E.B.2,3 José Maria dos Santos



                  Área de Projecto




Portugueses que se destacaram nos últimos
        ...
2009/2010

Índice:
      Introdução…………………………………………………………………………………………………………………
..3

Desenvolvimento

       Telma Monteir...
Introdução
O tema deste trabalho é os portugueses que se destacaram nos últimos 100
anos, que foi escolhido na disciplina ...
Telma Monteiro
      Telma Monteiro tem 24 anos, nasceu dia 27 de Dezembro de 1985 e
vive em Almada. É uma judoca portugue...
 Medalha de Ouro – Torneio internacional Kiyoshi Kobayashi

    Medalha de Bronze – Campeonato da Europa Sénior

    Me...
 Medalha de Bronze – Taça do Mundo etapa de Paris categoria Super
        A

  No ano 2009 5 medalhas de ouro, 1 medalha ...
Eunice do Carmo Muñoz
      Eunice do Carmo Muñoz nasceu a 30 de Julho de 1928 e tem 80 anos,
é uma actriz portuguesa de r...
sua re-aparição dá-se em Joana D' Arc, de Jean Anouilh, no palco do Teatro
Avenida. Multidões perfilam-se pela Avenida da ...
Em 1971 volta ao palco do Teatro da Trindade (Companhia Rey Colaço/
Robles Monteiro), ao lado de João Perry para fazer O D...
Em 2006 representou pela primeira vez na casa a que deu nome, o
Auditório Municipal Eunice Muñoz, em Oeiras, com a peça Mi...
Cinema

Camões, de Leitão de Barros (1946), Um Homem do Ribatejo, de Henrique
Campos (1946), Os Vizinhos do Rés-do-Chão, d...
Eunice Muñoz ganhou um globo de ouro




                                       12
Aníbal António Cavaco Silva
      Aníbal António Cavaco Silva nasceu em Loulé a 15 de Julho de 1939,
70 anos é um economis...
pelo Presidente da República cessante, o General António Ramalho Eanes e
por diversos apoiantes. Em 250 deputados que Parl...
acordo com o governante, aqueles que se opunham, não concordavam ou
criticavam as suas políticas faziam parte destas força...
- Jerónimo De Sousa com 9% da votação teve 466.504 votos

- Francisco Louça com 5% da votação teve 282.261 votos

- Garcia...
 2007

 Janeiro - Faz visita de Estado à Índia, acompanhado por empresários e
investidores, participando em conferências ...
Outras visitas

    2007

3 a 5 de Setembro - Visita ás Instituições Europeias.

6 a 10 de Outubro - Visita à Região Autó...
Curiosidades

   Aníbal António Cavaco Silva também tem 2 filhos, o Bruno Alves Cavaco
Silva casado com Maria do Amparo An...
Conclusão
Neste trabalho conhecemos melhor, 3 portugueses que se destacaram
Internacionalmente nos últimos 100 anos, como ...
Bibliografia


Telma Monteiro

http://pt.wikipedia.org/wiki/Telma_Monteiro

http://ajudantesdodesporto.blogspot.com/2008/0...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ines Jessica

784 visualizações

Publicada em

Portugueses que se destacaram nos últimos 100 anos

Publicada em: Tecnologia, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
784
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ines Jessica

