SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 47
Baixar para ler offline
REFERÊNCIA
BIBLIOGRÁFICA
Como fazer ?
1
NOR MA S PA R A ELA BOR A ÇÃ O DE
R EFER ÊNCIA S BIBLIOGR Á FICAS
Manual de elaboração de referências
bibliográficas, de acordo com a norma
6023/2002 da ABNT para elaboração
de Trabalhos Acadêmicos.
2
A PR ESENTAÇÃO
Baseado na Norma 6023/2002, da Associação Brasileira de Normas
Técnicas – ABNT -, o presente manual tem como objetivo orientar a
preparação e a compilação de referências de materiais bibliográficos
utilizados para a produção de documentos.
3
DEFINIÇÃ O
 As Referências Bibliográficas são conjuntos padronizados de elementos
descritivos que, retirados de um documento, por exemplo, revistas, jornais,
livros ou pesquisas realizadas na internet, permitindo sua identificação
individual.
4
DEFINIÇÃ O
 Esta prática se dá justamente para mostrar qual foi o caminho da pesquisa e
conceder os devidos créditos aquém ajudou para a elaboração do seu
documento que pode ser, trabalhos acadêmicos, trabalhos ou pesquisas.
5
DEFINIÇÃ O
 As referências são alinhadas somente à margem esquerda do texto
e de forma a se identificar individualmente cada documento, em
espaço simples e separado entre si por espaço duplo.
Exemplo:
6
ELEMENTOS ESSENCIA IS NA
ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA
São as informações indispensáveis à identificação do documento, nos
casos de Monografia no todo (livros, dissertações, teses etc)
usamos os seguintes dados:
 Autor;
 Título e subtítulo;
 Edição (número);
 Local (editora e data).
7
ELEMENTOS ESSENCIA IS NA
ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA
Dados complementares:
 Descrição física (número de páginas ou volumes), ilustração,
dimensão;
 Série ou coleção;
 Notas especiais;
 ISBN (international Standard Book Number, mais conhecido pelo
seu acrônimo ISBN, é o número padrão internacional de livro, um
sistema identificador único para livros e publicações não
periódicas).
8
ELEMENTOS ESSENCIA IS NA
ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA
Partes de monografias (trabalho apresentado em congressos,
capítulo de livro, etc...)
Dados essenciais:
Autor da parte referenciada;
Título e subtítulo da parte referenciada, seguidos da expressão "In:" ;
Referência da publicação no todo (com os dados essenciais);
Localização da parte referenciada (páginas inicial e final).
Dados complementares:
Descrição física;
Série;
Notas especiais;
ISBN.
9
ONDE ENCONTR A R ESTES DA DOS?
10
Nos livros encontramos no colofão, conhecido como cólofon ou
colofão designa a nota final de um manuscrito ou de um livro impresso,
desta forma é lá que conseguimos as informações que tanto precisamos.
ONDE ENCONTR A R ESTA S
INFOR MA ÇÕES?
11
Conseguir estas informações é bem simples, o próprio livro, revista ou
qualquer fonte de pesquisa mostra estas informações de forma bem
simples.
Observe:
ONDE ENCONTR A R ESTES DA DOS?
12
Fonte: www.janeausten.com.br
Capa
Livros mais antigos têm um
colofão mais restrito com poucas
informações, então devemos
buscar como no exemplo
(marcado em vermelho)
COLOFÃ O
13
Fonte: www.janeausten.com.br
Já os livros mais modernos têm muita
informação no colofão, tudo o que você
precisa é facilmente encontrado,
observem...
Fonte da imagem: http://entretenilendo.blogspot.com.br/2014/01/colofao-voce-conhece-
as-informacoes-do.html
ELEMENTOS ESSENCIA IS NA
ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA
Publicações Periódicas ( revistas, boletins etc...) coleção.
Dados essenciais:
Título do periódico, revista, boletim;
Local de publicação, editora, data de inicio da coleção e data de
