O slideshow foi denunciado.
1
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
APRENDA VIOL...
2
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
ÍNDICE
01 Ca...
3
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
ÍNDICE
127 R...
4
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
ÍNDICE
237 E...
5
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
PREFÁCIO
Apr...
6
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
7
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
OBSERVE SUA ...
8
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
Problema das...
9
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
Da Afinação ...
10
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
COMO AFINAR...
11
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
1 PASSO À V...
12
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
2 PASSO À V...
13
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
Praticar es...
14
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
15
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
O Passo 1 é...
16
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
17
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
3 PASSO À V...
18
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
Rio de Lágr...
19
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
Vide Vida M...
20
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
CURURU SOLO...
21
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
CANOEIRO Co...
22
Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
CANOEIRO SO...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Amostra Grátis - Apostila do Professor Cristiano Scuciatto

8.110 visualizações

Publicada em

Amostra grátis do repertório presente na apostila de sua própria autoria. Fora o grande repertório de músicas haverá exercícios para liberação da mão esquerda e direita, técnicas de ponteio tanto de músicas mais simples até as mais instrumental e escalas duetadas.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Amostra Grátis - Apostila do Professor Cristiano Scuciatto

  1. 1. 1 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi APRENDA VIOLA CAIPIRA REPERTÓRIO 17 CURURUS 26 GUARÂNIAS 5 QUERUMANAS 15 CATERETES 15 TOADAS 45 PAGODES 1 BAIÃO 5 VALSAS 3 RASTA PÉS 1 MODA DE VIOLA 133 MÚSICAS CEBOLÃO EM MI PROF. CRISTIANO SCUCIATTO (19)9 9105-9159 http://aprendaviolacaipira.blogspot.com.br/ cristianomusicas31@gmail.com Edição REVISADA E AMPLIADA – Fevereiro 2015
  2. 2. 2 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi ÍNDICE 01 Capa 02 Índice 05 Prefácio 06 Anatomia da Viola 07 Observe a sua Viola 08 Distancia dos Pares Tarraxa Corda 09 Sobre o Cebolão em Mi 10 Como afinar a sua Viola 11 1 Passo Ritmo Cururu 12 2 Passo Acordes D D7 G A7 13 Sequencia E E7 A B7 14 Ritmo do Cururu na Partitura 15 Exercício Dedos 1234 16 Braço da Viola Caipira Notas Naturais 17 REPERTÓRIO DE CURURUS (21) 17 3 Passo Rio de Lágrimas Tablatura da Introdução e Melodia 18 Repique do Cururu 19 Vida Marvada Tablatura da Introdução 21 Canoeiro Tablatura da Introdução e Melodia 23 Peito Sadio Tablatura da Introdução 25 Menino da Porteira 27 Menino da Porteira Instrumental Tablatura da Introdução e Melodia Solo Completo 29 Pescador e Catieiro Tablatura da Introdução 31 Relógio Quebrado 33 Relógio Quebrado Solo da Introdução 34 Hino de Reis 35 Comitiva Esperança Tablatura da Introdução 37 A Vaca foi para o Brejo Tablatura da Introdução 39 O Doutor e o Caipira Tablatura da Introdução 42 Escala de Lá 2 Oitavas 42 Arpejo da Mão Direita 43 O Poder do Criador 45 Pretinho Aleijado Tablatura da Introdução 47 Mundo Velho 49 A Sereia e o Nego d’água Goiano e Paranaense Tablatura da Introdução 51 Ditado Sertanejo Tião Carreiro e Pardinho 53 Hino Nacional Brasileiro 55 Hino Nacional Brasileiro SOLO 57 Barranca de Rio – Terra da Gente SOLO 58 