  1. 1. E.B.2,3 José Maria dos Santos Área de Projecto Portugueses que se destacaram nos últimos 100 anos Trabalho realizado por: Inês Alves nº10 Jéssica Marques nº11 Turma 6ºM
  2. 2. 2009/2010 Índice: Introdução………………………………………………………………………………………………………………… ..3 Desenvolvimento  Telma Monteiro………………………………………………………………………………………………4  Eunice Muñoz…………………………………………………………………………………………………..7  Aníbal António Cavaco Silva……………………………………………………………………….13 Conclusão……………………………………………………………………………………………………………………21 Bibliografia……………………………………………………………………………………………………………….22 2
  3. 3. Introdução O tema deste trabalho é os portugueses que se destacaram nos últimos 100 anos, que foi escolhido na disciplina Área Curricular Não Disciplinar de Área de Projecto. Trata-se sobre o presidente da república, Aníbal António Cavaco Silva, pela actriz, Euniz Muñoz e pela campeã de judo, Telma Monteiro. O objectivo deste trabalho é conhecer melhor as pessoas que se destacaram nos últimos 100 anos. Começamos por fazer sobre a campeã de judo, Telma Monteiro. Pesquisamos na internet sobre ela e encontramos muitas coisas, por exemplo, quantas medalhas ganhou, quantos anos tem, onde vive, etc. Depois pesquisamos sobre o Presidente da Republica, Aníbal António Cavaco Silva e por fim sobre a actriz Eunice Muñoz. 3
  4. 4. Telma Monteiro Telma Monteiro tem 24 anos, nasceu dia 27 de Dezembro de 1985 e vive em Almada. É uma judoca portuguesa, treinada por Vítor Caetano e que compete actualmente pelo Sport Lisboa e Benfica, detendo um palmarés impressionante na sua categoria, -52 kg, apesar da sua pouca idade. Participou nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004 e de Pequim 2008, onde se classificou em 9º lugar. A Telma Monteiro em 2003 ganhou uma medalha de ouro e uma de bronze.  Medalha de Bronze – Campeonato da Europa Júnior  Medalha de Ouro – Campeã Nacional Também ganhou, em 2004, 3 medalhas de ouro e 4 medalhas de bronze.  Medalha de Ouro – Campeonato da Europa Júnior  Medalha de Ouro – Torneio Internacional Leonding  Medalha de Ouro – Torneio Internacional Roma  Medalha de Bronze – Torneio Interncional Tallinn  Medalha de Bronze – Torneio Internacional Warsaw  Medalha de Bronze – Campeonato do Mundo Júnior  Medalha de Bronze – Campeonato da Europa Sénior. No ano 2005 a Telma Monteiro ganhou 3 medalhas de ouro, 3 medalhas de bronze e 1 de prata.  Medalha de Ouro – Taça do Mundo etapa de Moscovo categoria Super A  Medalha de Prata – Campeonato da Europa sub-23  Medalha de Ouro – Taça do Mundo de Madrid  Medalha de Bronze – Taça do Mundo Tampere 4
  5. 5.  Medalha de Ouro – Torneio internacional Kiyoshi Kobayashi  Medalha de Bronze – Campeonato da Europa Sénior  Medalha de Bronze – Campeonato do Mundo Sénior. A Telma Monteiro em 2006 ganhou 2 medalhas de ouro e 1 medalha de prata.  Medalha de Ouro – Campeonato da Europa Sub-23 ( Moscovo)  Medalha de Ouro – Campeonato da Europa Sénior (Tampere)  Líder do Ranking Mundial desde 2006-04-17.  Medalha de Prata – Torneio de Fukuoka (Japão) Em 2007 Telma Monteiro ganhou 4 medalhas de ouro e 2 de prata.  Medalha de Ouro – Taça do Mundo etapa de Lisboa categoria A  Medalha de Prata – Taça do Mundo etapa de Moscovo categoria Super A  Medalha de Ouro – Campeonato da Europa Belgrado  Medalha de Ouro – Taça do Mundo etapa de Vejen categoria A  Medalha de Ouro – Taça do Mundo etapa de Paris categoria Super A  Medalha de Prata – Mundial etapa de Rio de Janeiro categoria A Telma Monteiro no ano 2008 ganhou 2 medalhas de ouro e 1 medalha de bronze.  Medalha de Ouro – Taça do Mundo etapa de Belo Horizonte categoria A  Medalha de Ouro – Taça do Mundo etapa de Bucareste categoria A 5