encerramento da publicação, se houver.
Dados complementares:
Periodicidade;
Notas especiais (mudanças de título ou incorporações de outros
títulos, indicação de índices);
ISSN.
14
ELEMENTOS ESSENCIA IS NA
ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA
Fascículos, suplementos, números especiais com título próprio.
Dados essenciais:
Título da publicação;
Título do fascículo, suplemento, número especial;
Local de publicação, editora;
Indicação do volume, número, mês e ano e total de páginas.
Dados complementares:
Nota indicativa do tipo do fascículo, quando houver (p. ex.: ed.
especial);
Notas especiais.
15
ONDE ENCONTR A R ESTES DA DOS?
Publicações Periódicas de revistas, boletins, coleção e
fascículos, suplementos, números especiais com título próprio
seguimos uma ordem simples.
Exemplo:
16
ONDE ENCONTR A R ESTES DA DOS?
Já no interior da revista, ou qualquer item pesquisados devemos
localizar as outras informações analisando o cabeçalho (parte de
cima) ou rodapé ( parte de baixo) da publicação e apreciar as
informações de autoria, data e entre outras.
17
ELEMENTOS ESSENCIA IS NA
ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA
Partes de publicações periódicas (Artigos)
Dados essenciais:
Autor do artigo;
Título do artigo, subtítulo (se houver);
Título do periódico, revista ou boletim;
Título do fascículo, suplemento, número especial (quando houver);
Local de publicação;
Indicação do volume, número, mês e ano e páginas inicial e final;
Período e ano de publicação.
Dados complementares: Nota indicativa do tipo de fascículo
quando houver (p. ex.: ed. especial); Notas especiais.
18
ELEMENTOS ESSENCIA IS NA
ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA
Artigos em jornais
Dados essenciais:
Autor do artigo;
Título do artigo, subtítulo (se houver);
Título do jornal;
Local de publicação;
Data com dia. mês e ano;
Nome do caderno ou suplemento, quando houver;
Página ou páginas do artigo referenciado.
Nota: Quando não houver seção, caderno ou parte, a paginação do artigo
precede a data. Dados Complementares Seção; Caderno ou suplemento
19
COMO ENCONTR A R ESTES DA DOS?
20
Nome do jornalData de publicação
Autoria
Nº do
caderno
OR DENA ÇÃ O DA S R EFER ÊNCIA S
As referências podem ter uma ordenação alfabética, cronológica e
sistemática (por assunto). Mas a ordenação alfabética é a mais
indicada.
Exemplo:
21
OR DENA ÇÃ O DA S R EFER ÊNCIA S
Autor repetido: Quando se referência várias obras do mesmo autor,
substitui-se o nome do autor das referências subsequêntes por um
traço equivalente a seis espaços.
Exemplo:
22
LOCA LIZA ÇÃ O:
As referências bibliográficas podem vir:
Em listas após o texto, antecedendo os anexos;
Exemplo:
23
LOCA LIZA ÇÃ O:
As referências bibliográficas podem vir:
No rodapé
Exemplo:
Fonte: http://slideplayer.us/slide/376542/
24
LOCA LIZA ÇÃ O:
As referências bibliográficas podem vir:
No fim do capítulo;
Antecedendo resumos, resenhas e recensões; quando publicadas
independentes do texto. (NBR 6028, 2003)
Exemplo:
25
A SPECTOS GR Á FICOS
Espaçamento: As referências devem ser digitadas, usando espaço
simples
E entre as linhas o espaço é duplo para separá-las.
26
COMO CONFIGUR A R ?
27
Clique no botão direito do mouse sobre a
área que deseja configurar;
Selecione a opção Parágrafo.
COMO CONFIGUR A R ?
28
Aparecerá
está caixa de
configuração
A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O.
Usa-se ponto após o nome do autor/autores, após o título, edição e
no final da referência;
Os dois pontos são usados antes do subtítulo, antes da editora;
29
A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O.
