E-book comunicacao interna

177 visualizações

Publicada em

Por que comunicação interna é importante?

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
177
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

E-book comunicacao interna

  1. 1. 挀漀洀甀渀椀挀愀漀䄀 挀漀渀攀砀漀 攀洀漀挀椀漀渀愀氀 攀洀 瀀爀漀氀 搀漀 攀渀最愀樀愀洀攀渀琀漀Ⰰ  瀀爀漀搀甀琀椀瘀椀搀愀搀攀 攀 挀爀椀愀漀 搀攀 甀洀 攀砀挀攀氀攀渀琀攀  愀洀戀椀攀渀琀攀 搀攀 琀爀愀戀愀氀栀漀
  2. 2. OGreatPlacetoWork(GPTW)éumaempresaglobaldeconsultoria,treinamentoe pesquisaqueajudaasempresasaidentificar,criaremanterexcelentesambientesde trabalhoatravésdodesenvolvimentodaculturadeconfiança. www.greatplacetowork.com.br GPTW SOBREO www.soap.com.br ASOAP(StateoftheArtPresentations)éumaconsultoriadecomunicação,pioneirano Brasil,especializadanaentregadesoluçõesemapresentaçõescorporativas,auxiliando executivosamelhorutilizaracomunicaçãoemproldosnegóciosemmomentosdecisi- vos.Momentosqueexigemumacomunicaçãoqueengajetantoopúblicoexternoquanto comoopúblicointernoemproldeumobjetivo. SOAP SOBREA
  3. 3. nosmelhoresambientesdetrabalho,acomunicaçãointernaaindaéumproblema orescala,éverdade-,contudolongedeserumapreocupaçãodopassado.Istopode ervadoquandocomparamosoTrustIndex-umamedirarelaçãodeconfiançasob odevistadocolaboradorcomoum todo–com aspercepçõesisoladassobo dacomunicação. nosmelhoresambientesdetrabalho,acomunicaçãointernaaindaéumproblema orescala,éverdade-,contudolongedeserumapreocupaçãodopassado.Istopode ervadoquandocomparamosoTrustIndex-umamedirarelaçãodeconfiançasob odevistadocolaboradorcomoum todo–com aspercepçõesisoladassobo dacomunicação. comunicação que internaéimportante?
  4. 4. colateraisparaumaempresa:mensa- ensimportantesnãocheam atéas pessoascertasnahoracerta,colaborado- ressesentem inorados,oalinhamento dosvaloresentreempresaefuncionárioé prejudicadoeficaimpossívelqueas expectativasentre essasduaspartes sejamcoerentes.Dessaforma,aconstru- ção de um ambiente baseado em relaçõesdeconfiança,queéoalicerce paraacriaçãodeumexcelenteambiente detrabalho,nãoacontece. A faltadeeficiênciadacomunicação internacausaumasériedeefeitos maisemelhor,individualmenteecoletiva- mente,aumentandoaprodutividadedo negóciocomoumtodo.Mas,aomesmo tempoqueéumclichê,aindaéumgrande desafiotornaracomunicaçãointerna partedaculturaorganizacional,inserindo essaconsciênciaemtodososníveishie- rárquicosdeformaqueasuapráticaseja umhábitoeumvalorparatodos. profissionalentreosseuscolaboradores que,porconsequência,sedesenvolvem Jávirouclichêdizerqueacomunicação interna é um ativo estratégico para empresasdetodososportes. Umaempresaquese comunica bem gera altoníveldesatisfação
  5. 5. Estabarreirafoimencionadapor47%dosgestoresbrasileiros,quaseodobroda médiaglobal.Segundoorelatório,opontocentraldoproblemaestánacomunica- çãoentredepartamentos–apontadapor30%dosentrevistados–enacomuni- caçãodecimaparabaixo–oquecolocouoBrasilnasegundaposiçãoentreos paísespesquisados Mesmonosmelhoresambientesdetrabalho,acomunicaçãointernaaindaéum problema–emmenorescala,éverdade-,contudolongedeserumapreocupaçãodo passado.IstopodeserobservadoquandocomparamosoTrustIndex-umindicador doGPTW paramedirosníveisdeconfiançadocolaboradorem relaçãoàempresa comoumtodo–comaspercepçõesisoladassobreacomunicaçãonasempresas. Paraosgestoresbrasileirosouvidospelo8ºRelatórioAnualdeProdutividadeProudfoot, pesquisarealizadacom1.272executivosde12países, osproblemasdecomunicaçãointernasãoaprincipal barreiraparaobtermaiorprodutividadenomercado. Brasil47% Estabarreirafoimencionadapor47%dosgestoresbrasileiros,quaseodobroda médiaglobal.Segundoorelatório,opontocentraldoproblemaestánacomunica- çãoentredepartamentos–apontadapor30%dosentrevistados–enacomuni- caçãodecimaparabaixo–oquecolocouoBrasilnasegundaposiçãoentreos paísespesquisados Estabarreirafoimencionadapor47%dosgestoresbrasileiros,quaseodobroda médiaglobal.Segundoorelatório,opontocentraldoproblemaestánacomunica- çãoentredepartamentos–apontadapor30%dosentrevistados–enacomuni- caçãodecimaparabaixo–oquecolocouoBrasilnasegundaposiçãoentreos paísespesquisados
  6. 6. NotafinaldoTrustIndex Osgestoresenvolvemaspessoasemdecisõesque afetamsuasatividadeseseuambientedetrabalho Osgestoresagemdeacordocomoquefalam Osgestoresdeixamclarassuasexpectativas Osgestoresmemantêminformadosobreassuntos importantesesobremudançasnaempresa Afirmativas Nota Diferençamédiageral 64 75 75 71 -14 -3 -3 -7 78 Podemosperceberqueacomunicaçãoseencontraemumpatamarabaixodosoutros elementosqueformamumexcelentelugarparatrabalhar.Percebemostambémares- ponsabilidadedacomunicaçãodoslíderesnesteprocesso. Vejasóoqueacontecequandocompara- mosessenúmerocomalgumasdasafir- mativaspresentesnoTrustIndexque avaliam a comunicação dentro da empresa(também,claro,entreas130 premiadas): Consolidandoosdadosdas130empresas reconhecidascomoasmelhoresparatra- balharnopaísem2014,oTrustIndexéde 78(omaiorvalorpossívelé100pontos).