Barranca de Rio – Terra da Gente Harmonia 59 REPERTÓRIO DE GUARÂNIAS (26) 61 Chalana 62 Solo Chalana Instrumental Tablatura da Introdução e Melodia 63 Um Violeiro Toca Sol Maior 65 Um Violeiro Toca Lá Maior 67 Mala Amarela Tablatura da Introdução 69 Cabecinha no Ombro 70 Amargurado 71 Sem Você 72 Ainda Ontem Chorei de Saudade 73 60 Dias Apaixonado 75 Tocando em Frente (Dó Maior) 77 Tocando em Frente (Ré Maior) 79 Saudades da Minha Terra Solo Ponteio (Lá) 81 Saudades da Minha Terra Tablatura da Introdução e Solo Completo 83 Saudades da Minha Terra Mi Maior 85 Saudades da Minha Terra Mi Maior Solo Completo – Tablatura 86 Telefone Mudo 87 Trem do Pantanal Tablatura da Introdução 89 Amanheceu Peguei a viola Tablatura da Introdução 91 Escolta de Vaga Lumes 93 Índia 95 Noite Feliz (Lá Maior) 96 Noite Feliz Instrumental Cebolão Partitura 97 Noite Feliz Tablatura Solo Completo 98 Cavalo Preto - Sol 99 Fio de Cabelo 101 No rastro da Lua Cheia 103 Mercedita 105 Boate Azul – Lá Menor 107 Irmãos da Lua 109 Estrela de Ouro 111 Amor Distante 113 Segura na Mão de Deus 115 REPERTÓRIO DE QUERUMANAS (5) 116 Meu Reino Encantado Solo Instrumental Tablatura da Introdução 117 Meu Reino Encantado 119 Franguinho na Panela 121 Prato do dia 123 Encantos da Natureza 125 Versos aos Pés do Homem
  3. 3. 3 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi ÍNDICE 127 REPERTÓRIO DE CATERETÊS (14) 129 Porta do Mundo Tablatura da Introdução 131 Caminheiro Tablatura da Introdução 133 Avenida Boiadeira Tablatura da Introdução 135 Cuitelinho Lá Maior 137 Saco de Ouro Tablatura da Introdução 139 Tristeza do Jeca - Tablatura da Introdução e Melodia – Solo Completo 141 Poeira 143 A mão do Tempo Tablatura da Introdução 144 Eu, a Viola e Ela 145 Pai João Tablatura da Introdução 147 Felicidade 148 Boiada 149 Carteiro 151 Madri 153 Terra Tombada 155 RITMO DE TOADA - REPERTÓRIO (14) 156 Sequencia E E7 A B7 158 Cabocla Teresa Solo Completo Tablatura da Introdução e Melodia 159 Cabocla Teresa Solo Tablatura da Introdução e Melodia 161 LUAR DO SERTÃO 163 Chico Mineiro Tablatura Solo Completo 165 Filho Adotivo 167 Cio da Terra 169 Boiadeiro Errante Lá 171 Sete Palavras 173 A Caneta e a Enxada Tablatura da Introdução 175 CHUÁ, CHUÁ 177 Meu Velho Pai 179 MÁGOA DE BOIADEIRO 181 Inhambu Xintã Tablatura da Introdução 183 João de Barro Tablatura da Introdução 185 Couro de Boi Mi - Tablatura da Introdução 187 Hey Jude Mi Maior 188 Hey Jude La Maior 189 REPERTORIO DE PAGODES CAIPIRAS 191 Como tocar o Ritmo do Pagode Passo 01 193 Como tocar o Ritmo do Pagode Passo 02 194 Como tocar o Ritmo do Pagode Passo 03 195 Toque do João Mulato 196 Toque do João Paulo Amaral 197 Pagode Arraste do Tião 198 Cipó Preto Os Pagodes do 01, 03 ao 22 São parte do conteúdo do CD Instrumental do Tião Carreiro É Isto que o povo quer 199 Pagode em Brasília (Teddy Vieira – Lourival dos Santos) (Pagode01) Tablatura da Introdução 201 Viola Marruda Índio Cachoeira (Pagode02) 203 Tudo Serve (Tião carreiro - Moacyr dos Santos) (Pagode03) Tablatura da Introdução 205 Baiano no Côco (Moacyr dos Santos - Vaqueirinho) (Pagode04) Tablatura da Introdução 207 Nove e Nove (Tião Carreiro - Teddy vieira – Lourival dos Santos) (Pagode05) Tablatura da Introdução 209 Pagode do Alá (Carreirinho – O Tirola) (Pagode06) Tablatura da Introdução 211 Faca que não corta (Tião Carreiro – Lourival dos Santos – Moacyr dos Santos) (Pagode07) Tablatura da Introdução 213 Rei sem Coroa (Tião Carreiro –Sebastiao Victor) Pg 189 (Pagode08) 215 Rancho dos Ipês (Tião Carreiro –Lourival dos Santos) (Pagode09) Tablatura da Introdução 217 Pagode na Praça (Moacyr dos Santos – Jorge Paulo) (Pagode10) Tablatura da Introdução 219 Sete flechas (Tião Carreiro –Zé Mineiro – Lourival dos Santos) (Pagode11) Tablatura da Introdução 221 Em tempo de avanço (Tião Carreiro – Lourival dos Santos) (Pagode12) 223 Fim da picada (Tião Carreiro –Lourival dos Santos) (Pagode13) 225 É isto que o povo quer (Tião Carreiro – Lourival dos Santos - Zé Mineiro) (Pagode14) 227 Bandeira Branca (Tião Carreiro –Lourival dos Santos) (Pagode15) Tablatura da Introdução 229 Tudo Certo (Tião Carreiro –Moacyr dos Santos) (Pagode16) 231 Linha de frente (Lourival dos Santos – Edgard de Sousa) (Pagode17) 233 Tem e não tem (Tião Carreiro –Moacyr dos Santos) (Pagode18) 235 Futura Família (Tião Carreiro – Dino Franco) (Pagode19)