A virgula é usada após o sobrenome dos autores, após a editora,
entre o volume e o número, páginas da revista e após o título da
revista;
30
A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O.
O Ponto e vírgula seguido de espaço é usado para separar os autores;
O hífen é utilizado entre páginas (ex:
31
A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O.
 A barra transversal é usada entre números e datas de fascículos não
seqüenciais (ex: 7/9, 1979/1981);
 O colchetes é usado para indicar os elementos de referência, que não
aparecem na obra referenciada, porém são conhecidos (ex: [1991]);
 O parêntese é usado para indicar série, grau (nas monografias de
conclusão de curso e especialização, teses e dissertações) e para o título
que caracteriza a função e/ou responsabilidade, de forma abreviada.
(Coord., Org., Comp.). Ex: BOSI, Alfredo (Org.)
 As Reticências são usadas para indicar supressão de títulos.
 Ex: Anais...
32
A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O.
Usa-se maiúsculas ou caixa alta para:
 Sobrenome do autor
33
A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O.
Usa-se maiúsculas ou caixa alta para:
 Primeira palavra do título quando esta inicia a referência ( ex.:
MARTELLI)
34
A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O.
Usa-se maiúsculas ou caixa alta para:
 Entidades coletivas (na entrada direta)
 Nomes geográficos (quando anteceder um órgão governamental da
administração: Ex: BRASIL. Ministério da Educação);
 Títulos de eventos (congressos, seminários etc.)
35
A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O.
Grifo: usa-se grifo, itálico ou negrito para:
Título das obras que não iniciam a referência;
Título dos periódicos;
Nomes científicos, conforme norma própria.
36
AUTOR IA .
AUTORIA PESSOAL
Nota: "Indicar o sobrenome, em caixa alta, seguido do prenome, abreviado
ou não desde que haja padronização neste procedimento, separados entre si
por ponto e vírgula seguidos de espaço" (NBR 6023)
37
AUTOR IA .
Um Autor
Segue a mesma orientação : Sobrenome, em caixa alta, seguido do
prenome, abreviado ou não desde que haja padronização neste
procedimento, separados entre si por ponto e vírgula seguidos de espaço"
(NBR 6023)
38
AUTOR IA .
COM DOIS AUTORES
Segue a mesma orientação : Sobrenome, em caixa alta, seguido do
prenome e segue o memo procedimento, Sobrenome, em caixa alta, seguido
do prenome , separados entre si por ponto e vírgula seguidos de espaço"
(NBR 6023)
1º 2º
39
AUTOR IA .
COM TRÊS AUTORES
Segue a mesma orientação : Sobrenome, em caixa alta, seguido do
prenome e segue o memo procedimento, Sobrenome, em caixa alta, seguido
do prenome , separados entre si por ponto e vírgula seguidos de espaço"
(NBR 6023)
1º 2º + 3º (Seguindo a mesmo ordem como este exemplo
40
AUTOR IA .
Mais de três autores
Acrescenta-se a expressão et al., após o primeiro autor).
41
A RTIGOS EM MEIO ELETR ÔNICO
Segue-se o formato meio convencional, acrescendo os dados: Disponível
em: <URL>
42
OUTROS EXEMPLO
Fonte: http://cliquetando.xpg.uol.com.br/2012/11/como-fazer-referencia-bibliografica-abnt-dicas-e-exemplos.html
43
ONDE ENCONTR A R ESTA S
INFOR MA ÇÕES?
44
Nos livros: Autor
Nome
da Obra
Editora
Quantidade de
Publicações
ONDE ENCONTR A R ESTA S
INFOR MA ÇÕES?
45
Nos livros:
Alguns livros e publicações trazem as informações prontas, como o
exemplo abaixo:
CONTA TO
Professora Raquel Silva
Fan page: Facebook.Com/Aimportanciadeaprender
Blog: professora-raquelsilva.blogspot.com.br/
46
REFERÊNCIAS
BIBLIOGRÁFICAS
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: informação e
documentação: referências - elaboração. Rio de Janeiro, 2002. 24p.
47

