SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 39
 
 
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
Criou o termo  “ diversidade biológica”.  (1980) ,[object Object]
Incorporação do termo “Biodiversidade” ,[object Object],[object Object]
Fonte: Zoological Record online, levantamento próprio. ,[object Object]
 
BIODIVERSIDADE Contexto social Contexto político Contexto econômico Contexto biológico
[object Object],[object Object],[object Object],Três categorias principais :
“ a variabilidade entre organismos vivos de qualquer origem incluindo, entre outros, ecossistemas terrestres, marinhos e outros ecossistemas aquáticos, e os complexos ecológicos de que fazem parte; isto inclui diversidade  dentro de espécies ,  entre espécies  e  de ecossistemas .”  (Brasil, 1992. CDB Artigo 2 )
Diversidade dentro de espécies “ Abrange toda a variação entre indivíduos de uma população, bem como entre populações espacialmente distintas da mesma espécie. Na prática, essa diversidade tem sido tratada como equivalente à diversidade genética.”  (Lewinsohn & Prado 2006)
Diversidade entre espécies “ Corresponde ao que se chama de diversidade de espécies :  a variedade de espécies existentes em algum tipo de ambiente ou em uma região definida, de tamanho maior ou menor.” (Lewinsohn & Prado 2006)
Diversidade de ecossistemas “ Para os ecólogos, a biodiversidade é também a diversidade de interações duradouras entre espécies. Também tem sido tratada como correlacionada com a diversidade de fisionomias de vegetação, de paisagens ou de biomas.”  (Lewinsohn & Prado 2006)
“ O conceito de biodiversidade parece ser um grande carrinho de supermercado, onde diferentes itens podem ser colocados. Para alguns, o termo biodiversidade é um cesto vazio, onde cada um coloca o que quer. Para outros, é um conceito tão global que se refere aos numerosos aspectos da diversidade da vida, compreendidos os usos que são feitos pelas sociedades humanas.” (Lévêque 1999 apud Oliveira 2005)
 
Como é feito?
Taxonomia “ Toda população é variável e, por isto, descartou-se a noção de uma norma para a espécie.” (Lewinsohn & Prado 2006) ,[object Object],[object Object]
Coleções Biológicas ,[object Object],[object Object],[object Object],Marinoni & Peixoto 2010
[object Object],[object Object],≠
Contribuições da ciência ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
O Brasil integra o seleto grupo dos 17 países megadiversos, que concentram 70% das espécies do planeta. O Brasil é responsável por cerca de 20-22% da biodiversidade mundial . Szpilman 1998
http://www.institutoaqualung.com.br/info_biodiversidade23.html   Plantas Mamíferos Pássaros Répteis Anfíbios Totais Países   Brasil 1º - 56.000 1º -524 (131) 3º - 1.622 (191) 5º - 468 (172) 2º - 517 (294) 3.131 (788) Colômbia 2º - 51.000 4º - 456 (28) 1º - 1.815 (142) 3º - 520 (97) 1º - 583 (367) 3.374 (634) Indonésia 3º - 37.000 2º - 515 (201) 5º - 1.531 (397) 4º - 511 (150) 6º - 270 (100) 2.827 (848) China 4º - 30.000 3º - 499 (77) 8º - 1.244 (99) 7º - 387 (133) 5º - 274 (175) 2.404 (484) México 5º - 15.600 5º - 450 (140) 10º - 1.050 (125) 2º - 717 (368) 4º - 284 (169) 2.501 (802) África do Sul 6º 14º - 247 (27) 11º - 774 (7) 9º - 313 (76) 15º - 95 (36) 1.415 (146) Venezuela 7º 10º - 288 (11) 6º - 1.360 (45) 13º - 293 (57) 9º - 204 (76) 2.145 (189) Equador 8º 13º - 271 (21) 4º - 1.559 (37) 8º - 374 (114) 3º - 402 (138) 2.606 (310) Peru 9º 9º - 344 (46) 2º - 1.703 (109) 12º - 298 (98) 7º - 241 (89) 2.586 (342) Estados Unidos 10º 6º - 428 (101) 12º - 768 (71) 16º - 261 (90) 12º - 194 (126) 1.651 (388) Papua-Nova Guiné 11º 15º - 242 (57) 13º - 762 (85) 10º - 305 (79) 10º - 200 (134) 1.509 (355) Índia 12º 8º - 350 (44) 7º - 1.258 (52) 6º - 408 (187) 8º - 206 (110) 2.222 (393) Austrália 13º 12º - 282 (210) 14º - 751 (355) 1º - 755 (616) 11º - 196 (169) 1.984 (1.350) Malásia 14º 11º - 286 (27) 15º - 738 (11) 14º - 268 (68) 14º - 158 (57) 1.450 (163) Madagascar 15º 17º - 105 (77) 17º - 253 (103) 11º - 300 (274) 13º - 178 (176) 836 (630) Rep. do Congo 16º 7º - 415 (28) 9º - 1.094 (23) 14º - 268 (33) 16º - 80 (53) 1.857 (137) Filipinas 17º 16º - 201 (116) 16º - 556 (183) 17º - 193 (131) 17º - 63 (44) 1.013 (474)
[object Object],[object Object]
 
