Resumo das normas ABNT para execução
de trabalhos acadêmicos e científicos
NBR 6022 – Elementos de trabalhos acadêmicos e ...
Elementos de trabalhos científicos e acadêmicos
ABNT NBR 6022
Prétextuais
Título, e subtítulo
(se houver)
O título e subtí...
Elementos de trabalhos científicos e acadêmicos
ABNT NBR 6022
Póstextuais
Título, e subtítulo (se
houver) em língua
estran...
Algumas normas para referências bibliográficas
ABNT NBR 6023
Apenas as obras citadas no texto devem constar nas referência...
Algumas dicas para citações e notas de rodapé
(ABNT NBR 10520)
Todas fontes (obras) das citações deverão constar das refer...
USO DE ABREVIATURAS NAS CITAÇÕES NO TEXTO
(ABNT NBR 10520)
Os termos latinos só devem ser usados em notas de rodapé, exceç...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Normas abnt resumos

9.033 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.033
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Normas abnt resumos

  1. 1. Resumo das normas ABNT para execução de trabalhos acadêmicos e científicos NBR 6022 – Elementos de trabalhos acadêmicos e científicos NBR 6023 – Elaboração das referências NBR 10502 – Citações e notas de rodapé
  2. 2. Elementos de trabalhos científicos e acadêmicos ABNT NBR 6022 Prétextuais Título, e subtítulo (se houver) O título e subtítulo (se houver) devem figurar na página de abertura do artigo, diferenciados tipograficamente ou separados por dois-pontos (:) e na língua do texto. Nome(s) do(s) autor(es) Nome(s) do(s) autor(es), acompanhado(s) de breve currículo que o(s) qualifique na área de conhecimento do artigo. O currículo, bem como os endereços postal e eletrônico, devem aparecer em rodapé indicado por asterisco na página de abertura ou, opcionalmente, no final dos elementos pós-textuais, onde também devem ser colocados os agradecimentos do(s) autor(es) e a data de entrega dos originais à redação do periódico. Resumo na língua do texto Elemento obrigatório, constituído de uma sequência de frases concisas e objetivas e não de uma simples enumeração de tópicos, não ultrapassando 250 palavras, seguido, logo abaixo, das palavras representativas do conteúdo do trabalho, isto é, palavras-chave e/ou descritores, conforme a NBR 6028. Palavras-chave na língua do texto Elemento obrigatório, as palavras-chave devem figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da expressão Palavras-chave:, separadas entre si por ponto e finalizadas também por ponto. Textuais Introdução Parte inicial do artigo, onde devem constar a delimitação do assunto tratado, os objetivos da pesquisa e outros elementos Necessários para situar o tema do artigo. Desenvolvimento Parte principal do artigo, que contém a exposição ordenada e pormenorizada do assunto tratado. Divide-se em seções e subseções, conforme a NBR 6024, que variam em função da abordagem do tema e do método. Conclusão Parte final do artigo, na qual se apresentam as conclusões correspondentes aos objetivos e hipóteses.
  3. 3. Elementos de trabalhos científicos e acadêmicos ABNT NBR 6022 Póstextuais Título, e subtítulo (se houver) em língua estrangeira O título, e subtítulo (se houver) em língua estrangeira, diferenciados tipograficamente ou separados por dois pontos (:), precedem o resumo em língua estrangeira. Resumo em língua estrangeira Elemento obrigatório, versão do resumo na língua do texto, para idioma de divulgação internacional, com as mesmas características (em inglês abstract, em espanhol resumen, em francês résumé. Palavras-chave em língua estrangeira Elemento obrigatório, versão das palavras-chave na língua do texto para a mesma língua do resumo em língua estrangeira (em inglês keywords, em espanhol palabras clave, em francês mots-clés, por exemplo). Nota(s) explicativa(s) A numeração das notas explicativas é feita em algarismos arábicos, devendo ser única e consecutiva para cada artigo. Não se inicia a numeração a cada página. Referências Elemento obrigatório, elaborado conforme a NBR 6023. Glossário Elemento opcional, elaborado em ordem alfabética. Apêndice(s) Elemento opcional. O(s) apêndice(s) são identificados por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos. Excepcionalmente utilizam-se letras maiúsculas