  4. 4. 4 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi ÍNDICE 237 Empreitada Perigosa (Moacyr dos Santos - Jacozinho) (Pagode20) Tablatura da Introdução 239 Riquezas do Brasil (Tião Carreiro – Tapuã) (Pagode21) 241 Chora Viola (Tião Carreiro –Lourival dos Santos) Pg 217 (Pagode22) Tablatura da Introdução 243 A coisa tá feia Pagode em Brasília (Teddy Vieira – Lourival dos Santos) (Pagode23) Tablatura da Introdução 245 A Viola e a Pescaria - Goiano - Donizete Santos - (Pagode24) 247 A Viola e o Violeiro (Pagode25) 249 Azulão do Reino Encantado Tião Carreiro e Pardinho (Pagode26) Tablatura da Introdução 251 Cavalo Enxuto (Pagode27) 253 Com Deus na frente (Pagode28) 255 Começo do Fim (Pagode29) 257 Falou e Disse - Tião Carreiro - Lourival dos Santos – Piraci (Pagode30) Tablatura da Introdução 259 Minas Gerais – Daniel (Pagode31) 261 Mineiro de Monte Belo - Lourival dos Santos – Serrinha (Pagode32) Tablatura da Introdução 263 Na Barba do Leão (Pagode33) 265 Navalha na Carne - Tião Carreiro - Lourival dos Santos (Pagode34) 267 O Mundo do Avesso - Lourival dos Santos - Tião Carreiro (Pagode35) 269 O Trono da Saudade - Goiano - Romeu Wandscheer (Pagode36) 271 Viola Divina (Pagode37) Tablatura da Introdução 273 Rei do Pagode - Lourival dos Santos - Moacyr dos Santos (Pagode38) 275 Uma coisa puxa a outra (Pagode39) 277 Vacilou virou petisco (Pagode40) 279 Viola Pagodeira - Ronaldo Viola - Menino Cellis - Silvano Ramos (Pagode41) 281 Chora Me liga (Pagode42) 283 Bruto rustico e sistemático (Pagode43) Tablatura da Introdução 285 Brincando com a viola Bambico (Pagode44) Tablatura INSTRUMENTAL *** Pagode do Veio - Messias da Viola Tablatura INSTRUMENTAL (Pagode45) 287 BAIÃO Asa Branca Tablatura Solo Completo 299 REPERTORIO DE VALSAS 285 Estrada da Vida 291 Vida de Pescador 293 Velha Porteira 294 Beijinho Doce 295 Cortando Estradão 297 Moda de Viola Rei do Gado 293 REPERTORIO DE RASTA PÉ 299 Cana Verde 301 Moreninha Linda 303 Baile na Roça 304 AVALIAÇÃO E PLANO DE ESTUDO 305 Então é Natal 307 Pau Brasil INSTRUMENTAL 311 Como afinar a Viola em RIO ABAIXO 312 Noite Feliz em RIO ABAIXO INSTRUMENTAL 313 Bibliografia 315 Escalas Duetadas 317 Green Sleaves 318 Curriculum Prof. Cristiano
  5. 5. 5 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi PREFÁCIO Aprender Viola Caipira é como fazer um mergulho no oceano, suas águas são profundas... Diante da HISTÓRIA do instrumento, sua ancestralidade é notável. Diante da VERSATILIDADE, é gigantesca, mais de 20 afinações diferentes, imagine a riqueza de timbres que podemos explorar disso! Não existe uma escola propriamente dita da Viola Caipira. Cada violeiro tem a sua forma singular de tocar viola. Diante disso temos uma riqueza maravilhosa, por outro lado temos uma dificuldade quanto ao ensino da Viola Caipira diante da ausência de métodos, a viola em todos estes séculos, tem se perpetuado através da oralidade empírica. Quando iniciei meus estudos na Viola me deparei com um quadro assustador! A ausência de bons métodos para o ensino/aprendizagem do instrumento. Todo o material que você tem em mãos é fruto de pesquisa em cima dos poucos métodos, e das aulas e das oficinas que tenho ministrado. Minha intenção não é formar uma nova escola mas de sistematizar, padronizar e registrar a realidade dos nossos “ponteios”. AGRADECIMENTO Ao nosso Deus Senhor da História. A Minha Esposa