “A As- sembleia Legislativa recebeu, na semana passada, o orçamento do Estadode2016queprevêumdéfi- citdeR$8,9bilhões.Onovoproje- to também amplicou a isenção de ICMS nas tarifas residenciais de energia, beneficiando 2,9 milhões deconsumidoresdebaixarenda”, argumentouFranco. TiagoUlissesePastorVander- lei Miranda não responderam aos questionamentosdareportagem. CONTRAOAUMENTO OdeputadoFabianoTolentinovo- tou contra o projeto e sugeriu que o governo corte despesas ao invés de transferir essa responsabilida- de ao consumidor. “O brasileiro já carrega um fardo pesado no paga- mento de tantas taxas e impostos. Precisamoscuidarmelhordasnos- sas contas, cortando onde é possí- vel.Ogovernodeveriafazeromes- mo”,disse. Também contrário ao proje- to, Alencar da Silveira Júnior dis- seque“parahonraroscompromis- sos que assumiu, em vez de cortar gastos, o governo penaliza o cida- dãocomum”. DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br 267votos BiancaSoaresOliveiraSouza 189votos CláudioHenriqueOliv.Vasconcelos 210votos ThaísAparecidaNunesRodarte 135votos IaraAparecidadeOliveiraMoura 133votos CamilaDiasXavier Proposta em Lagoa da Prata ainda está parada nas gavetas da Mesa Diretora da Câ- maraMunicipal Dos5 deputadosquemaisreceberamvotosnomunicípio, TiagoUlisses(PV),Inácio Franco(PV)ePastorVanderleiMiranda(PMDB)votarampeloaumentodoICMS
  3. 3. Edição Semanal 09 a 15 de Outubro 20154 Política Vereadores baixam o nível ao discutir projeto sobre transparência na Câmara Municipal Com 2 votos contrários, Câmara aprova doação de lote para a Amavi •A Câmara de Lagoa da Prata aprovou um projeto de reso- lução que altera o Regimento In- ternodacasa,impedindoosverea- doresdevotaremprojetosquebe- neficiemempresasouinstituições nasquaistenhaminteresseindivi- dualemrazãodesuaatuaçãopro- fissionalouparticipaçãodiretana entidade. A proposta foi apresen- tada pelos parlamentares Quelli Cássia Couto (PPS), Cida Marce- lino(PRB)eNatinho(PDT)evisa darmaistransparênciaeéticaaos trabalhos legislativos. O texto foi aprovadopor8votosa0. O que era para ser um proje- to que seria aprovado sem muito alarde, descambou para ataques pessoais. A vereadora Cida, ao ar- gumentar sobre a proposta, ata- cou o colega Adriano Moreira e o •A Câmara Municipal aprovou oProjetodeLei88/2015,deau- toriadoExecutivo,quevisadesafe- tarumterrenoparaquesejadoado à Associação de Apoio às Vítimas de Violência (Amavi). O texto foi aprovadopor6votosa2.Osverea- dores Fortunato do Couto, o Nati- nho(PDT)eCidaMarcelino(PRB) votaramcontrários,acompanhan- dooparecerdaassessoriajurídica dacasapelainconstitucionalidade doprojetopelofatodoterrenopro- postoserumaáreainstitucional. “A área institucional é aquela reservada para, no futuro, o mu- nicípio construir escola, creche, hospitalouqualquerprédioquevá prestarumserviçopúblico.Dentro danovavisãoarespeitodaurbani- zaçãodascidades,nãoépossívelti- rarafinalidadedessasáreasinstitu- cionais.Emaspectostécnicosade- cisãodaassessoriafoipelaincons- titucionalidade”, explicou o advo- gado Jaime Júnior ao fazer uso da palavra durante a votação, a pedi- dodeCidaeNatinho. Cida alegou que não é contra a instituição,masquenãoadiantavo- taremumprojetoquenãotemem- basamentolegal.“Nãosoucontraa Amavi. O prefeito está doando pa- raaentidadeumloteondenãopo- de ser construído. É uma área ver- de, e já tem no Ministério Público outros imóveis em processo”, dis- se. ParaovereadorNatinho,apre- feitura tem outros lotes que pode- riam ser doados sem trazer ne- nhumproblemaparaomunicípio. “Esseprojeto,quandochegouaes- ta casa, foi analisado pelo assessor jurídico que viu que o projeto era inconstitucional. Nós que somos da comissão de Legislação, Justi- ça e Redação temos por obrigação acompanhar a assessoria jurídica destacasa”,afirmou. O vereador Edmar Nunes (PDT) questionou o argumento que defende a inconstitucionali- dade da desafetação. “Mas como, se existe no local uma quadra co- bertaeumaUnidadeBásicadeSaú- derecéminaugurada?”,indagou. acusoudefazer“politicagem”por meio de seu emprego como assis- tentesocialeporlidardiretamente com famílias carentes. “Esse pro- jeto visa impedir que o vereador assineumdocumentodoandoum lote para um cidadão e chegue na câmaraevote afavornesteproje- to.