SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 34
Baixar para ler offline
Saxofone SOPRANO em SI Bemol
Saxofone Alto em Mi Bemol
DA CAPODA CAPODA CAPODA CAPO
Método ElementarMétodo ElementarMétodo ElementarMétodo Elementar
Para o Ensino Coletivo ou Individual dePara o Ensino Coletivo ou Individual dePara o Ensino Coletivo ou Individual dePara o Ensino Coletivo ou Individual de
Instrumentos de BandaInstrumentos de BandaInstrumentos de BandaInstrumentos de Banda
Joel Barbosa
Barbosa, Joel Luís da Silva, 1964 –
B198 Da Capo - Método elementar para o ensino coletivo ou individual de
instrumentos de banda : Saxofone Alto / Joel Luís da Silva Barbosa. – Belém :
Fundação Carlos Gomes, 1998.
32 p. : il. ; xx cm.
ISBN xyz000
1. Método para banda. I. Título.
CDD 780.77
SAXOFONE
O saxofone faz parte da família dos instrumentos de madeira e seu som é produzido através da vibração
de uma palheta simples. Foi inventado pelo belga Adolphe Sax na década de 1840 e divulgado mais
intensamente na França, durante este período. Sua família inclui o saxofone soprano em mi bemol, o
saxofone alto em mi bemol, o saxofone tenor em si bemol, o saxofone barítono em mi bemol e o saxofone
baixo em si bemol. O dedilhado destes instrumentos são semelhantes, facilitando sua execução. Ele foi
bem explorado no jazz e utilizado por vários compositores famosos no repertório orquestral.
QUADRO DE DEDILHADOS
1
A Lá Sol B Compasso C Fórmula de compasso
= 4 tempos por compassos
D Semibreve E Mínima F Pausa de semibreve
= 4 tempos = 2 tempos = 4 tempos de silêncio
1 - EXERCÍCIO
2 - EXERCÍCIO
3 - EXERCÍCIO
4 - EXERCÍCIO
5 - EXERCÍCIO
2
A Pausa de mínima B Barra final C Barra de compasso
= 2 tempos de silêncio
D Semínima E Fórmula de compasso
= 1 tempo
= 4 tempos por compasso
= = 1 tempo
6 - EXERCÍCIO
7 - PRIMEIRO DUETO
8 - EXERCÍCIO
9 - EXERCÍCIO
10 - BANDA COMPLETA
3
A Si B Sinal de respiração C Pauta ou pentagrama
11 - DLIM-DLIM-DLÃO
12 - BANDA COMPLETA
13 - DLIM-DLIM-DLÃO
Dueto
14 - EXERCÍCIO
15 - EXERCÍCIO
Colocar as barras de compasso, dar nomes às notas e tocar.
4
A Dó B Pausa de Semínima C Fórmula de compasso
= 1 tempo de silêncio
= 3 tempos por compasso
= = 1 tempo
D Clave de sol E Clave de fá
16 - EXERCÍCIO
17 - BAMBALALÃO
18 - DUETO
19 - QUE BELOS CASTELOS
Decorar a melodia
20 - DLIM-DLIM-DLÃO
Banda completa
5
A Ré B Ligadura C Fórmula de compasso
Conectar a segunda
nota com o sopro, sem
articulá-la com “tu”.
= 2 tempos por compasso
= = 1 tempo
D Andamento E Anacruse
Determina a pulsação da
música
Allegro = rápido
Note que as canções 21
e 23 começam no
quarto tempo do
compasso.
21 - MARGARIDA
Allegro
22 - A BARQUINHA
23 - O PASTORZINHO
24 - JINGLE BELLS
Allegro
6
A Mi B Sinal de repetição
C Anacruse D Marcial
Note que as canções 25, 27 e
28 começam no terceiro
tempo do compasso.
Tocar em andamento de
marcha
25 - DE MARRÉ
26 - MARCHA SOLDADO
Dueto com palmas - Completar a melodia
27 - A MANQUINHA
28 - TRÊS GALINHAS
29 - EXERCÍCIO
Colocar as barras de compasso, dar nomes às notas e tocar.
7
A Fá sustenido B Sinal de repetição C Moderato
Repetir o trecho que está dentro das barras de repetição.
Meio devagar
30 - ESPANHA
31 - A MUCAMA
Decorar a melodia
32 - A BARQUINHA
Banda completa
33 - O BALÃO DE JOÃO
34 - EXERCÍCIO
Praticar primeiramente sem as ligaduras
8
A Fá B Ponto de aumento C Ligadura de prolongação
O ponto eqüivale à metade do
valor da nota.
= 3 tempos
Liga notas de mesma altura.
= 3 tempos
D Ambos os sis são bemóis E Armadura de clave de dó maior
Indica que nehuma é
alterada.
35 - A VIUVINHA
36 - AO PASSAR DA BARCA
Decorar a melodia
37 - É LADRÃO
9
Compassos de espera
8 compassos de pausa
38 - MARCHA SOLDADO
Banda completa
39 - BOI DA CARA PRETA
Banda completa
10
A Armadura de sol maior B Cânone
Indica que o
fá é
sustenido.
Gênero musical à duas ou mais
vozes. No caso abaixo à duas. A
segunda voz deve começar a tocar
quando a primeira estiver no 2.
C Colcheia
40 - DLIM-DLIM-DLÃO
41 - O PASTORZINHO
42 - SAPATINHO BRANCO
43 - ZABELINHA
Cânone
44 - EU CHOLE, CHOLE, LÁ
11
A Dó sustenido B Armadura de clave de ré maior C Bequadro D Andante
Indica que o fá e o
dó são sustenidos.
Anula o
acidente da
nota.
Devagar
45 - EXERCÍCIO
46 - POMBINHA ROLINHA
47 - A CANOA
Cânone - Completar a melodia
48 - CARAMBOLA
49 - RÓ, RÓ, RÓ
Cânone
50 - EXERCÍCIO
Colocar as barras de compasso, dar nomes às notas e tocar.
12
A Fá sustenido B Dinâmicas C Divisi D Fermata
piano
U Prolongar a
nota.
forte
51 - DORME, NENÊ
Dueto
52 - BOI BARROSO
53 - ONDE ESTÁ A MARGARIDA?
Decorar a melodia
54 - COELINHO
55 - EXERCÍCIO
Completar conforme o exemplo dado
13
A Sol B Pausa de colcheia C Primeira e segunda casa
56 - A BARATA
Dueto
57 - MARREQUINHA DA LAGOA
58 - ESCALA DE SI BEMOL MAIOR
14
A Mi B Sinais de dinâmica
aumentar a intensidade diminuir a intensidade
59 - CANÇÃO DO CEGO
60 - CAPELINHA DE MELÃO
Banda completa
61 - CONSTANÇA
Cânone (A) e dueto (A e B)
62 - EXERCÍCIO RÍTMICO
Cantar o ritmo batendo a pulsação, em cânone ou seqüencialmente.
15
A Ré B Mezzo Forte C Semínima pontuada
F
Mezzo forte é uma dinâmica entre
piano e forte e quer dizer meio forte
p F f
63 - FREI JOÃO
Cânone à 4 vozes
64 - QUANDO EU ERA PEQUENINO
65 - AINDA NÃO COMPREI
Cânone - Decorar a melodia
66 - ESCALA DE FÁ MAIOR
16
A Acento B Vivo C = cantar
>
Tocar a nota acentuada com mais ênfase,
ou seja, com um ataque mais forte.
Bem rápido
67 - ATIREI O PAU NO GATO
68 - ENTREI NA RODA
Dueto
69 - EXERCÍCIO
Colocar as barras de compasso, dar nomes às notas e tocar.
17
A Fá B Pausa de colcheia
(continuação)
70 - EXERCÍCIO
71 - MANDO TIRO
72 - EU ERA ASSIM
73 - CACHORRINHO
74 - CAI, CAI BALÃO
Completar a melodia
18
A Dó B Sinal de repetição
Repetir o compasso anterior
75 - BICHO PAPÃO
Dueto
76 - ANDE A RODA
77 - NA CORDA DA VIOLA
Dueto – Decorar a melodia
78 - ESCALA DE MI BEMOL MAIOR
Decorar a escala
79 - EXERCÍCIO
Colocar a fórmula de compasso apropriada e bater o ritmo