Lilian a minha filha Isabela, por muitas vezes terem seu marido e pai ausente, nas aulas, ensaios, e apresentações. AOS MEUS MESTRES, minha grande Mestra Ana Maria Bedaque, ao TUTO (Benedito Mariano de Campos), ao amigo José Euclésio, à amiga/mentora Célia Tretell, ao grande amigo Francisco Araújo. TEMPO DE ESTUDO O consagrado método de Guitarra elétrica IG&T tem uma tabela no qual indica 4 horas diárias para quem quer bons resultados no estudo do instrumento. Na Viola Caipira como em qualquer outro instrumento temos uma palavra que define tudo isso DEDICAÇÃO, sem um bom tempo de estudo, e isso com qualidade, não temos progresso tanto técnico como artístico em qualquer instrumento. Muitos alunos iniciantes me perguntam: “Professor eu tenho dom para tocar viola?” Respondendo a Pergunta “dom” tem o significado de “dádiva”. Recebemos nossas “dádivas” do Senhor nosso Deus, interessante que ao longo da história temos diversas “dádivas”. Lembremos de nossos heróis (diga-se gênios) como Pablo Picasso, Ludwig Van Beethoven, que sempre diziam que “Um grande trabalho é resultado de 10% de inspiração somados a 90% de transpiração”. Observe que milagres só Deus faz, e o nosso trabalho é estudar muito, para poder tocar. O grande violeiro Almir Sater em uma de suas entrevistas diz que na juventude “estudava 11 horas diárias”, nada é por acaso ou “sorte”. Logo então quer aprender um instrumento? Você precisa ter um bom instrumento, neste material eu falo sobre encordoamento próprio para a afinação que utilizamos, a distancia ideal entre as cordas e entre os pares de cordas da nossa viola,
  6. 6. 6 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
  7. 7. 7 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi OBSERVE SUA VIOLA Afine ou peça para alguém afinar a Viola. Coloque uma régua sobre os trastes. Se ficar um vão ou se a régua gangorrear o mínimo que seja, o braço do instrumento pode estar empenado; Medir da saída da corda no capotrasto (ou trasto nº 0, se houver) ate o centro do 12º trasto. Repita a mesma operação, desta vez do centro do 12º trasto até a chegada da corda solta no rastilho. A medida da saída da corda solta ate o 12º trasto e do 12º trasto ate a chegada da corda no rastilho tem que ser exatamente a mesma; se houver diferença, de milímetro que seja, sua viola vai afinar quando estiver com as cordas soltas, mas vai mentir as notas presas. Segure a viola em “pé’, com o braço esticado e verifique se os trastes estão esquadro. Se estiver fora do esquadro, mesmo que só um traste, sua viola vai “mentir” as notas presas Passe as costas da mão nas bordas da escala e verifique se as pontas dos traste foram bem acabadas, caso não, essas pontas podem ate machucar na hora de tocar Medir a distancia do 12º traste até a corda solta. O ideal e que a medida seja de, mais ou menos, 4 milímetros. Se a distancia for muito grande sua viola vai ficar muito “dura” para tocar, depois de algum tempo afinada. Toque as notas de todas as casas em todas as cordas para verificar se as não estão trastejando (encostando o traste e “sujando” o som). Verifique se os 5 pares de cordas estão bem definidos no capotrasto (ou pestana). Verifique se os pares estão bem definidos no rastilho. A viola tem 5 pares de cordas e não 10 cordas separadas de qualquer jeito. O ideal é que a distância de uma corda para outra, no par, seja de 2 milímetros, e a distância de um para o outro seja de 7 milímetros. É claro que isto pode variar conforme o tamanho da Viola, mas o importante é que os 5 pares estejam bem definidos. Coloque a mão na parte interna da caixa, abaixo do mosaico da Viola e verifique se possui o reforço. Se não tiver, em pouco tempo, o tampo da sua Viola vai empenar abaixo da tala da escala. Verifique nos cantos internos da caixa a presença do reengrosso. Se a Viola não tiver essa peça, em pouco tempo o tampo ou