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],Markus & Rodrigues 2010
“ Para conservar é  preciso conhecer.”  (Markus & Rodrigues)
 
[object Object]
Nature, 444, p. 555, 2006
 
[object Object],[object Object],Ehrenfeld 2010
“… se persistirmos nessa cruzada de determinar valor onde o valor deveria ser evidente, nada nos restará quando a poeira finalmente baixar, a nao ser nossa ganância.” Ehrenfeld 2010
O valor é intrínseco à diversidadade. O valor simplesmente  existe . Ehrenfeld 2010
BROOK, B.W. & SODHI, N.S. Rarity bites. Nature, 444, p. 555, 2006. EHRENFELD, D. Por que atribuir um valor à biodiversidade? In: WILSON, E.O. & PETER, F.M. Biodiversidade. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1997. GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL. Sobre biodiversidade. Disponível em: http://www.biodiversidade.rs.gov.br (acesso 15/09/11) HATHAWAY, D. A biopirataria no Brasil. In: Seria melhor ladrinhar? ISA/UnB, 2001. LEWINSOHN, T.M. & PRADO, P.I.K.L. Síntese do Conhecimento Atual da  Biodiversidade Brasileira. In: LEWINSOHN, T. M.  Avaliação do Conhecimento da Biodiversidade Brasileira . Ministério do Meio Ambiente – MMA, Brasília. 2006. Vol. 1. 269p.  MARINONI, L. & PEIXOTO, A.L. As coleções biológicas como fonte dinâmica permanente de conhecimento sobre a biodiversidade. Ciência & Cultura, 62(3). p. 54-57, 2010.
MARKUS, R.P. & RODRIGUES, M.T. Biodiversidade: haverá um mapa para este tesouro? Ciência & Cultura, 55(3). p. 20-21, 2003. MORAES, M.A. Até que ponto a ciência pode contribuir para a conservação da diversidade biológica? Ciência & Cultura, 62(3), p. 6-7, 2010.  OLIVEIRA, L.B. O perfil conceitual de biodiversidade: do professor-formador ao professor de Biologia em serviço. São Paulo, 2005. Dissertação apresentada à Faculdade de Educação da USP. REINACH, F. A longa marcha dos grilos canibais: e outras crônicas sobre a vida no planeta Terra .  São Paulo: Companhia das Letras, 2010.  RODRIGUES, M.T. Biodiversidade: do planejamento à ação. Ciência e Cultura 55(3), p. 47-48, 2003. SZPILMAN, M. Biodiversidade: as nações mais ricas em diversidade do planeta, 1998. Disponível em: http://insitutoaqualung.com.br/info_biodiversidade23.html (acesso 19/09/11)
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fluxo de energia no ecossistema
Fluxo de energia no ecossistemaFluxo de energia no ecossistema
Fluxo de energia no ecossistemaReinan Santos
 
Seleção natural e adaptação
Seleção natural e adaptaçãoSeleção natural e adaptação
Seleção natural e adaptaçãoKamila Joyce
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológicaCésar Milani
 
Aula de ecologia curso completo
Aula de ecologia   curso completoAula de ecologia   curso completo
Aula de ecologia curso completoNelson Costa
 
Dinâmica de Populações
Dinâmica de PopulaçõesDinâmica de Populações
Dinâmica de PopulaçõesTurma Olímpica
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vidaemanuel
 
teoria evolucionista Darwin e Lamarck
teoria evolucionista Darwin e Lamarckteoria evolucionista Darwin e Lamarck
teoria evolucionista Darwin e LamarckDarlla Sb
 
