Apresentacao antp zmrf 2011

1.182 visualizações

Publicada em

ZMRF

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.182
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
249
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentacao antp zmrf 2011

  1. 1. XVIII Congresso Brasileiro de Transporte e Tráfego - ANTPATIVIDADE DE FRETAMENTO NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO São Paulo - outubro 2011
  2. 2. BREVE HISTÓRICO Com a publicação da Lei nº 14.933 de 05de junho de 2009, que institui a Política de Mudança do Clima no Município de São Paulo, ficou definido que o Poder Público Municipal deveria estabelecer as regras gerais de circulação, parada e estacionamento de ônibus fretados.
  3. 3. CENÁRIO FRETADOS 2009 (antes das regulamentações)• Frota Cadastrada do Município: 5.439 veículos• Frota cadastrada intermunicipal: ~11.359 veículos• Ônibus rodoviários não adequados ao uso urbano• Crescimento da frota cadastrada (~ 120 veículos ao mês)• Crescimento da frota clandestina• Frota Não - Acessível (adaptada)• Não integrada ao sistema de transporte coletivo público• Concentração de viagens: áreas saturadas e horários de pico• Problemas operacionais (embarque e desembarque ao longo do sistema viário)
  4. 4. OBJETIVO DA MEDIDA• Regulamentar o trânsito de fretados na cidade de São Paulo promovendo a integração com o transporte público de média e alta capacidade• Aumentar a fluidez do tráfego geral, adequando o sistema de transporte coletivo público e promovendo o aumento de sua velocidade• Conter irregularidades e atividades clandestinas de fretamento
  5. 5. PRINCIPAIS ASPECTOS• REGRAS PARA O TRANSPORTE COLETIVO PRIVADO DE PASSAGEIROS – FRETAMENTO Cadastramento das empresas (atividade) Adequação da frota (idade, acessibilidade, CVS)• ZONA DE MÁXIMA RESTRIÇÃO DE FRETAMENTO – ZMRF Necessidade de Autorização Especial• PONTOS DE EMBARQUE E DESEMBARQUE Sinalização específica
  6. 6. SINALIZAÇÃO
  7. 7. ZONA DE MÁXIMA RESTRIÇÃO DE FRETAMENTO - ZMRF
  8. 8. LEGISLAÇÃO VIGENTE• Lei nº 14.971, de 25/08/09 – Dispõe sobre a atividade de fretamento no âmbito do Município de São Paulo.• Portaria nº 112-SMT.GAB, de 22/09/11 – Estabelece regras específicas para a atividade de fretamento e delimita a Zona de Máxima Restrição de Fretamento – ZMRF no município de São Paulo.• Portaria n.º 18-DSV.GAB, de 17/02/11 - Regulamenta o procedimento de emissão das “Autorizações Especiais de Trânsito” para acesso à ZMRF.
  9. 9. RESULTADOS• Redução de aproximadamente 90% do volume de fretados na região da Av. Paulista.• Redução da concorrência dos ônibus fretados com os do transporte público nos corredores de ônibus.• Concentração dos embarques/desembarques nos pontos pré-estabelecidos.• Redução da frota irregular.• Redução na lentidão nos corredores da Av. Brig. Faria Lima e Av. Paulista.
  10. 10. Extensão da Lentidão (km) 100 120 140 160 20 40 60 80 01º Sem 1995 40 86 45 991º Sem 1996 48 108 56 1301º Sem 1997 49 119 40 95 Rodízio1º Sem 1998 39 91 46 1071º Sem 1999 46 114 53 1131º Sem 2000 49 113 Média das Médias do Dia 57 1191º Sem 2001 52 116 56 1121º Sem 2002 49 110 47 1051º Sem 2003 39 95 46 102 Rodoanel Oeste1º Sem 2004 52 114 60 112 medição1º Sem 2005 53 113 56 119 Alteração da base de1º Sem 2006 59 109 Média das Máximas do Dia 64 1201º Sem 2007 55 110 RESULTADOS GERAIS 74 1431º Sem 2008 72 142 66 137 ZMRC1º Sem 2009 61 126 67 132 ZMRF1º Sem 2010 58 112 Sul 52 113 Nova e Rodoanel Marginal Tietê

×