fundo vai descolar. Dê preferência ao instrumento com filetes nas bordas externas da caixa, mesmo que seja uma faixa simples, pois estes filetes têm a função de “amarrar” as faixas laterais ao tampo e ao fundo. Se possível, com a mão dentro da caixa, verifique se o instrumento possui todas as travas e o leque harmônico (2 travas e leque no tampo e 3 travas no fundo). Verifique se as tarraxas não têm nenhum jogo, e dê preferência às tarraxas de pino metálico fino, pois facilitam a afinação. Verifique na junção do tróculo do braço com a caixa se não existe vão; se houver, o braço está descolado. Olhando na parte de trás do cavalete, verifique se está bem colado. Siga essas dicas e terá um bom instrumento, que facilitará o aprendizado e a execução do mesmo. A Viola caipira, por ter 10 cordas de aço, tem que ser um instrumento macio e bem afinado. Dicas de Eduardo Vieira e Renato Vieira, Da fábrica de Violas Xadrez (Catanduva/SP) Problema das Cordas altas Um problema comum é a altura exagerada das cordas, que no caso faz com que se faça força em demasiado para “apertar” as cordas. A distancia boa é de 4 milímetros.
  8. 8. 8 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi Problema das distância dos Pares de cordas e entre as cordas Um dos grandes problemas em Violas de baixa qualidade é a questão da distancia das cordas nos pares. Observe no desenho abaixo que a distancia entre os pares é de 2 milímetros, leve a sua Viola em um Luthier para ter essa certeza, por que isso facilitará a execução do instrumento, bem como te livrará de problemas como tendinite e LER (lesão por esforço repetitivo) Tarraxa - Sobre a Afinação da Viola Caipira Afinar a Viola não é problema uma vez que você tem um bom afinador, o problema é a Viola "segurar" a afinação! no caso o grande vilão são as tarraxas de péssima qualidade, e o mercado está cheio delas. Graças a Deus a Rozini lançou uma nova tarraxa de 18 dentes que oferece uma maior precisão. Ainda não é aquela "solução para todos os problemas", mas já é um indicador de dias melhores. Fica aqui a dica Na Loja da Música http://www.lojadamusica.com.br/ (se não tiver a venda no site é porque esgotou) Também Existe a tarraxa feita pelo Vitor Scatena Pelo sistema porta auto frenante - usinado o problema é o preço Contato https://www.facebook.com/vscatena Como usamos o Cebolão (nome de como afinamos nossa Viola) no acorde de Ré, por favor, adquira o encordoamento próprio para ré. No mercado existem 3 tipos diferentes, não se engane! Encordoamento para Viola Tensão Para Cebolão em Mi TENSÃO LEVE Encordoamento para Viola Tensão Para Cebolão em Ré TENSÃO MÉDIA Encordoamento para Viola Tensão Para Rio Abaixo TENSÃO PESADA
  9. 9. 9 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi Da Afinação Cebolão em Mi Na música tradicional, algumas afinações de viola são encontradas somente em uma região ou apenas entre alguns violeiros. Outras, ao contrário, são bastante difundidas e conhecidas por diversos nomes. Na região Centro-Sul, as afinações: Rio Abaixo, Boiadeira, Cebolão, Natural e Guitarra são as mais difundidas. Na verdade, a afinação de viola mesmo existem DUAS que é CEBOLÃO, mais usada, e RIO ABAIXO. As demais afinações catalogadas seriam algumas variações dessas duas principais. Uma afinação não é melhor que a outra; trata-se de opção de o violeiro utilizar uma, ou mesmo várias. Apesar de ter usado muitas afinações, acabei optando pela Cebolão, principalmente, por ser a mais utilizada pelas duplas caipiras. Inicialmente, adotei-a na tonalidade de Mi, devido a muitas conveniências. A afinação Cebolão em Ré apresenta, nas cordas soltas, as notas Si e Mi Como a maioria dos instrumentos de cordas apresenta uma destas notas nas cordas soltas, esta tonalidade favorece a integração da viola com estes instrumentos, bem como a execução de peças nos tons mais utilizados.