Àsvezes,overeadorapenasen- tregaumacestabásicaedizparaa pessoaquefoielequemdeu,sendo que ele pegou a cesta na prefeitu- ra. Foi por isso que entrei com es- seprojetodelei”,afirmouCida. Moreira se defendeu também atacando a vereadora. “Sou as- sistente social com orgulho. Tem vereadora que fez concurso para gari e tem vergonha da profissão queexerce.Trabalhahá20anosna função e não tem orgulho do dom que recebeu. Alguém aí já viu al- guma vereadora varrer rua? Se viu não é daqui de Lagoa da Pra- ta”,afirmouMoreira. A presidente Quelli saiu em defesa da colega. “A Cida não tem vergonha da profissão que tem. Muito pelo contrário. Quando o prefeito mandou ela (sic) ir var- rer rua, a Cida pediu para traba- lharjuntocomasoutrasgaris,mas o prefeito colocou ela para varrer somenteemvoltadagaragem.De- pois vem falar que ela tem vergo- nha de ser gari. A vereadora não tem voto de cabresto, ela não tro- ca o seu voto por favores. Por isso queelaestáemumabrigajudicial atéhoje”,afirmouapresidente. O vereador Adriano Moraes tentou apaziguar os ânimos dos colegas. “Peço desculpas a todos queestãoaquieaosouvintes.Aqui não é lugar para lavar roupa suja e nem discutir questões pessoais. Temos que discutir projetos que beneficiem Lagoa da Prata. Esta- mos no caminho errado. Estamos gastandodinheiropúblicopagan- do rádio para fazer campanha an- tesdahora.Estamosaquiparavo- tar os projetos. Os vereadores se manifestaramerroneamenteenão precisavadessabaixaria”,afirmou Moraes. DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br Cida Marcelino e Adria- no Moreira partiram para ataquespessoaisaodiscu- tiremsobreaproposta A desafetação do terreno que será doado à entida- de, de acordo com o asses- sorjurídicodacâmara,éin- constitucional por se tra- tardeumaáreainstitucio- naldomunicípio. TerrenoqueserádoadoàAmavificaaoladodaquadradeesportesdobairroNossaSenhoradasGraças Foto:JéssicaRibeiro
  4. 4. Edição Semanal 09 a 15 de Outubro 20156 Cotidiano Anuncio Jornal Cidade 09_10 FINAL .indd 1 07/10/15 10:14 Fundação Chiquita Perillo inicia a programação do “Outubro Rosa” em Lagoa da Prata Alunos da Apae participam dos Jogos Especiais da Primavera •Omovimentopopularinterna- cionalmente conhecido como “OutubroRosa”écomemoradoem todoomundo.EmLagoadaPrata, aFundaçãoChiquitaPerillodesen- volve ações para conscientizar as mulheres da importância da pre- vençãoparaumdiagnósticopreco- ce. “Dedicamos todo o mês de ou- tubroparaalertarsobreanecessi- dadedaprevenção,independente- mentedaidade,eéimportanteco- •Superar barreiras, quebrar preconceitos, conquistar os objetivos e ultrapassar os limites do possível. A Apae de Lagoa da Prata, representada pela delega- çãode25atletasespeciaise5pro- fessores,participoudosJogosEs- peciais de Primavera, realizados emArcos,nodia24desetembro. Acompetiçãofoidisputadano poliesportivo e contou com a par- ticipação de 133 atletas de 7 cida- des: Lagoa da Prata, Arcos, Bam- buí, Divinópolis, Formiga, Pains e Pimenta. Os representantes de Lagoa da Prata conquistaram medalhas, mas a professora de educação fí- sica Aparecida Maria Diniz des- taca que o mais importante foi o envolvimento deles com a supe- ração dos próprios limites. “A im- portânciadesseseventosvaialém da socialização e da convivência com outras pessoas. Eles mostra- ramparasimesmosquesãocapa- zes de realizar as atividades. Eles deram o melhor de si e trabalha- ram em equipe também, um aju- dandoetorcendopelooutro”,dis- seDiniz. AetapadeArcosdosJogosEs- peciais de Primavera