  7. 7. Comovimosno8ºRelatórioAnualdeProdutividadeProudfootenoTrustIndexdoGPTW, maisimportantedoqueoscanaiseferramentasopontodepartidaéacomunicação interpessoal.AcomunicaçãoP2P(persontoperson),principalmentedaliderançada empresa.Acomunicaçãodeumlídercomoseutime-decimaparabaixo-,entrepares- entredepartamentos-etambémcomníveissuperiores. Éprecisomaisdoqueisso.Éprecisoestabeleceruma comunicaçãoeficaz.Casocontrárioelanãofará partedaculturaorganizacional. Masnãobastadesenvolveraconsciênciasobreacomunicaçãointernaem todosos níveishierárquicosetornarsuapráticaumhábitoeumvalorparatodos.Nãobastacriar diferentescanaisdecomunicaçãointerna,tradicionais,modernosouinterativos.
  8. 8. Um enfoquemetodológico,oprof.Nosnikobserva haverumadiferençaentreinformarecomunicar. DeacordocomaTeoriadaComunicaçãoProdutiva,desenvolvidapeloprofessor,consultorepesquisadormexicanoAbrahamNosnik Ostrowiak,semcomunicaçãonãoháprodutividade.AutoridadeemComunicaçãoInternaeautordelivroscomoComunicaciónOrganiza- cionalPráticaeOdesenvolvimentodacomunicaçãosocial. “Informarétransferirmensagens.Issonãoétãodifícilparaasempresas.Sem dúvida, comunicarémuitomaiscomplexoporqueimplicaossignificadosdaspalavraschegarem àspessoas.Osfuncionáriostêmexperiências,expectativas,posiçõeseinteressesdiferen- tes.Avisãodeumdiretorédiferentedavisãodeumempregado,deumoperário.Temos queconciliartodosessesinteresses”,explicaele.
  9. 9. Opontodepartida:estabelecendoumacomunica- çãoquepromovaumaconexãoemocionalcomos diferentespúblicos. Paratrazermaisrespostasparaestaseoutrasperguntassobreosdesafiosdacomunica- çãointerna–e,principalmente,sobreacomunicaçãodoslíderesdentrodasorganizações -,oGPTWeaSOAPresolveramunirforçasparaajudarvocêasuperarumdosgrandes desafioscorporativos. Comoentãoum líderpodeestabelecer umacomunicaçãointernaeficaz? Comoatribuirsignificadoàspessoas? Comoconciliarosdiferentesinteresses?
  10. 10. 䄀 攀洀瀀愀琀椀愀 挀漀洀漀 瀀漀渀琀漀 搀攀 瀀愀爀琀椀搀愀 爀愀稀漀
  11. 11. Porquenãoestabelecerumacomunicaçãobaseada emaspectosracionaiseemocionaise,assim,atingir 100%dopotencialdecompreensão? Assim,benefíciosetornasinônimodeconexãoemocional.Maisdoquetransmitirdados,números,processosetc.,émuitoimportante incorporarnacomunicaçãorespostasparaperguntasqueficamocupandoamentedaaudiência,dofuncionário,namaioriadasvezesde formainconsciente:“oqueaempresaestáganhandocomisso?”e,principalmente,“oqueeuganhocomisso?”. Maisdoqueisso:acomunicaçãopressupõeumadiscussão,ação,umamudança,umatransformação,senãoserásomenteumainforma- ção.Aocomunicaralgoparaseutime,porexemplo,olíderpressupõealgumaação.E,parasairdopilotoautomático,aspessoasprecisam percebervantagens,benefício.Casocontrárioaaçãooumudançanãoocorrem. Pareparapensar:muitosefalasobreo ladoesquerdoedireitodocérebro,sobre razãoeemoção.Quandoseestabelece umacomunicaçãobaseadasomenteem aspectos racionais,grande parte do potencialdecompreensãodaaudiência édesperdiçado. Para transformar informação em comunicaçãoeficaz,éprecisoqueos líderes estabeleçam uma conexão emocionalcomasuaaudiência.Essaé achavedosucesso.
  12. 12. Masporqueaempatiaéimportantenacomunica- çãointerna?Ecomocolocá-laemprática? ImaginandoqueumacomunicaçãoécomoumajornadadoPontoAaoPontoB,ouseja, aconduçãodesuaaudiênciadeumpontoinicialeumpontofinal,hápelomenostrês caminhosparaconseguirserempáticoduranteacomunicação. Assim,sebenefícioéumdoscombustíveisparaestabelecerconexãoemocional,empatiaéoseuveículo.Definidacomoacapacidadede secolocarnolugardooutro,aempatiaestáemalta.ÉtemacentraldolivroAEradaEmpatia,doprofessorholandêsFransdeWaal,que defendequeossereshumanosforamdotadospelaevoluçãodacapacidadedeseremempáticos. Issoétambémextremamenteimportantenasempresas.Segundoorelatóriode2015dasMelhoresEmpresasparaTrabalharnaAmérica LatinadoGPTW,ofatornúmeroumassociadoaumexcelenteambientedetrabalhonaregiãoé:“gestoresquemostramuminteresse sinceroemmimcomopessoa,enãoapenasumfuncionário”–ou,emoutraspalavras,líderescapazesdedemonstrarempatia. Outroelementonotop5dessalistaé“um sentimentodeequipeoudefamíliana empresa”,sentimentoessequesópodeseratingidocomcolegasdetrabalhoquesão empáticosentresi.
