Slides educação etnico raciais

2.736 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.736
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
69
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides educação etnico raciais

  1. 1. FACULDADE JOAQUIM NABUCO PEDAGOGIA MAPROFESSORA: TARCIA REGINADISCIPLINA: EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAISEQUIPE: DERONEIDE GOMES JOELMA CRISTINA MARIA MADALENA MARÍLIA CAVALCANTE PATRÍCIA MARREIROS SELMA PATRÍCIA
  2. 2. PLANO DE AULA PROBLEMATIZAÇÃO INICIAL• Será que para ser herói é preciso ser branco, forte e alto?2
  3. 3. FAIXA ETÁRIA  A aula será destinada aos alunos de 8 a 9 anos do ensino fundamental.3
  4. 4. CONTEÚDOS Relações entre negros e brancos. Convívio social dos habitantes. Reconhecer o próprio valor. Respeitar os diferentes.4
  5. 5. OBJETIVO GERAL  Reconhecer a diferença como algo normal e saudável.5
  6. 6. OBJETIVOS ESPECÍFICOS  Estabelecer relações entre a cultura brasileira e a africana.  Desenvolver reflexões sobre ações corriqueiras, como branco é melhor que o preto.  Reconhecer que, desde bem pequeno podemos desenvolver boas atitudes.6
  7. 7. RESUMO DO RECURSO UTILIZADO Na África Ocidental, nasce um menino minúsculo, cujo tamanho não alcança nem o joelho de um adulto, que tem um destino: enfrentar a poderosa e malvada Feiticeira Karabá, que secou a fonte de água da Aldeia de Kirikú, engoliu todos os homens que foram enfrenta-la e ainda pegou todo o ouro que tinham. Para enfrenta-la o pequeno Kirikú passou por muitos perigos e se aventurou por lugares onde somente animais e criaturas pequenas poderiam entrar. O filme trata a criança de um jeito inteligente, oferecendo a7 ela acesso a uma cultura diferente.
  8. 8. RECURSOS UTILIZADOS  DVD, ( Kirikú e a Feiticeira) lápis, borracha, folha xerocada.8
  9. 9. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS 1º MOMENTO: Contar a história do filme Kirikú e a Feiticeira aos alunos, relacionando com o próprio contexto, alguns dos aspectos do filme. 2º MOMENTO: Colocar o filme Kirikú e a Feiticeira para os alunos assistirem. 3º MOMENTO: Questionamentos a cerca do filme como: Onde se passa a história? Os personagens: como são, Seus costumes e hábitos? A história tem herói? Como se chama esse herói? 9
  10. 10. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS 4º MOMENTO: Destacar para aos alunos as diferenças e semelhanças entre o herói africano, negro, pequeno, cabelos encaracolados e frágil, com os heróis das histórias as quais eles estão acostumados a ouvir, brancos, fortes, cabelos,lisos e altos. 5º MOMENTO: Solicitar aos alunos que façam uma breve descrição dos seus heróis preferidos, numa folha xerocada ( em anexo) preenchendo as seguintes perguntas: Nome do herói, cor da pele, tipo de cabelo, o que mais gosta nele, o que faria se fosse um herói. Como também fazer um desenho dele em um espaço reservado na folha.10
  11. 11. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS 6º MOMENTO: Em seguida formar duplas para que vejam as diferenças e semelhanças uns dos outros, respeitando a escolha do colega e valorizando ambas as escolhas. 7º MOMENTO: Certificar que todos compreenderam que para ser herói não é preciso ser branco, forte e alto. Chamando as duplas para falarem dos seus heróis, suas diferenças e semelhanças. Concluindo com uma reflexão da importância de respeitar as diferenças das pessoas, sejam elas quais forem.11
  12. 12. AVALIAÇÃO  Processual e contínua a partir da observação dos alunos no desenvolvimento das atividades considerando os aspectos qualitativos e seus avanços de uma forma geral. Relacionando tanto os aspectos cognitivos quanto os sócio- afetivos.12

×