Ecologia - Introdução
Ecologia - IntroduçãoEcologia - Introdução
Ecologia - IntroduçãoKiller Max
 
Evidências da evolução
Evidências da evoluçãoEvidências da evolução
Evidências da evoluçãoKamila Joyce
 
Aula Classificação dos Seres Vivos
Aula Classificação dos Seres VivosAula Classificação dos Seres Vivos
Aula Classificação dos Seres VivosPlínio Gonçalves
 
Cadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentaresCadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentaresGabriela de Lima
 
Fluxo de energia e pirâmides ecológicas
Fluxo de energia e pirâmides ecológicasFluxo de energia e pirâmides ecológicas
Fluxo de energia e pirâmides ecológicasSilvana Sanches
 

Mais procurados (20)

Fluxo de energia no ecossistema
Fluxo de energia no ecossistemaFluxo de energia no ecossistema
Fluxo de energia no ecossistema
 
Seleção natural e adaptação
Seleção natural e adaptaçãoSeleção natural e adaptação
Seleção natural e adaptação
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
 
Aula de ecologia curso completo
Aula de ecologia   curso completoAula de ecologia   curso completo
Aula de ecologia curso completo
 
Dinâmica de Populações
Dinâmica de PopulaçõesDinâmica de Populações
Dinâmica de Populações
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 
teoria evolucionista Darwin e Lamarck
teoria evolucionista Darwin e Lamarckteoria evolucionista Darwin e Lamarck
teoria evolucionista Darwin e Lamarck
 
Ecologia - Introdução
Ecologia - IntroduçãoEcologia - Introdução
Ecologia - Introdução
 
Ecologia 3º ano
Ecologia 3º anoEcologia 3º ano
Ecologia 3º ano
 
Biotecnologia
Biotecnologia Biotecnologia
Biotecnologia
 
Biodiversidade: preservação das espécies para o equilíbrio do planeta
Biodiversidade: preservação das espécies para o equilíbrio do planeta Biodiversidade: preservação das espécies para o equilíbrio do planeta
Biodiversidade: preservação das espécies para o equilíbrio do planeta
 
Evidências da evolução
Evidências da evoluçãoEvidências da evolução
Evidências da evolução
 
Aula Classificação dos Seres Vivos
Aula Classificação dos Seres VivosAula Classificação dos Seres Vivos
Aula Classificação dos Seres Vivos
 
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
 
Ecologia de Populações
Ecologia de PopulaçõesEcologia de Populações
Ecologia de Populações
 
2ª lei de mendel
2ª lei de mendel2ª lei de mendel
2ª lei de mendel
 
Impactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivoImpactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivo
 
Biologia da Conservação
Biologia da ConservaçãoBiologia da Conservação
Biologia da Conservação
 
Cadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentaresCadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentares
 
Fluxo de energia e pirâmides ecológicas
Fluxo de energia e pirâmides ecológicasFluxo de energia e pirâmides ecológicas
Fluxo de energia e pirâmides ecológicas
 

Destaque

Importância da biodiversidade
Importância da biodiversidadeImportância da biodiversidade
Importância da biodiversidadefabiopombo
 
Importância da biodiversidade
Importância da biodiversidade Importância da biodiversidade
Importância da biodiversidade Sara Afonso
 
Slide de biodiversidade iury souza.
Slide de biodiversidade iury souza.Slide de biodiversidade iury souza.
Slide de biodiversidade iury souza.netolimask89
 
Aula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth BergerAula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth BergerMatheus Yuri
 
Ameaças à Biodiversidade
Ameaças à BiodiversidadeAmeaças à Biodiversidade
Ameaças à BiodiversidadeEdnaldo Monteiro
 
Ciências naturais 7 biodiversidade
Ciências naturais 7   biodiversidadeCiências naturais 7   biodiversidade
Ciências naturais 7 biodiversidadeNuno Correia
 
Especiação e extinção
Especiação e extinçãoEspeciação e extinção
Especiação e extinçãounesp
 
Perda de biodiversidade (1)
Perda de biodiversidade (1)Perda de biodiversidade (1)
Perda de biodiversidade (1)alsferreira
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidademarco :)
 
Classificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivos Classificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivos LarissaVian
 