  13. 13. Antesdecomeçarsuacomunicação,aaudiência tentaráselocalizarnaquelahistóriaquevocê temparacontar. Buscandoumconhecimentopréviodessaaudiência,seuperfil,capacidadedetomada dedecisão,possíveisexpectativaseexperiênciasquejátevecomotemaasercomuni- cado,aumentamsuaschancesdeconseguirconstruiressePontoAparaasuaaudiên- cia.EsseéopontodepartidadasuajornadacomelarumoaoPontoB. localizesuaaudiência Aindaécomumvermoscomunicaçõesquecomeçamcentradasnoassuntoenãona audiência.Cuidado!Dessajornada,suaaudiênciadesembarcalogonaprimeira paradaeaempatiaseperde.Comecefalandosobresuaaudiênciaenãosobreo assunto:identifiqueosdesafiosqueenfrentam,osproblemasesuasconsequências ebusquerelacionarissoaoassunto,mostrandocomoelapodeapontarsoluçõese trazerbenefícios.Tenhaemmenteatodoomomentosevocêestáconseguindores- ponderàperguntaquetodaaudiênciasefaz:“eeucomisso?”.Assim,vocêestáde ffatosecolocandonolugardela. tracearota
  14. 14. Racional:suaaudiência estáentendendoaquilo que precisa naquele momento? Aofinaldesuacomunicação,certifique- -seteralcançadooPontoBqueplane- java,em queaconexãoentrevocêea suaaudiênciaacontecememdoisníveis: Emocional:suaaudi- ênciaestásesentindo comovocêesperava quesesentissem? Searespostaforduplamentepositiva, vocêconseguiuserempático.Agora,faça ochamadoàação,ofamoso“callto action”,quemuitasvezespodesignificar apenasapróximareunião,opedidodeum projeto,umamudançadeprocesso.Impor- tanteterclarezadoqueesperanessePontoB, paratermaischancesdechegarjuntocom suaaudiênciaatélá.O serhumano,por natureza,nãotendeagostardomaior,do menor,domaisbonito,domaisalegre,mas simsimdequemseimportacomele,comasua realidadeecomosseusproblemas.Pense nissoaoplanejarasuapróximacomunicação. aodestino CHEGUEMJUNTOS
  15. 15. Planejamento, História,Suporte VisualePerformance. Algumasdicasjáforam colocadasaqui. Masqualopassoapassoparaestabelecer umaconexãoemocional,gerarempatiae desenvolverumacomunicaçãoeficaz? ASOAPdivideaseguirasuametodolo- giaparaacriaçãodeapresentaçõese preparaçãodeexecutivos,quepodeser replicadaparaaconstruçãodequalquer comunicação:umaconversacomotime oucomoboarddaempresa,ume-mail marketingouum postnaintranet.Não impoimporta.Aspremissassãoasmesmas. Assim,aconstruçãodeumacomunicação internaeficaz,quepromovaumaconexão emocional,compreende:
  16. 16. Inúmerospontospodemsermapeadosduranteo planejamentodeumacomunicação.Porém,dois delessãovitais.Vamosaeles. Planejamentoéalgovitaleumareali- dadedentrodediferentesinstânciasde umambientecorporativo.Porém,quando oassuntoécomunicação,principalmente acomunicaçãointernaouacomunicação P2P,arealidadeébemdiferente. Planejareconstruirumaestratégiapara acomunicaçãoéumaatividadeampla- mentenegligenciada.Epularessaetapa podeserumtironopé. . Ocorretoplanejamentoconferemaiorconsciênciasobreacomunicação.Naprática,uma boaestratégiafuncionacomoum“GPS”dacomunicação-indicandoocaminhocorreto -bem comoum filtro,fazendocom queolíderselecionesomenteasinformaçõese mensagensquerealmentetêmpertinêncianaqueladeterminadacomunicação.