  6. 6.  Medalha de Bronze – Taça do Mundo etapa de Paris categoria Super A No ano 2009 5 medalhas de ouro, 1 medalha bronze e 1 medalha de prata.  Medalha de Prata – Campeonato do Mundo de Rotterdam  Medalha de Ouro – Grand Slamdo Rio de Janeiro  Medalha de Ouro – Taça do Mundo etapa de Lisboa categoria A  Medalha de Bronze – Grand Slam de Moscovo  Medalha de Ouro – Campeonato Europeu (-57 kg) Georgia  Medalha de Ouro – Grand Prix de Hamburgo  Medalha de Ouro – Taça do Mundo etapa de Sófia categoria A. QUALIFICADA para os Jogos Olímpicos de Pequim de 2008 (em 15-9-2007) Integrou o Projecto Pequim 2008 – Nível 3 a partir de Setembro de 2004, tendo sido promovida ao Nível 2 em Junho de 2005. Vencedora do Prémio Juventude do Comité Olímpico de Portugal (2004) Vencedora da Medalha Olímpica do Comité Olímpico de Portugal (2005) Telma Monteiro. 6
  7. 7. Eunice do Carmo Muñoz Eunice do Carmo Muñoz nasceu a 30 de Julho de 1928 e tem 80 anos, é uma actriz portuguesa de referência do teatro, televisão e cinema português e considerada uma das melhores actrizes portuguesas de todos os tempos. Biografia Eunice Muñoz estreou-se em 1941, na peça Vendaval, sediada no Teatro Nacional D. Maria II. O seu talento é de imediato reconhecido, o que lhe permite uma rápida integração na Companhia. Em 1943 contracena com Palmira Bastos em Riquezas da Sua Avó, uma comédia espanhola aportuguesada por Ascensão Barbosa, ao que se segue, no ano seguinte, Labirinto. No Verão desse ano protagoniza a opereta João Ratão, ao lado de Estêvão Amarante. Continuou a coleccionar sucessos, ao lado de Maria Lalande e Irene Isidro (Raparigas Modernas, de Leandro Torrado), sendo ainda dirigida por Maria Matos em A Portuguesa, de Carlos Vale. Já aluna do Conservatório Nacional de Teatro celebriza-se em A Casta Susana. E populariza-se no palco do Teatro Variedades, com Vasco Santana e Mirita Casimiro na peça Chuva de Filhos. Em 1946 dá-se a sua estreia no cinema, aparecendo no filme de Leitão de Barros. Por esta interpretação, Eunice ganha o prémio do SNI – Secretariado Nacional de Informação, para a melhor. Em 1948 regressa ao Teatro Nacional para protagonizar Outono em Flor. Seguidamente Espada de Fogo, encenado por Palmira Bastos, é um êxito retumbante. Trabalha novamente no cinema, protagonizando A Morgadinha dos Canaviais (1949), adaptado do romance homónimo de Júlio Dinis. Participa ainda num filme de Henrique Campos. Volta aos palcos em 1950, com a comédia Ninotchka, contracenando com Igrejas Caeiro. Em 1951 ingressa na Companhia do Teatro Ginásio, dirigida por António Pedro. Dessa época salienta A Loja da Esquina, de Edward Percy. Passa pelo Teatro da Trindade e retira-se por quatro anos da actividade teatral, para exclamação dos jornais, dos críticos e do público. A 7
  8. 8. sua re-aparição dá-se em Joana D' Arc, de Jean Anouilh, no palco do Teatro Avenida. Multidões perfilam-se pela Avenida da Liberdade, desejosas de obter um bilhete para ver Eunice, que a crítica aclama como genial. Em 1957, depois da peça A Desconhecida, de Pirandello ingressa juntamente no Teatro Nacional Popular, sob a direcção de Ribeirinho, onde interpreta Shakespeare (Noite de Reis), Júlio Dantas (Um Serão Nas Laranjeiras) e Luiz Francisco Rebello (Pássaros das Asas Cortadas), entre outros autores. Já nos anos 1960, passa para a comédia na Companhia de Teatro Alegre, ao Parque Mayer, ao lado de nomes como António Silva ou Henrique Santana. No Teatro. Monumental fez O Milagre de Anna Sullivan, de William Gibson (Prémio de Melhor Actriz do SNI ex-aequo com Laura Alves - 1963). Aparece então com regularidade na televisão, em peças repetidas por desejo expresso do público, como O Pomar das Cerejeiras, A Dama das Camélias, Recompensa, de Ramada