foi disputa- danasmodalidadesdecorridasra- sas, revezamento, caminhada pa- nheceroprópriocorpo,paranotar sealgomudar”,destacouTatiMe- loSoares,presidentevoluntáriada fundação. Onomeremeteàcordolaçoro- saquesimboliza,mundialmente,a lutacontraocâncerdemama.Este movimento começou nos Estados Unidos,quandooutubrosetornou omêsnacional(americano)depre- venção do câncer de mama. A po- pularidade do “Outubro Rosa” al- cançouomundo. De acordo com a Organização MundialdeSaúde(OMS)sãodes- cobertos1,38milhõesdenovosca- sos e ocorrem 458 mil mortes pe- ladoençaporano.NoBrasil,oMi- nistériodaSaúdeestima52.680ca- sosnovosemumano,comumris- coestimadode52casosacada100 milmulheres.“Osnúmerosassus- tam. Cadastradas na fundação te- mos 69 mulheres fazendo o trata- mentocontraocâncer.Diagnosti- car precocemente é a melhor for- madecombatê-lo”,frisouMelo. No dia 17 de outubro a Funda- ção Chiquita Perillo irá desenvol- verumaaçãoemseispontosestra- tégicos da cidade. A iniciativa de- ve atingir mulheres de várias fai- xas etárias por meio da distribui- ção de panfletos e do laço rosa. “O nossotrabalhoéaconscientização, uma vez que a fundação não tem meiosfinanceiroseosinstrumen- tos necessários, como o aparelho deultrassomemamógrafo,alémdo mastologista”,acrescentouMelo. ra pessoa com paralisia cerebral, corrida especial para atletas aci- ma de 40 anos, arremesso de pe- so, lançamento de pelota, lança- mento de dardo, salto em distân- cia, corrida de cadeirante e cami- nhadaparaobeso. O aluno Paulo José, 15 anos, ficou em terceiro lugar na corri- da de 25 metros e ficou satisfeito com o resultado alcançado. “Gos- teidemais.Foibacana.Eumesen- timuitohonradoemterparticipa- dopelaprimeiravezrepresentan- do a Apae, que é uma instituição que eu admiro muito. Disputar os jogosfoiumincentivomuitogran- deparanós”,dissePaulo. Desde o início do mês, vo- luntáriastêmfeitovisitas no comércio, entidades e instituições da cidade a fim de multiplicar a ideia dacampanha. DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br Foto:JéssicaRibeiro Rose,DeniseeFláviasãocolaboradorasdaFundaçãoChiquitaPerillo AApaedeLagoadaPratafoirepresentadapor25atletase5professores Foto:Sala11Fotografia
  5. 5. Edição Semanal 09 a 15 de Outubro 2015 7 Untitled-1 1 26/05/15 09:52 Economia APatrimoniumestálocalizadanaPraçaCoronelCarlosBernardes,15,Centro,LagoadaPrata/MG|Fone:(37)3261-9450 Patrimonium Contabilidade dispõe de 350 milhões em créditos de ICMS para empresas em débito com o estado •Em 01/08/2015 o Estado de MinasGeraislançouoprogra- maREGULARIZE,umprojetoda SEFAZ (Secretaria de Estado da Fazenda)edoGovernodeMinas. Oprogramatemcomoobjetivofa- zercomquemestejaemDÉBITO comoestadoregularizeasuasitu- açãodeformaresidualoucomuma redução,quepodechegara50%de redução. Então,sesuaempresadeveao estadoumparcelamentoemanda- mentooudébitojáemdívidaativa ou outra modalidade, é a hora de aproveitareliquidarsuadívidacom desconto! Funcionaassim: Suponhamosquesuaempresa tenhaumDÉBITOcomoestadode R$2.000.000,00jáatualizadocom jurosemultas,vamosaoscálculos: DÉBITO Valor do débito atualizado (R$ 2.000.000,00)comreduçãode50% oferecidapeloestado: R$1.000.000,00 PAGAMENTO Valordaentrada(30%)emespécie: R$300.000,00 Restante(comcréditodeICMS): R$700.000,00 Agrandevantageméqueova- lorresidualdeR$700.000,00pode serpagocomCRÉDITODEICMS. Sevocêpossuiemcontagráficana suaempresaouseADQUIRIRCOM DESÁGIOdeterceiros.Ouseja,pa- gando apenas uma parte. O desá- gio (negociação onde você conse- guecomprarcréditodeICMSabai- xodovalornominal)dehojeestáen- tre25%a35%. Acontafinal: Então, supondo que consi- ga um deságio de 35% na compra do Crédito de ICMS, sua dívida de R$2.000.000,00seriapagaporR$ 755.000,00. DÉBITO Valor do débito atualizado (R$ 2.000.000,00)comreduçãode50% oferecidapeloestado: R$1.000.000,00 PAGAMENTO Valordaentrada(30%)emespécie: R$300.000,00 Restante(comcréditodeICMSad- quiridoemdeságiode35%): R$455.000,00 APatrimoniumContabilidade eConsultoriaEmpresarialinforma quedispõedeR$350.000,000,00( TrezentoseCinquentaMilhões) emcréditosdeICMSparavenda. Caso tenha interesse, nos pro- cureparafazeranegociação,poiso prazoterminaem30/11/2015,etal- vezatélánãotenhamosmaiscrédi- tos! Tambémpodemosteauxiliarno seuprocessojuntoaSEFAZ,paraa corretaregularização. PUBLIEDITORIAL