  17. 17. Comoditoacimaem“localizesuaaudiência”,maisdoque saber“quemsão”,éprecisomapear“oqueelesprecisam”. Ouseja,maisdoquedefinir“voucomunicarparaumdiretordemarketing”,porexemplo, éprecisoidentificarquaissãosuasdores,necessidadesouoportunidadesem relação àquiloqueserácomunicadoporvocê.Esteéopontodepartida,aquiloquevocêprecisa começaratacandoouabordandoemseudiscurso.Esteéoiníciodomapeamentopara promoverconexãoemocional. Porém,é também muito importante definirqueméasuaaudiênciadentroda empresaantesdedefiniramensagem porque,sobmuitosaspectos,diferentes pessoas terão visões diferentes -e algumasvezes,atécontraditóriassobrea empresa.Porexemplo,quantomaioréo cacargodeumcolaborador,maispositivaé avisãoqueeletemsobreaempresa. opontoa AUDIÊNCIA:
  18. 18. DecompondoessasinformaçõesdoTrustIndex,descobrimosque,porexemplo, diretoressentem-semuitobem informados–masparecequenãoestãofazendo bemotrabalhodepassarainformaçãoadiante,jáquetodosabaixodeleconsideram esseumpontofraco. OsOspresidentes,porsuavez,têmplenaconvicçãonaimparcialidadenaspromoções equeaempresaencorajaoequilíbrioentrevidapessoaleprofissional(percepção essaquediminuiprogressivamentecom ocargoocupado),masacreditam queos gestoresnãodãoautonomiasuficienteàssuasequipesepoderiamescutarmelhoras pessoas-sentimentotambémrefletidoporcolaboradoresdoníveloperacional. TTrabalhadoresoperacionaisnãoacreditamteramesmaliberdadedeseausentardo trabalhoqueseussuperiores,eaaltaliderançaacreditaquecumpreoquepromete– masseussubordinadosdiscordamdisso. Comcerteza,amaneiradedizeralgoouopontocentraldamensagememsipreci- saráseradaptado,senãoreformuladoparaqueseconsigaumarespostapositivada audiência.Maisumavez,estamosfalandodeempatiaeconexãoemocional. Porisso,éimportanteentenderaaudiênciaantesde construiramensagem 81 83 85 93 98 (entreas130premiadasnacionais) TrustIndexporcargo Operacional Supervisor Gerente Diretor CEO|Presidente
  19. 19. Esteéum dospontosmaisdifíceisdeserem mapeados.Muitosconfundemoobjetivodonegócio comoobjetivodacomunicação. Paraficarmaisclaro,vamospegarcomo exemplo uma comunicação fora da empresa.Qualseriaoobjetivodeuma apresentaçãocomercial?Sevocêres- pondeu“vender”,sinaldealerta.Claro quevocêquervenderalgo,masparee pense:vocêvaiconseguirvenderoseu pprojeto parao prospectao finalda primeira reunião? Ele vaiassinaro chequelogo apóso seu discurso? Imaginamosquenão,equealgumas outrasreuniõesdevamaconteceratéque avendaseconcretize. Portanto,oobjetivodesuaapresentação naprimeirareuniãonãoévender.Quetal oobjetivoser“marcarumasegunda reunião”?Issovaimudarsensivelmenteo roteirodesuaapresentação. Paraquevocêconsigamelhoridentificaro objetivodasuacomunicação,respondaaesta questão:“Oquevocêquerquesuaaudiência pensee/ousintae/oufaçaaofinaldasua comunicação?”