Condições Do Planeta Terra Que Permitem A ExistêNcia De Vida
Condições Do Planeta Terra Que Permitem A ExistêNcia De VidaCondições Do Planeta Terra Que Permitem A ExistêNcia De Vida
Condições Do Planeta Terra Que Permitem A ExistêNcia De VidaIsabel Lopes
 
Cap. 5 os agentes modeladores do relevo
Cap. 5   os agentes modeladores do relevoCap. 5   os agentes modeladores do relevo
Cap. 5 os agentes modeladores do relevoprofacacio
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
BiodiversidadeNiise
 

Destaque (20)

Importância da biodiversidade
Importância da biodiversidadeImportância da biodiversidade
Importância da biodiversidade
 
Importância da biodiversidade
Importância da biodiversidade Importância da biodiversidade
Importância da biodiversidade
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Slide de biodiversidade iury souza.
Slide de biodiversidade iury souza.Slide de biodiversidade iury souza.
Slide de biodiversidade iury souza.
 
Biodiversidade Brasileira
Biodiversidade BrasileiraBiodiversidade Brasileira
Biodiversidade Brasileira
 
Livro verde da_biodiversidade_2011_1
Livro verde da_biodiversidade_2011_1Livro verde da_biodiversidade_2011_1
Livro verde da_biodiversidade_2011_1
 
Aula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth BergerAula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth Berger
 
Celula
CelulaCelula
Celula
 
Ameaças à Biodiversidade
Ameaças à BiodiversidadeAmeaças à Biodiversidade
Ameaças à Biodiversidade
 
Ciências naturais 7 biodiversidade
Ciências naturais 7   biodiversidadeCiências naturais 7   biodiversidade
Ciências naturais 7 biodiversidade
 
Especiação e extinção
Especiação e extinçãoEspeciação e extinção
Especiação e extinção
 
Perda de biodiversidade (1)
Perda de biodiversidade (1)Perda de biodiversidade (1)
Perda de biodiversidade (1)
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Classificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivos Classificação dos seres vivos
Classificação dos seres vivos
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Condições Do Planeta Terra Que Permitem A ExistêNcia De Vida
Condições Do Planeta Terra Que Permitem A ExistêNcia De VidaCondições Do Planeta Terra Que Permitem A ExistêNcia De Vida
Condições Do Planeta Terra Que Permitem A ExistêNcia De Vida
 
Cap. 5 os agentes modeladores do relevo
Cap. 5   os agentes modeladores do relevoCap. 5   os agentes modeladores do relevo
Cap. 5 os agentes modeladores do relevo
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
 

Semelhante a Biodiversidade e aspectos biológicos

Revisao_Biologia-_ECOSSISTEMA_BIODIVERSIDADE_PROBLEMAS_E_IMPACTOS_AMBIENTAIS....
Revisao_Biologia-_ECOSSISTEMA_BIODIVERSIDADE_PROBLEMAS_E_IMPACTOS_AMBIENTAIS....Revisao_Biologia-_ECOSSISTEMA_BIODIVERSIDADE_PROBLEMAS_E_IMPACTOS_AMBIENTAIS....
Revisao_Biologia-_ECOSSISTEMA_BIODIVERSIDADE_PROBLEMAS_E_IMPACTOS_AMBIENTAIS....marina cangussu starling
 
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013Reicla Larissa Villela
 
Biodiversidade e conhecimentos tradicionais
Biodiversidade e conhecimentos tradicionaisBiodiversidade e conhecimentos tradicionais
Biodiversidade e conhecimentos tradicionaisFranco Nassaro
 
Recursos Fitogenéticos de Plantas Perenes 2024.pptx
Recursos Fitogenéticos de Plantas Perenes 2024.pptxRecursos Fitogenéticos de Plantas Perenes 2024.pptx
Recursos Fitogenéticos de Plantas Perenes 2024.pptxRenato Ferraz de Arruda Veiga
 
Franco_2013_O Conceito de Biodiversidade.pdf
Franco_2013_O Conceito de Biodiversidade.pdfFranco_2013_O Conceito de Biodiversidade.pdf
Franco_2013_O Conceito de Biodiversidade.pdfGiulianaCadorin3
 
Principais ameaças à biodiversidade
Principais ameaças à biodiversidadePrincipais ameaças à biodiversidade
Principais ameaças à biodiversidadeAnaïs André
 
Proposta de redação seminário Biodiversidade ecologia
Proposta de redação seminário Biodiversidade ecologiaProposta de redação seminário Biodiversidade ecologia
Proposta de redação seminário Biodiversidade ecologiaProfFernandaBraga
 