19
80 - MARCHA GALANTE
Banda completa
Joel Barbosa
81 - MARCHA
Banda completa
Joel Barbosa
20
82 - CRAVO BRANCO NA JANELA
83 - CÂNONE
C. Schulz (*1820, +?)
84 - A TROMPA DE CAÇA
Cânone
85 - DITADO RÍTMICO
Completar os compassos com os ritmos ditados pelo professor
86 - DITADO MELÓDICO
Completar os compassos com a melodia ditada pelo professor
21
A Descanso
87 - LAUDATE, PUERI, DOMINUM
Cânone
88 - LÁ NO PÂNTANO
Dueto
89 - MARACUJÁ
Decorar a melodia
90 - IMPROVISANDO
Improvise com as notas entre parênteses
22
A Lá Si B Stacatto
Tocar a nota mais curta do que
a sua duração normal.
91 - EXERCÍCIO
92 - O TRENZINHO
93 - SERRA, SERRA DO VOVÔ
94 - DOIS POR DEZ ou PÃO QUENTINHO
Dueto
95 - O CORCUNDA
Colocar as barras de compasso, dar nome às notas e tocar
23
A Descanso
96 - EXERCÍCIO
97 - PAPAGAIO LOIRO
98 - LAGOA DO CAPIM
99 - HISTÓRIA DA CABOCLINHA
Decorar a melodia
100 -EU FUI AO JARDIM CELESTE
Dueto com palmas
24
D.C. al Fine (Da Capo al Fine)
Voltar ao começo e terminar no Fine
101 -EXERCÍCIO
Praticar com diferentes dinâmicas
102 -TEREZINHA
103 -ENGENHO NOVO
104 -CIRANDA, CIRANDINHA
Dueto
105 -MATA, TIRA
25
A D.S. al Fine (Dal Segno al Fine) B Fórmula de Compasso C Descanso
Volte ao símbolo ( ) e termine
no Fine
106 -EXERCÍCIO
107 -PARABÉNS À VOCÊ
Completar a melodia
108 -EXERCÍCIO
109 -TENGO TENGO
110 -A ÁRVORE NA MONTANHA
Decorar a melodia
111 -SENHORA DONA SANCHA
26
Colcheia e semínima pontuada
112 -MELÃO, MELÃO
113 -ESCRAVOS DE JÓ
114 -CARNEIRINHO, CARNEIRÃO
Cânone, Decorar a melodia
115 -CHAPEUZINHO VERMELHO
116 -EXERCÍCIO
117 -IMPROVISANDO
Improvise com as notas entre parênteses
27
118 -ALLEGRO E ANDANTE
Joel Barbosa
28
A Compasso quaternário B Compasso ternário C Compasso binário
4
4
3
4
2
4
119 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL
Para ser praticado após a página 05 do método
120 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL
Para ser praticado após a página 06 do método
121 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL
Para ser praticado após a página 08 do método
122 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL
Para ser praticado após a página 10 do método
123 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL
Para ser praticado após a página 15 do método
124 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL
Para ser praticado após a página 18 do método
125 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL
Para ser praticado após a página 22 do método
126 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL
Para ser praticado após a página 25 do método
29
MÚSICAS POR ORDEM ALFABÉTICA
MÚSICA N’ PÁGINA
a árvore na montanha 110 25
a barata 56 13
a barquinha 22 5
a barquinha 32 7
a canoa 47 11
a manquinha 27 6
a mucama 31 7
a trompa de caça 84 20
a viuvinha 35 8
ainda não comprei 61 15
allegro e andante 118 27
ande a roda 76 18
ao passar da barca 36 8
atirei o pau no gato 67 16
bambalalão 17 4
banda completa 10 2
banda completa 12 3
bicho papão 75 18
boi barroso 52 12
boi da cara preta 39 9
cachorrinho 73 17
cai, cai, balão 74 17
canção do cego 59 14
cânone 83 20
capelinha de melão 64 14
carambola 48 11
carneirinho, carneirão 114 26
chapeuzinho vermelho 115 26
ciranda, cirandinha 104 24
coelinho 54 12
constança 65 14
cravo branco na janela 82 20
de marré 25 6
ditado melódico 86 20
ditado rítmico 85 20
Dlim-dlim-dlão 11 3
Dlim-dlim-dlão 13 3
Dlim-dlim-dlão 20 4
Dlim-dlim-dlão 40 10
dois por dez ou pão quentinho 94 22
dorme, nenê 51 12
dueto 18 4
é ladrão 37 8
engenho novo 103 24
entrei na roda 68 16
escala de fá maior 62 15
escala de mi bemol maior 78 18
escala de si bemol maior 58 13
escravos de jó 113 26
espanha 30 7
eu chole, chole, lá 44 10
eu era assim 72 17
eu fui ao jardim celeste 100 23
exercício de divisão musical 119 28
exercício de divisão musical 120 28
exercício de divisão musical 121 28
exercício de divisão musical 122 28
exercício de divisão musical 123 28
exercício de divisão musical 124 28
exercício de divisão musical 125 28
exercício de divisão musical 126 28
exercício rítmico 66 14
frei joão 59 15
história da caboclinha 99 23
improvisando 117 26
improvisando 90 21
jingle bells 24 5
lá no pântano 88 21
lagoa do capim 98 23
laudate, pueri, dominum 87 21
mando tiro 71 17
maracujá 89 21
marcha galante 80 19
marcha soldado 26 6
marcha soldado 38 9
marcha 81 19
margarida 21 5
marrequinha da lagoa 57 13
mata, tira 105 24
melão, melão 112 26
na corda da viola 77 18
o balão de joão 33 7
o corcunda 95 22
o pastorzinho 23 5
o pastorzinho 41 10
o trenzinho 92 22
onde está a margarida? 53 12
papagaio loiro 97 23
parabéns à você 107 25
pombinha rolinha 46 11
primeiro dueto 7 2
quando eu era pequenino 60 15
que belos castelos 19 4
ró, ró, ró 49 11
sapatinho branco 42 10
senhora dona sancha 111 25
serra, serra do vovô 93 22
tengo tengo 109 25
terezinha 102 24
três galinhas 28 6
zabelinha 43 10
1
Joel Barbosa iniciou seus estudos na Banda da Guarda Mirim Municipal de
Piracicaba, SP, depois ingressou no Conservatório Dramático e Musical de
Dr. Carlos de Campos Tatuí, SP, onde se formou em 1985. Após concluir o
bacharelado em clarineta na UNICAMP, obteve bolsas de estudos da
Fundação VITAE e CAPES e seguiu para os EUA, onde obteve o grau de
Doctor of Musical Arts pela University of Washington, Seattle, WA. Ele
tem trabalhado em atividades de bandas como músico, regente, arranjador,
consultor e professor de cursos em São Paulo, Pará, Bahia, Colômbia e
EUA. Atualmente é professor da Pós-Graduação em Música da
Universidade federal da Bahia
Dúvidas e sugestões: tel/fax: 071 3367421, barbosa@ufba.br,
http://www.geocities.com/vienna/strasse/8813,
metodobanda@geocities.com.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Metodo para trompete almeida dias
Metodo para trompete   almeida diasMetodo para trompete   almeida dias
Metodo para trompete almeida diasPartitura de Banda
 
