Ferramentas case

4.045 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.045
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
123
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ferramentas case

  1. 1. Ferramentas CASE Daniel Paulo de Assis Pedro Carvalho Dias
  2. 2. Ferramenta Qualquer instrumento que se usa para a realização de um trabalho. Ferramenta é algo que realiza uma função, implementando e dando suporte a metodologias.
  3. 3. Ferramentas case • do inglês Computer-Aided Software Engineering • é uma classificação que abrange todas ferramentas baseadas em computadores que auxiliam atividades de engenharia de software, desde análise de requisitos e modelagem até programação e testes
  4. 4. Ferramentas case • Ferramentas automatizadas que tem como objetivo auxiliar o desenvolvedor de sistemas em uma ou várias etapas do ciclo de desenvolvimento de software. • Para simplificar, podemos dizer que as ferramentas CASE auxiliam os engenheiros de software e os profissionais de processamento de dados a especificar e projetar o software.(FISHER, 1990)
  5. 5. software case • Ferramentas CASE : – Reduzem ou eliminam inúmeros problemas de projeto e desenvolvimento Análise/ Projeto Codificação/ Implementação
  6. 6. Qualidade/prazo “Nunca se tem tempo para fazer certo , mas se tem para fazer duas vezes!” “O que um programador pode fazer em um ano, dois programadores também fazem em um ano.”
  7. 7. Case e criatividade As ferramentas CASE não eliminam nossa criatividade Nos dão uma possibilidade de demonstrá-la melhor.
  8. 8. Fases do desenvolvimento Em quais fases do desenvolvimento utilizamos as Ferramentas CASE? As ferramentas CASE impulsionam as fases de análise de requisitos e especificação do projeto. Será somente isso?
  9. 9. A nova geração! • Nós vivemos a nova geração das Ferramentas CASE. Sim elas geram Código-Fonte.
  10. 10. Categorias • Não há um padrão definido para a categorização das CASE • No entanto são definidas pelas terminologias a seguir
  11. 11. Categorias das case • Front End ou Upper CASE: apoia as etapas iniciais de criação dos sistemas: as fases de planejamento, análise e projeto do programa ou aplicação. • Back End ou Lower CASE: dão apoio à parte física, isto é, a codificação testes e manutenção da aplicação. • I-CASE ou Integrated CASE: classifica os produtos que cobrem todo o ciclo de vida do software, desde os requisitos do sistema até o controle final da qualidade.
  12. 12. objetivos • Os objetivos do uso das ferramentas CASE são simples e diretos. – Melhoria da qualidade de software – Aumento da produtividade no processo de software
  13. 13. Desenv0lver sem case
  14. 14. Desenv0lva com case Não hesite!!!
  15. 15. vantagens • Uniformização do processo de desenvolvimento, das atividades realizadas. • Reutilização de vários artefatos ao longo do mesmo projeto, e entre projetos, promovendo o consequente aumento da produtividade. • Automatização de atividades, com particular destaque ao nível da geração de código e de documentação.
  16. 16. vantagens • Diminuição do tempo de desenvolvimento, recorrendo à geração automática de diversos artefatos do projeto, ou à realização de outros previamente existentes. • Integração de artefatos produzidos em diferentes fases do ciclo de desenvolvimento de software, em que os outputs de uma ferramenta são utilizados como inputs de outra.
  17. 17. vantagens • Demonstração da consistência entre os diversos modelos e possibilidade de verificar a correcção do software. • Qualidade do produto final superior.
  18. 18. desvantagens • Incompatibilidade de ferramentas • Elevado custo da ferramenta e do treino para a sua utilização • Elevada curva de aprendizagem • Limitações na flexibilidade da documentação
  19. 19. Taxonomia das case A Taxonomia de ferramentas CASE diz respeito à sua categorização, onde cada ferramenta é classificada de acordo com a função que desempenha.
  20. 20. Taxonomia das case • Ferramentas para Modelagem de Dados Ajudam o projetista na modelagem de fluxo de informações. • Ferramentas para Especificação de Projeto e Análise Excelentes para as partes de um aplicativo onde uma ferramenta especializada não faz sentido
  21. 21. Taxonomia das case • Ferramentas para Formação de Protótipo de Interface com o Usuário abre um canal de comunicação entre usuário final e projetista. • Ferramentas para Geração de Código Fonte capacidade de gerar automaticamente um software funcional ou compilável diretamente de uma especificação de projeto.
  22. 22. o que se esperar das case As seguintes tarefas devem ser realizadas pelas Ferramentas CASE : • Fracionamento da complexidade • Adequação a um público diversificado • Mais baratas que a construção em si • Quantitativas e Verificáveis • De fácil manutenção • Orientação Gráfica
  23. 23. Mas meu projeto é pequeno? Eu me viro sozinho! Qualidade não se discute! Talvez seja pequena a economia de tempo em projetos pequenos, individuais mas existe a vantagem da melhor qualidade de código e da documentação do projeto acompanhante.
  24. 24. Exemplos de sw case
  25. 25. Exemplos de sw case
  26. 26. E a conclusão?
  27. 27. Referências bibliográficas • Ferramenta CASE Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Ferramenta_C ASE> Acesso em: Maio de 2011 • FISHER ALAN, S.: Utilização de Ferramentas para Desenvolvimento de Software. Rio de Janeiro: Campus, 1990.

×