Curto; Os Anjos Não Dormem, de Armando Vieira Pinto; ou séries, como Cenas da Vida de Uma Actriz, doze episódios de Costa Ferreira, ao lado de sua mãe, Mimi Muñoz. Regressa à comédia, contracenando com Virgílio Teixeira e Igrejas Caeiro em Mary-Mary no Teatro Variedades. Em 1965 Raúl Solnado funda a Companhia Portuguesa de Comediantes (CPC), no recém inaugurado Teatro Villaret. Eunice recebe o maior salário, até aqui nunca pago a uma actriz dramática: 30 contos mensais. A peça de estreia é O Homem Que Fazia Chover, de Richard Nash, encenado por Alain Oulman. Seguiram-se interpretações de Tennessee Williams e Bernardo Santareno. Regressa ao Teatro Variedades e ao Teatro Experimental de Cascaisonde protagoniza Fedra, de Jean Racine em 1967. Em 1970, com José de Castro a Companhia Somos Dois, com a qual faz uma longa tournée por Angola e Moçambique, dirigida por Francisco Russo em Dois Num Baloiço, de William Gibson. Estreia-se na encenação com A Voz Humana, de Jean Cocteau. 8
  9. 9. Em 1971 volta ao palco do Teatro da Trindade (Companhia Rey Colaço/ Robles Monteiro), ao lado de João Perry para fazer O Duelo, de Bernardo Santareno. No mesmo ano integra uma nova formação artística no Teatro São Luiz onde interpreta José Régio. Com a proibição pela censura, a poucas horas da estreia, de A Mãe, de Stanislaw Wiktiewicz, em que Eunice era a protagonista, o director da companhia, Luiz Francisco Rebello, demite-se e cessa a actividade desse conjunto prometedor. Dedica-se, então, à divulgação de poetas que ama, quer em disco, quer em recitais, dando voz a Florbela Espanca ou António Nobre, voltando ao teatro para interpretar As Criadas, Jean Genet, juntamente com Glicínia Quartin e Lurdes Norberto, na encenação do argentino Victor Garcia, no Teatro Experimental de Cascais. Faz uma longa tournée por África na companhia de Carlos Avilez, onde se contam as peças Fedra, de Jean Racine, e A Maluquinha de Arroios, de André Brun. Volta aos palcos portugueses apenas em 1978, integrada na companhia do reaberto Teatro Nacional D. Maria II, onde viverá êxitos enormes, interpretando peças de Donald Coburn, John Murray, Bertolt Brecht, Hermann Broch, Athol Fuggard, Eurípedes, entre outros, trabalhando com encenadores como João Perry, João Lourenço ou Filipe La Féria em Passa por Mim no Rossio (1992). Aparecera também em vários filmes, tendo uma interpretação antológica, em Manhã Submersa, de Lauro António (1980) e Tempos Difíceis, de João Botelho (1987). Estreia-se em telenovelas com A Banqueira do Povo, de Walter Avancini (1993). Em 1991, celebram-se os seus 50 anos de Teatro, com uma exposição no Museu Nacional do Teatro, sendo Eunice condecorada, em cena aberta, no palco do Teatro Nacional, pelo Presidente da República, Mário Soares, quando envocava, de forma magistral, a figura de Estêvão Amarante, na revista-homenagem, de Filipe La Féria. A Maçon, escrito pela romancista Lídia Jorge propositadamente para Eunice, vai a cena em 197 no palco do Teatro Nacional. A Casa do Lago (2001), de Ernest Thompson, encenado por La Féria, foi a cena no Politeama em 2001. 9
  10. 10. Em 2006 representou pela primeira vez na casa a que deu nome, o Auditório Municipal Eunice Muñoz, em Oeiras, com a peça Miss Daisy, encenada por Celso Cleto. Em 2007 co-protagoniza com Diogo Infante Dúvida de John Patrick Shanley, sob a direcção de Ana Luísa Guimarães no Teatro Maria Matos. Em Maio de 2008 é agraciada com o Globo de Ouro de Mérito e Excelência. Teatro Vendaval (1941), Raparigas Modernas (1942), Riquezas da Sua Avó (1943), Frei Luís de Sousa (1943), Labirinto (1944), A Portuguesa (1944), João Ratão (1944), A Casta Susana (1945), Chuva de Filhos (1945), Cuidado com a