dobradas, na identificação dos apêndices, quando esgotadas as 23 letras do alfabeto. Anexo(s) Elemento opcional. O(s) anexo(s) são identificados por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos. Excepcionalmente utilizam-se letras maiúsculas dobradas, na identificação dos anexos, quando esgotadas as 23 letras do alfabeto. Outroselementos Indicativo de seção O indicativo de seção precede o título, alinhado à esquerda, dele separado por um espaço de caractere. Numeração progressiva A numeração progressiva deve ser apresentada conforme a NBR 6024. Citações As citações devem ser apresentadas conforme a NBR 10520. Siglas Quando aparecem pela primeira vez no texto, a forma completa do nome precede a sigla, colocada entre parênteses. Equações e fórmulas Aparecem destacadas no texto, de modo a facilitar sua leitura. Na seqüência normal do texto, é permitido o uso de uma entrelinha maior que comporte seus elementos (expoentes, índices e outros). Quando destacadas do parágrafo são centralizadas e, se necessário, deve-se numerá-las. Quando fragmentadas em mais de uma linha, por falta de espaço, devem ser interrompidas antes do sinal de igualdade ou depois dos sinais de adição, subtração, multiplicação e divisão. Ilustrações Qualquer que seja seu tipo (desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, gráficos, mapas, organogramas, plantas, quadros, retratos e outros), sua identificação aparece na parte inferior, precedida da palavra designativa, seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto, em algarismos arábicos, do respectivo título e/ou legenda explicativa de forma breve e clara, dispensando consulta ao texto, e da fonte. A ilustração deve ser inserida o mais próximo possível do trecho a que se refere, conforme o projeto gráfico. Tabelas As tabelas apresentam informações tratadas estatisticamente, conforme IBGE (1993).
  4. 4. Algumas normas para referências bibliográficas ABNT NBR 6023 Apenas as obras citadas no texto devem constar nas referências bibliográficas Tipo de publicação Formato Exemplo Livro SOBRENOME DO/A AUTOR/A, Prenome abreviado. Título da obra: subtítulo. Número da edição se não for a primeira. Local de publicação, estado: editora, data. MENDONÇA, A. G. O celeste porvir: a inserção do protestantismo no Brasil. 2. ed. São Paulo, SP: Pendão Real, 1995. Coletânea SOBRENOME DO/A AUTOR/A, Prenome abreviado. Título do capítulo. In: SOBRENOME DO/A ORGANIZADOR/A, Prenome abreviado. Título da coletânea. Número da edição, quando não for a primeira. Local de publicação, Estado: editora, data. SANCHIS, P. A contribuição de Émile Durkheim. In: TEIXEIRA, F. (Org.). Sociologia da religião: enfoques teóricos. Petrópolis: Vozes, 2003. Artigo de periódico SOBRENOME DO/A AUTOR/A, Prenome abreviado. Título do artigo. Título do periódico, volume, número da edição, páginas, data. SANTA ANA, J. Igreja e seita: reflexões sobre esse antigo debate. Estudos de Religião, Ano VI, n. 8, p. 11-25, 1992. Trabalhos apresentados em congressos SOBRENOME DO/A AUTOR/A, Prenome abreviado. Título do artigo. In: NOME DO CONGRESSO OU SIMPÓSIO, número do congresso., ano de ocorrência, cidade onde se deu. Anais… Local de publicação, Estado: editora, data. Páginas BRAYNER, A. R. A.; MEDEIROS, C. B. Incorporação do tempo em SGBD orientado a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE BANCO DE DADOS, 9., 1994, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 1994. p. 16-29. Dissertações e teses SOBRENOME DO/A AUTOR/A, Prenome abreviado. Título do artigo. Ano de defesa. Número de páginas. Dissertação/Tese (Mestrado/Doutorado) – Nome da Faculdade, Cidade, Estado. HACK, E. M. O canto comunitário no culto cristão: subsídios para a formação do músico eclesiástico. 2001. 102 f. Dissertação (Mestrado em Teologia) - Escola Superior de Teologia. São Bernardo do Campo, São Paulo. Referências da internet Acresce-se, depois da citação do livro ou do artigo: Disponível em: Acesso em: dia(s) mês abreviado ano. RAUSCHENBUSCH, W. For God and the people. Prayers of the social awakening. Boston/New York/Chicago: The Pilgrim Press, 1910. Disponível em: <http://www.archive.org/details/forgodandthepeop00rausuoft>. Acesso em: 20 mar. 2009.
