PARA NOSSA SOBREVIVÊNCIA NÓS NECESSITAMOS DE IMUNIDADE

487 visualizações

Publicada em

Para nossa sobrevivência nós necessitamos de imunidade. Ela pode ser definida como a existência de anticorpos suficientes que ajudam na defesa do organismo quando há invasão microbiológica patológica (por ex. bactérias, vírus) ou riscos ambientais que a provocam um desequilíbrio no organismo.

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

PARA NOSSA SOBREVIVÊNCIA NÓS NECESSITAMOS DE IMUNIDADE

  1. 1. PARA NOSSA SOBREVIVÊNCIA NÓS NECESSITAMOS DE IMUNIDADE E O HORMÔNIO DE CRESCIMETO DNA- RECOMBINANTE (HGH), FEITO POR ENGENHARIA GENÉTICA, PODE MELHORAR A IMUNIDADE DO NOSSO ORGANISMO; A CIÊNCIA MÉDICA VÊ COMO UM PROBLEMA SE OCORREREM ESPECIALMENTE DOENÇAS DO SISTEMA IMUNOLÓGICO. Para nossa sobrevivência nós necessitamos de imunidade. Ela pode ser definida como a existência de anticorpos suficientes que ajudam na defesa do organismo quando há invasão microbiológica patológica (por ex. bactérias, vírus) ou riscos ambientais que a provocam um desequilíbrio no organismo. É um sistema importante do nosso corpo e se isso não for mantido sob controle, o equilíbrio corporal pode sofrer alterações na fisiologia normal levando ao desenvolvimento de doenças. A ciência médica vê como um problema se ocorrerem especialmente doenças do sistema imunológico. Doenças que têm este tipo de natureza estão presentes em nossa sociedade, tais como Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, ou popularmente conhecida como AIDS.Estes são exemplos de mau funcionamento do sistema imunológico que não leva à morte devido à doença em si, mas pelas complicações que ocorrem devido a ausência de defesa do corpo. A terapia hormonal é uma das descobertas recentes que dão resultados evidentes e positivos. Um destes hormônios é o hormônio do crescimento, produzido por engenharia genética, ou seja,
  2. 2. DNA - Recombinante (HGH), que é o principal responsável para o crescimento corporal e de manutenção em termos de reparação celular. A glândula pituitária, também chamada de glândula mestra, por controlar em nível do sistema nervoso central, alguns dos hormônios responsáveis pelo metabolismo humano, através de precursores. O auge de sua produção está na fase da puberdade e gradualmente diminui à medida que o tempo passa. Este declínio produz várias alterações corporais como a redução do crescimento do osso, a redução do metabolismo, e acelera o processo de envelhecimento. Infelizmente, o crescimento e a produção de anticorpos, que são responsáveis pela imunidade do corpo, também ficam mais lentos. Isso reduz a resistência do indivíduo a doenças oportunistas e patológicas devido ao declínio na produção de fatores de imunidade. À medida que nós envelhecemos, essas provas de declínio da imunidade começam a aparecer. Essas alterações são o ciclo normal do nosso organismo, embora produza efeitos indesejáveis, e o corpo humano depois de tudo isto, ainda está sujeito à deterioração pois não ficará jovem para sempre. AUTORES PROSPECTIVOS Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neuroendocrinologia CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologia – Medicina Interna CRM 28930 Como Saber Mais:
  3. 3. 1. É um sistema importante do nosso corpo e se isso não for mantido sob controle, o equilíbrio corporal pode sofrer alterações na fisiologia normal levando ao desenvolvimento de doenças? http://reposicaohormonal2.blogspot.com 2. A ciência médica vê como um problema se ocorrerem especialmente doenças do sistema imunológico? http://hormoniocrescimentoadultos.blogspot.com 3. O auge da produção hormônio do crescimento (HGH) está na fase da puberdade e gradualmente diminui à medida que o tempo passa? http://longevidadefutura.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOBRAFICA. Referências Bibliográficas: JS Parks, EI Felner. Hipopituitarismo. In:, RM Behrman RE, Jenson HB Stanton, BF eds Kliegman Pediatria Nelson. Textbook of. 18 ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier: cap 558. Reiter EO, Rosenfeld RG. Normal e crescimento anormal. In: Melmed, S Polonsky, KS Larsen, PR eds. HM Kronenberg Williams Textbook of Endocrinology. 11 ª ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier, cap 23. Cook MS, KC Yuen, BM Biller, SF Kemp, ML Vance, Associação Americana de Endocrinologistas Clínicos.Associação Americana de Endocrinologistas Clínicos orientações médicas para a prática clínica para o uso do hormônio do crescimento em adultos com deficiência de hormônio de crescimento e transição dos pacientes. Neil K. Kaneshiro, MHA, MD, professor clínico assistente da pediatria, universidade da Faculdade de Medicina de Washington. Também revisado por David Zieve, MD, MHA, Diretor Médico, o ADAM, Inc.- Atualization: 2010/07/26. Contato: Fones: 55 11 5087-4404 ou 96197-0305 Nextel: ID:111*101625 Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj. 121/122 Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002 e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com
  4. 4. Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr Video http://youtu.be/woonaiFJQwY Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl= pt&sll=-23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,- 46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

×