Ensinando figuras de rítmo e valores musicais de forma divertida!
Ensinando figuras de rítmo e valores musicais de forma divertida!Ensinando figuras de rítmo e valores musicais de forma divertida!
Ensinando figuras de rítmo e valores musicais de forma divertida!Priscila Alencastre
 
Livro de exercícios para sax alto Eb
Livro de exercícios para sax alto EbLivro de exercícios para sax alto Eb
Livro de exercícios para sax alto EbPartitura de Banda
 
Método de divisão musical praticado com a flauta doce
Método de divisão musical   praticado com a flauta doceMétodo de divisão musical   praticado com a flauta doce
Método de divisão musical praticado com a flauta doceSaulo Gomes
 
Método para trompete - Aquecimento
Método para trompete  - AquecimentoMétodo para trompete  - Aquecimento
Método para trompete - AquecimentoPartitura de Banda
 
Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.
Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.
Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.Marcelo Oliveira
 
Hinos da harpa cristã.sax tenor
Hinos da harpa cristã.sax tenorHinos da harpa cristã.sax tenor
Hinos da harpa cristã.sax tenorPartitura de Banda
 
Apostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Apostila de contrabaixo prof. Luciano CarvalhoApostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Apostila de contrabaixo prof. Luciano CarvalhoLuciano Carvalho
 
Harmonicos no trombone de vara
Harmonicos no trombone de varaHarmonicos no trombone de vara
Harmonicos no trombone de varabalsense
 
Conceitos para tirar musicas de ouvido
Conceitos para tirar musicas de ouvidoConceitos para tirar musicas de ouvido
Conceitos para tirar musicas de ouvidoHenrique Issacar
 
Hinos da Harpa Cristã.Sax Alto
Hinos da Harpa Cristã.Sax AltoHinos da Harpa Cristã.Sax Alto
Hinos da Harpa Cristã.Sax AltoPartitura de Banda
 

Mais procurados (20)

Metodo para trompete almeida dias
Metodo para trompete   almeida diasMetodo para trompete   almeida dias
Metodo para trompete almeida dias
 
Ensinando figuras de rítmo e valores musicais de forma divertida!
Ensinando figuras de rítmo e valores musicais de forma divertida!Ensinando figuras de rítmo e valores musicais de forma divertida!
Ensinando figuras de rítmo e valores musicais de forma divertida!
 