  6. 6. Edição Semanal 09 a 15 de Outubro 20158 Cotidiano/Cultura Manifestações artísticas na pista de skate Banda Volta Elétrica se apresenta em espaço alternativo ao Rock in Rio Morador de Lagoa da Prata reencontra os filhos após 22 anos •IdealizadopeloColetivoNexal- gum,oPequenasIntervenções visa a ocupação cultural de espa- çospúblicos.Emsua10ªedição,que acontece neste domingo (11/10), a ocupaçãotrarádiferentessons,for- matoseexperiências,acomeçarpe- •Entreosdias24e25desetem- broabandaVoltaElétricapar- ticipoudaViradaCulturalrealizada nobairroBotafogo,noRiodeJanei- ro,eventorealizadoparalelamente aoRockinRio.Aoportunidadesur- giuapartirdaindicaçãodabandaca- riocaSoundBullet.“Conhecemoso pessoalemumfestivalqueaconte- ceuemTimóteo,MinasGerais.Fi- camosamigoseelesnosindicaram pratocaremumdoseventosparale- losqueacontecemduranteoRockin Rio,aViradaCultural”,afirmaramos componentesdaVoltaElétrica.Na sequência,osmúsicoslagopratenses fizeramumaapresentaçãonoPalco Pepsi,dentrodaCidadedoRock. NapassagempeloRiodeJaneiro osintegrantesdaVoltaElétricaapro- veitaramparadivulgarocd“Mun- dana”. “Curtimos os shows de vá- riasbandas.Fomoscomointuitode aproveitaredivulgaroCD‘Munda- na’nacidadedorock.Muitobemre- cebidospelosfãsepelamídialocal, distribuímosmuitoscd’sparaosvisi- tantesdofestivalefizemosadivulga- çãoparaocanalMultishowqueco- briaoevento.Estamosmuitofelizes comarepercussãoereconhecimen- todonossotrabalho”,contaram. CriadahádoisanosabandaVolta ElétricaéformadaporDavidRibei- ro(contrabaixoevoz),VitorBorges (guitarra,gaitaevoz)eDerekGom- bradi (bateria e voz). Davi Ribeiro destacaqueaideiademontarees- truturarumabandasurgiuemuma conversa entre os músicos que ti- nham o objetivo de criar canções autorais. Gombradi fala da sensação da bandadelevaronomedeLagoada Prata pelo Brasil. “É gratificante! Sempre levamos o nome de Lagoa daPrataporondepassamos.Issoé oestímuloparafazermosumótimo show”,frisou. lolocal,umtantoquantoinusitado. Osomvaiacontecerdentrodobowl (piscina)dapistadeskate,aoladoda lagoa,apartirdas15h. ONexalgumcontarácomoapoioda ALSK(AssociaçãoLagopratensede Skate)eambémteráaajudado“Plan- ta”,coletivodearquitetos urbanistas quebuscamcorrelacionaroprojeto arquitetônicocomapossibilidadede cultivarnovasações.Enesseintuito, virãodeBeloHorizonteparaplantar ideiasemudaracaradoPequenasIn- tervenções.Oeventoéabertoaopú- blicoeteráinícioàs15h. ColetivoNexalgumrealiza a 10ª edição do evento cul- tural Pequenas Interven- ções A banda lagopratense to- cou na Virada Cultural de Botafogo e deu uma canja no palco Pepsi, durante o festival Oreencontroaconteceuapósumamigopostar uma fo- todeMiguelemumaredesocial. DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br •Apósterumafotodivulgadano Facebook, Miguel Barbosa de Almeida reencontrou seus filhos depois de 22 anos sem saber onde eles estavam. De acordo com Car- losPereira,oamigodeMiguelque postousuafotonainternet,oencon- tro, que aconteceu no dia 27 de se- tembro,foiemocionante.“Eleluta contraumcâncernagargantaeestá muitofraco.Hojeeletem37quilos. A visitadosfilhosofezganharforças paralutarcontraadoença”,afirmou. Miguel é natural de Mato Ver- de,naregiãoNortedeMinas,eépai detrêsfilhos.Tudocomeçouquan- doeleseseparoudamulher,deixou suacidadedeorigemefoiparaBelo Horizonte.