Aula de ecologia 01
Aula de ecologia 01Aula de ecologia 01
Aula de ecologia 01senesunetec
 
Biodiversidade mgomes2014
Biodiversidade mgomes2014Biodiversidade mgomes2014
Biodiversidade mgomes2014Marcelo Gomes
 
Origem da Vida - Diversidade - Microevolução e seleção natural.pptx
Origem da Vida - Diversidade - Microevolução e seleção natural.pptxOrigem da Vida - Diversidade - Microevolução e seleção natural.pptx
Origem da Vida - Diversidade - Microevolução e seleção natural.pptxDamiao Oliveira
 
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, GeodiversidadeDiversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, GeodiversidadeVitor Vieira Vasconcelos
 
AULA - LEGISLAÇÃO AMBIENTAL - Diversidade Biológica.pptx
AULA - LEGISLAÇÃO AMBIENTAL - Diversidade Biológica.pptxAULA - LEGISLAÇÃO AMBIENTAL - Diversidade Biológica.pptx
AULA - LEGISLAÇÃO AMBIENTAL - Diversidade Biológica.pptxZoraide6
 

Semelhante a Biodiversidade e aspectos biológicos (20)

Revisao_Biologia-_ECOSSISTEMA_BIODIVERSIDADE_PROBLEMAS_E_IMPACTOS_AMBIENTAIS....
Revisao_Biologia-_ECOSSISTEMA_BIODIVERSIDADE_PROBLEMAS_E_IMPACTOS_AMBIENTAIS....Revisao_Biologia-_ECOSSISTEMA_BIODIVERSIDADE_PROBLEMAS_E_IMPACTOS_AMBIENTAIS....
Revisao_Biologia-_ECOSSISTEMA_BIODIVERSIDADE_PROBLEMAS_E_IMPACTOS_AMBIENTAIS....
 
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
 
Biodiversidade 4 (1)
Biodiversidade 4 (1)Biodiversidade 4 (1)
Biodiversidade 4 (1)
 
Biodiversidade e conhecimentos tradicionais
Biodiversidade e conhecimentos tradicionaisBiodiversidade e conhecimentos tradicionais
Biodiversidade e conhecimentos tradicionais
 
Recursos Fitogenéticos de Plantas Perenes 2024.pptx
Recursos Fitogenéticos de Plantas Perenes 2024.pptxRecursos Fitogenéticos de Plantas Perenes 2024.pptx
Recursos Fitogenéticos de Plantas Perenes 2024.pptx
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Franco_2013_O Conceito de Biodiversidade.pdf
Franco_2013_O Conceito de Biodiversidade.pdfFranco_2013_O Conceito de Biodiversidade.pdf
Franco_2013_O Conceito de Biodiversidade.pdf
 
Meioambiente
MeioambienteMeioambiente
Meioambiente
 
Aula Biodiversidade
Aula BiodiversidadeAula Biodiversidade
Aula Biodiversidade
 
Artigo bioterra v21_n2_06
Artigo bioterra v21_n2_06Artigo bioterra v21_n2_06
Artigo bioterra v21_n2_06
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Principais ameaças à biodiversidade
Principais ameaças à biodiversidadePrincipais ameaças à biodiversidade
Principais ameaças à biodiversidade
 
Proposta de redação seminário Biodiversidade ecologia
Proposta de redação seminário Biodiversidade ecologiaProposta de redação seminário Biodiversidade ecologia
Proposta de redação seminário Biodiversidade ecologia
 
Artigo bioterra v19_n2_03
Artigo bioterra v19_n2_03Artigo bioterra v19_n2_03
Artigo bioterra v19_n2_03
 
Aula gestão RFGs 2020 no IAC
Aula gestão RFGs 2020 no IACAula gestão RFGs 2020 no IAC
Aula gestão RFGs 2020 no IAC
 
Aula de ecologia 01
Aula de ecologia 01Aula de ecologia 01
Aula de ecologia 01
 
Biodiversidade mgomes2014
Biodiversidade mgomes2014Biodiversidade mgomes2014
Biodiversidade mgomes2014
 
Origem da Vida - Diversidade - Microevolução e seleção natural.pptx
Origem da Vida - Diversidade - Microevolução e seleção natural.pptxOrigem da Vida - Diversidade - Microevolução e seleção natural.pptx
Origem da Vida - Diversidade - Microevolução e seleção natural.pptx
 