Bernarda! (1946), A Noite de 16 de Janeiro (1947), Outono em Flor (1949), A Loja da Esquina (1951), João da Lua (1952), L’Alouette (1955), Joana d'Arc (1956), A Continuação da Comédia (1957), Noite de Reis (1957), Um Serão Nas Laranjeiras (1958), Os Pássaros de Asas Cortadas (1959), O Pomar das Cerejeiras (1960), O Cão do Jardineiro (1961), Três em Lua de Mel (1961), Os Direitos da Mulher (1962), A Dama das Camélias (1962), O Milagre de Ann Sullivan (1963), Adorável Mentiroso (1963), Mary, Mary (1964), Recompensa (1964), Os Anjos Não Dormem (1964), Lições de Matrimónio (1965), O Homem Que Fazia Chover (1965), As Raposas (1966), Verão e Fumo (1966), Fedra (1967), Édipo de Alfama (1967), Deliciosamente Louca (1967), Oração (1969), Os Dois Verdugos (1969), Dois Num Baloiço (1970), A Voz Humana (1970), O Duelo (1971), A Salvação do Mundo (1971), As Criadas (1972), A Maluquinha de Arroios (1974), O Ser Sepulto (1976), Xarope de Orgiata (1981), Portugal e os Seus Poetas (1981), Gin Game (1982), As Memórias (19?), Mãe Coragem e os Seus Filhos (1986), Baton (1988), Zerlina (1988), Passa Por Mim no Rossio (1992), O Tempo e o Quarto (1993), O Caminho Para Meca (1994), Tordesilhas – O Sonho do Rei (1995), As Troianas (1996), A Maçon (1997), Madame (2000), A Casa do Lago (2001), Miss Daisy (2006) e Dúvida (2007) 10
  11. 11. Cinema Camões, de Leitão de Barros (1946), Um Homem do Ribatejo, de Henrique Campos (1946), Os Vizinhos do Rés-do-Chão, de Alejandro Perla (1947), A Morgadinha dos Canaviais, de Caetano Bonucci e Amadeu Ferrari (1949), Ribatejo, de Henrique Campos (1949), Cantiga da Rua, de Henrique Campos (1950), O Trigo e o Joio, de Manuel de Guimarães (1965), Manhã Submersa, de Lauro António (1980), A Fachada, de Júlio Alves (1986), Repórter X, de José Nascimento (1987), Matar Saudades, de Fernando Lopes (1988) e Tempos Difíceis, de João Botelho (1988) Televisão A Banqueira do Povo (1993), de Walter Avancini – Dona Benta (Protagonista) – RTP, Todo o Tempo do Mundo (1999), de Tozé Martinho – Maria Sá Couto (Protagonista) - TVI, Porto dos Milagres (2001), de Aguinaldo Silva - Cigana (Participação Especial) - Rede Globo, Olhos de Água (2001), de Tozé Martinho - Natália Negrão (Elenco Principal) - TVI, Sonhos Traídos (2002), de Maria João Mira - Alice Silva (Elenco Principal) - TVI, Coração Malandro (2003), da Casa da Criação - Antónia Brás Teles (Elenco Principal) - TVI, Mistura Fina (2004), da Casa da Criação - Guadalupe Lampreia (Protagonista) - TVI, Dei-te Quase Tudo (2005), de Tozé Martinho - Amélia Capelo (Participação Especial) - TVI, Ilha dos Amores (2007), de Maria João Mira - Emília (Participação Especial) - TVI, Olhos nos Olhos (2008), de Rui Vilhena - Rosário Silva Pereira (Elenco Principal) - TVI Imagem de Eunice Muñoz 11
  12. 12. Eunice Muñoz ganhou um globo de ouro 12
  13. 13. Aníbal António Cavaco Silva Aníbal António Cavaco Silva nasceu em Loulé a 15 de Julho de 1939, 70 anos é um economista e político português e, desde 2006, o décimo nono Presidente da República Portuguesa. Foi primeiro-ministro de Portugal de 6 de Novembro de 1985 a 28 de Outubro de 1995, tendo sido a pessoa que mais tempo esteve na liderança do governo do país desde o 25 de Abril. A 22 de Janeiro de 2006 foi eleito Presidente da República, tendo tomado posse em 9 de Março do mesmo ano. Carreira docente e Banco de Portugal Aníbal António Cavaco Silva licenciou-se em Finanças em 1964 no ISCEF (actual Instituto Superior de Economia e Gestão, ISEG), exercendo também o cargo de professor no mesmo instituto desde 1966. Posteriormente fez o doutoramento em Economia na Universidade de York, Reino Unido em 1974. Ao regressar a Portugal, trabalhou sucessivamente no