Todos os computadores são ligados em um mesmo barramento físico de dados. Apesar de os dados nãopassarem por dentro de cad...
No anel, os dispositivos são conectados em série, formando um circuito fechado. Os dados sãotransmitidos unidireccionalmen...
A mais comum atualmente, a topologia em estrela utiliza cabos de um concentrador comoponto central da rede. O concentrador...
A topologia em árvore é essencialmente uma série de barras interconectadas.Geralmente existeuma barra central onde outros ...
É a topologia mais utilizada em grandes redes. Assim, adequa-se a topologia de rede emfunção do ambiente, compensando os c...
Trabalho elaborado por:João Baptista      Nº8Pedro Dias         Nº15                          CEF
Topologias da rede
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Topologias da rede

336 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
336
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
27
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Topologias da rede

  1. 1. Todos os computadores são ligados em um mesmo barramento físico de dados. Apesar de os dados nãopassarem por dentro de cada um dos nós, apenas uma máquina pode “escrever” no barramento numdado momento. Todas as outras “escutam” e recolhem para si os dados destinados a elas. Quando umcomputador estiver a transmitir um sinal, toda a rede fica ocupada e se outro computador tentarenviar outro sinal ao mesmo tempo, ocorre uma colisão e é preciso reiniciar a transmissão.Essa topologia utiliza cabos coaxiais. Para cada barramento existe um único cabo, que vai de umaponta a outra. O cabo é seccionado em cada local onde um computador será inserido na rede. Com oseccionamento do cabo formam-se duas pontas e cada uma delas recebe um conector BNC. Nocomputador é colocado um "T" conectado à placa que junta as duas pontas. Embora ainda existamalgumas instalações de rede que utilizam esse modelo, é uma tecnologia obsoleta.Embora esta topologia descrita fisicamente ter caído em desuso, logicamente ela é amplamenteusada. Redes Ethernet utilizam este tipo lógico de topologia.
  2. 2. No anel, os dispositivos são conectados em série, formando um circuito fechado. Os dados sãotransmitidos unidireccionalmente de nó em nó até atingir o seu destino. Uma mensagemenviada por uma estação passa por outras estações, através das retransmissões, até serretirada pela estação destino ou pela estação fonte. Os sinais sofrem menos distorção eatenuação no enlace entre as estações, pois há um repetidor em cada estação. Há um atraso deum ou mais bits em cada estação para processamento de dados. Há uma queda naconfiabilidade para um grande número de estações. A cada estação inserida, há um aumentode atraso na rede. É possível usar anéis múltiplos para aumentar o desempenho.
  3. 3. A mais comum atualmente, a topologia em estrela utiliza cabos de um concentrador comoponto central da rede. O concentrador se encarrega de retransmitir todos os dados para todas asestações, mas com a vantagem de tornar mais fácil a localização dos problemas, já que se umdos cabos, uma das portas do concentrador ou uma das placas de rede estiver comproblemas, apenas o nó ligado ao componente defeituoso ficará fora da rede. Esta topologia seaplica apenas a pequenas redes, já que os concentradores costumam ter apenas oito oudezasseis portas. Em redes maiores é utilizada a topologia de árvore, onde temos váriosconcentradores interligados entre si por computadores ou rotadores.
  4. 4. A topologia em árvore é essencialmente uma série de barras interconectadas.Geralmente existeuma barra central onde outros ramos menores se conectam. Esta ligação é realizada através dederivadores e as conexões das estações realizadas do mesmo modo que no sistema de barrapadrão.Cuidados adicionais devem ser tomados nas redes em árvores, pois cada ramificação significa queo sinal deverá se propagar por dois caminhos diferentes. A menos que estes caminhos estejamperfeitamente casados, os sinais terão velocidades de propagação diferentes e reflectirão os sinaisde diferentes maneiras. Em geral, redes em árvore, vão trabalhar com taxa de transmissãomenores do que as redes em barra comum, por estes motivos.Topologia física baseada numa estrutura hierárquica de várias redes e sub-redes. Existem um oumais concentradores que ligam cada rede local e existe um outro concentrador que interliga todosos outros concentradores. Esta topologia facilita a manutenção do sistema e permite, em caso deavaria, detectar com mais facilidade o problema.
  5. 5. É a topologia mais utilizada em grandes redes. Assim, adequa-se a topologia de rede emfunção do ambiente, compensando os custos, expansibilidade, flexibilidade e funcionalidadede cada segmento de rede.Muitas vezes acontecem demandas imediatas de conexões e a empresa não dispõe derecursos, naquele momento, para a aquisição de produtos adequados para a montagem darede. Nestes casos, a administração de redes pode utilizar os equipamentos já disponíveisconsiderando as vantagens e desvantagens das topologias utilizadas.Consideremos o caso de um laboratório de testes computacionais onde o número deequipamentos é flutuante e que não admite um layout definido. A aquisiçãode concentradores ou computadores pode não ser conveniente. Numa topologia híbrida, odesenho final da rede resulta da combinação de duas ou mais topologias de rede. Acombinação de duas ou mais topologias de rede permite-nos beneficiar das vantagens decada uma das topologias que integram esta topologia. Embora muito pouco usada em redeslocais, uma variante da topologia em malha, a malha híbrida, é usada na Internet e emalgumas WANs
  6. 6. Trabalho elaborado por:João Baptista Nº8Pedro Dias Nº15 CEF

×