  10. 10. 10 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi COMO AFINAR SUA VIOLA AFINAÇÃO Embora existam várias afinações na viola em diferentes regiões do país, (Mais de 20 Afinações diferentes documentadas) utilizaremos a afinação CEBOLÃO MI (Afinação Aberta em MI), pois ela é a mais usual e deixa a viola com som mais “vibrante”. Para afinar sua viola utilize um Afinador eletrônico (electronic tuner), hoje em dia eles são baratos e até grandes maestros fazem uso deles com frequência pela sua praticidade. Os pares soltos tem a seguinte afinação: O 1º par é afinado em “E”, a duas cordas são afinadas na mesma altura. O 2º par é afinado em “B”, as duas cordas são afinadas na mesma altura. O 3º par é afinado em “G#” (a mais grossa) e “G#” oitavado (a mais fina e alta) O 4º par é afinado em “E” (a mais grossa) e “E” oitavado (a mais fina e alta) O 5º par é afinado em “B” (a mais grossa) e “B” oitavado (a mais fina e alta) Mini Afinador Cromático D'addario É um Afinador preciso. Pequeno – Fácil de Usar Cromático (F# G#) Bateria de Lítio de Longa Duração Também serve para Violão, Guitarra Elétrica e Contra Baixo. Um aplicativo Gratuito nos Smartfones é o Tuner - gStrings Free Quem usa recomenda!
  11. 11. 11 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi 1 PASSO À VIOLA CAIPIRA Cururu é um ritmo musical bastante utilizado na música caipira. Cururu é o repente, um combate poético, um desafio em trovas ao som de violas caipiras. Nasceu como canto religioso, marcado pela batida de pé. ↓ □ ↑ ↓ □ 1 2 3 4 5 1.Movimento – (↓) Desce com a “costa” da mão, utilize as unhas dos dedos Indicador, Médio e Anular para ter mais som – Toca-se todas as cordas. 2.Movimento – (□) Abafa com o polegar – a unha do polegar descansa abaixo das cordas. Abafe e deixe fazer o barulho de um click. 3.Movimento – (↑) Sobe com o polegar – Toque com a unha do polegar, Utilize a “costa” do polegar - Toca-se todas as cordas. 4.Movimento – (↓) Desce com a “costa” da mão, utilize as unhas dos dedos Indicador, Médio e Anular para ter mais som – Toca-se todas as cordas. 5.Movimento – (□) Abafa com o polegar – a unha do polegar descansa abaixo das cordas. Abafe e deixe fazer o barulho de um click. http://aprendaviolacaipira.blogspot.com.br/
  12. 12. 12 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi 2 PASSO À VIOLA CAIPIRA A VIOLA TEM 5 PARES DE CORDAS - CONTA-SE DA MAIS FINA PARA A MAIS GROSSA MI MI C/ 7 LÁ SI C/ 7 MÃO ESQUERDA PROF. CRISTIANO SCUCIATTO (19) 9 9105- 9159 (19) 9 8802 - 0542 (Oi) cristianomusicas31@gmail.com http://aprendaviolacaipira.blogspot.com.br/ Qual Viola Caipira Comprar? Saiba Como Escolher! Como Afinar Sua Viola Caipira Afinação Afinadores Qual corda comprar? Aprenda o Ritmo Cururu Espaço aluno CIFRAS A B C D E F G NOTAS Lá Si Dó Ré Mi Fá Sol
  13. 13. 13 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi Praticar esta Sequência abaixo: E / E7 / A / B7 E / E7 / A / B7 E / E7 / A / B7 MI MI C/ 7 LÁ SI C/ 7
  14. 14. 14 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
  15. 15. 15 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi O Passo 1 é o Ritmo da Mão Direita O Passo 2 são as notas da mão esquerda O Passo 3 é fazer o 1 e 2 JUNTOS O Passo 4 é CANTAR