Da Capo - Trompa em Fá
Da Capo - Trompa em FáDa Capo - Trompa em Fá
Da Capo - Trompa em Fá
 
Livro de exercícios para sax alto Eb
Livro de exercícios para sax alto EbLivro de exercícios para sax alto Eb
Livro de exercícios para sax alto Eb
 
Método Completo de Saxofone
Método Completo de SaxofoneMétodo Completo de Saxofone
Método Completo de Saxofone
 
Da Capo - Trompete
Da Capo - TrompeteDa Capo - Trompete
Da Capo - Trompete
 
Da Capo - Oboé
Da Capo - OboéDa Capo - Oboé
Da Capo - Oboé
 
Método de divisão musical praticado com a flauta doce
Método de divisão musical   praticado com a flauta doceMétodo de divisão musical   praticado com a flauta doce
Método de divisão musical praticado com a flauta doce
 
Método para trompete - Aquecimento
Método para trompete  - AquecimentoMétodo para trompete  - Aquecimento
Método para trompete - Aquecimento
 
Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.
Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.
Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.
 
Da Capo - Tuba Bb
Da Capo - Tuba BbDa Capo - Tuba Bb
Da Capo - Tuba Bb
 
Da Capo - Trombone
Da Capo - TromboneDa Capo - Trombone
Da Capo - Trombone
 
Hinos da harpa cristã.sax tenor
Hinos da harpa cristã.sax tenorHinos da harpa cristã.sax tenor
Hinos da harpa cristã.sax tenor
 
Apostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Apostila de contrabaixo prof. Luciano CarvalhoApostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Apostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
 
Harmonicos no trombone de vara
Harmonicos no trombone de varaHarmonicos no trombone de vara
Harmonicos no trombone de vara
 
Conceitos para tirar musicas de ouvido
Conceitos para tirar musicas de ouvidoConceitos para tirar musicas de ouvido
Conceitos para tirar musicas de ouvido
 
Hinos da Harpa Cristã.Sax Alto
Hinos da Harpa Cristã.Sax AltoHinos da Harpa Cristã.Sax Alto
Hinos da Harpa Cristã.Sax Alto
 
Da Capo - Clarinete
Da Capo - ClarineteDa Capo - Clarinete
Da Capo - Clarinete
 
Digitação tuba[v1]
Digitação tuba[v1]Digitação tuba[v1]
Digitação tuba[v1]
 
Digitação completa do saxofone
Digitação completa do saxofoneDigitação completa do saxofone
Digitação completa do saxofone
 

Destaque

[Metodo] klose metodo completo para todos os saxofones
[Metodo] klose   metodo completo para todos os saxofones[Metodo] klose   metodo completo para todos os saxofones
[Metodo] klose metodo completo para todos os saxofonesAlex Cárdenas Vences
 
Digitacao do saxofone___pd_foitavas_do_sax
Digitacao do saxofone___pd_foitavas_do_saxDigitacao do saxofone___pd_foitavas_do_sax
Digitacao do saxofone___pd_foitavas_do_saxb.costa
 
Notas Saxo y dedos
Notas Saxo y dedosNotas Saxo y dedos
Notas Saxo y dedosmensajeiro
 
6944380 book jazzsax
6944380 book jazzsax6944380 book jazzsax
6944380 book jazzsaxGuto Costa
 
Posiciones para la afinación del saxofón
Posiciones para la afinación del saxofónPosiciones para la afinación del saxofón
Posiciones para la afinación del saxofónJuan Bustillos Cordero
 
MTS Método CCB exercicios preenchidos, corrigido e revisado
MTS Método CCB exercicios preenchidos, corrigido e revisadoMTS Método CCB exercicios preenchidos, corrigido e revisado
MTS Método CCB exercicios preenchidos, corrigido e revisadocreito cezares
 
Metodo Sax Porteghese
Metodo Sax PortegheseMetodo Sax Porteghese
Metodo Sax Portegheseguest26a46b
 
Apostila de Teoria musical
Apostila de Teoria musicalApostila de Teoria musical
Apostila de Teoria musicaljaconiasmusical
 
Guia de sax_-_introduo_ao_estudo_de_saxofone_erudito
Guia de sax_-_introduo_ao_estudo_de_saxofone_eruditoGuia de sax_-_introduo_ao_estudo_de_saxofone_erudito
Guia de sax_-_introduo_ao_estudo_de_saxofone_eruditoJoao Barbosa Filho Filho
 
Curso de saxofone da escola de música de brasília.
Curso de saxofone da escola de música de brasília.Curso de saxofone da escola de música de brasília.
Curso de saxofone da escola de música de brasília.Mirtes Arcanjo
 
Clarinete método - da capo - joel barbosa
Clarinete   método - da capo - joel barbosaClarinete   método - da capo - joel barbosa
Clarinete método - da capo - joel barbosaJosé Aparecido Sabaine
 