“Nósoconhecemosem BH há pouco mais de 20 anos. De- poisqueseseparoudamãedeseus filhoselemoroucomumasenhora quefaleceuháunsdoisanos,eosfi- lhosdelacolocaramelenarua.Fica- mos sabendo das dificuldades que ele estava passando sem um lugar para morar. Então, minha mãe de- cidiu buscá-lo e o trouxe para La- goa da Prata. Há algum tempo co- meçouasentirfortesdoresnagar- gantaefoidiagnosticadoocâncer”, contouCarlos. Muito debilitado, Barbosa não reconheceuseusdoisfilhosnaho- ra, Ednalva e Edmárcio. “Eles vie- ram no outro dia e quando chega- ramnósfalamosqueosfilhoseram médicos que tinham vindo exami- ná-lo, e ele não os reconheceu. No momentoemquefalamosqueeram seusfilhos,oMiguelficousemrea- ção.Aúltimavezqueostinhavisto elesaindaeramcrianças.Aemoção tomoucontadetodosnósaoveres- sereencontro”, disseCarlos. Depoisdeconversarem,osfilhos decidiramlevaropaicomelespara Uberaba,noTriânguloMineiro,on- demoramatualmente.“Láeleiráse tratareassimqueestivermaisforte, irãolevá-loaMatoVerdevisitartoda afamília,poisospaisdeMigueles- tãovivosetodaafamíliaestáansio- sapararevê-lo”acrescentouPerei- ra. DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br ArquivoPessoal Fotos:ArquivoPessoal Abandaaproveitouparadivulgarodisco“Mundana”duranteoRockinRio Migueleosfilhosnodiadoreencontro MigueleoamigoCarlosPereira, queoacolheuepromoveuore- encontrodafamília.
  7. 7. Edição Semanal 09 a 15 de Outubro 201510 Social Colunista Michele Pacheco •michele@jornalcidademg.com.br • Fone/Whatsapp: 37 9125-0920 Rapidinhas DOSEDUPLA AsgêmeasSofiaeLaraandamsempredesfilandocom modelitoslindos.Essasgatinhasaindamandambeijos paraasfalsianes. ElassãofilhasdeKaremeFelipe. VEM JOAQUIM! Nomêsdascriançasoquemaistemémamãedoidapa- raverorostinhodoseufilhonojornal.AmamãeMila eopaiFrancisconãosãodiferentes.Elesestãoaespe- radeJoaquim. Foto:DemetriusFerreira. MARINA DUARTE Ela está numa alegria que só... rindo de orelha a ore- lha com a chegada do primeiro baby, o Luiz Augus- to! Foto:CléoCastro. ALINDABELA! IsabelaéfilhadaÁguidaBernardeseMarceloAntunes. EssagatinhabrilhouparaalentedofotógrafoJeanOlivier. ACORDOU! OJoãoPauloestavanaquelesoninhomaisgostosoea mamãeMaríliao acordouparapassear.“Porisso,es- toucomessacarinhadesoninho”.Fotofeitapelomeu amigoefotógrafoGustavoDesidério. •Atenção, mamães! Continua a promoção até o fi- nal de outubro, books infantis com 20 fotos no valor deR$150.Oimportanteéregistrartodososmomentos, pois as crianças crescem rápido e não tem como voltar notempo.Ligue379125-0920emarqueseuhorário. •Parceriasquesomam-Eu(MichelePacheco),Ana LúciaealojaIsabelaAcessóriosestamosjuntasparate dar uma cesta de produtos de maquiagem e fazer você ficaraindamaisbelaefeliz.Pensandosempreemcon- fortoepraticidadenosdiasatuais,essaparceriaunebe- leza,produtosdeboaqualidadecompreçobomefotos. FaçasuainscriçãocomaLuananalojaIsabelaAcessó- rios.Temospoucasvagas. •Marcela Loren, arrasou nas fotos para a Luíza Mo- das.Feztantosucessonaredessociais.Bombouuuuu.... parabénsgata! •FotosReveladas-Paracomemorarodiadascrian- ças a Luíza Baby está com a loja toda em promoção. E quemganhaopresentesãoosclientes,quedesdepeque- nossabemescolherbem. NascomprasacimadeR$150 você estará concorrendo ao Book Fotográfico, com 10 fotosreveladasgrandes.Osorteioseránodia12deou- tubro,às11:30naloja.Participe! •MeSegue!Paraficarpordentrodetodososbabados dacidade,nasredessociaisacesseoinstagram@colu- nista_michelepachecoeFacebook:MichelePacheco II. Ainda no site www.jornalcidademg.com.br a co- berturacompletadosmelhoreseventos. •CêqueCêTama-Vemaí!Afestaaconteceránodia 31deoutubro.Aguardem! •Convite- Atençãocrianças!Nodia12deOutubrotem um grande evento na nova Casa de festas Gira Girafa, commuitospersonagensvindosdeBeloHorizonte.Pa- rateroingressoéprecisoquevocêleve1kgdealimen- tonãoperecível.Atrocaseráfeitaatédia11deOutubro das9às18hs(RuaEspíritoSantonº703)Paramaisinfor- maçõesliguenotelefonefixo(37)3262-3737efalecom aDenise.Nãofiquedefora!!!Estamospreparandouma grande festa de inauguração para as crianças, e é claro, estareiláfazendomuitasfotos.Nãoperca!