.Asrespostaspodem sera chaveparaquevocêdescubraoseureal objetivo.Emaisumavez,estamosfalandode seconectaremocionalmentecomaaudiência.seconectaremocionalmentecomaaudiência.   opontob OBJETIVO:
  20. 20. 匀椀洀Ⰰ 愀 琀攀挀渀漀氀漀最椀愀 琀爀漀甀砀攀  洀甀椀琀漀猀 戀攀渀攀昀挀椀漀猀  倀愀爀攀 瀀愀爀愀 瀀攀渀猀愀爀㨀 焀甀愀渀琀漀猀 攀ⴀ洀愀椀氀猀 瘀漀挀  爀攀挀攀戀攀甀 栀漀樀攀㼀 儀甀愀渀琀愀猀 琀漀爀瀀攀搀漀猀 瘀椀愀  匀䴀匀㼀 儀甀愀渀琀愀猀 洀攀渀猀愀最攀渀猀 瘀椀愀 圀栀愀琀猀䄀瀀瀀  ጠ 攀 搀攀 焀甀愀渀琀漀猀 最爀甀瀀漀猀 瘀漀挀 瀀愀爀琀椀挀椀瀀愀㼀  䴀愀椀猀 搀漀 焀甀攀 椀猀猀漀㨀 焀甀愀渀琀漀猀 瀀漀猀琀猀 瘀漀挀 氀攀甀  渀漀 䘀愀挀攀戀漀漀欀Ⰰ 渀漀 䰀椀渀欀攀搀䤀渀Ⰰ 渀漀 吀眀椀琀琀攀爀㼀  䄀氀洀 搀椀猀猀漀Ⰰ 焀甀愀渀琀愀猀 洀愀琀爀椀愀猀 漀甀 渀漀琀愀猀  瘀漀挀瘀漀挀 氀攀甀 攀洀 瀀漀爀琀愀椀猀Ⰰ 戀氀漀最猀Ⰰ 渀愀 椀渀琀爀愀渀攀琀 搀愀  猀甀愀 攀洀瀀爀攀猀愀㼀 儀甀愀渀琀愀猀 渀漀琀挀椀愀猀 氀攀甀Ⰰ 瘀椀甀 漀甀  漀甀瘀椀甀 渀漀猀 樀漀爀渀愀椀猀Ⰰ 爀搀椀漀猀Ⰰ 琀攀氀攀瘀椀猀漀㼀 䤀猀猀漀  猀攀洀 挀漀渀琀愀爀 漀猀 愀渀切渀挀椀漀猀 焀甀攀 挀栀攀最愀爀愀洀  瀀愀爀愀 瘀漀挀 攀洀 琀漀搀愀猀 攀猀猀愀猀 洀搀椀愀猀Ⰰ 昀攀爀爀愀ⴀ 洀攀渀琀愀猀☠ 渀愀 瀀攀猀焀甀椀猀愀 渀漀 䜀漀漀最氀攀℀ 唀昀愀Ⰰ  洀甀椀琀愀 椀渀昀漀爀洀愀漀⸀ 䤀洀瀀漀猀猀瘀攀氀 洀攀渀猀甀爀愀爀⸀  䴀愀猀 愀 攀砀瀀漀猀椀漀 攀砀愀最攀爀愀搀愀 琀攀洀 挀爀椀愀搀漀  愀氀最甀渀猀 瀀爀漀戀氀攀洀愀猀Ⰰ 挀漀洀漀 愀 挀栀愀洀愀搀愀  愀渀猀椀攀搀愀搀攀 搀愀 椀渀昀漀爀洀愀漀⸀ 倀倀愀爀愀 猀攀 琀攀爀 甀洀愀 椀搀攀椀愀 搀愀 焀甀愀渀琀椀搀愀搀攀 搀攀  椀渀昀漀爀洀愀攀猀 焀甀攀 挀椀爀挀甀氀愀 栀漀樀攀 攀洀 搀椀愀Ⰰ 洀愀椀猀  搀攀 洀椀氀 渀漀瘀漀猀 琀琀甀氀漀猀 搀攀 氀椀瘀爀漀猀 猀漀 攀搀椀琀愀搀漀猀  瀀漀爀 搀椀愀 攀洀 琀漀搀漀 漀 洀甀渀搀漀⸀ 唀洀愀 攀搀椀漀 搀攀  搀漀洀椀渀最漀 搀漀 樀漀爀渀愀氀 吀栀攀 一攀眀 夀漀爀欀 吀椀洀攀猀Ⰰ  瀀漀爀 攀砀攀洀瀀氀漀Ⰰ 挀漀渀琀洀 洀愀椀猀 椀渀昀漀爀洀愀攀猀  搀漀 焀甀攀 甀洀 挀椀搀愀搀漀 搀漀 匀挀甀氀漀 ㄀㜀 爀攀挀攀戀椀愀  愀漀 氀漀渀愀漀 氀漀渀最漀 搀攀 琀漀搀愀 愀 猀甀愀 瘀椀搀愀⸀
  21. 21. E,nestaguerra,vence quem conseguircontar amelhorHistória Asperguntasqueficam são:com esse excessodeinformaçõesdiárias,quais delastêmchamadomaisasuaatenção? Quaisvocêtem maiorinteresse?Com quaisdelasvocêseidentificamais?E,a perguntaquenãoquercalar:porquevocê seidentificamaiscomalgumas informações,algunsconteúdos,doque outros?Sim,vivemoshojeachamada “guerradaatenção”. Repetindoapergunta:porqueseráque você gosta tanto daquele livro,ficou vidradonaquelapropaganda,nãopode perder um capítulo sequer daquela novela,vaiàpré-estreiadaquelefilmetão famoso,comproutodasastemporadas daqueleseriadoeprometeutirar opróximofinaldesemanaparaficar enfurnadoemfrenteàTV? Porquevocêseidentificacomtodasessas mídias,éclaro.EsãoasHistóriasquetêmo poderdegerarestaidentificaçãocom diferentesaudiências.Cheirodeconexão emocionalnoar.