Uma introdução à improvisação no jazz
Uma introdução à improvisação no jazzUma introdução à improvisação no jazz
Uma introdução à improvisação no jazzvanessaduoli
 
Método de trombone para iniciantes gilberto gagliardi
Método de trombone para iniciantes   gilberto gagliardiMétodo de trombone para iniciantes   gilberto gagliardi
Método de trombone para iniciantes gilberto gagliardiWagner Recart
 
Caderno de exercicios mts (2)
Caderno de exercicios mts (2)Caderno de exercicios mts (2)
Caderno de exercicios mts (2)Eliel Mariano
 
Bohumil Med - Teoria Musical
Bohumil Med - Teoria MusicalBohumil Med - Teoria Musical
Bohumil Med - Teoria MusicalBruno David
 
La Digitación del Saxofón 1
La Digitación del Saxofón 1La Digitación del Saxofón 1
La Digitación del Saxofón 1Mara Socorro
 

Destaque (20)

Livro de exercícios para saxofone
Livro de exercícios para saxofoneLivro de exercícios para saxofone
Livro de exercícios para saxofone
 
[Metodo] klose metodo completo para todos os saxofones
[Metodo] klose   metodo completo para todos os saxofones[Metodo] klose   metodo completo para todos os saxofones
[Metodo] klose metodo completo para todos os saxofones
 
Digitacao do saxofone___pd_foitavas_do_sax
Digitacao do saxofone___pd_foitavas_do_saxDigitacao do saxofone___pd_foitavas_do_sax
Digitacao do saxofone___pd_foitavas_do_sax
 
Notas Saxo y dedos
Notas Saxo y dedosNotas Saxo y dedos
Notas Saxo y dedos
 
6944380 book jazzsax
6944380 book jazzsax6944380 book jazzsax
6944380 book jazzsax
 
Posiciones para la afinación del saxofón
Posiciones para la afinación del saxofónPosiciones para la afinación del saxofón
Posiciones para la afinación del saxofón
 
19662014 saxofone-metodo-amadeu-russo
19662014 saxofone-metodo-amadeu-russo19662014 saxofone-metodo-amadeu-russo
19662014 saxofone-metodo-amadeu-russo
 
98731023 amadeu-russo-metodo-sax
98731023 amadeu-russo-metodo-sax98731023 amadeu-russo-metodo-sax
98731023 amadeu-russo-metodo-sax
 
MTS Método CCB exercicios preenchidos, corrigido e revisado
MTS Método CCB exercicios preenchidos, corrigido e revisadoMTS Método CCB exercicios preenchidos, corrigido e revisado
MTS Método CCB exercicios preenchidos, corrigido e revisado
 
Metodo Sax Porteghese
Metodo Sax PortegheseMetodo Sax Porteghese
Metodo Sax Porteghese
 
Apostila de Teoria musical
Apostila de Teoria musicalApostila de Teoria musical
Apostila de Teoria musical
 
Guia de sax_-_introduo_ao_estudo_de_saxofone_erudito
Guia de sax_-_introduo_ao_estudo_de_saxofone_eruditoGuia de sax_-_introduo_ao_estudo_de_saxofone_erudito
Guia de sax_-_introduo_ao_estudo_de_saxofone_erudito
 
Curso de saxofone da escola de música de brasília.
Curso de saxofone da escola de música de brasília.Curso de saxofone da escola de música de brasília.
Curso de saxofone da escola de música de brasília.
 
Clarinete método - da capo - joel barbosa
Clarinete   método - da capo - joel barbosaClarinete   método - da capo - joel barbosa
Clarinete método - da capo - joel barbosa
 
Apostila de saxofone
Apostila de saxofoneApostila de saxofone
Apostila de saxofone
 
Uma introdução à improvisação no jazz
Uma introdução à improvisação no jazzUma introdução à improvisação no jazz
Uma introdução à improvisação no jazz
 
Método de trombone para iniciantes gilberto gagliardi
Método de trombone para iniciantes   gilberto gagliardiMétodo de trombone para iniciantes   gilberto gagliardi
Método de trombone para iniciantes gilberto gagliardi
 
Caderno de exercicios mts (2)
Caderno de exercicios mts (2)Caderno de exercicios mts (2)
Caderno de exercicios mts (2)
 
Bohumil Med - Teoria Musical
Bohumil Med - Teoria MusicalBohumil Med - Teoria Musical
Bohumil Med - Teoria Musical
 
La Digitación del Saxofón 1
La Digitación del Saxofón 1La Digitación del Saxofón 1
La Digitación del Saxofón 1
 

Semelhante a Saxofone metodo da_capo_(sax_alto_e_soprano)

Semelhante a Saxofone metodo da_capo_(sax_alto_e_soprano) (20)

Da Capo - Fagote
Da Capo - FagoteDa Capo - Fagote
Da Capo - Fagote
 
Da Capo clarinete.pdf
Da Capo clarinete.pdfDa Capo clarinete.pdf
Da Capo clarinete.pdf
 
Da Capo trombone-1.pdf
Da Capo  trombone-1.pdfDa Capo  trombone-1.pdf
Da Capo trombone-1.pdf
 
Da Capo sax alto-1.pdf
Da Capo sax alto-1.pdfDa Capo sax alto-1.pdf
Da Capo sax alto-1.pdf
 
Da Capo bombardino em clave de sol.pdf
Da Capo bombardino em clave de sol.pdfDa Capo bombardino em clave de sol.pdf
Da Capo bombardino em clave de sol.pdf
 
Da Capo Flauta-1.pdf
Da Capo Flauta-1.pdfDa Capo Flauta-1.pdf
Da Capo Flauta-1.pdf
 