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slideSlide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slideVera Moreira Matos
 
Exemplos de Referências Bilbiográficas
Exemplos de Referências BilbiográficasExemplos de Referências Bilbiográficas
Exemplos de Referências BilbiográficasJomari
 
12 como fazer referencias bibliograficas
12   como fazer referencias bibliograficas12   como fazer referencias bibliograficas
12 como fazer referencias bibliograficasBiblioteca Amares
 
Normas abnt apresentação - referências
Normas abnt   apresentação - referênciasNormas abnt   apresentação - referências
Normas abnt apresentação - referênciasDiogo Maxwell
 
Como Fazer Bibliografia E Nota De Rodapé
Como Fazer Bibliografia E Nota De RodapéComo Fazer Bibliografia E Nota De Rodapé
Como Fazer Bibliografia E Nota De RodapéCatedral de Adoração
 
Como colocar as referências segundo a abnt
Como colocar as referências segundo a abntComo colocar as referências segundo a abnt
Como colocar as referências segundo a abntitqturma201
 
Slide= Normas da ABNT
 Slide= Normas da ABNT Slide= Normas da ABNT
Slide= Normas da ABNTUecson Santos
 
Normas abnt livros e periódicos nbr6023
Normas abnt livros e periódicos   nbr6023Normas abnt livros e periódicos   nbr6023
Normas abnt livros e periódicos nbr6023Lazinha Santos
 
Apresentação abnt citações
Apresentação abnt citaçõesApresentação abnt citações
Apresentação abnt citaçõesDiogo Maxwell
 
Regras abnt 2012 o pasquim sp . j.t. silva
Regras abnt 2012 o pasquim sp . j.t. silvaRegras abnt 2012 o pasquim sp . j.t. silva
Regras abnt 2012 o pasquim sp . j.t. silvaopasquim
 
Modelos Referencia Profa Miriam
Modelos Referencia Profa MiriamModelos Referencia Profa Miriam
Modelos Referencia Profa Miriamitqturma201
 
Modelos Referencia Professora Miriam
Modelos Referencia Professora MiriamModelos Referencia Professora Miriam
Modelos Referencia Professora Miriamitqturma201
 

Mais procurados (18)

Metodologia cientifica nbr 6023
Metodologia cientifica nbr 6023Metodologia cientifica nbr 6023
Metodologia cientifica nbr 6023
 
Normas da abnt referência
Normas da abnt   referênciaNormas da abnt   referência
Normas da abnt referência
 
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slideSlide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
Slide referenciação bibliográfica segundo normas da abnt slide
 
Exemplos de Referências Bilbiográficas
Exemplos de Referências BilbiográficasExemplos de Referências Bilbiográficas
Exemplos de Referências Bilbiográficas
 
12 como fazer referencias bibliograficas
12   como fazer referencias bibliograficas12   como fazer referencias bibliograficas
12 como fazer referencias bibliograficas
 
Referencias Bibliográficas
Referencias BibliográficasReferencias Bibliográficas
Referencias Bibliográficas
 
Normas abnt apresentação - referências
Normas abnt   apresentação - referênciasNormas abnt   apresentação - referências
Normas abnt apresentação - referências
 
Como Fazer Bibliografia E Nota De Rodapé
Como Fazer Bibliografia E Nota De RodapéComo Fazer Bibliografia E Nota De Rodapé
Como Fazer Bibliografia E Nota De Rodapé
 
Como colocar as referências segundo a abnt
Como colocar as referências segundo a abntComo colocar as referências segundo a abnt
Como colocar as referências segundo a abnt
 
Abnt -normas
Abnt  -normasAbnt  -normas
Abnt -normas
 
Slide= Normas da ABNT
 Slide= Normas da ABNT Slide= Normas da ABNT
Slide= Normas da ABNT
 
Normas abnt livros e periódicos nbr6023
Normas abnt livros e periódicos   nbr6023Normas abnt livros e periódicos   nbr6023
Normas abnt livros e periódicos nbr6023
 
Apresentação abnt citações
Apresentação abnt citaçõesApresentação abnt citações
Apresentação abnt citações
 
Como fazer uma bibliografia
Como fazer uma bibliografiaComo fazer uma bibliografia
Como fazer uma bibliografia
 
Regras abnt 2012 o pasquim sp . j.t. silva
Regras abnt 2012 o pasquim sp . j.t. silvaRegras abnt 2012 o pasquim sp . j.t. silva
Regras abnt 2012 o pasquim sp . j.t. silva
 
Modelos Referencia Profa Miriam
Modelos Referencia Profa MiriamModelos Referencia Profa Miriam
Modelos Referencia Profa Miriam
 
Modelos Referencia Professora Miriam
Modelos Referencia Professora MiriamModelos Referencia Professora Miriam
Modelos Referencia Professora Miriam
 
Abnt referencias
Abnt referenciasAbnt referencias
Abnt referencias
 

Semelhante a Normas ABNT Referências

Semelhante a Normas ABNT Referências (20)

Orientacao resenha
Orientacao resenhaOrientacao resenha
Orientacao resenha
 
Abnt
AbntAbnt
Abnt
 
Como fazer referências bibliográficas
Como fazer referências bibliográficasComo fazer referências bibliográficas
Como fazer referências bibliográficas
 
Ref bibliograficas 17 maio
Ref bibliograficas   17 maioRef bibliograficas   17 maio
Ref bibliograficas 17 maio
 
Normas abnt resumos
Normas abnt   resumosNormas abnt   resumos
Normas abnt resumos
 
Normas para relatório de visita
Normas para relatório de visitaNormas para relatório de visita
Normas para relatório de visita
 