Instituto de Ciências Económicas e Financeiras, actual ISEG , na Universidade Nova de Lisboa, na Universidade Católica e no Banco de Portugal. Neste último, foi director do Departamento de Estudos Económicos. Ministro das finanças e Plano Cavaco Silva ocupou o cargo de Ministro das Finanças e Plano no Governo de Francisco Sá Carneiro, em 1980, ganhando uma reputação de economista liberal. Após a morte do primeiro-ministro num acidente de aviação, recusou continuar no segundo governo formado pela Aliança Democrática (AD), chefiado por Francisco Pinto Balsemão (1981). Líder do PSD e primeiro-ministro Foi eleito presidente do Partido Social Democrata (PSD) a 2 de Junho de 1985 no congresso da Figueira da Foz. A sua eleição ditaria o fim do Bloco Central, do qual nunca foi apoiante. As eleições gerais seguintes foram complicadas pela chegada de um partido político novo, o Partido Renovador Democrático (PRD), organizado 13
  14. 14. pelo Presidente da República cessante, o General António Ramalho Eanes e por diversos apoiantes. Em 250 deputados que Parlamento tinha na época, o PRD conquistou 45 assentos - à custa de todos os partidos excepto o PSD. Apesar de Cavaco Silva ter conseguido menos de 30% dos votos e apenas 88 deputados, o PSD era o único partido político tradicional a não sofrer perdas substanciais. Cavaco Silva foi empossado como primeiro-ministro pelo presidente Eanes a 6 de Novembro de 1985. Os cortes nos impostos e a liberalização económica, incluindo privatizações de empresas públicas, deram origem a um crescimento económico apreciável, que fez subir a popularidade de Cavaco Silva. Foi inibido, no entanto, por um parlamento controlado pela oposição. Na maioria das votações, o PSD podia contar com 22 votos do Centro Democrático Social, mas os dois partidos juntos tinham só 110 lugares, menos 16 que a maioria absoluta. O PS e a APU tinham 57 e 38 deputados respectivamente, que não pareciam dispostos a apoiar o Governo. Cavaco Silva poderia governar apenas se os 45 representantes do PRD votassem favoravelmente as suas propostas. No entanto, em 1987, o PRD aprovou, juntamente com o PS e a APU, uma moção de censura ao Governo, provocando a queda do mesmo e forçando o recém-eleito presidente Mário Soares a convocar eleições legislativas antecipadas. Primeira maioria absoluta Com um resultado que espantou mesmo os seus apoiantes mais optimistas, os sociais democratas de Cavaco Silva conseguiram 50,22% dos votos, e 148 dos 250 deputados. Os segundo e terceiro partidos mais votados seriam o PS, com apenas 60 deputados, e a CDU, com 31. O CDS e o PRD foram praticamente eliminados da vida política, obtendo apenas quatro e sete deputados, respectivamente. Foi a primeira vez na história da política portuguesa que um único partido assegurava uma maioria absoluta. Segunda maioria absoluta A eleição de 1991 foi outro triunfo para Cavaco Silva, com a maioria absoluta (50,60%). As políticas económicas sofreram a contestação da oposição: Cavaco Silva responderia com uma frase que se tornou célebre, Deixem-me trabalhar, e lançou a sua teoria das forças de bloqueio. De 14
  15. 15. acordo com o governante, aqueles que se opunham, não concordavam ou criticavam as suas políticas faziam parte destas forças. Entre os "bloqueadores" foram incluídos, se não pelo próprio Cavaco Silva, pelo menos ao nível da opinião publicada, o então Presidente da República, Mário Soares, que com as suas Presidências Abertas dava eco a muita da contestação social que se fazia sentir no País, e Sousa Franco, Presidente do Tribunal de Contas e ex-presidente do PSD, que chumbou muitas vezes as contas enviadas pelo Governo de Cavaco Silva. Abandono do Governo e eleição