Da Capo sax tenor-1.pdf
Da Capo sax tenor-1.pdfDa Capo sax tenor-1.pdf
Da Capo sax tenor-1.pdf
 
Da Capo - Percussao
Da Capo - PercussaoDa Capo - Percussao
Da Capo - Percussao
 
Da Capo tuba Bb.pdf
Da Capo  tuba Bb.pdfDa Capo  tuba Bb.pdf
Da Capo tuba Bb.pdf
 
Da Capo trompete-1.pdf
Da Capo  trompete-1.pdfDa Capo  trompete-1.pdf
Da Capo trompete-1.pdf
 
Amostra Grátis - Apostila do Professor Cristiano Scuciatto
Amostra Grátis - Apostila do Professor Cristiano ScuciattoAmostra Grátis - Apostila do Professor Cristiano Scuciatto
Amostra Grátis - Apostila do Professor Cristiano Scuciatto
 
MANUAL DO BATERA COMPLETO.pdf
MANUAL DO BATERA COMPLETO.pdfMANUAL DO BATERA COMPLETO.pdf
MANUAL DO BATERA COMPLETO.pdf
 
Apostila teoria musical - Rose Andréia.pdf
Apostila teoria musical - Rose Andréia.pdfApostila teoria musical - Rose Andréia.pdf
Apostila teoria musical - Rose Andréia.pdf
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
 
Dino 7 cordas
Dino 7 cordasDino 7 cordas
Dino 7 cordas
 
Manual aula cavaquinho
Manual aula cavaquinhoManual aula cavaquinho
Manual aula cavaquinho
 

Último

Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 

Último (20)

Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 

Saxofone metodo da_capo_(sax_alto_e_soprano)