  8. 8. Edição Semanal 09 a 15 de Outubro 2015 11Policial Conselho Comunitário de Segurança Pública tem nova diretoria 151 veículos foram furtados ou roubados em Lagoa da Prata em 2015 •Foi eleita no dia 30 de setem- bro a nova mesa diretora do Conselho Comunitário de Segu- rança Pública (Consep). A elei- ção, que aconteceu no Terminal Turístico da Praia Municipal, foi disputadaporapenasumachapa. Como presidente foi eleito Carlos Donizetti Borges, que é policial reformado e ex-tenente •APolíciaMilitardivulgouole- vantamento feito a pedido do Jornal Cidade que mostra o índi- ce de veículos roubados e locali- zadosemLagoadaPrata.Deacor- do com o capitão da Polícia Mili- tar Rogério Costa Simões, setem- bro foi o mês que teve mais veícu- los produtos de furto localizados. “Em comparação com os demais meses do corrente ano setembro foiomelhoremquestãodelocali- zação, com 11 veículos. Agosto se- gueemsegundolugarcom9”,afir- mou. No acumulado do ano, a Po- lícia Militar contabiliza 62 veícu- loslocalizados. Simões também destacou que da Reserva da Polícia Militar de Minas Gerais. “Atuei 30 anos co- mo Policial Militar de Meio Am- biente e de novembro de 2010 até dezembro de 2012 comandei a Guarda Municipal”, afirmou o presidente eleito. Borges ressaltou que o Con- sep sobrevive através de parce- rias com o Poder Judiciário, Mi- nistério Público, empresários e toda sociedade de uma forma ge- ral.“Ocertoéqueasociedadecla- ma cada vez mais pela sensação de segurança, que está cada dia mais difícil, apesar de todo em- penho das Polícias Civil e Mili- tar, mas para aumentar o efetivo dapolíciaficasomenteacargodo furto de veículo envolve carros, motos e bicicletas. Para cada um existe uma pena. “Para melhor compreensão sobre a tipificação do crime de roubo e sua diferen- ciação do crime de furto, torna-se necessáriaumadescriçãomaisde- talhada. Furto é quando um cida- dãoinfratorpegaparasiumamo- tocicleta que estava estaciona- da em via pública sem estabele- cer contato com o proprietário e/ ou condutor do veículo. Portan- to,subtrairparasiouparaoutrem coisa alheia móvel cabe a pena de reclusão de um a quatro anos, e multa prevista no artigo 155. Rou- bo é quando o indivíduo subtrai coisa alheia móvel para si ou para outremmediantegraveameaçaou violência a pessoa reduzido a im- possibilidadederesistência.Ape- naprevistaédereclusãodequatro adezanosemultaprevistanoarti- go 157. Quando um cidadão infra- tor está armado e exige que a víti- alto Comando da Polícia Militar de MG e Polícia Civil e do Gover- no de Minas”, destacou. De acordo com o presidente, a Guarda Municipal é de extre- ma importância para a comuni- dade. “Hoje, salvo engano, são 14 guardas,deumtotaldevintepre- vistos. O que é realmente muito pouco pelos serviços que podem prestar,masoaumentodesseefe- tivo deve-se exclusivamente ao Comandante da Guarda Munici- pal Emerson Silva dos Santos e à Administração Municipal”, afir- mou. Confira a composição da nova diretoria: maentregueseuveículo,ameaçan- do-a ou usando de violência con- traocondutore/oupassageiropa- ra tomar posse do bem também é consideradoroubo”,afirmou. Segundo o capitão, as motoci- cletas representam 40,41% do to- taldeveículosfurtados/roubados em Lagoa da Prata em 2015. “Tal fatopodeserexplicadopelagran- de frota deste tipo de veículo que existe na cidade, além da facilida- de que os infratores encontram, como falta de alarmes, chaves fal- sas,dentreoutros.Asbicicletasfi- guramemsegundolugarcompar- ticipação de 25,83% dos crimes, que a exemplo das motocicletas, também são alvos fáceis em com- paração com os outros veículos, principalmente devido a falta de mecanismos de identificação vei- cular,comoasplacas”,destacou. Orelatóriotambémapontaque