presidencial Cavaco Silva decidiu não continuar à frente do partido para a eleição de 1995. Num congresso do PSD, foi eleito, contra Durão Barroso e Pedro Santana Lopes, o seu sucessor, Fernando Nogueira, até aí Ministro da Defesa, mas que no entanto não tinha o seu carisma político. Nas eleições legislativas subsequentes, o PSD perdeu 48 assentos parlamentares, sendo o PS de António Guterres o vencedor. Eleições presidenciais de 1996 - Jorge Sampaio com 54% da votação teve 3.035.056 - Aníbal António Cavaco Silva com 46% da votação teve 2.595.131 Nova candidatura No dia 20 de Outubro de 2005, anuncia a sua candidatura às Eleições presidenciais portuguesas de 2006, recebendo o apoio do PSD e do CDS-PP. Os seus adversários foram Francisco Louça (apoiado pelo Bloco de Esquerda), Manuel Alegre (independente), Garcia Pereira (apoiado pelo PCTP/MRPP), Jerónimo de Sousa (apoiado pelo PCP e PEV) e Mário Soares (apoiado pelo PS). Vence as eleições com 50,59% dos votos na primeira volta, realizada em 22 de Janeiro de 2006. Eleições presidenciais de 2006: - Aníbal António Cavaco Silva com 51% da votação teve 2.746.689 votos - Manuel Alegre com 21% da votação teve 1.125.077 votos - Mário Soares com 14% da votação teve 778.781 votos 15
  16. 16. - Jerónimo De Sousa com 9% da votação teve 466.504 votos - Francisco Louça com 5% da votação teve 282.261 votos - Garcia Pereira com 1% da votação teve 23.622 votos - Abstenção com 37% da votação teve 3.303.972 votos Presidente da República O seu primeiro acto oficial foi agraciar o seu antecessor na Presidência da República, Jorge Sampaio, com o grande colar da Ordem da Liberdade. Lançou de forma rápida e extremamente louvada por diversos líderes internacionais, um ambicioso website da Presidência da República onde é possível acompanhar de perto todos os passos do Presidente, a sua agenda, bem como as deslocações oficiais ao estrangeiro, onde constantemente dá conta dos sucessos obtidos. Roteiros As "presidências abertas" de Cavaco Silva designam-se "roteiros" e são temáticos. O primeiro roteiro que o Presidente definiu visa promover a inclusão social. O Roteiro para a Inclusão foi lançado na sessão solene, na Assembleia da República, do aniversário do 25 de Abril. Cada tema ou problema focado no discurso corresponde a uma visita ou a uma iniciativa, que tem por objectivo tomar conhecimento directo e promover as boas práticas no combate à exclusão social. Visitas de Estado  2006 Setembro - Faz visita de Estado a Espanha, incluindo Madrid e Astúrias onde foi recebido pelos reis Juan Carlos I e Sofia. Na visita às Astúrias, foi acompanhado pelo príncipe Filipe (a princesa Letizia não se fez acompanhar, mas fez questão de aproveitar a presença do Estadista português para anunciar a sua gravidez). 16
  17. 17.  2007 Janeiro - Faz visita de Estado à Índia, acompanhado por empresários e investidores, participando em conferências de Economia e em actividades culturais em Nova Deli, Goa, Mumbai e Bangalore. Entre muitas actividades, testemunhou a assinatura de um acordo entre a Fundação Champalimaud e o Instituto Oftalmológico Indiano Aravind Eye Care System, prestou homenagem ao Mahatma Gandhi, visitou o Túmulo de Humayun, discursou em seminários sobre Economia, e promoveu o intercâmbio cultural entre os dois países. 6 a 10 de Novembro - Faz visita de Estado ao Chile, por ocasião da XVII Cimeira Iberoamericana. Visita, ainda, a capital Santiago  2008 16 a 18 de Fevereiro - Faz visita de Estado à Jordânia. Visita Petra, reúne- se com empresários, encontra-se com os reis da Jordânia e visita o local onde foi baptizado Jesus Cristo. 