  5. 5. Algumas dicas para citações e notas de rodapé (ABNT NBR 10520) Todas fontes (obras) das citações deverão constar das referências bibliográficas no final do texto. Citações curtas (menos de três linhas) No texto principal. Entre aspas. Sempre citar a referência contendo a página. Caso o autor do artigo deseje realçar um trecho da citação, utilizar o itálico e assinalar após a citação, entre parênteses, “grifo nosso”. Citações longas (mais de três linhas) Geralmente uma linha de separação antes e outra depois do texto principal. Transcritas em bloco separado do texto. Recuo esquerdo (verificar na norma da publicação o valor deste recuo) a partir da margem, justificadas (toda a citação). Sem aspas. Nunca começando com reticências (...) ou […]. Se houver interrupção no texto utilizar [...]. Sempre citar a referência contendo a página. Caso o autor do artigo deseje realçar um trecho da citação, utilizar o itálico e assinalar após a citação, entre parênteses, “grifo nosso”. Referências nas citações (Veja mais detalhes no item a respeito deste assunto) Entre parênteses. Após a citação (preferencialmente). Sobrenome do autor (em caixa alta). Ano de publicação da obra. Páginas citadas da obra. Exemplo: (WEBER, 1991, p. 95). Notas de rodapé Numeração em sequência. Verificar na publicação se a numeração (remissiva) no texto deve aparecer antes ou depois da pontuação. Exemplos de citações longas A motivação está relacionada ao sistema de cognição de cada um, onde este sistema inclui os valores pessoais, e é influenciado pelo ambiente físico e social. Chiavenato afirma: A motivação representa a ação de forças ativas e impulsionadoras: as necessidades humanas. As pessoas são diferentes entre si no que tange à motivação. As necessidades humanas que motivam o comportamento humano produzem padrões de comportamento que variam de indivíduo para indivíduo. (2000, p. 302). Ou A motivação representa a ação de forças ativas e impulsionadoras: as necessidades humanas. As pessoas são diferentes entre si no que tange à motivação. As necessidades humanas que motivam o comportamento humano produzem padrões de comportamento que variam de indivíduo para indivíduo. (CHIAVENATO, 2000, p. 302). Exemplos de citações curtas A motivação está relacionada ao sistema de cognição de cada um, onde este sistema inclui os valores pessoais, e é influenciado pelo ambiente físico e social. “A motivação representa a ação de forças ativas e impulsionadoras: as necessidades humanas. As pessoas são diferentes entre si no que tange à motivação” (CHIAVENATO, 2000, p. 302). Ou Diz Chiavenato: “A motivação representa a ação de forças ativas e impulsionadoras: as necessidades humanas. As pessoas são diferentes entre si no que tange à motivação” (2000, p. 302).
  6. 6. USO DE ABREVIATURAS NAS CITAÇÕES NO TEXTO (ABNT NBR 10520) Os termos latinos só devem ser usados em notas de rodapé, exceção para a “apud” que pode ser usado no texto Termo Abrev. Significado Quando e como usar Exemplo Idem Id. A obra é do mesmo autor mencionado na chamada imediatamente anterior. Requer que seja colocado em seguida o ano de publicação da obra e, em caso de citação literal, o número da página. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 1989, p. 9 Id., 2000, p. 19. Ibidem Ibid. A citação encontra-se na mesma obra na chamada imediatamente anterior. Requer que seja colocado em seguida, em caso de citação literal, o número da página. Obviamente, o autor é o mesmo, dispensando o uso do “Id.” DURKHEIM, 1925, p. 176 Ibid., p. 190. Passim passim Aqui e ali, em diversas passagens. Quando a citação é entrecortada, separada por [...] juntando diversas passagens em páginas diversas. RIBEIRO, 1997, passim Loco citato loc. cit. No lugar citado. Na mesma obra e na mesma página da citação imediatamente anterior do mesmo autor Requer sempre o nome do autor ou pode-se utilizar em conjunto com o “Id.” TOMASELLI; PORTER, 1992, p. 33-46 TOMASELLI; PORTER, loc. cit. ou Id., loc cit. Confira, confronte, conforme Cf. Confira, confronte, conforme. Quando a obra do autor não é citada diretamente, mas a ideia é mencionada. Cf. CALDEIRA, 1992 Apud apud Citado por, conforme, segundo. Quando a citação foi transcrita da obra de um segundo autor. EVANS, 1987 apud SAGE, 1992, p. 2-3 Opus citatum, opere citato op. cit. Obra citada Substitui título de obra já citada, mas não em sequência. ADORNO, 1996, p. 38 GARLAND, 1990, p. 42-43

×