veículos localizados em Lagoa da Prataforamfurtadosouroubados Presidente: CarlosDonizettiBorges Vice-Presidente: FranciscoCabraldaSilva 1ºSecretário:FlávioTavares 2ºSecretário: ChristianodeCastroMaciel 1°Tesoureiro: AvelinaMariaFerreira 2ºTesoureiro: HelenaKeslerRochaBrasil ConselhoDeliberativo: Eduardo de Bessas Malta, Carlos CastilhoGonçalveseGilsondaSil- va ConselhoFiscal: ViniciusRezendedeMelo,Rober- toAntônioAmaraleJoséOtaviano deMouraJúnior em vários municípios. “Comu- mentenosdeparamoscomveícu- los produtos de crimes de outras cidades que são abordados e con- sequentementelocalizadosemLa- goadaPrata”,afirmou. Asbicicletaspossuemamenor taxa de localização se comparado comosdemaisveículos,poisafal- ta de identificação das bicicletas, desmanche e troca de peças difi- cultam sua localização. “No geral, a cidade possui uma taxa de loca- lizaçãode41,05%,númeroqueso- mentenãofoimaissatisfatóriode- vido ao reduzido número de bici- cletas localizadas. A forma que mais facilita a localização de veí- culos furtados, é a denúncia anô- nima recebida pela Polícia Mili- taratravésdostelefones190e181, além de contato com pessoas idô- neas da sociedade que repassam informações sobre tais veículos. Outra forma eficaz que possibili- ta a localização são as abordagens deiniciativaprocedidaspelosmi- litaresescaladosnopoliciamento”, explicou. Leia o levantamento completo no site www.jornalcidademg. com.br O principal objetivo do Consep é apoiar os órgãos quetrabalhamemconjun- to para manter a seguran- ça pública e amenizar os problemas causados pela violência. Atéodia23desetembro,a PolíciaMilitarregistrou61 motocicletas furtadas ou roubadas. Setembro foi o mês com maior índice de veículoslocalizados. DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br DA REDAÇÃO redacao@jornalcidademg.com.br ArquivoPessoal Foto:RhaianeCarvalho Opolicialmilitarreformado,CarlosDonizettiBorges,seráonovopre- sidentedoConsep DeacordocomoPM,foramregistradas39ocorrênciasdefurtodebicicletaem2015
  9. 9. Edição Semanal 09 a 15 de Outubro 201512 Cooperativismo SICOOB CREDIPRATA realiza o II Seminário dos Empresários e Empreendedores de Japaraíba •OSICOOBCREDIPRATAre- alizounanoitedodia3deou- tubro o II Seminário dos Empre- sários e Empreendedores de Ja- paraíba. O evento, que foi reali- zadoemparceriacomoSEBRAE teveporobjetivodaroportunida- de aos empresários de se motiva- rem na busca por novos conheci- mentosegerarmudançasquere- sultem no crescimento de suas empresas e, consequentemente, no fortalecimento sustentável da comunidade. O evento contou com a pre- sença de diversas autoridades, do analista técnico do SEBRAE Dênis Magela da Silva e cerca de 400empresárioseempreendedo- resdeJaparaíba,comotambémda BandaArcodeSol,daASCULT– AssociaçãoComunitáriaCultural deJaparaíba,quefeza aberturae encerramentodoevento. De acordo com o Sr. Antônio Claret, diretor do SICOOB CRE- DIPRATA, o país vive um mo- mento em que a fase é de crise para alguns e oportunidade pa- ra outros. “Existem alguns pon- tos importantes para se pensar em uma época como esta. Há al- gumas perguntas que devemos nos fazer: Como estou prepara- do?Comoreagir?Ondepossome apoiar? Quem são meus parcei- ros? Por melhor que você esteja deve estar sempre preparado pa- ra o pior, pois se você tiver alter- nativas com certeza sobressairá. Neste momento, quem agir com sabedoriairásuperartodoequal- querobstáculo.Quandosetratade parceria,oSICOOBCREDIPRA- TAésemdúvidasumacooperati- va que apoia os seus cooperados, seja na fase de crescimento, esta- bilidadeounomomentodecrise, buscando soluções sustentáveis, de acordo com a demanda”, afir- mouodiretor. Clarettambémenfatizouque a cooperativa tem investido no crescimentodoseuscooperadose disponibilizado diversas linhas de créditoquesãoadequadasparaca- dacooperado.