Como elaborar referencias_bibliograficas
Como elaborar referencias_bibliograficasComo elaborar referencias_bibliograficas
Como elaborar referencias_bibliograficas
 
Referências
ReferênciasReferências
Referências
 
Normas tecnicas
Normas tecnicasNormas tecnicas
Normas tecnicas
 
Uniformizacao artigos
Uniformizacao artigosUniformizacao artigos
Uniformizacao artigos
 
Referências - Dicas
Referências - DicasReferências - Dicas
Referências - Dicas
 
Referencias
Referencias Referencias
Referencias
 
Normas apa
Normas apaNormas apa
Normas apa
 
Normas apa6th.portugues
Normas apa6th.portuguesNormas apa6th.portugues
Normas apa6th.portugues
 
Referencias bibliograficas
Referencias bibliograficasReferencias bibliograficas
Referencias bibliograficas
 
Referencias bibliográficas (ABNT 2014)
Referencias bibliográficas  (ABNT 2014)Referencias bibliográficas  (ABNT 2014)
Referencias bibliográficas (ABNT 2014)
 
A monogra..
A monogra..A monogra..
A monogra..
 
Normas da APA
Normas da APANormas da APA
Normas da APA
 
Normas da abnt
Normas da abntNormas da abnt
Normas da abnt
 
Como formatar uma monografia pelas normas da ABNT
Como formatar uma monografia pelas normas da ABNTComo formatar uma monografia pelas normas da ABNT
Como formatar uma monografia pelas normas da ABNT
 