  22. 22. 愀 洀攀氀栀漀爀 挀漀洀甀渀椀挀愀漀  愀焀甀攀氀愀 焀甀攀 挀漀渀琀愀 愀  洀攀氀栀漀爀 䠀椀猀琀爀椀愀 䄀猀猀椀洀Ⰰ 愀瀀爀攀渀搀攀洀漀猀 愀焀甀椀 甀洀愀 氀椀漀㨀 漀 焀甀攀 昀愀稀攀爀 瀀愀爀愀 挀栀愀洀愀爀 攀 瀀爀攀渀搀攀爀 愀 愀琀攀渀漀 搀漀 瀀切戀氀椀挀漀  椀渀琀攀爀渀漀 搀甀爀愀渀琀攀 甀洀愀 挀漀洀甀渀椀挀愀漀㼀 䌀漀渀琀愀爀 甀洀愀 䠀椀猀琀爀椀愀Ⰰ  挀氀愀爀漀℀ 䄀猀猀椀洀Ⰰ 愀漀 挀漀渀猀琀爀甀椀爀 愀 猀甀愀  挀漀洀甀渀椀挀愀漀Ⰰ 戀甀猀焀甀攀 琀爀愀渀猀洀椀琀椀爀 愀猀 猀甀愀猀 椀渀昀漀爀洀愀攀猀 瀀愀爀愀 猀甀愀 愀甀搀椀渀挀椀愀 挀漀渀猀琀爀甀椀渀搀漀 甀洀愀  䠀椀猀琀爀椀愀Ⰰ 甀洀 爀愀挀椀漀挀渀椀漀 攀猀琀爀甀琀甀爀愀搀漀 挀漀洀 挀漀洀攀漀Ⰰ 洀攀椀漀 攀 ǻ洀 焀甀攀 瀀漀猀猀愀 愀甀洀攀渀琀愀爀 愀 挀愀瀀琀愀漀  搀愀 愀琀攀渀漀 搀愀 愀甀搀椀渀挀椀愀 攀Ⰰ 挀漀渀猀攀焀甀攀渀琀攀洀攀渀琀攀Ⰰ 瀀漀猀猀愀 愀甀洀攀渀琀愀爀 猀甀愀猀 挀栀愀渀挀攀猀 搀攀 猀甀挀攀猀猀漀Ⰰ  愀琀椀渀最椀渀搀漀 漀 猀攀甀 漀戀樀攀琀椀瘀漀⸀ 준 椀洀瀀漀爀琀愀渀琀攀 愀焀甀椀 搀攀猀洀椀猀琀椀ǻ挀愀爀 漀 猀椀最渀椀ǻ挀愀搀漀 搀攀 䠀椀猀琀爀椀愀⸀ 䄀猀䄀猀 䠀椀猀琀爀椀愀猀 渀漀 猀漀 愀琀爀椀戀甀搀愀猀 猀漀洀攀渀琀攀 愀焀甀攀氀愀猀 焀甀攀 瘀漀挀 挀漀渀栀攀挀攀 搀愀猀 渀漀瘀攀氀愀猀Ⰰ 猀攀爀椀愀搀漀猀Ⰰ  搀愀 䐀椀猀渀攀礀Ⰰ 搀愀 倀椀砀愀爀☠ 倀愀爀愀 愀 匀伀䄀倀Ⰰ 甀洀愀 戀漀愀 䠀椀猀琀爀椀愀 挀漀渀猀椀猀琀攀 攀洀 甀洀愀 渀愀爀爀愀琀椀瘀愀 猀甀猀琀攀渀琀愀搀愀  瀀漀爀 甀洀愀 猀攀焀甀渀挀椀愀 搀攀 昀愀琀漀猀Ⰰ 搀愀搀漀猀 攀 椀渀昀漀爀洀愀攀猀 攀猀琀爀愀琀攀最椀挀愀洀攀渀琀攀 挀漀渀攀挀琀愀搀漀猀 瀀愀爀愀  搀攀猀瀀攀爀琀愀爀 攀洀 甀洀愀 搀攀琀攀爀洀椀渀愀搀愀 愀甀搀椀渀挀椀愀 甀洀 挀漀渀樀甀渀琀漀 搀攀 攀洀漀攀猀 攀 挀漀渀挀氀甀猀攀猀⸀ 倀漀爀琀愀渀琀漀Ⰰ 琀攀渀栀愀 挀漀渀猀挀椀渀挀椀愀 焀甀攀Ⰰ 瀀愀爀愀 愀 猀甀愀 愀甀搀椀渀挀椀愀 䴀愀猀 挀漀洀漀 挀漀渀琀愀爀 愀 猀甀愀 栀椀猀琀爀椀愀㼀 䌀漀渀猀琀爀甀椀渀搀漀 甀洀 爀漀琀攀椀爀漀Ⰰ  挀氀愀爀漀℀ 䌀漀洀 漀 瀀氀愀渀攀樀愀洀攀渀琀漀  昀攀椀琀漀 瘀漀挀 琀攀爀 洀攀氀栀漀爀 挀漀渀搀椀攀猀 搀攀 挀漀渀猀琀爀甀椀爀 甀洀 爀漀琀攀椀爀漀⸀  䔀 挀漀洀漀 挀漀渀猀琀爀甀椀ⴀ氀漀㼀
  23. 23. 䐀椀瘀椀搀愀 猀甀愀 挀漀洀甀渀椀挀愀漀 攀洀 ㌀ 瀀愀爀琀攀猀⸀ 吀攀挀渀椀挀愀洀攀渀琀攀 挀栀愀洀愀搀愀猀 搀攀 䄀琀漀 ㄀Ⰰ 䄀琀漀 ㈀ 攀 䄀琀漀 ㌀⸀ 一愀  瀀爀琀椀挀愀Ⰰ 椀渀琀爀漀搀甀漀Ⰰ 搀攀猀攀渀瘀漀氀瘀椀洀攀渀琀漀 攀 昀攀挀栀愀洀攀渀琀漀⸀ 嘀漀挀 搀攀瘀攀 猀攀 氀攀洀戀爀愀爀 搀攀猀琀愀  攀猀琀爀甀琀甀爀愀 瀀愀爀愀 愀 挀漀渀猀琀爀甀漀 搀愀猀 爀攀搀愀攀猀 渀漀 琀攀洀瀀漀 搀攀 攀猀挀漀氀愀⸀  䐀攀搀椀挀愀搀漀 愀 搀攀猀瀀攀爀琀愀爀 漀 椀渀琀攀爀攀猀猀攀 搀愀 猀甀愀 愀甀搀椀渀挀椀愀⸀ 준 愀焀甀椀 焀甀攀 猀攀  挀漀洀攀愀 愀 最攀爀愀爀 愀 攀洀瀀愀琀椀愀 攀 愀 挀漀渀攀砀漀 攀洀漀挀椀漀渀愀氀⸀ 倀漀爀琀愀渀琀漀Ⰰ 渀愀  椀渀琀爀漀搀甀漀 搀愀 挀漀洀甀渀椀挀愀漀 瘀漀挀 渀漀 搀攀瘀攀 挀漀洀攀愀爀 愀 昀愀氀愀爀 猀漀戀爀攀  漀 愀猀猀甀渀琀漀 挀攀渀琀爀愀氀 搀愀 挀漀洀甀渀椀挀愀漀Ⰰ 洀愀猀 猀椀洀 琀爀愀愀爀 甀洀 挀漀渀琀攀砀琀漀 渀漀  焀甀愀氀 猀甀愀 愀甀搀椀渀挀椀愀 攀猀琀 椀渀猀攀爀椀搀愀Ⰰ 爀攀氀愀挀椀漀渀愀搀漀 愀漀 琀攀洀愀 焀甀攀 猀攀爀  搀椀猀挀甀琀椀搀漀 愀搀椀愀渀琀攀⸀ ㄀愀吀伀 䐀攀搀椀挀愀搀漀 愀 洀愀渀琀攀爀 愀 愀琀攀渀漀 攀 最攀爀愀爀 攀渀琀攀渀搀椀洀攀渀琀漀⸀ 䄀 攀猀琀爀愀琀最椀愀 愀焀甀椀   琀爀愀稀攀爀 挀漀渀猀攀焀甀渀挀椀愀猀Ⰰ 挀漀渀˻椀琀漀猀 漀甀 漀瀀漀爀琀甀渀椀搀愀搀攀猀 焀甀攀 猀甀爀最攀洀 瀀愀爀愀 愀  愀甀搀椀渀挀椀愀 搀椀愀渀琀攀 搀漀 挀漀渀琀攀砀琀漀 椀渀椀挀椀愀氀 愀瀀爀攀猀攀渀琀愀搀漀 渀漀 䄀琀漀 ㄀⸀  ㈀愀吀伀 ㌀愀吀伀 䐀攀搀椀挀愀搀漀 愀 挀漀渀焀甀椀猀琀愀爀 愀 愀搀攀猀漀 搀愀 猀甀愀 愀甀搀椀渀挀椀愀⸀ 䘀愀稀攀爀 挀漀洀 焀甀攀 攀氀愀  ᰠ挀漀洀瀀爀攀 猀甀愀 椀搀攀椀愀ᴠ⸀ 䄀猀猀椀洀Ⰰ  渀漀 䄀琀漀 ㌀ 焀甀攀 瘀漀挀 搀攀瘀攀 愀瀀爀攀猀攀渀琀愀爀 甀洀愀  瀀爀漀瀀漀猀琀愀Ⰰ 甀洀愀 猀漀氀甀漀Ⰰ 甀洀 瀀爀漀樀攀琀漀 攀琀挀⸀Ⰰ 攀渀搀攀爀攀愀渀搀漀 琀漀搀漀 漀 挀漀渀琀攀砀琀漀  攀 挀漀渀猀攀焀甀渀挀椀愀猀 琀爀愀稀椀搀漀猀 渀漀猀 䄀琀漀猀 ㄀ 攀 ㈀⸀ 䄀猀猀椀洀Ⰰ 猀甀愀 愀甀搀椀渀挀椀愀 攀猀琀愀爀  攀洀漀挀椀漀渀愀氀洀攀渀琀攀 攀渀瘀漀氀瘀椀搀愀 攀 攀渀砀攀爀最愀爀 戀攀渀攀昀挀椀漀 瀀愀爀愀 ᰠ挀漀洀瀀爀愀爀ᴠ 愀  猀甀愀 瀀爀漀瀀漀猀琀愀⸀ 倀漀爀 椀猀猀漀Ⰰ 搀甀爀愀渀琀攀 漀 昀攀挀栀愀洀攀渀琀漀  瀀爀攀挀椀猀漀 琀愀洀戀洀 昀愀稀攀爀  甀洀 ᰠ挀愀氀氀 琀漀 愀挀琀椀漀渀ᴠⰀ 挀漀渀搀甀稀椀渀搀漀 猀甀愀 愀甀搀椀渀挀椀愀  愀漀Ⰰ 洀甀搀愀渀愀Ⰰ  最攀最攀爀愀渀搀漀 挀漀洀瀀爀漀洀攀琀椀洀攀渀琀漀⸀