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, GeodiversidadeDiversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
 
AULA - LEGISLAÇÃO AMBIENTAL - Diversidade Biológica.pptx
AULA - LEGISLAÇÃO AMBIENTAL - Diversidade Biológica.pptxAULA - LEGISLAÇÃO AMBIENTAL - Diversidade Biológica.pptx
AULA - LEGISLAÇÃO AMBIENTAL - Diversidade Biológica.pptx
 

Biodiversidade e aspectos biológicos

  • 1.  
  • 2.  
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.  
  • 9. BIODIVERSIDADE Contexto social Contexto político Contexto econômico Contexto biológico
  • 10.
  • 11. “ a variabilidade entre organismos vivos de qualquer origem incluindo, entre outros, ecossistemas terrestres, marinhos e outros ecossistemas aquáticos, e os complexos ecológicos de que fazem parte; isto inclui diversidade dentro de espécies , entre espécies e de ecossistemas .” (Brasil, 1992. CDB Artigo 2 )
  • 12. Diversidade dentro de espécies “ Abrange toda a variação entre indivíduos de uma população, bem como entre populações espacialmente distintas da mesma espécie. Na prática, essa diversidade tem sido tratada como equivalente à diversidade genética.” (Lewinsohn & Prado 2006)
  • 13. Diversidade entre espécies “ Corresponde ao que se chama de diversidade de espécies : a variedade de espécies existentes em algum tipo de ambiente ou em uma região definida, de tamanho maior ou menor.” (Lewinsohn & Prado 2006)
  • 14. Diversidade de ecossistemas “ Para os ecólogos, a biodiversidade é também a diversidade de interações duradouras entre espécies. Também tem sido tratada como correlacionada com a diversidade de fisionomias de vegetação, de paisagens ou de biomas.” (Lewinsohn & Prado 2006)
  • 15. “ O conceito de biodiversidade parece ser um grande carrinho de supermercado, onde diferentes itens podem ser colocados. Para alguns, o termo biodiversidade é um cesto vazio, onde cada um coloca o que quer. Para outros, é um conceito tão global que se refere aos numerosos aspectos da diversidade da vida, compreendidos os usos que são feitos pelas sociedades humanas.” (Lévêque 1999 apud Oliveira 2005)
  • 16.  
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.  
  • 23. O Brasil integra o seleto grupo dos 17 países megadiversos, que concentram 70% das espécies do planeta. O Brasil é responsável por cerca de 20-22% da biodiversidade mundial . Szpilman 1998
  • 24. http://www.institutoaqualung.com.br/info_biodiversidade23.html   Plantas Mamíferos Pássaros Répteis Anfíbios Totais Países   Brasil 1º - 56.000 1º -524 (131) 3º - 1.622 (191) 5º - 468 (172) 2º - 517 (294) 3.131 (788) Colômbia 2º - 51.000 4º - 456 (28) 1º - 1.815 (142) 3º - 520 (97) 1º - 583 (367) 3.374 (634) Indonésia 3º - 37.000 2º - 515 (201) 5º - 1.531 (397) 4º - 511 (150) 6º - 270 (100) 2.827 (848) China 4º - 30.000 3º - 499 (77) 8º - 1.244 (99) 7º - 387 (133) 5º - 274 (175) 2.404 (484) México 5º - 15.600 5º - 450 (140) 10º - 1.050 (125) 2º - 717 (368) 4º - 284 (169) 2.501 (802) África do Sul 6º 14º - 247 (27) 11º - 774 (7) 9º - 313 (76) 15º - 95 (36) 1.415 (146) Venezuela 7º 10º - 288 (11) 6º - 1.360 (45) 13º - 293 (57) 9º - 204 (76) 2.145 (189) Equador 8º 13º - 271 (21) 4º - 1.559 (37) 8º - 374 (114) 3º - 402 (138) 2.606 (310) Peru 9º 9º - 344 (46) 2º - 1.703 (109) 12º - 298 (98) 7º - 241 (89) 2.586 (342) Estados Unidos 10º 6º - 428 (101) 12º - 768 (71) 16º - 261 (90) 12º - 194 (126) 1.651 (388) Papua-Nova Guiné 11º 15º - 242 (57) 13º - 762 (85) 10º - 305 (79) 10º - 200 (134) 1.509 (355) Índia 12º 8º - 350 (44) 7º - 1.258 (52) 6º - 408 (187) 8º - 206 (110) 2.222 (393) Austrália 13º 12º - 282 (210) 14º - 751 (355) 1º - 755 (616) 11º - 196 (169) 1.984 (1.350) Malásia 14º 11º - 286 (27) 15º - 738 (11) 14º - 268 (68) 14º - 158 (57) 1.450 (163) Madagascar 15º 17º - 105 (77) 17º - 253 (103) 11º - 300 (274) 13º - 178 (176) 836 (630) Rep. do Congo 16º 7º - 415 (28) 9º - 1.094 (23) 14º - 268 (33) 16º - 80 (53) 1.857 (137) Filipinas 17º 16º - 201 (116) 16º - 556 (183) 17º - 193 (131) 17º - 63 (44) 1.013 (474)