  16. 16. 16 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi
  17. 17. 17 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi 3 PASSO À VIOLA CAIPIRA Rio de Lágrimas Tião Carreiro e Pardinho Autores: Tião Carreiro, Piraci e Lourival dos Santos E % % % B7 % E % O rio de Piracicaba Vai jogar água prá fora E % % % B7 % E % Quando chegar a água Dos olhos de alguém que chora E % % % B7 % E % Quando chegar a água Dos olhos de alguém que chora E B7 % E Lá no bairro onde eu moro Só existe uma nascente % B7 % E A nascente dos meus olhos Já brotou água corrente E7 A % E Pertinho da minha casa Já formou uma lagoa % B7 % % % E % Com lágrimas dos meus olhos Por causa de uma pessoa E B7 % E Eu quero apanhar uma rosa Minha mão já não alcança % B7 % E Eu choro desesperado Igualzinho a uma criança E7 A % E Duvido alguém que não chore Pela dor de uma saudade % B7 % % % E % Quero ver quem que não chora Quando ama de verdade MI MI C/ 7 LÁ SI C/ 7
  18. 18. 18 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi Rio de Lágrimas Solo 1|----------------------------------|7-9-7-5-4-7-5-2-5-7-5-4-2-5 2|49--7-5-4-2-0--------------------|--------------------------- 3|38--7-5-3-1-0-0-17---5-3-1-0-0-0|7-8-7-5-3-7-5-1-5-7-5-3-1-5 4|---------------0-27---5-4-2-0-0-0|--------------------------- 5|----------------------------------|--------------------------- 1|4-0-4-5-4-2-0-4-2-----2-4-2-0-----2-0-0-10-10-10-10-10-9--12-12 2|-------------------4-----------4--------12-12-12-12-12-10-14-14 3|3-0-3-5-3-1-0-3-1-----1-3-1-0-----1-0-0------------------------ 4|-------------------2-----------2------------------------------- 5|--------------------------------------------------------------- 1|9--9--9--9--9--7-12-7-12-11--9--7-9--11-11-711--9-7-5-4-4| 2|10-10-10-10-10-9-14-9-14-12--10-9-10-12-12-912—10-9-7-5-5| 3|----------------------------------------------------------| 4|----------------------------------------------------------| 5|----------------------------------------------------------| Para terminar... Harm 1|-------------------------12---------| 2|-------------------------12---------| 3|----7----5-3-1-0--1--0---12---------| 4|----7----5-4-2-0--2--0---12---------| 5|-------------------------12---------| REPIQUE DO CURURU E B7 E ↓□↑↓↓ ↓□↑↓□ ↓ Este Abafado é bem rápido
  19. 19. 19 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi Vide Vida Marvada Rolando Boldrin Autor: Rolando Boldrin Tom: E7 Mixolídio (Escala Modal) Introdução: E7 E7 Corre um boato aqui donde eu moro Que as mágoas que eu choro são mal ponteadas Que no capim mascado do meu boi A baba sempre foi santa e purificada Diz que eu rumino desde menininho Fraco e mirradinho a ração da estrada Vou mastigando o mundo e ruminando E assim vou tocando essa vida marvada A E7 É que a viola fala alto no meu peito humano A E toda moda é um remédio pros meus desenganos E7 É que a viola fala alto no meu peito, mano A E toda mágoa é um mistério fora desse plano A7 D Pra todo aquele que só fala que eu não sei viver Chega lá em casa pruma visitinha A Que no verso e no reverso da vida inteirinha E7 A E7 A Há de encontrar-me no cateretê Há de encontrar-me no cateretê E7 Tem um ditado dito como certo Que cavalo esperto não espanta a boiada E quem refuga o mundo resmungando Passará berrando essa vida marvada Cumpadi meu que inveieceu cantando Diz que ruminando dá pra ser feliz Por isso eu vagueio ponteando E assim procurando minha flor-de-liz