  • 1. Saxofone SOPRANO em SI Bemol Saxofone Alto em Mi Bemol DA CAPODA CAPODA CAPODA CAPO Método ElementarMétodo ElementarMétodo ElementarMétodo Elementar Para o Ensino Coletivo ou Individual dePara o Ensino Coletivo ou Individual dePara o Ensino Coletivo ou Individual dePara o Ensino Coletivo ou Individual de Instrumentos de BandaInstrumentos de BandaInstrumentos de BandaInstrumentos de Banda Joel Barbosa
  • 2. Barbosa, Joel Luís da Silva, 1964 – B198 Da Capo - Método elementar para o ensino coletivo ou individual de instrumentos de banda : Saxofone Alto / Joel Luís da Silva Barbosa. – Belém : Fundação Carlos Gomes, 1998. 32 p. : il. ; xx cm. ISBN xyz000 1. Método para banda. I. Título. CDD 780.77
  • 3. SAXOFONE O saxofone faz parte da família dos instrumentos de madeira e seu som é produzido através da vibração de uma palheta simples. Foi inventado pelo belga Adolphe Sax na década de 1840 e divulgado mais intensamente na França, durante este período. Sua família inclui o saxofone soprano em mi bemol, o saxofone alto em mi bemol, o saxofone tenor em si bemol, o saxofone barítono em mi bemol e o saxofone baixo em si bemol. O dedilhado destes instrumentos são semelhantes, facilitando sua execução. Ele foi bem explorado no jazz e utilizado por vários compositores famosos no repertório orquestral.
  • 5. 1 A Lá Sol B Compasso C Fórmula de compasso = 4 tempos por compassos D Semibreve E Mínima F Pausa de semibreve = 4 tempos = 2 tempos = 4 tempos de silêncio 1 - EXERCÍCIO 2 - EXERCÍCIO 3 - EXERCÍCIO 4 - EXERCÍCIO 5 - EXERCÍCIO
  • 6. 2 A Pausa de mínima B Barra final C Barra de compasso = 2 tempos de silêncio D Semínima E Fórmula de compasso = 1 tempo = 4 tempos por compasso = = 1 tempo 6 - EXERCÍCIO 7 - PRIMEIRO DUETO 8 - EXERCÍCIO 9 - EXERCÍCIO 10 - BANDA COMPLETA
  • 7. 3 A Si B Sinal de respiração C Pauta ou pentagrama 11 - DLIM-DLIM-DLÃO 12 - BANDA COMPLETA 13 - DLIM-DLIM-DLÃO Dueto 14 - EXERCÍCIO 15 - EXERCÍCIO Colocar as barras de compasso, dar nomes às notas e tocar.
  • 8. 4 A Dó B Pausa de Semínima C Fórmula de compasso = 1 tempo de silêncio = 3 tempos por compasso = = 1 tempo D Clave de sol E Clave de fá 16 - EXERCÍCIO 17 - BAMBALALÃO 18 - DUETO 19 - QUE BELOS CASTELOS Decorar a melodia 20 - DLIM-DLIM-DLÃO Banda completa
  • 9. 5 A Ré B Ligadura C Fórmula de compasso Conectar a segunda nota com o sopro, sem articulá-la com “tu”. = 2 tempos por compasso = = 1 tempo D Andamento E Anacruse Determina a pulsação da música Allegro = rápido Note que as canções 21 e 23 começam no quarto tempo do compasso. 21 - MARGARIDA Allegro 22 - A BARQUINHA 23 - O PASTORZINHO 24 - JINGLE BELLS Allegro
  • 10. 6 A Mi B Sinal de repetição C Anacruse D Marcial Note que as canções 25, 27 e 28 começam no terceiro tempo do compasso. Tocar em andamento de marcha 25 - DE MARRÉ 26 - MARCHA SOLDADO Dueto com palmas - Completar a melodia 27 - A MANQUINHA 28 - TRÊS GALINHAS 29 - EXERCÍCIO Colocar as barras de compasso, dar nomes às notas e tocar.
  • 11. 7 A Fá sustenido B Sinal de repetição C Moderato Repetir o trecho que está dentro das barras de repetição. Meio devagar 30 - ESPANHA 31 - A MUCAMA Decorar a melodia 32 - A BARQUINHA Banda completa 33 - O BALÃO DE JOÃO 34 - EXERCÍCIO Praticar primeiramente sem as ligaduras
  • 12. 8 A Fá B Ponto de aumento C Ligadura de prolongação O ponto eqüivale à metade do valor da nota. = 3 tempos Liga notas de mesma altura. = 3 tempos D Ambos os sis são bemóis E Armadura de clave de dó maior Indica que nehuma é alterada. 35 - A VIUVINHA 36 - AO PASSAR DA BARCA Decorar a melodia 37 - É LADRÃO
  • 13. 9 Compassos de espera 8 compassos de pausa 38 - MARCHA SOLDADO Banda completa 39 - BOI DA CARA PRETA Banda completa
  • 14. 10 A Armadura de sol maior B Cânone Indica que o fá é sustenido. Gênero musical à duas ou mais vozes. No caso abaixo à duas. A segunda voz deve começar a tocar quando a primeira estiver no 2. C Colcheia 40 - DLIM-DLIM-DLÃO 41 - O PASTORZINHO 42 - SAPATINHO BRANCO 43 - ZABELINHA Cânone 44 - EU CHOLE, CHOLE, LÁ
  • 15. 11 A Dó sustenido B Armadura de clave de ré maior C Bequadro D Andante Indica que o fá e o dó são sustenidos. Anula o acidente da nota. Devagar 45 - EXERCÍCIO 46 - POMBINHA ROLINHA 47 - A CANOA Cânone - Completar a melodia 48 - CARAMBOLA 49 - RÓ, RÓ, RÓ Cânone 50 - EXERCÍCIO Colocar as barras de compasso, dar nomes às notas e tocar.
  • 16. 12 A Fá sustenido B Dinâmicas C Divisi D Fermata piano U Prolongar a nota. forte 51 - DORME, NENÊ Dueto 52 - BOI BARROSO 53 - ONDE ESTÁ A MARGARIDA? Decorar a melodia 54 - COELINHO 55 - EXERCÍCIO Completar conforme o exemplo dado
  • 17. 13 A Sol B Pausa de colcheia C Primeira e segunda casa 56 - A BARATA Dueto 57 - MARREQUINHA DA LAGOA 58 - ESCALA DE SI BEMOL MAIOR
  • 18. 14 A Mi B Sinais de dinâmica aumentar a intensidade diminuir a intensidade 59 - CANÇÃO DO CEGO 60 - CAPELINHA DE MELÃO Banda completa 61 - CONSTANÇA Cânone (A) e dueto (A e B) 62 - EXERCÍCIO RÍTMICO Cantar o ritmo batendo a pulsação, em cânone ou seqüencialmente.
  • 19. 15 A Ré B Mezzo Forte C Semínima pontuada F Mezzo forte é uma dinâmica entre piano e forte e quer dizer meio forte p F f 63 - FREI JOÃO Cânone à 4 vozes 64 - QUANDO EU ERA PEQUENINO 65 - AINDA NÃO COMPREI Cânone - Decorar a melodia 66 - ESCALA DE FÁ MAIOR
  • 20. 16 A Acento B Vivo C = cantar > Tocar a nota acentuada com mais ênfase, ou seja, com um ataque mais forte. Bem rápido 67 - ATIREI O PAU NO GATO 68 - ENTREI NA RODA Dueto 69 - EXERCÍCIO Colocar as barras de compasso, dar nomes às notas e tocar.
  • 21. 17 A Fá B Pausa de colcheia (continuação) 70 - EXERCÍCIO 71 - MANDO TIRO 72 - EU ERA ASSIM 73 - CACHORRINHO 74 - CAI, CAI BALÃO Completar a melodia
  • 22. 18 A Dó B Sinal de repetição Repetir o compasso anterior 75 - BICHO PAPÃO Dueto 76 - ANDE A RODA 77 - NA CORDA DA VIOLA Dueto – Decorar a melodia 78 - ESCALA DE MI BEMOL MAIOR Decorar a escala 79 - EXERCÍCIO Colocar a fórmula de compasso apropriada e bater o ritmo