  24. 24. VocêpoderianoAto1,porexemplo,reali- nharcomooprocessodegeraçãodepro- postaséfeitoatualmente,mostrandoo conhecimentodarealidadedetodos.Mais doqueisso,traçartodososbenefíciose, principalmente,asdificuldadeseproble- masenfrentadosportodoscom esses processos.Dificuldadesdaequipecomer- cial e problemas enfrentados pela empresacomoumtodo. NoAto2vocêpoderiaatacarasconse- quênciasdessesproblemasparaosfun- cionários e para a empresa. Por exemplo:processosmanuais,demorana construção das propostas,falta de unidade,adificuldadedeaempresa mapearetraçarestatísticassobreostra balhoscomerciais,adificuldadecom issoem criarprogramasderemunera- çãovariáveleincentivoetc. Assim,noAto3éhoradevocêtrazera soluçãoproposta,nesteexemplocoma geraçãodepropostasatravésdeum software.Sim,apresenteasmudanças,a burocracianonovoprocesso,porém mostrecomoelefuncionaráe,principal- mente,osbenefíciosqueosfuncionários eeempresaganharãocom aadoçãodo software,com possibilidadedemaiores remunerações,controledosmelhores desempenhos,facilidadenacriaçãode novaspropostaseconsultas,possibili- dadedecriaçãodeplanosdeincentivos epremiações,etc.
  25. 25. Opontodepartidaévocêrespeitaroguide dasuaMarca. Em sua comunicação interna nem semprevocêcontarácom um recurso visualcomosuporte.Tudodependerá docanaloudamídiaescolhida.Inde- pendentementedamídia,asetapasde PlanejamentoeHistóriadiscutidasaté aquipodem edevem seraplicadasa todaselatodaselas. Independentementedamídiaesco- lhida,existemalgumasregrasbásicas queatendem atodaselasnoquediz respeitoaosuportevisualdacomuni- caçãointerna. AsentregasvisuaisdaSOAPestãonos slidesouvídeos.Mastalvezvocêprecise construirum e-mailmarketing,ouum post ilustrado na intranet da sua empresa,entreoutrasalternativas.
  26. 26. Acimadetudo,tenhaconsciênciaqueosuporte visualcriadoprecisaseromaisdidáticopossível parasuaaudiência. Eletemcomofunçãoajudaracontarahistóriaquevocêcriouemsuacomunicação, facilitandoacompreensãoeengajamentodesuaaudiência. Oquedeveserrespeitado?Ascoresprimáriasesecundáriaspré-definidas;fontes; aplicaçõesdologo;tiposdeimagenseilustraçõespermitidos;íconeseestilosde gráficosetabelas;entreoutroselementos.Comessescuidadosasoluçãovisualdesua comunicaçãonãoentraráemdissonânciacomasdemaiscomunicaçõesdesuaMarca. Procureesteguidejuntoaodepartamentodecomunicação.Otemaouassuntoda comunicaçãotambémédeterminante,poisumacomunicaçãosobreosresultadosda empresacertamenterequersoluçõesvisuaisdiferentesdeumacomunicaçãosobre projetossustentáveis,porexemplo.