“Nossaintençãoées- taraoladodosempresários,micro- empresárioseprodutoresruraisda comunidade.AquiemJaparaiba,já investimos na realização de diver- saspalestraseoficinasemparceria comoSEBRAE(deplanosdenegó- cios e gestão financeira) para aler- tarosempresários,microempresá- rioseosprodutoresruraisparaque énecessárioinvestirnagestão.So- mosparceirosdacomunidadeees- tamosadisposiçãoparaouvireau- xiliarnoqueforprecisoparaode- senvolvimentolocal.” ParaJoséAparecido,presiden- te do Conselho de Administração do SICOOB CREDIPRATA, a co- operativaestáesempreestarádis- postaparaajudarosseuscoopera- dos a superarem este período de turbulência econômica que o país estápassando.“OSICOOBCREDI- PRATAirásemanterfirmenoseu objetivo principal, fazendo negó- cios sem deixar a sua responsabi- samempreenderosseusnegócios. Empreendedorismonãoésomen- teterumnegócioesimteratitude. Eugostariadeagradecerpelaopor- tunidadequeacooperativamedeu, poismedianteatantospalestrantes serescolhidoémotivodeorgulho. Todos estão de parabéns por este belíssimo evento. Vamos continu- ar acreditando no cooperativismo enoempreendedorismo,poisestes são os caminhos para o futuro das comunidadesecidades”,enfatizou. lidade social e o seu compromisso comosassociadosecomascomu- nidadesondeatua,cumprindocom maestriaosvaloreseprincípiosco- operativistaseenriquecendoavida daspessoasemtodosossentidos. O palestrante Cristiano Lo- pes afirmou que a iniciativa do SI- COOB CREDIPRATA foi fantás- tica. “O tema empreendedorismo está muito em alta e é importante lembrarmos que, em um momen- toditocomocrise,aspessoaspreci- Fotos:AlissonMoura Oeventocontoucomapresençadediversasautoridadesecercade400empresárioseempreendedores AntônioClaret,diretordoSicoobCrediprata OpalestranteCristianoLopesinteragiucomosparticipantesdoevento JoséAparecido,presidentedoConselhodeAdministraçãodoSicoob Crediprata BandaArcodeSol,daASCULT–AssociaçãoComunitáriaCulturalde Japaraíba INFORMATIVO INSTITUCIONAL “Lembro-medequandoaconteceuapri- meira reunião preparatória. Desde en- tão,aCREDIPRATAofertamuitosbene- fíciosparaosseusassociados,principal- mentenosetorrural.Acooperativatem boaspropostasefinanciamentointeres- santeparaoprodutor”. José Alves Pereira, empresário e pro- prietáriodaCachaçaPeroba. “ApalestradoCristianoLopesfoimuito construtivaparanósempresáriosecoo- perados.Estoumuitosatisfeitocomoin- centivo que a cooperativa tem nos ofer- tado”. Élcio Gonçalves, empresário e diretor daFogos5Estrelas. “ApresençadaCREDIPRATAemJaparaí- baéfundamentalparaaeconomiadomu- nicípio.Acooperativaéumacooperativa defácilacessoe,mesmocompoucodinhei- ro, com o apoio da instituição elas conse- guem realizar os seus projetos, pois os fi- nanciamentos são ofertados com baixís- simosjuros.OrelacionamentodaCREDI- PRATAcomacomunidadeéexcelente,in- clusiveéumagrandeapoiadoradaAscult edeoutrasinstituiçõesquelevamprojetos paraapopulação.Oobjetivodelesnãoésó o lucro e sim exercer um papel dentro da comunidade,comofazem”. CintiaJorgeTeixeiraLopes,diretorada Ascult. “A CREDIPRATA tem procurado de todas asformasajudaraspessoas.Éumainsti- tuiçãoquesabemosque,quandonecessá- rio,podemoscontarcomoapoio.Elestem essa disponibilidade - o que para o muni- cípioéfundamental”. CeliVeloso,vereadora. “Vejo a CREDIPRATA como uma grande aliadaparaospequenosprodutoresepa- ra os grandes empresários. Além de par- ticipar da vida de cada um fomentando o agronegócio e outras atividades, o em- presáriotambémparticipadolucroanual e esse recurso volta para os seus associa- dos. A direção tem a preocupação de fato comosseusassociados,trazendoesclare- cimentoeinformações”. RobertoEmílioLopes,prefeito. DEPOIMENTOS DOS PARTICIPANTES

×