  • 23. 19 80 - MARCHA GALANTE Banda completa Joel Barbosa 81 - MARCHA Banda completa Joel Barbosa
  • 24. 20 82 - CRAVO BRANCO NA JANELA 83 - CÂNONE C. Schulz (*1820, +?) 84 - A TROMPA DE CAÇA Cânone 85 - DITADO RÍTMICO Completar os compassos com os ritmos ditados pelo professor 86 - DITADO MELÓDICO Completar os compassos com a melodia ditada pelo professor
  • 25. 21 A Descanso 87 - LAUDATE, PUERI, DOMINUM Cânone 88 - LÁ NO PÂNTANO Dueto 89 - MARACUJÁ Decorar a melodia 90 - IMPROVISANDO Improvise com as notas entre parênteses
  • 26. 22 A Lá Si B Stacatto Tocar a nota mais curta do que a sua duração normal. 91 - EXERCÍCIO 92 - O TRENZINHO 93 - SERRA, SERRA DO VOVÔ 94 - DOIS POR DEZ ou PÃO QUENTINHO Dueto 95 - O CORCUNDA Colocar as barras de compasso, dar nome às notas e tocar
  • 27. 23 A Descanso 96 - EXERCÍCIO 97 - PAPAGAIO LOIRO 98 - LAGOA DO CAPIM 99 - HISTÓRIA DA CABOCLINHA Decorar a melodia 100 -EU FUI AO JARDIM CELESTE Dueto com palmas
  • 28. 24 D.C. al Fine (Da Capo al Fine) Voltar ao começo e terminar no Fine 101 -EXERCÍCIO Praticar com diferentes dinâmicas 102 -TEREZINHA 103 -ENGENHO NOVO 104 -CIRANDA, CIRANDINHA Dueto 105 -MATA, TIRA
  • 29. 25 A D.S. al Fine (Dal Segno al Fine) B Fórmula de Compasso C Descanso Volte ao símbolo ( ) e termine no Fine 106 -EXERCÍCIO 107 -PARABÉNS À VOCÊ Completar a melodia 108 -EXERCÍCIO 109 -TENGO TENGO 110 -A ÁRVORE NA MONTANHA Decorar a melodia 111 -SENHORA DONA SANCHA
  • 30. 26 Colcheia e semínima pontuada 112 -MELÃO, MELÃO 113 -ESCRAVOS DE JÓ 114 -CARNEIRINHO, CARNEIRÃO Cânone, Decorar a melodia 115 -CHAPEUZINHO VERMELHO 116 -EXERCÍCIO 117 -IMPROVISANDO Improvise com as notas entre parênteses
  • 31. 27 118 -ALLEGRO E ANDANTE Joel Barbosa
  • 32. 28 A Compasso quaternário B Compasso ternário C Compasso binário 4 4 3 4 2 4 119 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL Para ser praticado após a página 05 do método 120 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL Para ser praticado após a página 06 do método 121 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL Para ser praticado após a página 08 do método 122 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL Para ser praticado após a página 10 do método 123 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL Para ser praticado após a página 15 do método 124 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL Para ser praticado após a página 18 do método 125 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL Para ser praticado após a página 22 do método 126 -EXERCÍCIO DE DIVISÃO MUSICAL Para ser praticado após a página 25 do método
  • 33. 29 MÚSICAS POR ORDEM ALFABÉTICA MÚSICA N’ PÁGINA a árvore na montanha 110 25 a barata 56 13 a barquinha 22 5 a barquinha 32 7 a canoa 47 11 a manquinha 27 6 a mucama 31 7 a trompa de caça 84 20 a viuvinha 35 8 ainda não comprei 61 15 allegro e andante 118 27 ande a roda 76 18 ao passar da barca 36 8 atirei o pau no gato 67 16 bambalalão 17 4 banda completa 10 2 banda completa 12 3 bicho papão 75 18 boi barroso 52 12 boi da cara preta 39 9 cachorrinho 73 17 cai, cai, balão 74 17 canção do cego 59 14 cânone 83 20 capelinha de melão 64 14 carambola 48 11 carneirinho, carneirão 114 26 chapeuzinho vermelho 115 26 ciranda, cirandinha 104 24 coelinho 54 12 constança 65 14 cravo branco na janela 82 20 de marré 25 6 ditado melódico 86 20 ditado rítmico 85 20 Dlim-dlim-dlão 11 3 Dlim-dlim-dlão 13 3 Dlim-dlim-dlão 20 4 Dlim-dlim-dlão 40 10 dois por dez ou pão quentinho 94 22 dorme, nenê 51 12 dueto 18 4 é ladrão 37 8 engenho novo 103 24 entrei na roda 68 16 escala de fá maior 62 15 escala de mi bemol maior 78 18 escala de si bemol maior 58 13 escravos de jó 113 26 espanha 30 7 eu chole, chole, lá 44 10 eu era assim 72 17 eu fui ao jardim celeste 100 23 exercício de divisão musical 119 28 exercício de divisão musical 120 28 exercício de divisão musical 121 28 exercício de divisão musical 122 28 exercício de divisão musical 123 28 exercício de divisão musical 124 28 exercício de divisão musical 125 28 exercício de divisão musical 126 28 exercício rítmico 66 14 frei joão 59 15 história da caboclinha 99 23 improvisando 117 26 improvisando 90 21 jingle bells 24 5 lá no pântano 88 21 lagoa do capim 98 23 laudate, pueri, dominum 87 21 mando tiro 71 17 maracujá 89 21 marcha galante 80 19 marcha soldado 26 6 marcha soldado 38 9 marcha 81 19 margarida 21 5 marrequinha da lagoa 57 13 mata, tira 105 24 melão, melão 112 26 na corda da viola 77 18 o balão de joão 33 7 o corcunda 95 22 o pastorzinho 23 5 o pastorzinho 41 10 o trenzinho 92 22 onde está a margarida? 53 12 papagaio loiro 97 23 parabéns à você 107 25 pombinha rolinha 46 11 primeiro dueto 7 2 quando eu era pequenino 60 15 que belos castelos 19 4 ró, ró, ró 49 11 sapatinho branco 42 10 senhora dona sancha 111 25 serra, serra do vovô 93 22 tengo tengo 109 25 terezinha 102 24 três galinhas 28 6 zabelinha 43 10
  • 34. 1 Joel Barbosa iniciou seus estudos na Banda da Guarda Mirim Municipal de Piracicaba, SP, depois ingressou no Conservatório Dramático e Musical de Dr. Carlos de Campos Tatuí, SP, onde se formou em 1985. Após concluir o bacharelado em clarineta na UNICAMP, obteve bolsas de estudos da Fundação VITAE e CAPES e seguiu para os EUA, onde obteve o grau de Doctor of Musical Arts pela University of Washington, Seattle, WA. Ele tem trabalhado em atividades de bandas como músico, regente, arranjador, consultor e professor de cursos em São Paulo, Pará, Bahia, Colômbia e EUA. Atualmente é professor da Pós-Graduação em Música da Universidade federal da Bahia Dúvidas e sugestões: tel/fax: 071 3367421, barbosa@ufba.br, http://www.geocities.com/vienna/strasse/8813, metodobanda@geocities.com.