Normas ABNT Referências

  • 2. NOR MA S PA R A ELA BOR A ÇÃ O DE R EFER ÊNCIA S BIBLIOGR Á FICAS Manual de elaboração de referências bibliográficas, de acordo com a norma 6023/2002 da ABNT para elaboração de Trabalhos Acadêmicos. 2
  • 3. A PR ESENTAÇÃO Baseado na Norma 6023/2002, da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT -, o presente manual tem como objetivo orientar a preparação e a compilação de referências de materiais bibliográficos utilizados para a produção de documentos. 3
  • 4. DEFINIÇÃ O  As Referências Bibliográficas são conjuntos padronizados de elementos descritivos que, retirados de um documento, por exemplo, revistas, jornais, livros ou pesquisas realizadas na internet, permitindo sua identificação individual. 4
  • 5. DEFINIÇÃ O  Esta prática se dá justamente para mostrar qual foi o caminho da pesquisa e conceder os devidos créditos aquém ajudou para a elaboração do seu documento que pode ser, trabalhos acadêmicos, trabalhos ou pesquisas. 5
  • 6. DEFINIÇÃ O  As referências são alinhadas somente à margem esquerda do texto e de forma a se identificar individualmente cada documento, em espaço simples e separado entre si por espaço duplo. Exemplo: 6
  • 7. ELEMENTOS ESSENCIA IS NA ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA São as informações indispensáveis à identificação do documento, nos casos de Monografia no todo (livros, dissertações, teses etc) usamos os seguintes dados:  Autor;  Título e subtítulo;  Edição (número);  Local (editora e data). 7
  • 8. ELEMENTOS ESSENCIA IS NA ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA Dados complementares:  Descrição física (número de páginas ou volumes), ilustração, dimensão;  Série ou coleção;  Notas especiais;  ISBN (international Standard Book Number, mais conhecido pelo seu acrônimo ISBN, é o número padrão internacional de livro, um sistema identificador único para livros e publicações não periódicas). 8
  • 9. ELEMENTOS ESSENCIA IS NA ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA Partes de monografias (trabalho apresentado em congressos, capítulo de livro, etc...) Dados essenciais: Autor da parte referenciada; Título e subtítulo da parte referenciada, seguidos da expressão "In:" ; Referência da publicação no todo (com os dados essenciais); Localização da parte referenciada (páginas inicial e final). Dados complementares: Descrição física; Série; Notas especiais; ISBN. 9
  • 10. ONDE ENCONTR A R ESTES DA DOS? 10 Nos livros encontramos no colofão, conhecido como cólofon ou colofão designa a nota final de um manuscrito ou de um livro impresso, desta forma é lá que conseguimos as informações que tanto precisamos.
  • 11. ONDE ENCONTR A R ESTA S INFOR MA ÇÕES? 11 Conseguir estas informações é bem simples, o próprio livro, revista ou qualquer fonte de pesquisa mostra estas informações de forma bem simples. Observe:
  • 12. ONDE ENCONTR A R ESTES DA DOS? 12 Fonte: www.janeausten.com.br Capa Livros mais antigos têm um colofão mais restrito com poucas informações, então devemos buscar como no exemplo (marcado em vermelho)
  • 13. COLOFÃ O 13 Fonte: www.janeausten.com.br Já os livros mais modernos têm muita informação no colofão, tudo o que você precisa é facilmente encontrado, observem... Fonte da imagem: http://entretenilendo.blogspot.com.br/2014/01/colofao-voce-conhece- as-informacoes-do.html
  • 14. ELEMENTOS ESSENCIA IS NA ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA Publicações Periódicas ( revistas, boletins etc...) coleção. Dados essenciais: Título do periódico, revista, boletim; Local de publicação, editora, data de inicio da coleção e data de encerramento da publicação, se houver. Dados complementares: Periodicidade; Notas especiais (mudanças de título ou incorporações de outros títulos, indicação de índices); ISSN. 14
  • 15. ELEMENTOS ESSENCIA IS NA ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA Fascículos, suplementos, números especiais com título próprio. Dados essenciais: Título da publicação; Título do fascículo, suplemento, número especial; Local de publicação, editora; Indicação do volume, número, mês e ano e total de páginas. Dados complementares: Nota indicativa do tipo do fascículo, quando houver (p. ex.: ed. especial); Notas especiais. 15
  • 16. ONDE ENCONTR A R ESTES DA DOS? Publicações Periódicas de revistas, boletins, coleção e fascículos, suplementos, números especiais com título próprio seguimos uma ordem simples. Exemplo: 16
  • 17. ONDE ENCONTR A R ESTES DA DOS? Já no interior da revista, ou qualquer item pesquisados devemos localizar as outras informações analisando o cabeçalho (parte de cima) ou rodapé ( parte de baixo) da publicação e apreciar as informações de autoria, data e entre outras. 17
  • 18. ELEMENTOS ESSENCIA IS NA ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA Partes de publicações periódicas (Artigos) Dados essenciais: Autor do artigo; Título do artigo, subtítulo (se houver); Título do periódico, revista ou boletim; Título do fascículo, suplemento, número especial (quando houver); Local de publicação; Indicação do volume, número, mês e ano e páginas inicial e final; Período e ano de publicação. Dados complementares: Nota indicativa do tipo de fascículo quando houver (p. ex.: ed. especial); Notas especiais. 18