  27. 27. Uma eficientecomunicação podeajudaruma empresaasuperarmomentosdecrise. EmnenhummomentoaCaterpillarescondeuacrise.Aoinvésdisso,acomunicaçãofoi intensificadacomointuitodeenvolvertodososfuncionárioscomosassuntosreferentes aomomentodedificuldade-oboletimeletrônicodaempresa,porexemplo,passouaser semanalaoinvésdequinzenal. Acriseeconômicaqueeclodiuem2008-2009atingiumilharesdeempresasnoBrasil, inclusiveaCaterpillar,gigantenorteamericananafabricaçãodemáquinasrodoviáriase geradoresdeenergia.Masaempresanãodeixouqueissoabalassearelaçãodeconfiança dosseusfuncionários.Muitopelocontrário:aempresautilizouacomunicaçãotranspa- rentecomoforçamotrizparaenfrentarumadaspiorescrisesdasuahistória. UmexemplodissoéaCaterpillareamaneiracomoserelacionacomseusfuncionários, semprecomtotaltransparência.Temsidoassimnesteanodecrise,quandotodaaindústria temadotadomedidasdeajustes,comotambémfoiassimnacrisemundialde2008-2009, quandooprocessodecomunicaçãoajudouaempresaavenceromomentodifícil.
  28. 28. Asliderançasficarammaispróximaseinformaram osfuncionáriossobrecada planoeaçãoda empresaparasuperaromomentodecrise. Alémdisso,tambémcomunicoucomoo impactoparaosfuncionáriosseriamini- mizadocom aajudadaempresa.Por exemplo,aCaterpillarfezumaparceria especialcom asagênciasinternasdo BancodoBrasileItaúpararevereampliar oprazodeempréstimosdefuncionários (pa(parceriamantidamesmoapósacrise). Também investiuem intensivostreina- mentosparaprepararseusfuncionários paraaretomadaeconômica.Oprincípio éque,umaveztendoaoranização atravessadoessemomento,seuspro- fissionaisvoltariamaoperarimediata- mente,aindamelhorpreparadosque antes. Aempresafalouabertamentesobreaimplantaçãodolay-off(suspensãotemporáriado contratodetrabalho),deixandoclaroporqueeleeranecessário.
  29. 29. “ “ O resultadodetudo isso?Em 2009,ano dacrise,aCaterpillar foi premiada em primeirolugarnalista GPTW-Brasil. ApesquisaGPTWindicouquenãoapenas aconfiançadosfuncionáriosnaempresa haviaaumentado,mastambém queeles estavam todosunidos,fazendoomelhor paraajudaraempresaasuperaracrise. ACaterpillarmundialanunciouem2010 um faturamentorecordenaépoca,de US$42,5bilhõeseofaturamentoda operaçãodoBrasilcresceu60% com relaçãoa2009. NadaNadadissoseriapossívelseaCaterpillar nãotivesseumacomunicaçãotranspa- rente,empáticaeeficaz–quefoiabase fundamentalparaqueaempresasupe- rasserapidamenteodesafioefosse celebradacomoaMelhorEmpresapara TrabalharnoBrasil,mesmoenfrentando umagrandecrise. Em 2015,osetorfaceianovamentea crise,mas,destavez,elaébemdiferente dacrisede2008-2009.Portanto,as medidas também são bem distintas, específicasparaaatualrealidade.Seja comofor,aregranaCaterpillarcontinua exatamenteamesma:pensarprofunda- mentementeem soluçõesquecombatam o momento,preparandoaempresaparaa retomada de modo a preservarao máximo as pessoas. A Caterpillar anunciouaadoçãodebancodehoras, fériasseletivasecoletivas,junçãode turnosdetrabalho,entreoutrasações, sempre com muita transparência.A premissa é comunicar,comunicare comunicar…Osfuncionáriossãosempre osprimeirosaconhecercadamedida. “Acreditamosquetodooesforçoque desenvolvemosparareterpessoasvalea pena.Investimosmuitoemnossospro- fissionais,quesãoaltamentecapacita- dosebuscamospreservaressestalentos aomesmotempoem quedesenhamos soluçõesquegarantam asustentabili- dadedaempresa”,concluiopresidente daCaterpillar,OdairRenosto.
  30. 30. Dependendodaferramentaoumídiautilizada, nadadissopodetransmitirumrealvalorparaa audiênciaseaPerformancedolíderem sua comunicaçãonãoforeficaz. Oassuntoéamploemerecedestaque.PorissoseráotemacentraldopróximoeBooka serlançadopeloGPTWeSOAP. Acompanhe! Trouxemosaquiqueaconstruçãodeumacomunicaçãointernaeficazprecisapromover conexãoemocionalcomaaudiência.FalamossobreavitalimportânciadoPlanejamento, sobreconstruçãodeHistóriasepremissasparaumSuporteVisualdidáticoequeajudaa contarasuahistória.
  31. 31. 挀漀洀甀渀椀挀愀漀䄀 挀漀渀攀砀漀 攀洀漀挀椀漀渀愀氀 攀洀 瀀爀漀氀 搀漀 攀渀最愀樀愀洀攀渀琀漀Ⰰ  瀀爀漀搀甀琀椀瘀椀搀愀搀攀 攀 挀爀椀愀漀 搀攀 甀洀 攀砀挀攀氀攀渀琀攀  愀洀戀椀攀渀琀攀 搀攀 琀爀愀戀愀氀栀漀
  32. 32. 挀漀洀甀渀椀挀愀漀䄀 挀漀渀攀砀漀 攀洀漀挀椀漀渀愀氀 攀洀 瀀爀漀氀 搀漀 攀渀最愀樀愀洀攀渀琀漀Ⰰ  瀀爀漀搀甀琀椀瘀椀搀愀搀攀 攀 挀爀椀愀漀 搀攀 甀洀 攀砀挀攀氀攀渀琀攀  愀洀戀椀攀渀琀攀 搀攀 琀爀愀戀愀氀栀漀

×