Menina bonita-do-lao-de-fita-1227021761453060-9

170 visualizações

Publicada em

livro

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
170
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Menina bonita-do-lao-de-fita-1227021761453060-9

  1. 1. Era uma vez uma menina linda, linda. Os olhosEra uma vez uma menina linda, linda. Os olhos dela pareciam duas azeitonas pretas, daquelas bemdela pareciam duas azeitonas pretas, daquelas bem brilhantes. Os cabelos eram enroladinhos e bem negros,brilhantes. Os cabelos eram enroladinhos e bem negros, feito fiapos da noite. A pele era escura e lustrosa, quefeito fiapos da noite. A pele era escura e lustrosa, que nem o pêlo da pantera negra quando pula na chuva.nem o pêlo da pantera negra quando pula na chuva. Do lado da casa dela morava um coelho branco,Do lado da casa dela morava um coelho branco, de orelha cor-de-rosa, olhos vermelhos e focinhode orelha cor-de-rosa, olhos vermelhos e focinho nervoso sempre tremelicando. O coelho achava anervoso sempre tremelicando. O coelho achava a menina a pessoa mais linda que ele tinha visto em toda amenina a pessoa mais linda que ele tinha visto em toda a vida. E pensava:vida. E pensava: —— Ah, quando eu casar quero ter uma filhaAh, quando eu casar quero ter uma filha pretinha e linda que nem ela...pretinha e linda que nem ela... Por isso, um dia ele foi até a casa da menina ePor isso, um dia ele foi até a casa da menina e perguntou:perguntou: —— Menina bonita do laço de fita, qual éMenina bonita do laço de fita, qual é teu segredo pra ser tão pretinha?teu segredo pra ser tão pretinha?
  2. 2. A menina não sabia, mas inventou:A menina não sabia, mas inventou: —— Ah, deve ser porque eu caí na tinta preta quando eraAh, deve ser porque eu caí na tinta preta quando era pequenina...pequenina... O coelho saiu dali, procurou um vidro de tinta preta eO coelho saiu dali, procurou um vidro de tinta preta e tomou banho nele. Ficou bem negro, todo contente. Mas ai veiotomou banho nele. Ficou bem negro, todo contente. Mas ai veio uma chuva e lavou todo aquele pretume, ele ficouuma chuva e lavou todo aquele pretume, ele ficou brancobranco outraoutra vez.vez. Então ele voltou lá na casa da menina e perguntou outraEntão ele voltou lá na casa da menina e perguntou outra vez:vez: —— Menina bonita do laço de fita, qual é teu segredo praMenina bonita do laço de fita, qual é teu segredo pra ser tão pretinha?ser tão pretinha? A menina não sabia, mas inventou:A menina não sabia, mas inventou: —— Ah, deve ser porque eu comi muita jabuticaba quandoAh, deve ser porque eu comi muita jabuticaba quando era pequenina.era pequenina. O coelho saiu dali e se empanturrou de jabuticaba atéO coelho saiu dali e se empanturrou de jabuticaba até ficar pesadão, sem conseguir sair do lugar. O máximoficar pesadão, sem conseguir sair do lugar. O máximo que conseguiu foi fazer muito cocozinho preto eque conseguiu foi fazer muito cocozinho preto e redondo feito jabuticaba. Mas não ficouredondo feito jabuticaba. Mas não ficou nada preto.nada preto.
  3. 3. Por isso, daí a alguns diasPor isso, daí a alguns dias ele voltou lá na casa da meninaele voltou lá na casa da menina e perguntou outra vez:e perguntou outra vez: —— Menina bonita do laçoMenina bonita do laço de fita, qual é teu segredo prade fita, qual é teu segredo pra ser tão pretinha?ser tão pretinha?
  4. 4. A menina não sabia e já ia inventandoA menina não sabia e já ia inventando outra coisa, uma história de feijoada, quando aoutra coisa, uma história de feijoada, quando a mãe dela,mãe dela, que era uma mulata linda e risonha,que era uma mulata linda e risonha, resolveu se meter e disse:resolveu se meter e disse: —— Artes de uma avó preta que ela tinha...Artes de uma avó preta que ela tinha...