6 a 9 de Março - Faz visita de Estado ao Brasil. Visita a cidade de Rio de Janeiro, faz referência às Comunidades Portuguesas e á chegada da Corte de João VI ao Brasil, nas comemorações dos seus 200 anos. 24 a 26 de Março - Faz visita de Estado a Moçambique. Visita Maputo, escolas e a Ilha de Moçambique. Fez referência ás Comunidades Portuguesas, à cultura e à política. 1 a 4 de Setembro - Faz visita de Estada à Polónia. Visita a capital, Varsóvia, e Cracóvia. 4 a 5 de Setembro - Faz visita de Estado à Eslováquia. Visita a capital, Bratislava. Comunidades Portuguesas  2007 20 a 23 de Junho - Visita ás Comunidades Portuguesas dos Estados Unidos da América. 9 de Março - Visita ás Comunidades Portuguesas do Luxemburgo. 17
  18. 18. Outras visitas  2007 3 a 5 de Setembro - Visita ás Instituições Europeias. 6 a 10 de Outubro - Visita à Região Autónoma dos Açores.  2008 10 a 11 de Fevereiro - Visita a León, Espanha. 14 a 19 de Abril - Visita à Região Autónoma da Madeira. 28 de Junho - Visita ao Vaticano. 22 a 25 de Setembro - Visita a Nova Iorque, Estados Unidos da América Controvérsias A 10 de Junho de 2008, no âmbito das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Cavaco Silva foi questionado sobre as paralelas greves dos camionistas que bloquearam as fronteiras portuguesas com Espanha, de norte a sul, devido ao aumento dos combustíveis. Desviando-se da questão, o presidente sublinhou que o mais importante era "a raça, o dia da raça". Estas declarações, foram contestadas pelos partidos de esquerda, entre eles o Bloco de Esquerda e o Partido Comunista Português, posto que a expressão citada foi utilizada por António Oliveira Salazar durante o tempo em que comandou a ditadura militar em Portugal e seria, então, inconstitucional, até mesmo porque, segundo o Bloco de Esquerda, a expressão veiculava "a existência de um suposto atributo rácico, comum à cidadania nacional que merece ser exaltado na sua superioridade". Ambos os partidos pediram esclarecimentos da presidência. 18
  19. 19. Curiosidades Aníbal António Cavaco Silva também tem 2 filhos, o Bruno Alves Cavaco Silva casado com Maria do Amparo Anacleto Silva e uma filha chamada Patrícia Maria Cavaco Silva casada com Luís Manuel de Sá Montez, Aníbal António Cavaco Silva casou-se em Lisboa, são Vicente de Fora a 20-10-1963 com Maria Alves da Silva que nasceu a 31-10-1938.Os pais de Aníbal António Cavaco Silva são Teodoro Gonçalves Silva que nasceu a 30-08-1912 e Maria do Nascimento Cavaco que nasceu a 27-12-1912.Os cargos e as profissões de Aníbal António Cavaco Silva foram:  Professores  Economistas  Primeiros-ministros de Portugal  Ministros das Finanças - Portugal  Presidentes da República de Portugal O Presidente da Republica -Aníbal António Cavaco Silva Imagem de Aníbal António Cavaco Silva. 19
  20. 20. Conclusão Neste trabalho conhecemos melhor, 3 portugueses que se destacaram Internacionalmente nos últimos 100 anos, como por exemplo: a idade, onde nasceram, etc. 20
  21. 21. Bibliografia Telma Monteiro http://pt.wikipedia.org/wiki/Telma_Monteiro http://ajudantesdodesporto.blogspot.com/2008/07/biografia-de-telma- monteiro.html http://www.comiteolimpicoportugal.pt/atleta.php?id=30 http://images.google.pt/images?hl=pt- PT&source=hp&q=telma+monteiro&gbv=2&aq=f&oq= Aníbal António Cavaco Silva http://pt.wikipedia.org/wiki/An%C3%ADbal_Cavaco_Silva http://www.geneall.net/P/per_page.php?id=277263 http://images.google.pt/images? hl=ptPT&source=hp&q=anibal+cavaco+silva&gbv=2&aq=0&oq=anibal+ Eunice Muñoz http://pt.wikipedia.org/wiki/Eunice_Mu%C3%B1oz http://nanda-fernandarocmsncom.blogspot.com/2008/11/eunice-muoz- nome-completo-eunice-do.html http://images.google.pt/images?gbv=2&hl=pt-PT&q=eunice+mu %C3%B1oz&sa=N&start=126&ndsp=18 (Falta a data de consulta) 21

×