  20. 20. 20 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi CURURU SOLO Vide Vida Marvada Rolando Boldrin E7 1|----4-7-10-9-7-10-9-7-10----4-7-10-9-7-10-9-7-12----- 2|-5-----------------------5--------------------------- 3|----------------------------------------------------- 4|----------------------------------------------------- 5|----------------------------------------------------- E7 1|----4-7-10-9-7-10-9-7-12-10-10-10-9-9-9-7-7-5-4-4---- 2|-5--------------------------------------------------- 3|----------------------------------------------------- 4|----------------------------------------------------- 5|-----------------------------------------------------
  21. 21. 21 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi CANOEIRO Compositor: Zé Carreiro Tom: E (Introdução) E%B7%E%B7%EB7 B7 B7 % % % Domingo de tardezinha, eu estava mesmo à toa. % % % % Convidei meu companheiro pra ir pescar na lagoa % % % % % % % E - Levemos a rede de lan - ce, Ai, ai, vamos pescar de canoa. (Introdução) B7 B7 % % % Eu levei meus apreparo pra dá uma pescada boa % % % % Saímos cortando água na minha velha canoa % % % % % % % E A garça avistei de lon - ge, Ai, ai, chega perto ela voa. (Introdução) B7 B7 % % % Fui descendo rio abaixo remando minha canoa % % % % Eu entrei numa vazante fui saí noutra lagoa % % % % % % % E É o remanso do Rio Par - do Ai, ai, aonde o pintado amoa. (Introdução) B7 B7 % % % Pra pegá peixe dos bão, dá trabalho a gente soa. % % % % Eu jogo o timbó na água, com isso o peixe atordoa. % % % % % % % E Jogo a rede e dou um gri - to, Ai, ai, o dourado amontoa. (Introdução) B7 B7 % % % O rio tava enchendo muito, tava cobrindo a taboa. % % % % Acompanhei a maré, encostei minha canoa. % % % % % % % E Cada remada que eu da - va, Ai, ai dava um balanço na proa. (Fim)
  22. 22. 22 Aprenda Viola Caipira - Violeiro Cristiano Scuciatto - Material desenvolvido para fins didáticos Cebolão Mi CANOEIRO SOLO – PONTEIO Compositor: Zé Carreiro E % B7 % 1|7-7-7-7-7-7-7-7-6-5-4-2-0------ 2|--------------------------4-2-0 3|------------------------------- E % B7 1|-------------------0-2-4-7-7-7-5-5-5| 2|0-2-0--0-2-0-—0-2-4------------------| 3|-----------------------------------| % E B7 E 1|4-4-4-2-2-0-0-0| 2|---------------| 3|---------------| 4|---------------| 5|---------------| E B7 1|2-—-4—--5--7—--5—--4---5—-5----2—--4—-5—-7—---5-—-4--—-5—-5 2|4-—-5-—-7—-9-—-7—--5---7—-7----4---5—-7—-9-—--7—--5—---7—-7 Do min go de tar de zi nha, eu es ta va mês mo à to a 1|-2—-4---5—-11--11—-11-12---11-9---7-—--5--4---2---0—--2--2 2|-4—-5---7--12—-12—-12-14---12-10--9—---7--5---4---2—--4--4 Com vi dei meu com pa nhei ro pra ir pes car na la go a 1|-2---4----5—-4--2--0---2---2-- 2|-4---5----7—-5--4--2---4---4-- Le vemos a re de de lan ce E 1|11-11--5---7---9----11---11---11----7----4 2|12-12--7---9---10---12---12---12----9----5 Ai ai va mos pes car de ca no a

×