  5. 5. Aí o coelho — que era bobinho, masAí o coelho — que era bobinho, mas nem tanto —nem tanto — viu que a mãe da meninaviu que a mãe da menina devia estar mesmo dizendo a verdadedevia estar mesmo dizendo a verdade porque a gente se parece sempre é comporque a gente se parece sempre é com os pais, os tios, os avós e até com osos pais, os tios, os avós e até com os parentes tortos. E se ele queria ter umaparentes tortos. E se ele queria ter uma filha pretinha e linda que nem a menina,filha pretinha e linda que nem a menina, tinha era que procurar uma coelha pretatinha era que procurar uma coelha preta para se casar.para se casar. Não precisouNão precisou procurarprocurar muito.muito.
  6. 6. Logo encontrou uma coelhinha escura como a noite, que achava aquele coelho branco uma graça. Foram namorando, casando e tiveram uma ninhada de filhotes, que coelho quando desanda a ter filhote não pára mais. Tinha coelho pra todo gosto: branco bem branco, branco meio cinza, branco malhado de preto, preto malhado de branco e até uma coelha bem pretinha. Já se sabe, afilhada da tal menina bonita que morava na casa ao lado. Ana Maria Machado. Menina bonita do laço de fita. São Paulo, Ática, 1999 (trechos).
  7. 7. Nos primeiros parágrafos do texto, aparece a descrição das personagens, contando como elas são. Procure três características usadas para descrever: a) a menina b) o coelho
  8. 8. Qual era a pergunta que o coelho sempre fazia à menina? Por que ele insistia nessa pergunta? O que foi que o coelho fez para tentar ficar pretinho como a menina?
  9. 9. No final da história, o coelho conseguiu ter uma filha como a menina? Por quê? Explique com suas palavras por que a menina era da raça negra:
  10. 10. Leia a parte do texto. Descubra quem fala e complete com:Leia a parte do texto. Descubra quem fala e complete com: narradornarrador,, coelhocoelho ouou mãemãe.. O coelho voltou lá na casa da menina e perguntou outra vez: — Menina bonita do laço de fita, qual é o teu segredo pra ser tão pretinha? — Artes de uma avó preta que ela tinha... A menina não sabia e já ia inventando outra coisa, uma história de feijoada, quando a mãe dela, que era uma mulata linda e risonha, resolveu se meter e disse:
  11. 11. Leia, abaixo, uma pequena parte da conversa entre a menina e o coelho: — Menina bonita do laço de fita, qual é teu segredo para ser tão pretinha? A menina não sabia, mas inventou: — Ah, deve ser porque eu comi muita jabuticaba quando era pequenina. Com a caneta marcador de texto pintem os sinais de pontuação que aparecem no trecho que vocês acabaram de ler. Quais os nomes do sinais de pontuação que você pintou?
  12. 12. No texto, existem momentos em que o narrador conta a história e outros em que as personagens conversam entre si. Releia este trecho: — Menina bonita do laço de fita, qual é teu segredo pra ser tão pretinha? a) Por que foi utilizado o travessão —? b) E a vírgula, para que foi usada?
  13. 13. Releia um trecho no qual aparecem os dois-pontos: Por isso, um dia ele foi até a casa da menina e perguntou: • Para que essa pontuação foi usada?
  14. 14. Observe a pontuação que aparece no final das falas do coelho com a menina. — Menina bonita do laço de fita, qual é teu segredo pra ser tão pretinha? • Por que foi usado o ponto de interrogação?
  15. 15. Escreva frases que se utiliza o ponto de interrogação:
  16. 16. Apresentação e Montagem: Carmen Regina Paderes MignoliCarmen Regina Paderes Mignoli Efeitos: Luciana Carvalho Fagundes Souza

×