  • 19. ELEMENTOS ESSENCIA IS NA ELA BOR A ÇÃ O DA R EFER ÊNCIA Artigos em jornais Dados essenciais: Autor do artigo; Título do artigo, subtítulo (se houver); Título do jornal; Local de publicação; Data com dia. mês e ano; Nome do caderno ou suplemento, quando houver; Página ou páginas do artigo referenciado. Nota: Quando não houver seção, caderno ou parte, a paginação do artigo precede a data. Dados Complementares Seção; Caderno ou suplemento 19
  • 20. COMO ENCONTR A R ESTES DA DOS? 20 Nome do jornalData de publicação Autoria Nº do caderno
  • 21. OR DENA ÇÃ O DA S R EFER ÊNCIA S As referências podem ter uma ordenação alfabética, cronológica e sistemática (por assunto). Mas a ordenação alfabética é a mais indicada. Exemplo: 21
  • 22. OR DENA ÇÃ O DA S R EFER ÊNCIA S Autor repetido: Quando se referência várias obras do mesmo autor, substitui-se o nome do autor das referências subsequêntes por um traço equivalente a seis espaços. Exemplo: 22
  • 23. LOCA LIZA ÇÃ O: As referências bibliográficas podem vir: Em listas após o texto, antecedendo os anexos; Exemplo: 23
  • 24. LOCA LIZA ÇÃ O: As referências bibliográficas podem vir: No rodapé Exemplo: Fonte: http://slideplayer.us/slide/376542/ 24
  • 25. LOCA LIZA ÇÃ O: As referências bibliográficas podem vir: No fim do capítulo; Antecedendo resumos, resenhas e recensões; quando publicadas independentes do texto. (NBR 6028, 2003) Exemplo: 25
  • 26. A SPECTOS GR Á FICOS Espaçamento: As referências devem ser digitadas, usando espaço simples E entre as linhas o espaço é duplo para separá-las. 26
  • 27. COMO CONFIGUR A R ? 27 Clique no botão direito do mouse sobre a área que deseja configurar; Selecione a opção Parágrafo.
  • 28. COMO CONFIGUR A R ? 28 Aparecerá está caixa de configuração
  • 29. A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O. Usa-se ponto após o nome do autor/autores, após o título, edição e no final da referência; Os dois pontos são usados antes do subtítulo, antes da editora; 29
  • 30. A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O. A virgula é usada após o sobrenome dos autores, após a editora, entre o volume e o número, páginas da revista e após o título da revista; 30
  • 31. A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O. O Ponto e vírgula seguido de espaço é usado para separar os autores; O hífen é utilizado entre páginas (ex: 31
  • 32. A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O.  A barra transversal é usada entre números e datas de fascículos não seqüenciais (ex: 7/9, 1979/1981);  O colchetes é usado para indicar os elementos de referência, que não aparecem na obra referenciada, porém são conhecidos (ex: [1991]);  O parêntese é usado para indicar série, grau (nas monografias de conclusão de curso e especialização, teses e dissertações) e para o título que caracteriza a função e/ou responsabilidade, de forma abreviada. (Coord., Org., Comp.). Ex: BOSI, Alfredo (Org.)  As Reticências são usadas para indicar supressão de títulos.  Ex: Anais... 32
  • 33. A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O. Usa-se maiúsculas ou caixa alta para:  Sobrenome do autor 33
  • 34. A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O. Usa-se maiúsculas ou caixa alta para:  Primeira palavra do título quando esta inicia a referência ( ex.: MARTELLI) 34
  • 35. A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O. Usa-se maiúsculas ou caixa alta para:  Entidades coletivas (na entrada direta)  Nomes geográficos (quando anteceder um órgão governamental da administração: Ex: BRASIL. Ministério da Educação);  Títulos de eventos (congressos, seminários etc.) 35
  • 36. A SPECTOS GR Á FICOS: PONTUA ÇÃ O. Grifo: usa-se grifo, itálico ou negrito para: Título das obras que não iniciam a referência; Título dos periódicos; Nomes científicos, conforme norma própria. 36
  • 37. AUTOR IA . AUTORIA PESSOAL Nota: "Indicar o sobrenome, em caixa alta, seguido do prenome, abreviado ou não desde que haja padronização neste procedimento, separados entre si por ponto e vírgula seguidos de espaço" (NBR 6023) 37
  • 38. AUTOR IA . Um Autor Segue a mesma orientação : Sobrenome, em caixa alta, seguido do prenome, abreviado ou não desde que haja padronização neste procedimento, separados entre si por ponto e vírgula seguidos de espaço" (NBR 6023) 38
  • 39. AUTOR IA . COM DOIS AUTORES Segue a mesma orientação : Sobrenome, em caixa alta, seguido do prenome e segue o memo procedimento, Sobrenome, em caixa alta, seguido do prenome , separados entre si por ponto e vírgula seguidos de espaço" (NBR 6023) 1º 2º 39
  • 40. AUTOR IA . COM TRÊS AUTORES Segue a mesma orientação : Sobrenome, em caixa alta, seguido do prenome e segue o memo procedimento, Sobrenome, em caixa alta, seguido do prenome , separados entre si por ponto e vírgula seguidos de espaço" (NBR 6023) 1º 2º + 3º (Seguindo a mesmo ordem como este exemplo 40
  • 41. AUTOR IA . Mais de três autores Acrescenta-se a expressão et al., após o primeiro autor). 41
  • 42. A RTIGOS EM MEIO ELETR ÔNICO Segue-se o formato meio convencional, acrescendo os dados: Disponível em: <URL> 42
  • 44. ONDE ENCONTR A R ESTA S INFOR MA ÇÕES? 44 Nos livros: Autor Nome da Obra Editora Quantidade de Publicações
  • 45. ONDE ENCONTR A R ESTA S INFOR MA ÇÕES? 45 Nos livros: Alguns livros e publicações trazem as informações prontas, como o exemplo abaixo:
  • 46. CONTA TO Professora Raquel Silva Fan page: Facebook.Com/Aimportanciadeaprender Blog: professora-raquelsilva.blogspot.com.br/ 46
  • 47. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: informação e documentação: referências - elaboração. Rio de Janeiro, 2002. 24p. 47