  • 25.
  • 26.  
  • 27.
  • 28.
  • 29. “ Para conservar é preciso conhecer.” (Markus & Rodrigues)
  • 30.  
  • 31.
  • 32. Nature, 444, p. 555, 2006
  • 33.  
  • 34.
  • 35. “… se persistirmos nessa cruzada de determinar valor onde o valor deveria ser evidente, nada nos restará quando a poeira finalmente baixar, a nao ser nossa ganância.” Ehrenfeld 2010
  • 36. O valor é intrínseco à diversidadade. O valor simplesmente existe . Ehrenfeld 2010
  • 37. BROOK, B.W. & SODHI, N.S. Rarity bites. Nature, 444, p. 555, 2006. EHRENFELD, D. Por que atribuir um valor à biodiversidade? In: WILSON, E.O. & PETER, F.M. Biodiversidade. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1997. GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL. Sobre biodiversidade. Disponível em: http://www.biodiversidade.rs.gov.br (acesso 15/09/11) HATHAWAY, D. A biopirataria no Brasil. In: Seria melhor ladrinhar? ISA/UnB, 2001. LEWINSOHN, T.M. & PRADO, P.I.K.L. Síntese do Conhecimento Atual da Biodiversidade Brasileira. In: LEWINSOHN, T. M.  Avaliação do Conhecimento da Biodiversidade Brasileira . Ministério do Meio Ambiente – MMA, Brasília. 2006. Vol. 1. 269p. MARINONI, L. & PEIXOTO, A.L. As coleções biológicas como fonte dinâmica permanente de conhecimento sobre a biodiversidade. Ciência & Cultura, 62(3). p. 54-57, 2010.
  • 38. MARKUS, R.P. & RODRIGUES, M.T. Biodiversidade: haverá um mapa para este tesouro? Ciência & Cultura, 55(3). p. 20-21, 2003. MORAES, M.A. Até que ponto a ciência pode contribuir para a conservação da diversidade biológica? Ciência & Cultura, 62(3), p. 6-7, 2010. OLIVEIRA, L.B. O perfil conceitual de biodiversidade: do professor-formador ao professor de Biologia em serviço. São Paulo, 2005. Dissertação apresentada à Faculdade de Educação da USP. REINACH, F. A longa marcha dos grilos canibais: e outras crônicas sobre a vida no planeta Terra . São Paulo: Companhia das Letras, 2010. RODRIGUES, M.T. Biodiversidade: do planejamento à ação. Ciência e Cultura 55(3), p. 47-48, 2003. SZPILMAN, M. Biodiversidade: as nações mais ricas em diversidade do planeta, 1998. Disponível em: http://insitutoaqualung.com.br/info_biodiversidade23.html (acesso 19/09/11)
  • 39.  

Notas do Editor

  1. Um dos problemas associados a definiçao de biodiversidade é o fato do termo ser entendido de forma diversa conforme a área, grupo profissional ou social que o interpreta. O uso do termo não tem sido um consenso nem mesmo dentro das ciências biológicas, na qual cada subdivisão aborda o termo com um enfoque distinto.
  2. Inicialmente, dentro do contexto da Biologia os biologos tendem a concordar que a biodiversidade é tudo. Porém cada área da biologia trabalha a biodiversidade com um enfoque distinto. As principais categorias são: a diversidade genetica, a diversidade de organismos e a diversidade de ecossistemas
  3. A principal ciência para o estudo da diversidade biologica é a Taxonomia (ciencia que classifica e identifica os seres vivos)